Conectar-se
Últimos assuntos
Os membros mais ativos do mês
1 Mensagem - 100%
Votação
Qual a técnica que você utiliza para ficar lúcido?
Teste de Realidade
45% / 15
Totem
15% / 5
Incubação
12% / 4
Gatilho
6% / 2
Gravador de Voz ou Sons Binaurais
6% / 2
Outros
15% / 5
Parceiros
 sonhos=
 sonhos=
 animes=

Compartilhe
Ir em baixo
rafalimaz
Mensagens : 17
Pontos : 954
Honra : 1
Data de inscrição : 03/03/2017
Idade : 33
Localização : Fortaleza, Ceará
Sonhos Lúcidos :
Diário dos sonhos lúcidos do Lima Left_bar_bleue3 / 9993 / 999Diário dos sonhos lúcidos do Lima Right_bar_bleue
Sonhos Comuns :
Diário dos sonhos lúcidos do Lima Left_bar_bleue0 / 9990 / 999Diário dos sonhos lúcidos do Lima Right_bar_bleue
Ver perfil do usuário

Diário dos sonhos lúcidos do Lima Empty Diário dos sonhos lúcidos do Lima

em Ter Mar 26, 2019 9:32 pm
Pessoal, eu já tenho mais de 10 anos que conheci o tema dos sonhos lúcidos. Nos dois primeiros anos pratiquei incessantemente e consegui feitos incríveis. Depois de um tempo acabei focando muito a vida em estudo, trabalho, etc e dei pouca atenção, mas sempre querendo voltar a praticar. Recentemente voltei com mais força o meu diário dos sonhos e tenho tido alguns sonhos lúcidos que resolvi começar a compartilhar aqui no fórum. Espero que gostem e que assim possa ampliar mais ainda nossas ideias e consequentemente nossa lucidez onírica feliz
rafalimaz
Mensagens : 17
Pontos : 954
Honra : 1
Data de inscrição : 03/03/2017
Idade : 33
Localização : Fortaleza, Ceará
Sonhos Lúcidos :
Diário dos sonhos lúcidos do Lima Left_bar_bleue3 / 9993 / 999Diário dos sonhos lúcidos do Lima Right_bar_bleue
Sonhos Comuns :
Diário dos sonhos lúcidos do Lima Left_bar_bleue0 / 9990 / 999Diário dos sonhos lúcidos do Lima Right_bar_bleue
Ver perfil do usuário

Diário dos sonhos lúcidos do Lima Empty RELATO 1 - Isso é um sonho lúcido!

em Ter Mar 26, 2019 9:36 pm
Estava na casa da ex-patroa da minha mãe onde havia várias pessoas. De repente apareceu uma fila indiana de animais andando, entre eles um rato, um que parecia um gambá e dois gatos. Achei muito estranho um gato e um rato juntos andando tranquilamente, então imaginei que fosse um sonho e fiz o teste de realidade de puxar o dedo. O dedo esticou, fiquei eufórico então falei para um personagem do sonho fazer também. Ele fez e o dedo também esticou. Então fui fazer um discurso para todos os personagens oníricos, pois eram muitos. Comecei a falar muito alto e ainda tentei criar um megafone para ampliar a voz, mas não consegui. Expliquei que aquele sonho era lúcido e que era possível manipular o sonho. Acordei em seguida.
rafalimaz
Mensagens : 17
Pontos : 954
Honra : 1
Data de inscrição : 03/03/2017
Idade : 33
Localização : Fortaleza, Ceará
Sonhos Lúcidos :
Diário dos sonhos lúcidos do Lima Left_bar_bleue3 / 9993 / 999Diário dos sonhos lúcidos do Lima Right_bar_bleue
Sonhos Comuns :
Diário dos sonhos lúcidos do Lima Left_bar_bleue0 / 9990 / 999Diário dos sonhos lúcidos do Lima Right_bar_bleue
Ver perfil do usuário

Diário dos sonhos lúcidos do Lima Empty RELATO 2 - Meu filho de 4 olhos!

em Ter Mar 26, 2019 9:37 pm
[PROLOGO]
Não esperava ter um sonho lúcido tão rápido após aplicar uma técnica nova! Tinha ido dormir 6 da manhã depois de se divertir na madrugada com amigos sabendo que no outro dia era feriado e poderia dormir despreocupado. Acordei 11h da manhã ainda com sono. Fiquei acordado 1h na cama depois fui tentar dormir mais um pouco. Tentei durante uns 20 minutos dormir, mas quase sem conseguir. Ficava iniciando o sonho e acordando. Até que numa última tentativa...

[SONHO]
Vi uma moeda de 5 centavos no chão e peguei, logo fiquei consciente que era um sonho. Tentei ficar com ela, mas não consegui. Estava muito escuro. De repente levantei e senti um peso no pescoço. Lembrei que estava com travesseiro e lençol e podia ser esse o incômodo. Comecei a caminhar meio lento como se tivesse em um aquário. Logo fiquei bem consciente e fiz um teste de puxar o dedo e ele esticou. Lembrei do meu gatilho de assim que ver alguém fazer outro teste. Comecei a caminhar pelo local, me senti em um jogo de exploração procurando itens. Tava meio bagunçado. Até que encontrei meu tio e meu primo sentados olhando algo na parede. Fiz outro teste de realidade e tentei interagir com eles. Estavam no seu mundo próprio e não interagiram. Não lembrei de fazer algum tipo de manipulação. Só estava explorando. Caminhei um pouco mais procurando algo então encontro um bebê no chão. Fui observar de perto e ele tinha 4 olhos. Esqueci de fazer outro teste de realidade aqui. Ouvi a voz do meu primo dizendo que aquele era meu filho. Acordei em seguida!
rafalimaz
Mensagens : 17
Pontos : 954
Honra : 1
Data de inscrição : 03/03/2017
Idade : 33
Localização : Fortaleza, Ceará
Sonhos Lúcidos :
Diário dos sonhos lúcidos do Lima Left_bar_bleue3 / 9993 / 999Diário dos sonhos lúcidos do Lima Right_bar_bleue
Sonhos Comuns :
Diário dos sonhos lúcidos do Lima Left_bar_bleue0 / 9990 / 999Diário dos sonhos lúcidos do Lima Right_bar_bleue
Ver perfil do usuário

Diário dos sonhos lúcidos do Lima Empty RELATO 3 - Como convencer que é seu sonho lúcido?

em Ter Mar 26, 2019 9:39 pm
Depois de acordar pela segunda vez na manhã e já ter anotado vários sonhos comuns, fiquei tentando dormir novamente com persistência...ficava virando de um lado de outro a cada nova tentativa até que...

No primeiro sonho lúcido lembro de ter feito testes de realidade de passar o dedo pela mão e não consegui "furar" então fiz o de puxar o dedo e consegui. Fiz de puxar a ponta do dedo da outra mão e também deu certo. O primeiro sonho foi muito grande, eu lembro de ter entrado numa história onde eu estava com uma moça chamada Pérola, havia um enredo mas eu estava parcialmente lúcido. Devido a ter continuado em outro sonho, esqueci quase tudo. Só lembro a partir da parte em que comecei a ver umas frutas no meu quintal da casa do interior e logo conclui que é porque eu estava com fome pois era hora de merendar no mundo real. Vi mamões, bananas, e outras frutas coloridas. Mas fiz outro teste e continuei no sonho. Depois por algum motivo acordei. E estava numa rede na mesma casa do interior. Tinha vindo uns rapazes me chamarem dentro de casa e achei bem estranho, logo fiz um teste de realidade e conclui que era um falso acordar! Pensei então, poxa ..outro sonho vou aproveitar então. Sai andando com eles e quando cheguei na rua vi vários gatos pretos e brancos em vários pontos, na calçada e na rua e pensei ..nossa quantos gatos! Fiz mais testes de realidade. Tentei interagir com os gatos e eles eram meio "diferentes". Como estava totalmente lúcido, ignorei e entrei na casa do meu vizinho de infância. Por algum motivo fiquei com vontade de dar tiros pra fazer uma espécie de GTA (talvez por eu estar jogando muito jogo FPS ultimamente) então lembrei que na casa dele poderia haver uma arma. Quando entrei tinha na mesa. Ao entrar observei uma farda militar colada na parede. Então vi meu amigo e disse pra ele...cara, eu estou em um sonho e você está no meu sonho, então vim pegar aqui essa arma. Eu peguei a arma e ele disse pra eu tomar cuidado com ela...eu disse que não me importava (observação eu nunca peguei numa pistola de verdade na vida) Aí nesse momento ele teve um problema de saúde e teve que ser levado. Os outros personagens ficaram preocupados e eu fiquei logicamente argumentando que para eles era difícil concluir de quem era o sonho. Podia ser um sonho do meu amigo onde eles foram me acordar e chegaram pra falar com ele. Mas eu argumentei que o sonho era meu pois eu fiz o teste de realidade e fui o primeiro a falar...acordei em seguida até contente pois já era muita coisa pra lembrar e foram dois sonhos grandes e complexos...o primeiro esqueci muita coisa feliz
rafalimaz
Mensagens : 17
Pontos : 954
Honra : 1
Data de inscrição : 03/03/2017
Idade : 33
Localização : Fortaleza, Ceará
Sonhos Lúcidos :
Diário dos sonhos lúcidos do Lima Left_bar_bleue3 / 9993 / 999Diário dos sonhos lúcidos do Lima Right_bar_bleue
Sonhos Comuns :
Diário dos sonhos lúcidos do Lima Left_bar_bleue0 / 9990 / 999Diário dos sonhos lúcidos do Lima Right_bar_bleue
Ver perfil do usuário

Diário dos sonhos lúcidos do Lima Empty RELATO 4 - Sonhos lúcidos barriga pra baixo

em Dom Mar 31, 2019 11:21 am
Sonho comum negativo, queria comprar um negócio parecia que era ali pela avenida no interior, mas antes de chegar um amigo de infância dizia pra eu não ir lá pois podia ser roubado.

Estava conversando com um homem que havia conhecido em algum lugar. Eu estava mexendo em algo e sentia que tinha "escapado" algo, mas ficava quieto. Depois eu limpava com um papel discretamente. Esse cara tinha vindo de fora e trabalhava em algo.

Estava na minha casa do interior, um bandido entrava e ficava ameaçando com uma faquinha de mesa na mão. Passou no meu dedo e rasgou um pouquinho. Eu dizia que já conhecia e lembrava de algum outro lugar. Tinha várias pessoas na casa. Alguém falava que ele era de fora e já tinha ganhado muito dinheiro. Outra pessoa grita dizendo que ele vai pro banheiro escapar. Ele corre lá pra fora, mas um monte corre atrás e pegam ele. Batem nele com um pedaço de pau, dá pra ouvir o barulho. Eu grito pra não matarem. Ele foge. Depois quando eu chego perto outros começam a atirar. Eu tento me esconder até que volto pra casa. Dou um pulo numa janela e entro como se fosse pelo banheiro. Fico imaginando que podia ter uma porta secreta.

Primeira tentativa:

Estava com meus companheiros de banda e mais alguém no carro, parece que teria o show ou algo do tipo. Depois de uma discussão um deles foi embora e ficamos estressados porque tínhamos dado viagem perdida. Em certo momento eu preciso segurar o carro do meu amigo porque tá saindo sozinho. Puxo freio de mão e piso no freio, mas o carro continua se movendo. Depois subo um ladeira tentando frear e nada. Uns caras estranhos me ajudam explicando que tem uma catraca no freio e precisa puxar só até uma parte, e eu estava puxando demais. Eu agradeço o cara e desço de um lugar procurando meu amigo, mas ele sumiu. Então ligo pra ele só que não atende. Fico meio chateado e começo a andar pelo local pensando em pegar um ônibus pra voltar. Coloco um lixo no chão. Depois de vagar um pouco, me percebo em outro local. Tem uns caras conversando. Tem também uma porta giratória e um prédio tipo monumento. Quando olho vejo uma estátua gigante como se fosse um soldado romano. Fico pensando, que estranho...pergunto pra um cara que lugar era aquele e ele diz um bairro afastado da cidade. Então eu penso...isso não existe nesse bairro. Aí penso e falo..devo estar sonhando e escuto o cara falando isso também. Aí faço o teste de realidade e meu dedo estica. Nesse momento tenho uma vontade de ficar gigante e cresço quebrando umas coisas. Depois tenho vontade de voar e consigo me ver. Vou voando como se tivesse asas e soltando uns peidos e lembro de um vocalista de uma banda nacional muito marcante pra mim que já morreu e acho engraçado. Depois olho pra uma menina e fico rindo, mas ela faz cara de reprovação. Então olho pro céu e vejo o sol como se fosse um entardecer. Aí penso...quer saber. Vou subir até o sol dessa vez e começo a voar em direção a ele. Acordo em seguida.

Segunda tentativa mais difícil, fiquei virando na cama umas 6 vezes. Deitava pro lado direito, começava a cochilar acordava. Deitava pro direito e a mesma coisa. Pra cima também. Na última tentativa resolvi dormir de barriga pra baixo. Então...

Outro lúcido. Antes de tudo lembro de ter sonhado como se estivesse na minha cama no interior tentando mostrar pra minha mãe que eu conseguia ficar lúcido dormindo. Só que quando adormeci ela ficou mexendo na minha garganta e eu fiquei com medo, então acordei.

Já em outro sonho, lembro de ter ficado lúcido logo no início e tinha total controle. Pensei em criar um gato no chão, mas não estava conseguindo. Só apareceu um desenho 2D. Depois sai andando e tive a ideia de transar com alguém. Procurei e pensei, vou escolher qualquer uma, já que estou sonhando mesmo. Encontrei uma mulher que não acho muito atraente, morena meio coroa, mas com um corpo razoável. Inclusive já dei fora nela. Pensei, vai ser ela mesmo. Tentei isolar ela e ter privacidade, pois no mundo real não podemos transar na frente dos outros. Levei pra um quarto separado. Chegando lá só tinha uma rede. Fechei as venezianas com telecinese e falei, tenho poderes mágicos...ela ficou deslumbrada. Tentei forjar uma cama, mas não consegui. Olhei pro lado e vi uma menina...pensei, poxa deve ser a filha dela. De repente notei que surgiram mais pessoas e parece que abriu tudo e virou ambiente da faculdade. Aí senti uma certa raiva e conclui que meu subconsciente estava né zuando. Então pensei...que se "censurado"! Vou transar na frente de todos mesmo, venha! Tirei a roupa e fiz a parada, senti um certo prazer, depois acordei.


"Aye, fight and you may die. Run, and you'll live... at least a while. And dying in your beds, many years from now, would you be willin' to trade ALL the days, from this day to that, for one chance, just one chance, to come back here and tell our enemies that they may take our lives, but they'll never take... OUR FREEDOM!" (Willian Wallace, Braveheart 1995)

Meu diário de sonhos lúcidos
rafalimaz
Mensagens : 17
Pontos : 954
Honra : 1
Data de inscrição : 03/03/2017
Idade : 33
Localização : Fortaleza, Ceará
Sonhos Lúcidos :
Diário dos sonhos lúcidos do Lima Left_bar_bleue3 / 9993 / 999Diário dos sonhos lúcidos do Lima Right_bar_bleue
Sonhos Comuns :
Diário dos sonhos lúcidos do Lima Left_bar_bleue0 / 9990 / 999Diário dos sonhos lúcidos do Lima Right_bar_bleue
Ver perfil do usuário

Diário dos sonhos lúcidos do Lima Empty RELATO 5 - Alguma pista ou sinal?

em Sab Abr 06, 2019 12:14 pm
Técnica WBTB no sábado depois de ter tomado café, visto uns vídeos de anime, engraçados, etc. fui dormir outro cochilo (obs: fiz uma técnica pessoal que me deu um relaxamento a mais facilitando o sono no meio da manhã).

Me vi dentro de um sonho lúcido. Já entrei sabendo. Fiz um teste de puxar o dedo e funcionou ( sempre funciona). Olhei pro céu e vi o sol e lembrei de uma programação mental que fiz. Pensei "vou voar até o sol!!!" Só que percebi que tinha outros pontos luminosos. Então pensei, é criação da minha mente outros sóis, acho que não vale a pena. Mesmo assim alcei vôo em alta velocidade. Como sempre, tenho a tendência a voar muito rápido e acordar, preciso ficar freando. Decidi que ia descer e explorar. Fiquei voando rápido e vendo casas, construções, mas não via pessoas. Até que vi algumas aí diminui a velocidade. Em alguns momentos eu lembrei de outra programação mental que pra aumentar o sonho precisa esfregar mais e fazer mais testes. Fiz outros testes e tudo sob controle. Algo novo aconteceu. Eu senti que meus olhos estavam abrindo um pouco como se eu fosse acordar. Racicionei que podia controlar isso então fiz força pra fechar os olhos "físicos" e continuei enxergando tudo no sonho. Então vi uma criatura estranha. Era tipo um animal. Como tinha controle, tentei fazer telecinese pra dominá-lo. Ele parou por instante. O animal fazia um som diferente, mas eu quis que ele falasse, então ele começou a dizer algumas coisas. Eu perguntei quem era ele e que lugar era aquele. Ele ficou usando uns enigmas, falou algo como se nós fossemos criaturas simples. Aí indaguei, foram deuses? Me dê sinais ou pistas? Mas ele não falou. Então vi um monstro em seguida, mas não tive medo, fiz um teste de realidade e fiquei encarando o bixo. Por algum motivo acordei em seguida (acho que acabou o gás do sonho lúcido kkk)

Obs: o anime que estava vendo é YugiOh, provavelmente influenciou no tema do sonho.

PS: pense em um fórum morto. Uma semana e ninguém comenta nada...mas vamo lá. É como a arte dos sonhos lúcidos  requer paciência e bom humor feliz


Última edição por rafalimaz em Sex Abr 12, 2019 2:31 pm, editado 1 vez(es)


"Aye, fight and you may die. Run, and you'll live... at least a while. And dying in your beds, many years from now, would you be willin' to trade ALL the days, from this day to that, for one chance, just one chance, to come back here and tell our enemies that they may take our lives, but they'll never take... OUR FREEDOM!" (Willian Wallace, Braveheart 1995)

Meu diário de sonhos lúcidos
Dark
Mensagens : 29
Pontos : 636
Honra : 7
Data de inscrição : 08/02/2018
Sonhos Lúcidos :
Diário dos sonhos lúcidos do Lima Left_bar_bleue0 / 9990 / 999Diário dos sonhos lúcidos do Lima Right_bar_bleue
Sonhos Comuns :
Diário dos sonhos lúcidos do Lima Left_bar_bleue0 / 9990 / 999Diário dos sonhos lúcidos do Lima Right_bar_bleue
Ver perfil do usuário

Diário dos sonhos lúcidos do Lima Empty Respostas

em Sab Abr 06, 2019 6:26 pm
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
Olá Rafael,  O Seu relato mostram a eficiência do Relacionamento muscular hahahaha, Será que é  eficiência mesmo? Vou deixar a pergunta em aberto, Vc é um cara muito corajoso pois Eu confesso que já omiti muitos detalhes dos meus sonho, O que me leva a pensar se é algo comum. meus sonhos tb são vazios e as vezes poucos iluminados, Se ler outros vai perceber que isso é um padrão dos onironaltas, Somos pessoas sólidas, O nosso forte é paisagem

Também já conversei com os seres cósmicos dela e suas respostas nunca são claras , Talves essa seja apenas a resposta dado pelo não saber, Seria como perguntar pra Elas o número da Mega-Sena, Vc criaria uma lacuna e sua mente preencheria com números, Mas nó final são apenas números, uma resposta gerada não verdadeira, uma lembrança de algo que nunca aconteceu. Essas respostas só revelam a intenção do seu subconsciente. Pelo menos essa é a minha visão desse mundo abistrato e inconsciente.
rafalimaz
Mensagens : 17
Pontos : 954
Honra : 1
Data de inscrição : 03/03/2017
Idade : 33
Localização : Fortaleza, Ceará
Sonhos Lúcidos :
Diário dos sonhos lúcidos do Lima Left_bar_bleue3 / 9993 / 999Diário dos sonhos lúcidos do Lima Right_bar_bleue
Sonhos Comuns :
Diário dos sonhos lúcidos do Lima Left_bar_bleue0 / 9990 / 999Diário dos sonhos lúcidos do Lima Right_bar_bleue
Ver perfil do usuário

Diário dos sonhos lúcidos do Lima Empty Re: Diário dos sonhos lúcidos do Lima

em Sab Abr 06, 2019 6:45 pm
Dark escreveu:Olá Rafael,  O Seu relato mostram a eficiência do Relacionamento muscular hahahaha, Será que é  eficiência mesmo? Vou deixar a pergunta em aberto
Não entendi muito bem rsrs isso foi alguma crítica aos métodos que uso, ao conteúdo dos relatos ou a própria prática em si?

Dark escreveu:
Vc é um cara muito corajoso pois Eu confesso que já omiti muitos detalhes dos meus sonho, O que me leva a pensar se é algo comum. meus sonhos tb são vazios e as vezes poucos iluminados, Se ler outros vai perceber que isso é um padrão dos onironaltas, Somos pessoas sólidas, O nosso forte é paisagem
Também já conversei com os seres cósmicos dela e suas respostas nunca são claras , Talves essa seja apenas a resposta dado pelo não saber, Seria como perguntar pra Elas o número da Mega-Sena, Vc criaria uma lacuna e sua mente preencheria com números, Mas nó final são apenas números, uma resposta gerada não verdadeira, uma lembrança de algo que nunca aconteceu. Essas respostas só revelam a intenção do seu subconsciente. Pelo menos essa é a minha visão desse mundo abistrato e inconsciente.

Eu omito algumas coisas quando convém. Mas como estou disposto a ter um maior sucesso tenho postado muitas coisas. Há 10 anos eu cheguei a criar um blog pra compartilhar sonhos. No começo tinha vergonha e receio, mas esse medo pode ser uma barreira no seu crescimento. Acredito que essa abertura pode influenciar positivamente na quantidade e qualidade das experiências.

Sobre a questão de ser pouco iluminados e vazios, não sei muito bem se é algo comum, acho que varia muito isso. As vezes eu sonho com muita coisa colorida, sonhos complexos, sonhos comuns. Não vi um padrão. Alguns quando tenho muito controle tendem a ter menos preenchimento. E acho que tem relação direta com isso. Acredito que ao ter controle máximo, surja o nada e a partir do nada, vc pode criar as coisas. De toda forma, eu tendo a confiar no meu subconsciente, pois a maioria das ideias vem dele, vem de algo que está dentro de você. O ato de nos perguntarmos, pode fazer com que nosso inconsciente busque a resposta (onde quer que esteja) e nos responda.

Obrigado pelo comentário!


"Aye, fight and you may die. Run, and you'll live... at least a while. And dying in your beds, many years from now, would you be willin' to trade ALL the days, from this day to that, for one chance, just one chance, to come back here and tell our enemies that they may take our lives, but they'll never take... OUR FREEDOM!" (Willian Wallace, Braveheart 1995)

Meu diário de sonhos lúcidos
Dark
Mensagens : 29
Pontos : 636
Honra : 7
Data de inscrição : 08/02/2018
Sonhos Lúcidos :
Diário dos sonhos lúcidos do Lima Left_bar_bleue0 / 9990 / 999Diário dos sonhos lúcidos do Lima Right_bar_bleue
Sonhos Comuns :
Diário dos sonhos lúcidos do Lima Left_bar_bleue0 / 9990 / 999Diário dos sonhos lúcidos do Lima Right_bar_bleue
Ver perfil do usuário

Diário dos sonhos lúcidos do Lima Empty Re: Diário dos sonhos lúcidos do Lima

em Sab Abr 06, 2019 8:01 pm
Olá novamente, para esclarecer: No trecho estava me referindo a masturbação, Sobre a sua eficiência como sonífero ( uma piada ruim),  O resto foi uma confissão e/ou questionamento de como esse impulso afeta o nosso subconsciente. Não deixa de ser um Elogio.

Como os nossos relatos sao pessoais é impossível não nos impregnamos nele, Alguns detalhes são relevante e outros não, E cabe ao orador filtrar essas informações, As vezes os relevantes são os bizarros. Aí o meu Elogio pela coragem.

Os cenarios vazios são bastante comuns pra min, No quesito de não haver outras pessoas, Se der uma olhada nos diario vai perceber isso, principal nos relatos de vôo. Acho que a parte de iluminação seja uma particularidade minha.

As resposta do que seu subconsciente te trás vem da sua capacidade criativa, Quis dizer que não é nada sobrenatural, No sentido de videncias ou conhecimento ocultos. Pelo menos tudo que encontro no mundo onírico foram manifestação do meu subconsciente, criações minhas, todas são representações de um Eu meu.
rafalimaz
Mensagens : 17
Pontos : 954
Honra : 1
Data de inscrição : 03/03/2017
Idade : 33
Localização : Fortaleza, Ceará
Sonhos Lúcidos :
Diário dos sonhos lúcidos do Lima Left_bar_bleue3 / 9993 / 999Diário dos sonhos lúcidos do Lima Right_bar_bleue
Sonhos Comuns :
Diário dos sonhos lúcidos do Lima Left_bar_bleue0 / 9990 / 999Diário dos sonhos lúcidos do Lima Right_bar_bleue
Ver perfil do usuário

Diário dos sonhos lúcidos do Lima Empty Re: Diário dos sonhos lúcidos do Lima

em Sab Abr 06, 2019 9:51 pm
Dark escreveu:Olá novamente, para esclarecer: No trecho estava me referindo a masturbação, Sobre a sua eficiência como sonífero ( uma piada ruim),  O resto foi uma confissão e/ou questionamento de como esse impulso afeta o nosso subconsciente. Não deixa de ser um Elogio.

Como os nossos relatos sao pessoais é impossível não nos impregnamos nele, Alguns detalhes são relevante e outros não, E cabe ao orador filtrar essas informações, As vezes os relevantes são os bizarros. Aí o meu Elogio pela coragem.

Entendi! Pois é, falar disso não deveria ser uma demonstração de coragem, já que é algo extremamente comum acredito eu. Agora, realmente tem coisas nos sonhos que podem causar vergonha, eu mesmo já fiz coisas bizarras e algumas prefiro tirar pois pode "pegar mal". De toda forma, valeu pelo elogio. Inclusive editei o post e tirei essa parte.

Dark escreveu:
Os cenarios vazios são bastante comuns pra min, No quesito de não haver outras pessoas, Se der uma olhada nos diario vai perceber isso, principal nos relatos de vôo. Acho que a parte de iluminação seja uma particularidade minha.

As resposta do que seu subconsciente te trás vem da sua capacidade criativa, Quis dizer que não é nada sobrenatural, No sentido de videncias ou conhecimento ocultos. Pelo menos tudo que encontro no mundo onírico foram manifestação do meu subconsciente, criações minhas, todas são representações de um Eu meu.

Entendi, nesse ponto entra na questão da crença da mesmo, alguns são mais materialistas e céticos, outros viajam em teorias multidimensionais e outros mais metafísicos e religiosos mesmo...prefiro não entrar nesse mérito. Gostaria mesmo era de focar em obter maior eficácia e riqueza na experiência. Vou dar uma olhada nos seus relatos! Valeu.


"Aye, fight and you may die. Run, and you'll live... at least a while. And dying in your beds, many years from now, would you be willin' to trade ALL the days, from this day to that, for one chance, just one chance, to come back here and tell our enemies that they may take our lives, but they'll never take... OUR FREEDOM!" (Willian Wallace, Braveheart 1995)

Meu diário de sonhos lúcidos
rafalimaz
Mensagens : 17
Pontos : 954
Honra : 1
Data de inscrição : 03/03/2017
Idade : 33
Localização : Fortaleza, Ceará
Sonhos Lúcidos :
Diário dos sonhos lúcidos do Lima Left_bar_bleue3 / 9993 / 999Diário dos sonhos lúcidos do Lima Right_bar_bleue
Sonhos Comuns :
Diário dos sonhos lúcidos do Lima Left_bar_bleue0 / 9990 / 999Diário dos sonhos lúcidos do Lima Right_bar_bleue
Ver perfil do usuário

Diário dos sonhos lúcidos do Lima Empty RELATO 6 - O que eu queria mesmo fazer ao ficar lúcido?

em Sex Abr 12, 2019 2:52 pm
Após acordar pela manhã e fazer algumas coisas, fiz uma técnica de relaxamento e voltei pra cama (WBTB). Entrei no sonho lúcido no quintal da minha casa no interior. Lembrei de fazer o teste de realidade da língua (que havia planejado fazer e fiz durante uma semana). Não sei se funcionou muito bem, eu apenas senti uma dorzinha e como se tivesse algo mais no céu da boca. Então fiz o de teste de puxar o dedo e funcionou. A partir daí, fiquei tentando lembrar qual o plano pois estava com total controle, mas só lembrava que ia "testar" o teste (mas eu tinha planejado que ia tocar violão no sonho, só que esqueci). Então fiquei olhando para o braço esquerdo tentando criar/descobrir outro teste. Vi uma marca do relógio e pensei que podia usar pra testar a realidade, mas foi algo bem vago. Desisti disso e olhei para o céu. Como estava meio escuro, já pensei em fazer iluminar e modificar o sonho, mas lembrei de ter calma pois o sonho tinha começado há pouco tempo e podia interferir e me fazer acordar. Então entrei na cozinha e tentei iluminar as lâmpadas, mas engraçado que quando eu olhava, elas se apagavam, quando eu olhava pro outro lado então iluminava (bizarro) Então do nada uma moça apareceu e eu tive uma lembrança do passado. A partir daí aconteceu algo particular e acabei acordando!

Obs: parando pra pensar agora, o teste da língua funcionou?! Acho que sim porque tive uma sensação tátil totalmente diferente! Parecia que tinha uma pedra no céu da boca! Vou continuar usando esse teste feliz


"Aye, fight and you may die. Run, and you'll live... at least a while. And dying in your beds, many years from now, would you be willin' to trade ALL the days, from this day to that, for one chance, just one chance, to come back here and tell our enemies that they may take our lives, but they'll never take... OUR FREEDOM!" (Willian Wallace, Braveheart 1995)

Meu diário de sonhos lúcidos
rafalimaz
Mensagens : 17
Pontos : 954
Honra : 1
Data de inscrição : 03/03/2017
Idade : 33
Localização : Fortaleza, Ceará
Sonhos Lúcidos :
Diário dos sonhos lúcidos do Lima Left_bar_bleue3 / 9993 / 999Diário dos sonhos lúcidos do Lima Right_bar_bleue
Sonhos Comuns :
Diário dos sonhos lúcidos do Lima Left_bar_bleue0 / 9990 / 999Diário dos sonhos lúcidos do Lima Right_bar_bleue
Ver perfil do usuário

Diário dos sonhos lúcidos do Lima Empty Sonhos Lúcidos - Um guia para dominar a arte de controlar seus sonhos

em Sex Abr 12, 2019 5:47 pm
Hoje comecei a ler esse livro e pretendo aplicar seus ensinamentos. Vou resumir tudo por aqui. Inicialmente o livro fala de duas coisas muito importantes:
1. Saber em que momento estamos em sono REM
2. Estabelecer uma intenção

Estou aplicando o ponto 2 através de um plano (ou gatilho/programação/algoritmo) que é o seguinte:
Quando eu ficar lúcido vou tocar violão

Pronto, é bem simples. Agora vou tentar lembrar sempre dessa intenção quando fizer os testes de realidade e antes de dormir.


"Aye, fight and you may die. Run, and you'll live... at least a while. And dying in your beds, many years from now, would you be willin' to trade ALL the days, from this day to that, for one chance, just one chance, to come back here and tell our enemies that they may take our lives, but they'll never take... OUR FREEDOM!" (Willian Wallace, Braveheart 1995)

Meu diário de sonhos lúcidos
rafalimaz
Mensagens : 17
Pontos : 954
Honra : 1
Data de inscrição : 03/03/2017
Idade : 33
Localização : Fortaleza, Ceará
Sonhos Lúcidos :
Diário dos sonhos lúcidos do Lima Left_bar_bleue3 / 9993 / 999Diário dos sonhos lúcidos do Lima Right_bar_bleue
Sonhos Comuns :
Diário dos sonhos lúcidos do Lima Left_bar_bleue0 / 9990 / 999Diário dos sonhos lúcidos do Lima Right_bar_bleue
Ver perfil do usuário

Diário dos sonhos lúcidos do Lima Empty RELATO 7 - Missão 1 cumprida com sucesso!

em Seg Abr 15, 2019 1:33 pm
Antes do primeiro sonho lúcido: fiz o procedimento padrão indo dormir por volta de meia noite e acordei umas 6h com a luz do sol pela janela. Anotei alguns sonhos, fui ao banheiro, olhei umas coisas no celular depois deitei de novo. Dormi um pouco e tive mais um sonho comum. Anotei, acordei umas 7h. Coloquei o celular no silencioso (pois tinha um alarme pra 7:30hs) e fui dormir de novo.

Primeiro sonho lúcido: estava andando conversando com um amigo de infância. Eu estava seguindo numa rua bem conhecida da minha cidade no interior. Em dado momento ele andava mais rápido e ia lá na frente. Um outro amigo que vinha atrás riu e indagou: "Por que tu tá indo tão rápido?" então ele disse que é porque ele tinha visto uma locadora de video games e não podia sequer ver pois ia querer jogar, então passou bem rápido pois tinha outra pra fazer. Dobramos na rua e eu fui andando mais rápido tentando acompanhá-lo. Então comecei a flutuar e pular muito alto. Fiquei parcialmente lúcido. Humm! Chamei ele e os outros pra mostrar algo. Comecei a fazer uma magia azul estilo Dragon Ball. Depois de concentrar joguei ela em direção a ele, e a bola de energia caiu no chão. Tomei consciência então fiz um teste de realidade de puxar o dedo e funcionou. Imediatamente lembrei do meu plano que era tocar violão. Comecei a procurar algo até que apareceu umas letras de músicas em inglês, era como uma nuvem de palavras, elas ficavam juntando. Imaginei que seria útil pra compor músicas.

Diário dos sonhos lúcidos do Lima 2

Mas não era o que eu queria. Então começou a aparecer uns homens tocando violão como se fosse em uma tv, mas não consegui materializar nada. Então comecei a escutar um barulho como se fosse fora do sonho, numa TV como se fosse um programa. Acordei e vi que minha mãe tinha ligado a TV no volume alto. Fiquei irritado dizendo que ela tinha atrapalhado meu sonho lúcido. Ela falou alguma coisa então acordei em seguida. Era um falso acordar.

Depois do primeiro sonho: acordei com o barulho do alarme, pois configurei o silencioso no modo mais leve e o alarme passou. Então li algumas coisas novamente e fui pra última tentativa. Nesse tempo lembrei do plano (quando ficar lúcido tocar violão) e também fiquei fazendo o teste de morder a língua (um que tenho aplicado) antes mesmo de dormir.

Segundo sonho lúcido: entrei num sonho rapidinho, estava andando em um lugar qualquer e já fiquei lúcido. Puxei o dedo de costume. Fiquei mordendo a língua tentando sentir alguma diferença, mas não tinha. Tentei fazer outros testes táteis, pegar na orelha, mas tudo tranquilo porque eu tava lúcido. Lembrei do meu plano e pensei "vai ser agora!". Sai correndo tentando achar um local que tivesse violão. Lembrei de girar e esfregar as mãos pra prolongar o sonho. Entrei em um quarto e fui vendo os instrumentos se materializando. Fiquei eufórico. Vi um violão muito estiloso, parecia um banjo com uma estampa e um formato legal. Não conseguia acreditar.

Diário dos sonhos lúcidos do Lima 2Q==

Antes de pegar, fiquei vendo uns papéis com letras que pareciam escritas a mão por mim mesmo. Eu li um pouco mas não fazia muito sentido, até ri. Quando olhei de novo a letra mudou, como se fosse um gerador automático aleatório de letras estilo lero lero da internet haha então eu deixei de lado e peguei o violão. Toquei um pouco o som era muito bom. Fiz alguns acordes e senti que a missão estava completa. Ainda olhei um pouco pro quarto, era muito bacana, parecia o quarto que eu deveria ter, mas não tenho. No final, lembrei de outra coisa que li no guia dos sonhos lúcidos! Agradeci bastante, dando um obrigado ao melhor estilo Fábio Junior!

Obs: o sonho lúcido já foi pela manhã em uma terceira ou quarta tentativa em que eu fui deitar umas 8:14 e acordei 8:21, ou seja, em menos de 10 minutos.


"Aye, fight and you may die. Run, and you'll live... at least a while. And dying in your beds, many years from now, would you be willin' to trade ALL the days, from this day to that, for one chance, just one chance, to come back here and tell our enemies that they may take our lives, but they'll never take... OUR FREEDOM!" (Willian Wallace, Braveheart 1995)

Meu diário de sonhos lúcidos
rafalimaz
Mensagens : 17
Pontos : 954
Honra : 1
Data de inscrição : 03/03/2017
Idade : 33
Localização : Fortaleza, Ceará
Sonhos Lúcidos :
Diário dos sonhos lúcidos do Lima Left_bar_bleue3 / 9993 / 999Diário dos sonhos lúcidos do Lima Right_bar_bleue
Sonhos Comuns :
Diário dos sonhos lúcidos do Lima Left_bar_bleue0 / 9990 / 999Diário dos sonhos lúcidos do Lima Right_bar_bleue
Ver perfil do usuário

Diário dos sonhos lúcidos do Lima Empty RELATO 8 - Missão 2 cumprida "Crazy Lights"

em Sab Abr 20, 2019 2:19 pm
Yeah baby. Estava em um sonho conversando com um amigo de infância que a muito não converso. Perguntava sobre como estava a vida dele, se estava gostando de dar aulas. O que fazia, se estava satisfeito com salário, etc. Ele falou que era tranquilo e algo mais. Depois falei sobre minha situação e o que fazia. Por algum motivo sai flutuando de lá e fiquei olhando para o chão. Notei que era algo estranho e fiquei lúcido. Fiz o teste de realidade e não passou. Opa! Lembrei de fazer o desafio que era tocar Crazy Lights. Olhei para o lado e vi uma loja, tentei forçar pra que ele fosse de violão. Quando entrei perguntei pra ele se tinha violão, disseram que era só de bateria. Humm droga, então fui pra outro local e arrumei um violão de alguma forma. Quando peguei tava meio desafinado e as cordas tinha algo errado. Usando o poder da mente fiquei apertando as cordas e consertando. Depois um certo tempo o som ficou bom então fiz o riff. Toquei o começo da música apenas, si, la, si, ré, si, lá, si, lá, só, ré, mi. Depois fiquei pensando que podia ter um som de bateria que é o que sempre penso em criar os outros sons. Aí surgiu uma bateria ao fundo. Depois surgiram 2 colegas de uma banda de rock que eu toco, o baixista e o guitarrista. E tinha um outro cara que tinha me ajudado a ficar lúcido por algum motivo. Então fiquei olhando pra eles e pensando que tínhamos como fazer um som completo. Depois daí fui perdendo lucidez e fiquei conversando com um personagem do sonho tentando descobrir como eu podia convencê-lo de que ele era algo criado pela minha mente. Acordei em seguida!


"Aye, fight and you may die. Run, and you'll live... at least a while. And dying in your beds, many years from now, would you be willin' to trade ALL the days, from this day to that, for one chance, just one chance, to come back here and tell our enemies that they may take our lives, but they'll never take... OUR FREEDOM!" (Willian Wallace, Braveheart 1995)

Meu diário de sonhos lúcidos
EmersonPawoski
Mensagens : 1224
Pontos : 4748
Honra : 679
Data de inscrição : 25/03/2013
Idade : 24
Localização : Morretes/ PR
Sonhos Lúcidos :
Diário dos sonhos lúcidos do Lima Left_bar_bleue0 / 9990 / 999Diário dos sonhos lúcidos do Lima Right_bar_bleue
Sonhos Comuns :
Diário dos sonhos lúcidos do Lima Left_bar_bleue0 / 9990 / 999Diário dos sonhos lúcidos do Lima Right_bar_bleue
Ver perfil do usuáriohttp://naturezaevolutiva.blogspot.com.br/

Diário dos sonhos lúcidos do Lima Empty Re: Diário dos sonhos lúcidos do Lima

em Qua Jul 17, 2019 9:10 am
rafalimaz escreveu:Yeah baby. Estava em um sonho conversando com um amigo de infância que a muito não converso. Perguntava sobre como estava a vida dele, se estava gostando de dar aulas. O que fazia, se estava satisfeito com salário, etc. Ele falou que era tranquilo e algo mais. Depois falei sobre minha situação e o que fazia. Por algum motivo sai flutuando de lá e fiquei olhando para o chão. Notei que era algo estranho e fiquei lúcido. Fiz o teste de realidade e não passou. Opa! Lembrei de fazer o desafio que era tocar Crazy Lights. Olhei para o lado e vi uma loja, tentei forçar pra que ele fosse de violão. Quando entrei perguntei pra ele se tinha violão, disseram que era só de bateria. Humm droga, então fui pra outro local e arrumei um violão de alguma forma. Quando peguei tava meio desafinado e as cordas tinha algo errado. Usando o poder da mente fiquei apertando as cordas e consertando. Depois um certo tempo o som ficou bom então fiz o riff. Toquei o começo da música apenas, si, la, si, ré, si, lá, si, lá, só, ré, mi. Depois fiquei pensando que podia ter um som de bateria que é o que sempre penso em criar os outros sons. Aí surgiu uma bateria ao fundo. Depois surgiram 2 colegas de uma banda de rock que eu toco, o baixista e o guitarrista. E tinha um outro cara que tinha me ajudado a ficar lúcido por algum motivo. Então fiquei olhando pra eles e pensando que tínhamos como fazer um som completo. Depois daí fui perdendo lucidez e fiquei conversando com um personagem do sonho tentando descobrir como eu podia convencê-lo de que ele era algo criado pela minha mente. Acordei em seguida!

Parabéns. Deve ter sido um som dos sonhos esse aí. É sempre bom ter música no ambiente onírico.
Conteúdo patrocinado

Diário dos sonhos lúcidos do Lima Empty Re: Diário dos sonhos lúcidos do Lima

Voltar ao Topo
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum