Conectar-se
Os membros mais ativos do mês
3 Mensagens - 75%
1 Mensagem - 25%
Votação
Qual a técnica que você utiliza para ficar lúcido?
Teste de Realidade
45% / 15
Totem
15% / 5
Incubação
12% / 4
Gatilho
6% / 2
Gravador de Voz ou Sons Binaurais
6% / 2
Outros
15% / 5
Parceiros
 sonhos=
 sonhos=
 animes=

Compartilhe
Ver o tópico anteriorIr em baixoVer o tópico seguinte
avatar
Mensagens : 40
Pontos : 1309
Honra : 32
Data de inscrição : 18/07/2014
Idade : 31
Localização : BH
Sonhos Lúcidos :
4 / 9994 / 999
Sonhos Comuns :
10 / 99910 / 999
Ver perfil do usuário

Diário de Sonhos Lúcidos do Sombra

em Sab Ago 02, 2014 8:19 am
Diário dos Sonhos Lúcidos do Sombra
avatar
Mensagens : 40
Pontos : 1309
Honra : 32
Data de inscrição : 18/07/2014
Idade : 31
Localização : BH
Sonhos Lúcidos :
4 / 9994 / 999
Sonhos Comuns :
10 / 99910 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário de Sonhos Lúcidos do Sombra

em Sab Ago 02, 2014 8:20 am
Reputação da mensagem: 100% (2 votos)
Eu estava trabalhando quando percebi que estava sonhando. Uma sensação de liberdade se apoderou de mim e eu larguei alegremente o que estava fazendo para sair para a rua.
Lá fora, eu percebi que podia controlar os ventos. Eu fiz poderoso furacão escuro destruir o prédio do outro lado da rua. Os ventos carregavam enormes caminhões que se chocavam uns com os outros produzindo mais destruição.
Porém, os ventos acabaram fugindo do meu controle e uma forte rajada veio em minha direção. Todos esses ventos eram escuros como nuvens de chuva. Eu tentei anulá-lo com uma outra rajada e as duas colidiram fazendo me ficar preso entre elas.
Eu esperava que o vento acabasse cedendo mas isso não parecia estar acontecendo. Houve uma hora em que eu pensei que seria derrotado, então recebi uma ajuda invisível e todos os ventos cessaram deixando destruição por toda a parte.
Eu fiquei caído encima dos escombros quando um homem de bigode ofereceu a mão para me ajudar a levantar. Ele era escuro como os ventos e, quando o medo começou a crescer em mim, eu senti que ele minha sombra. Mas ele sorria e, apesar de tudo, eu sabia que estava ali para me ajudar.
Peguei sua mão, ele me tirou do chão e eu acordei.
Mensagens : 1017
Pontos : 3478
Honra : 749
Data de inscrição : 06/08/2013
Idade : 27
Localização : São Paulo/Santo André
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário de Sonhos Lúcidos do Sombra

em Sab Ago 02, 2014 8:19 pm
Relatório interessante e cheio de mistério quanto a ajuda invisível e o hospedeiro onírico enigmático, muito bom continue postando Sombra, piscar
avatar
Mensagens : 1989
Pontos : 5704
Honra : 575
Data de inscrição : 10/03/2013
Idade : 17
Localização : Nippon, Namimori.
Sonhos Lúcidos :
50 / 99950 / 999
Sonhos Comuns :
300 / 999300 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário de Sonhos Lúcidos do Sombra

em Seg Ago 04, 2014 6:29 pm
Sombra escreveu:
Primeiro Sonho Lúcido:
Eu estava trabalhando quando percebi que estava sonhando. Uma sensação de liberdade se apoderou de mim e eu larguei alegremente o que estava fazendo para sair para a rua.
Lá fora, eu percebi que podia controlar os ventos. Eu fiz poderoso furacão escuro destruir o prédio do outro lado da rua. Os ventos carregavam enormes caminhões que se chocavam uns com os outros produzindo mais destruição.
Porém, os ventos acabaram fugindo do meu controle e uma forte rajada veio em minha direção. Todos esses ventos eram escuros como nuvens de chuva. Eu tentei anulá-lo com uma outra rajada e as duas colidiram fazendo me ficar preso entre elas.
Eu esperava que o vento acabasse cedendo mas isso não parecia estar acontecendo. Houve uma hora em que eu pensei que seria derrotado, então recebi uma ajuda invisível e todos os ventos cessaram deixando destruição por toda a parte.
Eu fiquei caído encima dos escombros quando um homem de bigode ofereceu a mão para me ajudar a levantar. Ele era escuro como os ventos e, quando o medo começou a crescer em mim, eu senti que ele minha sombra. Mas ele sorria e, apesar de tudo, eu sabia que estava ali para me ajudar.
Peguei sua mão, ele me tirou do chão e eu acordei.

Parabéns pelo primeiro Sonho Lúcido, Sombra! viva Nossa, simplesmente fantástico. Controlando os ventos, isso me fez lembrar do The Legend of Zeld: The Wind Waker, aonde você controla os ventos ao seu favor. Um dos melhores jogos que já joguei na vida.

Esse sonho me deu mais uma ideia para fazer em um sonho. Muito bom, curti demais o relato.

avatar
Mensagens : 40
Pontos : 1309
Honra : 32
Data de inscrição : 18/07/2014
Idade : 31
Localização : BH
Sonhos Lúcidos :
4 / 9994 / 999
Sonhos Comuns :
10 / 99910 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário de Sonhos Lúcidos do Sombra

em Sex Ago 08, 2014 9:18 am
Reputação da mensagem: 100% (2 votos)
08/08/2014

ME lembro pouco desse sonho, mas sei que era lúcido. O problema é que eu não conseguia fazer nada além de andar por aí na minha cidade. Nâo consegui fazr nada de interessante.
Teve uma hora que eu tentei fazer uma invasão de naves alienígenas acontecer, mas não deu nada.
Que desperdício de sonho lúcido...
Mas a experiência foi boa. Eu estava bem lúcido.
avatar
Mensagens : 1989
Pontos : 5704
Honra : 575
Data de inscrição : 10/03/2013
Idade : 17
Localização : Nippon, Namimori.
Sonhos Lúcidos :
50 / 99950 / 999
Sonhos Comuns :
300 / 999300 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário de Sonhos Lúcidos do Sombra

em Sex Ago 08, 2014 12:54 pm
Pois é, a simples sensação de ficar Lúcido, já vale pro sonho inteiro. :3 Mas é muito melhor quando é longo. 13 O ruim é quando é longo, e não consegue fazer nada.  67 

De qualquer forma, parabéns por mais um Sonho Lúcido. certo
avatar
Mensagens : 40
Pontos : 1309
Honra : 32
Data de inscrição : 18/07/2014
Idade : 31
Localização : BH
Sonhos Lúcidos :
4 / 9994 / 999
Sonhos Comuns :
10 / 99910 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário de Sonhos Lúcidos do Sombra

em Dom Ago 10, 2014 9:19 pm
Reputação da mensagem: 100% (2 votos)
10/08/2014
Uma sensação me acometeu no sono. Não sei se eu estava parte acordado e parte dormindo, mas tive a sensação de que eu podia mover meu braço sem tirá-lo do lugar. Era como se eu pudesse mover o espírito para fora do corpo.
Primeiro foi o braço direito. Eu o colocava para fora dele mesmo e depois o sono mudava e ele voltava. Eu podia me concentrar e aos poucos ia tirando o braço do espírito e depois ele voltava novamente, pois eu perdia a concentração como alguém que tenta se equilibrar numa corda e consegue por um instante, mas depois perde o equilíbrio e cai.
Eu pensei em tirar a cabeça e o resto, mas tive medo de sair e não conseguir voltar. Também tive medo de ver certas coisas. Passou-me pela mente que, se aquilo fosse realmente pudesse ser uma experiência extracorpórea, meus sentidos poderiam entrar na freqüência daquele outro mundo e eu veria espíritos e coisas do além.
Impressionou-me o quanto eu tinha controle daquilo. Houve uma hora em que eu resolvi experimentar e entrar no estado em que eu podia retirar o braço e depois sair do estado para ver se o braço voltaria automaticamente, pois assim eu poderia sair do corpo e, quando acordasse, meu espírito voltaria e não teria perigo.
Mas acho que acordei e acabou tudo.
Essas experiências acontecem frequência quando durmo à tarde.
avatar
Mensagens : 1989
Pontos : 5704
Honra : 575
Data de inscrição : 10/03/2013
Idade : 17
Localização : Nippon, Namimori.
Sonhos Lúcidos :
50 / 99950 / 999
Sonhos Comuns :
300 / 999300 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário de Sonhos Lúcidos do Sombra

em Dom Ago 10, 2014 10:44 pm
Nossa, que sensação estranha deve ter sido. Era como sentir estar se mexendo, mas não sair do lugar, né? Fico curioso com esses seus sonhos, Sombra.

  Você parece ser alguém bem bizarro. Kkkk Zu3ira.
Mensagens : 1017
Pontos : 3478
Honra : 749
Data de inscrição : 06/08/2013
Idade : 27
Localização : São Paulo/Santo André
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário de Sonhos Lúcidos do Sombra

em Dom Ago 10, 2014 10:58 pm
Sombra lendo seu relatório me fez me lembrar das minhas primeiras experiências de separação da consciência. Isso geralmente acontece quando estamos por separar-nos/entrarmos no plano onírico ou seja pode ocasionar algumas alucinações como movimentos fantasmas dando a impressão de que seu corpo esteja sendo divido entre físico e etéreo.

Mas é normal pode ir com fé que o máximo que vai acontecer é de você sair no ponto de origem de onde esta dormindo e já começar o seu sonho lúcido desde o inicio. certo
avatar
Mensagens : 40
Pontos : 1309
Honra : 32
Data de inscrição : 18/07/2014
Idade : 31
Localização : BH
Sonhos Lúcidos :
4 / 9994 / 999
Sonhos Comuns :
10 / 99910 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário de Sonhos Lúcidos do Sombra

em Sab Ago 16, 2014 10:09 pm
Reputação da mensagem: 100% (2 votos)
16/08/2014

Novamente tive a sensação de sair do corpo enquanto dormia. Tirei o braço de dentro do braço e novamente tive receio de levantar a cabeça com medo do que pudesse acontecer, mas levantei assim mesmo. Então veio um tipo de tontura. Eu não podia ter tirado a cabeça. Algo não deu certo e eu quis acordar. Era como se isso fosse deslocar algo dentro da mente que não poderia ser deslocado.
avatar
Mensagens : 137
Pontos : 1508
Honra : 34
Data de inscrição : 01/05/2014
Idade : 15
Localização : Mundo dos sonhos
Sonhos Lúcidos :
200 / 999200 / 999
Sonhos Comuns :
890 / 999890 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário de Sonhos Lúcidos do Sombra

em Dom Ago 17, 2014 6:41 pm
dombra parece que quase teve um viagem astral suspeito
avatar
Mensagens : 40
Pontos : 1309
Honra : 32
Data de inscrição : 18/07/2014
Idade : 31
Localização : BH
Sonhos Lúcidos :
4 / 9994 / 999
Sonhos Comuns :
10 / 99910 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário de Sonhos Lúcidos do Sombra

em Seg Ago 18, 2014 8:14 am
Lucid Hunter escreveu:dombra parece que quase teve um viagem astral suspeito

Pois é. É bastante real e parece que eu estou acordado e realmente saindo do corpo.
avatar
Mensagens : 40
Pontos : 1309
Honra : 32
Data de inscrição : 18/07/2014
Idade : 31
Localização : BH
Sonhos Lúcidos :
4 / 9994 / 999
Sonhos Comuns :
10 / 99910 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário de Sonhos Lúcidos do Sombra

em Seg Ago 18, 2014 8:15 am
Reputação da mensagem: 100% (2 votos)
18/08/2014

Há vários fragmentos que não me estão claros agora, mas estou certo de que havia alguns monstros e uma trilha sonora de terror. Em algum momento eu percebi que estava sonhando, entrei num elevador e a trilha sonora de suspense do filme “Akira” ficou tocando em minha cabeça. Eu estava satisfeito por saber que era um sonho. Notei que haviam símbolos circulares desenhados no metal das paredes do elevador. Quando fui me aproximar para ver detalhes, o teto me esmagou.
Então eu estava num salão de festas onde havia uns cavalos eu acho. Não gostei daquele lugar, pois havia muito barulho em minha cabeça e resolvi fazê-lo desaparecer. Concentrei-me bastante e fiz as paredes sumirem.
Eu estava no espaço sentindo um vento que me levava livremente por entre estruturas pequenas parecida com galáxias. Cada uma dessas galáxias tinha um olho no centro.
Aos poucos as paredes iam ressurgindo para formar o salão e me prendiam novamente, mas eu conseguia me concentrar e fazê-las desaparecer e voltar para o espaço.
avatar
Mensagens : 137
Pontos : 1508
Honra : 34
Data de inscrição : 01/05/2014
Idade : 15
Localização : Mundo dos sonhos
Sonhos Lúcidos :
200 / 999200 / 999
Sonhos Comuns :
890 / 999890 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário de Sonhos Lúcidos do Sombra

em Seg Ago 18, 2014 9:09 am
parabens pelo sonho sombra! quase que foi um pesadelo lucido  joe 
avatar
Mensagens : 1989
Pontos : 5704
Honra : 575
Data de inscrição : 10/03/2013
Idade : 17
Localização : Nippon, Namimori.
Sonhos Lúcidos :
50 / 99950 / 999
Sonhos Comuns :
300 / 999300 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário de Sonhos Lúcidos do Sombra

em Ter Ago 19, 2014 2:44 pm
18/08/2014:
Sombra escreveu:18/08/2014

Há vários fragmentos que não me estão claros agora, mas estou certo de que havia alguns monstros e uma trilha sonora de terror. Em algum momento eu percebi que estava sonhando, entrei num elevador e a trilha sonora de suspense do filme “Akira” ficou tocando em minha cabeça. Eu estava satisfeito por saber que era um sonho. Notei que haviam símbolos circulares desenhados no metal das paredes do elevador. Quando fui me aproximar para ver detalhes, o teto me esmagou.
Então eu estava num salão de festas onde havia uns cavalos eu acho. Não gostei daquele lugar, pois havia muito barulho em minha cabeça e resolvi fazê-lo desaparecer. Concentrei-me bastante e fiz as paredes sumirem.
Eu estava no espaço sentindo um vento que me levava livremente por entre estruturas pequenas parecida com galáxias. Cada uma dessas galáxias tinha um olho no centro.
Aos poucos as paredes iam ressurgindo para formar o salão e me prendiam novamente, mas eu conseguia me concentrar e fazê-las desaparecer e voltar para o espaço.

O sonho combinou bem com você, de certa forma. Parabéns pelo Sonho Lúcido! A parte em que o teto te esmaga, me fez lembrar de um quarto no Resident Evil (PS1) Aonde acontece a mesma coisa quando joga com a Jill. XD
avatar
Mensagens : 137
Pontos : 1508
Honra : 34
Data de inscrição : 01/05/2014
Idade : 15
Localização : Mundo dos sonhos
Sonhos Lúcidos :
200 / 999200 / 999
Sonhos Comuns :
890 / 999890 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário de Sonhos Lúcidos do Sombra

em Ter Ago 19, 2014 7:28 pm
Sombra escreveu:
Lucid Hunter escreveu:dombra parece que quase teve um viagem astral suspeito

Pois é. É bastante real e parece que eu estou acordado e realmente saindo do corpo.
#sombra malz pelo erro nem vi lingua
talvez se imaginar estar em um sonho ajuda,pq isso na verdade é uma paralisia do sono
avatar
Mensagens : 297
Pontos : 1928
Honra : 90
Data de inscrição : 03/10/2013
Idade : 21
Localização : pernambuco
Sonhos Lúcidos :
26 / 99926 / 999
Sonhos Comuns :
29 / 99929 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário de Sonhos Lúcidos do Sombra

em Ter Ago 19, 2014 9:42 pm
gostei dos seus relatos sombra, essa sensação que teve tentando sair do corpo deve ter sido muito assustador experimentar esse tipo de coisa (ja enfrentei muita coisa parecida XD) boa sorte e tenho uma dica, tenta fazer algo pra diferenciar sonhos normais de lucidos, ex: cor do texto, aviso no inicio. isso ajuda, espero que continue postando, por que muitos chegam aqui posta uma ou duas vezes e abandonam, coragem homem XD. boa sorte. ^^


NÃO É ILUSÃO SIM EU VOLTEI O LORDES DAS TREVAS HAHAHAHAHA. #lol#
avatar
Mensagens : 40
Pontos : 1309
Honra : 32
Data de inscrição : 18/07/2014
Idade : 31
Localização : BH
Sonhos Lúcidos :
4 / 9994 / 999
Sonhos Comuns :
10 / 99910 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário de Sonhos Lúcidos do Sombra

em Qua Ago 20, 2014 7:55 pm
Viajante temporal - X escreveu: espero que continue postando, por que muitos chegam aqui posta uma ou duas vezes e abandonam, coragem homem XD. boa sorte. ^^

Obrigado Viajante. Vou continuar sim
avatar
Mensagens : 297
Pontos : 1928
Honra : 90
Data de inscrição : 03/10/2013
Idade : 21
Localização : pernambuco
Sonhos Lúcidos :
26 / 99926 / 999
Sonhos Comuns :
29 / 99929 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário de Sonhos Lúcidos do Sombra

em Qua Ago 20, 2014 7:59 pm
\o/ gogogo


NÃO É ILUSÃO SIM EU VOLTEI O LORDES DAS TREVAS HAHAHAHAHA. #lol#
avatar
Mensagens : 40
Pontos : 1309
Honra : 32
Data de inscrição : 18/07/2014
Idade : 31
Localização : BH
Sonhos Lúcidos :
4 / 9994 / 999
Sonhos Comuns :
10 / 99910 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário de Sonhos Lúcidos do Sombra

em Sab Ago 23, 2014 4:51 pm
Reputação da mensagem: 100% (2 votos)
(Acabei de descobrir que dormir num ambiente claro é uma coisa que estimula sonhos lúcidos em mim.
Quase todas as sensações de paralisia e de suposta projeção astral que descrevi em outro post ocorrem no fim de semana quando dou aquela cochilada de tarde.
Aqui vai o que aconteceu hoje)

23/08/2014

A paralisia chegou no meio do sono. Eu consegui sair totalmente do corpo, mas alguma coisa não deu certo. Não me lembro exatamente o que foi, mas foi algum medo de morrer. O tempo todo eu fiquei concentrado nos batimentos cardíacos que estavam disparados. Mas depois as coisas devem ter se ajeitado, pois eu prossegui sonhando.
Eu era um tipo de fantasma e queria sair pulando de telhado em telhado assustando as pessoas. Mas quando eu queria ser invisível, todos me viam.
Sonhei estar meio acordado. Eu fui com minha esposa na casa de minha mãe e fiquei tentando dizer para ela que pegasse café para levar lá onde eu estava dormindo para poder me acordar.
Corri pelos telhados da vizinhança tentando perceber se eu estava realmente tendo uma projeção astral. Tentei reparar nos detalhes da rua e das casas para ver se eram reais ou se era um sonho.
Como havia um carro estacionado encima de um telhado, eu me convenci de que sonho mesmo.
Tinha duas mulheres segurando cachorros na rua e eu tentei assustá-las, mas acordei.

(Depois disso, voltei a dormir e tive mais sonhos)

Eu saí de casa me lembrando dos livros de Game of Trones. Eu estava me lembrando de algo sobre um rei num castelo e sua comida que era trazida por alguém...
Eu estava lúcido ali na rua. Havia água em poças no chão como se houvesse acabado de chover e não havia asfalto na rua, estava tudo cheio de lama. Fiquei muito satisfeito em apenas sentar no chão e observar os detalhes do sonho.
Vários cachorros vieram correndo atravessando a rua em minha direção. Quando passaram por mim eu prestei atenção em cada um deles, principalmente em um pequenino que não conseguia colocar a língua para dentro da boca.
Em frente à vitrine de uma loja estava uma criatura que podia ser uma girafa, um cachorro com as pernas bem compridas ou simplesmente uma mulher muito alta. Eu vi seu rosto abaixando para olhar a vitrine da loja.
Tive uma sensação muito boa de liberdade e saí correndo pela rua tirando a roupa indo em direção a uma parte não urbanizada onde havia mato e árvores.
Subi pela terra num barranco ao lado da estrada gritando para que todos me vissem. Algumas pessoas passavam em carros me olhando como se eu fosse louco.
Parei por uns instantes, mas percebi que estava pisando num formigueiro e o chão estava afundando.
Saí dali sem problemas e, depois de fazer mais algumas coisas, meu corpo me obrigou a acordar.
avatar
Mensagens : 2531
Pontos : 5705
Honra : 1044
Data de inscrição : 12/06/2013
Localização : Bahia
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário de Sonhos Lúcidos do Sombra

em Dom Ago 24, 2014 4:31 am
Sombra escreveu:
Sombra escreveu:Eu estava trabalhando quando percebi que estava sonhando. Uma sensação de liberdade se apoderou de mim e eu larguei alegremente o que estava fazendo para sair para a rua.
Lá fora, eu percebi que podia controlar os ventos. Eu fiz poderoso furacão escuro destruir o prédio do outro lado da rua. Os ventos carregavam enormes caminhões que se chocavam uns com os outros produzindo mais destruição.
Porém, os ventos acabaram fugindo do meu controle e uma forte rajada veio em minha direção. Todos esses ventos eram escuros como nuvens de chuva. Eu tentei anulá-lo com uma outra rajada e as duas colidiram fazendo me ficar preso entre elas.
Eu esperava que o vento acabasse cedendo mas isso não parecia estar acontecendo. Houve uma hora em que eu pensei que seria derrotado, então recebi uma ajuda invisível e todos os ventos cessaram deixando destruição por toda a parte.
Eu fiquei caído encima dos escombros quando um homem de bigode ofereceu a mão para me ajudar a levantar. Ele era escuro como os ventos e, quando o medo começou a crescer em mim, eu senti que ele minha sombra. Mas ele sorria e, apesar de tudo, eu sabia que estava ali para me ajudar.
Peguei sua mão, ele me tirou do chão e eu acordei.
Interessante essa parada de mover os ventos no sonho. Talvez o cara de bigode pode ser uma representação de alguma pessoa que vai te ajudar após uma possível tempestade que vai acontecer na sua vida no futuro.


Sombra escreveu:
Sombra escreveu:08/08/2014

ME lembro pouco desse sonho, mas sei que era lúcido. O problema é que eu não conseguia fazer nada além de andar por aí na minha cidade. Nâo consegui fazr nada de interessante.
Teve uma hora que eu tentei fazer uma invasão de naves alienígenas acontecer, mas não deu nada.
Que desperdício de sonho lúcido...
Mas a experiência foi boa. Eu estava bem lúcido.
Só em ficar lúcido para poder explorar as coisas mais simples num sonho lúcido, já vale o sonho.

Sombra escreveu:
Sombra escreveu:10/08/2014
Uma sensação me acometeu no sono. Não sei se eu estava parte acordado e parte dormindo, mas tive a sensação de que eu podia mover meu braço sem tirá-lo do lugar. Era como se eu pudesse mover o espírito para fora do corpo.
Primeiro foi o braço direito. Eu o colocava para fora dele mesmo e depois o sono mudava e ele voltava. Eu podia me concentrar e aos poucos ia tirando o braço do espírito e depois ele voltava novamente, pois eu perdia a concentração como alguém que tenta se equilibrar numa corda e consegue por um instante, mas depois perde o equilíbrio e cai.
Eu pensei em tirar a cabeça e o resto, mas tive medo de sair e não conseguir voltar. Também tive medo de ver certas coisas. Passou-me pela mente que, se aquilo fosse realmente pudesse ser uma experiência extracorpórea, meus sentidos poderiam entrar na freqüência daquele outro mundo e eu veria espíritos e coisas do além.
Impressionou-me o quanto eu tinha controle daquilo. Houve uma hora em que eu resolvi experimentar e entrar no estado em que eu podia retirar o braço e depois sair do estado para ver se o braço voltaria automaticamente, pois assim eu poderia sair do corpo e, quando acordasse, meu espírito voltaria e não teria perigo.
Mas acho que acordei e acabou tudo.
Essas experiências acontecem frequência quando durmo à tarde.
Experiência muito interessante. Esses movimentos que voce fez com os braços é chamado de movimento fantasma. E voce estave prestes a fazer uma separação. Ou seja, você estava prestes a projetar aa sua consciência pra dentro do sonho.  certo 

Sombra escreveu:
Sombra escreveu:16/08/2014

Novamente tive a sensação de sair do corpo enquanto dormia. Tirei o braço de dentro do braço e novamente tive receio de levantar a cabeça com medo do que pudesse acontecer, mas levantei assim mesmo. Então veio um tipo de tontura. Eu não podia ter tirado a cabeça. Algo não deu certo e eu quis acordar. Era como se isso fosse deslocar algo dentro da mente que não poderia ser deslocado.
Faz muitos meses que venho tentando repetir uma experiência parecida com essa que eu tive. Mas, sem sucesso. Realmente, é muito rea e impressionante. E não dá pra saber se é um tipo de sonho lúcido ou outro estado alterado da consciência.

Sombra escreveu:
Sombra escreveu:18/08/2014

Há vários fragmentos que não me estão claros agora, mas estou certo de que havia alguns monstros e uma trilha sonora de terror. Em algum momento eu percebi que estava sonhando, entrei num elevador e a trilha sonora de suspense do filme “Akira” ficou tocando em minha cabeça. Eu estava satisfeito por saber que era um sonho. Notei que haviam símbolos circulares desenhados no metal das paredes do elevador. Quando fui me aproximar para ver detalhes, o teto me esmagou.
Então eu estava num salão de festas onde havia uns cavalos eu acho. Não gostei daquele lugar, pois havia muito barulho em minha cabeça e resolvi fazê-lo desaparecer. Concentrei-me bastante e fiz as paredes sumirem.
Eu estava no espaço sentindo um vento que me levava livremente por entre estruturas pequenas parecida com galáxias. Cada uma dessas galáxias tinha um olho no centro.
Aos poucos as paredes iam ressurgindo para formar o salão e me prendiam novamente, mas eu conseguia me concentrar e fazê-las desaparecer e voltar para o espaço.
Essa experiência já tem traços de mundo onírico. Diferente das experiências anteriores que você relatou. E a sensação é totalmente diferente. Pelo menos, nas minhas experiências eu percebi a diferença.

Sombra escreveu:
Sombra escreveu:(Acabei de descobrir que dormir num ambiente claro é uma coisa que estimula sonhos lúcidos em mim.
Quase todas as sensações de paralisia e de suposta projeção astral que descrevi em outro post ocorrem no fim de semana quando dou aquela cochilada de tarde.
Aqui vai o que aconteceu hoje)

23/08/2014

A paralisia chegou no meio do sono. Eu consegui sair totalmente do corpo, mas alguma coisa não deu certo. Não me lembro exatamente o que foi, mas foi algum medo de morrer. O tempo todo eu fiquei concentrado nos batimentos cardíacos que estavam disparados. Mas depois as coisas devem ter se ajeitado, pois eu prossegui sonhando.
Eu era um tipo de fantasma e queria sair pulando de telhado em telhado assustando as pessoas. Mas quando eu queria ser invisível, todos me viam.
Sonhei estar meio acordado. Eu fui com minha esposa na casa de minha mãe e fiquei tentando dizer para ela que pegasse café para levar lá onde eu estava dormindo para poder me acordar.
Corri pelos telhados da vizinhança tentando perceber se eu estava realmente tendo uma projeção astral. Tentei reparar nos detalhes da rua e das casas para ver se eram reais ou se era um sonho.
Como havia um carro estacionado encima de um telhado, eu me convenci de que sonho mesmo.
Tinha duas mulheres segurando cachorros na rua e eu tentei assustá-las, mas acordei.

(Depois disso, voltei a dormir e tive mais sonhos)

Eu saí de casa me lembrando dos livros de Game of Trones. Eu estava me lembrando de algo sobre um rei num castelo e sua comida que era trazida por alguém...
Eu estava lúcido ali na rua. Havia água em poças no chão como se houvesse acabado de chover e não havia asfalto na rua, estava tudo cheio de lama. Fiquei muito satisfeito em apenas sentar no chão e observar os detalhes do sonho.
Vários cachorros vieram correndo atravessando a rua em minha direção. Quando passaram por mim eu prestei atenção em cada um deles, principalmente em um pequenino que não conseguia colocar a língua para dentro da boca.
Em frente à vitrine de uma loja estava uma criatura que podia ser uma girafa, um cachorro com as pernas bem compridas ou simplesmente uma mulher muito alta. Eu vi seu rosto abaixando para olhar a vitrine da loja.
Tive uma sensação muito boa de liberdade e saí correndo pela rua tirando a roupa indo em direção a uma parte não urbanizada onde havia mato e árvores.
Subi pela terra num barranco ao lado da estrada gritando para que todos me vissem. Algumas pessoas passavam em carros me olhando como se eu fosse louco.
Parei por uns instantes, mas percebi que estava pisando num formigueiro e o chão estava afundando.
Saí dali sem problemas e, depois de fazer mais algumas coisas, meu corpo me obrigou a acordar.
Comigo é dormindo na rede ou no sofá. Já tive paralisias do sono e supostas projeções astrais dormindo na rede e no sofá de me deixar assustado. Kkkk

No 2º sonho os cachorros que passaram por você na rua te viu sentado no chão ou não te viu?
avatar
Mensagens : 40
Pontos : 1309
Honra : 32
Data de inscrição : 18/07/2014
Idade : 31
Localização : BH
Sonhos Lúcidos :
4 / 9994 / 999
Sonhos Comuns :
10 / 99910 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário de Sonhos Lúcidos do Sombra

em Seg Ago 25, 2014 7:20 pm
Ramon escreveu:
No 2º sonho  os cachorros que passaram por você na rua te viu sentado no chão ou  não te viu?
Acho que não. Eles passaram direto por mim. Talvez aquele que não conseguia guardar a língua tenha me notado, mas talvez não...não prestei atenção neste detalhe.
avatar
Mensagens : 40
Pontos : 1309
Honra : 32
Data de inscrição : 18/07/2014
Idade : 31
Localização : BH
Sonhos Lúcidos :
4 / 9994 / 999
Sonhos Comuns :
10 / 99910 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário de Sonhos Lúcidos do Sombra

em Sab Ago 30, 2014 7:47 pm
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
27/08/2014

Sonho:

No trabalho, um colega estava sentado ao meu lado numa mesa feita para só um trabalhar. Quase misturamos nossos serviços, o que causaria muito transtorno, pois seria impossível separá-los. (Este colega, no mundo acordado, trabalha numa mesa na qual eu detestava trabalhar antigamente, antes de ele chegar e eu poder mudar de lugar. Talvez, eu tenha sentido culpa por isso e deixado ele se sentar ao meu lado no sonho.)
Apareceu um cliente que estava começando a ficar nervoso por causa de outro funcionário e estava prestes a começar uma confusão na qual eu não saberia o que fazer, pois eu teria que contrariar um dos dois, meu colega ou o cliente. (No dia anterior eu tive que lidar com um cliente nervoso na mesma situação.) No momento em que comecei a me sentir muito mal e encurralado, fiquei lúcido e o alívio oi enorme.
Dei a volta no balcão e ataquei o sujeito com vários golpes.
Senti muita alegria com a lucidez e saí causando vários transtornos e batendo nas pessoas do trabalho e quebrando as coisas (uma vez, numa situação de sonho lúcido no trabalho, eu tirei toda a roupa deixando todos chocados, o que me alegrou muito. Sonhos lúcidos no trabalho sempre me fazem acordar com muita serenidade, pois funcionam como uma válvula de escape para o estresse daquele lugar.)
avatar
Mensagens : 111
Pontos : 1507
Honra : 14
Data de inscrição : 05/03/2014
Idade : 18
Localização : Campo Grande
Sonhos Lúcidos :
4 / 9994 / 999
Sonhos Comuns :
28 / 99928 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário de Sonhos Lúcidos do Sombra

em Sab Ago 30, 2014 10:44 pm
Wow!
As vezes da vontade de sair dando porrada mesmo. Sonhos lúcidos é uma maneira muito boa de aliviar o estresse muito feliz


.
. - Dialogo
. - Meu dialogo
. - Pensamentos
.
. O MARAVILHOSO MUNDO DE EDOAN
.
.
avatar
Mensagens : 40
Pontos : 1309
Honra : 32
Data de inscrição : 18/07/2014
Idade : 31
Localização : BH
Sonhos Lúcidos :
4 / 9994 / 999
Sonhos Comuns :
10 / 99910 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário de Sonhos Lúcidos do Sombra

em Seg Set 01, 2014 7:18 pm
Edoan Rodrigues escreveu:Wow!
As vezes da vontade de sair dando porrada mesmo. Sonhos lúcidos é uma maneira muito boa de aliviar o estresse muito feliz

POis é, sempre que eu consigo fazer isso eu acordo sentindo muita calma e fico bem o dia inteiro.
Conteúdo patrocinado

Re: Diário de Sonhos Lúcidos do Sombra

Ver o tópico anteriorVoltar ao TopoVer o tópico seguinte
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum