Conectar-se
Últimos assuntos
Os membros mais ativos do mês
8 Mensagens - 25%
6 Mensagens - 19%
4 Mensagens - 13%
3 Mensagens - 9%
3 Mensagens - 9%
2 Mensagens - 6%
2 Mensagens - 6%
2 Mensagens - 6%
1 Mensagem - 3%
1 Mensagem - 3%
Votação
Qual a técnica que você utiliza para ficar lúcido?
Teste de Realidade
45% / 15
Totem
15% / 5
Incubação
12% / 4
Gatilho
6% / 2
Gravador de Voz ou Sons Binaurais
6% / 2
Outros
15% / 5
Parceiros
 sonhos=
 sonhos=
 animes=

Compartilhe
Ver o tópico anteriorIr em baixoVer o tópico seguinte
avatar
Mensagens : 114
Pontos : 1380
Honra : 33
Data de inscrição : 09/03/2014
Idade : 18
Localização : Via Láctea
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Diários dos Sonhos de Forsit

em Dom Mar 09, 2014 6:26 pm
Reputação da mensagem: 100% (2 votos)
Saudações! Resolvi criar este tópico porque uma das melhores coisas relacionadas aos sonhos é poder compartilhá-los.
A maioria dos meus sonhos são pesadelos/nonsense, e quase nunca  lembro deles, mas depois de poucos dias adotando o diário dos sonhos e com os conselhos do blog, as coisas mudaram. Na verdade, não só quanto a eu sonhar vez ou outra, eu tenho ficado tão ansioso pra acontecer um sonho em quanto estou na cama que fico me revirando por umas duas horas na cama, haha. Também por causa do calor, sede e vontade de ir ao banheiro que me ataca durante a noite, também. Às vezes durmo e acordo antes das 6 horas de sono, e só quando o sol nasce que eu  durmo melhor e sonho.
Mas eu estou aqui é para compartilhar os meus sonhos não lúdicos mais relevantes, e não contar o diário de como eu tenho me revirado na cama. Lá vamos nós.

--------------------------------------------------------------------
[data não estabelecida]
- A voz que vinha do escuro (Pesadelo)

Foi com certeza um dos pesadelos mais sinistros que eu tive. Faz uns 2 ou 3 anos que eu tive, mas não me esqueço.
Neste sonho, não teve imagem. Foi apenas uma voz, demoníaca, profunda. Parecia um gutural.
Me faltava fôlego. Essa voz dizia coisas para mim, eu não compreendia muito bem por estarem em outra língua, provavelmente em inglês. Eu entendia como se me mandasse fazer alguma coisa na maior parte das coisas que falava, parecia imperativo. Dentre as coisas que essa voz falava, uma coisa eu havia entendido, quer dizer, mais ou menos entendido. "And lock the door" ou "Unlock the door" (E tranque a porta / Destranque a porta). Depois de mais uma sentença de palavras que pareciam me impedir de respirar, a voz havia parado por algum tempo. Eu sentia como se eu pudesse acordar naquele momento, o que antes não era possível, eu me sentia preso. Mas eu não acordei. Tudo que a voz disse, na mesma entonação, com as mesmas palavras, porém me torturando mais, repetiu. E lá dizia a mesma sentença que eu havia compreendido "Unlock the door" (É o que eu mais achava que era).
Eu acordei, naquele momento, soado, com o coração pulsando para fora do meu corpo, e respirando com a maior intensidade que eu podia. Quando me levantei da cama, sentado, estava com medo. Mesmo assim, fui beber água e com um certo pressentimento de que eu deveria trancar ou destrancar alguma porta, seja  obedecendo ou desobedecendo o que eu entendi daquela voz. Quando atravessei a sala e vi a entrada da porta, ela estava destrancada. Claro, eu tranquei e não dormi naquela noite só para evitar que o sonho não se repetisse.

Observações: - Na verdade, eu havia compreendido "Unlock the door", a possibilidade de ter dito "And lock the door" me veio muito depois.
- Com essa dúvida entre as frases, eu não posso concluir se a voz por trás do sonho era boa ou ruim, pedindo que eu trancasse a porta para que eu me protegesse ou até pedindo que eu destrancasse a porta para que algo ruim entrasse (prevendo o que eu faria assim que eu acordasse, assim, me prendendo no sonho, na primeira vez que disse "unlock the door").


--------------------------------------------------------------------
[08 de março de 2014]
- Uma brecha enorme e despercebida (Sonho neutro)

Sabe, uma vez eu tive um sonho lúcido e assim que eu percebi que tive, tudo ao meu redor paralisou, minha visão escureceu e tive um falso despertar, perdendo a lucidez. Eu conclui assim que eu acordei que, naquele sonho, a minha mente não queria um sonho lúcido. Neste caso foi completamente diferente.
Lá estava eu, andando sozinho em um shopping, quando vi uma cafeteria (ou uma padaria, não sei) bem bonita e decidi entrar. Tinha uma decoração agradável, como de qualquer cafeteria bonita, rústica, com bastante madeira e vidro. A cafeteria era chique, até. Tinha uma área externa do shopping exclusiva, apesar de pequena. Eu via as coisas que vendia naquela cafeteria, e naquele momento, lembrei-me de um sonho que tive muito tempo atrás de uma padaria muito legal, com boa comida e absurdamente barata (mesmo), e, por coincidência, também era num shopping. Saindo dessa metalinguística, eu observava os salgados e doces que vendia e pensei "Só no meu sonho para as coisas daqui serem baratas". Foi quando eu vi uma plaquinha escrito "hambúrguer R$0,60". Como se não bastasse, aquilo não era um hambúrguer, era aquele doce, o sonho! E não era um sonho comum, era do tamanha de uma bola de futebol, cara! Por 60 centavos! Eu pensei "Mas isso é um SONHO!", acredita que eu não caí na ficha de que era literalmente um sonho?! Pouco tempo depois eu acordei.

Observações: - Aconteceram coisas antes e depois dessa cafeteria no mesmo sonho que também eram brechas, porém nenhuma era tão relevante (Olhar para uma pessoa e depois ela se transformar em outra, ver na vitrine de uma loja uma expansão de um jogo que não é vendida em CD sendo vendida em CD [Skyrim DLC: Dawnguard], conversar com uma pessoa no chat do facebook e depois essa pessoa se tornar outra, e conversas muito sem sentido ["Nossa, mudou muito, né? Até me deu uma dor na barriga"; "Onde você tá?" "Num lugar que vende remédios, não tem aí" "Ã, tem sim, farmácia" "Não tão baratos quanto os daqui"])
-Às vezes tenho a impressão de que os shoppings dos meus sonhos são o mesmo, sempre. Mas não existe um igual onde eu moro. Tholey não adiantaria muito porque shoppings não são muito frequentes nos meus sonhos, na verdade, e como vocês devem ter percebido, eu sou sonso (por não reparar o SONHO).


--------------------------------------------------------------------
avatar
Mensagens : 1989
Pontos : 5557
Honra : 575
Data de inscrição : 10/03/2013
Idade : 17
Localização : Nippon, Namimori.
Sonhos Lúcidos :
50 / 99950 / 999
Sonhos Comuns :
300 / 999300 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diários dos Sonhos de Forsit

em Dom Mar 09, 2014 8:01 pm
Eae, Forsit! Seja bem vindo ao forum!  15 Vou ler esses seus dois sonhos amanhã porque logo logo tenho que dormir. ;-;
avatar
Mensagens : 59
Pontos : 1467
Honra : 18
Data de inscrição : 08/09/2013
Idade : 18
Localização : foz do iguaçu /Parana
Sonhos Lúcidos :
57 / 99957 / 999
Sonhos Comuns :
503 / 999503 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diários dos Sonhos de Forsit

em Dom Mar 09, 2014 8:12 pm
sonho muito legal , os , dois , o primeiro foi , vamos dizer " 3D " eu senti o que você sentia no sonho , já o segundo achei estranha você não ter percebido que era um sonho . Acredito que quanto mais você particar mais rapido você " despertar " sua escrita é otimá.


meus sonhos não lucidos

meus sonhos lucidos
sera que vivemos , nossas vidas são reaiss , sera que estamos sonhando se estivermos sonhando a nossa vida inteira, então , eu sonho com um sonho melhor
avatar
Mensagens : 114
Pontos : 1380
Honra : 33
Data de inscrição : 09/03/2014
Idade : 18
Localização : Via Láctea
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diários dos Sonhos de Forsit

em Seg Mar 10, 2014 9:21 pm
Oi, TheMaster! Obrigado pelas boas vindas, aguardo ansioso por sua leitura!

Obrigado, eduarducido. Meus sonhos costumam ter manifestações bizarras que eu nunca percebo, haha. E quase sempre tem algo relacionado aos jogos que mais se passam pela minha mente durante o momento, o que eu acho péssimo, preferiria que fossem mais originais os meus sonhos e_e.


Fugir da realidade não é ao mesmo tempo que interessante, deprimente?
avatar
Mensagens : 59
Pontos : 1467
Honra : 18
Data de inscrição : 08/09/2013
Idade : 18
Localização : foz do iguaçu /Parana
Sonhos Lúcidos :
57 / 99957 / 999
Sonhos Comuns :
503 / 999503 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diários dos Sonhos de Forsit

em Ter Mar 11, 2014 5:51 pm
é gente como nós , (sonhers, peesoas que praticam atividades em sonhso " como eu chamo ") tem grande influência externa na nossa mente , quando fazemos ou pensamos muito em uma coisa que muda nossa imaginação.
originais , estranho você falar , eu penso o mesmo dos meus .


meus sonhos não lucidos

meus sonhos lucidos
sera que vivemos , nossas vidas são reaiss , sera que estamos sonhando se estivermos sonhando a nossa vida inteira, então , eu sonho com um sonho melhor
avatar
Mensagens : 667
Pontos : 3159
Honra : 235
Data de inscrição : 25/02/2013
Idade : 18
Localização : Não sei, pergunta para o Zoro :V
Sonhos Lúcidos :
13 / 99913 / 999
Sonhos Comuns :
26 / 99926 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diários dos Sonhos de Forsit

em Dom Mar 16, 2014 12:48 pm
Cara, seu primeiro sonho me deu arrepio XD
Da até de criar uma historia de terror em cima disso kkk
___
Sua conversa no facebook foi da hora kkkk XD
Odeio quando acontece isso comigo de as pessoas ao meu redor se transformar em outras :/




avatar
Mensagens : 114
Pontos : 1380
Honra : 33
Data de inscrição : 09/03/2014
Idade : 18
Localização : Via Láctea
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diários dos Sonhos de Forsit

em Dom Mar 16, 2014 10:16 pm
Foi um pesadelo bem marcante pra mim, as coisas me dão mais medo quando estão mais presentes na audição.

A conversa no facebook foi a dos remédios.
A outra da barriga foi no início do sonho quando encontrei uma menininha que eu já tinha feito aulas de teatro. Nos dois eu tinha começado a conversar com uma pessoa e depois se tornaram outra.

Sobre essa coisa das pessoas se transformarem, eu vi aquele sonho seu, hahahaha. 3x0


Fugir da realidade não é ao mesmo tempo que interessante, deprimente?
avatar
Mensagens : 667
Pontos : 3159
Honra : 235
Data de inscrição : 25/02/2013
Idade : 18
Localização : Não sei, pergunta para o Zoro :V
Sonhos Lúcidos :
13 / 99913 / 999
Sonhos Comuns :
26 / 99926 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diários dos Sonhos de Forsit

em Dom Mar 16, 2014 10:32 pm
ss, e pior que vive acontecendo isso kkkkk, já perdi meus momentos de 3x0 varias vezes nos sonhos XD




avatar
Mensagens : 646
Pontos : 2346
Honra : 310
Data de inscrição : 20/10/2013
Idade : 28
Sonhos Lúcidos :
38 / 99938 / 999
Sonhos Comuns :
999 / 999999 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diários dos Sonhos de Forsit

em Dom Mar 16, 2014 11:27 pm
Só no meu sonho para as coisas daqui serem baratas". Foi quando eu vi uma plaquinha escrito "hambúrguer R$0,60". Como se não bastasse, aquilo não era um hambúrguer, era aquele doce, o sonho! E não era um sonho comum, era do tamanha de uma bola de futebol, cara! Por 60 centavos! Eu pensei "Mas isso é um SONHO!", acredita que eu não caí na ficha de que era literalmente um sonho?! Pouco tempo depois eu acordei.

Isso acontece bastante. Você não associou essa ideia a uma possibilidade real::: como por exemplo de isso ser uma promoção:::


CORES DOS MEUS RELATOS:

  • Analise ou pensamento/observação.
  • Dialogo, titulo
  • Descrição de um cenário/objeto/pessoa.
  • Realidade ou fato importante.

Orvalho do sonhar:
Fantasiar me conforta
Deslumbrado a imaginar
Sera que e so eu?
Ou alguem se importa?


para nao se desesperar
Sucumbir em expectativas
pois se nao suprir
Posso pelo menos sonhar

Sair desse lugar imundo
Fingir que nao e isso
Tornar tudo intenso
Criar o próprio mundo


Injetar alegria
Olhar fixo para o nada
Rir sozinho
Ate o final do dia


Sentir a liberdade ao voar
Observar o próprio reflexo
E fechar os olhos
Para voltar a sonhar

(Hiriu)
avatar
Mensagens : 114
Pontos : 1380
Honra : 33
Data de inscrição : 09/03/2014
Idade : 18
Localização : Via Láctea
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diários dos Sonhos de Forsit

em Seg Mar 17, 2014 11:07 pm
Uma promoção? Mas deveria ser um hambúrguer, e era um sonho!


Fugir da realidade não é ao mesmo tempo que interessante, deprimente?
avatar
Mensagens : 646
Pontos : 2346
Honra : 310
Data de inscrição : 20/10/2013
Idade : 28
Sonhos Lúcidos :
38 / 99938 / 999
Sonhos Comuns :
999 / 999999 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diários dos Sonhos de Forsit

em Qui Mar 20, 2014 11:01 am
kkkkk realmente... Pelo menos o sonho parece um hamburguer doce kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk


CORES DOS MEUS RELATOS:

  • Analise ou pensamento/observação.
  • Dialogo, titulo
  • Descrição de um cenário/objeto/pessoa.
  • Realidade ou fato importante.

Orvalho do sonhar:
Fantasiar me conforta
Deslumbrado a imaginar
Sera que e so eu?
Ou alguem se importa?


para nao se desesperar
Sucumbir em expectativas
pois se nao suprir
Posso pelo menos sonhar

Sair desse lugar imundo
Fingir que nao e isso
Tornar tudo intenso
Criar o próprio mundo


Injetar alegria
Olhar fixo para o nada
Rir sozinho
Ate o final do dia


Sentir a liberdade ao voar
Observar o próprio reflexo
E fechar os olhos
Para voltar a sonhar

(Hiriu)
avatar
Mensagens : 114
Pontos : 1380
Honra : 33
Data de inscrição : 09/03/2014
Idade : 18
Localização : Via Láctea
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diários dos Sonhos de Forsit

em Dom Mar 23, 2014 7:06 am
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
É verdade, Hiriu kkk

-------------------------

Bem, eu estava postando apenas os meus sonhos não lúcidos mais relevantes nesses últimos dias, mas como não tenho muita frequência com sonhos, isso afeta também na frequência de sonhos relevantes. Fora que nesses últimos dias eu tive alguns sonhos, e se o meu problema é frequência, isso é relevante, haha. Eu havia me ausentado do fórum por um tempinho não só por isso, também por causa de escola.

Resquícios de sonhos bobos [22/03/2014]

Sexta-feira eu estava muito cansado e preocupado com a prova que eu faria no sábado (que eu pensava que era às 7, mas era às 11, daí tive que ficar na escola esse tempão) e acabei não dormindo muito bem, acordando várias vezes durante a noite. Nesses vários acordar e dormir, eu tive vários sonhos curtinhos, mas sem muita emoção, mesmo. Me lembrei apenas destes dois:

-Você está engordando: Eu fui ao banheiro do quarto do meu pai, e como todo banheiro tem espelho,   ah, claro, eu me vi nele. Na realidade, eu não sou das pessoas mais normais fisicamente (muito menos psicologicamente), minha canela é metade do meu joelho, meu cabelo é grande (grande, não longo. Acima dos ombros, não perto deles) e eu gosto de deixá-lo bagunçado, e eu sou muito magro (a ponto de minhas costelas aparecerem - Alguém de 15 anos, baixinho e pesando menos de 50 quilos... Não é o melhor imc). Você já deve estar imaginando o diabo agora.
Daí, eu me via no espelho não tão magro, na verdade, eu estava até que desproporcional e gordo. Eu me via quase com seios, pra você ter uma ideia. Estava pior ainda.

-A menina dos relatos da minha professora: Eu sempre negava que teria um sonho na escola, mas pelo que recordo, este sonho foi sim, na escola. Eu tinha conseguido até sentar na primeira carteira (costumo ficar na segunda ou terceira), e durante um tempo não me lembro do que aconteceu. Depois, com minha professora de língua portuguesa na sala (que não estava lá antes), comecei a ouvir seus relatos, que diziam sobre uma parente dela que falava português todo correto, daí quando ela a visitava, tentava fazer o mesmo e não conseguia.

--------------------------------------------------------------------------

A festa do prédio de baixo [23/03/04]

Um pessoal do prédio que tampa a minha vista estava reunido ontem de noite, na piscina, só que chovia então eles ficaram na área coberta, que deve ter uma churrasqueira. Eles fazem bastante barulho. Até que uma hora houve um apagão. "Culpa da Dilma!" Eles ainda ficaram lá, mas depois de ter escutado isso, pude dormir em paz.
Ah, mas até nos sonhos esse pessoal incomoda. Tinha uma festa no prédio deles, eu parecia ver até um menino que eu conhecia pulando na piscina em plena noite fria (não mais chuvosa) e várias pessoas ao redor, comendo e bebendo (bebendo, principalmente, para variar). Quando eu fui à varanda da minha casa (que por sinal é bem pequena), tinha um zoológico lá, eu tive a impressão de que todas as pessoas que estavam na festa do prédio da frente tinham colocado um animal na varanda de casa. Na varanda estavam meus dois cães, um gato, talvez algum lagarto e até uma onça, que não paravam de andar em círculos. Eles nem brigavam entre si.
Quando voltei ao meu quarto para observar da janela, vi que minha irmã estava na festa, tirando fotos (que é seu hobby), só que certamente ela estaria lá por trabalho (ela não trabalha com isso!), porque ela não gosta de festas. Achei aquilo bem estranho.
Depois de um tempo, voltei à varanda e não tinha mais nenhum animal por lá, na verdade, tinha um carro estacionando na minha varanda! Eu moro no alto de um prédio! Quando olhei para trás, eu vi minha irmã de novo, confessando que estava fazendo aquilo para se desculpar de alguma coisa. Eu concordei e depois voltei ao meu quarto. Acordei.
avatar
Mensagens : 1989
Pontos : 5557
Honra : 575
Data de inscrição : 10/03/2013
Idade : 17
Localização : Nippon, Namimori.
Sonhos Lúcidos :
50 / 99950 / 999
Sonhos Comuns :
300 / 999300 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diários dos Sonhos de Forsit

em Dom Mar 23, 2014 9:51 am
Kkkkkkk. Cara, no mês passado eu tinha um cabelo que passava dos ombros. 50 Daí eu cortei e agora tá curtinho. XD

Kkkkkkk. Eu ri na parte em que você se descreve. iori Também ri no momento que você volta e tem um carro na varanda!

56 56
avatar
Mensagens : 114
Pontos : 1380
Honra : 33
Data de inscrição : 09/03/2014
Idade : 18
Localização : Via Láctea
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diários dos Sonhos de Forsit

em Dom Mar 23, 2014 12:50 pm
O carro na varanda realmente me assustou xD
Pessoal folgado esse da festa.


Fugir da realidade não é ao mesmo tempo que interessante, deprimente?
avatar
Mensagens : 114
Pontos : 1380
Honra : 33
Data de inscrição : 09/03/2014
Idade : 18
Localização : Via Láctea
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diários dos Sonhos de Forsit

em Seg Mar 31, 2014 9:24 am
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
Finalmente um sonho! Foi meio nonsense, mas eu concluí uma coisa importante para que eu possa usar Tholey.

Com 5 reais eu virei uma fada [31/03/2014]

Eu estava andando em algum lugar que parecia uma periferia. Deveria ter acontecido alguma coisa antes disso que eu não me lembrava, eu poderia estar fugindo de alguma coisa, estar procurando por alguma coisa (pão) ou só andando por aí. Eu parecia um mendigo se não fossem pelas minhas roupas casuais e até que limpas. Mesmo assim, eu bati na porta da casa de mulher e pedi pra ela dinheiro pra comprar pão, engraçado como a mulher parecia uma avó de um primo meu, negra, que mora no interior do estado onde eu moro. Mas não parecia o interior, parecia uma periferia onde eu estava, o chão era daquele que parece uma poeira de deserto onde não cai um pingo de chuva com frequência,  quando cai, é capaz de derrubar os telhados de quem mora por lá. Voltando ao assunto, eu consegui 5 reais, dentre as conversas entre a mulher que parecia a minha avó e umas outras pessoas estava se eu conseguiria comprar alguma coisa com aquele dinheiro, foi quando eu vi uma padaria na esquina e perguntei se era barata, elas concordaram.
Não era uma padaria muito fina, mas tinha algumas coisas curiosas. Depois de um tempo, um primo meu (o neto daquela avó) apareceu e me ajudou a escolher as coisas. Ele quase saiu sem pagar, mas eu o alertei e então ficamos numa dúvida sobre o que levar de novo. Engraçado que não comprávamos pães. Depois de algum tempo, o dono da padaria (que era o meu professor de história) expulsou todo mundo que estava lá por algum motivo que eu não me lembro, deveriam estar roubando alguma coisa. Ele ameaçava fazer coisas... estranhas com as pessoas que estavam lá (a padaria estava lotada, com pessoas que pareciam da minha idade para baixo). Tudo bem, nós fomos expulsos e eu reencontrei meu primo, voltamos a andar por aí.
Nós atravessamos um caminho engraçado, depois daquela estrada de chão, havia um monte de pedras para baixo, eu caminhei para lá como se fosse um atalho para onde fica uma casa da família no interior, descendo as pedras, aguardei meu primo, que ia atrás, e quando vimos, estávamos em uma bela floresta, e coincidentemente apareceram criaturas místicas, fadas (maiores que eu), que pareciam más (JOSHDS, coincidência?). Eu tenho gostado muito de desenhar criaturas que parecessem fadas/elfas no meu caderno de dever de casa esses dias.
Uma fada se aproximou, prometia fazer um ritual para que nós pudéssemos nos vingar do dono da padaria, meu primo concordava e eu negava, querendo sair dali. Mesmo assim, a fada fez o ritual e começou a tocar uma música (http://www.youtube.com/watch?v=PVS2vl4jMTs).
Eu dei alguns passos para a floresta enquanto a música tocava, e via umas outras fadas, acho que trabalhando. Só sei que quis fugir. Parecia que eu estava em um jogo, agora.
Eu comecei a voar como uma fada sem asas e entrei dentro de uma construção dessas fadas, eu acho, eu nem ligava se o meu primo me seguia ou não. Eu ia voando e entrando em uns buracos no teto, fiel de que algum deles me levaria para o mundo "normal", mas era só um outro andar da construção. Várias fadas me seguiam, até que eu fui pego. Minha visão escureceu.
Quando eu abri os olhos, eu estava preso em uma jaula de madeira e tinha uma fada rindo da minha cara ou se esnobando para mim. Depois ela dormiu, eu abri a jaula para fugir e tinham algumas fadas (e fadas macho) gordas vigiando, elas eram sonsas, ficavam de costas para a jaula. Eu consegui de alguma forma abrir a jaula quebrando o cadeado e fugi sem que as fadas me vissem, fazendo o mesmo percurso em que eu tinha que voar nos buracos do teto para chegar em algum lugar. Quando eu cheguei na superfície, lá estava eu, em um lugar cheio de grama e com algumas pedras, voando baixo. O sonho acabou aí, acho que meu primo ficou preso com as fadas fafadas, haha.
Observações: - A partir do momento em que pareceu um jogo, eu me referia a Skyrim, quebrei o cadeado com lockpick e tipo fugi de uma prisão, depois.
- Eu consegui voar não lúcido, por um lado foi legal, mas por outro, eu não sentia o vendo batendo na minha cara, parecia que eu estava manuseando de fato um controle de ps3.

Resquício de sonho [31/03/2014]
Foi curto, na verdade, poderia até ser parte do sonho das fadas e dos 5 reais. Eu estava na praia (eu odeio praias, desde a primeira vez que eu fui e meus pés queimaram), na água, e via uma prima minha na areia. Eu estava virado para a areia, daí vieram umas ondas até que fortes que conseguiam me cobrir, mas é como se tivesse uma bolha de ar na minha cabeça quando eu fiquei de baixo d'água, eu podia respirar e ver a água ao meu redor. Meus pés não tocavam o chão, mesmo assim, as ondas me levaram para a areia, depois.

- Eu concluí que, nos meus sonhos, não só costumam a surgir elementos dos jogos em que eu mais jogo no momento, mas também algumas pessoas da minha família, principalmente primos. Tomara que eu me lembre de fazer Tholey na próxima vez!
avatar
Mensagens : 114
Pontos : 1380
Honra : 33
Data de inscrição : 09/03/2014
Idade : 18
Localização : Via Láctea
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diários dos Sonhos de Forsit

em Qui Abr 03, 2014 7:27 am
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
Fui contratado! [03/04/14]

Eu estava subindo o elevador com minha irmã e mais duas mulheres, até que eu ouvi uma dessas mulheres falar em alguma língua que parecia francês e criei coragem de perguntar "Parlez-vous français?" ela me confirmou com um "oui" e algumas outras palavras, mas eu continuei dizendo que não sabia falar francês mas havia estudado por seis meses (só não disse que faltei pelo menos uns 3 meses de aula e não estudei sequer um dia). Logo depois a francesa começou a falar sobre um comercial dizendo que eu poderia ser contratado, eu tinha até visto tipo um "trailer desse comercial" na TV (Não tem TV no elevador, mas eu me lembro tipo da ideia do comercial), eu acho. De qualquer forma, eu concordei. Era um comercial francês da Colgate - irônico que eu uso aparelho e não falo francês. Até aí já estávamos, agora, descendo o elevador. Minha irmã havia ido para casa. Chegando no térreo, fiquei até sabendo que meu cachê seria de 125 mil reais. Depois disso me lembro de termos ido (ou do cenário ter mudado) para uma sala com um chão branco/azul, com as paredes do mesmo jeito, só que com uma janela cada uma. Daí começamos a fazer tipo um ensaio do comercial com algumas outras poucas pessoas... Metade da sala fazia o sol bater em nossa cara, outra metade estava com sombra. Engraçado porque todos os lados tinham janelas.
Depois de um tempo, comecei a ver que atrás de cada uma dessas janelas haviam outras salas com centenas de pessoas (algumas eu até conhecia, do meu curso de teatro - que não faço mais - e da escola), e todas estavam fazendo aquecimentos do teatro. Droga, por um segundo eu tinha pensado que seria protagonista. Só achei estranho se também gastariam 125 mil com cada um daqueles figurantes. Ainda nesse sonho, eu vi em um livro. Contava uma história bem legal, havia alguns trechos em latim, mas a história estava em alemão (ou o texto estava em latim e alemão porque tinha mudado). Acho que nesse livro contava até a utilidade de um piano acústico porque onde fica o pedal dele pode ser a entrada para uma passagem secreta (?) e talvez em uma das imagens do livro, comecei a ver três xícaras gigantes em cima de uma mesa bonita e rústica (assim também era o chão e as cadeiras), e em uma dessas xícaras havia uma cadeira inclinada gigante, em outra havia alguma bebida na outra, acho que não tinha nada. Quem morava naquela casa deveria gostar muito de chá.


Fugir da realidade não é ao mesmo tempo que interessante, deprimente?
avatar
Mensagens : 114
Pontos : 1380
Honra : 33
Data de inscrição : 09/03/2014
Idade : 18
Localização : Via Láctea
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diários dos Sonhos de Forsit

em Dom Abr 06, 2014 8:28 am
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
Esses dias tive muitos pesadelos relacionados à escola. Não vou constar o dia, mas aconteceram todos nesta semana. Eu não anotaria esses sonhos porque foram curtos e bobos, mas estão sendo tão recorrentes que estão pedindo para serem anotados.

Provas e problemas - 1ª semana de abril de 2014

Eu tive, nesta semana, uns 3 pesadelos sobre provas e 1 sobre problemas na escola.
No primeiro pesadelo, eu estava fazendo uma prova. Não me lembro qual, acho que geografia ou filosofia... Mas estava monstruosamente difícil.

No segundo pesadelo, eu fazia uma prova de físico-química. Nem preciso de comentar se eu conseguia fazer algum exercício ou não... De alguma forma, aquela prova estava parecendo mais fácil do que eu pensei que seria. Mesmo assim eu chutei um 0 como minha nota.

No terceiro pesadelo, eu estava recebendo uma prova de Matemática 1 (álgebra) que eu tinha ido muito bem e achava que tiraria uma nota acima de 8 (talvez até 10) fui surpreendido com um 6,1. Eu sabia que tiraria um 3~0 em matemática 2 (Geometria) em que todo mundo foi mal, mas matemática 1, me daria medo de receber uma nota baixa.

No 4º pesadelo, o mais longo, estávamos todos em aula. Eu sentava no fundo (curioso isso, porque eu normalmente sento na 2ª~3ª carteira da frente. Deveria ser aula de filosofia, eu acho. Eu tenho sonhado muito com aulas de filosofia desde que entrou uma professora nova, ela me dá vontade de desenhar (sério). Então um celular começou a tocar, como um toque de telefone comum só que mais agudo e contínuo. As pessoas ao meu redor começaram a verificar seus celulares, o som vinha de perto. Eu não achava que poderia ser meu, mas estava tocando por muito tempo, então eu abri um bolso da minha mochila e vi meu pai me ligando. Me deu um ódio profundo e vontade de atender só pra reclamar. Peguei meu celular e caminhei para fora da sala (na minha escola, tem muita rigorosidade sobre celulares em aula. Dão "fichas"). Então, caminhando em direção à coordenação, comentei sobre o meu celular em sala de aula, só que o coordenador estava me dando uma ficha de peso três vezes maior que a do celular, eu fiquei puto e comecei a discutir, ameaçando que até sairia da escola. Eu achava que a ficha três vezes maior era uma brincadeira, mas eu realmente tive que ficar com ela, pelo menos depois de ter discutido com a coordenação. Acabou.


Fugir da realidade não é ao mesmo tempo que interessante, deprimente?
avatar
Mensagens : 111
Pontos : 1360
Honra : 14
Data de inscrição : 05/03/2014
Idade : 18
Localização : Campo Grande
Sonhos Lúcidos :
4 / 9994 / 999
Sonhos Comuns :
28 / 99928 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diários dos Sonhos de Forsit

em Dom Abr 06, 2014 9:31 am
É tenso vc achar que se saiu bem na prova, e vem uma nota baixa :(

Quando toca o celular na minha sala, o meu professor de física tira nota de todo mundo! Achei bem louco ter tantos sonhos com a escola, vc andou estudando muito durante esses dias?


.
. - Dialogo
. - Meu dialogo
. - Pensamentos
.
. O MARAVILHOSO MUNDO DE EDOAN
.
.
avatar
Mensagens : 1989
Pontos : 5557
Honra : 575
Data de inscrição : 10/03/2013
Idade : 17
Localização : Nippon, Namimori.
Sonhos Lúcidos :
50 / 99950 / 999
Sonhos Comuns :
300 / 999300 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diários dos Sonhos de Forsit

em Dom Abr 06, 2014 10:13 am
iori Pesadelos de que tirou nota ruim na prova?? Comigo isso não é sonho, é realidade!

 56
avatar
Mensagens : 111
Pontos : 1360
Honra : 14
Data de inscrição : 05/03/2014
Idade : 18
Localização : Campo Grande
Sonhos Lúcidos :
4 / 9994 / 999
Sonhos Comuns :
28 / 99928 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diários dos Sonhos de Forsit

em Dom Abr 06, 2014 10:20 am
The Master escreveu:iori Pesadelos de que tirou nota ruim na prova?? Comigo isso não é sonho, é realidade!

 56

o meu lema:

"Ano que vem vo estudar muito, e passar direto"

Um ano depois....

"Ano que vem vo estudar muito, e passar direto"

e assim vai kkkk


.
. - Dialogo
. - Meu dialogo
. - Pensamentos
.
. O MARAVILHOSO MUNDO DE EDOAN
.
.
avatar
Mensagens : 1989
Pontos : 5557
Honra : 575
Data de inscrição : 10/03/2013
Idade : 17
Localização : Nippon, Namimori.
Sonhos Lúcidos :
50 / 99950 / 999
Sonhos Comuns :
300 / 999300 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diários dos Sonhos de Forsit

em Dom Abr 06, 2014 10:29 am
Kkkkkkkkkkkk. Todo ano eu penso isso. iori

Mas no final acaba do mesmo jeito. 50
avatar
Mensagens : 667
Pontos : 3159
Honra : 235
Data de inscrição : 25/02/2013
Idade : 18
Localização : Não sei, pergunta para o Zoro :V
Sonhos Lúcidos :
13 / 99913 / 999
Sonhos Comuns :
26 / 99926 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diários dos Sonhos de Forsit

em Dom Abr 06, 2014 11:31 am
The Master escreveu:iori Pesadelos de que tirou nota ruim na prova?? Comigo isso não é sonho, é realidade!

 56
Fato 56 




avatar
Mensagens : 114
Pontos : 1380
Honra : 33
Data de inscrição : 09/03/2014
Idade : 18
Localização : Via Láctea
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diários dos Sonhos de Forsit

em Dom Abr 06, 2014 1:33 pm
EdoanRodrigues escreveu:É tenso vc achar que se saiu bem na prova, e vem uma nota baixa :(

Quando toca o celular na minha sala, o meu professor de física tira nota de todo mundo! Achei bem louco ter tantos sonhos com a escola, vc andou estudando muito durante esses dias?

Na verdade, tenho estudado menos do que eu deveria. Mas deveres de casa têm ocupado bastante parte do meu tempo.

The Master escreveu:Pesadelos de que tirou nota ruim na prova?? Comigo isso não é sonho, é realidade!

Cara, eu sinto saudade e ódio ao mesmo tempo de quando eu não estudava. Se você não está estudando muito, aproveite bastante porque depois vai chegar uma época que a vida te condena até pelo tempo em que você respira, estou indo para esse caminho :c


Fugir da realidade não é ao mesmo tempo que interessante, deprimente?
avatar
Mensagens : 1989
Pontos : 5557
Honra : 575
Data de inscrição : 10/03/2013
Idade : 17
Localização : Nippon, Namimori.
Sonhos Lúcidos :
50 / 99950 / 999
Sonhos Comuns :
300 / 999300 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diários dos Sonhos de Forsit

em Dom Abr 06, 2014 1:37 pm
Forsit escreveu:Cara, eu sinto saudade e ódio ao mesmo tempo de quando eu não estudava. Se você não está estudando muito, aproveite bastante porque depois vai chegar uma época que a vida te condena até pelo tempo em que você respira, estou indo para esse caminho :c

Então quer dizer que vai chegar uma hora que serei obrigado a estudar!  41 
avatar
Mensagens : 114
Pontos : 1380
Honra : 33
Data de inscrição : 09/03/2014
Idade : 18
Localização : Via Láctea
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diários dos Sonhos de Forsit

em Dom Abr 06, 2014 1:58 pm
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
The Master escreveu:Então quer dizer que vai chegar uma hora que serei obrigado a estudar!

Sim! O ensino médio e principalmente o terceiro ano rouba a alma das pessoas! Depois da universidade, ainda tem o trabalho que só te deixa tempo para dormir (mal)!
Eu tenho pensado muito sobre como trabalharei e em que universidade quero passar, deve ser por isso que a escola tem aparecido tanto nos meus sonhos. Não quero fazer um desses cursos de 70 por vaga em uma prova dificílima, mas ainda me sinto pressionado por querer algo que não tem sucesso no Brasil - Ciências da Computação (USP ou UFRGS).
Significa que eu teria que pelo menos, tirar boas notas em exatas (e muito boas para sair do Brasil)! Esse sonho está me dando medo...


Fugir da realidade não é ao mesmo tempo que interessante, deprimente?
Conteúdo patrocinado

Re: Diários dos Sonhos de Forsit

Ver o tópico anteriorVoltar ao TopoVer o tópico seguinte
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum