Conectar-se
Os membros mais ativos do mês
1 Mensagem - 50%
1 Mensagem - 50%
Votação
Qual a técnica que você utiliza para ficar lúcido?
Teste de Realidade
45% / 15
Totem
15% / 5
Incubação
12% / 4
Gatilho
6% / 2
Gravador de Voz ou Sons Binaurais
6% / 2
Outros
15% / 5
Parceiros
 sonhos=
 sonhos=
 animes=

Compartilhe
Ver o tópico anteriorIr em baixoVer o tópico seguinte
avatar
Mensagens : 1188
Pontos : 4001
Honra : 670
Data de inscrição : 25/03/2013
Idade : 23
Localização : Morretes/ PR
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuáriohttp://naturezaevolutiva.blogspot.com.br/

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos do Ramon

em Qui Jan 26, 2017 4:37 pm
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
22/jan/2017

Que legal essa experiência. Voar até as nuvens sem medo. Essa sensação de estar sendo observado é nova para mim. Deve ser bem esquisito mesmo num sonho lúcido.

E olha que o cachorro era do mal no começo. Imagina se ele chegasse sendo bonzinho. Sinto pena do cara na rua...

Bacana essa interação os personagens oníricos. Se comunicar com eles parece algo de outro mundo. Quem sabe o menino e o cachorro apareçam no próximo sonho.
avatar
Mensagens : 1273
Pontos : 3309
Honra : 657
Data de inscrição : 06/07/2015
Localização : Alemanha
Sonhos Lúcidos :
222 / 999222 / 999
Sonhos Comuns :
999 / 999999 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos do Ramon

em Qui Fev 02, 2017 9:09 pm
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
Ramon:
Ramon escreveu:No sonho era noite. Lembro que cheguei engatinhando no quintal da minha casa e isso já me causou um grande estranhamento. E enquanto eu engatinhava, sentia a aspereza do chão na palma das minhas mãos. Foi quando eu tive um lampejo de lucidez e resolvi fazer o RC de olhar para as minhas mãos. E lá estavam elas, com todos os dedos bem normais, mas com um pequeno detalhe que me chamou a atenção na hora... Minhas mãos estavam florescentes e delas emanavam uma luz suave e azulada, tipo, neon. Minhas mãos estavam muito bonitas e clareava em volta do chão, tudo que eu tocava. Fiquei lúcido com isso e não perdi tempo. Dei um pulo e pousei em cima do muro do quintal da minha casa, mas, ao invés de ver o segundo quintal, vi a rua dos fundos. E no sonho o muro estava exageradamente alto, cerca de uns 10 m de altura, quando na vida real não passa de uns 3 a 3,5 m de altura. Aquilo era mais uma prova de que eu estava sonhando. Mas, como tenho medo de altura, por um estante tive medo de ficar em cima do muro. Mas, eu sabia que estava sonhando e para testar a realidade de novo, olhei pro chão da rua e me joguei do muro, pousando suavemente lá embaixo na rua. E isso confirmou que eu ainda estava no meio do sonho. Na rua, dei uma boa olhada nas fachadas das casas, mas não reconheci nada das construções que vi por lá. Era uma rua totalmente estranha da rua que existe na realidade, e a rua do sonho estava bem deserta. Isso me deixou um pouco apreensivo, porque eu sentia a presença de alguém ou alguma coisa me sondando naquela local. Resolvi sair fora daquele lugar e voei pro topo de um pequeno edifício e fui parar dentro de um quarto ou sala, sei lá. O cômodo estava vazio e imundo, dando sinais de anos de abandono. Vi uma porta que dava pra uma pequena varanda e fui lá pra ver a vista de lá. O cenário já tinha mudado de novo e a sensação de estar sendo observado, me incomodava muito. Decidi sair de cena o mais rápido possível. Pulei pra fora do prédio e subi o mais alto que pude, até chegar nas nuvens. De lá eu pude ter uma boa ideia da cidade que meu subconsciente criara. Era uma cidade estranha, parecia aqueles mapas de jogos 3D com aquelas texturas totalmente artificiais. Não tive medo nenhum de voar tão alto, pois estava totalmente consciente de estar sonhando. Fui descer em outra rua, mas acabei pousando no quintal de alguma casa vizinha. Daí acordei.

---------------------------
Acordei e, sem me mexer, cochilei de novo. Senti um torpor arrebatador e logo me vi adentrando lúcido em outro sonho. De repente um cachorro enorme, da raça pastor alemão, pulou pra cima de mim. Eu fiquei com medo dele me morder e levantei meus braços pra cima, pra protegê-los de um possível ataque. Daí apareceu um menino e disse que o cachorro só estava brincando comigo, e que o cachorro não ia me morder não. Mas, eu não confiei muito naquela conversa não. Olhei em volta e vi um quintal todo arborizado, mas não sabia pra qual lado fugir, no caso do cachorro me atacar. De repente, o menino desapareceu da cena e o cachorro tinha enlouquecido de vez, pois estava correndo freneticamente de lá pra cá, daqui pra lá. E pulava em cima de mim, depois saí correndo alegre e em círculos. Desconfiei e resolvi testar a realidade, estendi minhas mãos para frente e mandei uns raios pulverizantes na direção de umas árvores que tinha lá naquele quintal, e as árvores sumiram pulverizadas como num passe de mágica. Fiquei lúcido e ganhei um amigo onírico, o cachorro. Kkkk O cachorro me seguia pra todos os lados no sonho, inclusive quando eu voava por cima dos telhados das casa, ele vinha atrás, voando e pousava nos telhados das casas junto comigo. Comecei a gostar do cachorro e me acostumar com a presença dele. Daí, pousei numa outra rua e vi um cara estranho chegar e bater no meu cachorro, fazendo ele fugir assustado pra bem longe de mim. Fiquei furioso e parti pra cima do cara, pra quebrar ele na porrada. No sonho eu fiquei inconformado, pois eu gostava do cachorro e não queria que ninguém fizesse mal pra ele. Fiquei tão ansioso pra brigar com o cara que acabei perdendo a lucidez e o sonho. Acordei...

----------------------------
Sem me mexer, voltei a dormir de novo, pensando em encontrar o cachorro. De repente vi um tumulto de gente numa rua. Me aproximei pra ver o que estava acontecendo e vi dois garotos encostados na parede, acuados. Um dos garotos era o menino do sonho anterior, o mesmo que me apresentou o cachorro. Pensei em perguntar pra ele se ele tinha visto o cachorro. Mas percebi que os dois meninos estavam algemados um no outro, pelo pulso. Os garotos estavam muito assustados, dava pra ver o medo no rosto deles. Não entendi o porque deles estarem algemados. Quis perguntar pro menino o que estava acontecendo, mas o garoto mandou eu cair fora. Não entendi o porque daquilo, mas obedeci. Atravessei a rua e de lá do outro lado da rua, pude entender o que realmente estava acontecendo. A polícia tinha prendido os dois meninos por eles estarem bagunçando a rua e a polícia já estavam botando eles dentro da viatura. Fiquei com pena dos moleques e quiz ir lá pra ajudá-los a fugir. Mas o menino do cachorro, antes de entrar na viatura, parou e olhou sério pra mim, pedindo pra eu não tentar ajudá-los. Acho que o menino já sabia que se eu tentasse ajudá-los a fugir da polícia, eu também ia ganhar umas pulseirinhas de prata igual a deles e depois ia passear de viatura com a polícia. Kkkkkkk Fiquei lá, parado, olhando o carro da polícia levar os meninos embora. Naquela altura, já tinha perdido o sonho lúcido, não lembrava mais do cachorro e nem sabia mais o que estava fazendo ali. Daí o sonho se desfez e eu acordei.

Detalhe: O terceiro sonho começou lúcido, depois acabou virando um sonho não-lúcido. Mas já que o terceiro sonho foi quase que uma continuação do segundo sonho, que foi um sonho lúcido, coloquei ele aqui e não no outro diario.
Oi, Ramon. Três relatos super legais. No primeiro sonho, você explorou bastante o ambiente. Gosto de sonhos assim, cheios de improvisações.
Por um instante, achei que você havia encontrado o meu cachorro. Hahaha! Eu tive um pastor alemão que era esquisitão como o cachorro do seu sonho. Ok, o meu cão não voava, mas ele tinha uma mania de correr atrás das pessoas com uma cara de maluco e quando chegava perto, ele parava e começava a brincar. maluco
Que caro chato foi esse que apareceu e maltratou o seu amigo canino. Ele merecia uns tapas mesmo.
O terceiro sonho foi engraçado. Ri muito na parte da viatura da polícia.
Gosto muito de ler seus relatos. São muito divertidos.

avatar
Mensagens : 386
Pontos : 1566
Honra : 199
Data de inscrição : 04/03/2016
Idade : 20
Localização : Brasil
Sonhos Lúcidos :
29 / 99929 / 999
Sonhos Comuns :
999 / 999999 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos do Ramon

em Sab Fev 04, 2017 8:21 pm
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
Ramon, como tá mano? Olha os seus três últimos sonhos foram massa, o lance do cachorro sidekick, o garoto da "pulseirinha de prata", mas sério, quando eu li o sonho anterior da canelada onírica que superou a realidade dos sonhos e veio pro mundo real, sério eu ri muito aqui HAHAHAHA

Essa não foi a melhor forma de acordar não é ? Aguardo as próximas aventuras em xD.
avatar
Mensagens : 2531
Pontos : 5675
Honra : 1044
Data de inscrição : 12/06/2013
Localização : Bahia
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos do Ramon

em Seg Fev 06, 2017 4:47 am
EmersonPawoski escreveu:22/jan/2017

Que legal essa experiência. Voar até as nuvens sem medo. Essa sensação de estar sendo observado é nova para mim. Deve ser bem esquisito mesmo num sonho lúcido.

E olha que o cachorro era do mal no começo. Imagina se ele chegasse sendo bonzinho. Sinto pena do cara na rua...

Bacana essa interação os personagens oníricos. Se comunicar com eles parece algo de outro mundo. Quem sabe o menino e o cachorro apareçam no próximo sonho.
Emerson, nunca mais vi o menino do sonho e nem o cachorro. Meus sonhos são espontâneos e não repetem muito os personagens. A não ser quando sonho com parentes e amigos.

Mas, seria legal sonhar lúcido com o cachorro de novo. certo
avatar
Mensagens : 2531
Pontos : 5675
Honra : 1044
Data de inscrição : 12/06/2013
Localização : Bahia
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos do Ramon

em Seg Fev 06, 2017 5:08 am
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
Königin escreveu :
Königin escreveu:
Ramon:

Ramon escreveu:No sonho era noite. Lembro que cheguei engatinhando no quintal da minha casa e isso já me causou um grande estranhamento. E enquanto eu engatinhava, sentia a aspereza do chão na palma das minhas mãos. Foi quando eu tive um lampejo de lucidez e resolvi fazer o RC de olhar para as minhas mãos. E lá estavam elas, com todos os dedos bem normais, mas com um pequeno detalhe que me chamou a atenção na hora... Minhas mãos estavam florescentes e delas emanavam uma luz suave e azulada, tipo, neon. Minhas mãos estavam muito bonitas e clareava em volta do chão, tudo que eu tocava. Fiquei lúcido com isso e não perdi tempo. Dei um pulo e pousei em cima do muro do quintal da minha casa, mas, ao invés de ver o segundo quintal, vi a rua dos fundos. E no sonho o muro estava exageradamente alto, cerca de uns 10 m de altura, quando na vida real não passa de uns 3 a 3,5 m de altura. Aquilo era mais uma prova de que eu estava sonhando. Mas, como tenho medo de altura, por um estante tive medo de ficar em cima do muro. Mas, eu sabia que estava sonhando e para testar a realidade de novo, olhei pro chão da rua e me joguei do muro, pousando suavemente lá embaixo na rua. E isso confirmou que eu ainda estava no meio do sonho. Na rua, dei uma boa olhada nas fachadas das casas, mas não reconheci nada das construções que vi por lá. Era uma rua totalmente estranha da rua que existe na realidade, e a rua do sonho estava bem deserta. Isso me deixou um pouco apreensivo, porque eu sentia a presença de alguém ou alguma coisa me sondando naquela local. Resolvi sair fora daquele lugar e voei pro topo de um pequeno edifício e fui parar dentro de um quarto ou sala, sei lá. O cômodo estava vazio e imundo, dando sinais de anos de abandono. Vi uma porta que dava pra uma pequena varanda e fui lá pra ver a vista de lá. O cenário já tinha mudado de novo e a sensação de estar sendo observado, me incomodava muito. Decidi sair de cena o mais rápido possível. Pulei pra fora do prédio e subi o mais alto que pude, até chegar nas nuvens. De lá eu pude ter uma boa ideia da cidade que meu subconsciente criara. Era uma cidade estranha, parecia aqueles mapas de jogos 3D com aquelas texturas totalmente artificiais. Não tive medo nenhum de voar tão alto, pois estava totalmente consciente de estar sonhando. Fui descer em outra rua, mas acabei pousando no quintal de alguma casa vizinha. Daí acordei.

---------------------------
Acordei e, sem me mexer, cochilei de novo. Senti um torpor arrebatador e logo me vi adentrando lúcido em outro sonho. De repente um cachorro enorme, da raça pastor alemão, pulou pra cima de mim. Eu fiquei com medo dele me morder e levantei meus braços pra cima, pra protegê-los de um possível ataque. Daí apareceu um menino e disse que o cachorro só estava brincando comigo, e que o cachorro não ia me morder não. Mas, eu não confiei muito naquela conversa não. Olhei em volta e vi um quintal todo arborizado, mas não sabia pra qual lado fugir, no caso do cachorro me atacar. De repente, o menino desapareceu da cena e o cachorro tinha enlouquecido de vez, pois estava correndo freneticamente de lá pra cá, daqui pra lá. E pulava em cima de mim, depois saí correndo alegre e em círculos. Desconfiei e resolvi testar a realidade, estendi minhas mãos para frente e mandei uns raios pulverizantes na direção de umas árvores que tinha lá naquele quintal, e as árvores sumiram pulverizadas como num passe de mágica. Fiquei lúcido e ganhei um amigo onírico, o cachorro. Kkkk O cachorro me seguia pra todos os lados no sonho, inclusive quando eu voava por cima dos telhados das casa, ele vinha atrás, voando e pousava nos telhados das casas junto comigo. Comecei a gostar do cachorro e me acostumar com a presença dele. Daí, pousei numa outra rua e vi um cara estranho chegar e bater no meu cachorro, fazendo ele fugir assustado pra bem longe de mim. Fiquei furioso e parti pra cima do cara, pra quebrar ele na porrada. No sonho eu fiquei inconformado, pois eu gostava do cachorro e não queria que ninguém fizesse mal pra ele. Fiquei tão ansioso pra brigar com o cara que acabei perdendo a lucidez e o sonho. Acordei...

----------------------------
Sem me mexer, voltei a dormir de novo, pensando em encontrar o cachorro. De repente vi um tumulto de gente numa rua. Me aproximei pra ver o que estava acontecendo e vi dois garotos encostados na parede, acuados. Um dos garotos era o menino do sonho anterior, o mesmo que me apresentou o cachorro. Pensei em perguntar pra ele se ele tinha visto o cachorro. Mas percebi que os dois meninos estavam algemados um no outro, pelo pulso. Os garotos estavam muito assustados, dava pra ver o medo no rosto deles. Não entendi o porque deles estarem algemados. Quis perguntar pro menino o que estava acontecendo, mas o garoto mandou eu cair fora. Não entendi o porque daquilo, mas obedeci. Atravessei a rua e de lá do outro lado da rua, pude entender o que realmente estava acontecendo. A polícia tinha prendido os dois meninos por eles estarem bagunçando a rua e a polícia já estavam botando eles dentro da viatura. Fiquei com pena dos moleques e quiz ir lá pra ajudá-los a fugir. Mas o menino do cachorro, antes de entrar na viatura, parou e olhou sério pra mim, pedindo pra eu não tentar ajudá-los. Acho que o menino já sabia que se eu tentasse ajudá-los a fugir da polícia, eu também ia ganhar umas pulseirinhas de prata igual a deles e depois ia passear de viatura com a polícia. Kkkkkkk Fiquei lá, parado, olhando o carro da polícia levar os meninos embora. Naquela altura, já tinha perdido o sonho lúcido, não lembrava mais do cachorro e nem sabia mais o que estava fazendo ali. Daí o sonho se desfez e eu acordei.

Detalhe: O terceiro sonho começou lúcido, depois acabou virando um sonho não-lúcido. Mas já que o terceiro sonho foi quase que uma continuação do segundo sonho, que foi um sonho lúcido, coloquei ele aqui e não no outro diario.
Oi, Ramon. Três relatos super legais. No primeiro sonho, você explorou bastante o ambiente. Gosto de sonhos assim, cheios de improvisações.
Por um instante, achei que você havia encontrado o meu cachorro. Hahaha! Eu tive um pastor alemão que era esquisitão como o cachorro do seu sonho. Ok, o meu cão não voava, mas ele tinha uma mania de correr atrás das pessoas com uma cara de maluco e quando chegava perto, ele parava e começava a brincar. maluco
Que caro chato foi esse que apareceu e maltratou o seu amigo canino. Ele merecia uns tapas mesmo.
O terceiro sonho foi engraçado. Ri muito na parte da viatura da polícia.
Gosto muito de ler seus relatos. São muito divertidos.

Você lembrou que já teve um pastor alemão enquanto eu tinha me esquecido que meu pai já teve um pastor alemão. Mas já faz muitos e muitos anos isso.

Valeu pela força, Königin. Seus relatos são muito mais divertidos que os meus. Porque você tem um jeito todo especial de contar seus relatos. E é isso que cativa os leitores. Gosto muito dos seus relatos. certo
avatar
Mensagens : 2531
Pontos : 5675
Honra : 1044
Data de inscrição : 12/06/2013
Localização : Bahia
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos do Ramon

em Seg Fev 06, 2017 5:20 am
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
Pyros escreveu:Ramon, como tá mano? Olha os seus três últimos sonhos foram massa, o lance do cachorro sidekick, o garoto da "pulseirinha de prata", mas sério, quando eu li o sonho anterior da canelada onírica que superou a realidade dos sonhos e veio pro mundo real, sério eu ri muito aqui HAHAHAHA

Essa não foi a melhor forma de acordar não é ? Aguardo as próximas aventuras em xD.
Oi, Pyros! Tudo na santa paz?

Estou bem graças a Deus. Mas naquele dia acordei meio atordoado com aquela canelada. gargalhada



Mensagens : 1017
Pontos : 3448
Honra : 749
Data de inscrição : 06/08/2013
Idade : 27
Localização : São Paulo/Santo André
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos do Ramon

em Ter Fev 07, 2017 4:43 pm
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
Oi Ramon suas experiências oníricas continuam muito legais, passando para dar um salve viva continue compartilhando brother, até e abraços! certo
avatar
Mensagens : 2531
Pontos : 5675
Honra : 1044
Data de inscrição : 12/06/2013
Localização : Bahia
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos do Ramon

em Sex Fev 17, 2017 5:52 pm
Reizen Endler escreveu:Oi Ramon suas experiências oníricas continuam muito legais, passando para dar um salve viva continue compartilhando brother, até e abraços! certo
Quando você ler alguma, comenta aí. piscar
Mensagens : 1017
Pontos : 3448
Honra : 749
Data de inscrição : 06/08/2013
Idade : 27
Localização : São Paulo/Santo André
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos do Ramon

em Sex Fev 17, 2017 7:53 pm
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
Eu já li tudo Ramon, aliás eu venho acompanhando o seu diário desde o começo. Eu sempre leio tudo nesse fórum, o pessoal já me conhece, mas as vezes eu não comento, pois não acho necessário, mas espero que isso não incomode você ou outros onironautas, contudo geralmente deixo voto positivo se for agradável para denotar minha presença, pois não gosto de forçar nada e gosto de ser verdadeiro em meus comentários. piscar



avatar
Mensagens : 1273
Pontos : 3309
Honra : 657
Data de inscrição : 06/07/2015
Localização : Alemanha
Sonhos Lúcidos :
222 / 999222 / 999
Sonhos Comuns :
999 / 999999 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos do Ramon

em Qui Fev 23, 2017 11:48 am
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
Oi, Ramon! Passei por aqui para deixar um "alô" e perguntar como vai você? Espero que esteja tudo joinha. certo
Um grande abraço.
avatar
Mensagens : 2531
Pontos : 5675
Honra : 1044
Data de inscrição : 12/06/2013
Localização : Bahia
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos do Ramon

em Seg Mar 06, 2017 1:00 am
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
Reizen Endler escreveu:Eu já li tudo Ramon, aliás eu venho acompanhando o seu diário desde o começo. Eu sempre leio tudo nesse fórum, o pessoal já me conhece, mas as vezes eu não comento, pois não acho necessário, mas espero que isso não incomode você ou outros onironautas, contudo geralmente deixo voto positivo se for agradável para denotar minha presença, pois não gosto de forçar nada e gosto de ser verdadeiro em meus comentários.  piscar



Então muito obrigado por ler meu diário, Reizen. brindar
avatar
Mensagens : 2531
Pontos : 5675
Honra : 1044
Data de inscrição : 12/06/2013
Localização : Bahia
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos do Ramon

em Seg Mar 06, 2017 1:05 am
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
Königin escreveu:Oi, Ramon! Passei por aqui para deixar um "alô" e perguntar como vai você? Espero que esteja tudo joinha.  certo
Um grande abraço.
Königin, obrigado pela força, minha amiga. Estou bem, graças a Deus! viva

E você, como é que vai? Espero que esteja tudo bem. certo
avatar
Mensagens : 1273
Pontos : 3309
Honra : 657
Data de inscrição : 06/07/2015
Localização : Alemanha
Sonhos Lúcidos :
222 / 999222 / 999
Sonhos Comuns :
999 / 999999 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos do Ramon

em Ter Mar 07, 2017 8:46 am
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
Por aqui está tudo bem, Ramon! Apareça mais vezes. Você faz falta no fórum. brindar
avatar
Mensagens : 2531
Pontos : 5675
Honra : 1044
Data de inscrição : 12/06/2013
Localização : Bahia
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos do Ramon

em Ter Mar 07, 2017 5:22 pm
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
Königin escreveu:Por aqui está tudo bem, Ramon! Apareça mais vezes. Você faz falta no fórum. brindar
Valeu, Königin! Vou voltar a participar mais do fórum. Obrigado pela força. brindar
avatar
Mensagens : 2531
Pontos : 5675
Honra : 1044
Data de inscrição : 12/06/2013
Localização : Bahia
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos do Ramon

em Qui Mar 30, 2017 2:40 pm
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
Pessoal, pra quem se importa essa semana tive 2 sonhos lúcidos. Todos os 2 foram bem curtos, mas já tá valendo. Um foi anteontem e o outro foi hoje pela manhã. viva

E com relação aos esquecimentos que eu estava tendo, já tá passando essa fase, pessoal. Tô voltando a me lembrar dos sonhos. Inclusive tenho dois sonhos de anteontem e três sonhos de hoje que eu ainda não anotei em lugar nenhum e continuo me lembrando deles. viva
avatar
Mensagens : 2531
Pontos : 5675
Honra : 1044
Data de inscrição : 12/06/2013
Localização : Bahia
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos do Ramon

em Qui Mar 30, 2017 2:51 pm
Detalhe: Tive sonhos ontem também, mas acordei com o barulho do meu povo conversando na sala. Aí perdi o sono, saí da cama e fui tomar café da manhã. Acabei esquecendo o que tinha sonhado. Ficou só aquela sensação de que sonhei com alguma coisa. gargalhada

Mas o que importa é que, depois de mais de duas semanas de apagão, estou voltando a lembrar dos sonhos. viva
avatar
Mensagens : 175
Pontos : 1540
Honra : 102
Data de inscrição : 03/08/2014
Idade : 17
Localização : mount ebott
Sonhos Lúcidos :
7 / 9997 / 999
Sonhos Comuns :
8 / 9998 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos do Ramon

em Qui Mar 30, 2017 3:48 pm
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
Ramon escreveu:Detalhe: Tive sonhos ontem também, mas acordei com o barulho do meu povo conversando na sala. Aí perdi o sono, saí da cama e fui tomar café da manhã. Acabei esquecendo o que tinha sonhado. Ficou só aquela sensação de que sonhei com alguma coisa. gargalhada

Mas o que importa é que, depois de mais de duas semanas de apagão, estou voltando a lembrar dos sonhos. viva
Boa noticia Ramon e parece que estamos iguais, eu também estou lembrando dos meus muito feliz


"se olhar para o abismo, o abismo ira olhar pra você"
Criado por algum inteligente

"se a vida de ta limões, troque por laranjas"
Criado por um gênio eu

[right]"o cubo não fala, mas se falar, ignore"
Criada por uma batata

[left]"o bolo é uma mentira"
Criado por... É serio, o bolo é uma mentira!
[/left]
[/right]
avatar
Mensagens : 2531
Pontos : 5675
Honra : 1044
Data de inscrição : 12/06/2013
Localização : Bahia
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos do Ramon

em Sex Mar 31, 2017 10:49 am
Sir Sonic dremmuer escreveu:
Ramon escreveu:Detalhe: Tive sonhos ontem também, mas acordei com o barulho do meu povo conversando na sala. Aí perdi o sono, saí da cama e fui tomar café da manhã. Acabei esquecendo o que tinha sonhado. Ficou só aquela sensação de que sonhei com alguma coisa. gargalhada

Mas o que importa é que, depois de mais de duas semanas de apagão, estou voltando a lembrar dos sonhos. viva
Boa noticia Ramon e parece que estamos iguais, eu também estou lembrando dos meus muito feliz
É isso aí, brother, de pouquinho em pouquinho estamos voltando a lembrar dos sonhos. viva
Conteúdo patrocinado

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos do Ramon

Ver o tópico anteriorVoltar ao TopoVer o tópico seguinte
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum