Conectar-se
Os membros mais ativos do mês
3 Mensagens - 75%
1 Mensagem - 25%
Votação
Qual a técnica que você utiliza para ficar lúcido?
Teste de Realidade
45% / 15
Totem
15% / 5
Incubação
12% / 4
Gatilho
6% / 2
Gravador de Voz ou Sons Binaurais
6% / 2
Outros
15% / 5
Parceiros
 sonhos=
 sonhos=
 animes=

Compartilhe
Ver o tópico anteriorIr em baixoVer o tópico seguinte
avatar
Mensagens : 24
Pontos : 461
Honra : 7
Data de inscrição : 23/09/2016
Idade : 19
Localização : Goiás
Sonhos Lúcidos :
24 / 99924 / 999
Sonhos Comuns :
117 / 999117 / 999
Ver perfil do usuário

Diário dos Sonhos Lúcidos de Vinsky

em Seg Set 26, 2016 5:44 pm
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
Bem-vindo ao meu diário de sonhos lúcidos  piscar

Tenho 18 anos, sou tímido e por isso não sou bom com palavras. Sou apaixonado por sonhos lúcidos, descobri este site e fiquei maravilhado pela quantidade de informações. Sou grato a todos os orionautas por compartilharem informações, foi graças a vocês que eu pude aprender mais sobre o assunto. Comecei a ler vários diários de sonhos lúcidos dos membros do fórum e estou gostando muito...enfim, decidi postar os meus sonhos lúcidos. Espero que gostem muito feliz.

[16/07/16]

A grande sala das portas

Antes de dormir eu visitei o site para procurar alguma técnica de prolongar os sls e achei a técnica das portas, gostei muito dela porque alem de prolongar o sonho ela podia ser usada para aparecer coisas e eu gosto muito de dragões e queria encontrar um no meu sonho. Fui dormir lá pelas duas da manhã, sonhei que estava na ultima escola que estudei, estava na sala de aula e achei estranho o fato dela estar vazia e então decidi cair fora dali. Quando eu estava descendo uma rampa que havia no prédio eu encontrei um amigo e já fazia um bom tempo que a gente não se via, fiquei muito feliz e puxei um papo com ele. Decidimos sair do prédio juntos e no caminho acabei ficando lúcido e lembrei do que planejei antes de dormir, acabei deixando o meu amigo sozinho e ele ficou uma cara de wtf, eu estava muito eufórico e ele ficou la parado sem entender nada gargalhada. Corri e fiquei de frente para a porta da sala de aula e desejei encontrar um dragão, visualizei a imagem dele na minha cabeça e então abri a porta e a sala estava vazia, eu fiquei parado olhando a sala e o sonho começou a se desfazer, fiquei desesperado e tudo acabou ficando escuro. Eu fui parar limbo, olhei ao meu redor e não vi nada. Eu estava flutuando no escuro sem saber o que fazer e tive a ideia imaginar algum cenário para que ele se materializasse mas não funcionou. Depois de um tempo o cenário do sonho começou a se formar e eu pousei em uma ponte, o cenário se formou completamente e era uma sala enorme com várias portas e pontes, havia um enorme buraco sem fundo e eu tomei cuidado para não cair.


Abri uma porta que estava ali perto visualizando uma imagem de um dragão na minha mente e não funcionou, tentei abrir outras portas mas o sonho desmoronou novamente, eu acordei na minha cama e neste momento eu perdi lucidez, eu rolei para fora da cama e cai no limbo, ainda bem que era um sonho senão eu teria caído de cara no chão gargalhada. Recobrei a lucidez e fiquei flutuando no limbo por um tempo até que o cenário se formou, pousei em uma ponte e percebi que estava novamente na sala das portas. Corri e tentei abrir mais portas, eu estava quase desistindo de encontrar um dragão até que abri uma porta vi um campo verde com algumas montanhas ao fundo, caminhei pelo campo e pude sentir a grama nos meus pés. Encontrei um dragão marrom sem asas e fiquei muito feliz, olhei nos olhos dele, o abracei e falei "finalmente consegui" viva , o dragão soltou um leve rugido e o sonho se desfez. Acordei na minha cama e rolei para fora dela de propósito, acabei caindo e fui parar no limbo e depois de um tempo o cenário se formou, era a minha escola novamente e então corri para a porta da sala de aula e a abri e a passagem estava obstruída por vinhas rosas, eu pensei "como eu vou entrar?" e de repente as vinhas recuaram, entrei numa sala coberta de vinhas rosas e no fundo dela vi um dragão nuvem igual o do jogo Dragon City, corri para interagir com ele e o cenário se desfez  nao3 . Retornei ao limbo e em seguida retornei a sala das portas, pensei em fazer algo diferente e então olhei ao redor e vi que do outro lado da sala havia uma janela enorme aberta e fiquei curioso para saber o que tinha o do outro lado mas não tinha como chegar até la pois havia um buraco enorme e então olhei para baixo e pensei "vou ter que arriscar". peguei embalo na ponte em eu estava e saltei, planei até o outro lado e consegui pousar em uma ponte e passei pela janela. Eu estava em uma cidade e olhei ao redor e vi casas típicas do japão e ao fundo eu pude ver o monte fuji, deduzi que estava no japão.


Eu queria  chegar ao topo do monte por curiosidade então decidi procurar uma porta para me teleportar para lá, pensei que a distancia era longa de mais até para ir voando , caminhei pela cidade e percebi que as casas não tinham portas, o sonho começou a se desfazer então lembrei da técnica de esfregar as mãos e a usei e o sonho se estabilizou, eu parei numa esquina e analisei o letreiro de uma loja e não entendi nada, continuei a caminhar e entrei em outra rua e vi uma porta sanfonada numa casa, corri para abri-la e de repente eu escutei a voz do Evandro Santo do pânico na band e ele estava falando comigo de dentro da casa, ele estava estérico e não lembro o que ele falou mas acho que ele queria que eu saísse dali, eu abri a porta e não havia nada na casa, o sonho desabou eu eu acordei de verdade.


Última edição por Vinsky em Qui Set 29, 2016 10:51 am, editado 4 vez(es)
avatar
Mensagens : 24
Pontos : 461
Honra : 7
Data de inscrição : 23/09/2016
Idade : 19
Localização : Goiás
Sonhos Lúcidos :
24 / 99924 / 999
Sonhos Comuns :
117 / 999117 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos de Vinsky

em Ter Set 27, 2016 1:08 pm
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
[20/07/16]

Conversando com o Robin Williams

Eu procurei algum filme sobre sonhos lúcidos e achei o filme Waking Life, eu assisti e fiquei curioso em saber como os personagens dos meus sonhos lúcidos reagiriam se eu conversasse com eles. Fui dormir e tive um pesadelo e acordei bastante cansado, ainda estava de noite e eu tentei dormir novamente, sonhei que estava tendo uma paralisia do sono, na hora eu tentei ficar tranquilo e depois de um tempo eu acordei e percebi que foi apenas um sonho. Fui dormir novamente e sonhei que estava jogando Runescape no computador (Runescape é um mmorpg), e eu estava lutando contra alguns bosses e o namorado da minha irmã começou a falar comigo sobre o jogo. Depois eu estava andando pela cidade com a minha irmã e não lembro o que a gente estava fazendo. Cheguei em uma casa abandonada sem teto e havia um pequeno grupo de pessoas e uma dessas pessoas era o ator Robin Williams, ele se aproximou de mim e perguntou "como seria se você estivesse sonhando?" e fiquei lucido. Decidi fazer uma pergunta a ele por curiosidade, perguntei "Como é ser uma pessoa criada pelo meu subconsciente?", ele ficou parado me olhando e sorrindo, ele não falou nada. Depois disso eu acabei perdendo a lucidez e tive um sonho comum.


Última edição por Vinsky em Qui Set 29, 2016 11:08 am, editado 2 vez(es)
avatar
Mensagens : 138
Pontos : 610
Honra : 45
Data de inscrição : 26/09/2016
Idade : 21
Localização : Franca-SP
Sonhos Lúcidos :
4 / 9994 / 999
Sonhos Comuns :
230 / 999230 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos de Vinsky

em Ter Set 27, 2016 2:11 pm
Reputação da mensagem: 100% (2 votos)
Sem duvida os personagens de nosso subconsciente são intrigantes! rsrs
avatar
Mensagens : 24
Pontos : 461
Honra : 7
Data de inscrição : 23/09/2016
Idade : 19
Localização : Goiás
Sonhos Lúcidos :
24 / 99924 / 999
Sonhos Comuns :
117 / 999117 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos de Vinsky

em Ter Set 27, 2016 2:35 pm
Com certeza LucasDuarte muito feliz
avatar
Mensagens : 646
Pontos : 2496
Honra : 310
Data de inscrição : 20/10/2013
Idade : 28
Sonhos Lúcidos :
38 / 99938 / 999
Sonhos Comuns :
999 / 999999 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos de Vinsky

em Ter Set 27, 2016 3:36 pm
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
Muito interessante o relato 65


CORES DOS MEUS RELATOS:

  • Analise ou pensamento/observação.
  • Dialogo, titulo
  • Descrição de um cenário/objeto/pessoa.
  • Realidade ou fato importante.

Orvalho do sonhar:
Fantasiar me conforta
Deslumbrado a imaginar
Sera que e so eu?
Ou alguem se importa?


para nao se desesperar
Sucumbir em expectativas
pois se nao suprir
Posso pelo menos sonhar

Sair desse lugar imundo
Fingir que nao e isso
Tornar tudo intenso
Criar o próprio mundo


Injetar alegria
Olhar fixo para o nada
Rir sozinho
Ate o final do dia


Sentir a liberdade ao voar
Observar o próprio reflexo
E fechar os olhos
Para voltar a sonhar

(Hiriu)
avatar
Mensagens : 24
Pontos : 461
Honra : 7
Data de inscrição : 23/09/2016
Idade : 19
Localização : Goiás
Sonhos Lúcidos :
24 / 99924 / 999
Sonhos Comuns :
117 / 999117 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos de Vinsky

em Ter Set 27, 2016 5:54 pm
Obrigado por ter lido o meu diário Hiriu muito feliz
avatar
Mensagens : 326
Pontos : 1088
Honra : 106
Data de inscrição : 10/05/2016
Localização : RS
Sonhos Lúcidos :
7 / 9997 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos de Vinsky

em Qui Set 29, 2016 11:14 am
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
Oi Vinsky,gostei dos seus sonhos,eu também costumo sonhar com pessoas famosas,will Smith,faustão,datena...,foi bem interessante a sua pergunta para o robin willians,foi inspirada na conversa do filme waking life né?Lembro de o cara falando com a ruiva e ele perguntou isso,foi uma boa ideia que você teve.
avatar
Mensagens : 24
Pontos : 461
Honra : 7
Data de inscrição : 23/09/2016
Idade : 19
Localização : Goiás
Sonhos Lúcidos :
24 / 99924 / 999
Sonhos Comuns :
117 / 999117 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos de Vinsky

em Qui Set 29, 2016 12:11 pm
Opa, eai Andrelp, eu gosto muito de ler o seu diário de sls muito feliz. Obrigado por ler os meus relatos, quando vi essa cena da ruiva no filme eu fiquei morrendo de curiosidade pra saber qual resposta que eu receberia se eu fizesse essa pergunta no sonho rsrs.
avatar
Mensagens : 24
Pontos : 461
Honra : 7
Data de inscrição : 23/09/2016
Idade : 19
Localização : Goiás
Sonhos Lúcidos :
24 / 99924 / 999
Sonhos Comuns :
117 / 999117 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos de Vinsky

em Qui Set 29, 2016 12:59 pm
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
[27/09/16]

O sonho estável

Eu acordei com a risada do meu tio na sala, ele conversa alto pra caramba e tentei fazer a técnica de indução de sls DEILD, mas o barulho estava tão insuportável que nem lembrei do que eu estava sonhando  nao3, consegui dormir e sonhei que eu estava no quintal de casa, fiz o rc de respirar com o nariz fechado e fiquei lúcido. Tentei seguir algumas técnicas que a Königin ensinou ao Sadik45, fiquei calmo, fiz cálculos matemáticos simples, lembrei o meu nome e a minha idade. Fiz essas técnicas a todo momento e fiquei super feliz porque o sonho estava muito estável e estava durando bastante, eu não sabia o que fazer então observei cada detalhe do sonho. Lembrei do que li no diário do Andrelp e olhei para cima pensei "é agora", pensei em voar para a lua então dei um salto para voar e não consegui. Me esborrachei no chão e fiquei com raiva  gargalhada, subi no muro do meu vizinho e vi algumas plantas no chão, olhei para o teto da casa e pulei. Consegui subir em cima da casa, vi o meu bairro e pude sentir o vento fresco batendo no meu rosto. Desci da casa e quando fui para a rua minha visão ficou escura de repente e não consegui enxergar, escutei a voz de um homem e ele era um vendedor, ele perguntou se eu queria comprar um objeto que ele estava vendendo e a restauração da minha visão, na mesma hora eu aceitei kkkk. Eu pude ver o cenário do sonho novamente e o vendedor não estava ali, ele não me deu o objeto e eu não paguei nada. Fiquei perplexo com o que acabou de acontecer que esqueci de continuar a fazer as técnicas da Königin e no momento que fui para o pasto que fica perto da minha casa eu perdi a lucidez. Eu estou muito feliz pelo sonho ter durado bastante, obrigado pelas dicas Königin viva.


Última edição por Vinsky em Qui Set 29, 2016 1:30 pm, editado 2 vez(es)
avatar
Mensagens : 326
Pontos : 1088
Honra : 106
Data de inscrição : 10/05/2016
Localização : RS
Sonhos Lúcidos :
7 / 9997 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos de Vinsky

em Qui Set 29, 2016 1:08 pm
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
Parabéns Vinsky,você vai ter muitos outros e mais longod também.Sobre voar,eu tenho muita dificuldade com isso,mas tenho me distraído com outras coisas nos sl.
avatar
Mensagens : 24
Pontos : 461
Honra : 7
Data de inscrição : 23/09/2016
Idade : 19
Localização : Goiás
Sonhos Lúcidos :
24 / 99924 / 999
Sonhos Comuns :
117 / 999117 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos de Vinsky

em Qui Set 29, 2016 1:22 pm
Obrigado Andrelp, também desejo a você muitos sonhos lúcidos muito feliz. Eu tenho facilidade em voar em sonhos lúcidos mas é engraçado que de vez em quando não da certo e acabo levando tombos feios kkkk. Acho que todo mundo tem algum tipo de dificuldade em fazer certas coisas nos sonhos lúcidos mas com um pouco de força de vontade a gente supera essas dificuldades, tenho certeza que você vai conseguir voar com mais facilidade certo.
avatar
Mensagens : 24
Pontos : 461
Honra : 7
Data de inscrição : 23/09/2016
Idade : 19
Localização : Goiás
Sonhos Lúcidos :
24 / 99924 / 999
Sonhos Comuns :
117 / 999117 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos de Vinsky

em Qui Set 29, 2016 3:06 pm
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
[29/09/16]

Coraline

Li o diário de sls da Königin, quando fui dormir eu fiquei pensando sobe as criaturas assustadoras que apareciam nos sonhos dela e fiquei com um pouco de medo de surgirem essas criaturas nos meus sonhos também. Tive um sonho comum e acordei paralisado na minha cama, eu pensei "me lasquei", fechei os olhos para não ver nenhuma alucinação. Sonhei que eu estava em um lugar meio escuro e havia uma garotinha que tinha cabelos longos, uma cabeça grande olhos enormes, não dava pra ver direito e fiquei com muito medo medo, eu estava lúcido neste momento e a criança começou a girar em minha volta. Eu pensei que teria que superar o medo se eu quisesse continuar lúcido e aproveitar o sonho e então eu andei devagar, tentei tocar na criança e ela desapareceu. Fui parar numa sala bem clara e laranja, a todo momento eu usava técnicas para lembrar que eu estava lúcido, havia um buraco enorme na sala e haviam estrelas nele como se fosse o espaço, tinha um enorme pano branco flutuando sobre o buraco e eu peguei ele. O cenário mudou e eu fui parar na cena do show daquelas atrizes do filme coraline, eu fiquei muito feliz. Vi as duas pulando naqueles trapézios de circo e de repente elas desapareceram, não havia ninguém na sala então pensei em explorar o lado de fora para ver se eu via o jardim da casa da Coraline, sai pela porta fui parar dentro da minha casa e eu acordei em seguida.

Explorando a rua

Voltei a dormir e tentei recordar do sonho que eu tive, sonhei estar deitado na cama do meu quarto, a porta do meu quarto estava aberta e do outro lado eu acho que estava a minha sala de aula. Vi um garoto que praticou bullying comigo anos atrás, eu não guardo nenhum rancor dele na vida real, mas la no sonho eu estava com raiva dele e falei que iria me vingar e ganhei lucidez. O garoto e a sala de aula desapareceram, sai pela porta do meu quarto e fui para a sala da minha casa, olhei os detalhes e então fui para o banheiro dos meus pais, olhei para a minhas mãos e elas estavam normais. Olhei para as minhas mãos novamente e a minha mão direita tinha uns 7 dedos e eu achei engraçado, sai na rua e o cenário começou a se desfazer e escurecer e gritei "luz" e "nitidez" e o cenário voltou ao normal mas meu olho direito estava embaçado e não conseguia enxergar direito com ele, gritei "luz" e "nitidez" novamente e minha visão voltou ao normal. Andei até a esquina e acordei.

Déjà vu

Dormi novamente lembrando do sonho anterior e fui parar novamente no meu quarto, olhei pela porta e vi o garoto que fez bullying comigo e falei que iria me vingar, igualzinho ao sonho anterior. Fiquei lucido novamente e o garoto e a sala de aula desapareceram. Sai pela porta do meu quarto, sai de casa e fui para a rua e olhei as outras ruas que ficam do outro lado do pasto não muito longe daqui de casa e haviam ruas a mais do que o normal, pensei em ir la explorar mas pensei em fazer um redemoinho vivo como a Königin fez. Eu desejei que um redemoinho surgisse e ele surgiu, ele era estranho, não sei descrever ele muito bem, parecia que ele era feito de tiras de papel ou plastico que ficavam girando, fiquei frustrado e tentei mudar o redemoinho para que ele ficasse normal mas não consegui. Deixei ele pra la e perdi a a lucidez e tive um sonho comum em seguida. A técnica DEILD esta dando bastante resultado para mim, estou muito feliz por isso feliz.


Última edição por Vinsky em Sab Out 08, 2016 3:34 pm, editado 2 vez(es)
avatar
Mensagens : 138
Pontos : 610
Honra : 45
Data de inscrição : 26/09/2016
Idade : 21
Localização : Franca-SP
Sonhos Lúcidos :
4 / 9994 / 999
Sonhos Comuns :
230 / 999230 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos de Vinsky

em Qui Set 29, 2016 4:08 pm
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
Parabens que sonhos fera haha. Gostei muito da tecnica para ganhar claridade e nitidez
avatar
Mensagens : 24
Pontos : 461
Honra : 7
Data de inscrição : 23/09/2016
Idade : 19
Localização : Goiás
Sonhos Lúcidos :
24 / 99924 / 999
Sonhos Comuns :
117 / 999117 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos de Vinsky

em Qui Set 29, 2016 7:14 pm
Obrigado LucasDuarte piscar, eu aprendi no site que se dizermos claridade ou nitidez em voz alta ajuda a manter o sonho estável e realmente funciona dança
avatar
Mensagens : 24
Pontos : 461
Honra : 7
Data de inscrição : 23/09/2016
Idade : 19
Localização : Goiás
Sonhos Lúcidos :
24 / 99924 / 999
Sonhos Comuns :
117 / 999117 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos de Vinsky

em Sex Set 30, 2016 6:51 pm
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
[27/07/16]

O campo nevado

Sonhei que eu estava estudando numa escola que estudei quando eu era mais novo, era primeiro dia de aula e haviam muitos estudantes que eu não conhecia. Vi a minha irmã sentada no fundo da sala mas não conversamos. Eu estava com o meu diário de sonhos, haviam alguns desenhos infantis, muitas páginas estavam soltas e de repente elas caíram no chão. Os alunos estavam conversando e uma professora entrou na sala e ela era minha professora de português do nono ano, ela nos mandou ler uma lenda urbana e cada aluno tinha que ler uma estrofe. A minha vez de ler chegou e eu não li porque estava ocupado juntando e organizando as páginas do meu diário de sonhos, a professora ficou com raiva e me deu uma bronca. Olhei para o colega sentado na minha frente e o reconheci, ele era um amigo que tive nesta escola e conversamos bastante, a professora nos deu várias broncas por conversarmos. Ela foi embora, eu falei "já vai tarde" mas ela não escutou, outra professora entrou e ela era professora de "conhecimentos gerais", ela era a minha professora do segundo ano do ensino fundamental. Ela mandou eu e o meu amigo sentarmos no chão próximo a porta por conversarmos durante a aula, o pior que tinham outras pessoas conversando mas ela só brigou com a gente. De repente alguém arremessou um pote de creme de cabelo aberto na professora e ela se sujou, eu achei hilário a situação e eu e o meu amigo rimos feito retardados gargalhada. Ela começou a chorar e botou a cupa em mim, eu nem me dei ao trabalho de discutir com ela porque o que ela falou não tinha lógica, ela me olhava a todo momento e sabia que não tinha como ter sido eu, ela simplesmente queria me prejudicar. Eu me levantei e fui para a minha carteira e alguém jogou um ponte de creme de cabelo aberto em mim e eu me desviei like a ninja kkkk, escutei a voz de um garoto que praticou bullying comigo na vida real, deduzi que foi ele que jogou o pote em mim e eu quis dar uma surra nele, procurei ele pela sala mas não o encontrei e ganhei lucidez, no momento as pessoas que estavam conversando ficaram em silencio e todos olharam para mim. Observei todos os que estavam na sala, sai pela porta mas voltei e falei que todos eles e o mundo deles iriam desaparecer quando eu acordasse, queria saber qual seria a reação deles mas ninguém falou nada. Chamei pelo meu amigo e o pessoal da sala chamou ele e ele apareceu, agradeci a ele por termos conversado e disse que foi divertido e em seguida eu fui para o corredor da escola. Eu vi uma janela e la fora eu vi um campo verde com alguns pinheiros e tudo estava coberto com um pouco de neve, fiquei la parado observando por um tempo.


Achei a paisagem bonita e decidi sair da escola. No momento que sai pela porta e pisei na grama o sonho se desfez.

[15/08/16]

A garota misteriosa

Eu acordei no meu quarto e ele estava um pouco escuro, minha cama no sonho era uma beliche de dois andares e estranhei muito aquilo, acabei caindo la de cima e trombei no chão mas não senti dor e nem me machuquei e de repente eu vi um pequeno cachorro, fui fazer um carinho nele e ele mordeu a minha mão. O cachorro começou a engolir meu braço e depois me engoliu por inteiro e eu cai no limbo. Acordei paralisado na minha cama e tentei relaxar, senti o meu corpo ficar leve e querendo flutuar e eu conseguia mexer os meus membros porem eu olhava meu corpo e ele não se mexia, achei que eu estava prestes a ter uma experiencia fora do corpo. Eu fechei os olhos e desejei ter um sonho lucido, acabei sonhando e eu estava caindo no limbo e eu fiquei lucido. O cenário se formou e eu estava na minha casa, fui para a porta e pensei em atravessar a parede para ir para a rua mas achei melhor abrir o portão para não desestabilizar o sonho. Um pit bull apareceu e ele me perseguiu, tentei fugir mas ele me mordeu e começou a me engolir, ele me engoliu e cai no limbo. Acordei paralisado na minha cama, pensei em fazer um reality check mas eu não conhecia nenhum que não precisasse que eu mexesse o corpo para fazer. Fechei os olhos para não ver nenhuma alucinação e senti alguém me cutucando e meu coração quase saiu pela boca de tanto medo medo, não abri os olhos e tentei ficar calmo. Sonhei estar caindo no limbo e fiquei lucido, o cenário se formou e eu fui parar em uma sala de aula um pouco escura e com poucas pessoas. Havia um professor meio careca e decidi interrogar ele, perguntei como ele se sentia sendo uma pessoa criada pelo meu subconsciente e ele me encarou e não falou nada. Fiquei olhando para ele esperando uma resposta e o rosto dele começou a derreter perplexo, ele estava assustador e decidi cair fora dali e na sala havia uma garota e ela me seguiu. Saímos pela porta da sala e fui parar na minha casa. Eu conversei um pouco com a garota, ela falou o nome dela mas eu não consigo  me lembrar qual era. Na hora eu pensei que por ela ser parte do meu subconsciente ela podia me ajudar, acreditei que ela podia controlar o sonho melhor do que eu. Segurei a mão dela e acreditei que isso de alguma forma daria estabilidade ao sonho, fomos para o pasto perto de casa de mãos dadas.


Eu desejei que aparecessem dragões, pedi para a garota e ela apontou para um lugar, olhei para onde ela apontou e vi vários dragões que antes não estavam ali, alguns dragões eram híbridos de felinos, corri para perto deles e soltei a mão da garota, a garota gritou "não" e eu acordei.
avatar
Mensagens : 1273
Pontos : 3342
Honra : 657
Data de inscrição : 06/07/2015
Localização : Alemanha
Sonhos Lúcidos :
222 / 999222 / 999
Sonhos Comuns :
999 / 999999 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos de Vinsky

em Sab Out 01, 2016 5:15 pm
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
Vinsky:

Vinsky escreveu:Bem-vindo ao meu diário de sonhos lúcidos  piscar

Tenho 18 anos, sou tímido e por isso não sou bom com palavras. Sou apaixonado por sonhos lúcidos, descobri este site e fiquei maravilhado pela quantidade de informações. Sou grato a todos os orionautas por compartilharem informações, foi graças a vocês que eu pude aprender mais sobre o assunto. Comecei a ler vários diários de sonhos lúcidos dos membros do fórum e estou gostando muito...enfim, decidi postar os meus sonhos lúcidos. Espero que gostem muito feliz.

[16/07/16]

A grande sala das portas

Antes de dormir eu visitei o site para procurar alguma técnica de prolongar os sls e achei a técnica das portas, gostei muito dela porque alem de prolongar o sonho ela podia ser usada para aparecer coisas e eu gosto muito de dragões e queria encontrar um no meu sonho. Fui dormir lá pelas duas da manhã, sonhei que estava na ultima escola que estudei, estava na sala de aula e achei estranho o fato dela estar vazia e então decidi cair fora dali. Quando eu estava descendo uma rampa que havia no prédio eu encontrei um amigo e já fazia um bom tempo que a gente não se via, fiquei muito feliz e puxei um papo com ele. Decidimos sair do prédio juntos e no caminho acabei ficando lúcido e lembrei do que planejei antes de dormir, acabei deixando o meu amigo sozinho e ele ficou uma cara de wtf, eu estava muito eufórico e ele ficou la parado sem entender nada gargalhada. Corri e fiquei de frente para a porta da sala de aula e desejei encontrar um dragão, visualizei a imagem dele na minha cabeça e então abri a porta e a sala estava vazia, eu fiquei parado olhando a sala e o sonho começou a se desfazer, fiquei desesperado e tudo acabou ficando escuro. Eu fui parar limbo, olhei ao meu redor e não vi nada. Eu estava flutuando no escuro sem saber o que fazer e tive a ideia imaginar algum cenário para que ele se materializasse mas não funcionou. Depois de um tempo o cenário do sonho começou a se formar e eu pousei em uma ponte, o cenário se formou completamente e era uma sala enorme com várias portas e pontes, havia um enorme buraco sem fundo e eu tomei cuidado para não cair.


Abri uma porta que estava ali perto visualizando uma imagem de um dragão na minha mente e não funcionou, tentei abrir outras portas mas o sonho desmoronou novamente, eu acordei na minha cama e neste momento eu perdi lucidez, eu rolei para fora da cama e cai no limbo, ainda bem que era um sonho senão eu teria caído de cara no chão gargalhada. Recobrei a lucidez e fiquei flutuando no limbo por um tempo até que o cenário se formou, pousei em uma ponte e percebi que estava novamente na sala das portas. Corri e tentei abrir mais portas, eu estava quase desistindo de encontrar um dragão até que abri uma porta vi um campo verde com algumas montanhas ao fundo, caminhei pelo campo e pude sentir a grama nos meus pés. Encontrei um dragão marrom sem asas e fiquei muito feliz, olhei nos olhos dele, o abracei e falei "finalmente consegui" viva , o dragão soltou um leve rugido e o sonho se desfez. Acordei na minha cama e rolei para fora dela de propósito, acabei caindo e fui parar no limbo e depois de um tempo o cenário se formou, era a minha escola novamente e então corri para a porta da sala de aula e a abri e a passagem estava obstruída por vinhas rosas, eu pensei "como eu vou entrar?" e de repente as vinhas recuaram, entrei numa sala coberta de vinhas rosas e no fundo dela vi um dragão nuvem igual o do jogo Dragon City, corri para interagir com ele e o cenário se desfez  nao3 . Retornei ao limbo e em seguida retornei a sala das portas, pensei em fazer algo diferente e então olhei ao redor e vi que do outro lado da sala havia uma janela enorme aberta e fiquei curioso para saber o que tinha o do outro lado mas não tinha como chegar até la pois havia um buraco enorme e então olhei para baixo e pensei "vou ter que arriscar". peguei embalo na ponte em eu estava e saltei, planei até o outro lado e consegui pousar em uma ponte e passei pela janela. Eu estava em uma cidade e olhei ao redor e vi casas típicas do japão e ao fundo eu pude ver o monte fuji, deduzi que estava no japão.


Eu queria  chegar ao topo do monte por curiosidade então decidi procurar uma porta para me teleportar para lá, pensei que a distancia era longa de mais até para ir voando , caminhei pela cidade e percebi que as casas não tinham portas, o sonho começou a se desfazer então lembrei da técnica de esfregar as mãos e a usei e o sonho se estabilizou, eu parei numa esquina e analisei o letreiro de uma loja e não entendi nada, continuei a caminhar e entrei em outra rua e vi uma porta sanfonada numa casa, corri para abri-la e de repente eu escutei a voz do Evandro Santo do pânico na band e ele estava falando comigo de dentro da casa, ele estava estérico e não lembro o que ele falou mas acho que ele queria que eu saísse dali, eu abri a porta e não havia nada na casa, o sonho desabou eu eu acordei de verdade.

Olá Vinsky, bem-vindo ao fórum! viva Você se deu bem com o método das portas. Conseguiu se manter uma boa lucidez no seu sonho e criou um dragão! Uma pena que não chegou ao topo do monte, mas oportunidades para realizar esse desafio não faltaram. certo
Vinsky:
[20/07/16]

Conversando com o Robin Williams

Eu procurei algum filme sobre sonhos lúcidos e achei o filme Waking Life, eu assisti e fiquei curioso em saber como os personagens dos meus sonhos lúcidos reagiriam se eu conversasse com eles. Fui dormir e tive um pesadelo e acordei bastante cansado, ainda estava de noite e eu tentei dormir novamente, sonhei que estava tendo uma paralisia do sono, na hora eu tentei ficar tranquilo e depois de um tempo eu acordei e percebi que foi apenas um sonho. Fui dormir novamente e sonhei que estava jogando Runescape no computador (Runescape é um mmorpg), e eu estava lutando contra alguns bosses e o namorado da minha irmã começou a falar comigo sobre o jogo. Depois eu estava andando pela cidade com a minha irmã e não lembro o que a gente estava fazendo. Cheguei em uma casa abandonada sem teto e havia um pequeno grupo de pessoas e uma dessas pessoas era o ator Robin Williams, ele se aproximou de mim e perguntou "como seria se você estivesse sonhando?" e fiquei lucido. Decidi fazer uma pergunta a ele por curiosidade, perguntei "Como é ser uma pessoa criada pelo meu subconsciente?", ele ficou parado me olhando e sorrindo, ele não falou nada. Depois disso eu acabei perdendo a lucidez e tive um sonho comum.

Eu não conheço esse filme. Você gostou?
Nossos personagens oníricos reagem tão estranhos quando são surpreendidos com as nossas perguntas. Alguns chegam sair correndo.  lol

Vinsky:
O sonho estável

Eu acordei com a risada do meu tio na sala, ele conversa alto pra caramba e tentei fazer a técnica de indução de sls DEILD, mas o barulho estava tão insuportável que nem lembrei do que eu estava sonhando  , consegui dormir e sonhei que eu estava no quintal de casa, fiz o rc de respirar com o nariz fechado e fiquei lúcido. Tentei seguir algumas técnicas que a Königin ensinou ao Sadik45, fiquei calmo, fiz cálculos matemáticos simples, lembrei o meu nome e a minha idade. Fiz essas técnicas a todo momento e fiquei super feliz porque o sonho estava muito estável e estava durando bastante, eu não sabia o que fazer então observei cada detalhe do sonho. Lembrei do que li no diário do Andrelp e olhei para cima pensei "é agora", pensei em voar para a lua então dei um salto para voar e não consegui. Me esborrachei no chão e fiquei com raiva  , subi no muro do meu vizinho e vi algumas plantas no chão, olhei para o teto da casa e pulei. Consegui subir em cima da casa, vi o meu bairro e pude sentir o vento fresco batendo no meu rosto. Desci da casa e quando fui para a rua minha visão ficou escura de repente e não consegui enxergar, escutei a voz de um homem e ele era um vendedor, ele perguntou se eu queria comprar um objeto que ele estava vendendo e a restauração da minha visão, na mesma hora eu aceitei kkkk. Eu pude ver o cenário do sonho novamente e o vendedor não estava ali, ele não me deu o objeto e eu não paguei nada. Fiquei perplexo com o que acabou de acontecer que esqueci de continuar a fazer as técnicas da Königin e no momento que fui para o pasto que fica perto da minha casa eu perdi a lucidez. Eu estou muito feliz pelo sonho ter durado bastante, obrigado pelas dicas Königin

Fico feliz em saber que minhas dicas te ajudaram a prolongar seu sonho, Vinsky. Eu também aprendi muita coisa aqui no fórum. Todo dia eu aprendo algo novo, lendo os relatos aqui postados. Sou muito grata a todos participantes. Esse fórum vale ouro.

Vinsky:
Coraline

Li o diário de sls da Königin , quando fui  dormir eu fiquei pensando sobe as criaturas assustadoras que apareciam nos sonhos dela e fiquei com um pouco de medo de surgirem essas criaturas nos meus sonhos também. Tive um sonho comum e acordei paralisado na minha cama, eu pensei "me lasquei", fechei os olhos para não ver nenhuma alucinação. Sonhei que eu estava em um lugar meio escuro e havia uma garotinha que tinha cabelos longos, uma cabeça grande olhos enormes, não dava pra ver direito e fiquei com muito medo , eu estava lúcido neste momento e a criança começou a girar em minha volta. Eu pensei que teria que superar o medo se eu quisesse continuar lúcido e aproveitar o sonho e então eu andei devagar, tentei tocar na criança e ela desapareceu. Fui parar numa sala bem clara e laranja, a todo momento eu usava técnicas para lembrar que eu estava lúcido, havia um buraco enorme na sala e haviam estrelas nele como se fosse o espaço, tinha um enorme pano branco flutuando sobre o buraco e eu peguei ele. O cenário mudou e eu fui parar na cena do show daquelas atrizes do filme coraline, eu fiquei muito feliz e pensei em explorar o lado de fora para ver se eu via o jardim da casa da Coraline, sai pela porta fui parar dentro da minha casa e eu acordei em seguida.

Explorando a rua

Voltei a dormir e tentei recordar do sonho que eu tive, sonhei estar deitado na cama do meu quarto, a porta do meu quarto estava aberta e do outro lado eu acho que estava a minha sala de aula. Vi um garoto que praticou bullying comigo anos atrás, eu não guardo nenhum rancor dele na vida real, mas la no sonho eu estava com raiva dele e falei que iria me vingar e ganhei lucidez. O garoto e a sala de aula desapareceram, sai pela porta do meu quarto e fui para a sala da minha casa, olhei os detalhes e então fui para o banheiro dos meus pais, olhei para a minhas mãos e elas estavam normais. Olhei para as minhas mãos novamente e a minha mão direita tinha uns 7 dedos e eu achei engraçado, sai na rua e o cenário começou a se desfazer e gritei "luz" e "nitidez" e o cenário voltou ao normal mas meu olho direito estava embaçado e não conseguia enxergar direito com ele, gritei "luz" e "nitidez" novamente e minha visão voltou ao normal. Andei até a esquina e acordei.

Déjà vu

Dormi novamente lembrando do sonho anterior e fui parar novamente no meu quarto, olhei pela porta e vi o garoto que fez bullying comigo e falei que iria me vingar, igualzinho ao sonho anterior. Fiquei lucido novamente e o garoto e a sala de aula desapareceram. Sai pela porta do meu quarto, sai de casa e fui para a rua e olhei as outras ruas que ficam do outro lado do pasto não muito longe daqui de casa e haviam ruas a mais do que o normal, pensei em ir la explorar mas pensei em fazer um redemoinho vivo como a Königin fez. Eu desejei que um redemoinho surgisse e ele surgiu, ele era estranho, não sei descrever ele muito bem, parecia que ele era feito de tiras de papel ou plastico que ficavam girando, fiquei com raiva e tentei mudar o redemoinho para que ele ficasse normal mas não consegui. Deixei ele pra la e perdi a a lucidez e tive um sonho comum em seguida. A técnica DEILD esta dando bastante resultado para mim, estou muito feliz por isso .
Minhas criaturas dao muito medo, mas há males vem para o bem. Elas me ajudam a entrar no sonho já lúcida. dança
Legal, você tentar criar um redemoinho e confesso que achei o ele bem estiloso as tiras de papel. Acho que aquelas tiras tinham alguma finalidade. Talvez você devia ter puxado uma das tiras para ver o que acontecia?feliz

Vinsky:
[27/07/16]

O campo nevado

Sonhei que eu estava estudando numa escola que estudei quando eu era mais novo, era primeiro dia de aula e haviam muitos estudantes que eu não conhecia. Vi a minha irmã sentada no fundo da sala mas não conversamos. Eu estava com o meu diário de sonhos, haviam alguns desenhos infantis, muitas páginas estavam soltas e de repente elas caíram no chão. Os alunos estavam conversando e uma professora entrou na sala e ela era minha professora de português do nono ano, ela nos mandou ler uma lenda urbana e cada aluno tinha que ler uma estrofe. A minha vez de ler chegou e eu não li porque estava ocupado juntando e organizando as páginas do meu diário de sonhos, a professora ficou com raiva e me deu uma bronca...na hora me deu uma vontade de mandar ela ir para aquele lugar. Olhei para o colega sentado na minha frente e o reconheci, ele era um amigo que tive nesta escola e conversamos bastante, a professora nos deu várias broncas por conversarmos. Ela foi embora, eu falei "já vai tarde" mas ela não escutou, outra professora entrou e ela era professora de "conhecimentos gerais", ela era a minha professora do segundo ano do ensino fundamental. Ela mandou eu e o meu amigo sentarmos no chão próximo a porta por conversarmos durante a aula...meu deus essas professoras provavelmente estavam de TPM nesse dia só pode. De repente alguém arremessou um pote de creme de cabelo aberto na professora e ela se sujou, eu achei hilário a situação e eu e o meu amigo rimos feito retardados . Ela começou a chorar e botou a cupa em mim, eu nem me dei ao trabalho de discutir com ela porque o que ela falou não tinha lógica, ela me olhava a todo momento e sabia que não tinha como ter sido eu, ela simplesmente queria me prejudicar. Eu me levantei e fui para a minha carteira e alguém jogou um ponte de creme de cabelo aberto em mim e eu me desviei like a ninja kkkk, escutei a voz de um garoto que praticou bullying comigo na vida real, deduzi que foi ele que jogou o pote em mim e eu quis dar uma surra nele, procurei ele pela sala mas não o encontrei e ganhei lucidez, no momento as pessoas que estavam conversando ficaram em silencio e todos olharam para mim. Observei todos os que estavam na sala, sai pela porta mas voltei e falei que todos eles e o mundo deles iriam desaparecer quando eu acordasse, queria saber qual seria a reação deles mas ninguém falou nada. Chamei pelo meu amigo e o pessoal da sala chamou ele e ele apareceu, agradeci a ele por termos conversado e disse que foi divertido e em seguida eu fui para o corredor da escola. Eu vi uma janela e la fora eu vi um campo verde com alguns pinheiros e tudo estava coberto com um pouco de neve, fiquei la parado observando por um tempo.


Achei a paisagem bonita e decidi sair da escola. No momento que sai pela porta e pisei na grama o sonho se desfez.

[15/08/16]

A garota misteriosa

Eu acordei no meu quarto e ele estava um pouco escuro, minha cama no sonho era uma beliche de dois andares e estranhei muito aquilo, acabei caindo la de cima e trombei no chão mas não senti dor e nem me machuquei e de repente eu vi um pequeno cachorro, fui fazer um carinho nele e ele mordeu a minha mão. O cachorro começou a engolir meu braço e depois me engoliu por inteiro e eu cai no limbo. Acordei paralisado na minha cama e tentei relaxar, senti o meu corpo ficar leve e querendo flutuar e eu conseguia mexer os meus membros porem eu olhava meu corpo e ele não se mexia, achei que eu estava prestes a ter uma experiencia fora do corpo. Eu fechei os olhos e desejei ter um sonho lucido, acabei sonhando e eu estava caindo no limbo e eu fiquei lucido. O cenário se formou e eu estava na minha casa, fui para a porta e pensei em atravessar a parede para ir para a rua mas achei melhor abrir o portão para não desestabilizar o sonho. Um pit bull apareceu e ele me perseguiu, tentei fugir mas ele me mordeu e começou a me engolir, ele me engoliu e cai no limbo. Acordei paralisado na minha cama, pensei em fazer um reality check mas eu não conhecia nenhum que não precisasse que eu mexesse o corpo para fazer. Fechei os olhos para não ver nenhuma alucinação e senti alguém me cutucando e meu coração quase saiu pela boca de tanto medo , não abri os olhos e tentei ficar calmo. Sonhei estar caindo no limbo e fiquei lucido, o cenário se formou e eu fui parar em uma sala de aula um pouco escura e com poucas pessoas. Havia um professor meio careca e decidi interrogar ele, perguntei como ele se sentia sendo uma pessoa criada pelo meu subconsciente e ele me encarou e não falou nada. Fiquei olhando para ele esperando uma resposta e o rosto dele começou a derreter , ele estava assustador e decidi cair fora dali e na sala havia uma garota e ela me seguiu. Saímos pela porta da sala e fui parar na minha casa. Eu conversei um pouco com a garota, não lembro sobre o que a gente conversou. Pensei em segurar a mão da garota para dar estabilidade ao sonho e acreditei que ela poderia controlar o sonho melhor do que eu por ela ser parte do meu subconsciente, foi uma ideia meio maluca . Saímos de casa, estavamos a todo momento de mãos dadas e fomos ao pasto próximo dali.


Eu desejei materializar algo e então quiz que aparecessem dragões. Olhei para a garota e ela apontou para um lugar, olhei para onde ela apontou e vi vários dragões que antes não estavam ali, alguns dragões eram híbridos de felinos, corri para perto deles e soltei a mão da garota, a garota gritou "não" e eu acordei.

Ser engolido por um cachorro. Que sinistro, Vinsky!  perplexo   O lado bom, é que você ganhou lucidez depois disso. Adorei sua ideia de segurar a mão da menina para se estabilizar no sonho. Funcionou muito bem, mas você se desconcentrou com a empolgação de ver os dragões. Quem sabe, você encontre com ela no próximo sonho e ela ofereça a mão dela para te ajudar.
Seus relatos são fantásticos, Vinsky. Gostei muito da leitura. Não vejo a hora de ler novos relatos seus.
Bons sonhos!
avatar
Mensagens : 24
Pontos : 461
Honra : 7
Data de inscrição : 23/09/2016
Idade : 19
Localização : Goiás
Sonhos Lúcidos :
24 / 99924 / 999
Sonhos Comuns :
117 / 999117 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos de Vinsky

em Sab Out 01, 2016 5:57 pm
Olá Königin muito feliz, obrigado por ter lido meus sonhos. Eu gosto muito dos seus relatos, você tem um domínio incrível sobre os sonhos lúcidos e suas dicas são excelentes. Eu também estou muito ansioso para ler seus novos relatos viva.
avatar
Mensagens : 24
Pontos : 461
Honra : 7
Data de inscrição : 23/09/2016
Idade : 19
Localização : Goiás
Sonhos Lúcidos :
24 / 99924 / 999
Sonhos Comuns :
117 / 999117 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos de Vinsky

em Dom Out 02, 2016 6:07 pm
[21/09/16]

Transformando em um lobisomem

Dias antes eu pensei em várias coisas para fazer quando eu ficasse lúcido em um sonho e decidi tentar me transformar em um lobisomem. Criei uma cena na minha mente onde eu pegava uma planta qualquer e acreditava que ela era mágica, e quando eu a comia eu me transformava num lobisomem. Fui dormir depois de rever a cena na minha mente algumas vezes, sonhei que estava na porta de casa e vi uma jiboia. A cobra me atacou e mordeu o meu braço e eu joguei ela no chão e corri, ela se transformou num tigre e subi num muro alto para ele não me atacar. Ele tentou me morder mas não consegui me alcançar e depois ele desapareceu, fui para o pasto próximo de casa. Caminhei pelo campo e do nada começou a brotar muitos cupins do chão e eu corri para a minha rua porque fiquei com medo deles me morderem. Quando cheguei na minha rua eu ganhei lucidez e fiquei muito feliz, pensei em fazer o que planejei e peguei um pouco de grama e acreditei que ela era mágica. Quando comi a grama eu comecei a me transformar, eu comecei a crescer e quando olhei para a minha sombra no chão eu vi ela tomando a forma de um lobisomem. Decidi ficar de quatro e correr, eu corria muito rápido e foi muito divertido feliz. Quando eu estava correndo minha lucidez começou a diminuir e de repente eu sai do meu corpo e fiquei vendo vendo ele correndo sozinho, ele tinha pelos marrons, era grande e não vestia roupas. Eu retornei ao corpo e a minha lucidez voltou ao normal, decidi ignorar o que acabou de acontecer e decidi saltar enquanto corria e consegui dar longos pulos. O sonho se desfez e eu acordei.
avatar
Mensagens : 138
Pontos : 610
Honra : 45
Data de inscrição : 26/09/2016
Idade : 21
Localização : Franca-SP
Sonhos Lúcidos :
4 / 9994 / 999
Sonhos Comuns :
230 / 999230 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos de Vinsky

em Seg Out 03, 2016 9:14 am
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
Caramba parabens muito legal o sonhos
avatar
Mensagens : 24
Pontos : 461
Honra : 7
Data de inscrição : 23/09/2016
Idade : 19
Localização : Goiás
Sonhos Lúcidos :
24 / 99924 / 999
Sonhos Comuns :
117 / 999117 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos de Vinsky

em Qui Out 06, 2016 4:42 pm
obg LucasDuarte feliz
avatar
Mensagens : 24
Pontos : 461
Honra : 7
Data de inscrição : 23/09/2016
Idade : 19
Localização : Goiás
Sonhos Lúcidos :
24 / 99924 / 999
Sonhos Comuns :
117 / 999117 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos de Vinsky

em Qui Out 06, 2016 4:55 pm
Oi gente muito feliz. Eu usei o método DEILD nesses dias mas tive dificuldades. Decidi parar com o DEILD e comecei a fazer o método MILD por ser mais simples e a noite antes de dormir eu passei a fazer o método VILD. Eu escrevi numa folha de papel a pergunta "isto é um sonho?" e preguei no teto e toda vez que eu acordar eu vou ler a pergunta e vou fazer um reality check e assim eu talvez consiga converter falsos despertares em sonhos lúcidos. Eu estou tendo paralisias do sono nesses dias e pensei que se eu tiver uma paralisia e querer saber se estou sonhando basta tentar ler o papel, geralmente as palavras nos sonhos são borradas e não fazem sentido, se tiver algo de errado com o papel eu vou saber que estou sonhando.

[06/10/16]

Entrando na casa do vizinho

Eu planejei que quando ficasse lúcido em um sonho eu ia entrar num guarda roupa e iria para Nárnia. Acordei de um sonho comum e fiz o método MILD, sonhei que estava caminhando no pasto perto de casa eu comecei a achar a situação estranha, pensei em ignorar essa sensação no começo mas decidi persistir nela. Fiz o rc de respirar com o nariz fechado e percebi que estava num sonho. Eu não lembrei do que planejei e decidi explorar o sonho, fiz as técnicas da Königin pra manter a lucidez a todo momento. Andei pela rua de casa e meu vizinho e ex amigo apareceu, olhou para mim e caminhou para a porta da casa de uma vizinha e a abriu para mim, eu observei ele e o agradeci por ter aberto a porta. O sonho deu uma desestabilizada rápida mas voltou ao normal. Queria saber o que tinha na casa e então entrei la por curiosidade, quando entrei na casa eu acordei.

Indo para Nárnia

Eu pensei que se eu dormisse novamente eu ficaria lúcido, mas eu já tinha dormido muito e estava sem sono. Fiquei rolando na cama até que consegui pegar no sono, senti que meu corpo estava cansado de dormir e achei que eu poderia ter uma paralisia do sono. Dormi e acordei paralisado na minha cama, eu não sabia se era um sonho, eu podia ter tentado ler o papel com a frase que preguei no teto pra saber se estava sonhando mas nem lembrei do papel na hora nao3. Eu vi que meus braços e pernas estavam paralisados, eu conseguia mexer meus membros mas eu olhava para eles e estavam parados. Era como se eu tivesse membros invisíveis que saiam dos meus membros reais, não sei explicar direito. Eu conseguia mexer meus braços e pernas mas não o meu tronco e a minha cabeça. Pensei em tocar o meu rosto com a minha mão invisível e ela atravessou minha cara e senti uma sensação esquisita. Tentei sair do meu corpo e não consegui. Relaxei e senti o meu corpo vibrar mas logo parou. Pensei em visualizar uma imagem para me teletransportar e fui parar na porta do quarto da minha irma, minha visão ficou escura e não vi nada e escutei a voz dela no quarto e escutei ela teclando no computador. Retornei a minha cama e abri os olhos e eu estava paralisado. Cansei daquilo e pensei em quebrar a paralisia mexendo os meus olhos rapidamente e mexendo os dedos dos meus pés e não funcionou. Eu imaginei um buraco negro no teto que me sugaria e surgiu um buraco enorme, apareceram quatro crianças e eles voavam, eles me chamaram e entraram no buraco e eu consegui sair do meu corpo e voei, acabei sendo sugado pelo buraco. Fomos parar em uma sala e eles me perguntaram "o que você vai visualizar desta vez?" e respondi "vou visualizar a ultima escola que estudei" e quando olhei pela janela vi minha escola. Achei estranho a situação, fiz o rc de respirar com o nariz fechado e percebi que estava sonhando. Lembrei de ir para Nárnia e corri a procura de um guarda roupa. Uma das quatro crianças era uma garotinha e ela não queria que eu fosse para Nárnia e ela me perseguiu. Fechei as portas por onde eu passava para ela não passar mas ela conseguia atravessá-las. Fiquei com um pouco de medo dela e encontrei um guarda roupa de madeira pequeno numa sala vazia e entrei nele, sai pelo outro lado e uns homens apareceram e fecharam a passagem para a garotinha não passar. Eu ouvi batidas e gritos de ódio dela. Eu estava em um lugar com neve e rochas e não haviam árvores e os homens que me ajudaram vestiam roupas estranhas e usavam turbantes.



Fiz as técnicas para manter minha lucidez e os homens estavam falando umas coisas sem sentido, andamos juntos pelo lugar e um dos homens estava segurando um enorme giz, pensei em pegar dele e desenhar uma porta e tentar entrar nela mas deixei essa ideia de lado. Não tenho certeza mas acho que em um momento vimos um robô com forma de centopeia voando no céu. Depois de andamos bastante chegamos num lugar onde havia uma linha que do nosso lado era um lugar com neve e do outro lado havia um lugar do meu bairro e tinha areia cobrindo ao chão e algumas casas, o sol brilhava forte neste lugar e havia uma piramide. Não lembro o que aconteceu e fui parar na rua de casa e estava de noite, eu não tinha nenhuma ideia do que fazer e então lembrei de um sonho lúcido que tive que eu virei um lobisomem. Me transformei num lobisomem e fiquei de quatro, corri até a esquina e não vi ninguém, virei a esquina e pensei em escrever algo na parede de uma casa mas o sonho se desfez e eu acordei.


Última edição por Vinsky em Sab Out 08, 2016 3:10 pm, editado 2 vez(es)
avatar
Mensagens : 138
Pontos : 610
Honra : 45
Data de inscrição : 26/09/2016
Idade : 21
Localização : Franca-SP
Sonhos Lúcidos :
4 / 9994 / 999
Sonhos Comuns :
230 / 999230 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos de Vinsky

em Sex Out 07, 2016 8:08 am
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
Parabens pelo sonhos Vinsky, estou adorando acompanhar seu diario e gostei da forma que esta conduzindo os sonhos. Espero ficar como vc em breve rsrs
avatar
Mensagens : 24
Pontos : 461
Honra : 7
Data de inscrição : 23/09/2016
Idade : 19
Localização : Goiás
Sonhos Lúcidos :
24 / 99924 / 999
Sonhos Comuns :
117 / 999117 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos de Vinsky

em Seg Out 10, 2016 2:53 pm
Eae LucasDuarte feliz, obrigado por acompanhar o meu diário de sls. Eu ainda sou bem inexperiente e ainda tenho muito o que melhorar, sempre que fico lúcido eu faço algo errado tipo esquecer de fazer o que planejei, fico ansioso ou fico parado no mesmo lugar rsrs. Mas graças ao fórum de um tempo pra cá eu já melhorei bastante. Você vai se tornar experiente em sls eu tenho certeza piscar.
avatar
Mensagens : 24
Pontos : 461
Honra : 7
Data de inscrição : 23/09/2016
Idade : 19
Localização : Goiás
Sonhos Lúcidos :
24 / 99924 / 999
Sonhos Comuns :
117 / 999117 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos de Vinsky

em Seg Out 10, 2016 5:44 pm
[10/10/16]

Encolhido

Antes de dormir eu estava procurando coisas para fazer nos sonhos lúcidos e num site inglês eu encontrei o desafio de descobrir o animal que o nosso cérebro acha que a gente é, também pensei em tentar dobrar os quatro elementos que nem a Korra ou o Aang. Acordei de manhã, fiz o método MILD e perdi o sono por conta do barulho aqui em casa. Depois de um tempo eu consegui dormir, sonhei que estava pequeno e o mundo estava gigante, eu estava escorregando em um tobogã, ele girava em volta de uma montanha. Eu passei por baixo de uma mesa gigante com pessoas gigantes e elas estavam comendo. Uma das pessoas era um rei, parei de escorregar e entreguei uma carta para ele, depois voltei a escorregar. O tobogã terminou dentro de uma sala gigante verde com as paredes e o teto cobertos de plantas trepadeiras e o chão coberto de grama. A sala tinha o chão plano, tinha umas arvores pequenas e vi uma porta de tamanho normal perto de mim. Fiquei lúcido e comecei a fazer algumas técnicas para manter a lucidez, esqueci do que planejei e fiquei parado observando a sala. O sonho começou a se desfazer e a escurecer e eu perdi a lucidez e fui parar em um sonho comum. Depois eu acabei retornando a aquele tobogã novamente, mas dessa vez ele estava mais curto e ele era dentro de uma caverna. Escorreguei e fui parar naquela sala novamente, ela estava diferente, nela tinha uma cama gigante e o chão era desnivelado. Eu ganhei lucidez novamente e fiz as técnicas para manter a lucidez, eu estava em um lugar alto e decidi voar até a cama gigante. Eu pousei nela e lembrei do que planejei antes de dormir e voei para o chão. Eu perguntei ao meu cérebro "qual é o animal que você acha que eu sou?" e pensei que se eu me virasse eu ia ver o animal. Me virei e não vi nada neutro. O sonho começou a se desfazer e não deu tempo de dobrar os elementos. Acabei perdendo a lucidez e fui parar numa casa antiga onde a minha vó morou, o Matt Ishida do digimon estava lá. Ele falou que a gente tinha que deter um dono de uma empresa de energia elétrica, nós andamos pela rua e falamos sobre sonhos lúcidos e sonhos compartilhados. Em um momento eu falei que para termos sonhos lúcidos a gente tinha que dormir dentro de caixas d' águas vazias 12. Eu subi e entrei numa caixa d' água e dormi dentro dela, acordei no meu quarto e vi que o meu umbigo estava esquisito, me assustei e acordei de verdade.


Última edição por Vinsky em Qua Out 12, 2016 6:06 pm, editado 2 vez(es)
avatar
Mensagens : 367
Pontos : 868
Honra : 47
Data de inscrição : 09/10/2016
Localização : SP,Brasil
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
2 / 9992 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos de Vinsky

em Seg Out 10, 2016 11:02 pm
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
Adorei seu diario vou ler tudo, textos muito grande, vai valer muito a pena!!! adoro ler!!!
Conteúdo patrocinado

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos de Vinsky

Ver o tópico anteriorVoltar ao TopoVer o tópico seguinte
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum