Conectar-se
Os membros mais ativos do mês
9 Mensagens - 36%
4 Mensagens - 16%
4 Mensagens - 16%
3 Mensagens - 12%
2 Mensagens - 8%
1 Mensagem - 4%
1 Mensagem - 4%
1 Mensagem - 4%
Votação
Qual a técnica que você utiliza para ficar lúcido?
Teste de Realidade
45% / 15
Totem
15% / 5
Incubação
12% / 4
Gatilho
6% / 2
Gravador de Voz ou Sons Binaurais
6% / 2
Outros
15% / 5
Parceiros
 sonhos=
 sonhos=
 animes=

Compartilhe
Ver o tópico anteriorIr em baixoVer o tópico seguinte
avatar
Mensagens : 138
Pontos : 653
Honra : 59
Data de inscrição : 10/07/2016
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos da Veivi

em Qua Mar 08, 2017 3:24 pm
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
02/03/2015 

Quando ia quase dormindo vi meu próprio rosto e acordei.
Ao voltar a dormir sonhei que estava caindo de um helicóptero, senti como se estivesse entrando dentro de mim mesma e saindo ao mesmo tempo, mas a queda foi tranquila e não teve nenhum ferido, estávamos em uma guerra, era tiroteio para todo lado, a guerra parecia ser contra mim, um helicóptero desceu para me dar reforços, um homem vestido como um soldado de elite com uma roupa preta e colete, não reparei no rosto (acho que era o capitão da tropa) veio em minha direção cuidando para não ser atingido e me perguntou:

- Como se diz pesadelo em Espanhol? - Respondi sem nem ao menos me questionar a relevância dessa informação naquele momento tão crítico:

- Acho que se diz pesadilla.

Depois me perguntou como era em inglês e como não sabia perguntei para outro que parecia um agente especial e ele disse que era “bad dream” mesmo assim não me toquei que a pergunta era uma dica do meu subconsciente!
Fui para outro sonho em que desci de uma nave em cima de um pebolim gigante com mini bonecos “vivos”, brinquei com uns e vi minha cachorra mordendo outros, ela estava se desfazendo aos poucos, primeiro caiu o rabo, ela me pediu ajuda para sair da mesa e assim o fiz, no que saiu  percebi que não era minha cadela e sim um lobo (em pele de cachorra, pq a de cordeiro devia estar em falta hahaha) com olhos e pêlos acastanhados no final ele disse:

- Colocar a escada de volta, para ninguém fugir.

Fiquei bastante assustada, mas fiz o que ele disse meio desconsertada, acabei acordando.
avatar
Mensagens : 1273
Pontos : 3248
Honra : 657
Data de inscrição : 06/07/2015
Localização : Alemanha
Sonhos Lúcidos :
222 / 999222 / 999
Sonhos Comuns :
999 / 999999 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos da Veivi

em Qui Mar 09, 2017 12:17 pm
Hahaha! Gosto demais desses tipos de sonhos. O subconsciente manda um monte de dicas para nos avisar que estamos sonhando, e nós ficamos assim: 10 e nada de questionar a realidade.
avatar
Mensagens : 138
Pontos : 653
Honra : 59
Data de inscrição : 10/07/2016
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos da Veivi

em Qui Mar 09, 2017 10:14 pm
Königin escreveu:Hahaha! Gosto demais desses tipos de sonhos. O subconsciente manda um monte de dicas para nos avisar que estamos sonhando, e nós ficamos assim: 10 e nada de questionar a realidade.

Hahaha pior que fico bem assim na maioria das vezes, até teve uma vez que os personagens comemoraram quando enfim me toquei que era um sonho, eles me deram dicas de que obviamente aquele enredo era fantasioso demais para ser vigília, só que o mais curioso é que me parece que em todos esses sonhos que o subconsciente me dá dica tem um personagem fixo e que muitas vezes é o protagonista da história, é um japa, vou tentar lembrar de perguntar qual o nome dele na próxima muito feliz
avatar
Mensagens : 138
Pontos : 653
Honra : 59
Data de inscrição : 10/07/2016
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos da Veivi

em Sex Mar 10, 2017 1:11 pm
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
11/08/2015

Sonhei que era criança e estava em uma escola, comecei a fazer as coisas voarem e ventar bastante, logo depois estava em uma floresta indo para um parque com amiguinhos, um senhor de barba branca cumprida e com vestes engraçadas que parecia com o Merlin do carnaval, nos disse que se tele transportou para o parque e que viu que ainda não estava aberto,  nos convidou a ficar esperando no seu veículo, apontou para um monte de caixas, mesmo assim fomos sentar nas caixas (éramos mais loucos que ele), acontece que quando eu entrei no meio das caixas começou a andar e vi que se tratava de um carro mesmo, tivemos que desviar por pouco de um caminhão que apareceu do nada na nossa direção, pois tínhamos aparecido em uma pista, quando o caminhão passou se transformou em um tiranossauro rex e veio atrás da gente, nisso a paisagem também não era a mesma, estávamos em um tipo de praia, mas tinha outros momentos que parecia deserto, pedi a ajuda do Merlin carnavalesco para nos tele transportar para longe do dinossauro, ele fez isso, mas acabou me levando para a vigília, acordei e não dormi mais.
avatar
Mensagens : 138
Pontos : 653
Honra : 59
Data de inscrição : 10/07/2016
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos da Veivi

em Sex Mar 10, 2017 1:12 pm
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
23/10/2015
Hoje foi um dos dias em que gravei meu sono, mas vou comentar o relato do sonho primeiro:
Sonhei que lutava com um samurai e matava ele enfiando um garfo de plástico na sua barriga e notei que era feita de goiabada, depois tive que atravessar uma passarela em forma de x, mas em cada ponta tinha um elefante jogando água pela trompa, então chamei minha colega para passar por baixo mesmo, mas umas pessoas nos seguiram, subi correndo em uma escada em espiral e entrei em uma sala de aula os alunos estavam fazendo um trabalho com cartolina e do nada entrei em um grupo e tentei ajudar no trabalho, sentei na cadeira, mas logo as carteiras eram cadeiras de ônibus e estávamos em movimento, paramos em um ponto, um homem que parecia um médico entrou, e perguntou na lata quem de nós era estrangeiro e quais doenças apresentavam, uma colega levantou a mão e disse que tinha uma doença com um nome estranho e ficou esperando mais pessoas falarem, então entrou no ônibus uma menina loira que parecia bêbada, sentou conosco e disse que tinha alguma doença também, mas não se lembrava, eu disse que sabia o que ela tinha e falei:
- Sabe o que é? Você está de fogo e todos riram inclusive ela que balançou a cabeça confirmando.
Nesse momento a gravação que estava sendo feita na vigília capturou minha imagem quase levantando e falando: sabe o que é? É fogo! E fui ao banheiro ainda dormindo, voltei para o quarto fechei o ferrolho da porta e deitei na cama) pelo que me lembro o sonho continuou sem interrupção o doutor desceu do ônibus e a viagem seguiu, eu li em um prédio O nome João Pessoa, e fiquei muito impressionada, pois foi uma viagem muito curta de ônibus metropolitano de São Paulo para a Paraíba, mas de fato e nem sequer pensei em questionar a realidade!
estava lá.
avatar
Mensagens : 138
Pontos : 653
Honra : 59
Data de inscrição : 10/07/2016
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos da Veivi

em Seg Abr 03, 2017 11:58 am
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
17/07/2016

Nesse sonho vi uma aurora boreal (tinha programado para sonhar com uma) nisso tocou uma melodia bem calma, a música começou com uma voz masculina chamando meu nome e depois dizia assim:

"Quando esbarro com você vejo auroras boreais (2x)
Consegui perceber são as mesmas digitais?"

Fui logo pesquisando e o nome da música era "Sonho Lúcido" no meu celular onírico vi que fizeram até um clip com a música, mas a partir dai não fez muito sentido e em vez de ficar lúcida me envolvi com a estória.

10/08/2016

Sonhei que estava caminhando na rua e vi gatos machucados na rua, fui para perto para ver se dava para salvar algum, mas o estado deles era deplorável e constatei que era impossível a recuperação, duvidei até que eles estariam vivos, mas um dos gatos esmagados veio em minha direção querendo me morder, ele não conseguiria me morder já que estava sem boca, mas aquilo me perturbou e acordei sacudindo as pernas.

Voltei a dormir e o sonho começou comigo deitada em um lugar que parecia um aeroporto e um jornal estava me filmando, não era por menos, estava com meu irmão e uns amigos "acampando" lá acordei de novo.

Estava em um lugar que me lembra uma escola de artes marciais, do nada uns homens orientais começaram a lutar uns com os outros, parece que um homem bateu em uma mulher que no sonho era minha amiga que estava desarmada, eu peguei uma espada samurai e fui para luta, mas o cenário mudou e eu estava em uma estrada bem longe da cidade, por todos os lados tinha uma mata estanha, como se fosse toda composta de bambu e nevava, me senti só e com frio, andei um pouco e achei uma casa, bati palmas e uma senhorinha me atendeu eu pedi abrigo e ela se irritou, quase deu na minha cara, eu sai triste andando sem rumo, parei um pouco sem saber para onde ia, foi ai que apareceu um animal estranho parecido com um coala, mas era do meu tamanho e andava como uma pessoa, de início eu tive medo, mas ele se mostrou inofensivo e ficamos amigos acordei.

Estava dentro de um carro no banco da frente, uma mulher loira falava comigo algo que não prestei atenção já que estava olhando para meu reflexo no vidro do carro, alguma coisa não estava correta eu não tinha aquela aparência, o que via era uma menininha com o cabelo tão oiro que parecia branco, pedi para a mulher parar o carro, ela não entendeu, mas parou, pedi para ela ficar distante, mas ela disse que era minha mãe e eu disse que não, apareceu uma cachoeira do nada e eu estava quase caindo, mas fechei os olhos e fui tateando até terra firme e me salvei, o carro e minha suposta mãe foram levados pela água acordei.

Ao voltar a dormir sonhei com o mesmo lugar, eu estava deitada no chão, dessa vez se encontrava lá minha mãe de fato, estava pescando um  bagre pelos bigodes, o que me incomodou foi que ela esqueceu de matá-lo e o estava para cozinhá-lo vivo, tentei avisar o fato, eu não conseguia levantar e minha voz não saia direito, era uma voz meio abafada, como estava inconformada com a situação insisti e minha voz foi melhorando, então levantei e minha mãe terminou de matar o peixe, nisso minha mãe da vigília me chamou perguntando o que eu queria já que ouviu minha voz agoniada a chamando, eu estava falando simultaneamente na vigília e no sonho.


Última edição por Veivi em Seg Abr 03, 2017 2:04 pm, editado 1 vez(es)
avatar
Mensagens : 138
Pontos : 653
Honra : 59
Data de inscrição : 10/07/2016
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos da Veivi

em Seg Abr 03, 2017 11:59 am
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
14/08/2016
Sonho 01
Estava em um ônibus desgovernado, tive um falso despertar e acordei em uma casa que morei quando era adolescente, estava coberta de espinhos, estava impossível levantar, o cenário mudou estava na minha universidade, mas por mais que andasse sempre apareciam escadas na minha frente e algumas ficavam estreitas e me apertavam.
Sonho 02
Fui para outro sonho onde eu estava no corpo de uma mulher loira que era prostituta, estava chorando e implorando algo para um homem também loiro e forte, estávamos num quarto e outro homem de cabelo escuro ficava guardando a porta e ouvindo tudo, eu dizia para o homem loiro: Eu não tomei as pílulas pq você me pediu! Mesmo diante dos protestos o homem coloca uma seringa na minha barriga e injeta um tanto de um líquido transparente, entendo que é para matar a criança que está dentro, ele diz: Isso é para aprender a dividir a grana, e termina de injetar o conteúdo completo, me sinto perdendo as forças e morrendo, acordei chorando, só consegui dormir de novo pq era no começo da noite.
Sonho 03
Ao voltar a dormir eu sonhei que era um repórter e perdia meu emprego, mas com o passar da vida fiquei milionário e ganancioso, retardei minha morte com aparelhos, mas me sentia muito fraco e desmotivado, constatei que mesmo com tudo que eu tinha adquirido na vida ainda não estava satisfeito e resolvi me entregar para a morte, não senti dor só um leve incomodo no peito e minha visão escurecendo, mas foi um alívio.
Sonho 04
Abri os olhos e descobri que estava em um leito de hospital, dessa vez minha memória estava fraca, sentia muita dor, fui apertar um botão e nisso percebi que eu era uma menina, me senti sozinha e perguntei onde estavam todos? Uma voz que parecia vir de uma televisão disse que ninguém podia entrar no meu quarto para eu não ser contaminada, mas depois de um tempo um menino entrou e eu disse para ele que não me lembrava quem eu era, perguntei se era alguém importante? Ele disse que sim que era muito importante, então perguntei qual era meu cargo? Ele respondeu que eu era a chefe do grupo de seus melhores amigos, resolvemos sair do quarto escondidos, lá fora percebi que não se tratava de um hospital e sim de uma casa luxuosa, brincamos até ficar de noite e começar a chover, o menino me deu sua capa de chuva e nos despedimos, esqueci que tinha saído escondida e entrei pela porta da frente, entrei em uma sala com algumas pessoas, eu estava toda molhada, todos olharam para mim perplexos, a casa era bem quente e senti o choque térmico, fui ficando fraca e acho que morri pq já fui para outro sonho.
Sonho 05
Nesse sonhos eu era uma mulher adulta estava deitada e com os olhos fechados, pelo que entendi estava em coma, ouvi uma movimentação como que de criadas cuidando de mim, do nada elas pararam e foram embora, alguém tinha chegado no meu quarto, a voz de um homem dizia: Esposa querida, não sabe como estou satisfeito com sua situação, enfim me livrei de você! Ele não sabia que eu entendia tudo e tal foi a minha admiração que abri os olhos e vi a cara dele de assustado, a casa era de pessoas ricas, mas tudo leva a crer que estava em algum momento em um passado bem distante, não deu para ver como terminou a história, pois já fui para outro sonho.
Sonho 06
Nesse sonho estava em uma casa muito parecida com a do anterior, mas era como se tratasse do passado dessa mulher que ficou em coma, agora eu era uma menina de família nobre, mas tratava todos os criados como se fossem da família.
Sonho 07
Nesse sonho estava no corpo de uma menina oriental vocalista de uma banda, estava apresentando um show particular em uma mansão, estava aborrecida com algo, mas acordei antes de saber qual era.
avatar
Mensagens : 138
Pontos : 653
Honra : 59
Data de inscrição : 10/07/2016
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos da Veivi

em Seg Abr 10, 2017 11:25 am
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
05/09/2016

Estava em uma cidade praiana com os amigos e família, mas não era no Brasil, fui tirar uma foto do pôr-do-sol na praia e apareceu umas paisagens de castelos no fundo, achei curioso, mas nem liguei muito, tive uma discussão com um fotógrafo, pois ele queria nos tirar da praia para fazer um trabalho e bastava sairmos da frente dele, deixamos ele para lá e fomos andando, no caminho percebi que estava descalça, o fotógrafo apareceu na esquina e me deu meu chinelo, eu agradeci, depois veio uns bandidos atrás do meu grupo, mas o fotógrafo apareceu com seu carro prateado futurístico e nos deu carona, o problema era que mais na frente tinha um grupo para nos pegar e o fotógrafo deu seu carro para mim e desceu com o meu grupo, em um carro prateado, um modelo bem moderno, as potas abriam para cima, eu fui levar o carro para longe, mas em cada lado da rua tinha uma fileira de homens armados eu coloquei o pé no acelerador e continuei o caminho em toda velocidade, os homens metralharam o carro que não sofreu nenhum arranhão, foi bem emocionante, no final era como se fosse uma corrida e eu tinha ganhado, mas não queria sair do carro já que o pessoal era meio barra pesada, mas uma senhorinha pegou o carro como se não fosse feito de nada, levantou e jogou para cima comemorando logo não existia carro e eu estava sendo levada para um iate de um mafioso acordei com um pensamento de que iriam me matar lá. medo
avatar
Mensagens : 138
Pontos : 653
Honra : 59
Data de inscrição : 10/07/2016
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos da Veivi

em Seg Abr 10, 2017 11:27 am
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
11/09/2016

Estava em uma escola e vi um grupo se reunindo para fazer um tipo de trabalho escolar em grupo, dentre o grupo tinha um ator, mesmo não estando consciente fiquei pensando o motivo do meu subconsciente o ter colocado lá e fui perguntar para ele pq estava no meu sonho, ele respondeu que meu irmão gostaria que ele estivesse ali, do nada apareceu um rapaz loiro e simpático, eu perguntei de onde ele veio e esse me respondeu: Do material de construção Five Future, eu peguei meu sonhário e anotei esse nome, mas alguém disse que eu deveria escrever o número, então corrigi e escrevi 5 Future, a ponta do meu lápis quebrou, perguntei para o rapaz loiro o motivo de ele estar ali, só que ele desconversou, pegou uns papéis parecidos com os que tinha separado na vigília para escrever coisas sobre sonhos lúcidos.
avatar
Mensagens : 138
Pontos : 653
Honra : 59
Data de inscrição : 10/07/2016
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos da Veivi

em Seg Abr 10, 2017 11:29 am
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
07/10/2016

Voei com asas de anjo, o cenário mudou e eu estava em uma cidade futurística, num prédio enorme, escutei um barulhão de televisão ligada, olhei pela janela e vi que no prédio onde estava tinha a imagem de uma tv gigante projetada no prédio onde estava, os outros não pareciam se incomodar com o barulho, eu sim, então fui para uma praia comprar sorvete, as moedas que estavam no meu bolso não eram normais, tinham várias formas geométricas e eram transparentes como se fossem pequenas formas, eu joguei fora, mas uma garota achou e comprou bastante coisa com ele, perguntei para a mulher da loja onde poderia achar emprego e pelo que entendi ela queria me contratar para responder as mensagens que as amigas dela mandavam.
Sonhei que estava em uma égua alada em fuga, a égua me pediu para segurar firme e deu um pulo nisso voamos e eu senti um frio na barriga, olhei para trás e vi que estávamos fugindo de um furacão enorme, depois notei que para todo lado tinha um furacão, um muro caiu quase em cima de mim.
avatar
Mensagens : 138
Pontos : 653
Honra : 59
Data de inscrição : 10/07/2016
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos da Veivi

em Seg Abr 10, 2017 11:33 am
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
02/11/2016

Sonhei que tinha uma mulher maluca me incomodando muito, então mesmo sem estar lúcida eu usei a técnica do totem escudo nela e funcionou: a mesma foi se transformando em algo transparente e depois se transformou em várias folhas de papel (na vigília eu estava incomodada com a demora de um diário com folhas antigas que não chegava nunca).
avatar
Mensagens : 138
Pontos : 653
Honra : 59
Data de inscrição : 10/07/2016
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos da Veivi

em Seg Abr 10, 2017 11:35 am
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
25/11/2016

Estava em um cenário futurístico, em um metro todo branco que flutuava, vi na tv projetada na parede que os cientistas já tinham resolvido o problema da poluição no planeta, vi as imagens da esfera que mandaram para o espaço e ela puxava toda a poluição para si deixando a camada de ozônio limpa.
avatar
Mensagens : 138
Pontos : 653
Honra : 59
Data de inscrição : 10/07/2016
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos da Veivi

em Qui Abr 13, 2017 11:03 am
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
04/01/2017

Sonhei que ia para uma competição em um ônibus cheio de crianças, eu fazia dupla com uma menina japonesa que ficava falando comigo na língua dela e eu não entendia nada, quando chegamos na competição entendi que eu deveria descer uma queda d'água enorme no barco da menina japonesa e não curti a ideia, fiz aparecer um túnel que era de uma cor diferente, uma mistura de roxo, lilás e rosa, era como se fosse uma pedra líquida que se movia flutuando no ar, pelo que entendi o era um túnel do tempo e eu voltei poucos minutos antes, mas ainda não foi suficiente, então entrei mais no túnel e voltei outro tanto na história, mas no que voltava tinha alguns elementos diferentes, como pessoas que não tinham aparecido antes e locais onde não tinha estado antes.
avatar
Mensagens : 138
Pontos : 653
Honra : 59
Data de inscrição : 10/07/2016
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos da Veivi

em Qui Abr 13, 2017 11:10 am
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
21/02/2017

Estava em uma casa onírica, quando escutei um barulho estranho no quintal, ao sair vi que era um helicóptero e umas pessoas mal encaradas no meu quintal, fui para um canto e me fiz de morta, mas o helicóptero resolveu parar bem do meu lado, o piloto tinha algo de familiar, olhou para mim, deu um sorriso e disse que a mulher deveria me matar e foi embora, eu fiquei irritada e fui dando saltos colossais para derrubar o piloto, uns fios de postes tentaram me atrapalhar, mas eu os usei como estilingue, só que o piloto estava caído já no meio de fios elétricos, ele estava no chão satisfeito como se já estivesse esperando aquilo acontecer, fui na direção dele e fiquei preocupada com uns fios desencapados tocarem nele, peguei os fios e quase levei um choque, mas ele continuava tranquilo, ele tocou no meu cabelo e inexplicavelmente eu o beijei, mas parei e eu disse:

- Isso é loucura eu nem te conheço.

Ele ficou calado e eu fui por algum motivo participar de um jogo com uma mulher que trabalhava com ele, era perguntas e respostas, tinha alguns papéis para se escrever as perguntas, o piloto deu um papel para minha oponente me perguntar no que dei uma espiada vi que estava escrito: " Se você não me conhece, como já sonhou comigo várias vezes?"
Fiquei pensando o que ia responder se saísse aquele papelzinho, mas acabei acordando.
Quando acordei me lembrei que o homem que eu beijei era o mesmo japa que tentou me ajudar a ficar lúcida em outros sonhos.


Última edição por Veivi em Qui Abr 13, 2017 11:18 am, editado 1 vez(es)
avatar
Mensagens : 138
Pontos : 653
Honra : 59
Data de inscrição : 10/07/2016
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos da Veivi

em Qui Abr 13, 2017 11:13 am
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
28/02/2017

Estava em um banco lotado de pessoas, uma mulher magra me levou para uma atendente loira de cara bem redonda que dava um ar bem simpático a ela, a mulher magra falou que o meu caso era especial e a atendente imediatamente me levou a um elevador e colocou um cartão dourado em um compartimento do elevador e pela primeira vez um elevador funcionou direito no meu sonho, é verdade que ele não era um elevador comum, ele se transformou em uma caixa de vidro e andava em todas as direções até mesmo sem ter nada o segurando, fomos parar em outro banco, que estava quase vazio, mas a partir dai o sonho mudou.
avatar
Mensagens : 138
Pontos : 653
Honra : 59
Data de inscrição : 10/07/2016
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos da Veivi

em Sab Abr 15, 2017 11:27 am
03/03/2017

Está em um quarto que supostamente era meu, não reparei muito no local, pois estava mais preocupada com uma imagem projetada no meu travesseiro, era um jogo de videogame que estava ligado eu não sabia como desligar, enquanto tentava desligar um zumbi veio em direção ao avatar de guerreiro, ele ia ser atacado, então toquei na imagem que era touchscreen, usei a metralhadora contra o zumbi e ele caiu, nisso consegui desligar, mas infelizmente acabei entrando dentro do jogo, escutei um barulho vindo para a sala onde eu estava e me escondi dentro de uma meleca, alguns monstros entraram na sala, eles estavam comentando que era a mesma meleca de sempre e que adorariam carne fresca, fiquei bem parada, mas acabei sendo descoberta, na verdade descoberto, pois estava com avatar do guerreiro, sai correndo daqueles monstros carnívoros, no percurso vi uma menininha loira, estávamos em um shopping no último andar, vi um brinquedo parecido com uma montanha russa fui deslizando nele com a menina nas costas, sai do lugar e enquanto corria alguém me contava a história do guerreiro, o mesmo anteriormente era um cientista, mas seu experimento não deu muito certo e ele estava correndo atrás do prejuízo, matando suas criações, mas a mesma voz me contou que na história o cientista, agora guerreiro, iria ser morto pelas suas criaturas e quem iria terminar de matar os monstros era a menininha ao crescer, esta na verdade era filha do cientista, eu parei meu avatar na mesma hora e disse:
-Eu não vou ser morta mordida por esses monstros tenebrosos!
E tive um falso despertar voltei para quarto do início, estava paralisada e percebi que um monstro veio junto comigo, imediatamente usei a técnica do totem escudo, dessa vez tive que imaginar todo o processo, foi muito gratificante, pois o monstro que já estava bem perto de mim foi destruído quando cúpula tocou nele e fiquei lúcida na mesinha ao lado vi a causa desse sonho: uma aranha monstruosa que vi pessoalmente dois dias antes, incrivelmente eu não tive medo, mas mesmo assim quis fazê-la sumir, foi o que ocorreu, mas acabei indo para em outro cenário e inconsciente, estava em um hospital de urgência, eu tentava sair de lá, pois as cenas eram horríveis, tinha até pessoas sem cabeça sendo tratadas,  o fato é que tentava sair do hospital e em vez disso passava cada vez mais em salas com pessoas mutiladas.
Conteúdo patrocinado

Re: Diário dos Sonhos da Veivi

Ver o tópico anteriorVoltar ao TopoVer o tópico seguinte
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum