Conectar-se
Os membros mais ativos do mês
9 Mensagens - 36%
4 Mensagens - 16%
4 Mensagens - 16%
3 Mensagens - 12%
2 Mensagens - 8%
1 Mensagem - 4%
1 Mensagem - 4%
1 Mensagem - 4%
Votação
Qual a técnica que você utiliza para ficar lúcido?
Teste de Realidade
45% / 15
Totem
15% / 5
Incubação
12% / 4
Gatilho
6% / 2
Gravador de Voz ou Sons Binaurais
6% / 2
Outros
15% / 5
Parceiros
 sonhos=
 sonhos=
 animes=

Compartilhe
Ver o tópico anteriorIr em baixoVer o tópico seguinte
Convidado
Convidado

Diário dos Sonhos de Vitorvlv

em Qui Jan 16, 2014 7:09 pm
Oi galera, blz ?
Então,sou novo no fórum,me interessei por sonhos lúcidos,e comecei a levar a sério para ver se consigo ter um, estou tentando dez de ontem para falar a verdade, então vou começar com o diário dos sonhos.


01º: A Atendente.

Estava em uma lanchonete e fiz amizade com uma das atendentes, depois disso o cenário mudou inexplicavelmente e estávamos no topo de uma montanha fazendo uma espécie de corrida e por sinal, a corrida, ela era idêntica as corridas do gta san andreas,eu estava vendo até o radarzinho no canto direito lol, mas a corrida era muito longa,eu fiquei uns 5 minutos fazendo ela e desisti,acabei saltando da montanha. Na queda,abri o paraquedas e pousei em um rio, o rio na verdade estava substituindo a rua no lugar onde era a casa da minha infância, ou seja, em vez de asfalto,tinha água lá susto, e eu lembrei agora que eu já havia sonhado com esse mesmo rio anteriormente,mas comecei com o diário dos sonhos apenas hoje então não lembro detalhadamente do outro shonho... Depois que cheguei no rio, a atendente estava em uma das bordas do rio, fui lá para perto dela e ela serviu suco de laranja em 2 copos que eram idênticos aos que eu tenho aqui em casa,depois disso eu lembro que nós tomamos o suco e o resto são apenas fragmentos.


Última edição por Vitorvlv em Sab Jan 18, 2014 6:44 pm, editado 1 vez(es)
avatar
Mensagens : 646
Pontos : 2402
Honra : 310
Data de inscrição : 20/10/2013
Idade : 28
Sonhos Lúcidos :
38 / 99938 / 999
Sonhos Comuns :
999 / 999999 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos de Vitorvlv

em Qui Jan 16, 2014 9:15 pm
Os lugares da realidade aparece em sonho normalmente, as vezes eles ate se repetem. Alguns outros cenarios que nao tem uma ligacao direta com a realidade podem se repetir tambem em outros sonhos.
Belo sonho  feliz 


CORES DOS MEUS RELATOS:

  • Analise ou pensamento/observação.
  • Dialogo, titulo
  • Descrição de um cenário/objeto/pessoa.
  • Realidade ou fato importante.

Orvalho do sonhar:
Fantasiar me conforta
Deslumbrado a imaginar
Sera que e so eu?
Ou alguem se importa?


para nao se desesperar
Sucumbir em expectativas
pois se nao suprir
Posso pelo menos sonhar

Sair desse lugar imundo
Fingir que nao e isso
Tornar tudo intenso
Criar o próprio mundo


Injetar alegria
Olhar fixo para o nada
Rir sozinho
Ate o final do dia


Sentir a liberdade ao voar
Observar o próprio reflexo
E fechar os olhos
Para voltar a sonhar

(Hiriu)
avatar
Mensagens : 382
Pontos : 1912
Honra : 169
Data de inscrição : 08/01/2014
Idade : 21
Localização : RJ
Sonhos Lúcidos :
11 / 99911 / 999
Sonhos Comuns :
179 / 999179 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos de Vitorvlv

em Qui Jan 16, 2014 10:33 pm
Essa repetição de cenário (tipo o rio do seu sonho) é comum mesmo, comigo é uma cidade inteira que vive se repetindo. Mas isso é bem comum mesmo.


[...]
— E como eu posso te chamar?
— Bom, você pode me chamar de Daniel, que era o meu nome quando eu era totalmente humano, pode também me chamar de Lobo, que era meu nome quando eu era totalmente uma entidade cósmica. Mas você também pode me chamar de Pai.
— Pai?
— Sim, todos os lobos e lobisomens são meus filhos, todos vieram de mim.
[...]

avatar
Mensagens : 361
Pontos : 1833
Honra : 100
Data de inscrição : 18/12/2013
Idade : 21
Localização : ES
Sonhos Lúcidos :
35 / 99935 / 999
Sonhos Comuns :
62 / 99962 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos de Vitorvlv

em Sex Jan 17, 2014 10:27 pm
Oi vitor boa sorte com os sonhos lucidos bem vindo como o Licantropo disse ocorre bastante essa repetiçoes de sonhos ou cenarios parecidos uma vez entrei em uma rua que só exestia em meus sonhos e me lembrei que ja havia sonhado com aquele local bem não fiquei lucido mais uma boa arma para se torna lucido em seus sonhos é ver o que se repete e se imaginar fazendo Rc ou ficando lucido ao ver aquilo se possivel na vida real fazer rc quando ve algo que se repete em seus sonhos.
avatar
Mensagens : 68
Pontos : 1413
Honra : 19
Data de inscrição : 07/01/2014
Idade : 22
Localização : ES
Sonhos Lúcidos :
2 / 9992 / 999
Sonhos Comuns :
7 / 9997 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos de Vitorvlv

em Sex Jan 17, 2014 10:44 pm
Eae Vitor, bem vindo.
É só ter paciência e força de vontade que os sonhos lúcidos começam a aparecer, e depois que abrir a porteira é mamão com açúcar, a parte mais difícil é a que você está agora, depois que você já estiver lembrando bem dos sonhos comuns e praticando as técnicas de indução, sonhos lúcidos serão inevitáveis.

Boa sorte e Bons sonhos. feliz


Anjo da morte

[...]:
Vão em paz os que ouvem o canto
Ai daqueles que gozam do fruto
Aos amados deixo o pranto
Aos comovidos deixo o luto

O sopro da vida eu retiro
As correntes do medo eu arrasto
Sou na dor o último suspiro
Sou no fim o verdadeiro carrasco

Faço tremer o valente
quebro o escudo do forte
Sou eu a guerra o gerente
Sou eu o guia e o passaporte


Tenho em seu nome um recado
Será hoje um dia de sorte?
Pois todos tem um encontro marcado
Com o mensageiro da morte

Ceifeiro
-Meus sonhos não lúcidos- -Meus sonhos lúcidos-

Mantenha a mente aberta.
Hora da colheita
Convidado
Convidado

Re: Diário dos Sonhos de Vitorvlv

em Qui Jan 23, 2014 2:04 am
Finalmente,depois de 3 dias sem lembrar de absolutamente NADA dos sonhos, consegui lembrar de um =D.

2. A cidade,as irmãs e o irmão, e o zumbi
Estava em uma cidade diferente vivendo em uma família de 4 pessoas,2 garotas da minha idade, 1 garoto também da minha idade. Por alguma razão a movimentação era difícil, por varias e varias vezes eu me desequilibrava sem razão alguma...
Nessa cidade as aulas já estavam começando,e as garotas e o garoto me levaram até a escola deles. Ah, eu já contei que pra me locomover eu usava uma mochila que vira as hélices de um helicóptero ?.
Quando chegamos a escola eu coloquei uma musica para tocar no fone de ouvido do meu cel e após isso, por alguma razão um garoto me atacou, eu empurrei ele com toda a força para o chão e o outro amigo dele me chamou de covarde.
Quando chegamos a sala de aula eles estavam tendo aula com o professor de historia da minha cidade. Quando eu vi ele, falei "oi moacir", ele me respondeu dizendo oi e dizendo que não quer me ver fazendo prova aqui e sim em porto velho ( minha cidade ), logo após isso a minha professora de português entrou na sala entregando provas para eles,e disse basicamente a mesma coisa que o moacir.
Então estávamos em casa e os irmãos tinham brigado com sua mãe, e uma das irmãs veio ate mim e perguntou se eu tinha dinheiro,eu lembro que no bolso esquerdo da minha mochila tinha exatamente 201 reais e no direito 50.
Essa parte eu não lembro direito, mas por alguma razão nos separamos e eu fiquei em dupla com o irmão e nos fomos para uma espécie de local para conseguir dinheiro,achamos um local que o sistema para conseguir dinheiro era assim: você pegava madeira das arvores que brotavam toda hora do chão e construía uma espécie de cabana, depois você pegava mais madeira ainda e deixava dentro da cabana que a madeira iria sumir e iria sobrar o dinheiro... E então por algum motivo eu me distanciei do irmão e depois ele me mandou uma mensagem pelo celular dizendo que tinha morrido e que era pra eu ir pegar os " itens " dele. Um fato sobre o celular que assim como a mochila helicóptero eu nem tenho um contexto pra colocar na historia. Se uma das irmãs postava algo no face ou qualquer que seja a rede social do meu sonho e eu fosse olhar a publicação, por alguns segundos eu iria para o exato local que elas estavam, já parei em um chuveiro e em uma cama.
Fui la onde o irmão tinha morrido e outras pessoas já estavam pegando os itens dele,mandei msg pra ele avisando isso.
E logo após isso sem nenhuma razão aparente uma enxurrada de zumbis aparece no local, no momento parecia que eu sabia parkour então subi em umas casas la e do nada saquei uma pistola e atirei na cabeça dos zumbis.


Última edição por Vitorvlv em Qui Jan 23, 2014 10:04 pm, editado 1 vez(es)
Convidado
Convidado

Re: Diário dos Sonhos de Vitorvlv

em Qui Jan 23, 2014 2:05 am
Obs: já havia sonhado com esse sistema de ganhar dinheiro em um outro sonho, era também o mesmo local.
Convidado
Convidado

Re: Diário dos Sonhos de Vitorvlv

em Sex Jan 24, 2014 6:58 pm
3º. O Pornô.



A minha vó,por alguma razão queria modificar um arquivo .html, ela queria saber algum bom editor de texto para fazer isso e eu recomendei o Notepad ++.
O estranho é que todos os links que eu achava para download, TODOS direcionavam a um vídeo pornô, e eu nem tentava fechar os pornôs, e minha vó não tinha nenhuma reação.  lol lol
Convidado
Convidado

Re: Diário dos Sonhos de Vitorvlv

em Seg Jan 27, 2014 9:04 pm
Hoje tive 2 sonhos,todos tão meio misturados então a lembrança de um sonho já pula pra outro.
1: Era bem normal,eu estava em casa com um amigo e estávamos jogando no meu ps3, o único fato meio estranho é que no meu armário eu tinha um xbox one e um ps4.
Então o sonho mudou e eu estava em uma espécie de batalha entre o time azul e o time vermelho, os dois times tinham armaduras capazes de nos fazer voar e tinham uma espécie de corda para pegar os inimigos,que já vinha inbutida na armadura e se enrolava no melhor estilo de indiana Jones, e já que o "jetpack" da armadura falhava constantemente eu usava a corda para dar uma de homem aranha. As duas bases dos times eram em prédios meio arruinados, o local inteiro estava coberto por água, ao longe eu podia ver mais prédios meio caídos,como se um tsunami gigante tivesse arruinado tudo. A batalha estava prestes a começar novamente, na investida anterior ambos os lados tiveram várias mortes. Estava indo em direção ao prédio inimigo mas o jetpack falhou,usei a cordinha mas peguei muito impulso e acabei sendo mandado para a parte de trás do prédio inimigo,estava muito escuro e a água estava gelada,fiquei parado por alguns segundos e fui puxado com a cordinha do time inimigo,fiquei de cabeça pra baixo em quanto eles me davam alguns socos, (na batalha não havia armas de fogo) alguns segundos mais tarde o meu time chegou me soltando,fui para cima do cara que me bateu e prendi a cabeça dele com a cordinha e joguei ele ao chão e chutei a cabeça dele,depois disso não lembro mais de nada.  


Acho que já vi esse segundo sonho em algum lugar,talvez um desenho ou jogo, não sei.
Convidado
Convidado

Re: Diário dos Sonhos de Vitorvlv

em Ter Jan 28, 2014 9:07 pm
O sonho começa em uma casa que nunca estive antes, uma mulher aparece e diz que é a nova orientadora  da minha escola,perguntei o motivo e ela disse que outra se demitiu. Saímos da casa e um cara apareceu e atacou a mulher e depois se virou pra mim e fugi, logo o cenário do sono mudou pra casa de meu pai, a irmã da minha madrasta pede para eu ir comprar pudim para meu irmão mais novo, eu disse que não sabia onde era e ela me falou o local mas eram ruas novas pra mim, nunca ouvi falar dessas ruas. Peguei um taxi mas acabei saindo dele, percebi que estava muito longe de casa mas entrei em uma loja e comprei 2 celulares para se juntar ao que eu já tenho e decidi guardar um deles caso eu quebre algum.
Logo começou a chover e eu fui correndo pra casa, estava correndo em uma velocidade absurda e cheguei em casa em poucos minutos. Disse a irmã de minha madrasta que não achei o local, o cenário mudou e estávamos em uma espécie de sítio, havia vários conhecidos meus lá,mas dessa parte tenho apenas fragmentos.
Convidado
Convidado

Re: Diário dos Sonhos de Vitorvlv

em Sab Fev 15, 2014 3:25 pm
Depois de vários dias sem não conseguir lembrar de nenhum sonho usei essa dica
3 - Antes de dormir faça anotações do dia em seu diário - apenas 4 linhas sobre o que você fez e sentiu nesse dia. Isso aumentará muito sua capacidade de lembrar-se de um sonho pela manhã.
que eu li aqui

O mutante, o Super Saiyajin e as Mulheres Nuas com o Chocolate

Um cara que parecia ser um mutante estava matando geral, matou vários outros mutantes até que chegou em um cara todo de branco e com um buraco na boca, deveria ser para cuspir fogo ou algo assim. Quando ele ia matar o cara de branco apareceu um super Saiyajin do Dragon Ball.
Eu estava assistindo o sonho apenas,não participei dele.
Eles se comunicavam por mensagens, quando o Saiyajin perguntou por que ele estava fazendo isso ele respondeu: " Por que eu estou fazendo 18 anos" (ta explicado moço,pode matar o cara ae) , até que eu recebi uma msg ( mesmo não participando do sonho, apenas assistindo),era de um blog de humor que eu acesso dizendo que tinha vídeo porn de uma atriz que eu gosto, fui la e assisti o vídeo (hmmmmmmmm)  era meios estranho, elas estavam sim nuas mas elas pegavam chocolate com a boca numa bacia e cuspiam chocolate na outra (wtf ? Ta de zoas cérebro ??) nessa hora eu acordei.
Convidado
Convidado

Re: Diário dos Sonhos de Vitorvlv

em Sex Fev 28, 2014 6:07 pm
Com algumas semanas sem conseguir anotar sonho algum finalmente me lembrei de um,rico em detalhes e também bem vívido,as partes mais tensas realmente fiquei com medo, foi uma coisa de louco surpreso.

O Hipopótamo

Hoje tive a continuação de um sonho que eu já tive anteriormente. O sonho é que tem um tubarão e um hipopótamo no meu quarto que está cheio de água, ambos tentando me matar, o hipopótamo não consegue sair da água e então fica colocando a boca nos cantos da cama, já o tubarão dá uns pulos incríveis para fora da água.


O tubarão eu consegui matar sem problemas, e quando matei o tubarão toda a água do quarto despareceu misteriosamente,facilitando o trabalho do hipopótamo de me fatiar que nem pão.
Quando o hipopótamo vem com a boca aberta perto do meu pé tem uma transição de cenário,estou em cima do hipopótamo em uma sala de minha escola em que não tem teto, e as paredes são completamente de metal.
Quando me dou conta de que estou em cima do hipopótamo, ele também se da conta de que estou em cima dele e vem pra cima de mim,saio correndo e fecho a porta. Consigo ouvir barulhos estrondosos enquanto vou embora dali, como se fosse um trovão ou algo do tipo.
Outra transição: Estou em um mercado com meu padrasto, uma garota que eu me amarro lá da escola chega até mim,fala oi, segue reto e na metade do caminho para, volta,  e se enrola em meus braços (o.o)
Agora estou na boate do pai do meu amigo, só fiquei andando de lá para cá, e todas as pessoa que estavam lá eram mexicanas e por alguma razão me olhavam de cara feia.
Estou na escola e em aula, ouço os barulhos do hipopótamo e toda a sala fica se perguntando de onde veio aqueles barulhos,conto o que é e todos pegam os materiais e saem correndo desesperados da sala, e me xingando um pouco.
O cenário muda e estou novamente com o tubarão e o hipopótamo no meu quarto,cheio de água enquanto estou na minha cama. É como se tivesse voltado no tempo.
Dessa vez mato o tubarão,e a água se vai novamente, porém dessa vez não tenho munição na arma que tinha sobre minha cama para matar o hipopótamo, então apenas fico quetinho sobre os cobertores. Consigo "ver" o hipopótamo através do cobertor com uma audição igual a de um personagem de um jogo: Joel - The Last Of Us.

Passa alguns minutos e então o hipopótamo simplesmente some,estou de volta na escola e ninguém fala nada sobre o hipopótamo, parece que voltei no tempo e corrigi o erro.
Agora fica meio confusa a memoria e estou descendo as escadas para a saída da escola e por alguma razão estou sem roupa alguma, apenas de meia.

Convidado
Convidado

Re: Diário dos Sonhos de Vitorvlv

em Dom Mar 02, 2014 2:18 pm
O Shopping, a mulher gostosa e o HULK

Estava em um shopping abandonado, lembro que invadi ele com uma amiga minha porém não lembro da forma que invadi.
O shopping tinha umas áreas totalmente devastadas e assustadoras ,porém tinha áreas que eram bem luxuosas. Exploramos um pouco o shopping e uns caras apareceram usando armaduras iguais as de um jogo chamado TitanFall.



Quando eles passavam eu tinha a opção de atacar ,pois aparecia uma mensagenzinha na "tela".
Já que eram 3 eu deixei 2 passarem e então ataquei o 3º.
Depois tem um borrão na memoria, e eu estou de novo no shopping com mais pessoas, 3 meninas da minha escola e também tem um cara lá ,mas não lembro do nome. Fizemos várias coisas que não lembro bem.  
Até que estou em uma casa de outra mulher ,eu quero sair de lá porém estou acompanhado de outras 2 pessoas. Entro em um quarto escuro, lá tem uma cama e os dois gênios que estavam comigo decidem dormir lá e fugir quando acordar, eu pego vou embora.
Estou novamente no shopping e agora tem meio que uma telas 3d.



Na tela 3d tem como se fosse uma missão, a gente "nasce" ou dá spawn na casa da mulher, era uma casa de 2 andares ,e a mulher é bonita.  
Antes de entrar na missão tem uma garota lá da minha sala que passa por perto ,eu abraço ela e pergunto se ela quer ficar comigo ,ela disse que sim ,mas depois que não suspeito
Vou para missão ,estou no segundo andar e desço as escadas, a mulher está lá.
Eu crio alguma distração na frente da casa para ela sair ,não lembro qual foi.
Ela vai e vou na garagem ,levanto a porta da garagem um pouco e ela está lá, fecho imediatamente.
Ela entra na garagem e eu em escondo atrás de uma pilha de garrafas, mas a pilha era pequena e na teoria ela poderia me ver. Acho que foi o famoso "Se eu não posso ver ela também não pode me ver".
Ela sai de carro e eu saio também ,assim que eu saio estou de volta no shopping.
Agora eu posso personalizar a mulher no painel, posso mudar as roupas dela ,tem até umas +18 :v
Eu faço as missões mais 2 vezes e depois o sonho do shopping acaba.
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Agora estou em um aeroporto militar, a minha superior havia tido uma experiência agora a pouco, ela passou bem perto de morrer em uma explosão gigante.
Vou lá falar com ela e fazer perguntas sobre o ocorrido ,meu outro superior diversas vezes me manda voltar para meu lugar mas não ouço ele e continuo conversando com a moça. Tenho um borrão na memoria e agora estou no local da explosão que ela sofreu, e BAM, a mesma explosão me atinge porém nada me acontece, sabe por que ? Por que eu sou o Hulk modafoca.




Exatamente, eu estava todo grande e verde porém eu tinha total controle sobre ele, não estava bravo nem nada.
Dou uns pulos e estou em um penhasco no deserto, tem várias pessoas lá em um tipo de convenção de celulares.
Quando vejo já estou normal novamente, alguma menina lá da convenção vem falar comigo mas não lembro o que ela disse.
Ai acordei.
Convidado
Convidado

Re: Diário dos Sonhos de Vitorvlv

em Seg Mar 03, 2014 7:39 pm
Palavras chaves: homem aranha, anjos caídos, caçada,maconha, aviões, amigo


A caçada

Estava em uma casa e sabia que estava sendo caçado por alguém, não lembro quem porém tinha que sair de lá rapidamente.
No começo eu tentei ser todo stealth e tal mas eles eram que nem a policia do GTA 5 sempre sabiam o local em que eu estava então nem valia a pena tentar ir com calma.
Toquei o "fuck that shit" e sai correndo feito louco, eu tinha os poderes do homem aranha também porém eles falhavam constantemente. Quando eu conseguia soltar uma teia era uma maravilha, subia em prédios e tal. Porém os poderes de grudar na parede não funcionavam. Eu ficava alguns segundos presos e depois caia :(.

Cheguei até um prédio e vi algumas coisas no céu e descobri quem estava me caçando, eram anjos. Não, não anjos anjos,e sim anjos da série "Supernatural"



Eles estavam caindo no local em que eu estava, me caçando.
Subo em um prédio e encontro com um amigo meu, minha memória está falha mas ele parecia muito com o "Lamar", personagem de GTA 5.



Nós dois chegamos ao topo do prédio porém os anjos estavam logo atrás de nós, então tem uma porta o lado de fora do prédio. Sim, simplesmente uma porta e do outro lado uma queda gigante. Abri a porta mas em vez de me jogar eu tentei usar os poderes de grudar



E eles falharam, cai por alguns segundos e depois de tanto tentar usar a teia ela finalmente sai, vou para um outro prédio menor e Lamar já está lá. Ele me dá algo para fumar, parecendo ser maconha porém o papel se desmanchava toda hora e eu sentia gosto ruim na boca. O negocio é que eu nunca fumei maconha então eu fumava e não sentia nada.  

Os anjos estão vindo novamente, uso a teia e subo novamente no prédio em que eu estava antes, Lamar já estava lá comigo e me chama apontando para um avião.  Subimos no avião e demos partida, o avião bate no vidro do prédio e sai, porém eu pulo do avião achando que não ia dar certo, ele vai no chão com tudo e explode. Abro um paraquedas que não tinha antes e chego em segurança ao chão.
Ai acordo.
Convidado
Convidado

Re: Diário dos Sonhos de Vitorvlv

em Sex Set 11, 2015 10:50 pm
O recomeço

Depois de ter deixado de lado por mais ou menos 1 ano a comunidade de sonhos lúcidos, depois de ter parado de fazer todas as técnicas e testes de realidade, e depois de continuar com o diário dos sonhos, aqui estou eu novamente tentando voltar a esse mundo.
Tenho um longo caminho pela frente, já que nem lembrar dos meus sonhos eu to me lembrando. Esse sonho eu tive ontem, 1 semana após voltar a fazer os rcs e voltar com o método tholey.

[relato escrito no celular após acordar as 3 horas da manhã]
No sonho de hoje eu estava em algum tipo de jogo escolar. A escola toda tava lá. Só que o jogo se passava num tipo de campo militar, como se a escola tivesse mudado de lugar ou algo assim. Disseram na TV do sonho que esse campo era um lugar onde muitos filósofos e escritores brasileiros iam lá pra tomar café.

O sonho embaça e eu não lembro muito bem mais o que acontece, até que estou deitado numa casa com um negocio de metal preso na minha mão, aquilo estava ali por que eu havia quebrado o dedão, mas era Incrivelmente desconfortável e saia muito facilmente. E estava furado ao meu dedo, o que fazia com que eu sentisse dor.
avatar
Mensagens : 382
Pontos : 1912
Honra : 169
Data de inscrição : 08/01/2014
Idade : 21
Localização : RJ
Sonhos Lúcidos :
11 / 99911 / 999
Sonhos Comuns :
179 / 999179 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos de Vitorvlv

em Sab Set 12, 2015 4:39 pm
Vitorvlv escreveu:
O recomeço

Depois de ter deixado de lado por mais ou menos 1 ano a comunidade de sonhos lúcidos, depois de ter parado de fazer todas as técnicas e testes de realidade, e depois de continuar com o diário dos sonhos, aqui estou eu novamente tentando voltar a esse mundo.
Tenho um longo caminho pela frente, já que nem lembrar dos meus sonhos eu to me lembrando. Esse sonho eu tive ontem, 1 semana após voltar a fazer os rcs e voltar com o método tholey.

[relato escrito no celular após acordar as 3 horas da manhã]
No sonho de hoje eu estava em algum tipo de jogo escolar. A escola toda tava lá. Só que o jogo se passava num tipo de campo militar, como se a escola tivesse mudado de lugar ou algo assim. Disseram na TV do sonho que esse campo era um lugar onde muitos filósofos e escritores brasileiros iam lá pra tomar café.

O sonho embaça e eu não lembro muito bem mais o que acontece, até que estou deitado numa casa com um negocio de metal preso na minha mão, aquilo estava ali por que eu havia quebrado o dedão, mas era Incrivelmente desconfortável e saia muito facilmente. E estava furado ao meu dedo, o que fazia com que eu sentisse dor.

Vitor, essa coisa de relaxar com o fórum, com as técnicas e ficar sem lembrar de nada é minha rotina, tem vezes que acabo tomando uns chás de sumiço brabos daqui também, mas sempre é hora de voltar e recomeçar.
A escola estar em outro lugar é muito normal, às vezes eu sonho com lugares totalmente diferentes, mas que no sonho, tem o nome de lugares que conheço e o sonho acaba me convencendo daquilo. Você conseguiu sentir dor no sonho com o negócio de metal na tua mão?


[...]
— E como eu posso te chamar?
— Bom, você pode me chamar de Daniel, que era o meu nome quando eu era totalmente humano, pode também me chamar de Lobo, que era meu nome quando eu era totalmente uma entidade cósmica. Mas você também pode me chamar de Pai.
— Pai?
— Sim, todos os lobos e lobisomens são meus filhos, todos vieram de mim.
[...]

Convidado
Convidado

Re: Diário dos Sonhos de Vitorvlv

em Dom Set 13, 2015 1:44 pm
Licantropo escreveu:Você conseguiu sentir dor no sonho com o negócio de metal na tua mão?

Sim, foi uma dor muito fraca. Ou mais pra um desconforto muito grande.

Convidado
Convidado

Re: Diário dos Sonhos de Vitorvlv

em Dom Set 13, 2015 1:47 pm
O amor platônico e o Titanic


Sonho ocorreu em: 12/09/15
Esse sonho foi muito estranho, e longo. Por ter demorado pra anotar ele eu esqueci vários detalhes

Vamos começar com uma menina linda da minha escola, ela é o meu amor platônico, eu estou passando pelo pátio da escola e ela começa a falar comigo.  O sonho embaca e não lembro exatamente como mas eu descubro que aquela guria que é o meu amor platônico, é na verdade a esposa do meu tio, que gosta de se fantasiar de outras pessoas por algum motivo.

O sonho passa novamente e estou em um tipo de barco escolar, em que a escola é realmente um barco gigante, tipo um cruzeiro com todas as salas. Eu estava tendo aula de geografia, e apenas sabia que no sonho a esposa do meu tio era casada com o meu professor de geografia por algum motivo. Foi estranho.

Só sei que estamos assistindo um filme em grupo, o grupo é o mesmo com quem eu ando, e na TV tá passando sherlock. O professor nos dá uma bronca e muda pra Titanic, e aí,  adivinha?  O nosso barco afunda.

Não lembro muito bem o que acontece, lembro que eu falo com a amor platônico e então quando vejo estou no meu quarto novamente..

Enquanto estou lá, acordo da minha cama e ela aparece lá na sua forma 'real', como a esposa do meu tio, e me chama pra ir para um show de comédia que vai ter.  O estranho é que ela tá indo com um colega de infância meu, e eles nunca se conheceram.

Outra coisa que aconteceu no sonho e eu não tenho como colocar em contexto:

Eu estava em um beco com a minha mãe, a esposa do meu tio tava mais a frente com a filha dela, e aí eu discuto com a minha mãe e jogo minha carteira fora. Junto com vários cabos que estavam no meu bolso.
Convidado
Convidado

Re: Diário dos Sonhos de Vitorvlv

em Dom Set 13, 2015 1:50 pm
O amor platônico 2 e o roubo

O meu celular tava sem bateria, então esse sonho eu demorei de mais pra anotar, perdi vários detalhes.


Começa com uma viagem de carro, eu estava voltando até uma cidade, até que do nada eu estou em uma casa com + 2 pessoas ( do meu time) e outro grupo de não sei quantas pessoas. Eu queria roubar o 'tesouro' dessa casa, e eles também. Eu tenho uma arma (esse sonho foi até em primeira pessoa, boas partes dos meus sonhos são em terceira) Porém a minha arma tá carregada apenas com bala de borracha, que não faz nada, já que os do outro grupo tão com bala mesmo. Tiro vai, tiro vem, e de alguma forma o meu grupo derrota todo o grupo inimigo e vamos ao andar de cima, aonde fica o quarto do casal. Chegando lá, o filho deles ta lá, um dos meus parceiros vai e tranca o guri em algum lugar, e a gente abre o guarda roupa e bam, tem 5 milhões numa gaveta lá, colocamos os 5 milhões em uma mala, e estamos pra sair do lugar.

Até que um dos meus parceiros para e fala: Pera, por que eles teriam 5 milhões dando sopa em uma gaveta de armário ( bem que eu poderia ter ficado lúcido nessa hora, né ?), e então a gente começa a procurar por compartimentos secretos. Uma companheira minha aperta um relogio, e abre um mini cofre com apenas um relogio/estojo de maquiagem dentro  (era os 2 juntos, tudo imbutido, vou patentear e ficar rico), eu continuo procurando, até que acho um mini botão na parede, aperto aquele botão e um cofre super estranho aparece, tem 6 negócios pra rodar, eu pensei em desisir, de jeito nenhum eu iria conseguir abrir aquio, mas minha parceira foi lá e abriu em 2 segundos. Dentro do cofre havia uma espécie de 'esquema' pra armas nucleares, ou algo envolvendo chuva ácida, não sei. Pegamos aquilo e o sono embaça. Quando vejo estou dirigindo na cidade e recebo uma mensagem da amor platonico, do sonho anterior (devo tá amando, já é a segunda vez que ela me aparece) dizendo "Oi bobão, tudo bem" ou algo assim.




Esse sonho foi tão grande, eu lembro que teve fragmentos de uma batalha no mar, e eu encolhendo, porém eu demorei de mais pra anotar, esqueci tudo.
avatar
Mensagens : 2531
Pontos : 5613
Honra : 1043
Data de inscrição : 12/06/2013
Localização : Bahia
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos de Vitorvlv

em Qua Set 16, 2015 12:40 am
Vitorvlv escreveu:

Vitorvlv escreveu:
O amor platônico 2 e o roubo

O meu celular tava sem bateria, então esse sonho eu demorei de mais pra anotar, perdi vários detalhes.


Começa com uma viagem de carro, eu estava voltando até uma cidade, até que do nada eu estou em uma casa com + 2 pessoas ( do meu time) e outro grupo de não sei quantas pessoas. Eu queria roubar o 'tesouro' dessa casa, e eles também. Eu tenho uma arma (esse sonho foi até em primeira pessoa, boas partes dos meus sonhos são em terceira) Porém a minha arma tá carregada apenas com bala de borracha, que não faz nada, já que os do outro grupo tão com bala mesmo. Tiro vai, tiro vem, e de alguma forma o meu grupo derrota todo o grupo inimigo e vamos ao andar de cima, aonde fica o quarto do casal. Chegando lá, o filho deles ta lá, um dos meus parceiros vai e tranca o guri em algum lugar, e a gente abre o guarda roupa e bam, tem 5 milhões numa gaveta lá, colocamos os 5 milhões em uma mala, e estamos pra sair do lugar.

Até que um dos meus parceiros para e fala: Pera, por que eles teriam 5 milhões dando sopa em uma gaveta de armário ( bem que eu poderia ter ficado lúcido nessa hora, né ?), e então a gente começa a procurar por compartimentos secretos. Uma companheira minha aperta um relogio, e abre um mini cofre com apenas um relogio/estojo de maquiagem dentro  (era os 2 juntos, tudo imbutido, vou patentear e ficar rico), eu continuo procurando, até que acho um mini botão na parede, aperto aquele botão e um cofre super estranho aparece, tem 6 negócios pra rodar, eu pensei em desisir, de jeito nenhum eu iria conseguir abrir aquio, mas minha parceira foi lá e abriu em 2 segundos. Dentro do cofre havia uma espécie de 'esquema' pra armas nucleares, ou algo envolvendo chuva ácida, não sei. Pegamos aquilo e o sono embaça. Quando vejo estou dirigindo na cidade e recebo uma mensagem da amor platonico, do sonho anterior (devo tá amando, já é a segunda vez que ela me aparece) dizendo "Oi bobão, tudo bem" ou algo assim.




Esse sonho foi tão grande, eu lembro que teve fragmentos de uma batalha no mar, e eu encolhendo, porém eu demorei de mais pra anotar, esqueci tudo.
Com 5 milhões de reais na mão, não procurava mais nada, caia fora do Brasil. kkkk
Convidado
Convidado

Re: Diário dos Sonhos de Vitorvlv

em Ter Out 27, 2015 11:06 pm
O sonho mais aterrorizante que já tive

Eu estava saindo da casa do meu pai, a tia Paula, a minha mãe e eu estávamos saindo e atravessando a rua. Um cara de moto aborda a gente e pergunta se a gente tem 100 reais pra dar pra ele, nos dizemos que não, ele pergunta se temos certeza, nos dizemos que sim e ele saca uma arma e atira na gente, quando eu vi a arma eu corri, corri de mais, até receber um tiro no quadril que me faz cair, e então ele me dá outro tiro no pescoço e outro em algum outro lugar, 3 tiros no total.
Quando eu acordo eu estou em casa, vou falar com o meu padrasto e ele me conta o que houve, ele me diz que a minha mãe morreu e que a minha tia ainda está inconsciente.

Eu estou fraco, abro a geladeira e tá cheia de coisas boa pra comer, pergunto se tem problema se eu for comer um bolo de chocolate, ele diz que tem, pois eu estou muito fraco, disse que eu só poderia comer bolacha com água.

Olho no meu celular e vejo uma mensagem do meu pai, é ele perguntando se eu já acordei e dizendo que ele iria me visitar.

Eu falo com o padrasto e ele chorando me diz que eu tenho no máximo 1 semana de vida, algo que eu já sabia por algum motivo.

Ele diz que a minha mãe também passou por isso, acordou e depois morreu.

Vou me olhar na frente do espelho e meu rosto está normal, apenas a marca da bala no pescoço, porém pelo que eu pude perceber eu estava com algum tipo de problema cerebral, pois não conseguia sorrir, eu fazia o mesmo movmento que eu faço pra sorrir na vida real, e aparecia uma coisa estranha. Como se metade do rosto estivesse caindo.

avatar
Mensagens : 220
Pontos : 1039
Honra : 90
Data de inscrição : 08/10/2015
Idade : 41
Localização : Brasil
Sonhos Lúcidos :
3 / 9993 / 999
Sonhos Comuns :
999 / 999999 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos de Vitorvlv

em Qua Out 28, 2015 3:54 pm
E aí Vitorvlv! Cara, que sonho mais angustiante! Tive um sonho onde presenciei um acidente e foi terrível, vc acorda se sentindo mal. Imagino esse seu sonho com sua família, vivenciar uma tragédia dessas!

Fiquei curioso sobre a mensagem no seu celular, vc já tinha conseguido ler alguma outra vez dentro do sonho? Vc conseguiu visualizar e interpretar as letras, palavras e frases ou olhou para o celular e a mensagem lhe veio a mente? Tive um sonho recente onde tb consegui ler algumas palavras em um celular.


Uma força misteriosa que funciona apenas com gatos:
avatar
Mensagens : 2531
Pontos : 5613
Honra : 1043
Data de inscrição : 12/06/2013
Localização : Bahia
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos de Vitorvlv

em Qua Out 28, 2015 11:09 pm
Vitorvlv escreveu:
Vitorvlv escreveu:
O sonho mais aterrorizante que já tive

Eu estava saindo da casa do meu pai, a tia Paula, a minha mãe e eu estávamos saindo e atravessando a rua.  Um cara de moto aborda a gente e pergunta se a gente tem 100 reais pra dar pra ele, nos dizemos que não, ele pergunta se temos certeza, nos dizemos que sim e ele saca uma arma e atira na gente, quando eu vi a arma eu corri, corri de mais, até receber um tiro no quadril que me faz cair, e então ele me dá outro tiro no pescoço e outro em algum outro lugar, 3 tiros no total.
Quando eu acordo eu estou em casa, vou falar com o meu padrasto e ele me conta o que houve, ele me diz que a minha mãe morreu e que a minha tia ainda está inconsciente.

Eu estou fraco, abro a geladeira e tá cheia de coisas boa pra comer, pergunto se tem problema se eu for comer um bolo de chocolate, ele diz que tem, pois eu estou muito fraco, disse que eu só poderia comer bolacha com água.

Olho no meu celular e vejo uma mensagem do meu pai, é ele perguntando se eu já acordei e dizendo que ele iria me visitar.

Eu falo com o padrasto e ele chorando me diz que eu tenho no máximo 1 semana de vida, algo que eu já sabia por algum motivo.

Ele diz que a minha mãe também passou por isso, acordou e depois morreu.

Vou me olhar na frente do espelho e meu rosto está normal, apenas a marca da bala no pescoço, porém pelo que eu pude perceber eu estava com algum tipo de problema cerebral, pois não conseguia sorrir,  eu fazia o mesmo movmento que eu faço pra sorrir na vida real, e aparecia uma coisa estranha. Como se metade do rosto estivesse caindo.

Esses tipos de sonhos são muito angustiantes mesmo. E a angústia só termina quando o sonho acaba. medo

Que bom que essa experiência foi só um sonho ruim mesmo. viva
avatar
Mensagens : 646
Pontos : 2402
Honra : 310
Data de inscrição : 20/10/2013
Idade : 28
Sonhos Lúcidos :
38 / 99938 / 999
Sonhos Comuns :
999 / 999999 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos de Vitorvlv

em Qui Out 29, 2015 12:17 am
Neste ultimo daria para perceber que era um sonho ao olhar no espelho. A marca de bala no pescoço e não conseguir sorrir.


CORES DOS MEUS RELATOS:

  • Analise ou pensamento/observação.
  • Dialogo, titulo
  • Descrição de um cenário/objeto/pessoa.
  • Realidade ou fato importante.

Orvalho do sonhar:
Fantasiar me conforta
Deslumbrado a imaginar
Sera que e so eu?
Ou alguem se importa?


para nao se desesperar
Sucumbir em expectativas
pois se nao suprir
Posso pelo menos sonhar

Sair desse lugar imundo
Fingir que nao e isso
Tornar tudo intenso
Criar o próprio mundo


Injetar alegria
Olhar fixo para o nada
Rir sozinho
Ate o final do dia


Sentir a liberdade ao voar
Observar o próprio reflexo
E fechar os olhos
Para voltar a sonhar

(Hiriu)
avatar
Mensagens : 382
Pontos : 1912
Honra : 169
Data de inscrição : 08/01/2014
Idade : 21
Localização : RJ
Sonhos Lúcidos :
11 / 99911 / 999
Sonhos Comuns :
179 / 999179 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos de Vitorvlv

em Qui Out 29, 2015 2:56 am
Vitorvlv escreveu:
Spoiler:
O sonho mais aterrorizante que já tive

Eu estava saindo da casa do meu pai, a tia Paula, a minha mãe e eu estávamos saindo e atravessando a rua.  Um cara de moto aborda a gente e pergunta se a gente tem 100 reais pra dar pra ele, nos dizemos que não, ele pergunta se temos certeza, nos dizemos que sim e ele saca uma arma e atira na gente, quando eu vi a arma eu corri, corri de mais, até receber um tiro no quadril que me faz cair, e então ele me dá outro tiro no pescoço e outro em algum outro lugar, 3 tiros no total.
Quando eu acordo eu estou em casa, vou falar com o meu padrasto e ele me conta o que houve, ele me diz que a minha mãe morreu e que a minha tia ainda está inconsciente.

Eu estou fraco, abro a geladeira e tá cheia de coisas boa pra comer, pergunto se tem problema se eu for comer um bolo de chocolate, ele diz que tem, pois eu estou muito fraco, disse que eu só poderia comer bolacha com água.

Olho no meu celular e vejo uma mensagem do meu pai, é ele perguntando se eu já acordei e dizendo que ele iria me visitar.

Eu falo com o padrasto e ele chorando me diz que eu tenho no máximo 1 semana de vida, algo que eu já sabia por algum motivo.

Ele diz que a minha mãe também passou por isso, acordou e depois morreu.

Vou me olhar na frente do espelho e meu rosto está normal, apenas a marca da bala no pescoço, porém pelo que eu pude perceber eu estava com algum tipo de problema cerebral, pois não conseguia sorrir,  eu fazia o mesmo movmento que eu faço pra sorrir na vida real, e aparecia uma coisa estranha. Como se metade do rosto estivesse caindo.


Sonho bem angustiante mesmo, diferente de pesadelos onde alguma coisa externa dá medo em você, nesse sonho é angustiante emocionalmente. Você se lembra se sentiu tristeza dentro do sonho? Pois uma vez eu sonhei que havia morrido e estava do outro lado, e sentia uma tristeza tão grande, nunca havia sentido tristeza daquele jeito, nem acordado. E você se lembra de como eram os ferimentos das balas? Uma vez, levei 2 tiros numa tentativa de assalto (isso foi acordado mesmo, na realidade), e os buracos que as balas fizeram, ficaram parecendo machucados normais.
Cara, muito tenso esse final do sonho, onde você não conseguia sorrir. Quanto à metade do rosto caindo, você via isso só no espelho, ou também sentia isso em você? Pergunto pois tenho curiosidade sobre tato vs visão dentro dos sonhos, pois às vezes em meus sonhos, quando olho no espelho, ou para qualquer parte do meu corpo, o que eu vejo, não condiz com o que eu sinto.


[...]
— E como eu posso te chamar?
— Bom, você pode me chamar de Daniel, que era o meu nome quando eu era totalmente humano, pode também me chamar de Lobo, que era meu nome quando eu era totalmente uma entidade cósmica. Mas você também pode me chamar de Pai.
— Pai?
— Sim, todos os lobos e lobisomens são meus filhos, todos vieram de mim.
[...]

Conteúdo patrocinado

Re: Diário dos Sonhos de Vitorvlv

Ver o tópico anteriorVoltar ao TopoVer o tópico seguinte
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum