Conectar-se
Os membros mais ativos do mês
4 Mensagens - 57%
2 Mensagens - 29%
1 Mensagem - 14%
Votação
Qual a técnica que você utiliza para ficar lúcido?
Teste de Realidade
45% / 15
Totem
15% / 5
Incubação
12% / 4
Gatilho
6% / 2
Gravador de Voz ou Sons Binaurais
6% / 2
Outros
15% / 5
Parceiros
 sonhos=
 sonhos=
 animes=

Compartilhe
Ir em baixo
Mensagens : 10
Pontos : 1832
Honra : 5
Data de inscrição : 03/07/2013
Localização : Portugal
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Incubação de Reality Check's By VagalTone 3.0

em Qua Jul 03, 2013 6:02 pm
Reputação da mensagem: 100% (4 votos)
Este é o "meu" algoritmo durante o dia para induzir sonhos lúcidos. Tenho tido imenso sucesso com esta técnica. Talvez possa ser apelativo a mais pessoas.

Incorpora elementos - chave da técnica de Tholey, MILD e ADA. Incorpora ainda algumas ideias partilhadas em vários fóruns. É fácil, objectivo e racional, tal como as técnicas que lhe servem de base.

Esta técnica tem tanto de Tholey como de MILD. Se por um lado aumentamos as chances de realizar um RC num sonho pela força do hábito ( Tholey ), por outro também aumentamos as chances de nos lembrarmos de fazer um RC à custa da memória prospectiva e autosugestão ( MILD ) que fazemos ao longo do dia.

Se lhe chamasse simplesmente MILD estaria a ser um pouco injusto ( com o Tholey ), embora aceite se a considerarem como tal. Acho mais correto considerá-la uma fusão das técnicas de Tholey e Laberge, o que até dá um ar um pouco mais místico e, talvez, eficaz

1- Incubar o próximo RC

Este é o passo mais importante.
Imagina uma situação que ocorra previsivelmente dentro de menos de uma hora e decide realizar um RC nesse futuro momento. Para reforçar esta intenção, utiliza o poder da visualização. Por exemplo: estou a uma hora de chegar a casa e por isso decido que o próximo RC será quando chegar a casa. Imagino-me algum tempo antes, talvez ainda nas escadas e imagino que me lembro que vou fazer RC e então, quando o momento chegar, faço-o. Outro estratégia, é lembrarmo-nos várias vezes do próximo RC, ou até fazer um mantra « quando entrar em casa, quando entrar em casa ». É crucial estabelecer exactamente o próximo RC. Pode acontecer que por falta de uma decisão forte e convicta nos esqueçamos de realizar RC. É útil visualizarmo-nos a apontar num papel o momento de RC que realmente pretendemos incubar( ajuda a fortalecer a intenção). Se a intenção ficar bem implementada então é certo que ela vai surgir na consciencia mais tarde ou mais cedo.

2- Efectuar o RC

Na prática por vezes lembramo-nos de fazer RC algum tempo após o momento planeado. Isto pode dever-se a um planeamento débil, com pouca intenção, ou então porque nos distraímos com outro assunto, com outros pensamentos, frequentemente perdidos no passado ou no futuro. No entanto, já é muito bom repararmos que nos esquecemos de fazer RC no momento pretendido - em si, isto mesmo já é um RC. Portanto, não se preocupem muito com este delay. Não se deixem desmotivar facilmente. Desenvolver a memória prospectiva leva tempo e paciência.
Chegado o momento de fazer RC, procuro lembrar-me da última vez ( ou das últimas vezes ) que fiz um RC. Se não me consigo recordar, posso estar a sonhar, mas o mais frequente é ter realizado o meu último RC sem grande intenção e atenção. Assim, procuro melhorar da próxima vez, fazendo-o com mais calma e intenção, e tentando torná-lo especial de alguma forma, de forma a conseguir lembrar-me sempre do último RC e se possível de outros que já tenho feito durante o dia ( ver dica sobre memorização na secção de notas ). O simples facto de me tentar lembrar do último RC, constitui em si um RC. A razão desta estratégia é a minha preferência pelo método da memória, menos embaraçoso e mais fácil que um teste mais físico. Ao escolher especificamente o RC como objecto de memória é uma forma indireta de dizer ao subconsciente que fazer RC é um momento importante para registar, aumentando assim a sua eficácia. Podemos, ainda, lembrarmo-nos dos principais acontecimentos desde o último RC. Outro RC que pode e deve ser utilizado é baseado nos dream signs: se sonho várias vezes que estou a voar, então posso tentar saltar; se sonho várias vezes com colegas do passado, então posso procurar por essas pessoas no momento do RC. A vantagem deste método é facilitar o reconhecimento dos dream signs.

Após o RC, pergunto-me qual seria a sensação de ficar lúcido e o que gostaria de fazer imediatamente a partir do local em que me encontro ( posso optar não ter um plano especial ). Assim, por momentos tento imaginar que é de facto um sonho, simulando o melhor que possa. Este passo pode ser muito interessante e facilitado se levarmos em linha de conta que todas as nossas percepções são a representação mental do input sensorial, segundo a neurociencia moderna.

No final desta pequena fantasia, formulo a minha intenção: « Quando começar a sonhar vou lembrar-me de fazer RC ». Esta intenção vale também a pena ser formulada ao adormecer e após cada despertar.


3 - Voltar a incubar um RC

Voltar ao passo 1: Agora é necessário repetir o processo e voltar a planear um RC. Seria excelente fazer 16-18 RCs por dia, assumindo que realizamos pelo menos um por hora, e que dormimos um mínimo de 6 horas. Contudo, este objectivo é praticamente impossível a longo prazo. Entre 5 e 10 por dia é mais confortável e exequível - traduzindo-se numa maior consistencia e regularidadade. Um aspecto importante é planear o próximo RC imediatamente após cada RC e não de forma predefinida ( ex: sempre que vir um gato ), e variar o máximo possível, não escolhendo as mesmas situações, caso contrário estaríamos a cultivar uma rotina e não tanto a memória prospectiva.

Resumindo: 1) lembrar do último reality-check; 2) fazer RC baseado nos dream signs; 3) simulação de sonho lúcido e plano de ação; 4) autosugestão ; 5) planear novo RC com visualização. São 5 passos: podemos utilizar os dedos da nossa mão enquanto praticamos, para não nos esquecermos de cada passo.

Algumas notas:


--> uma forma muito interessante de memorizar e de contabilizar os RCs que fizemos é atribuir-lhes um número. Assim, quando visualizamos o próximo de RC imaginamos um número associado a essa visualização. Por sua vez, quando  tentamos recordar do último RC, se nos lembrarmos do número correspondente torna-se mais fácil. Por último, esta forma de contar os RCs permite-nos monitorizar a qualidade da nossa prática, não só num dia específico, mas também a longo prazo. Outra técnica útil é ir agendando em papel ou no telemóvel os RCs.

--> Por vezes é difícil estabelecer um evento que possa ocorrer dentro de uma hora. nesse caso, é importante que se efectue um RC de hora em hora até haver um evento que a pessoa consiga planear e saiba que vai ocorrer dentro daquele prazo de tempo. Neste caso, o RC que serve de referencia em termos de memória é o último RC que conseguimos planear eficazmente e não os RCs que fizemos entretanto. Alguns tipos de eventos facilmente previsiveis são aqueles referentes a necessidades fisiológicas ( comer, casa de banho, dormir ); assim, se tivermos alguma dificuldade em planear um evento original e estimulante podemos sempre recorrer a um destes  eventos fisiológicos.

--> Pode suprimir-se, para efeito de maior comodidade, a etapa de simulação, que é talvez a etapa mais desgastante em termos psicológicos. Contudo, se puder ser realizada é muito benéfica. Igualmente pode suprimir-se a etapa de autosugestão. Isto é, podemos pensar numa versão abreviada da técnica que consiste na visualização-realização sucessivas de RCs que se vão memorizando.

--> Pode ser útil inverter a sequência dos 5 passos. Por exemplo, pode ser útil fazer a visualização de novo RC em segundo lugar. Isto porque podemo-nos distrair enquanto percorremos os vários passos e esquecermo-nos de incubar novo RC, e só mais tarde nos apercebermos disso ! Se contarmos com os dedos da mão, enquanto percorremos os passos também será mais fácil.



Como podem ver, esta estratégia permite treinar e aperfeiçoar a capacidade de fazer RC no momento que queremos, aumentando as hipóteses de que a nossa intenção se concretize, isto é, de que façamos um RC quando estivermos a sonhar. Para além disso, estamos também a treinar a memória retrospectiva e prospectiva ( que nos vão ajudar em várias técnicas ) e a criar o hábito de testar a realidade. A junção destes 2 mecanismos explica a eficácia desta técnica e, na minha opinião, garante uma maior estabilidade de eficácia. Enquanto o MILD costuma resultar apenas quando se pratica, o hábito de testar a realidade pode manter-se por muito tempo após um período de menor prática. Assim, mesmo nos dias em que estejamos mais cansados ou pratiquemos menos ainda pode ser que tenhamos sorte.



Boa sorte feliz


Última edição por VagalTone em Dom Jun 01, 2014 9:21 am, editado 12 vez(es)
avatar
Mensagens : 118
Pontos : 1826
Honra : 22
Data de inscrição : 30/11/2013
Idade : 18
Localização : Campo Grande Mato grosso do sul
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Incubação de Reality Check's By VagalTone 3.0

em Seg Dez 02, 2013 6:56 pm
Ótimo tópico cara vou tentar refletir oque você falou,pena que você não esta mais no fórum.


Spoiler:



"Apenas não olhe pra trás"


Mensagens : 10
Pontos : 1832
Honra : 5
Data de inscrição : 03/07/2013
Localização : Portugal
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Incubação de Reality Check's By VagalTone 3.0

em Qui Dez 05, 2013 3:23 pm
Obrigado ! Ainda venho cá de vez em quando, especialmente para ver a página de noticias.

Já agora vou aproveitar para actualizar a técnica com uns pequenos detalhes e dicas.
avatar
Mensagens : 645
Pontos : 2701
Honra : 311
Data de inscrição : 20/10/2013
Idade : 29
Sonhos Lúcidos :
38 / 99938 / 999
Sonhos Comuns :
999 / 999999 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Incubação de Reality Check's By VagalTone 3.0

em Seg Jan 06, 2014 9:28 pm
Perfeito, tinha feito uma incubacao de um RC colocando a ideia que depois que eu adormecesse ia fazer um RC olhando um relogio que eu sequer tinha.
Lembrar do ultimo RC e uma boa alternativa para nao ser enganado pela propria mente XD


CORES DOS MEUS RELATOS:

  • Analise ou pensamento/observação.
  • Dialogo, titulo
  • Descrição de um cenário/objeto/pessoa.
  • Realidade ou fato importante.

Orvalho do sonhar:
Fantasiar me conforta
Deslumbrado a imaginar
Sera que e so eu?
Ou alguem se importa?


para nao se desesperar
Sucumbir em expectativas
pois se nao suprir
Posso pelo menos sonhar

Sair desse lugar imundo
Fingir que nao e isso
Tornar tudo intenso
Criar o próprio mundo


Injetar alegria
Olhar fixo para o nada
Rir sozinho
Ate o final do dia


Sentir a liberdade ao voar
Observar o próprio reflexo
E fechar os olhos
Para voltar a sonhar

(Hiriu)
avatar
Mensagens : 2544
Pontos : 5929
Honra : 1049
Data de inscrição : 12/06/2013
Localização : Bahia
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Incubação de Reality Check's By VagalTone 3.0

em Ter Jan 07, 2014 2:10 am
VagalTone:
VagalTone escreveu:Este é o "meu" algoritmo durante o dia para induzir sonhos lúcidos. Tenho tido imenso sucesso com esta técnica. Talvez possa ser apelativo a mais pessoas.

Incorpora elementos - chave da técnica de Tholey, MILD e ADA. Incorpora ainda algumas ideias partilhadas em vários fóruns. É fácil, objectivo e racional, tal como as técnicas que lhe servem de base.

Esta técnica tem tanto de Tholey como de MILD. Se por um lado aumentamos as chances de realizar um RC num sonho pela força do hábito ( Tholey ), por outro também aumentamos as chances de nos lembrarmos de fazer um RC à custa da memória prospectiva e autosugestão ( MILD ) que fazemos ao longo do dia.

Se lhe chamasse simplesmente MILD estaria a ser um pouco injusto ( com o Tholey ), embora aceite se a considerarem como tal. Acho mais correto considerá-la uma fusão das técnicas de Tholey e Laberge, o que até dá um ar um pouco mais místico e, talvez, eficaz

1- Incubar o próximo RC

Imagina uma situação que ocorra previsivelmente dentro de menos de uma hora e decide realizar um RC nesse futuro momento. Para reforçar esta intenção, utiliza o poder da visualização. Por exemplo: estou a uma hora de chegar a casa e por isso decido que o próximo RC será quando chegar a casa. Imagino-me algum tempo antes, talvez ainda nas escadas e imagino que me lembro que vou fazer RC e então, quando o momento chegar, faço-o. Outro estratégia, é lembrarmo-nos várias vezes do próximo RC, ou até fazer um mantra « quando entrar em casa, quando entrar em casa ».

2- Efectuar o RC

Na prática por vezes lembramo-nos de fazer RC algum tempo após o momento planeado. Isto pode dever-se a um planeamento débil, com pouca intenção, ou então porque nos distraímos com outro assunto, com outros pensamentos, frequentemente perdidos no passado ou no futuro. Ou então, simplesmente temos que melhorar a memória prospectiva. Chegado o momento de fazer RC, procuro lembrar-me da última vez ( ou das últimas vezes ) que fiz um RC. Se não me consigo recordar, posso estar a sonhar, mas o mais frequente é ter realizado o meu último RC sem grande intenção e atenção. Assim, procuro melhorar da próxima vez, fazendo-o com mais calma e intenção, e tentando torná-lo especial de alguma forma, de forma a conseguir lembrar-me sempre do último RC e se possível de outros que já tenho feito durante o dia ( ver dica sobre memorização na secção de notas ). O simples facto de me tentar lembrar do último RC, constitui em si um RC. A razão desta estratégia é a minha preferência pelo método da memória, menos embaraçoso e mais fácil que um teste mais físico. Ao escolher especificamente o RC como objecto de memória é uma forma indireta de dizer ao subconsciente que fazer RC é um momento importante para registar, aumentando assim a sua eficácia. Podemos, ainda, lembrarmo-nos dos principais acontecimentos desde o último RC. Outro RC que pode e deve ser utilizado é baseado nos dream signs: se sonho várias vezes que estou a voar, então posso tentar saltar; se sonho várias vezes com colegas do passado, então posso procurar por essas pessoas no momento do RC. A vantagem deste método é facilitar o reconhecimento dos RCs.

Após o RC, pergunto-me qual seria a sensação de ficar lúcido e o que gostaria de fazer imediatamente a partir do local em que me encontro ( posso optar não ter um plano especial ). Assim, por momentos tento imaginar que é de facto um sonho, simulando o melhor que possa. Este passo pode ser muito interessante e facilitado se levarmos em linha de conta que todas as nossas percepções são a representação mental do input sensorial, segundo a neurociencia moderna.

No final desta pequena fantasia, formulo a minha intenção: « Da próxima vez que estiver a sonhar vou lembrar-me que estou a sonhar e fazer um RC ». Esta intenção vale também a pena ser formulada ao adormecer e após cada despertar.


3 - Voltar a incubar um RC

Voltar ao passo 1: Agora é necessário repetir o processo e voltar a planear um RC. Esperamos realizar um mínimo de 16-18 RCs por dia, assumindo que realizamos pelo menos um por hora, e que dormimos um mínimo de 6 horas. Um aspecto importante é planear o próximo RC imediatamente após cada RC e não de forma predefinida ( ex: sempre que vir um gato ), e variar o máximo possível, não escolhendo as mesmas situações, caso contrário estaríamos a cultivar uma rotina e não tanto a memória prospectiva.

Resumindo: 1) lembrar do último reality-check; 2) fazer RC baseado nos dream signs; 3) simulação de sonho lúcido e plano de ação; 4) autosugestão ; 5) planear novo RC com visualização. São 5 passos: podemos utilizar os dedos da nossa mão enquanto praticamos, para não nos esquecermos de cada passo.

Algumas notas:


--> uma forma muito interessante de memorizar e de contabilizar os RCs que fizemos é atribuir-lhes um número. Assim, quando visualizamos o próximo de RC imaginamos um número associado a essa visualização. Por sua vez, quando  tentamos recordar do último RC, se nos lembrarmos do número correspondente torna-se mais fácil. Por último, esta forma de contar os RCs permite-nos monitorizar a qualidade da nossa prática, não só num dia específico, mas também a longo prazo. Outra técnica útil é ir agendando em papel ou no telemóvel os RCs.

--> Por vezes é difícil estabelecer um evento que possa ocorrer dentro de uma hora. nesse caso, é importante que se efectue um RC de hora em hora até haver um evento que a pessoa consiga planear e saiba que vai ocorrer dentro daquele prazo de tempo. Neste caso, o RC que serve de referencia em termos de memória é o último RC que conseguimos planear eficazmente e não os RCs que fizemos entretanto. Alguns tipos de eventos facilmente previsiveis são aqueles referentes a necessidades fisiológicas ( comer, casa de banho, dormir ); assim, se tivermos alguma dificuldade em planear um evento original e estimulante podemos sempre recorrer a um destes  eventos fisiológicos.

--> Pode suprimir-se, para efeito de maior comodidade, a etapa de simulação, que é talvez a etapa mais desgastante em termos psicológicos. Contudo, se puder ser realizada é muito benéfica. Igualmente pode suprimir-se a etapa de autosugestão. Isto é, podemos pensar numa versão abreviada da técnica que consiste na visualização-realização sucessivas de RCs que se vão memorizando.

--> Pode ser útil inverter a sequência dos 5 passos. Por exemplo, pode ser útil fazer a visualização de novo RC em segundo lugar. Isto porque podemo-nos distrair enquanto percorremos os vários passos e esquecermo-nos de incubar novo RC, e só mais tarde nos apercebermos disso ! Se contarmos com os dedos da mão, enquanto percorremos os passos também será mais fácil.



Como podem ver, esta estratégia permite treinar e aperfeiçoar a capacidade de fazer RC no momento que queremos, aumentando as hipóteses de que a nossa intenção se concretize, isto é, de que façamos um RC quando estivermos a sonhar. Para além disso, estamos também a treinar a memória retrospectiva e prospectiva ( que nos vão ajudar em várias técnicas ) e a criar o hábito de testar a realidade. A junção destes 2 mecanismos explica a eficácia desta técnica e, na minha opinião, garante uma maior estabilidade de eficácia. Enquanto o MILD costuma resultar apenas quando se pratica, o hábito de testar a realidade pode manter-se por muito tempo após um período de menor prática. Assim, mesmo nos dias em que estejamos mais cansados ou pratiquemos menos ainda pode ser que tenhamos sorte.



Boa sorte feliz
Interessante isso aí. Parabéns pelo tópico, VagalTone. Bem interessante mesmo. Vou tentar fazer essa experiência pra ver se me dou bem com ela. certo 
avatar
Mensagens : 69
Pontos : 1679
Honra : 5
Data de inscrição : 14/02/2014
Sonhos Lúcidos :
50 / 99950 / 999
Sonhos Comuns :
600 / 999600 / 999
Ver perfil do usuário

técnica da incubação ?

em Sex Mar 07, 2014 5:42 pm
Ola a todos estou aqui na verdade para esclarecer uma duvida se caso funcionar.

DUVIDA: Se eu gravar a imagem abaixo em minha mente e pensar naquilo ate pegar no sono terei chances de cair em um SL ?





Pode ser funcional ?  neutro neutro neutro neutro neutro neutro neutro neutro neutro neutro

tenho chances de sonhar com aquilo e reconhecer que e um sonho e ter lucidez sobre ele ?
avatar
Mensagens : 1989
Pontos : 5914
Honra : 575
Data de inscrição : 10/03/2013
Idade : 17
Localização : Nippon, Namimori.
Sonhos Lúcidos :
50 / 99950 / 999
Sonhos Comuns :
300 / 999300 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Incubação de Reality Check's By VagalTone 3.0

em Sex Mar 07, 2014 6:40 pm
Sim, da certo. Só ficar repetindo até pegar no sono. ^^
avatar
Mensagens : 847
Pontos : 3261
Honra : 347
Data de inscrição : 25/02/2013
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Incubação de Reality Check's By VagalTone 3.0

em Sab Mar 08, 2014 1:01 pm
Me parece uma boa ideia... creio que mereça uma tentativa  muito feliz 


Wyrd bið ful aræd
avatar
Mensagens : 65
Pontos : 2352
Honra : 37
Data de inscrição : 05/04/2012
Idade : 27
Localização : Portugal
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Incubação de Reality Check's By VagalTone 3.0

em Ter Mar 18, 2014 11:17 pm
O truque é fazê-lo a meio da noite: a atividade cerebral varia dependendo do estágio de sono em que você se encontra, e a fase mais "próxima" do estado desperto é a REM....que você irá ver aumentar em termos de duração especialmente perto da manhã.

Faça um WBTB, e experimente visualização com a sua mensagem, costuma resultar com alguma prática piscar


-Do not try and bend the spoon. That's impossible. Instead... only try to realize the truth.
-What truth?
There is no spoon.
avatar
Mensagens : 111
Pontos : 1717
Honra : 14
Data de inscrição : 05/03/2014
Idade : 19
Localização : Campo Grande
Sonhos Lúcidos :
4 / 9994 / 999
Sonhos Comuns :
28 / 99928 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Incubação de Reality Check's By VagalTone 3.0

em Ter Mar 18, 2014 11:34 pm
Parece ser uma boa, na maioria das vezes só é a frase "voce está sonhando", mais com a imagem pode ajudar mantendo a mente ocupada. feliz


.
. - Dialogo
. - Meu dialogo
. - Pensamentos
.
. O MARAVILHOSO MUNDO DE EDOAN
.
.
avatar
Mensagens : 43
Pontos : 1622
Honra : 3
Data de inscrição : 09/03/2014
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
7 / 9997 / 999
Ver perfil do usuáriohttp://giovanniisrael.tumblr.com

Re: Incubação de Reality Check's By VagalTone 3.0

em Qua Mar 19, 2014 3:49 pm
LOL. Valeu pela idéia  dança 
Mensagens : 1005
Pontos : 3668
Honra : 749
Data de inscrição : 06/08/2013
Idade : 28
Localização : São Paulo/Santo André
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Incubação de Reality Check's By VagalTone 3.0

em Sab Jun 21, 2014 1:48 am
niplucido movi o seu tópico para um lugar mais apropriado já que a dúvida desde o início era sobre a incubação de uma ideia ou reality check em questão de qualquer forma vejo que o pessoal já esclareceu suas dúvidas.

Mas deixo uma dica também você pode criar uma cartão com essa mensagem, pode modificá-la também para torná-la mais eficaz como por exemplo "Eu estou sonhando?" e usar como reality check de leitura em seu dia a dia. certo
avatar
Mensagens : 342
Pontos : 1985
Honra : 137
Data de inscrição : 17/06/2014
Sonhos Lúcidos :
50 / 99950 / 999
Sonhos Comuns :
999 / 999999 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Incubação de Reality Check's By VagalTone 3.0

em Sab Jun 21, 2014 7:00 am
Ficou realmente incrível e muito bem escrito parabéns ! ^^
quando tiver mais alguma ideia por favor não esqueça de postar


"Yami ni matoi shi awarena kage, yo nin wi
kizutsu ke samesume te, tsumi ni obore shi
gyou no rei...."
"Ippen...Shinde miru?"
Conteúdo patrocinado

Re: Incubação de Reality Check's By VagalTone 3.0

Voltar ao Topo
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum