Conectar-se
Os membros mais ativos do mês
1 Mensagem - 50%
1 Mensagem - 50%
Votação
Qual a técnica que você utiliza para ficar lúcido?
Teste de Realidade
45% / 15
Totem
15% / 5
Incubação
12% / 4
Gatilho
6% / 2
Gravador de Voz ou Sons Binaurais
6% / 2
Outros
15% / 5
Parceiros
 sonhos=
 sonhos=
 animes=

Compartilhe
Ver o tópico anteriorIr em baixoVer o tópico seguinte
Mensagens : 1017
Pontos : 3448
Honra : 749
Data de inscrição : 06/08/2013
Idade : 27
Localização : São Paulo/Santo André
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos de Junin

em Sex Nov 22, 2013 2:44 am
Relato interessantíssimo Junin, gostei principalmente da transformação em anjo, fiquei imaginando como deve ter sido, estilo desenho animado aquela aureola ligada a cabeça ou super realista, brilhante e ofuscante flutuando sobre a cabeça da jovem certo
avatar
Mensagens : 230
Pontos : 1849
Honra : 138
Data de inscrição : 20/09/2013
Idade : 23
Localização : São Sebastião
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos de Junin

em Sex Nov 22, 2013 11:56 am
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
As vezes as paisagens nos sonhos são espetáculares. São surpreendentes.

Agora a história do boquete foi hilária.gargalhada

Coitada da sua colega. Mas, que foi engraçado foi.kkkkkkkk
Realmente foi algo incrivel,Ramon. Essa parte foi tão intensa e vivida que não saiu da minha cabeça ainda,me arrepio todo só de lembrar do barulho do trovão!

Relato interessantíssimo Junin, gostei principalmente da transformação em anjo, fiquei imaginando como deve ter sido, estilo desenho animado aquela aureola ligada a cabeça ou super realista, brilhante e ofuscante flutuando sobre a cabeça da jovem
Essa parte foi bem estranha Reizen,porque foi como se a imagem da camisa se misturasse com a dela,dai ficava meio que alternando,sei la! E a aureola não era só uma ''imagem'' um ''holograma'', tanto que o cara ainda segurou ela! enfim,foi bem estranho,mesmo!



Só se vive bem ao ar livre e a luz do Sol. Tudo aquilo a que tiram a liberdade,perde a identidade e logo morre.
avatar
Mensagens : 667
Pontos : 3276
Honra : 235
Data de inscrição : 25/02/2013
Idade : 18
Localização : Não sei, pergunta para o Zoro :V
Sonhos Lúcidos :
13 / 99913 / 999
Sonhos Comuns :
26 / 99926 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos de Junin

em Sex Nov 22, 2013 1:10 pm
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Imagino você fazendo os gestos XD




avatar
Mensagens : 297
Pontos : 1898
Honra : 90
Data de inscrição : 03/10/2013
Idade : 21
Localização : pernambuco
Sonhos Lúcidos :
26 / 99926 / 999
Sonhos Comuns :
29 / 99929 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos de Junin

em Sex Nov 22, 2013 1:19 pm
kkkkkkkkkkkkk rachei nessa parte, na vdd nem li todo ando sem tempo P.P


NÃO É ILUSÃO SIM EU VOLTEI O LORDES DAS TREVAS HAHAHAHAHA. #lol#
avatar
Mensagens : 1188
Pontos : 4001
Honra : 670
Data de inscrição : 25/03/2013
Idade : 23
Localização : Morretes/ PR
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuáriohttp://naturezaevolutiva.blogspot.com.br/

Re: Diário dos Sonhos de Junin

em Sab Nov 23, 2013 1:12 pm
Sinto pela demora, entrei só hoje no fórum. Interessante a camiseta com estampa de relógio enigmático e sua folha. Curtes pragmatismo? Eu disse e repito Ailton, esses teus sonhos são pura arte é sério. Sei lá eu ainda acho que pode ter um santo artista em sua cabeça. kkk Coitada mesmo da menina, mas isso deixou um mistério no ar. O que queriam com a santa? Seria ela uma entidade que os humanos não deveriam perceber?

Abraços.
avatar
Mensagens : 230
Pontos : 1849
Honra : 138
Data de inscrição : 20/09/2013
Idade : 23
Localização : São Sebastião
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos de Junin

em Sab Nov 23, 2013 7:55 pm
EmersonPawoski escreveu:Sinto pela demora, entrei só hoje no fórum. Interessante a camiseta com estampa de relógio enigmático e sua folha. Curtes pragmatismo? Eu disse e repito Ailton, esses teus sonhos são pura arte é sério. Sei lá eu ainda acho que pode ter um santo artista em sua cabeça. kkk Coitada mesmo da menina, mas isso deixou um mistério no ar. O que queriam com a santa? Seria ela uma entidade que os humanos não deveriam perceber?

Abraços.
Cara,essa camisa me chamou muita atenção até mesmo durante o sonho! Lembro de ter ficado analisando-a,a quelas figuras e os simbolos estranhos que tinha... Sei la,pensando aqui agora... o poema em ingles que o professor leu,a folha com a palavra pragmática e essa camisa toda cheia de simbolismo,é como se tivesse tudo conectado e meu subconsciente estivesse tentando esfregar alguma coisa na minha cara mas eu não consigo perceber!

Quanto ao pragmatismo,eu sequer sabia do que se tratava antes do sonho! Achei mto estranho isso.


Só se vive bem ao ar livre e a luz do Sol. Tudo aquilo a que tiram a liberdade,perde a identidade e logo morre.
avatar
Mensagens : 230
Pontos : 1849
Honra : 138
Data de inscrição : 20/09/2013
Idade : 23
Localização : São Sebastião
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos de Junin

em Ter Nov 26, 2013 11:24 am
Reputação da mensagem: 100% (2 votos)
Sonho do dia 26 de novembro



Não me lembro como vim parar nessa situação, mas em determinado momento do sonho estou no tanque de lavar roupas lavando a minha mão, que estava suja de um liquido gorduroso,preto e muito fedido (algo parecido com lama de esgoto misturado com óleo queimado e bem velho!). Então minha cachorra aparece e se aproxima de mim - Ela esta coberta do liquido preto e fedendo muito! Ela continua chegando perto,e eu com receio de que ela pule em cima de mim,a choto para longe!

Depois disso continuo a lavar as minhas mãos,até que a cachorra aparece novamente,só que agora menos suja do que antes! inda assim a choto novamente, e volto a lavar as mãos. Essa cena ocorre mais algumas vezes: A cachorra volta,cada vez menos suja,eu choto ela e continuo a lavar as mãos e então ela volta novamente,e mais uma vez é chotada e assim sucessivamente. Até o momento em que ela chega completamente limpa - que inclusive, é quando termino de limpar  as minhas mãos

---



Só lembro de alguns pequenos fragmentos deste sonho

Estou andando por algum pais la por perto da Russia (não me lembro qual). O cenário se parece muito com os do Medalha de Honra/Call of Duty e outros jogos do gênero.
Subo um morro,e no topo desse morro tem uma base/ponto de observação do exercito daquele pais. Chegando la,encontro dois brasileiros que estavam servindo aquele pais,e então converso um pouco com eles enquanto observo a grande floresta de pinheiros e bambuzal que estava abaixo de nós.

---

Estou dentro da floresta que apouco eu observara. Não sei como,mas estou pendurado de cabeça para baixo no alto  de um pinheiro,o interessante é que eu não via coisa nenhuma amarrada a mim,era como se eu estivesse flutuando.

---

Agora estou em uma rua de terra com alguns garotos. Eu pego uma garrafa de 2l de coca-cola e a prendo por entre as pernas,nas minhas mãos seguro duas latinhas,também de coca.  Eu então inclino meu corpo para frente, e (não sei como), mas aparentemente o refrigerante me faz voar,só sei que tinha a ver com o gás que tinha nelas. Brinco um pouco com aquilo,depois o gás acaba e eu pouso.

---

Estou novamente junto aos soldados brasileiros,só que agora eu tinha ao meu lado o Rodrigo Faro. Ele comenta sobre terem pago uns 30mil R$ para ele ir ali fazer não sei oque.

---

Mais uma vez me encontro na floresta. Por entre os pinheiros haviam uns bambus enormes que iam até o topo das arvores. Quem estava la em cima agora era o Rodrigo Faro. Aparentemente  a equipe de TV dele estava em um helicoptero o filmando. Eu sem querer esbarro em uns bambus e derrubo tudo e acabo estragando o serviço dos caras. Eles ficam furiosos e eu saio correndo!

---

Agora estou do lado de um muro,ainda correndo dos caras que estavam furiosos. O Edir Macedo e uma multidão de fiéis estavam do outro lado do muro - cheios de odio, me atiravam garrafas e copos de vidro, por ter estragado o negocio. Porém eu não estava sozinho do outro lado do muro,havia muita gente,principalmente crianças ali no meio. Eu subo no muro e grito: ''Pelo amor de Deus,tem criança aqui desse lado!!!"  mas sem efeito efeito. Eu consigo ver o rosto do Edir e de seus seguidores, mas a fúria ali presente era implacável,e mesmo com o meu apelo,não deram trégua: dezenas de garrafas e copos de vidros eram lançados simultaneamente em cima de nós,junto com xingamentos e palavras de ódio. Eu vou caminhando por cima do muro e chegando no final pulo do lado dos caras,  continuo suplicando que parem. Eles não dão a minima.


Última edição por Junin em Ter Nov 26, 2013 9:22 pm, editado 3 vez(es)


Só se vive bem ao ar livre e a luz do Sol. Tudo aquilo a que tiram a liberdade,perde a identidade e logo morre.
avatar
Mensagens : 848
Pontos : 3024
Honra : 347
Data de inscrição : 25/02/2013
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos de Junin

em Ter Nov 26, 2013 12:10 pm
Caramba, isso as vezes acontece comigo também, de uma cena ficar se repetindo varias vezes, só mudando um detalhe ou dois. Quando tempo vc ficou em loop?


Wyrd bið ful aræd
avatar
Mensagens : 230
Pontos : 1849
Honra : 138
Data de inscrição : 20/09/2013
Idade : 23
Localização : São Sebastião
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos de Junin

em Ter Nov 26, 2013 2:31 pm
Vix cara,nem me lembro direito. Mas devo ter chotado a cachorra umas 3~5 vezes...


Só se vive bem ao ar livre e a luz do Sol. Tudo aquilo a que tiram a liberdade,perde a identidade e logo morre.
avatar
Mensagens : 2531
Pontos : 5675
Honra : 1044
Data de inscrição : 12/06/2013
Localização : Bahia
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos de Junin

em Qua Nov 27, 2013 2:32 am
Junin:

Junin escreveu:Sonho do dia 26 de novembro



Não me lembro como vim parar nessa situação, mas em determinado momento do sonho estou no tanque de lavar roupas lavando a minha mão, que estava suja de um liquido gorduroso,preto e muito fedido (algo parecido com lama de esgoto misturado com óleo queimado e bem velho!). Então minha cachorra aparece e se aproxima de mim - Ela esta coberta do liquido preto e fedendo muito! Ela continua chegando perto,e eu com receio de que ela pule em cima de mim,a choto para longe!

Depois disso continuo a lavar as minhas mãos,até que a cachorra aparece novamente,só que agora menos suja do que antes! inda assim a choto novamente, e volto a lavar as mãos. Essa cena ocorre mais algumas vezes: A cachorra volta,cada vez menos suja,eu choto ela e continuo a lavar as mãos e então ela volta novamente,e mais uma vez é chotada e assim sucessivamente. Até o momento em que ela chega completamente limpa - que inclusive, é quando termino de limpar  as minhas mãos

---



Só lembro de alguns pequenos fragmentos deste sonho

Estou andando por algum pais la por perto da Russia (não me lembro qual). O cenário se parece muito com os do Medalha de Honra/Call of Duty e outros jogos do gênero.
Subo um morro,e no topo desse morro tem uma base/ponto de observação do exercito daquele pais. Chegando la,encontro dois brasileiros que estavam servindo aquele pais,e então converso um pouco com eles enquanto observo a grande floresta de pinheiros e bambuzal que estava abaixo de nós.

---

Estou dentro da floresta que apouco eu observara. Não sei como,mas estou pendurado de cabeça para baixo no alto  de um pinheiro,o interessante é que eu não via coisa nenhuma amarrada a mim,era como se eu estivesse flutuando.

---

Agora estou em uma rua de terra com alguns garotos. Eu pego uma garrafa de 2l de coca-cola e a prendo por entre as pernas,nas minhas mãos seguro duas latinhas,também de coca.  Eu então inclino meu corpo para frente, e (não sei como), mas aparentemente o refrigerante me faz voar,só sei que tinha a ver com o gás que tinha nelas. Brinco um pouco com aquilo,depois o gás acaba e eu pouso.

---

Estou novamente junto aos soldados brasileiros,só que agora eu tinha ao meu lado o Rodrigo Faro. Ele comenta sobre terem pago uns 30mil R$ para ele ir ali fazer não sei oque.

---

Mais uma vez me encontro na floresta. Por entre os pinheiros haviam uns bambus enormes que iam até o topo das arvores. Quem estava la em cima agora era o Rodrigo Faro. Aparentemente  a equipe de TV dele estava em um helicoptero o filmando. Eu sem querer esbarro em uns bambus e derrubo tudo e acabo estragando o serviço dos caras. Eles ficam furiosos e eu saio correndo!

---

Agora estou do lado de um muro,ainda correndo dos caras que estavam furiosos. O Edir Macedo e uma multidão de fiéis estavam do outro lado do muro - cheios de odio, me atiravam garrafas e copos de vidro, por ter estragado o negocio. Porém eu não estava sozinho do outro lado do muro,havia muita gente,principalmente crianças ali no meio. Eu subo no muro e grito: ''Pelo amor de Deus,tem criança aqui desse lado!!!"  mas sem efeito efeito. Eu consigo ver o rosto do Edir e de seus seguidores, mas a fúria  ali presente era implacável,e mesmo com o meu apelo,não deram trégua: dezenas de garrafas e copos de vidros eram lançados simultaneamente em cima de nós,junto com xingamentos e palavras de ódio. Eu vou caminhando por cima do muro e chegando no final pulo do lado dos caras,  continuo suplicando que parem. Eles não dão a minima.
Que viagem. Eu sonhei com o Valdomiro santiago arrastando uma multidão. E agora você sonha com Ed Macedo. Que viagem. kkkkkkkk

Teve alguns loops de cenários oníricos nos outros sonhos. E ainda o Rodrigo Faro apareceu em 2 sonhos.perplexo 

Quem é que paga 300 mil reais pra um cara desses aparecer, dizer olá e depois ir embora?gargalhada
avatar
Mensagens : 230
Pontos : 1849
Honra : 138
Data de inscrição : 20/09/2013
Idade : 23
Localização : São Sebastião
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos de Junin

em Qua Nov 27, 2013 11:02 am
Reputação da mensagem: 100% (2 votos)
Valdomiro? kkkkkkkkkk

Então cara,esse do Rodrigo Faro eu to boiando até agora, tentando entender porque ele estava ali... Acho que foi só um pretexto pro Edir poder aparecer no sonho...


Só se vive bem ao ar livre e a luz do Sol. Tudo aquilo a que tiram a liberdade,perde a identidade e logo morre.
avatar
Mensagens : 230
Pontos : 1849
Honra : 138
Data de inscrição : 20/09/2013
Idade : 23
Localização : São Sebastião
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos de Junin

em Qua Nov 27, 2013 11:33 am
Reputação da mensagem: 100% (3 votos)
Sonho do dia 27 de novembro.



Estou dentro de uma sala ampla cheia de bancos de madeiras enfileirados,como nas igrejas. Estou bem no final do corredor,escondido atrás do ultimo  banco e tentando me proteger dos tiros que vinham de fora. Havia varias pessoas dentro da igreja,todos armados (inclusive eu). Não pude identificar,mas nossos inimigos ora pareciam soldados ora zumbis. Eu estava armado com uma pistola, e do meu lado um amigo meu estava com uma sniper.

Então entra na Igreja o cantor Cee Lo Green,ele aparentemente é o nosso chefe ou coisa do tipo. Não sei porque,mas ele sai banco a banco matando os covardes que não estavam atirando,até chegar na minha fileira. Ele aponta a arma para mim,e eu desesperado falo pra ele que era o que mais estava atirando. Ele abaixa a arma e sai. Nisso,troco de arma com meu amigo,com a sniper em mãos vou para um outro canto da igreja procurar uma posição melhor pra ficar ''camperando''.

---



Estou no centro da minha cidade sentado na cadeira de um restaurante,quando aparece uma garota que conheço.  Ela passa do meu lado com uma amiga dela, ela sequer percebe que estou ali - E se percebe, me ignora! Penso em falar um oi,mas fico com receio de que ela não me ouça e eu fique no ''vaco''. Elas entram em uma loja e depois saem, passam novamente perto de mim,eu fico só olhando pra ver se ela vai me ignorar de novo ou vai vim dar um oi - Ela passa reto. Vejo ela passar por mim umas 4 vezes, quando em uma dessas ela e entra em uma sorveteria. Fico encabulado com isso e vou atras dela dar um oi, nem que seja na marra! mas não a encontro mais.

---

3º  

Estava pensando em nem comentar esse,pois essa parte é muito vaga. Acontece muito mais coisa nessa parte,mas infelizmente não me lembro. E pra não inventar coisas vou me poupar dos detalhes.

Volto a sonhar com o Cee Lo, e esse sonho parece ser uma continuação do primeiro. Nele estamos acertando a conta pelo serviço feito la na igreja. Estamos em uma casa velha,com assoalho de madeira. Ele segura nas mãos um bolo de dinheiro. Não me lembro se ele chegou a pagar a gente ou deu um calote. Então ele anda para o canto da sala e pega um anel,nisso sai o smeagle  correndo que nem um louco  e pega o anel da mão dele. perplexo


Só se vive bem ao ar livre e a luz do Sol. Tudo aquilo a que tiram a liberdade,perde a identidade e logo morre.
Convidado
Convidado

Re: Diário dos Sonhos de Junin

em Qua Nov 27, 2013 6:39 pm
Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk,
na hora que voçê falou do smeagle que pegou o anel da mão do cara foi muito engraçado coitado até no sonho o smeagle persegue seu precioso anel fico imaginando a cena onde o smeagle pega o anel deve ter cido uma loucura, kkkkkkk, sonhos com ação e comedia muito bom, valeu JUNIN feliz feliz feliz feliz feliz
avatar
Mensagens : 2531
Pontos : 5675
Honra : 1044
Data de inscrição : 12/06/2013
Localização : Bahia
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos de Junin

em Qui Nov 28, 2013 1:39 am
Junin:

Junin escreveu:Sonho do dia 27 de novembro.



Estou dentro de uma sala ampla cheia de bancos de madeiras enfileirados,como nas igrejas. Estou bem no final do corredor,escondido atrás do ultimo  banco e tentando me proteger dos tiros que vinham de fora. Havia varias pessoas dentro da igreja,todos armados (inclusive eu). Não pude identificar,mas nossos inimigos ora pareciam soldados ora zumbis. Eu estava armado com uma pistola, e do meu lado um amigo meu estava com uma sniper.

Então entra na Igreja o cantor Cee Lo Green,ele aparentemente é o nosso chefe ou coisa do tipo. Não sei porque,mas ele sai banco a banco matando os covardes que não estavam atirando,até chegar na minha fileira. Ele aponta a arma para mim,e eu desesperado falo pra ele que era o que mais estava atirando. Ele abaixa a arma e sai. Nisso,troco de arma com meu amigo,com a sniper em mãos vou para um outro canto da igreja procurar uma posição melhor pra ficar ''camperando''.

---



Estou no centro da minha cidade sentado na cadeira de um restaurante,quando aparece uma garota que conheço.  Ela passa do meu lado com uma amiga dela, ela sequer percebe que estou ali - E se percebe, me ignora! Penso em falar um oi,mas fico com receio de que ela não me ouça e eu fique no ''vaco''. Elas entram em uma loja e depois saem, passam novamente perto de mim,eu fico só olhando pra ver se ela vai me ignorar de novo ou vai vim dar um oi - Ela passa reto. Vejo ela passar por mim umas 4 vezes, quando em uma dessas ela e entra em uma sorveteria. Fico encabulado com isso e vou atras dela dar um oi, nem que seja na marra! mas não a encontro mais.

---

3º  

Estava pensando em nem comentar esse,pois essa parte é muito vaga. Acontece muito mais coisa nessa parte,mas infelizmente não me lembro. E pra não inventar coisas vou me poupar dos detalhes.

Volto a sonhar com o Cee Lo, e esse sonho parece ser uma continuação do primeiro. Nele estamos acertando a conta pelo serviço feito la na igreja. Estamos em uma casa velha,com assoalho de madeira. Ele segura nas mãos um bolo de dinheiro. Não me lembro se ele chegou a pagar a gente ou deu um calote. Então ele anda para o canto da sala e pega um anel,nisso sai o smeagle  correndo que nem um louco  e pega o anel da mão dele. perplexo
Fiquei imaginando Ed Macedo X Valdomiro Santiago. Trocando tiro dentro da igreja.kkkkkk

Agora a cena do smeagle correndo igual um louco atrás do precioso anel dele. Deve ter sido engraçado de ver.kkkkkkkkk

Fico imagindo o smeagle correndo e gritando igual um louco:

- É meu, é meeeeeeeuu!!!! Meu precisoso, meu precioooooooooso!!!!

gargalhada
avatar
Mensagens : 1188
Pontos : 4001
Honra : 670
Data de inscrição : 25/03/2013
Idade : 23
Localização : Morretes/ PR
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuáriohttp://naturezaevolutiva.blogspot.com.br/

Re: Diário dos Sonhos de Junin

em Qui Nov 28, 2013 7:38 pm
Spoiler:
Não me lembro como vim parar nessa situação, mas em determinado momento do sonho estou no tanque de lavar roupas lavando a minha mão, que estava suja de um liquido gorduroso,preto e muito fedido (algo parecido com lama de esgoto misturado com óleo queimado e bem velho!). Então minha cachorra aparece e se aproxima de mim - Ela esta coberta do liquido preto e fedendo muito! Ela continua chegando perto,e eu com receio de que ela pule em cima de mim,a choto para longe!

Depois disso continuo a lavar as minhas mãos,até que a cachorra aparece novamente,só que agora menos suja do que antes! inda assim a choto novamente, e volto a lavar as mãos. Essa cena ocorre mais algumas vezes: A cachorra volta,cada vez menos suja,eu choto ela e continuo a lavar as mãos e então ela volta novamente,e mais uma vez é chotada e assim sucessivamente. Até o momento em que ela chega completamente limpa - que inclusive, é quando termino de limpar  as minhas mãos
Que interessante cara. O cão, o lobo, o canino representa o lado selvagem da natureza segundo os índios americanos. Talvez isso venha do fato de que ao se purificar, purificará teu lado animal e vice-versa. Que sonho filosófico esse...

Spoiler:
Agora estou em uma rua de terra com alguns garotos. Eu pego uma garrafa de 2l de coca-cola e a prendo por entre as pernas,nas minhas mãos seguro duas latinhas,também de coca.  Eu então inclino meu corpo para frente, e (não sei como), mas aparentemente o refrigerante me faz voar,só sei que tinha a ver com o gás que tinha nelas. Brinco um pouco com aquilo,depois o gás acaba e eu pouso.
Ah que massa, meu... Voar na garrafa. Fazia tempo que não lia um relato tão inusitado como esse. Queria ter visto a cena.

Spoiler:
Estou no centro da minha cidade sentado na cadeira de um restaurante,quando aparece uma garota que conheço.  Ela passa do meu lado com uma amiga dela, ela sequer percebe que estou ali - E se percebe, me ignora! Penso em falar um oi,mas fico com receio de que ela não me ouça e eu fique no ''vaco''. Elas entram em uma loja e depois saem, passam novamente perto de mim,eu fico só olhando pra ver se ela vai me ignorar de novo ou vai vim dar um oi - Ela passa reto. Vejo ela passar por mim umas 4 vezes, quando em uma dessas ela e entra em uma sorveteria. Fico encabulado com isso e vou atras dela dar um oi, nem que seja na marra! mas não a encontro mais.
kkkkkkk, é ruim quando isso ocorre né. Nossa cara, ficar no vácuo é ruim, mas por menina... Parece que elas fazem de propósito para o cara ficar tenso. kkkk

Spoiler:
Volto a sonhar com o Cee Lo, e esse sonho parece ser uma continuação do primeiro. Nele estamos acertando a conta pelo serviço feito la na igreja. Estamos em uma casa velha,com assoalho de madeira. Ele segura nas mãos um bolo de dinheiro. Não me lembro se ele chegou a pagar a gente ou deu um calote. Então ele anda para o canto da sala e pega um anel,nisso sai o smeagle  correndo que nem um louco  e pega o anel da mão dele. perplexo
Não conhecia esse Cee Lo, procurei saber mais. O bacana é que esse da igreja parece ser o contrário do Edir Macedo. Seria tu um espião duplo? Brincadeira, mas acho que é a segunda vez que vejo um relato do tipo religioso essa semana. O Ramon teve sonho assim também. Quem sabe seja influência da mídia ou algum projeto secreto de vocês dois. suspeito
avatar
Mensagens : 230
Pontos : 1849
Honra : 138
Data de inscrição : 20/09/2013
Idade : 23
Localização : São Sebastião
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos de Junin

em Qui Nov 28, 2013 10:34 pm
Fiquei imaginando Ed Macedo X Valdomiro Santiago. Trocando tiro dentro da igreja.kkkkkk

Agora a cena do smeagle correndo igual um louco atrás do precioso anel dele. Deve ter sido engraçado de ver.kkkkkkkkk

Fico imagindo o smeagle correndo e gritando igual um louco:

- É meu, é meeeeeeeuu!!!! Meu precisoso, meu precioooooooooso!!!!
Se bem que na realidade eles não tão muito longe de fazer isso kkkk

--

kkkkkkk, é ruim quando isso ocorre né. Nossa cara, ficar no vácuo é ruim, mas por menina... Parece que elas fazem de propósito para o cara ficar tenso. kkkk
Ruim é pouco! Eu me senti péssimo no sonho, e o pior é que a sensação continuou ainda depois de desperto! Esse sonho fez eu me sentir mal pra caramba.

Que interessante cara. O cão, o lobo, o canino representa o lado selvagem da natureza segundo os índios americanos. Talvez isso venha do fato de que ao se purificar, purificará teu lado animal e vice-versa. Que sonho filosófico esse...
Bem interessante essa interpretação...[/quote]


Só se vive bem ao ar livre e a luz do Sol. Tudo aquilo a que tiram a liberdade,perde a identidade e logo morre.
avatar
Mensagens : 230
Pontos : 1849
Honra : 138
Data de inscrição : 20/09/2013
Idade : 23
Localização : São Sebastião
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos de Junin

em Sab Nov 30, 2013 11:55 am
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
Sonho do dia 30 de novembro.

Lembro vagamente de alguns fragmentos dos sonhos de hoje, pois acabei tento que levantar cedo pra ir pra aula e não dei muita atenção a eles.

Estou em uma casa pequena com algumas pessoas e há uma garota de gênio forte. Por algum motivo ela me importunava  bastante, dando uma de controladora e tal como que dizendo que é ela que manda no pedaço,bem ''a lá dominatrix''. Em determinado momento peguei ela de jeito e  a joguei na cama,em seguida montei em cima dela  e disse no seu ouvido: Você age assim como quem da as cartas,mas no fundo no fundo gosta é de ser tratada como uma cachorra. E então fizemos sexo.

---

Saindo da casa,percebo estar em um tipo de ''favela do futuro''. As casas são todas pequenas e amontoadas,mas ao invés de serem de madeira, mais pareciam caixas de concreto empilhadas. Vou em um pequeno corredor e subo em uma casa, então vou pulando de casa em casa,não me lembro em direção a quê,nem o motivo. Mas em determinado momento vejo um homem ao longe e decido voltar. Estando de volta no lugar de partida, aparece o homem que eu havia visto enquanto eu estava la em cima das casas. Alguma coisa mais acontece,como um dialogo ou não sei o quê, não me lembro...

---

Vou descendo a rua com alguém , acho que novamente andando por cima das casas, quando ao chegarmos no final nos deparamos com um enorme lago a frente,viramos a direita e descemos na rua. Então, de la de dentro do lago surge um enorme tentáculo e puxa o cara ao meu lado pelas pernas. De dentro do lago surge um ser enorme, mas enorme mesmo! O punho dele devia ter mais ou menos o tamanho de um homem.

---

Agora estou em um lugar bem amplo,junto comigo esta o Superman e o Thor. Estamos enfrentando o Gigante. Por algum motivo o Mjolnir estava comigo e não com o Thor,e por esse motivo ele era o que mais apanhava do monstrengo.. .o super também não se livrou de umas belas pancadas. Em alguns momentos parecia que eu me tornava o próprio Thor, o que me permitia voar e soltar raios. No desenrolar da luta,vou descobrindo um pouco mais sobre o gigante. Quado eu invoco um raio usando o martelo ele se diz ser o antigo dono do objeto... com isso descubro que ele é um asgardiano, e que por algum motivo foi banido de asgard,sendo fadado a viver na terra pelo resto de sua vida. Meus golpes não faziam muito efeito e ele dizia que eu não sabia manejar direito a arma. Não me lembro muito bem como desenrolou a historia,mas no final eu descubro que o gigante era meu pai! E que com a morte de Odin  eu teria me tornado  Rei de Asgard,portanto podeia redimi-lo e leva-lo embora para casa

Sonhei também com uns indios meio loucos querendo me pegar,mas vou poupar esse relato pq o texto ja ficou grande de mais.


Última edição por Junin em Sab Nov 30, 2013 4:25 pm, editado 1 vez(es)


Só se vive bem ao ar livre e a luz do Sol. Tudo aquilo a que tiram a liberdade,perde a identidade e logo morre.
avatar
Mensagens : 848
Pontos : 3024
Honra : 347
Data de inscrição : 25/02/2013
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos de Junin

em Sab Nov 30, 2013 1:00 pm
Junin:

Junin escreveu:
Agora estou em um lugar bem amplo,junto comigo esta o Superman e o Thor. Estamos enfrentando o Gigante. Por algum motivo o Mjolnir estava comigo e não com o Thor,e por esse motivo ele era o que mais apanhava do monstrengo.. .o super também não se livrou de umas belas pancadas. Em alguns momentos parecia que eu me tornava o próprio Thor, o que me permitia voar e soltar raios. No desenrolar da luta,vou descobrindo um pouco mais sobre o gigante. Quado eu invoco um raio usando o martelo ele se diz ser o antigo dono do objeto... com isso descubro que ele é um asgardiano, e que por algum motivo foi banido de asgard,sendo fadado a viver na terra pelo resto de sua vida. Meus golpes não faziam muito efeito e ele dizia que eu não sabia manejar direito a arma. Não me lembro muito bem como desenrolou a historia,mas no final eu descubro que o gigante era meu pai! E que com a morte de Odin  eu teria me tornado  Rei de Asgard,portanto podeia redimi-lo e leva-lo embora para casa
Caramba, esse ultimo sonho foi f0d@ hein! Superman e deuses de Asgaard, tudo no mesmo sonho, deve ter sido épico!


Wyrd bið ful aræd
avatar
Mensagens : 1188
Pontos : 4001
Honra : 670
Data de inscrição : 25/03/2013
Idade : 23
Localização : Morretes/ PR
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuáriohttp://naturezaevolutiva.blogspot.com.br/

Re: Diário dos Sonhos de Junin

em Sab Nov 30, 2013 2:18 pm
Spoiler:
Estou em uma quasa pequena com algumas pessoas e há uma garota de gênio forte. Por algum motivo ela me importunava  bastante, dando uma de controladora e tal como que dizendo que é ela que manda no pedaço,bem ''a lá dominatrix''. Em determinado momento peguei ela de jeito e  a joguei na cama,em seguida montei em cima dela  e disse no seu ouvido: Você age assim como quem da as cartas,mas no fundo no fundo gosta é de ser tratada como uma cachorra. E então fizemos sexo.
Cachorra... kkkkk Eu achei engraçado esse sonho. A menina era daquelas metidinhas ou rockeiras? Essas aí são quase sempre dominadoras mesmo.

Spoiler:
Saindo da casa,percebo estar em um tipo de ''favela do futuro''. As casas são todas pequenas e amontoadas,mas ao invés de serem de madeira, mais pareciam caixas de concreto empilhadas. Vou em um pequeno corredor e subo em uma casa, então vou pulando de casa em casa,não me lembro em direção a quê,nem o motivo. Mas em determinado momento vejo um homem ao longe e decido voltar. Estando de voltar no lugar de partida,aparece o homem que eu havia visto enquanto eu estava la em cima das casas. Alguma coisa mais acontece,como um dialogo ou não sei o quê, não me lembro...

Vou descendo a rua com alguém , acho que novamente andando por cima das casas, quando ao chegarmos no final nos deparamos com um enorme lago a frente,viramos a direita e descemos na rua. Então, de la de dentro do lago surge um enorme tentáculo e puxa o cara ao meu lado pelas pernas. De dentro do lago surge um ser enorme, mas enorme mesmo! O punho dele devia ter mais ou menos o tamanho de um homem.
Esse me lembrou bastante o enredo do filme Uma história de amor e fúria, na parte que mostra o futuro. Acho que tu não querias encontrar aquele homem, quem sabe ele não gostasse que alguém ficasse a pular casas como ele. Interessante a parte do lago e do surgir do gigante. Podia ser uma representação do próximo sonho.


Spoiler:
Agora estou em um lugar bem amplo,junto comigo esta o Superman e o Thor. Estamos enfrentando o Gigante. Por algum motivo o Mjolnir estava comigo e não com o Thor,e por esse motivo ele era o que mais apanhava do monstrengo.. .o super também não se livrou de umas belas pancadas. Em alguns momentos parecia que eu me tornava o próprio Thor, o que me permitia voar e soltar raios. No desenrolar da luta,vou descobrindo um pouco mais sobre o gigante. Quado eu invoco um raio usando o martelo ele se diz ser o antigo dono do objeto... com isso descubro que ele é um asgardiano, e que por algum motivo foi banido de asgard,sendo fadado a viver na terra pelo resto de sua vida. Meus golpes não faziam muito efeito e ele dizia que eu não sabia manejar direito a arma. Não me lembro muito bem como desenrolou a historia,mas no final eu descubro que o gigante era meu pai! E que com a morte de Odin  eu teria me tornado  Rei de Asgard,portanto podeia redimi-lo e leva-lo embora para casa
Parabéns, eu o saúdo rei de Asgard. viva viva viva Só tente enquanto desperto martelar algo e aprender algo com o seu "velho". kkk Agora sério, gostei da interação dos personagens. Fico sempre surpreso ao ler esses enredos complexos que a mente cria.

Abraços.
avatar
Mensagens : 230
Pontos : 1849
Honra : 138
Data de inscrição : 20/09/2013
Idade : 23
Localização : São Sebastião
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos de Junin

em Sab Nov 30, 2013 4:35 pm
Caramba, esse ultimo sonho foi f0d@ hein! Superman e deuses de Asgaard, tudo no mesmo sonho, deve ter sido épico!
Pois é cara,bota épico nisso. Acho que o mais f@d4 foi poder  voar livremente,coisa que eu não fazia a muito tempo. Sem falar que soltar raios é bem maneiro... O mal é que (acredito eu) que esse excesso de poder acabou tirando de mais a vividez do sonho...

Cachorra... kkkkk Eu achei engraçado esse sonho. A menina era daquelas metidinhas ou rockeiras? Essas aí são quase sempre dominadoras mesmo.
Dessas mesmo! Mas foi só dar uma pressãozinha que ela virou um doce de pessoa ahahahah


Só se vive bem ao ar livre e a luz do Sol. Tudo aquilo a que tiram a liberdade,perde a identidade e logo morre.
avatar
Mensagens : 230
Pontos : 1849
Honra : 138
Data de inscrição : 20/09/2013
Idade : 23
Localização : São Sebastião
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos de Junin

em Dom Dez 01, 2013 11:02 am
Reputação da mensagem: 100% (2 votos)
Sonho do dia 1 de 2012.

Eu estava subindo uma ladeira,quando me deparo com um grupo de turistas parados na metade do morro. Eu me junto a eles e descanso um pouco, depois começamos a subir todos juntos. Seguimos por uma trilha no meio da floresta,até depararmos com um córrego cheio de pedras e uma pequena ponte de madeira. Não sei porque,mas esse local me é muito familiar,eu sentia uma emoção intensa por estar ali naquele lugar,era como se eu estivesse de volta a algum lugar que eu costumava ir muito quando criança. As pessoas começam a atravessar a ponte,mas eu me recuso a atravessar o córrego daquele jeito. Tinha que ser feito que nem nos velhos tempo: Pendurado numa corda! Ao lado da ponte tinha uma corda que estava amarrada em uma arvore,  pego ela e dou impulso para pular, então saio correndo e pulo! Me balanço até a outra margem, mas fico com medo de errar o pulo e cair nas pedras,então me balanço mais ainda para poder ir mais forte. A corda vai e vem,chegando novamente na hora de soltar - não solto! continuo pendurado e com medo de pular. Nesse momento me sinto sem forças e acho que vou acabar caindo no córrego.

---

Depois estou novamente subindo por uma trilha no meio da floresta,só que agora com um grupo escolar. Um cara,aparentemente o professor da turma, vai indo na frente. Ao chegarmos no topo do morro,paramos para descansar um pouco. De la de cima da para ver ao longe uma praia. Nesse momento tudo se torna muito vago,não me lembro ao certo os acontecimentos,o professor meio que se torna um vilão,não sei qual a intenção dele,mas tenho certeza que não eram das melhores. E então estamos todos correndo pela praia desesperados
agora não era só o professor que queria nos pegar,tinha uma professora também. No meio do desespero,gente correndo pra tudo quando é lado,eis que sai um monstro enorme de baixo da terra e come um monte de gente!


Só se vive bem ao ar livre e a luz do Sol. Tudo aquilo a que tiram a liberdade,perde a identidade e logo morre.
avatar
Mensagens : 1188
Pontos : 4001
Honra : 670
Data de inscrição : 25/03/2013
Idade : 23
Localização : Morretes/ PR
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuáriohttp://naturezaevolutiva.blogspot.com.br/

Re: Diário dos Sonhos de Junin

em Dom Dez 01, 2013 3:25 pm
Se tu tivesse andado pela ponte não sentiria medo. Acho que no passado tu devia ter sido bem aventureiro, viu kkk

Que horror esse dos professores. Eles queriam devorar os alunos... Parece aquele clipe do The Wall da banda Pink Floyd. Ao menos tu viste uma praia e ambiente bonitos flor 
avatar
Mensagens : 646
Pontos : 2463
Honra : 310
Data de inscrição : 20/10/2013
Idade : 28
Sonhos Lúcidos :
38 / 99938 / 999
Sonhos Comuns :
999 / 999999 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos de Junin

em Seg Dez 02, 2013 1:57 am
Eu nao sei d oque eu teria mais medo...

Se e dos professores, vai que eles querem me pegar apra me fazer estudar, ou se e do monstro, que pelo menos nao te devorou kkkkkkkkkkkkkkkkk


CORES DOS MEUS RELATOS:

  • Analise ou pensamento/observação.
  • Dialogo, titulo
  • Descrição de um cenário/objeto/pessoa.
  • Realidade ou fato importante.

Orvalho do sonhar:
Fantasiar me conforta
Deslumbrado a imaginar
Sera que e so eu?
Ou alguem se importa?


para nao se desesperar
Sucumbir em expectativas
pois se nao suprir
Posso pelo menos sonhar

Sair desse lugar imundo
Fingir que nao e isso
Tornar tudo intenso
Criar o próprio mundo


Injetar alegria
Olhar fixo para o nada
Rir sozinho
Ate o final do dia


Sentir a liberdade ao voar
Observar o próprio reflexo
E fechar os olhos
Para voltar a sonhar

(Hiriu)
avatar
Mensagens : 230
Pontos : 1849
Honra : 138
Data de inscrição : 20/09/2013
Idade : 23
Localização : São Sebastião
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos de Junin

em Seg Dez 02, 2013 1:27 pm
EmersonPawoski escreveu:Se tu tivesse andado pela ponte não sentiria medo. Acho que no passado tu devia ter sido bem aventureiro, viu kkk

Que horror esse dos professores. Eles queriam devorar os alunos... Parece aquele clipe do The Wall da banda Pink Floyd. Ao menos tu viste uma praia e ambiente bonitos flor 
Quando criança eu era um capeta! Isso de se pendurar nas coisas era bem o meu tipo!

Eu nao sei d oque eu teria mais medo...

Se e dos professores, vai que eles querem me pegar apra me fazer estudar, ou se e do monstro, que pelo menos nao te devorou kkkkkkkkkkkkkkkkk
Cara,essa parte do monstro foi assustadora! Porque na hora que ele saiu da areia,levantou um monte de gente que estava em cima dele, e em uma bocada só comeu geral. Tenho quase certeza que se eu não acordasse ele me pegava também!


Só se vive bem ao ar livre e a luz do Sol. Tudo aquilo a que tiram a liberdade,perde a identidade e logo morre.
avatar
Mensagens : 230
Pontos : 1849
Honra : 138
Data de inscrição : 20/09/2013
Idade : 23
Localização : São Sebastião
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos de Junin

em Qua Dez 04, 2013 11:57 am
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
Sonho do dia 04 de dezembro.


Eu caminhava pelo meio do calçadão do centro da minha cidade,com minha bicicleta ao lado, quando passo em frente a uma sorveteria e vejo duas lindas lésbicas gringas, sentadas tomando sorvete. Elas olhavam para o outro lado do calçadão para outras duas gatinhas que passavam,elas também caminhavam com suas bicicletas ao lado. Eu continuo seguindo e enquanto isso,as outras duas garotas vão se aproximando de mim. Elas conversam algo,só consegui escutar um trechoo: ''Eim? aquele ali? É.. vai lá,vai lá!''

Eu continuo andando e uma das garotas chega,uma de cabelo loiro bem curto. Ela estava montada na bicicleta e,um pouco nervosa,começa a puxar conversa:

Ela: - Oi,tudo bom? qual o meu nome?
Eu: -Acho que você quis dizer qual o MEU nome,certo? hehe. Bom,meu nome é Ailton...

Nessa hora eu fiquei mudo,olhando pra ela e pensando.. putz e agora? o que eu digo mais? Por fim acabei dizendo:


Eu -Ta afim de conversar um pouco?
Ela: - Sim,vamos...
Eu: - Bora ali na praça então,dai agente pode conversar um pouco melhor...

Montei na minha bicicleta e saimos andando. Ela ia na minha frente,parecia que estava com pressa. Eu não podia acompanhar o ritmo pois a corrente da minha bike estava uma merda,então por qualquer coisinha ela caia. Pedi pra ela diminuir o ritimo,mas ela não me ouvia. Por fim,perguntei: ''Afinal de contas,qual é o seu nome mesmo?''

Ela: -------- inaudível
Eu: - Eim? como?

Ela mais uma vez respondeu e eu não entendi nada. Depois disso perguntei mais algumas vezes,mas sem sucesso. Então,quando estávamos quase chegando na praça, ela para de repente e diz que precisa ir embora. E vai...

Eu continuo meu caminho em direção a praça,e então a garota passa em uma viatura junto com a amiga. Aparentemente o pai dela era policial. Vou vou andando bem atrás do carro,de modo que consigo ver a imagem dela no retrovisor do carro. Sei que ela também olhava para mim. O carro então desaparece em uma curva,e por fim,chego na praça!

Chegando lá,parece que de repente o dia vira noite. Tinha algumas pessoas sentadas por la,mas nem dou atenção. Sento-me em um banco e começo a observar melhor a praça... percebo que todos ali eram mendigos. O lugar tinha um ar pesado,então decidi ir em bora.

Nesse momento eu estava com algumas moedas nas mãos,e decido dar as de menor valor para um deles,e ficar com as de 1 real (tinham três). Entrego algumas pro cara,e fico separando umas outras moedas que estavam misturadas com a de 1 real. No momento em que estou separando as moedas,uma de 1 real cai no chão. O cara ligeiramente estende a mão para pegar,então eu digo: ''Não não,perai! Vou ficar com as de 1 real''

Ele: ''Ah,nesse caso troca todas essas que vc me deu aqui por essa de 1 real ai. Eu sem pensar muito a respeito,aceito a proposta... Depois me dou conta que fui ludibriado e acabo ficando quase sem dinheiro nenhum!

O sonho termina com eu chamando o cara de malandro e ele dando risada de mim.


Só se vive bem ao ar livre e a luz do Sol. Tudo aquilo a que tiram a liberdade,perde a identidade e logo morre.
Conteúdo patrocinado

Re: Diário dos Sonhos de Junin

Ver o tópico anteriorVoltar ao TopoVer o tópico seguinte
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum