Conectar-se
Os membros mais ativos do mês
9 Mensagens - 36%
4 Mensagens - 16%
4 Mensagens - 16%
3 Mensagens - 12%
2 Mensagens - 8%
1 Mensagem - 4%
1 Mensagem - 4%
1 Mensagem - 4%
Votação
Qual a técnica que você utiliza para ficar lúcido?
Teste de Realidade
45% / 15
Totem
15% / 5
Incubação
12% / 4
Gatilho
6% / 2
Gravador de Voz ou Sons Binaurais
6% / 2
Outros
15% / 5
Parceiros
 sonhos=
 sonhos=
 animes=

Compartilhe
Ver o tópico anteriorIr em baixoVer o tópico seguinte
avatar
Mensagens : 1989
Pontos : 5613
Honra : 575
Data de inscrição : 10/03/2013
Idade : 17
Localização : Nippon, Namimori.
Sonhos Lúcidos :
50 / 99950 / 999
Sonhos Comuns :
300 / 999300 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos de Junin

em Qua Ago 13, 2014 6:13 pm
Junin escreveu:
28,7,2014:



Eu estava reunido na sala da casa de meus pais com meus irmão e amigos. Era nosso primeiro encontro desde que eu havia partido. Então aparece meu sobrinho Rafael,meio acanhado, porém com um sorriso meigo no rosto. Me pergunto se ele ainda se lembra de mim. Abro os braços e peço a ele um abraço, e ele vem até mim de braços abertos,com aquele lindo sorriso no rosto.

eu sei que foi um sonho bem simples e meio besta, mas me deixou realmente feliz, por isso o compartilho aqui com vocês

  Como assim partido? perplexo Fico feliz por ter compartilhado esse sonho feliz nesse forum alegre. certo Zueira, sonhos assim acho que tem um significado muito forte para a pessoa. :3

Junin escreveu:
??,8,2014:


Eu estava no meio de uma floresta, e a minha frente havia um sujeito sem camisa, e com um facão sujo de sangue nas mãos. Ele havia acabado de matar alguém que estava comigo, porém não aparentava interesse em me matar também -pelo menos não naquele momento. Ele dizia que me perseguiria onde eu fosse e mataria quando eu estivesse em casa. Fujo do sujeito aterrorizado.
No momento seguinte me encontro na casa de minha prima (que no sonho representava a pensão na qual eu moro), e uma criança armada invade ela. Ela vai executando cada inquilino que vê a sua frente,e seu objetivo é me encontrar. Por algum motivo a criança foge,e eu junto de mais alguém  começo a persegui-la. Descemos a rua atrás do garoto,este por sua vez entrou em um veículo (tipo esses aviãozinho  de parque de diversão) e saiu voando. Entrei com meu companheiro em um outro veiculo parecido,porém sem asas, puxei uma alavanca e voei atrás do meu alvo. No momento em que decolei,pensei comigo mesmo: ''vou me foder depois pra estacionar essa coisa''. Persegui-o sobre uma grande cidade,por entre grandes prédios e viadutos. Meu alvo ia cada vez mais se afastando,e meu companheiro retrucava que eu os estava deixando fugir.

-Atira neles então cara! o ''negocinho de atirar'' fica ai atrás,eu disse.

Ele por sua vez,pegou a metralhadora e começou a atirar. Continuei perseguindo o outro avião,até que enfim,ele conseguiu nos despistar e fugiu.

  Assassino das selvas! medo Que imagem amedrontadora esse bicho deve ter dado. 9

   Acho engraçado como você estava fazendo uma coisa no sonho e logo depois acaba em algo completamente diferente. xD
avatar
Mensagens : 230
Pontos : 1788
Honra : 138
Data de inscrição : 20/09/2013
Idade : 23
Localização : São Sebastião
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos de Junin

em Qua Ago 13, 2014 9:01 pm
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
Ramon escreveu:
Junin escreveu:

Junin escreveu:28,7,2014


Eu estava reunido na sala da casa de meus pais com meus irmão e amigos. Era nosso primeiro encontro desde que eu havia partido. Então aparece meu sobrinho Rafael,meio acanhado, porém com um sorriso meigo no rosto. Me pergunto se ele ainda se lembra de mim. Abro os braços e peço a ele um abraço, e ele vem até mim de braços abertos,com aquele lindo sorriso no rosto.

eu sei que foi um sonho bem simples e meio besta, mas me deixou realmente feliz, por isso o compartilho aqui com vocês
Pela forma que você falou, imagino que seu sobrinho é uma criança pequena. né? gargalhada 

Sonho muito legal, Junin. Obrigado por compartilhar aqui no fórum. certo 

Junin escreveu:
??,8,2014

Eu estava no meio de uma floresta, e a minha frente havia um sujeito sem camisa, e com um facão sujo de sangue nas mãos. Ele havia acabado de matar alguém que estava comigo, porém não aparentava interesse em me matar também -pelo menos não naquele momento. Ele dizia que me perseguiria onde eu fosse e mataria quando eu estivesse em casa. Fujo do sujeito aterrorizado.
No momento seguinte me encontro na casa de minha prima (que no sonho representava a pensão na qual eu moro), e uma criança armada invade ela. Ela vai executando cada inquilino que vê a sua frente,e seu objetivo é me encontrar. Por algum motivo a criança foge,e eu junto de mais alguém  começo a persegui-la. Descemos a rua atrás do garoto,este por sua vez entrou em um veículo (tipo esses aviãozinho  de parque de diversão) e saiu voando. Entrei com meu companheiro em um outro veiculo parecido,porém sem asas, puxei uma alavanca e voei atrás do meu alvo. No momento em que decolei,pensei comigo mesmo: ''vou me foder depois pra estacionar essa coisa''. Persegui-o sobre uma grande cidade,por entre grandes prédios e viadutos. Meu alvo ia cada vez mais se afastando,e meu companheiro retrucava que eu os estava deixando fugir.

-Atira neles então cara! o ''negocinho de atirar'' fica ai atrás,eu disse.

Ele por sua vez,pegou a metralhadora e começou a atirar. Continuei perseguindo o outro avião,até que enfim,ele conseguiu nos despistar e fugiu.
Que aventura muito louca esse sonho. Kkkkkk

Só faltou você ficar lúcido nesse sonho. gargalhada 

Pois é cara, seria "censurado" mesmo! Depois que acordei fiquei varias vezes repassando o sonho, louco pra poder sonha-lo  novamente. A final de contas, não é sempre que a gente persegue alguém usando um aviãozinho de parque de diversões kkkk

Assassino das selvas! medo Que imagem amedrontadora esse bicho deve ter dado. 9

Acho engraçado como você estava fazendo uma coisa no sonho e logo depois acaba em algo completamente diferente. xD

Sim,cara! de fato foi um sonho bem ''WTF''


Só se vive bem ao ar livre e a luz do Sol. Tudo aquilo a que tiram a liberdade,perde a identidade e logo morre.
avatar
Mensagens : 230
Pontos : 1788
Honra : 138
Data de inscrição : 20/09/2013
Idade : 23
Localização : São Sebastião
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos de Junin

em Sex Ago 15, 2014 12:25 am
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
Sonho do dia 14 de agosto de 2014

Eu estava no lobby do hotel em que trabalho,e as luzes estavam quase todas apagadas,exceto as que iluminam a recepção. Havia uma mãe com uma criança de aproximadamente 5 anos próximo ao balcão da recepção, e a criança vivia escapando da mãe e indo para o canto mais escuro do lobby,aonde ficam os elevadores. Quando isso acontecia, eu ia atrás da criança e a trazia de volta. Numa dessas,quando eu estou trazendo a criança,e enfim chego à luz,percebo que não é mais a mesma criança,mas sim um outro garoto bem mais velho. Pergunto-lhe onde está o outro garoto,e ele aponta para a recepção, o garotinho estava sentado em uma cadeira,do lado de dentro do balcão da recepção.

Nesse momento passam duas garotas que estudaram comigo, a gente tem uma conversa rápida e então elas se dirigem ao elevador. Penso em tentar puxar mais conversa com elas,pois eu estava afim de chamar uma delas para sair, mas justamente essa garota era a que menos estava interessada em conversar. No fim,falho em desenvolver uma conversa envolvente,e elas acabam escapando e entram no elevador.  Porem, antes de a porta fechar, ainda tento minha ultima investida,mas sem efeito -a porta fecha e elas se vão.

A partir de então o cenário muda para como se eu estivesse em um computador,usando o face e com a janela do chat da menina que eu queria chamar para sair.

O clima de falta de assunto continua e eu não consigo pensar em absolutamente nada! Ela então começa a falar sobre ''LoL'', mas não comigo - pois de repente o chat virou um grupo e vários amigos dela começaram a postar. O fato de ela começar a falar de algo que para mim é completamente brochante (sim negada, meu negocio é DOTA!) e de aparecer um monte de marmanjo que nem conheço, e dialogar com ela como se fossem amigos de infância, me deixou completamente decepcionado por ser incapaz de desenvolver um diálogo com a garota,e então sai do chat.

o cenário muda mais uma vez. Agora para a praça em frente a rua da casa dos meus pais.

Eu estava num ponto conhecido como ''cavalete''. Estavam nomeando um novo rei,e nesta nomeação eu fui declarado o próximo rei. Na sequencia, vejo a mesma mulher do hotel descer a rua com a criança, e esta ainda a lhe dar trabalho. Fui em direção a eles  no intuito de ajudar a mãe,que não conseguia de forma alguma dar jeito na criança. E por algum motivo (não me pergunte qual) eu dei uma garrafa de coca-cola vazia pra ela e disse:

- Segura isso,acho que vai resolver teu problema.

E a mulher foi embora,tranquila, segurando a garrafa vazia. E a criança, bem.. esta não sei onde foi parar. '-'


Volto para o ''cavalete'' pois era lá que se encontrava meu trono,e na metade do caminho percebo que dois leões (que pareciam cachorros) de pelos coloridos, ocupavam meu lugar. Aparentemente um deles era o antigo rei, ou um provável sucessor ao trono, porém não sabiam que eu é quem fui escolhido a rei,pois tinham acabado de retornar de algum tipo de excursão (não sei como,mas eu simplesmente sabia disso). Fiquei meio sem saber como explicar pro ''cara'' que aquele era meu lugar, mas para a minha sorte,quando eu estava bem próximo a eles,apareceu uma minhoca gigante,do tamanho de um cachorro de porte grande, toda branca,com alguns detalhes azuis,  e começou a me saldar:

-Salve vossa majestade   e outras coisas que não me recordo

Os dois leões ficaram abismados. Subi então no cavalete - que parecia um altarzinho, e comecei a acariciar o pelo de um dos leões. O pelo era todo enrolado, parecia ser de barbante. E ele então me disse:

-Não é tão absurdo assim você ser rei, antes de você nascer,disseram que você tinha 96% de ser como a sua mãe: destemida e batalhadora (na verdade nem me lembro se eram mesmo esses atributos,mas era algo assim)

O sonho termina com eu  observando a mulher indo ao longe,sozinha, com sua garrafa vazia na mão,enquanto eu acaricio os pelos de barbantes colorido do leão que parecia cachorro.

E a criança... bem,não faço a minima ideia que fim ela deu.


Só se vive bem ao ar livre e a luz do Sol. Tudo aquilo a que tiram a liberdade,perde a identidade e logo morre.
avatar
Mensagens : 230
Pontos : 1788
Honra : 138
Data de inscrição : 20/09/2013
Idade : 23
Localização : São Sebastião
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos de Junin

em Sex Ago 15, 2014 2:04 pm
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
Sonho do dia 15 de agosto de 2014

Eu estava na casa de meus pais, e havia um gato de estimação lá - na realidade possuo uma cadela, e não um gato. Mas enfim, no sonho era um gato. E o gato tinha um pote de ração cheio de moedas dentro, bem a frente de si. Eu fui lá e peguei as moedas de dentro do pote, e no momento que fiz isso senti uma força magnética muito forte puxar as moedas para dentro do pote, porém continuei as segurando . O gato então começou a ficar louco e querer me atacar, seus olhos se tornaram igual aos olhos de camaleão (com aquelas listras) e a a girar sem parar. O gato parecia possuído pelo capeta e estava prestes a me atacar. Com medo do gato, acabei devolvendo o dinheiro, e o gato por sua vez voltou ao normal.
Mas assim que o gato se distraiu, fui la no pote e peguei 50 centavos escondido. Pensei que ele não perceberia... mas percebeu! - o gato começou a miar assustadoramente e seus olhos começaram a girar freneticamente e então ele voou em cima de mim. Na tentativa de me esquivar do gato, derrubei o sofá da sala e cai atrás dele. o gato pulou em cima do sofá e ficou me encarando. A ultima coisa que lembro foi de ficar encarando aqueles olhos assustadores girando.


--------

Eu estava assistindo TV com minha mãe, e estava passando um desenho animado na tela, um tipo de charge.

No desenho havia uns 3~4 muçulmanos lado a lado dançando can can e cantarolando '' caiu no coco do cavalo.. caiu no coco do cavalo... caiu no coco do cavalooooooooooo. E ninguém pode negar!'' E sempre que eles levantavam a perna, saía um cocozinho deles. Minha mãe então exclamou '' que poha é essa!?''  A câmera se distanciou um pouco dos mulçumanos e então apareceu na tela um monte de coco de cavalo empilhado, e saiu uma cabecinha de dentro dela.


Só se vive bem ao ar livre e a luz do Sol. Tudo aquilo a que tiram a liberdade,perde a identidade e logo morre.
Mensagens : 1017
Pontos : 3387
Honra : 749
Data de inscrição : 06/08/2013
Idade : 27
Localização : São Paulo/Santo André
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos de Junin

em Sex Ago 15, 2014 4:09 pm
14/08/2014
Esse sonho me lembrou uma época onírica de pegadas oníricas hashuash iori hoje to compromissado e por algum motivo especial não consigo mais ter encontros oníricos U_U mas voltando que sonho enigmático eu achei te teve um significado a mais por traz da (mãe>criança>rei>você) mas voltando começou a ficar interessante no final ficou meio que um Junin no pais das Maravilhas começaram a aparecer figuras estranhas e falantes muito feliz curti seu relato. certo
avatar
Mensagens : 230
Pontos : 1788
Honra : 138
Data de inscrição : 20/09/2013
Idade : 23
Localização : São Sebastião
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos de Junin

em Sex Ago 15, 2014 5:34 pm
''Junin no pais das Maravilhas'' Eis ai um titulo interessante para o sonho kkkkkkkk.

Quanto ao significado das figuras que você citou, te vem algo em mente do que possa ser? Porque também tenho essa sensação de que ai tem coisa, porém não consigo ter ideia do quê.


Só se vive bem ao ar livre e a luz do Sol. Tudo aquilo a que tiram a liberdade,perde a identidade e logo morre.
Mensagens : 1017
Pontos : 3387
Honra : 749
Data de inscrição : 06/08/2013
Idade : 27
Localização : São Paulo/Santo André
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos de Junin

em Sex Ago 15, 2014 6:00 pm
Eu não sei as vezes eu acho que busco muitos significados interpretativos em todos os sonhos que eu leio, seja os meus próprios ou de outras pessoas. Mas acredito que de certo modo os sonhos tragam muitas vezes algumas mensagens importantes para nós, mesmo que em uma tempestade de informações, pois depois da tormenta conforme coletamos e unimos os quebra cabeças tudo se torna mais fácil de ser analisado e interpretado.

"Acredito que a mãe e o jovem tivessem alguma conexão profunda contigo, pelas passagens em que ajudou a criança até o desaparecimento da mesma, pois no final só restou você e a mãe indo embora... Você poder ser um rei dito isso por um leão que é o rei da selva pra mim representa alguma coisa, ainda mais quando o mesmo mencionou sobre a personalidade forte de sua mãe destacando porcentagens e atributos".

Ah, mas pode ser que o seu subconsciente só quisesse te dizer uma coisa "Você pode ser e fazer melhor do que isso!" ou talvez nada do que eu disse tenha sentido iori mas fica aí o ponto de vista, até o próximo relatório e abraços! certo
avatar
Mensagens : 230
Pontos : 1788
Honra : 138
Data de inscrição : 20/09/2013
Idade : 23
Localização : São Sebastião
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos de Junin

em Sex Ago 15, 2014 6:12 pm
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
Gratíssimo pela sua análise Reizen. Valeu mesmo. muito feliz


Só se vive bem ao ar livre e a luz do Sol. Tudo aquilo a que tiram a liberdade,perde a identidade e logo morre.
avatar
Mensagens : 137
Pontos : 1417
Honra : 34
Data de inscrição : 01/05/2014
Idade : 15
Localização : Mundo dos sonhos
Sonhos Lúcidos :
200 / 999200 / 999
Sonhos Comuns :
890 / 999890 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos de Junin

em Sex Ago 15, 2014 8:28 pm
Junin escreveu:''Junin no pais das Maravilhas'' Eis ai um titulo interessante para o sonho kkkkkkkk.

Quanto ao significado das figuras que você citou, te vem algo em mente do que possa ser? Porque também tenho essa sensação de que ai tem coisa, porém não consigo ter ideia do quê.

Kkkkkkkkkk essa é boa! gargalhada 


Diário de sonhos lúcidos
Diário de sonhos não lúcidos
Anime das fotos

Os sonhos,um universo cheio de aventuras...
avatar
Mensagens : 230
Pontos : 1788
Honra : 138
Data de inscrição : 20/09/2013
Idade : 23
Localização : São Sebastião
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos de Junin

em Sab Ago 16, 2014 1:50 am
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
Sonho do dia 15 de agosto de 2014


Eu estava em casa com um amigo e uma irmã mais nova -na real não tenho irmã mais nova, mas sim irmão. Não me lembro bem o que fazíamos, mas acho que conversávamos sobre cartão de credito.
Então fui até  área da parte de cima da casa,  aonde é possível ver o bairro todo. Olhei ao longe em direção a uma montanha, aonde havia uma torre de celular, e vi que a montanha estava em erupção. Imediatamente gritei à minha irmã e ao meu amigo para virem ver, porém não deram bola. A cada momento que passava a montanha ia jorrando mais e mais lava, até o momento em que ela começou a invadir o bairro. Num curto período de tempo, a lava já havia chegado a minha rua. Fiquei observando a lava que já estava começando a subir o morro, enquanto o bairro inteiro ia ficando submerso por ela. Nesse momento peguei minha irmã e meu amigo e fomos correndo subindo o morro, pois a lava já estava chegando em casa. Lá do alto do morro, dava para ver os 3 bairros daquela região conhecida como ''topolandia'' toda sob a lava. Ao chegarmos ao topo do morro,a lava começou a retroceder, e com isso voltei para a minha casa. Percebi que a lava só tinha batido até a escada da área e não tinha chegado de vez em casa. As paredes estavam todas molhadas com um liquido laranja: passei o dedo e lambi -Tinha gosto de suco de maracujá. Ao chegar à área da parte de cima da casa, vi que a montanha estava soltando lava mais uma vez, e dessa vez, antes que eu pudesse perceber a lava já estava no pé do morro: Corri com minha irmã e meu amigo mais uma vez para o alto do morro, e ficamos aguardando a lava voltar, para então retornar à casa. Chegando la, constatei que o nivel da lava foi mais alto que o da outra vez, após isso fui ver a montanha novamente, e mais uma vez estava soltando lava. E mais uma vez o bairro foi submerso, só que dessa vez não era lava, mas sim água! E o nível da agua subia muito mais rápido que a lava, de modo que já sai de casa com a agua batendo nas canelas. Subo o morro mais uma vez, acreditando que dessa vez não será possível escapar, pois a agua passaria o nível do ponto mais alto do morro.


Só se vive bem ao ar livre e a luz do Sol. Tudo aquilo a que tiram a liberdade,perde a identidade e logo morre.
avatar
Mensagens : 1178
Pontos : 3930
Honra : 670
Data de inscrição : 25/03/2013
Idade : 22
Localização : Morretes/ PR
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuáriohttp://naturezaevolutiva.blogspot.com.br/

Re: Diário dos Sonhos de Junin

em Sab Ago 16, 2014 1:13 pm
28/ 07
Foi um ótimo sonho Aiton, não se incomode, esses mais simples são os mais belos.

14/08
Sempre assim, a pessoa que mais queremos conversar é a que menos dá bola... hahaha

Aiton, terei de sair agora, a noite termino de ler teu diário e comento os sonhos. Sinto pela demora, a faculdade puxou muito esses dias. Abraços.
avatar
Mensagens : 230
Pontos : 1788
Honra : 138
Data de inscrição : 20/09/2013
Idade : 23
Localização : São Sebastião
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos de Junin

em Sab Ago 16, 2014 11:21 pm
EmersonPawoski escreveu:28/ 07
Foi um ótimo sonho Aiton, não se incomode, esses mais simples são os mais belos.

14/08
Sempre assim, a pessoa que mais queremos conversar é a que menos dá bola... hahaha

Aiton, terei de sair agora, a noite termino de ler teu diário e comento os sonhos. Sinto pela demora, a faculdade puxou muito esses dias. Abraços.

Que isso,rapaz! Você sabe que seus comentários possuem lugar reservado aqui nesse espaço. Fique a vontade para comentar quando quiser, é sempre um prazer enorme lê-los. Estou no aguardo! muito feliz


Só se vive bem ao ar livre e a luz do Sol. Tudo aquilo a que tiram a liberdade,perde a identidade e logo morre.
avatar
Mensagens : 1989
Pontos : 5613
Honra : 575
Data de inscrição : 10/03/2013
Idade : 17
Localização : Nippon, Namimori.
Sonhos Lúcidos :
50 / 99950 / 999
Sonhos Comuns :
300 / 999300 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos de Junin

em Dom Ago 17, 2014 11:37 am
Junin escreveu:
Sonho do dia 15:
Sonho do dia 15 de agosto de 2014


Eu estava em casa com um amigo e uma irmã mais nova -na real não tenho irmã mais nova, mas sim irmão. Não me lembro bem o que fazíamos, mas acho que conversávamos sobre cartão de credito.
Então fui até  área da parte de cima da casa,  aonde é possível ver o bairro todo. Olhei ao longe em direção a uma montanha, aonde havia uma torre de celular, e vi que a montanha estava em erupção. Imediatamente gritei à minha irmã e ao meu amigo para virem ver, porém não deram bola. A cada momento que passava a montanha ia jorrando mais e mais lava, até o momento em que ela começou a invadir o bairro. Num curto período de tempo, a lava já havia chegado a minha rua. Fiquei observando a lava que já estava começando a subir o morro, enquanto o bairro inteiro ia ficando submerso por ela. Nesse momento peguei minha irmã e meu amigo e fomos correndo subindo o morro, pois a lava já estava chegando em casa. Lá do alto do morro, dava para ver os 3 bairros daquela região conhecida como ''topolandia'' toda sob a lava. Ao chegarmos ao topo do morro,a lava começou a retroceder, e com isso voltei para a minha casa. Percebi que a lava só tinha batido até a escada da área e não tinha chegado de vez em casa. As paredes estavam todas molhadas com um liquido laranja: passei o dedo e lambi -Tinha gosto de suco de maracujá. Ao chegar à área da parte de cima da casa, vi que a montanha estava soltando lava mais uma vez, e dessa vez, antes que eu pudesse perceber a lava já estava no pé do morro: Corri com minha irmã e meu amigo mais uma vez para o alto do morro, e ficamos aguardando a lava voltar, para então retornar à casa. Chegando la, constatei que o nivel da lava foi mais alto que o da outra vez, após isso fui ver a montanha novamente, e mais uma vez estava soltando lava. E mais uma vez o bairro foi submerso, só que dessa vez não era lava, mas sim água! E o nível da agua subia muito mais rápido que a lava, de modo que já sai de casa com a agua batendo nas canelas. Subo o morro mais uma vez, acreditando que dessa vez não será possível escapar, pois a agua passaria o nível do ponto mais alto do morro.

Por algum motivo eu curti muito esse sonho. xD Mas como assim uma torre de celular? O_o

Sério, tava achando que já ia ser pego pela lava. iori E como eu ri quando você disse que tinha gosto de MARACUJÁ. HEUHEUHUE
avatar
Mensagens : 230
Pontos : 1788
Honra : 138
Data de inscrição : 20/09/2013
Idade : 23
Localização : São Sebastião
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos de Junin

em Dom Ago 17, 2014 1:10 pm
Por algum motivo eu curti muito esse sonho. xD Mas como assim uma torre de celular? O_o

Aquelas torres de telefonia, que ficam no alto dos morros. Sabe qual é não? '-'


Só se vive bem ao ar livre e a luz do Sol. Tudo aquilo a que tiram a liberdade,perde a identidade e logo morre.
avatar
Mensagens : 137
Pontos : 1417
Honra : 34
Data de inscrição : 01/05/2014
Idade : 15
Localização : Mundo dos sonhos
Sonhos Lúcidos :
200 / 999200 / 999
Sonhos Comuns :
890 / 999890 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos de Junin

em Dom Ago 17, 2014 2:04 pm
Junin escreveu:
Por algum motivo eu curti muito esse sonho. xD Mas como assim uma torre de celular? O_o

Aquelas torres de telefonia, que ficam no alto dos morros. Sabe qual é não? '-'

imaginei uma torre feita de celulares  perplexo 


Diário de sonhos lúcidos
Diário de sonhos não lúcidos
Anime das fotos

Os sonhos,um universo cheio de aventuras...
avatar
Mensagens : 230
Pontos : 1788
Honra : 138
Data de inscrição : 20/09/2013
Idade : 23
Localização : São Sebastião
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos de Junin

em Dom Ago 17, 2014 11:19 pm
imaginei uma torre feita de celulares perplexo

WTF? heauehauehuaeahehaueh

Me expressei tão mal assim? kkkkk



Só se vive bem ao ar livre e a luz do Sol. Tudo aquilo a que tiram a liberdade,perde a identidade e logo morre.
avatar
Mensagens : 137
Pontos : 1417
Honra : 34
Data de inscrição : 01/05/2014
Idade : 15
Localização : Mundo dos sonhos
Sonhos Lúcidos :
200 / 999200 / 999
Sonhos Comuns :
890 / 999890 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos de Junin

em Seg Ago 18, 2014 9:13 am
kkkkkkk pois é,kkkk mas é que eu tenho muita imaginação,não é sua cupa,o master que penso mal sobre a torre  iori 


Diário de sonhos lúcidos
Diário de sonhos não lúcidos
Anime das fotos

Os sonhos,um universo cheio de aventuras...
avatar
Mensagens : 1989
Pontos : 5613
Honra : 575
Data de inscrição : 10/03/2013
Idade : 17
Localização : Nippon, Namimori.
Sonhos Lúcidos :
50 / 99950 / 999
Sonhos Comuns :
300 / 999300 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos de Junin

em Seg Ago 18, 2014 12:42 pm
Junin escreveu:Aquelas torres de telefonia, que ficam no alto dos morros. Sabe qual é não? '-'

Pior que nunca vi uma na vida. iori Sério, assim como o Lucid, também achei que fosse uma torre de celulares. -Literalmente xD
avatar
Mensagens : 230
Pontos : 1788
Honra : 138
Data de inscrição : 20/09/2013
Idade : 23
Localização : São Sebastião
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos de Junin

em Sab Ago 23, 2014 12:21 pm
Vocês precisam me passar nome desses cogumelos que vocês estão consumindo ehauehauehaeehaueh


Só se vive bem ao ar livre e a luz do Sol. Tudo aquilo a que tiram a liberdade,perde a identidade e logo morre.
avatar
Mensagens : 230
Pontos : 1788
Honra : 138
Data de inscrição : 20/09/2013
Idade : 23
Localização : São Sebastião
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos de Junin

em Sab Ago 23, 2014 12:38 pm
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
Sonho do dia  23 de agosto de 2014


-Antes de mais nada gostaria que vocês imaginassem uma tipica cena de filme de ação, com cortes de cena frenéticos ,que você, teleespectador, mal consegue digerir.

Eu e mais algumas pessoas estavamos descendo um morro numa perseguição, atras de dois ladrões de casas. E por este caminho passei por entre alguns lugares e me deparei com algumas pessoas, que no turbilhão de acontecimentos/pensamentos (lembrem dos cortes de cena) do sonho sequer dei atenção - ou melhor, sequer tive tempo de reparar.
Eis que aparece meu professor, e então o ritimo de tudo desacelera. Ja não persigo mais ninguem. Ele me convida a segui-lo, e caminhando lentamente entra numa sala - eu o sigo. La dentro,ele me pergunta se eu lembrava de alguma coisa, e aos poucos fui recordando que passei por ali durante o sonho. Ele me dizia para prestar atenção no ambiente, e foi me guiando pelos lugares que passei durante a perseguição e por pessoas que cruzei durante o percurso - Você se lembra disso? e destas pessoas? - ele dizia.

Eu respondia que ''não'' ou ''mais ou menos'',e fiquei sem entender aonde ele queria chegar. Então entramos num elevador, no qual havia um homem de camisa azul. Eu havia encontrado esse homem no sonho, e tenho a impressão que ele esteve comigo em boa parte do sonho, porém eu sequer lembrava seu nome, de tão disperso que eu me encontrava. Meu professor então pergunta - E este homem, se lembra dele? Qual o nome dele?   O rapaz olhava para mim e sorria constantemente.

Então de subito percebi aonde meu professor  estava querendo chegar, e comecei a rir sem parar. Meu professor, que sem aviso nenhum apareceu no sonho, e então  começou a me guiar - num caminho reverso - Estava a me mostrar que o tempo todo eu estava sonhando! E que por eu estar tão disperso e obstinado em coisas como a perseguição dos ladrões, acabei deixando de observar as coisas e as pessoas a minha volta,  e sequer  pude perceber que aquilo tudo não passava de uma ilusão.


Só se vive bem ao ar livre e a luz do Sol. Tudo aquilo a que tiram a liberdade,perde a identidade e logo morre.
avatar
Mensagens : 68
Pontos : 1413
Honra : 19
Data de inscrição : 07/01/2014
Idade : 22
Localização : ES
Sonhos Lúcidos :
2 / 9992 / 999
Sonhos Comuns :
7 / 9997 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos de Junin

em Sab Ago 23, 2014 1:34 pm
Spoiler:
JuninSonho do dia  23 de agosto de 2014


-Antes de mais nada gostaria que vocês imaginassem uma tipica cena de filme de ação, com cortes de cena frenéticos ,que você, teleespectador, mal consegue digerir.

Eu e mais algumas pessoas estavamos descendo um morro numa perseguição, atras de dois ladrões de casas. E por este caminho passei por entre alguns lugares e me deparei com algumas pessoas, que no turbilhão de acontecimentos/pensamentos (lembrem dos cortes de cena) do sonho sequer dei atenção - ou melhor, sequer tive tempo de reparar.
Eis que aparece meu professor, e então o ritimo de tudo desacelera. Ja não persigo mais ninguem. Ele me convida a segui-lo, e caminhando lentamente entra numa sala - eu o sigo. La dentro,ele me pergunta se eu lembrava de alguma coisa, e aos poucos fui recordando que passei por ali durante o sonho. Ele me dizia para prestar atenção no ambiente, e foi me guiando pelos lugares que passei durante a perseguição e por pessoas que cruzei durante o percurso - Você se lembra disso? e destas pessoas? - ele dizia.

Eu respondia que ''não'' ou ''mais ou menos'',e fiquei sem entender aonde ele queria chegar. Então entramos num elevador, no qual havia um homem de camisa azul. Eu havia encontrado esse homem no sonho, e tenho a impressão que ele esteve comigo em boa parte do sonho, porém eu sequer lembrava seu nome, de tão disperso que eu me encontrava. Meu professor então pergunta - E este homem, se lembra dele? Qual o nome dele?   O rapaz olhava para mim e sorria constantemente.

Então de subito percebi aonde meu professor  estava querendo chegar, e comecei a rir sem parar. Meu professor, que sem aviso nenhum apareceu no sonho, e então  começou a me guiar - num caminho reverso - Estava a me mostrar que o tempo todo eu estava sonhando! E que por eu estar tão disperso e obstinado em coisas como a perseguição dos ladrões, acabei deixando de observar as coisas e as pessoas a minha volta,  e sequer  pude perceber que aquilo tudo não passava de uma ilusão.
Sonho bacana mas e aí? Não ficou lúcido depois que o seu professor te mostrou que estava sonhando? confuso


Anjo da morte

[...]:
Vão em paz os que ouvem o canto
Ai daqueles que gozam do fruto
Aos amados deixo o pranto
Aos comovidos deixo o luto

O sopro da vida eu retiro
As correntes do medo eu arrasto
Sou na dor o último suspiro
Sou no fim o verdadeiro carrasco

Faço tremer o valente
quebro o escudo do forte
Sou eu a guerra o gerente
Sou eu o guia e o passaporte


Tenho em seu nome um recado
Será hoje um dia de sorte?
Pois todos tem um encontro marcado
Com o mensageiro da morte

Ceifeiro
-Meus sonhos não lúcidos- -Meus sonhos lúcidos-

Mantenha a mente aberta.
Hora da colheita
avatar
Mensagens : 137
Pontos : 1417
Honra : 34
Data de inscrição : 01/05/2014
Idade : 15
Localização : Mundo dos sonhos
Sonhos Lúcidos :
200 / 999200 / 999
Sonhos Comuns :
890 / 999890 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos de Junin

em Sab Ago 23, 2014 4:23 pm
Ceifeiro escreveu:
Spoiler:
JuninSonho do dia  23 de agosto de 2014


-Antes de mais nada gostaria que vocês imaginassem uma tipica cena de filme de ação, com cortes de cena frenéticos ,que você, teleespectador, mal consegue digerir.

Eu e mais algumas pessoas estavamos descendo um morro numa perseguição, atras de dois ladrões de casas. E por este caminho passei por entre alguns lugares e me deparei com algumas pessoas, que no turbilhão de acontecimentos/pensamentos (lembrem dos cortes de cena) do sonho sequer dei atenção - ou melhor, sequer tive tempo de reparar.
Eis que aparece meu professor, e então o ritimo de tudo desacelera. Ja não persigo mais ninguem. Ele me convida a segui-lo, e caminhando lentamente entra numa sala - eu o sigo. La dentro,ele me pergunta se eu lembrava de alguma coisa, e aos poucos fui recordando que passei por ali durante o sonho. Ele me dizia para prestar atenção no ambiente, e foi me guiando pelos lugares que passei durante a perseguição e por pessoas que cruzei durante o percurso - Você se lembra disso? e destas pessoas? - ele dizia.

Eu respondia que ''não'' ou ''mais ou menos'',e fiquei sem entender aonde ele queria chegar. Então entramos num elevador, no qual havia um homem de camisa azul. Eu havia encontrado esse homem no sonho, e tenho a impressão que ele esteve comigo em boa parte do sonho, porém eu sequer lembrava seu nome, de tão disperso que eu me encontrava. Meu professor então pergunta - E este homem, se lembra dele? Qual o nome dele?   O rapaz olhava para mim e sorria constantemente.

Então de subito percebi aonde meu professor  estava querendo chegar, e comecei a rir sem parar. Meu professor, que sem aviso nenhum apareceu no sonho, e então  começou a me guiar - num caminho reverso - Estava a me mostrar que o tempo todo eu estava sonhando! E que por eu estar tão disperso e obstinado em coisas como a perseguição dos ladrões, acabei deixando de observar as coisas e as pessoas a minha volta,  e sequer  pude perceber que aquilo tudo não passava de uma ilusão.
Sonho bacana mas e aí? Não ficou lúcido depois que o seu professor te mostrou que estava sonhando? confuso
kkkkkkk uma vez sonhei que estava numa escola que ensinava a ficar lucido e nao fiquei >:(


Diário de sonhos lúcidos
Diário de sonhos não lúcidos
Anime das fotos

Os sonhos,um universo cheio de aventuras...
avatar
Mensagens : 1989
Pontos : 5613
Honra : 575
Data de inscrição : 10/03/2013
Idade : 17
Localização : Nippon, Namimori.
Sonhos Lúcidos :
50 / 99950 / 999
Sonhos Comuns :
300 / 999300 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos de Junin

em Sab Ago 23, 2014 4:47 pm
23 de agosto de 2014:
Junin escreveu:Sonho do dia  23 de agosto de 2014


-Antes de mais nada gostaria que vocês imaginassem uma tipica cena de filme de ação, com cortes de cena frenéticos ,que você, teleespectador, mal consegue digerir.

Eu e mais algumas pessoas estavamos descendo um morro numa perseguição, atras de dois ladrões de casas. E por este caminho passei por entre alguns lugares e me deparei com algumas pessoas, que no turbilhão de acontecimentos/pensamentos (lembrem dos cortes de cena) do sonho sequer dei atenção - ou melhor, sequer tive tempo de reparar.
Eis que aparece meu professor, e então o ritimo de tudo desacelera. Ja não persigo mais ninguem. Ele me convida a segui-lo, e caminhando lentamente entra numa sala - eu o sigo. La dentro,ele me pergunta se eu lembrava de alguma coisa, e aos poucos fui recordando que passei por ali durante o sonho. Ele me dizia para prestar atenção no ambiente, e foi me guiando pelos lugares que passei durante a perseguição e por pessoas que cruzei durante o percurso - Você se lembra disso? e destas pessoas? - ele dizia.

Eu respondia que ''não'' ou ''mais ou menos'',e fiquei sem entender aonde ele queria chegar. Então entramos num elevador, no qual havia um homem de camisa azul. Eu havia encontrado esse homem no sonho, e tenho a impressão que ele esteve comigo em boa parte do sonho, porém eu sequer lembrava seu nome, de tão disperso que eu me encontrava. Meu professor então pergunta - E este homem, se lembra dele? Qual o nome dele?   O rapaz olhava para mim e sorria constantemente.

Então de subito percebi aonde meu professor  estava querendo chegar, e comecei a rir sem parar. Meu professor, que sem aviso nenhum apareceu no sonho, e então  começou a me guiar - num caminho reverso - Estava a me mostrar que o tempo todo eu estava sonhando! E que por eu estar tão disperso e obstinado em coisas como a perseguição dos ladrões, acabei deixando de observar as coisas e as pessoas a minha volta,  e sequer  pude perceber que aquilo tudo não passava de uma ilusão.

O início desse sonho deve ter sido épico, cheio de emoção com cenas de tirar o fôlego. xD

Esse sonho foi algo completamente diferente de tudo que já li nesse forum. O sonho te explicou, ou melhor, te deu uma lição de como você não prestava atenção nos detalhes dos sonhos.

Aposto que deve ter sido uma experiência fod*!  43 
avatar
Mensagens : 68
Pontos : 1413
Honra : 19
Data de inscrição : 07/01/2014
Idade : 22
Localização : ES
Sonhos Lúcidos :
2 / 9992 / 999
Sonhos Comuns :
7 / 9997 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos de Junin

em Sab Ago 23, 2014 4:58 pm
Lucid Hunter escreveu:
Ceifeiro escreveu:
Spoiler:
JuninSonho do dia  23 de agosto de 2014


-Antes de mais nada gostaria que vocês imaginassem uma tipica cena de filme de ação, com cortes de cena frenéticos ,que você, teleespectador, mal consegue digerir.

Eu e mais algumas pessoas estavamos descendo um morro numa perseguição, atras de dois ladrões de casas. E por este caminho passei por entre alguns lugares e me deparei com algumas pessoas, que no turbilhão de acontecimentos/pensamentos (lembrem dos cortes de cena) do sonho sequer dei atenção - ou melhor, sequer tive tempo de reparar.
Eis que aparece meu professor, e então o ritimo de tudo desacelera. Ja não persigo mais ninguem. Ele me convida a segui-lo, e caminhando lentamente entra numa sala - eu o sigo. La dentro,ele me pergunta se eu lembrava de alguma coisa, e aos poucos fui recordando que passei por ali durante o sonho. Ele me dizia para prestar atenção no ambiente, e foi me guiando pelos lugares que passei durante a perseguição e por pessoas que cruzei durante o percurso - Você se lembra disso? e destas pessoas? - ele dizia.

Eu respondia que ''não'' ou ''mais ou menos'',e fiquei sem entender aonde ele queria chegar. Então entramos num elevador, no qual havia um homem de camisa azul. Eu havia encontrado esse homem no sonho, e tenho a impressão que ele esteve comigo em boa parte do sonho, porém eu sequer lembrava seu nome, de tão disperso que eu me encontrava. Meu professor então pergunta - E este homem, se lembra dele? Qual o nome dele?   O rapaz olhava para mim e sorria constantemente.

Então de subito percebi aonde meu professor  estava querendo chegar, e comecei a rir sem parar. Meu professor, que sem aviso nenhum apareceu no sonho, e então  começou a me guiar - num caminho reverso - Estava a me mostrar que o tempo todo eu estava sonhando! E que por eu estar tão disperso e obstinado em coisas como a perseguição dos ladrões, acabei deixando de observar as coisas e as pessoas a minha volta,  e sequer  pude perceber que aquilo tudo não passava de uma ilusão.
Spoiler:
Sonho bacana mas e aí? Não ficou lúcido depois que o seu professor te mostrou que estava sonhando?
 confuso
kkkkkkk uma vez sonhei que estava numa escola que ensinava a ficar lucido e nao fiquei >:(
kkkkkkk tenso, mas sonhar com o tema sonhos lúcidos é diferente de um personagem te mostrar que tudo o que está ocorrendo no momento é um sonho, meio improvavel não perceber que está sonhando. Junin como você não ficou lucido cara  12 , como?! kkkkkk


Anjo da morte

[...]:
Vão em paz os que ouvem o canto
Ai daqueles que gozam do fruto
Aos amados deixo o pranto
Aos comovidos deixo o luto

O sopro da vida eu retiro
As correntes do medo eu arrasto
Sou na dor o último suspiro
Sou no fim o verdadeiro carrasco

Faço tremer o valente
quebro o escudo do forte
Sou eu a guerra o gerente
Sou eu o guia e o passaporte


Tenho em seu nome um recado
Será hoje um dia de sorte?
Pois todos tem um encontro marcado
Com o mensageiro da morte

Ceifeiro
-Meus sonhos não lúcidos- -Meus sonhos lúcidos-

Mantenha a mente aberta.
Hora da colheita
Mensagens : 1017
Pontos : 3387
Honra : 749
Data de inscrição : 06/08/2013
Idade : 27
Localização : São Paulo/Santo André
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos de Junin

em Sab Ago 23, 2014 8:27 pm
LOL seu subconsciente quis fazer uma recapitulação onírica em tempo real ou foi uma trolagem a nível extremo ahsuehUEHUAHSE iori

Gostei dessa sua experiência, ainda não tinha testemunhado algo assim hehe
Conteúdo patrocinado

Re: Diário dos Sonhos de Junin

Ver o tópico anteriorVoltar ao TopoVer o tópico seguinte
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum