Conectar-se
Últimos assuntos
Os membros mais ativos do mês
9 Mensagens - 60%
5 Mensagens - 33%
1 Mensagem - 7%
Votação
Qual a técnica que você utiliza para ficar lúcido?
Teste de Realidade
45% / 15
Totem
15% / 5
Incubação
12% / 4
Gatilho
6% / 2
Gravador de Voz ou Sons Binaurais
6% / 2
Outros
15% / 5
Parceiros
 sonhos=
 sonhos=
 animes=

Compartilhe
Ver o tópico anteriorIr em baixoVer o tópico seguinte
avatar
Mensagens : 382
Pontos : 2022
Honra : 169
Data de inscrição : 08/01/2014
Idade : 21
Localização : RJ
Sonhos Lúcidos :
11 / 99911 / 999
Sonhos Comuns :
179 / 999179 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos de Licantropo

em Sab Ago 02, 2014 3:59 pm
Ramon escreveu:
Spoiler:
Faz tempo que eu não vejo esse costume de pedir benção a pai, mãe, avós e aos mais velhos.

Eu lembro quando eu era bem garotinho ainda, e chegava na casa do meu avô e pedia bença a minha bisavó, ela gostava. E cobrava se eu chegasse lá e não pedinche a bença. Kkkkkk

Eu tenho uma tia avó que é meio assim também (aquela que mora naquela casa do sonho do banheiro cheio de chuveiros), ela não chega a falar, mas fica meio distante quando a gente não pede bença a ela. Um tempo atrás ela ficou impressionada porque minha prima chamava de minha avó de "você", ela ficou tipo "Mas comadre, sua neta não te chama de senhora não?"

Ramon escreveu:
Spoiler:
É engraçado isso que você falou da sua voz ter ficado estranha nesse sonho. Isso já aconteceu comigo algumas vezes em sonho lúcidos. Uma vez eu fui gritar e minha voz saiu com um som metálico e bem agudo, que me deixou impressionado no sonho. Parecia coisa do outro no mundo. Kkkkk

A sua mãe é a Ingride Guimarães, aquela atriz da rede globo? Ou foi só no sonho isso?kkkkkk

A Ingrid Guimarães era só minha ex-madrasta no sonho, mas eu tinha ficado muito amigo dela, mas isso foi só no sonho mesmo.

Ramon escreveu:
Spoiler:
Diferente esse sonho. A parte do cara se desmanchando em pó deve ter sido impressionante. perplexo 

Gostei do som dessa banda aí do vídeo. A introdução lembra um pouco com o Pink Floyd na fãs do álbum The Wall. Mas, depois o som dessa banda fica meio no estilo daquelas bandas new wave dos anos 80. Gostei do som. certo 

Acordei com esse sonho na cabeça e fiquei meio "WTF?". Já é a segunda vez que sonho com hóstias. E quando à banda, é uma banda muito boa mesmo, essa música é a música de encerramento do álbum mais complexo deles. E quanto a músicas em sonho, daqui a pouco vai dar pra fazer uma playlist só com as músicas que escuto em sonhos.


Última edição por Licantropo em Sab Ago 02, 2014 10:36 pm, editado 1 vez(es)


[...]
— E como eu posso te chamar?
— Bom, você pode me chamar de Daniel, que era o meu nome quando eu era totalmente humano, pode também me chamar de Lobo, que era meu nome quando eu era totalmente uma entidade cósmica. Mas você também pode me chamar de Pai.
— Pai?
— Sim, todos os lobos e lobisomens são meus filhos, todos vieram de mim.
[...]

avatar
Mensagens : 2531
Pontos : 5724
Honra : 1044
Data de inscrição : 12/06/2013
Localização : Bahia
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos de Licantropo

em Sab Ago 02, 2014 4:32 pm
Licantropo:
Eu tenho uma tia avó que é meio assim também (aquela que mora naquela casa do sonho do banheiro cheio de chuveiros), ela não chega a falar, mas fica meio distante quando a gente não pede bença a ela. Um tempo atrás ela ficou impressionada porque minha prima chamava de minha avó de "você", ela ficou tipo "Mas comadre, sua neta não te chama de senhora não?"
Kkkkk É bem isso mesmo. Eu nunca falo "você" ou "tu" pra minha mãe. Só falo "a senhora isso, ou a senhora aquilo". Porque já me acostumei a falar assim.

Licantropo escreveu:
A Ingrid Guimarães era só minha ex-madrasta no sonho, mas eu tinha ficado muito amigo dela, mas isso foi só no sonho mesmo.
Bem que eu estranhei.kkkkkkk

Licantropo escreveu:
Acordei com esse sonho na cabeça e fiquei meio "WTF?". Já é a segunda vez que sonho com hóstias. E quando à banda, é uma banda muito boa mesmo, essa música é a música de encerramento do álbum mais complexo deles. E quanto a músicas em sonho, daqui a pouco vai dar pra fazer uma playlist só com as músicas que escuto em sonhos.
Boa idéia.  certo 

Criar uma lista das musicas que aparecem espontaneamente nos seus sonhos. E depois fazer uma coletânea dessas músicas. Seria legal. certo


Última edição por Ramon em Seg Ago 04, 2014 7:47 pm, editado 1 vez(es)
Mensagens : 1017
Pontos : 3497
Honra : 749
Data de inscrição : 06/08/2013
Idade : 28
Localização : São Paulo/Santo André
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos de Licantropo

em Sab Ago 02, 2014 7:46 pm
"Ao terminar o teste, uma mulher fora da casa disse "Lave as mãos e use suas digitais para secar." Eu fiquei sem entender aquilo, mas mesmo assim eu lavei minhas mãos, e quando eu fui secar, não tinha um porta-papel, só aquela máquina que joga ar quente para secar as mãos. Sequei minhas mãos com aquilo e a mulher do lado de fora comemorou falando que eu fui o primeiro a entender".

Essa passagem particularmente eu achei interessante o comportamento da personagem onírica, pois se for ver e pensar a respeito da intenção do que ela diz "Lave as mãos e use suas digitais para secar." compreendemos que é isso mesmo "usar o toque/tato para ativar o sensor/mecanismo de ar afim de secar as mãos".

Queensrÿche! guitar 
avatar
Mensagens : 382
Pontos : 2022
Honra : 169
Data de inscrição : 08/01/2014
Idade : 21
Localização : RJ
Sonhos Lúcidos :
11 / 99911 / 999
Sonhos Comuns :
179 / 999179 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos de Licantropo

em Sab Ago 02, 2014 10:41 pm
Eu acho que essa coisa da máquina de secar mãos, foi porque eu usei uma dessas máquinas ultimamente, e quanto à mulher, a reação dela foi tipo, como se ela fosse alguma pessoa que gostava muito de mim e estava orgulhosa na comemoração.


[...]
— E como eu posso te chamar?
— Bom, você pode me chamar de Daniel, que era o meu nome quando eu era totalmente humano, pode também me chamar de Lobo, que era meu nome quando eu era totalmente uma entidade cósmica. Mas você também pode me chamar de Pai.
— Pai?
— Sim, todos os lobos e lobisomens são meus filhos, todos vieram de mim.
[...]

avatar
Mensagens : 1989
Pontos : 5723
Honra : 575
Data de inscrição : 10/03/2013
Idade : 17
Localização : Nippon, Namimori.
Sonhos Lúcidos :
50 / 99950 / 999
Sonhos Comuns :
300 / 999300 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos de Licantropo

em Seg Ago 04, 2014 5:42 pm
Licantropo escreveu:
30/07/2014:
30/07/2014 00:00 a 08:00

Esse foi bem light e normalzinho, também, quando acordei, eram só fragmentos.

Lembro-me de pedir bença à Mãe e ao Pai das Coisas no quarto do meu pai, pois no sonho, eu tenho a impressão de que eles eram meus pais. Lembro-me também de estar com a Isis e o Kael (meus irmãos filhos do meu padrasto) na copa da antiga casa de tábua da minha avó Emília. Eu estava falando com eles sobre um irmão meu (que não existe) filho da minha mãe e do meu pai, mas antes de eu continua, a Isis me interrompeu e disse "Seu não, nosso irmão." Aí eu concordei com ela e continuei o que eu estava falando. Eu disse que uma vez esse meu irmão estava de malcriação com meu pai e meu pai deixou-o de castigo sem video-game. Falei que eu tinha rido muito daquilo, porque eu adoro gente malcriada ficando de castigo. Aí o Kael teve um ataque de risos junto comigo.

P.S.: Mãe e Pai das Coisas são um casal lá da paróquia que tem 3 filhos. Em eventos da paróquia que está toda a família, os filhos usam camisas escrito "Thing 1, Thing 2 e Thing 3", e os pais usam "Mother of all things, Father of All Things" Aí esse casal ficou conhecido na paróquia como Mãe e Pai das Coisas.

Nuss Licantopro! perplexo Fico uns dias off e você escreve um livro? gargalhada Zueira, é sempre um prazer ler os seus relatos. certo

Lendo esse sonho me fez perceber de como eu fui/sou bem bonzinho com a minha família. Não me lembro de ter ficado de castigo nenhuma vez. Humm.

Licantopro escreveu:
31/07/2014:
07:17 a 09:40

Era noite, e eu estava com um grupo de pessoas num centro de ensino que era dividido em, uma parte para cursos profissionalizantes, e outra para curso superior. Um funcionário de lá estava servindo como nosso guia. Aí ele nos mostrou uma casa na árvore com um computador dentro. Enquanto chegávamos perto da árvore, um gato amarelo passou correndo perto de nós. Chegando na árvore, o nosso guia entrou na casa, subiu em um galho e disse "Isso aqui facilita muito a vida dos estudantes de ecologia", já que o centro de ensino ficava as margens de uma floresta. Aí do nada estava tudo coberto, a árvore com a casa ainda existia, mas parecia que eu estava numa repartição de algum escritório. Então entrei na casa na árvore e fiz um teste escrito. Ao terminar o teste, uma mulher fora da casa disse "Lave as mãos e use suas digitais para secar." Eu fiquei sem entender aquilo, mas mesmo assim eu lavei minhas mãos, e quando eu fui secar, não tinha um porta-papel, só aquela máquina que joga ar quente para secar as mãos. Sequei minhas mãos com aquilo e a mulher do lado de fora comemorou falando que eu fui o primeiro a entender. Aí eu fui sentar numa cadeira que ficava dentro de uma porta giratória que não levava a lugar nenhum. Tive visões do Batman fazendo o mesmo. Quando

a porta começou a girar, eu comecei a falar línguas estranhas em um tom de voz estranho, parecia que eu estava possuído. Aí eu levantei e saí meio tonto da porta giratória para um supermercado enorme. Lá estavam minha mãe, a Ingrid Guimarães (que no sonho havia sido minha madrasta por um tempo depois da separação dos meus pais) e um namorado novo dela. No sonho, a Ingrid Guimarães não havia sido uma madrasta, e sim uma "boadrasta", e mesmo depois dela ter se separado do meu pai, eu tinha mantido a amizade com ela, tanto que tinha dia que eu dormia na casa dela. Voltando ao núcleo do mercado, o namorado da Ingrid Guimarães pegou um xampu da Niely linha Marrom, e eu disse a ele "Tu sabe que eu também vou usar né?" Mas ele disse que não se importava se eu usasse. Eu peguei o pote de xampu da prateleira, e consegui ler "SAPOOT". Aí a Ingrid Guimarães começou a encher o saco do namorado e eles foram para outra seção. Aí minha mãe chegou perto de mim e disse "Tu vê que ninguém gosta dela, só ele e a gente." Aí eu acordei.

Um gato amarelo? :shock?

"Tive visões do Batman fazendo o mesmo."

Por algum motivo eu caí na gargalhada depois de ter lido isso. iori Falando naquelas máquinas de ar quente, aquilo nunca funcionou pra mim. xD Não sei se eu fazia errado, sei lá, só não funcionava.

avatar
Mensagens : 382
Pontos : 2022
Honra : 169
Data de inscrição : 08/01/2014
Idade : 21
Localização : RJ
Sonhos Lúcidos :
11 / 99911 / 999
Sonhos Comuns :
179 / 999179 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos de Licantropo

em Seg Ago 04, 2014 5:50 pm
Aconteceu uma coisa esse fim de semana que é a segunda vez que acontece. Da primeira vez, a muito tempo atrás, eu havia sonhado com uma cidade abandonada cheia de areia, depois de muitos anos, descobri num blog uma cidade chamada Kolmanskop, que é abandonada, quando fui olhar fotos da cidade, era a mesma cidade com a qual eu havia sonhado. Como se não bastasse isso, a uns 3 ou 4 anos atrás, sonhei com uma estrada, que tinha umas árvores na beira e depois das árvores, havia um vale cheio de plantas entre a estrada e um morro. Esse fim de semana, no caminho para Rio Bananal, não sei se foi na ES-245 ou na ES-360, havia um lugar que era a mesma coisa desse sonho. Como acontece isso de sonharmos com um lugar que existe sem nem ter noção da existência dele?


[...]
— E como eu posso te chamar?
— Bom, você pode me chamar de Daniel, que era o meu nome quando eu era totalmente humano, pode também me chamar de Lobo, que era meu nome quando eu era totalmente uma entidade cósmica. Mas você também pode me chamar de Pai.
— Pai?
— Sim, todos os lobos e lobisomens são meus filhos, todos vieram de mim.
[...]

avatar
Mensagens : 1989
Pontos : 5723
Honra : 575
Data de inscrição : 10/03/2013
Idade : 17
Localização : Nippon, Namimori.
Sonhos Lúcidos :
50 / 99950 / 999
Sonhos Comuns :
300 / 999300 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos de Licantropo

em Seg Ago 04, 2014 6:02 pm
Licantropo escreveu:Aconteceu uma coisa esse fim de semana que é a segunda vez que acontece. Da primeira vez, a muito tempo atrás, eu havia sonhado com uma cidade abandonada cheia de areia, depois de muitos anos, descobri num blog uma cidade chamada Kolmanskop, que é abandonada, quando fui olhar fotos da cidade, era a mesma cidade  com a qual eu havia sonhado. Como se não bastasse isso, a uns 3 ou 4 anos atrás, sonhei com uma estrada, que tinha umas árvores na beira e depois das árvores, havia um vale cheio de plantas entre a estrada e um morro. Esse fim de semana, no caminho para Rio Bananal, não sei se foi na ES-245 ou na ES-360, havia um lugar que era a mesma coisa desse sonho. Como acontece isso de sonharmos com um lugar que existe sem nem ter noção da existência dele?

Isso nunca aconteceu comigo, mas eu acho que possa ter uma razão para isso.

É possível que tenha passado pelo mesmo lugar ou possa ter visto uma foto sobre o mesmo antes, mas não se lembra. De repente você sonhou com aquilo, mas apenas não se lembra de ter visto antes.
Mas claro, é só uma hipótese. Acabei de pensar nisso. xD
avatar
Mensagens : 382
Pontos : 2022
Honra : 169
Data de inscrição : 08/01/2014
Idade : 21
Localização : RJ
Sonhos Lúcidos :
11 / 99911 / 999
Sonhos Comuns :
179 / 999179 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos de Licantropo

em Seg Ago 04, 2014 6:07 pm
The Master escreveu:
Spoiler:
  Nuss Licantopro! perplexo Fico uns dias off e você escreve um livro? gargalhada Zueira, é sempre um prazer ler os seus relatos. certo

   Lendo esse sonho me fez perceber de como eu fui/sou bem bonzinho com a minha família. Não me lembro de ter ficado de castigo nenhuma vez. Humm.

Esse final de julho minha memória para sonhos ficou ótima, estava lembrando dos sonhos de toda noite (mês de julho superou todo o ano de 2013 no meu diário físico). Mas agosto começou ruim, já se passaram 3 noites e só tenho 1 sonho anotado.

Nossa, eu não fui aquela criança ou aquele adolescente que desse trabalho, mas até uma certa idade, eu já apanhei de mão, chinelo, cinto e vara de goiaba. E entre os 7 e os 12, que eu já compreendia melhor as coisas, eu fiquei muito de castigo kkkkkkkkkkk.

The Master escreveu:
Spoiler:
    Um gato amarelo? :shock?

"Tive visões do Batman fazendo o mesmo."

  Por algum motivo eu caí na gargalhada depois de ter lido isso. iori   Falando naquelas máquinas de ar quente, aquilo nunca funcionou pra mim. xD Não sei se eu fazia errado, sei lá, só não funcionava.


A primeira vez que eu vi uma máquina dessas, minha reação foi  1 , tive que me virar para aprender a usar.


[...]
— E como eu posso te chamar?
— Bom, você pode me chamar de Daniel, que era o meu nome quando eu era totalmente humano, pode também me chamar de Lobo, que era meu nome quando eu era totalmente uma entidade cósmica. Mas você também pode me chamar de Pai.
— Pai?
— Sim, todos os lobos e lobisomens são meus filhos, todos vieram de mim.
[...]

avatar
Mensagens : 382
Pontos : 2022
Honra : 169
Data de inscrição : 08/01/2014
Idade : 21
Localização : RJ
Sonhos Lúcidos :
11 / 99911 / 999
Sonhos Comuns :
179 / 999179 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos de Licantropo

em Seg Ago 04, 2014 6:14 pm
The Master escreveu:

  Isso nunca aconteceu comigo, mas eu acho que possa ter uma razão para isso.
 
  É possível que tenha passado pelo mesmo lugar ou possa ter visto uma foto sobre o mesmo antes, mas não se lembra. De repente você sonhou com aquilo, mas apenas não se lembra de ter visto antes.
    Mas claro, é só uma hipótese. Acabei de pensar nisso. xD  


Eu havia passado por esse lugar no dia 12 da julho desse ano, mas não tinha notado, só notei nesse fim de semana o lugar. Mas eu havia sonhado com esse lugar, uns 3 ou 4 anos antes de passar por ele, até porque a 3 ou 4 anos atrás, eu não imaginava que teria lugar para ir além de Colatina no ES. Já com Kolmanscop, eu sonhei numa época em que eu nem sabia o que era internet, e essa cidade fica na Namíbia.


[...]
— E como eu posso te chamar?
— Bom, você pode me chamar de Daniel, que era o meu nome quando eu era totalmente humano, pode também me chamar de Lobo, que era meu nome quando eu era totalmente uma entidade cósmica. Mas você também pode me chamar de Pai.
— Pai?
— Sim, todos os lobos e lobisomens são meus filhos, todos vieram de mim.
[...]

avatar
Mensagens : 1989
Pontos : 5723
Honra : 575
Data de inscrição : 10/03/2013
Idade : 17
Localização : Nippon, Namimori.
Sonhos Lúcidos :
50 / 99950 / 999
Sonhos Comuns :
300 / 999300 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos de Licantropo

em Seg Ago 04, 2014 6:26 pm
Licantropo escreveu:Esse final de julho minha memória para sonhos ficou ótima, estava lembrando dos sonhos de toda noite (mês de julho superou todo o ano de 2013 no meu diário físico). Mas agosto começou ruim, já se passaram 3 noites e só tenho 1 sonho anotado.

Nossa, eu não fui aquela criança ou aquele adolescente que desse trabalho, mas até uma certa idade, eu já apanhei de mão, chinelo, cinto e vara de goiaba. E entre os 7 e os 12, que eu já compreendia melhor as coisas, eu fiquei muito de castigo kkkkkkkkkkk.


 Sim sim, apanhar acho que todo mundo já apanhou. iori Chinelo era fod*. iori Principalmente a minha mãe, que quebrava as leis da física para me acertar.

 Eu podia dar mortal pra trás, correr em círculos que magicamente o chinelo me seguia.

 Parabéns pela recordação dos seus sonhos, Licantopro! viva

Licantopro escreveu:A primeira vez que eu vi uma máquina dessas, minha reação foi  1 , tive que me virar para aprender a usar.

  Pior é que uma vez eu fiquei impressionado por ver um sabonete líquido em um bar. Eu pensei: Isso existe??  43
avatar
Mensagens : 382
Pontos : 2022
Honra : 169
Data de inscrição : 08/01/2014
Idade : 21
Localização : RJ
Sonhos Lúcidos :
11 / 99911 / 999
Sonhos Comuns :
179 / 999179 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos de Licantropo

em Seg Ago 04, 2014 6:54 pm
Se eu vejo sabonete líquido em bar, eu começo uma sequência de RCs.


[...]
— E como eu posso te chamar?
— Bom, você pode me chamar de Daniel, que era o meu nome quando eu era totalmente humano, pode também me chamar de Lobo, que era meu nome quando eu era totalmente uma entidade cósmica. Mas você também pode me chamar de Pai.
— Pai?
— Sim, todos os lobos e lobisomens são meus filhos, todos vieram de mim.
[...]

avatar
Mensagens : 1989
Pontos : 5723
Honra : 575
Data de inscrição : 10/03/2013
Idade : 17
Localização : Nippon, Namimori.
Sonhos Lúcidos :
50 / 99950 / 999
Sonhos Comuns :
300 / 999300 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos de Licantropo

em Ter Ago 05, 2014 2:52 pm
Licantropo escreveu:Eu havia passado por esse lugar no dia 12 da julho desse ano, mas não tinha notado, só notei nesse fim de semana o lugar. Mas eu havia sonhado com esse lugar, uns 3 ou 4 anos antes de passar por ele, até porque a 3 ou 4 anos atrás, eu não imaginava que teria lugar para ir além de Colatina no ES. Já com Kolmanscop, eu sonhei numa época em que eu nem sabia o que era internet, e essa cidade fica na Namíbia.

Eu realmente não tenho a menor ideia. Então, eu diria que você é vidente. O_o

Queria que essas coisas acontecem comigo. 13

Licantropo escreveu:Se eu vejo sabonete líquido em bar, eu começo uma sequência de RCs.

É muito incomum isso? iori
avatar
Mensagens : 382
Pontos : 2022
Honra : 169
Data de inscrição : 08/01/2014
Idade : 21
Localização : RJ
Sonhos Lúcidos :
11 / 99911 / 999
Sonhos Comuns :
179 / 999179 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos de Licantropo

em Ter Ago 05, 2014 6:20 pm
Bom, bares onde eu moro, no RJ, são meio decadentes para gastarem dinheiro com sabonete líquido.


[...]
— E como eu posso te chamar?
— Bom, você pode me chamar de Daniel, que era o meu nome quando eu era totalmente humano, pode também me chamar de Lobo, que era meu nome quando eu era totalmente uma entidade cósmica. Mas você também pode me chamar de Pai.
— Pai?
— Sim, todos os lobos e lobisomens são meus filhos, todos vieram de mim.
[...]

avatar
Mensagens : 2531
Pontos : 5724
Honra : 1044
Data de inscrição : 12/06/2013
Localização : Bahia
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos de Licantropo

em Ter Ago 05, 2014 8:29 pm
Licantropo:
Aconteceu uma coisa esse fim de semana que é a segunda vez que acontece. Da primeira vez, a muito tempo atrás, eu havia sonhado com uma cidade abandonada cheia de areia, depois de muitos anos, descobri num blog uma cidade chamada Kolmanskop, que é abandonada, quando fui olhar fotos da cidade, era a mesma cidade  com a qual eu havia sonhado. Como se não bastasse isso, a uns 3 ou 4 anos atrás, sonhei com uma estrada, que tinha umas árvores na beira e depois das árvores, havia um vale cheio de plantas entre a estrada e um morro. Esse fim de semana, no caminho para Rio Bananal, não sei se foi na ES-245 ou na ES-360, havia um lugar que era a mesma coisa desse sonho. Como acontece isso de sonharmos com um lugar que existe sem nem ter noção da existência dele?
É curioso isso. É raro, mais pode ser um tipo de premonição.

E o engraçado é que, uns tempos atrás eu estava vendo fotos de cidades fantasmas e lugares assombrados. E vi algumas fotos dessa cidade que foi engolida pela a areia. Curioso isso. perplexo
avatar
Mensagens : 382
Pontos : 2022
Honra : 169
Data de inscrição : 08/01/2014
Idade : 21
Localização : RJ
Sonhos Lúcidos :
11 / 99911 / 999
Sonhos Comuns :
179 / 999179 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos de Licantropo

em Sab Ago 09, 2014 11:31 am
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
Devo ser um para-raio de coisas esquisitas hahahahahaahahahahahaha

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------

60º Dia

09/08/2014 01:30 a 09:36

LAST TO KNOW

Eu estava na minha igreja perto da sacristia, e eu sabia que ia ter um Meet and Greet do Volbeat, aí eu vi o Michael Poulsen saindo da sacristia. Tentei falar com ele, pedir pra tirar uma foto junto com ele e fiquei seguindo-o dentro da igreja. Mas o cara que eu estava seguindo não era o Michael Poulsen. Aí eu fui pro pátio da igreja e perguntei ao Paulinho:
— O que teve aqui hoje?
O Paulinho respondeu:
— Um show grátis do Volbeat.
Eu fiquei mordido de raiva por ter perdido o show e fiquei pensando "Merda! Uma das minhas bandas favoritas faz um show 0800 na minha igreja e eu não soube de nada." Aí eu perguntei de novo:
— Mas você sabe onde eles estão?
— Já meteram o pé. — O Paulinho respondeu.
Um sentimento muito forte de frustração se apossou de mim, tanto que eu acordei ainda me sentindo frustrado.

Esse é o Volbeat. Michael Poulsen é o vocalista.


-

ALZHEIMER

Em outro sonho, eu estava no banheiro de um ônibus voltando para o RJ, e vi um rapaz andando de um jeito robótico e para trás na rua. Aí eu subi uma escada e abri o teto do banheiro para ver o rapaz, mas não o vi. Então eu estava na poltrona do ônibus e vi que era da classe "Executivo", pois não tinha o apoio para os pés. Do nada eu pensei "Caramba, não lembro de ter arrumado a mala!" Aí eu acordei.

-

SUBCONSCIENTE NUDISTA E ALZHEIMER PARTE 2

Eu estava na cozinha da tia Rô, e pelado. Eu estava pegando um prato para tirar comida, aí a tia Sandra chegou na porta e pediu para eu pegar batata frita para ela, mas eu disse que não podia pois estava pelado. Então ela disse:
— Você tá tão diferente desde a última vez que te vi pelado.
Eu olhei para a batata frita, que parecia aipim frito, e um lapso de tempo se passou. Eu já tinha comido e queria repetir o prato, a tia Rô havia fritado mais batata (ou aipim) e a tia Sandra pediu ao tio Valdecir para pegar duas batatas para ela (a batata estava cortada na forma de cubo). Aí eu olhei para o prato de batata frita e perguntei:
— Mais alguém aí vai querer batata?
Como ninguém respondeu, fiquei com as batatas para mim e fui tirar outro prato de comida. Eu ia pegar o prato em que eu havia comido antes, mas peguei um pote de inox, mas nem notei na hora. Fui tirar  comida e disse:
— Nossa, que saudade de comer feijão preto.
Mas não vi panela de feijão, então fui tirar arroz, e vi que tinha feijoada embaixo do arroz. Notei que estava com o pote de inox na mão, e todo mundo riu, inclusive eu, e eu disse:
— Isso é sono, também, pegar 10 horas de viagem e depois trâns...
Aí eu comecei a pensar "Mas espera um pouco, não me lembro do meu pai me buscando na rodoviária e nem das 10 horas de viagem." Mas acordei.


Última edição por Licantropo em Ter Dez 16, 2014 1:26 am, editado 2 vez(es)


[...]
— E como eu posso te chamar?
— Bom, você pode me chamar de Daniel, que era o meu nome quando eu era totalmente humano, pode também me chamar de Lobo, que era meu nome quando eu era totalmente uma entidade cósmica. Mas você também pode me chamar de Pai.
— Pai?
— Sim, todos os lobos e lobisomens são meus filhos, todos vieram de mim.
[...]

avatar
Mensagens : 2531
Pontos : 5724
Honra : 1044
Data de inscrição : 12/06/2013
Localização : Bahia
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos de Licantropo

em Sab Ago 09, 2014 9:06 pm
Licantropo escreveu:Devo ser um para-raio de coisas esquisitas hahahahahaahahahahahaha
Kkkkkkkkkkk As vezes acontece isso comigo também. gargalhada 

Licantropo escreveu:
09/08/2014 01:30 a 09:36

LAST TO KNOW

Eu estava na minha igreja perto da sacristia, e eu sabia que ia ter um Meet and Greet do Volbeat, aí eu vi o Michael Poulsen saindo da sacristia. Tentei falar com ele, pedir pra tirar uma foto junto com ele e fiquei seguindo-o dentro da igreja. Mas o cara que eu estava seguindo não era o Michael Poulsen. Aí eu fui pro pátio da igreja e perguntei ao Paulinho:
— O que teve aqui hoje?
O Paulinho respondeu:
— Um show grátis do Volbeat.
Eu fiquei mordido de raiva por ter perdido o show e fiquei pensando "Merda! Uma das minhas bandas favoritas faz um show 0800 na minha igreja e eu não soube de nada." Aí eu perguntei de novo:
— Mas você sabe onde eles estão?
— Já meteram o pé. — O Paulinho respondeu.
Um sentimento muito forte de frustração se apossou de mim, tanto que eu acordei ainda me sentindo frustrado.

Esse é o Volbeat. Michael Poulsen é o vocalista.


-
Você viu o Poulsen na sua frente e pensou que não era ele.kkkkk

Agora, é fod@ perder um show 0800 de uma banda famosa. No Rio de Janeiro teve o show dos Rolling Stones de graça na praia, uns anos atrás. Mas, eu não fui por que não tinha dinheiro para viajar pro Rio. Crying or Very sad 

E agora, show dos Rolling Stones, só se for sonhando mesmo.  gargalhada 

Licantropo escreveu:
ALZHEIMER

Em outro sonho, eu estava no banheiro de um ônibus voltando para o RJ, e vi um rapaz andando de um jeito robótico e para trás na rua. Aí eu subi uma escada e abri o teto do banheiro para ver o rapaz, mas não o vi. Então eu estava na poltrona do ônibus e vi que era da classe "Executivo", pois não tinha o apoio para os pés. Do nada eu pensei "Caramba, não lembro de ter arrumado a mala!" Aí eu acordei.
Dizem que sonhar com viagem deve ser anúncio de alguma mudança que vai acontecer, está acontecendo ou já aconteceu. E você viu uma pessoa andando pra trás... perplexo 

Pode significar que você vai voltar pra algum lugar de origem ou voltar a reviver alguma experiência já vivida.

Espero que essa mudança seja pra alguma coisa boa. certo 

Licantropo escreveu:
SUBCONSCIENTE NUDISTA E ALZHEIMER PARTE 2

Eu estava na cozinha da tia Rô, e pelado. Eu estava pegando um prato para tirar comida, aí a tia Sandra chegou na porta e pediu para eu pegar batata frita para ela, mas eu disse que não podia pois estava pelado. Então ela disse:
— Você tá tão diferente desde a última vez que te vi pelado.
Eu olhei para a batata frita, que parecia aipim frito, e um lapso de tempo se passou. Eu já tinha comido e queria repetir o prato, a tia Rô havia fritado mais batata (ou aipim) e a tia Sandra pediu ao tio Valdecir para pegar duas batatas para ela (a batata estava cortada na forma de cubo). Aí eu olhei para o prato de batata frita e perguntei:
— Mais alguém aí vai querer batata?
Como ninguém respondeu, fiquei com as batatas para mim e fui tirar outro prato de comida. Eu ia pegar o prato em que eu havia comido antes, mas peguei um pote de inox, mas nem notei na hora. Fui tirar  comida e disse:
— Nossa, que saudade de comer feijão preto.
Mas não vi panela de feijão, então fui tirar arroz, e vi que tinha feijoada embaixo do arroz. Notei que estava com o pote de inox na mão, e todo mundo riu, inclusive eu, e eu disse:
— Isso é sono, também, pegar 10 horas de viagem e depois trâns...
Aí eu comecei a pensar "Mas espera um pouco, não me lembro do meu pai me buscando na rodoviária e nem das 10 horas de viagem." Mas acordei.[/quote]
O que eu acho mais engraçado é que você está completamente nu no sonho e age como se fosse a coisa mais natural do mundo.kkkkkk
Mensagens : 1017
Pontos : 3497
Honra : 749
Data de inscrição : 06/08/2013
Idade : 28
Localização : São Paulo/Santo André
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos de Licantropo

em Dom Ago 10, 2014 12:36 pm
AHUSHUhsuahsuh o ultimo relatório pelado e comendo batatas fritas foi uma brisa onírica certamente, muito bom Licantropo sua recordação está cada vez melhor e seus relatórios muito engraçados heh. piscar
avatar
Mensagens : 382
Pontos : 2022
Honra : 169
Data de inscrição : 08/01/2014
Idade : 21
Localização : RJ
Sonhos Lúcidos :
11 / 99911 / 999
Sonhos Comuns :
179 / 999179 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos de Licantropo

em Dom Ago 10, 2014 1:03 pm
Reputação da mensagem: 100% (2 votos)
Ramon escreveu:
Dizem que sonhar com viagem deve ser anúncio de alguma mudança que vai acontecer, está acontecendo ou já aconteceu. E você viu uma pessoa andando pra trás... perplexo

Pode significar que você vai voltar pra algum lugar de origem ou voltar a reviver alguma experiência já vivida.

Espero que essa mudança seja pra alguma coisa boa.

Na realidade, eu estava em Colatina, aquela era a minha última madrugada lá, pois na madrugada seguinte eu já estaria na estrada. A madrugada seguinte foi a madrugada de hoje, que passei dentro de um ônibus (numa classe acima do "Executivo") voltando para o RJ, onde eu moro. Desde criança, eu tenho sonhos recorrentes com viagem de ônibus, aí aproveitei essa madrugada para fazer uns testes de realidade pra deixar condicionado. Mas essa madrugada foram 11 horas e meia de ônibus.

Reizen Endler escreveu:
AHUSHUhsuahsuh o ultimo relatório pelado e comendo batatas fritas foi uma brisa onírica certamente, muito bom Licantropo sua recordação está cada vez melhor e seus relatórios muito engraçados heh.

Era bem comum eu ter esses sonhos brisados até ano passado, mas aí eu passei por uma seca de sonhos brisados, mas do nada voltou. Sem falar que eu amo ter esses sonhos malucos. Teve um sonho meu desse tipo mesmo, em que havia uma escada que dava acesso para a marquise do meu portão, mas escada virou uma cobra, mas que não era uma cobra, era a minha prima pintada de cobra e apertando minha bunda.


[...]
— E como eu posso te chamar?
— Bom, você pode me chamar de Daniel, que era o meu nome quando eu era totalmente humano, pode também me chamar de Lobo, que era meu nome quando eu era totalmente uma entidade cósmica. Mas você também pode me chamar de Pai.
— Pai?
— Sim, todos os lobos e lobisomens são meus filhos, todos vieram de mim.
[...]

avatar
Mensagens : 382
Pontos : 2022
Honra : 169
Data de inscrição : 08/01/2014
Idade : 21
Localização : RJ
Sonhos Lúcidos :
11 / 99911 / 999
Sonhos Comuns :
179 / 999179 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos de Licantropo

em Seg Ago 11, 2014 11:27 am
Reputação da mensagem: 100% (2 votos)
61º Dia

11/08/2014 01:30 a 10:05

Só lembro de estar dentro de uma livraria e Arcadia (a cidade recorrente), e eu estava procurando o livro "Os Três - Sarah Lotz". Aí uma funcionária (que era muito parecida com uma que me atendeu numa livraria em Colatina) me ofereceu ajuda e pegou o livro dentro de uma caixa onde estava escrito "Promoção, livros até R$ 5,00" e o livro que eu queria, "Os Três", estava custando, R$ 2,85.

-

Em algum sonho dessa madrugada, lembro-me de abrir a tampa da privada do meu banheiro, e em vez de água, vi que a privada estava cheia de catarro.


Última edição por Licantropo em Ter Dez 16, 2014 1:29 am, editado 4 vez(es)


[...]
— E como eu posso te chamar?
— Bom, você pode me chamar de Daniel, que era o meu nome quando eu era totalmente humano, pode também me chamar de Lobo, que era meu nome quando eu era totalmente uma entidade cósmica. Mas você também pode me chamar de Pai.
— Pai?
— Sim, todos os lobos e lobisomens são meus filhos, todos vieram de mim.
[...]

avatar
Mensagens : 2531
Pontos : 5724
Honra : 1044
Data de inscrição : 12/06/2013
Localização : Bahia
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos de Licantropo

em Seg Ago 11, 2014 11:46 pm
Licantropo escreveu:
Na realidade, eu estava em Colatina, aquela era a minha última madrugada lá, pois na madrugada seguinte eu já estaria na estrada. A madrugada seguinte foi a madrugada de hoje, que passei dentro de um ônibus (numa classe acima do "Executivo") voltando para o RJ, onde eu moro. Desde criança, eu tenho sonhos recorrentes com viagem de ônibus, aí aproveitei essa madrugada para fazer uns testes de realidade pra deixar condicionado. Mas essa madrugada foram 11 horas e meia de ônibus.
É raro eu sonhar com ônibus. Mas, é porque tem tempo que não viajo de ônibus. Uns 2 meses mais ou menos, que eu não ando de ônibus.

Licantropo escreveu:

Licantropo escreveu:11/08/2014 01:30 a 10:05

Só lembro de estar dentro de uma livraria e Arcadia (a cidade recorrente), e eu estava procurando o livro "Os Três - Sarah Lotz". Aí uma funcionária (que era muito parecida com uma que me atendeu numa livraria em Colatina) me ofereceu ajuda e pegou o livro dentro de uma caixa onde estava escrito "Promoção, livros até R$ 5,00" e o livro que eu queria, "Os Três", estava custando, R$ 2,85.

-

Em algum sonho dessa madrugada, lembro-me de abrir a tampa da privada do meu banheiro, e em vez de água, vi que a privada estava cheia de catarro.
Esses livros parecem super interessantes. Eu vi uma resenha desses livros na internet e fiquei interessado em ler.certo
avatar
Mensagens : 382
Pontos : 2022
Honra : 169
Data de inscrição : 08/01/2014
Idade : 21
Localização : RJ
Sonhos Lúcidos :
11 / 99911 / 999
Sonhos Comuns :
179 / 999179 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos de Licantropo

em Ter Ago 12, 2014 1:19 am
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
Já eu, havia 1 ano e meio que eu não viajava de ônibus.. E serinho, acho que eu fiquei tão fixado na procura desse livro, que eu acabei sonhando com ele.


[...]
— E como eu posso te chamar?
— Bom, você pode me chamar de Daniel, que era o meu nome quando eu era totalmente humano, pode também me chamar de Lobo, que era meu nome quando eu era totalmente uma entidade cósmica. Mas você também pode me chamar de Pai.
— Pai?
— Sim, todos os lobos e lobisomens são meus filhos, todos vieram de mim.
[...]

avatar
Mensagens : 1989
Pontos : 5723
Honra : 575
Data de inscrição : 10/03/2013
Idade : 17
Localização : Nippon, Namimori.
Sonhos Lúcidos :
50 / 99950 / 999
Sonhos Comuns :
300 / 999300 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos de Licantropo

em Ter Ago 12, 2014 1:06 pm
Licantropo escreveu:
11/08/2014:
11/08/2014 01:30 a 10:05

Só lembro de estar dentro de uma livraria e Arcadia (a cidade recorrente), e eu estava procurando o livro "Os Três - Sarah Lotz". Aí uma funcionária (que era muito parecida com uma que me atendeu numa livraria em Colatina) me ofereceu ajuda e pegou o livro dentro de uma caixa onde estava escrito "Promoção, livros até R$ 5,00" e o livro que eu queria, "Os Três", estava custando, R$ 2,85.

-

Em algum sonho dessa madrugada, lembro-me de abrir a tampa da privada do meu banheiro, e em vez de água, vi que a privada estava cheia de catarro.

Nuss, um livro por 2,85? Esse livro é sobre oque? Sei que vai parecer estranho oque eu vou falar, mas vim pensando em comprar um livro sobre a Teoria da Relatividade de Enstein. gargalhada Um livro sobre o Feudalismo, época medieval e um livro na época Romana.

Jesus, que horror. O_o Catarro tipo aquele que saí quando espirra? O_O
avatar
Mensagens : 382
Pontos : 2022
Honra : 169
Data de inscrição : 08/01/2014
Idade : 21
Localização : RJ
Sonhos Lúcidos :
11 / 99911 / 999
Sonhos Comuns :
179 / 999179 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos de Licantropo

em Qua Ago 13, 2014 9:47 pm
Master escreveu:
Nuss, um livro por 2,85? Esse livro é sobre oque? Sei que vai parecer estranho oque eu vou falar, mas vim pensando em comprar um livro sobre a Teoria da Relatividade de Enstein. gargalhada Um livro sobre o Feudalismo, época medieval e um livro na época Romana.


Master, aqui está a sinopse do livro
Os Três - Sarah Lotz (Sinopse):
Quinta-Feira Negra. O dia que nunca será esquecido. O dia em que quatro aviões caem, quase no mesmo instante, em quatro pontos diferentes do mundo. Há apenas quatro sobreviventes. Três são crianças. Elas emergem dos destroços aparentemente ilesas, mas sofreram uma transformação. A quarta pessoa é Pamela May Donald, que só vive tempo suficiente para deixar um alerta em seu celular: Eles estão aqui. O menino. O menino, vigiem o menino, vigiem as pessoas mortas, ah, meu Deus, elas são tantas... Estão vindo me pegar agora. Vamos todos embora logo. Todos nós. Pastor Len, avise a eles que o menino, não é para ele... Essa mensagem irá mudar completamente o mundo.

Master escreveu:
Jesus, que horror. O_o Catarro tipo aquele que saí quando espirra? O_O

Sim, daqueles transparentes bem nojentos mesmo.


[...]
— E como eu posso te chamar?
— Bom, você pode me chamar de Daniel, que era o meu nome quando eu era totalmente humano, pode também me chamar de Lobo, que era meu nome quando eu era totalmente uma entidade cósmica. Mas você também pode me chamar de Pai.
— Pai?
— Sim, todos os lobos e lobisomens são meus filhos, todos vieram de mim.
[...]

avatar
Mensagens : 382
Pontos : 2022
Honra : 169
Data de inscrição : 08/01/2014
Idade : 21
Localização : RJ
Sonhos Lúcidos :
11 / 99911 / 999
Sonhos Comuns :
179 / 999179 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos de Licantropo

em Qua Ago 13, 2014 9:50 pm
Reputação da mensagem: 100% (2 votos)
62º Dia

12/08/2014 10:00 a 10:01

Dei uma piscada de olho ao acordar e me vi consertando uma bicicleta para uma criança, que do nada se transformou no alien do tipo Grey. Esse alien queria muito que eu fosse com ele para algum lugar que eu não lembro, pois eles agarrou minha mão direita e foi me puxando enquanto andava.


Última edição por Licantropo em Ter Dez 16, 2014 1:30 am, editado 1 vez(es)


[...]
— E como eu posso te chamar?
— Bom, você pode me chamar de Daniel, que era o meu nome quando eu era totalmente humano, pode também me chamar de Lobo, que era meu nome quando eu era totalmente uma entidade cósmica. Mas você também pode me chamar de Pai.
— Pai?
— Sim, todos os lobos e lobisomens são meus filhos, todos vieram de mim.
[...]

avatar
Mensagens : 2531
Pontos : 5724
Honra : 1044
Data de inscrição : 12/06/2013
Localização : Bahia
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos de Licantropo

em Qua Ago 13, 2014 10:05 pm
Licantropo escreveu:
Licantropo escreveu:12/08/2014 10:00 a 10:01

Dei uma piscada de olho ao acordar e me vi consertando uma bicicleta para uma criança, que do nada se transformou no alien do tipo Grey. Esse alien queria muito que eu fosse com ele para algum lugar que eu não lembro, pois eles agarrou minha mão direita e foi me puxando enquanto andava.
Sonho curtinho, mais intrigante. Esse alien queria te levar pra onde mesmo? gargalhada
Conteúdo patrocinado

Re: Diário dos Sonhos de Licantropo

Ver o tópico anteriorVoltar ao TopoVer o tópico seguinte
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum