Conectar-se
Os membros mais ativos do mês
9 Mensagens - 35%
5 Mensagens - 19%
4 Mensagens - 15%
3 Mensagens - 12%
2 Mensagens - 8%
1 Mensagem - 4%
1 Mensagem - 4%
1 Mensagem - 4%
Votação
Qual a técnica que você utiliza para ficar lúcido?
Teste de Realidade
45% / 15
Totem
15% / 5
Incubação
12% / 4
Gatilho
6% / 2
Gravador de Voz ou Sons Binaurais
6% / 2
Outros
15% / 5
Parceiros
 sonhos=
 sonhos=
 animes=

Compartilhe
Ver o tópico anteriorIr em baixoVer o tópico seguinte
avatar
Mensagens : 43
Pontos : 430
Honra : 23
Data de inscrição : 24/08/2016
Sonhos Lúcidos :
2 / 9992 / 999
Sonhos Comuns :
12 / 99912 / 999
Ver perfil do usuário

Diário dos Sonhos do Sonhador

em Qua Ago 24, 2016 3:54 pm
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
Olá, sejam bem-vindos ao meu diário de sonhos não-lúcidos, aqui postarei sempre que possível minhas aventuras oníricas nas quais fui guiado inconscientemente. Devido à perda da minha antiga conta estarei postando relatos passados sempre datando o ocorrido. E vamos sonhar! viva



Se o universo é incrível, maravilhoso e infinito e o infinito é algo sem barreiras e sem fim, imagina ter outro universo ao dormir, onde é você quem não tem barreiras, é poder ter seus dois próprios infinitos.
חוֹלֵם - Sonhador
avatar
Mensagens : 43
Pontos : 430
Honra : 23
Data de inscrição : 24/08/2016
Sonhos Lúcidos :
2 / 9992 / 999
Sonhos Comuns :
12 / 99912 / 999
Ver perfil do usuário

Café no banheiro

em Qua Ago 24, 2016 4:18 pm
Reputação da mensagem: 100% (2 votos)
Sonho ocorrido no dia 17/08/16

Sonhando eu e meu irmão em algum local dentro de um banheiro público onde estava sujo e bem acabado(cenário típico de filme onde o banheiro falta azulejos, chão sujo de pegadas sujas de lamas e chão molhado) tinha dois caras dentro da divisória do mictório, estavam juntos, meu irmão olha e procurava um mictório menos ruim, ele acha um e de imediato já vai até ele, eu pego e vou junto também tirando onda com ele, ele foi e se posicionou no mictório e fez xixi. Enquanto isso eu noto que em cima do mictório tem uma garrafa de café, eu abro ela pra ver dentro, daí já ia tomar café(super normal achar uma garrafa em um banheiro público imundo e tomar café de uma garrafa esquecida gargalhada ), uma terceira pessoa pergunta se meu irmão não vai tomar também, mas ele simplesmente acha ruim pois eu tinha aberto a garrafa, de certo modo ele achava que eu tinha feito algo com o café. Logo depois disso perdi as lembranças.

Obs.: Desde quando eu deixei de acompanhar o site e o fórum eu não me policiei em questão de continuar a anotar meus sonhos, logo, perdi a capacidade de recordação como eu tinha antes Crying or Very sad . Depois posto um sonho da época que eu estava ativo aqui pra notarem a diferença na riqueza dos detalhes.



Se o universo é incrível, maravilhoso e infinito e o infinito é algo sem barreiras e sem fim, imagina ter outro universo ao dormir, onde é você quem não tem barreiras, é poder ter seus dois próprios infinitos.
חוֹלֵם - Sonhador
avatar
Mensagens : 43
Pontos : 430
Honra : 23
Data de inscrição : 24/08/2016
Sonhos Lúcidos :
2 / 9992 / 999
Sonhos Comuns :
12 / 99912 / 999
Ver perfil do usuário

Old but gold

em Qua Ago 24, 2016 6:10 pm
Reputação da mensagem: 100% (2 votos)
Olá onironautas, como havia dito, irei postar alguns sonhos tidos no início de minha jornada lúcida. Infelizmente deixei o diário físico de lado quando entrei no fórum, fazendo com que eu perdesse muitos relatos.

10/06/2012
Sonho 1 - Que corda é essa?

    Estou no meu condomínio, dia ensolarado, quente e céu azulzinho sem nuvens. Me encontro dentro de uma cerca que limita a aproximação das pessoas à varanda do térreo, vejo uma corda que vinha do terraço até o chão, (que são usadas para sustentar aquelas cadeirinhas que sentam e descem pela parte exterior do prédio)



passei a cerquinha e fui até lá, puxei a corda para ver se tinha firmeza pois acho que queria subir nela. Ao puxar, a corda desceu mais um pouco e com ela veio descendo a tal cadeirinha, ela cai no chão mas ainda havia corda, puxei novamente e lá vem outra cadeira, quando puxei de novo veio o final da corda com uma espécie de peso quadrado que parecia um motorzinho, logo falava -Puts o que eu fiz!? . Peguei esse motorzinho e liguei-o, logo ele começou a voar e subiu até o 8º andar caindo dentro da varanda, depois simplesmente saí como se nada tivesse acontecido.  olhos girando  gargalhada

Sonhos 2 - Resolvendo o problema
     Estava com meu irmão no mesmo cenário do sonhos anterior, ele derruba um cano amarelo e simplesmente sei que aquele cano fica no terraço, mesmo sem ver ele derrubando de lá e mesmo sem ele me contar, simplesmente sabia que era de lá. Logo falei a ele, -Vai deixar esse cano lá novamente . Ele já ia deixar só que no terraço tinha um casal e uma criança que não podiam ver ele indo deixar o cano. Depois que chamamos dois elevadores um chegou, estávamos com medo do casal estar descendo, a porta abre e tinha só a criança então falo -Eles vem nesse vamos no outro! (WTF suspeito se a criança desceu, como iam descer naquele mesmo elevador?) Entramos no outro, aperto o andar do terraço, subimos, (nesse momento parece que já não tinha riscos do casal nos encontrar pois saímos de boa do elevador) deixamos o cano e pronto.



Se o universo é incrível, maravilhoso e infinito e o infinito é algo sem barreiras e sem fim, imagina ter outro universo ao dormir, onde é você quem não tem barreiras, é poder ter seus dois próprios infinitos.
חוֹלֵם - Sonhador
avatar
Mensagens : 1273
Pontos : 3248
Honra : 657
Data de inscrição : 06/07/2015
Localização : Alemanha
Sonhos Lúcidos :
222 / 999222 / 999
Sonhos Comuns :
999 / 999999 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos do Sonhador

em Qui Ago 25, 2016 7:19 am
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
Sonhador, seus relatos são divertidos. Tomar café num banheiro público realmente não é normal. Era para você ter ficado lúcido. gargalhada lingua
Quanto a qualidade de detalhes, nota-se uma pequena diferença entre os dois relatos, mas isso logo se supera.
Aguardo novos relatos e também relatos dos seus sonhos lúcidos. brindar
avatar
Mensagens : 43
Pontos : 430
Honra : 23
Data de inscrição : 24/08/2016
Sonhos Lúcidos :
2 / 9992 / 999
Sonhos Comuns :
12 / 99912 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos do Sonhador

em Qui Ago 25, 2016 8:26 am
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
Königin escreveu:
Sonhador, seus relatos são divertidos. Tomar café num banheiro público realmente não é normal. Era para você ter ficado lúcido. gargalhada lingua
Quanto a qualidade de detalhes, nota-se uma pequena diferença entre os dois relatos, mas isso logo se supera.
Aguardo novos relatos e também relatos dos seus sonhos lúcidos.  brindar

Olá Königin, esse aí foi o primeiro sonho que tive ao começar anotar muito feliz ainda não tinha o costume de lembrar de tudo que sonhei. Assim que possível ainda hoje postarei um sonho de um sequestro neutro no qual foi um dos mais ricos em detalhes.

Me encontro em um estado horrível de lembranças, mas hoje tive um sonho bem longo que na minha noção de tempo onírica durou uns 20 minutos(sempre me esforço para recordar a noção do tempo, isso me ajuda a "dar importância" ao tempo dentro de um sonho). Pena que não poderei relatá-lo aqui lingua

Essa é a segunda semana que comecei a tentar lembrar dos sonhos, nada de SLs por enquanto, mas vamos continuar que tem muitos REMs pela frente viva



Se o universo é incrível, maravilhoso e infinito e o infinito é algo sem barreiras e sem fim, imagina ter outro universo ao dormir, onde é você quem não tem barreiras, é poder ter seus dois próprios infinitos.
חוֹלֵם - Sonhador
avatar
Mensagens : 386
Pontos : 1505
Honra : 199
Data de inscrição : 04/03/2016
Idade : 20
Localização : Brasil
Sonhos Lúcidos :
29 / 99929 / 999
Sonhos Comuns :
999 / 999999 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos do Sonhador

em Qui Ago 25, 2016 8:53 am
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
Yo Sonhador, sua forma de escrever os sonhos tem uma característica legal, por exemplo, a história do cano é muito divertida e na forma como você escreve nos coloca dentro do cenário onírico, dá até pra saber o que o personagem está sentindo. Curti xD
avatar
Mensagens : 43
Pontos : 430
Honra : 23
Data de inscrição : 24/08/2016
Sonhos Lúcidos :
2 / 9992 / 999
Sonhos Comuns :
12 / 99912 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos do Sonhador

em Qui Ago 25, 2016 10:02 am
Pyros escreveu:Yo Sonhador, sua forma de escrever os sonhos tem uma característica legal, por exemplo, a história do cano é muito divertida e na forma como você escreve nos coloca dentro do cenário onírico, dá até pra saber o que o personagem está sentindo. Curti xD

Valeu Pyros vou ver se hoje coloco mais dois relatos de sonhos passados viva



Se o universo é incrível, maravilhoso e infinito e o infinito é algo sem barreiras e sem fim, imagina ter outro universo ao dormir, onde é você quem não tem barreiras, é poder ter seus dois próprios infinitos.
חוֹלֵם - Sonhador
avatar
Mensagens : 43
Pontos : 430
Honra : 23
Data de inscrição : 24/08/2016
Sonhos Lúcidos :
2 / 9992 / 999
Sonhos Comuns :
12 / 99912 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos do Sonhador

em Qui Ago 25, 2016 2:59 pm
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
Relato do dia 28/09/2012

Sonho 1 - Sequestro

Estou na calçada de uma avenida no centro da cidade próximo a uma farmácia, me encontro do outro lado da avenida no lado oposto à farmácia, de frente a uma escola profissionalizante, próximo a mim se encontram outras pessoas, 4 ou 5, quando vejo um cara estranho, ele me encara e eu desvio a vista. Ao meu lado tinha um senhor de calça e blusa social verde oliva com listras em um tom mais claro e barba grisalha, que aparentava ter 40 anos ou mais, ele olha pro cara estranho ( o clima já estava pesado, sentia que algo não ia dar certo).
Logo chega um carro na avenida, o cara estranho saca uma pistola e manda uma mulher (uma das 4, 5 pessoas que estava próximo a mim) entrar no banco de trás "-Entra!", enquanto eu tremia de medo o homem pega mais outra mulher e fala novamente, calmamente, sem levantar a voz "-Entra no carro.", diante disso eu tentava se distanciar, bem devagar pelas costas dele, dando pequenos passos para trás tentando fazer ele não me perceber, eu sabia que se eu corresse ele se viraria e atiraria em mim. Por último ele coloca o senhor de barba grisalha no carro, entra rapidamente e vai embora, saio caminhando junto com as outras pessoas atordoado por acabar de presenciar um sequentro e vou em direção ao colégio que eu estudava.
Chegando quase que correndo eu explico o sequestro ao vigia "-Acabaram de sequestrar 3 pessoas, era um Gol geração 3 de cor verde, o sequestrador tinha duas pistolas tauros!.",
Era esse modelo.

então o vigia me questiona, "-Não era uma tauros. então chateado por ele discordar de mim falo "-Eu vi que era uma tauros, só nao vi a outra pistola que ele tinha!", então explico a ele como a outra arma era e ele discorda novamente. "-Não podia ser uma tauros, você já viu uma tauros!?" "-Sim" indago com ele, ele fala "-Vou lhe mostrar uma tauros.". Fui junto com ele  uma sala empoeirada e ele fala, "-Quer ver uma tauros? Olha pra cima." Eu dirijo meu olhar para o teto e vi nas ripas entre as telhas uma pistola prata, uma escopeta, uma metralhadora, de repente meu irmão estica o braço e tira a escopeta, depois de aparecer do nada na sala. Íamos testar elas(as armas), mas o sonho se acabou partindo para outro sonho.


Sonho 2 - Chuva e lama

Eu estou no mesmo colégio com um antigo colega meu, quando o céu escurece repentinamente e começa a chover, chove muito forte e vejo umas piscinas no pátio e devido a chuva levar sujeira elas ficam turvas
e a água da piscina se iguala com o pátio, tudo está inundando. Então coordenador do colégio chega rápido até nós, "-Saiam daqui, vão para um lugar seguro!" saio com meu colega daquele lugar e caminhamos até um local escuro, parecia ser um lugar coberto com o teto baixo tipo um subsolo, fomos até uma sala e ao entrar a primeira coisa que fizemos foi tentar escalar uma parede para escapar da inundação. O sonhos se desfez e acordei.

Obs.: Não anotei no meu diário o que acontecia enquanto eu ia de um lugar para o outro porque estava sem tempo(acho) e anotei somente os fatos principais, ainda me lembro um pouco do que eu via enquanto caminhava de um local para outro, mas como não tenho certeza das cenas preferi colocar somente o que está no diário.



Se o universo é incrível, maravilhoso e infinito e o infinito é algo sem barreiras e sem fim, imagina ter outro universo ao dormir, onde é você quem não tem barreiras, é poder ter seus dois próprios infinitos.
חוֹלֵם - Sonhador
avatar
Mensagens : 326
Pontos : 994
Honra : 106
Data de inscrição : 10/05/2016
Localização : RS
Sonhos Lúcidos :
7 / 9997 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos do Sonhador

em Qui Ago 25, 2016 4:19 pm
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
Legal,você coloca vários detalhes,acho difícil lembrar de detalhes assim.
avatar
Mensagens : 43
Pontos : 430
Honra : 23
Data de inscrição : 24/08/2016
Sonhos Lúcidos :
2 / 9992 / 999
Sonhos Comuns :
12 / 99912 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos do Sonhador

em Qui Ago 25, 2016 10:10 pm
Andrelp escreveu:Legal,você coloca vários detalhes,acho difícil lembrar de detalhes assim.

Olá  andrelp viva Nessa época eu já tinha alguns meses de diário, sempre procurei relembrar de todo o sonho que tive assim que acordava, ficando imóvel e sem abrir os olhos, hoje tenho que usar um despertador super barulhento me acordo repentinamente e já prejudica as lembranças. Espero que amanhã eu lembre de um sonho com mais qualidade. Bons sonhos pra gente brindar



Se o universo é incrível, maravilhoso e infinito e o infinito é algo sem barreiras e sem fim, imagina ter outro universo ao dormir, onde é você quem não tem barreiras, é poder ter seus dois próprios infinitos.
חוֹלֵם - Sonhador
avatar
Mensagens : 386
Pontos : 1505
Honra : 199
Data de inscrição : 04/03/2016
Idade : 20
Localização : Brasil
Sonhos Lúcidos :
29 / 99929 / 999
Sonhos Comuns :
999 / 999999 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos do Sonhador

em Sex Ago 26, 2016 9:37 am
Cara você é bem observador mesmo, conseguiu até ver o modelo do carro. Eu estudei mecânica de automóveis, mas me arrisco a dizer que se estivesse sonhando não chegaria a descobrir a geração do Gol como você. Preciso aprender a observar mais e me deixar levar menos pelo sonho.
avatar
Mensagens : 43
Pontos : 430
Honra : 23
Data de inscrição : 24/08/2016
Sonhos Lúcidos :
2 / 9992 / 999
Sonhos Comuns :
12 / 99912 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos do Sonhador

em Sex Ago 26, 2016 10:57 am
Pyros escreveu:Cara você é bem observador mesmo, conseguiu até ver o modelo do carro. Eu estudei mecânica de automóveis, mas me arrisco a dizer que se estivesse sonhando não chegaria a descobrir a geração do Gol como você. Preciso aprender a observar mais e me deixar levar menos pelo sonho.

Eu tinha uma boa lembrança dos detalhes, por isso bastou os Reality Checks para entrar nos SLs, alguns SL eu tive observando a estranheza da situação, espero voltar a ter essa prática e aperfeiçoar até chegar no nível da Königin que é incrível como ela repara a realidade e sabe tudo que tem de diferente nos sonhos. Hoje vou fazer um WBTB e ver no que dá viva



Se o universo é incrível, maravilhoso e infinito e o infinito é algo sem barreiras e sem fim, imagina ter outro universo ao dormir, onde é você quem não tem barreiras, é poder ter seus dois próprios infinitos.
חוֹלֵם - Sonhador
avatar
Mensagens : 1273
Pontos : 3248
Honra : 657
Data de inscrição : 06/07/2015
Localização : Alemanha
Sonhos Lúcidos :
222 / 999222 / 999
Sonhos Comuns :
999 / 999999 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos do Sonhador

em Sex Ago 26, 2016 4:22 pm
Caramba, חוֹלֵם. Você é um ótimo observador. Fiquei babando no meu teclando, enquanto lia seu relato do sequestro.  38

חוֹלֵם escreveu:Me encontro em um estado horrível de lembranças, mas hoje tive um sonho bem longo que na minha noção de tempo onírica durou uns 20 minutos(sempre me esforço para recordar a noção do tempo, isso me ajuda a "dar importância" ao tempo dentro de um sonho). Pena que não poderei relatá-lo aqu
Como você faz para mensurar o tempo de um sonho?
avatar
Mensagens : 2531
Pontos : 5613
Honra : 1043
Data de inscrição : 12/06/2013
Localização : Bahia
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos do Sonhador

em Sab Ago 27, 2016 11:29 pm
חוֹלֵם escreveu:

חוֹלֵם escreveu:Sonho ocorrido no dia 17/08/16

Sonhando eu e meu irmão em algum local dentro de um banheiro público onde estava sujo e bem acabado(cenário típico de filme onde o banheiro falta azulejos, chão sujo de pegadas sujas de lamas e chão molhado) tinha dois caras dentro da divisória do mictório, estavam juntos, meu irmão olha e procurava um mictório menos ruim, ele acha um e de imediato já vai até ele, eu pego e vou junto também tirando onda com ele, ele foi e se posicionou no mictório e fez xixi. Enquanto isso eu noto que em cima do mictório tem uma garrafa de café, eu abro ela pra ver dentro, daí já ia tomar café(super normal achar uma garrafa em um banheiro público imundo e tomar café de uma garrafa esquecida gargalhada ), uma terceira pessoa pergunta se meu irmão não vai tomar também, mas ele simplesmente acha ruim pois eu tinha aberto a garrafa, de certo modo ele achava que eu tinha feito algo com o café. Logo depois disso perdi as lembranças.

Obs.: Desde quando eu deixei de acompanhar o site e o fórum eu não me policiei em questão de continuar a anotar meus sonhos, logo, perdi a capacidade de recordação como eu tinha antes Crying or Very sad . Depois posto um sonho da época que eu estava ativo aqui pra notarem a diferença na riqueza dos detalhes.
Faltou você falar do cheiro ardido de xixi velho que esses banheiros sujos sempre tem. Kkkk

Na maioria dos sonhos quase não usamos o olfato. É engraçado isso. O sentido que usamos mais nos sonhos é a Visão, a Audição e o Tato. E em raras ocasiões, o paladar. Mas, o olfato é mais raro ainda. Já percebeu isso?

חוֹלֵם escreveu:
חוֹלֵם escreveu:Olá onironautas, como havia dito, irei postar alguns sonhos tidos no início de minha jornada lúcida. Infelizmente deixei o diário físico de lado quando entrei no fórum, fazendo com que eu perdesse muitos relatos.

10/06/2012
Sonho 1 - Que corda é essa?

    Estou no meu condomínio, dia ensolarado, quente e céu azulzinho sem nuvens. Me encontro dentro de uma cerca que limita a aproximação das pessoas à varanda do térreo, vejo uma corda que vinha do terraço até o chão, (que são usadas para sustentar aquelas cadeirinhas que sentam e descem pela parte exterior do prédio)



passei a cerquinha e fui até lá, puxei a corda para ver se tinha firmeza pois acho que queria subir nela. Ao puxar, a corda desceu mais um pouco e com ela veio descendo a tal cadeirinha, ela cai no chão mas ainda havia corda, puxei novamente e lá vem outra cadeira, quando puxei de novo veio o final da corda com uma espécie de peso quadrado que parecia um motorzinho, logo falava -Puts o que eu fiz!? . Peguei esse motorzinho e liguei-o, logo ele começou a voar e subiu até o 8º andar caindo dentro da varanda, depois simplesmente saí como se nada tivesse acontecido.  olhos girando  gargalhada

Sonhos 2 - Resolvendo o problema
     Estava com meu irmão no mesmo cenário do sonhos anterior, ele derruba um cano amarelo e simplesmente sei que aquele cano fica no terraço, mesmo sem ver ele derrubando de lá e mesmo sem ele me contar, simplesmente sabia que era de lá. Logo falei a ele, -Vai deixar esse cano lá novamente . Ele já ia deixar só que no terraço tinha um casal e uma criança que não podiam ver ele indo deixar o cano. Depois que chamamos dois elevadores um chegou, estávamos com medo do casal estar descendo, a porta abre e tinha só a criança então falo -Eles vem nesse vamos no outro! (WTF suspeito se a criança desceu, como iam descer naquele mesmo elevador?) Entramos no outro, aperto o andar do terraço, subimos, (nesse momento parece que já não tinha riscos do casal nos encontrar pois saímos de boa do elevador) deixamos o cano e pronto.
Dois sonhos relacionados com prédios altos. Você mora em apartamento?

É raro eu sonhar com prédios altos, arranha céu, elevadores e terraços altos. Porque na cidade onde moro, ainda não tem esses tipos de construções. Eu sonho mais com aqueles típicas cidadezinhas do interior, que o calçamento é de paralelepípedos e as casas não passão de dois ou três andares de altura. gargalhada

חוֹלֵם escreveu:
חוֹלֵם escreveu:Relato do dia 28/09/2012

Sonho 1 - Sequestro

Estou na calçada de uma avenida no centro da cidade próximo a uma farmácia, me encontro do outro lado da avenida no lado oposto à farmácia, de frente a uma escola profissionalizante, próximo a mim se encontram outras pessoas, 4 ou 5, quando vejo um cara estranho, ele me encara e eu desvio a vista. Ao meu lado tinha um senhor de calça e blusa social verde oliva com listras em um tom mais claro e barba grisalha, que aparentava ter 40 anos ou mais, ele olha pro cara estranho ( o clima já estava pesado, sentia que algo não ia dar certo).
Logo chega um carro na avenida, o cara estranho saca uma pistola e manda uma mulher (uma das 4, 5 pessoas que estava próximo a mim) entrar no banco de trás "-Entra!", enquanto eu tremia de medo o homem pega mais outra mulher e fala novamente, calmamente, sem levantar a voz "-Entra no carro.", diante disso eu tentava se distanciar, bem devagar pelas costas dele, dando pequenos passos para trás tentando fazer ele não me perceber, eu sabia que se eu corresse ele se viraria e atiraria em mim. Por último ele coloca o senhor de barba grisalha no carro, entra rapidamente e vai embora, saio caminhando junto com as outras pessoas atordoado por acabar de presenciar um sequentro e vou em direção ao colégio que eu estudava.
Chegando quase que correndo eu explico o sequestro ao vigia "-Acabaram de sequestrar 3 pessoas, era um Gol geração 3 de cor verde, o sequestrador tinha duas pistolas tauros!.",
Era esse modelo.

então o vigia me questiona, "-Não era uma tauros. então chateado por ele discordar de mim falo "-Eu vi que era uma tauros, só nao vi a outra pistola que ele tinha!", então explico a ele como a outra arma era e ele discorda novamente. "-Não podia ser uma tauros, você já viu uma tauros!?" "-Sim" indago com ele, ele fala "-Vou lhe mostrar uma tauros.". Fui junto com ele  uma sala empoeirada e ele fala, "-Quer ver uma tauros? Olha pra cima." Eu dirijo meu olhar para o teto e vi nas ripas entre as telhas uma pistola prata, uma escopeta, uma metralhadora, de repente meu irmão estica o braço e tira a escopeta, depois de aparecer do nada na sala. Íamos testar elas(as armas), mas o sonho se acabou partindo para outro sonho.


Sonho 2 - Chuva e lama

Eu estou no mesmo colégio com um antigo colega meu, quando o céu escurece repentinamente e começa a chover, chove muito forte e vejo umas piscinas no pátio e devido a chuva levar sujeira elas ficam turvas
e a água da piscina se iguala com o pátio, tudo está inundando. Então coordenador do colégio chega rápido até nós, "-Saiam daqui, vão para um lugar seguro!" saio com meu colega daquele lugar e caminhamos até um local escuro, parecia ser um lugar coberto com o teto baixo tipo um subsolo, fomos até uma sala e ao entrar a primeira coisa que fizemos foi tentar escalar uma parede para escapar da inundação. O sonhos se desfez e acordei.

Obs.: Não anotei no meu diário o que acontecia enquanto eu ia de um lugar para o outro porque estava sem tempo(acho) e anotei somente os fatos principais, ainda me lembro um pouco do que eu via enquanto caminhava de um local para outro, mas como não tenho certeza das cenas preferi colocar somente o que está no diário.
A parte do sequestro foi tenso. Mas, você até que se manteve calmo e conseguiu se sair bem. medo
avatar
Mensagens : 43
Pontos : 430
Honra : 23
Data de inscrição : 24/08/2016
Sonhos Lúcidos :
2 / 9992 / 999
Sonhos Comuns :
12 / 99912 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos do Sonhador

em Dom Ago 28, 2016 12:28 pm
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
Königin escreveu:
Caramba, חוֹלֵם. Você é um ótimo observador. Fiquei babando no meu teclando, enquanto lia seu relato do sequestro.  38

חוֹלֵם escreveu:Me encontro em um estado horrível de lembranças, mas hoje tive um sonho bem longo que na minha noção de tempo onírica durou uns 20 minutos(sempre me esforço para recordar a noção do tempo, isso me ajuda a "dar importância" ao tempo dentro de um sonho). Pena que não poderei relatá-lo aqu
Como você faz para mensurar o tempo de um sonho?

Olá Königin, queria aprender a notar a diferença do sonho pra realidade com sua facilidade aí sim viva .

Quanto ao tempo, eu aprendi a noção de tempo fazendo o seguinte, no WBTB eu olhava a hora que ia deitar e quando tinha um sonho me habituei a acordar logo após o sonho terminar, então, quando acordava eu observava as horas e por exemplo, deitei 4:00 acordei do sonho 4:45, nesses 45 minutos tive o tempo pra dormir, entrar no sonho, a mudança de um sonho pra outro, etc, então lembro do sonho e procuro ver em quanto tempo eu realizaria tudo o que fiz no sonho, por exemplo, caminhar duas quadras, subir escadas, aí percebo se realmente levaria mais ou menos 30 minutos pra fazer tudo que fiz no sonho se fosse na realidade, com isso me acostumei a ter uma noção do tempo no sonho, mesmo sendo imprecisa da pra ter uma base.
20 minutos de sonhos é bastante tempo mesmo, é o suficiente pra não conseguir anotar tudo ao acordar pois se atrasaria pra sair de casa(foi meu caso) kk.



Se o universo é incrível, maravilhoso e infinito e o infinito é algo sem barreiras e sem fim, imagina ter outro universo ao dormir, onde é você quem não tem barreiras, é poder ter seus dois próprios infinitos.
חוֹלֵם - Sonhador
avatar
Mensagens : 43
Pontos : 430
Honra : 23
Data de inscrição : 24/08/2016
Sonhos Lúcidos :
2 / 9992 / 999
Sonhos Comuns :
12 / 99912 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos do Sonhador

em Dom Ago 28, 2016 12:37 pm
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
Ramon escreveu:
חוֹלֵם escreveu:

חוֹלֵם escreveu:Sonho ocorrido no dia 17/08/16

Sonhando eu e meu irmão em algum local dentro de um banheiro público onde estava sujo e bem acabado(cenário típico de filme onde o banheiro falta azulejos, chão sujo de pegadas sujas de lamas e chão molhado) tinha dois caras dentro da divisória do mictório, estavam juntos, meu irmão olha e procurava um mictório menos ruim, ele acha um e de imediato já vai até ele, eu pego e vou junto também tirando onda com ele, ele foi e se posicionou no mictório e fez xixi. Enquanto isso eu noto que em cima do mictório tem uma garrafa de café, eu abro ela pra ver dentro, daí já ia tomar café(super normal achar uma garrafa em um banheiro público imundo e tomar café de uma garrafa esquecida gargalhada ), uma terceira pessoa pergunta se meu irmão não vai tomar também, mas ele simplesmente acha ruim pois eu tinha aberto a garrafa, de certo modo ele achava que eu tinha feito algo com o café. Logo depois disso perdi as lembranças.

Obs.: Desde quando eu deixei de acompanhar o site e o fórum eu não me policiei em questão de continuar a anotar meus sonhos, logo, perdi a capacidade de recordação como eu tinha antes Crying or Very sad . Depois posto um sonho da época que eu estava ativo aqui pra notarem a diferença na riqueza dos detalhes.
Faltou você falar do cheiro ardido de xixi velho que esses banheiros sujos sempre tem. Kkkk

Na maioria dos sonhos quase não usamos o olfato. É engraçado isso. O sentido que usamos mais nos sonhos é a Visão, a Audição e o Tato. E em raras ocasiões, o paladar. Mas, o olfato é mais raro ainda. Já percebeu isso?

חוֹלֵם escreveu:

חוֹלֵם escreveu:Olá onironautas, como havia dito, irei postar alguns sonhos tidos no início de minha jornada lúcida. Infelizmente deixei o diário físico de lado quando entrei no fórum, fazendo com que eu perdesse muitos relatos.

10/06/2012
Sonho 1 - Que corda é essa?

    Estou no meu condomínio, dia ensolarado, quente e céu azulzinho sem nuvens. Me encontro dentro de uma cerca que limita a aproximação das pessoas à varanda do térreo, vejo uma corda que vinha do terraço até o chão, (que são usadas para sustentar aquelas cadeirinhas que sentam e descem pela parte exterior do prédio)



passei a cerquinha e fui até lá, puxei a corda para ver se tinha firmeza pois acho que queria subir nela. Ao puxar, a corda desceu mais um pouco e com ela veio descendo a tal cadeirinha, ela cai no chão mas ainda havia corda, puxei novamente e lá vem outra cadeira, quando puxei de novo veio o final da corda com uma espécie de peso quadrado que parecia um motorzinho, logo falava -Puts o que eu fiz!? . Peguei esse motorzinho e liguei-o, logo ele começou a voar e subiu até o 8º andar caindo dentro da varanda, depois simplesmente saí como se nada tivesse acontecido.  olhos girando  gargalhada

Sonhos 2 - Resolvendo o problema
     Estava com meu irmão no mesmo cenário do sonhos anterior, ele derruba um cano amarelo e simplesmente sei que aquele cano fica no terraço, mesmo sem ver ele derrubando de lá e mesmo sem ele me contar, simplesmente sabia que era de lá. Logo falei a ele, -Vai deixar esse cano lá novamente . Ele já ia deixar só que no terraço tinha um casal e uma criança que não podiam ver ele indo deixar o cano. Depois que chamamos dois elevadores um chegou, estávamos com medo do casal estar descendo, a porta abre e tinha só a criança então falo -Eles vem nesse vamos no outro! (WTF suspeito se a criança desceu, como iam descer naquele mesmo elevador?) Entramos no outro, aperto o andar do terraço, subimos, (nesse momento parece que já não tinha riscos do casal nos encontrar pois saímos de boa do elevador) deixamos o cano e pronto.
Dois sonhos relacionados com prédios altos. Você mora em apartamento?

É raro eu sonhar com prédios altos, arranha céu, elevadores e terraços altos. Porque na cidade onde moro, ainda não tem esses tipos de construções. Eu sonho mais com aqueles típicas cidadezinhas do interior, que o calçamento é de paralelepípedos e as casas não passão de dois ou três andares de altura.  gargalhada

חוֹלֵם escreveu:

חוֹלֵם escreveu:Relato do dia 28/09/2012

Sonho 1 - Sequestro

Estou na calçada de uma avenida no centro da cidade próximo a uma farmácia, me encontro do outro lado da avenida no lado oposto à farmácia, de frente a uma escola profissionalizante, próximo a mim se encontram outras pessoas, 4 ou 5, quando vejo um cara estranho, ele me encara e eu desvio a vista. Ao meu lado tinha um senhor de calça e blusa social verde oliva com listras em um tom mais claro e barba grisalha, que aparentava ter 40 anos ou mais, ele olha pro cara estranho ( o clima já estava pesado, sentia que algo não ia dar certo).
Logo chega um carro na avenida, o cara estranho saca uma pistola e manda uma mulher (uma das 4, 5 pessoas que estava próximo a mim) entrar no banco de trás "-Entra!", enquanto eu tremia de medo o homem pega mais outra mulher e fala novamente, calmamente, sem levantar a voz "-Entra no carro.", diante disso eu tentava se distanciar, bem devagar pelas costas dele, dando pequenos passos para trás tentando fazer ele não me perceber, eu sabia que se eu corresse ele se viraria e atiraria em mim. Por último ele coloca o senhor de barba grisalha no carro, entra rapidamente e vai embora, saio caminhando junto com as outras pessoas atordoado por acabar de presenciar um sequentro e vou em direção ao colégio que eu estudava.
Chegando quase que correndo eu explico o sequestro ao vigia "-Acabaram de sequestrar 3 pessoas, era um Gol geração 3 de cor verde, o sequestrador tinha duas pistolas tauros!.",
Era esse modelo.

então o vigia me questiona, "-Não era uma tauros. então chateado por ele discordar de mim falo "-Eu vi que era uma tauros, só nao vi a outra pistola que ele tinha!", então explico a ele como a outra arma era e ele discorda novamente. "-Não podia ser uma tauros, você já viu uma tauros!?" "-Sim" indago com ele, ele fala "-Vou lhe mostrar uma tauros.". Fui junto com ele  uma sala empoeirada e ele fala, "-Quer ver uma tauros? Olha pra cima." Eu dirijo meu olhar para o teto e vi nas ripas entre as telhas uma pistola prata, uma escopeta, uma metralhadora, de repente meu irmão estica o braço e tira a escopeta, depois de aparecer do nada na sala. Íamos testar elas(as armas), mas o sonho se acabou partindo para outro sonho.


Sonho 2 - Chuva e lama

Eu estou no mesmo colégio com um antigo colega meu, quando o céu escurece repentinamente e começa a chover, chove muito forte e vejo umas piscinas no pátio e devido a chuva levar sujeira elas ficam turvas
e a água da piscina se iguala com o pátio, tudo está inundando. Então coordenador do colégio chega rápido até nós, "-Saiam daqui, vão para um lugar seguro!" saio com meu colega daquele lugar e caminhamos até um local escuro, parecia ser um lugar coberto com o teto baixo tipo um subsolo, fomos até uma sala e ao entrar a primeira coisa que fizemos foi tentar escalar uma parede para escapar da inundação. O sonhos se desfez e acordei.

Obs.: Não anotei no meu diário o que acontecia enquanto eu ia de um lugar para o outro porque estava sem tempo(acho) e anotei somente os fatos principais, ainda me lembro um pouco do que eu via enquanto caminhava de um local para outro, mas como não tenho certeza das cenas preferi colocar somente o que está no diário.
A parte do sequestro foi tenso. Mas, você até que se manteve calmo e conseguiu se sair bem.  medo

Olá Ramon, bem-vindo viva . Verdade, olfato é raro nos sonhos, situações que teriam cheiros tão fortes e não sentimos nada, se alguém tivesse facilidade em sentir cheiros em sonhos não lúcidos talvez também tivesse facilidade em percebe-los, seria horrível sentir minhas narinas queimando por estar em um banheiro acabado gargalhada .

Acho que meu instinto diante do perigo é ficar parado, por que quando o cara sacou a arma pra começar o sequestro eu fiquei parado, observando o que estava acontecendo, lembro que senti bastante medo, tentei escapar sorrateiramente mas tenso por levar um tiro medo .



Se o universo é incrível, maravilhoso e infinito e o infinito é algo sem barreiras e sem fim, imagina ter outro universo ao dormir, onde é você quem não tem barreiras, é poder ter seus dois próprios infinitos.
חוֹלֵם - Sonhador
avatar
Mensagens : 2531
Pontos : 5613
Honra : 1043
Data de inscrição : 12/06/2013
Localização : Bahia
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos do Sonhador

em Dom Ago 28, 2016 6:04 pm
חוֹלֵם escreveu:

חוֹלֵם escreveu:
Ramon escreveu:
חוֹלֵם escreveu:

חוֹלֵם escreveu:Sonho ocorrido no dia 17/08/16

Sonhando eu e meu irmão em algum local dentro de um banheiro público onde estava sujo e bem acabado(cenário típico de filme onde o banheiro falta azulejos, chão sujo de pegadas sujas de lamas e chão molhado) tinha dois caras dentro da divisória do mictório, estavam juntos, meu irmão olha e procurava um mictório menos ruim, ele acha um e de imediato já vai até ele, eu pego e vou junto também tirando onda com ele, ele foi e se posicionou no mictório e fez xixi. Enquanto isso eu noto que em cima do mictório tem uma garrafa de café, eu abro ela pra ver dentro, daí já ia tomar café(super normal achar uma garrafa em um banheiro público imundo e tomar café de uma garrafa esquecida gargalhada ), uma terceira pessoa pergunta se meu irmão não vai tomar também, mas ele simplesmente acha ruim pois eu tinha aberto a garrafa, de certo modo ele achava que eu tinha feito algo com o café. Logo depois disso perdi as lembranças.

Obs.: Desde quando eu deixei de acompanhar o site e o fórum eu não me policiei em questão de continuar a anotar meus sonhos, logo, perdi a capacidade de recordação como eu tinha antes Crying or Very sad . Depois posto um sonho da época que eu estava ativo aqui pra notarem a diferença na riqueza dos detalhes.
Faltou você falar do cheiro ardido de xixi velho que esses banheiros sujos sempre tem. Kkkk

Na maioria dos sonhos quase não usamos o olfato. É engraçado isso. O sentido que usamos mais nos sonhos é a Visão, a Audição e o Tato. E em raras ocasiões, o paladar. Mas, o olfato é mais raro ainda. Já percebeu isso?

חוֹלֵם escreveu:

חוֹלֵם escreveu:Olá onironautas, como havia dito, irei postar alguns sonhos tidos no início de minha jornada lúcida. Infelizmente deixei o diário físico de lado quando entrei no fórum, fazendo com que eu perdesse muitos relatos.

10/06/2012
Sonho 1 - Que corda é essa?

    Estou no meu condomínio, dia ensolarado, quente e céu azulzinho sem nuvens. Me encontro dentro de uma cerca que limita a aproximação das pessoas à varanda do térreo, vejo uma corda que vinha do terraço até o chão, (que são usadas para sustentar aquelas cadeirinhas que sentam e descem pela parte exterior do prédio)



passei a cerquinha e fui até lá, puxei a corda para ver se tinha firmeza pois acho que queria subir nela. Ao puxar, a corda desceu mais um pouco e com ela veio descendo a tal cadeirinha, ela cai no chão mas ainda havia corda, puxei novamente e lá vem outra cadeira, quando puxei de novo veio o final da corda com uma espécie de peso quadrado que parecia um motorzinho, logo falava -Puts o que eu fiz!? . Peguei esse motorzinho e liguei-o, logo ele começou a voar e subiu até o 8º andar caindo dentro da varanda, depois simplesmente saí como se nada tivesse acontecido.  olhos girando  gargalhada

Sonhos 2 - Resolvendo o problema
     Estava com meu irmão no mesmo cenário do sonhos anterior, ele derruba um cano amarelo e simplesmente sei que aquele cano fica no terraço, mesmo sem ver ele derrubando de lá e mesmo sem ele me contar, simplesmente sabia que era de lá. Logo falei a ele, -Vai deixar esse cano lá novamente . Ele já ia deixar só que no terraço tinha um casal e uma criança que não podiam ver ele indo deixar o cano. Depois que chamamos dois elevadores um chegou, estávamos com medo do casal estar descendo, a porta abre e tinha só a criança então falo -Eles vem nesse vamos no outro! (WTF suspeito se a criança desceu, como iam descer naquele mesmo elevador?) Entramos no outro, aperto o andar do terraço, subimos, (nesse momento parece que já não tinha riscos do casal nos encontrar pois saímos de boa do elevador) deixamos o cano e pronto.
Dois sonhos relacionados com prédios altos. Você mora em apartamento?

É raro eu sonhar com prédios altos, arranha céu, elevadores e terraços altos. Porque na cidade onde moro, ainda não tem esses tipos de construções. Eu sonho mais com aqueles típicas cidadezinhas do interior, que o calçamento é de paralelepípedos e as casas não passão de dois ou três andares de altura.  gargalhada

חוֹלֵם escreveu:

חוֹלֵם escreveu:Relato do dia 28/09/2012

Sonho 1 - Sequestro

Estou na calçada de uma avenida no centro da cidade próximo a uma farmácia, me encontro do outro lado da avenida no lado oposto à farmácia, de frente a uma escola profissionalizante, próximo a mim se encontram outras pessoas, 4 ou 5, quando vejo um cara estranho, ele me encara e eu desvio a vista. Ao meu lado tinha um senhor de calça e blusa social verde oliva com listras em um tom mais claro e barba grisalha, que aparentava ter 40 anos ou mais, ele olha pro cara estranho ( o clima já estava pesado, sentia que algo não ia dar certo).
Logo chega um carro na avenida, o cara estranho saca uma pistola e manda uma mulher (uma das 4, 5 pessoas que estava próximo a mim) entrar no banco de trás "-Entra!", enquanto eu tremia de medo o homem pega mais outra mulher e fala novamente, calmamente, sem levantar a voz "-Entra no carro.", diante disso eu tentava se distanciar, bem devagar pelas costas dele, dando pequenos passos para trás tentando fazer ele não me perceber, eu sabia que se eu corresse ele se viraria e atiraria em mim. Por último ele coloca o senhor de barba grisalha no carro, entra rapidamente e vai embora, saio caminhando junto com as outras pessoas atordoado por acabar de presenciar um sequentro e vou em direção ao colégio que eu estudava.
Chegando quase que correndo eu explico o sequestro ao vigia "-Acabaram de sequestrar 3 pessoas, era um Gol geração 3 de cor verde, o sequestrador tinha duas pistolas tauros!.",
Era esse modelo.

então o vigia me questiona, "-Não era uma tauros. então chateado por ele discordar de mim falo "-Eu vi que era uma tauros, só nao vi a outra pistola que ele tinha!", então explico a ele como a outra arma era e ele discorda novamente. "-Não podia ser uma tauros, você já viu uma tauros!?" "-Sim" indago com ele, ele fala "-Vou lhe mostrar uma tauros.". Fui junto com ele  uma sala empoeirada e ele fala, "-Quer ver uma tauros? Olha pra cima." Eu dirijo meu olhar para o teto e vi nas ripas entre as telhas uma pistola prata, uma escopeta, uma metralhadora, de repente meu irmão estica o braço e tira a escopeta, depois de aparecer do nada na sala. Íamos testar elas(as armas), mas o sonho se acabou partindo para outro sonho.


Sonho 2 - Chuva e lama

Eu estou no mesmo colégio com um antigo colega meu, quando o céu escurece repentinamente e começa a chover, chove muito forte e vejo umas piscinas no pátio e devido a chuva levar sujeira elas ficam turvas
e a água da piscina se iguala com o pátio, tudo está inundando. Então coordenador do colégio chega rápido até nós, "-Saiam daqui, vão para um lugar seguro!" saio com meu colega daquele lugar e caminhamos até um local escuro, parecia ser um lugar coberto com o teto baixo tipo um subsolo, fomos até uma sala e ao entrar a primeira coisa que fizemos foi tentar escalar uma parede para escapar da inundação. O sonhos se desfez e acordei.

Obs.: Não anotei no meu diário o que acontecia enquanto eu ia de um lugar para o outro porque estava sem tempo(acho) e anotei somente os fatos principais, ainda me lembro um pouco do que eu via enquanto caminhava de um local para outro, mas como não tenho certeza das cenas preferi colocar somente o que está no diário.
A parte do sequestro foi tenso. Mas, você até que se manteve calmo e conseguiu se sair bem.  medo

Olá Ramon, bem-vindo viva . Verdade, olfato é raro nos sonhos, situações que teriam cheiros tão fortes e não sentimos nada, se alguém tivesse facilidade em sentir cheiros em sonhos não lúcidos talvez também tivesse facilidade em percebe-los, seria horrível sentir minhas narinas queimando por estar em um banheiro acabado gargalhada .

Acho que meu instinto diante do perigo é ficar parado, por que quando o cara sacou a arma pra começar o sequestro eu fiquei parado, observando o que estava acontecendo, lembro que senti bastante medo, tentei escapar sorrateiramente mas tenso por levar um tiro medo .
Uma vez eu li uma matéria num site, que falava como é o sonho das pessoas cegas. As pessoas que não enxergam, tem sonhos sem imagens. Mas, em compensação, os sonhos dos cegos, são ricos nos outros 4 sentidos. O tato, o olfato e o paladar é bem mais aguçado nas pessoas cegas, do que o da maioria das pessoas que enxergam. Ou seja, damos mais atenção pra visão no sonho, pra audição também e quase nenhuma atenção pros outros 3 sentidos. Acho que é por isso que não desfrutamos 100% das experiências que vivenciamos nos nossos sonhos lúcidos. Porque não praticamos nos sonhos todos os nossos 5 sentidos.
avatar
Mensagens : 233
Pontos : 1362
Honra : 72
Data de inscrição : 26/12/2015
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos do Sonhador

em Dom Ago 28, 2016 8:18 pm
חוֹלֵם, gostei muito dos seus relatos, espero também poder ler em breve os seus sonhos lúcidos. O seu irmão sempre costuma aparecer muito nos seus sonhos?
avatar
Mensagens : 43
Pontos : 430
Honra : 23
Data de inscrição : 24/08/2016
Sonhos Lúcidos :
2 / 9992 / 999
Sonhos Comuns :
12 / 99912 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos do Sonhador

em Seg Ago 29, 2016 8:28 am
Érika escreveu:חוֹלֵם, gostei muito dos seus relatos, espero também poder ler em breve os seus sonhos lúcidos. O seu irmão sempre costuma aparecer muito nos seus sonhos?

Olá Érika, bem-vinda ao meu diário viva . Estou só esperando ter um SL pra postá-lo, caso eu não tenha um SL em um mês eu vou postar relatos antigos mesmo.
Meu irmão aparece em muitos sonhos, sempre que estou com ele e lembro do Reality Check eu faço e me questiono ou imagino estar em um sonho pra ver se na próxima aparição dele em meus sonhos eu fique lúcido.



Se o universo é incrível, maravilhoso e infinito e o infinito é algo sem barreiras e sem fim, imagina ter outro universo ao dormir, onde é você quem não tem barreiras, é poder ter seus dois próprios infinitos.
חוֹלֵם - Sonhador
avatar
Mensagens : 35
Pontos : 477
Honra : 21
Data de inscrição : 30/06/2016
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
600 / 999600 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos do Sonhador

em Seg Ago 29, 2016 5:51 pm
Sonhador, seus sonhos tem muita informação! Gosto de ler relatos ricos em detalhes como os seus.
Acho interessante o seu irmão aparecer nos seus sonhos com frequência, vocês devem ter uma conexão forte. Eu por exemplo, apesar de morar com a minhã não lembro de já ter sonhado com ela alguma vez.
avatar
Mensagens : 43
Pontos : 430
Honra : 23
Data de inscrição : 24/08/2016
Sonhos Lúcidos :
2 / 9992 / 999
Sonhos Comuns :
12 / 99912 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos do Sonhador

em Seg Ago 29, 2016 6:11 pm
Rupigwara escreveu:Sonhador, seus sonhos tem muita informação! Gosto de ler relatos ricos em detalhes como os seus.
Acho interessante o seu irmão aparecer nos seus sonhos com frequência, vocês devem ter uma conexão forte. Eu por exemplo, apesar de morar com a minhã não lembro de já ter sonhado com ela alguma vez.

Olá Rupigwara, bem-vindo viva .
Esse relato eu estava no pico das anotações, uma semana depois desse sonho eu tive meu primeiro SL, depois posto o relato aqui junto com uma foto do meu diário pra ver a bagunça que faço.
Eu sempre tinha tempo pra acordar sem abrir os olhos e relembrar todos os sonhos que tive na noite, isso me ajudava bastante. Estou tentando organizar meus períodos REM dormindo sempre na mesma hora, complicado porque só tenho 7 horas de sono no máximo.
Até atualmente eu sonho com meu irmão, diversas vezes ele está lá sendo um personagem.
Lhe espero aqui nos meus próximos relatos brindar



Se o universo é incrível, maravilhoso e infinito e o infinito é algo sem barreiras e sem fim, imagina ter outro universo ao dormir, onde é você quem não tem barreiras, é poder ter seus dois próprios infinitos.
חוֹלֵם - Sonhador
avatar
Mensagens : 43
Pontos : 430
Honra : 23
Data de inscrição : 24/08/2016
Sonhos Lúcidos :
2 / 9992 / 999
Sonhos Comuns :
12 / 99912 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos do Sonhador

em Seg Ago 29, 2016 9:17 pm
Reputação da mensagem: 100% (2 votos)
Olá, devido à seca de sonhos nesses 3 dias resolvi transcrever mais um relato antigo, procurei no diário algum semelhante ao sonho do Pyros com um ladrão como temática gargalhada  

Relato do dia 21/06/2012
Pegando ladrão
Estou com meu irmão do lado de fora de uma igreja no interior, ela tem fachada alta, azulejos brancos em toda ela, uma grande porta de madeira e na frente da igreja um muro não tão alto que separa a igreja da calçada. Enquanto estou do lado de fora com meu irmão, na parte de dentro tinha um cara gordo com uma colega minha, estava agarrando ela e assaltando ou assaltando e se aproveitando da situação. Me viro pro meu irmão que está de pé ao meu lado e falo -Vamos pegar ele!!!. Fui me dirigindo até o cara, no meio do caminho quando olho pro cara, meu irmão já está apontando uma Magnum .44 na cabeça dele. Termino de me aproximar e falo -Agora pegou pesado, mexendo com a minha namorada. E torço o braço dele pra trás e ele resiste então dou um tapa na cara dele, coloco a mão no bolso, tiro uma algema e o algemo. Depois de algemado meu avô paterno chega apontando uma arma na cabeça muito raivoso e de imediato falo pra não matar ele. Escuto o estouro dos tiros, ele dá dois disparos, abro os olhos e vejo que os tiros acertaram apenas a parede.
Após os tiros eu agacho e pego as duas cápsulas do chão, levanto e quando observo elas na minha palma vejo que estão como novas, intactas. De repente um outro bandido vinha atrás de nós, com certeza atrás de ajudar o outro, rapidamente abro o portão e corremos para a parte dos fundos da igreja, fico acocado no canto da parede, com medo do bandido me achar ali e não ter pra onde fugir, decidi entrar na igreja, caminho calmamente pra não chamar a atenção e me sento nos bancos da igreja, tentando parece um membro. Olho para uma janela próxima e vejo o bandido passando pela lateral da igreja. O sonho se desfaz e acordo.
Obs.: Este é mais um sonho que meu irmão participa. A temática de sempre ter armas é devido ao meu gosto por elas principalmente na época em que sonhei.
Nenhum dos fatos me fez acordar, nem tanto as irrealidades quanto o medo estilo pesadelo.
A garota era uma menina da minha turma à época e não era minha namorada, se não me engano a intenção de dizer aquilo foi pra parecer pior pro lado dele(do ladrão).



Se o universo é incrível, maravilhoso e infinito e o infinito é algo sem barreiras e sem fim, imagina ter outro universo ao dormir, onde é você quem não tem barreiras, é poder ter seus dois próprios infinitos.
חוֹלֵם - Sonhador
avatar
Mensagens : 2531
Pontos : 5613
Honra : 1043
Data de inscrição : 12/06/2013
Localização : Bahia
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos do Sonhador

em Seg Ago 29, 2016 11:59 pm
חוֹלֵם escreveu:
חוֹלֵם escreveu:Olá, devido à seca de sonhos nesses 3 dias resolvi transcrever mais um relato antigo, procurei no diário algum semelhante ao sonho do Pyros com um ladrão como temática gargalhada  

Relato do dia 21/06/2012
Pegando ladrão
Estou com meu irmão do lado de fora de uma igreja no interior, ela tem fachada alta, azulejos brancos em toda ela, uma grande porta de madeira e na frente da igreja um muro não tão alto que separa a igreja da calçada. Enquanto estou do lado de fora com meu irmão, na parte de dentro tinha um cara gordo com uma colega minha, estava agarrando ela e assaltando ou assaltando e se aproveitando da situação. Me viro pro meu irmão que está de pé ao meu lado e falo -Vamos pegar ele!!!. Fui me dirigindo até o cara, no meio do caminho quando olho pro cara, meu irmão já está apontando uma Magnum .44 na cabeça dele. Termino de me aproximar e falo -Agora pegou pesado, mexendo com a minha namorada. E torço o braço dele pra trás e ele resiste então dou um tapa na cara dele, coloco a mão no bolso, tiro uma algema e o algemo. Depois de algemado meu avô paterno chega apontando uma arma na cabeça muito raivoso e de imediato falo pra não matar ele. Escuto o estouro dos tiros, ele dá dois disparos, abro os olhos e vejo que os tiros acertaram apenas a parede.
Após os tiros eu agacho e pego as duas cápsulas do chão, levanto e quando observo elas na minha palma vejo que estão como novas, intactas. De repente um outro bandido vinha atrás de nós, com certeza atrás de ajudar o outro, rapidamente abro o portão e corremos para a parte dos fundos da igreja, fico acocado no canto da parede, com medo do bandido me achar ali e não ter pra onde fugir, decidi entrar na igreja, caminho calmamente pra não chamar a atenção e me sento nos bancos da igreja, tentando parece um membro. Olho para uma janela próxima e vejo o bandido passando pela lateral da igreja. O sonho se desfaz e acordo.
Obs.: Este é mais um sonho que meu irmão participa. A temática de sempre ter armas é devido ao meu gosto por elas principalmente na época em que sonhei.
Nenhum dos fatos me fez acordar, nem tanto as irrealidades quanto o medo estilo pesadelo.
A garota era uma menina da minha turma à época e não era minha namorada, se não me engano a intenção de dizer aquilo foi pra parecer pior pro lado dele(do ladrão).
Esse relato é de 2012? Caramba! Faz tempo hein. gargalhada

Você sonha muito com o seu irmão ou isso acontece de vez em quando?
avatar
Mensagens : 326
Pontos : 994
Honra : 106
Data de inscrição : 10/05/2016
Localização : RS
Sonhos Lúcidos :
7 / 9997 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos do Sonhador

em Ter Ago 30, 2016 12:21 pm
חוֹלֵם escreveu:Olá, devido à seca de sonhos nesses 3 dias resolvi transcrever mais um relato antigo, procurei no diário algum semelhante ao sonho do Pyros com um ladrão como temática gargalhada  

Relato do dia 21/06/2012
Pegando ladrão
Estou com meu irmão do lado de fora de uma igreja no interior, ela tem fachada alta, azulejos brancos em toda ela, uma grande porta de madeira e na frente da igreja um muro não tão alto que separa a igreja da calçada. Enquanto estou do lado de fora com meu irmão, na parte de dentro tinha um cara gordo com uma colega minha, estava agarrando ela e assaltando ou assaltando e se aproveitando da situação. Me viro pro meu irmão que está de pé ao meu lado e falo -Vamos pegar ele!!!. Fui me dirigindo até o cara, no meio do caminho quando olho pro cara, meu irmão já está apontando uma Magnum .44 na cabeça dele. Termino de me aproximar e falo -Agora pegou pesado, mexendo com a minha namorada. E torço o braço dele pra trás e ele resiste então dou um tapa na cara dele, coloco a mão no bolso, tiro uma algema e o algemo. Depois de algemado meu avô paterno chega apontando uma arma na cabeça muito raivoso e de imediato falo pra não matar ele. Escuto o estouro dos tiros, ele dá dois disparos, abro os olhos e vejo que os tiros acertaram apenas a parede.
Após os tiros eu agacho e pego as duas cápsulas do chão, levanto e quando observo elas na minha palma vejo que estão como novas, intactas. De repente um outro bandido vinha atrás de nós, com certeza atrás de ajudar o outro, rapidamente abro o portão e corremos para a parte dos fundos da igreja, fico acocado no canto da parede, com medo do bandido me achar ali e não ter pra onde fugir, decidi entrar na igreja, caminho calmamente pra não chamar a atenção e me sento nos bancos da igreja, tentando parece um membro. Olho para uma janela próxima e vejo o bandido passando pela lateral da igreja. O sonho se desfaz e acordo.
Obs.: Este é mais um sonho que meu irmão participa. A temática de sempre ter armas é devido ao meu gosto por elas principalmente na época em que sonhei.
Nenhum dos fatos me fez acordar, nem tanto as irrealidades quanto o medo estilo pesadelo.
A garota era uma menina da minha turma à época e não era minha namorada, se não me engano a intenção de dizer aquilo foi pra parecer pior pro lado dele(do ladrão).
Sonhador,acabei de postar um não lúcido que tive essa noite,tinha arma também.Esse foi o primeiro tema recorrente que percebi quando comecei a anotar meus sonhos,e nem sei porque,você disse que gosta mas eu não sei o porque eu sonho direto com isso.
avatar
Mensagens : 1273
Pontos : 3248
Honra : 657
Data de inscrição : 06/07/2015
Localização : Alemanha
Sonhos Lúcidos :
222 / 999222 / 999
Sonhos Comuns :
999 / 999999 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos do Sonhador

em Ter Ago 30, 2016 6:13 pm
חוֹלֵם escreveu:
Olá Königin, queria aprender a notar a diferença do sonho pra realidade com sua facilidade aí sim viva .

Quanto ao tempo, eu aprendi a noção de tempo fazendo o seguinte, no WBTB eu olhava a hora que ia deitar e quando tinha um sonho me habituei a acordar logo após o sonho terminar, então, quando acordava eu observava as horas e por exemplo, deitei 4:00 acordei do sonho 4:45, nesses 45 minutos tive o tempo pra dormir, entrar no sonho, a mudança de um sonho pra outro, etc, então lembro do sonho e procuro ver em quanto tempo eu realizaria tudo o que fiz no sonho, por exemplo, caminhar duas quadras, subir escadas, aí percebo se realmente levaria mais ou menos 30 minutos pra fazer tudo que fiz no sonho se fosse na realidade, com isso me acostumei a ter uma noção do tempo no sonho, mesmo sendo imprecisa da pra ter uma base.
20 minutos de sonhos é bastante tempo mesmo, é o suficiente pra não conseguir anotar tudo ao acordar pois se atrasaria pra sair de casa(foi meu caso) kk.

Eu não explicar como eu consigo essa façanha de perceber anomalias no sonho, mas tenho uma teoria. leitura Essa habilidade deve estar ligada a minha personalidade. Sou pessoa introspectiva. Minha introspeção é nível hardcore. Sou muito quieta e muito observadora. Não importa onde eu estou e se eu estou acompanhada ou não. Eu fico o tempo todo observando tudo que acontece ao meu redor. Sempre fui assim, desde criança. Deve ser por isso que eu consigo perceber mais facilmente se estou num sonho. maluco

Nunca me preocupei em notar o tempo de duração de um sonho, mas eu vou começar a fazer isso. Com certeza, vai me ajudar a saber se estou conseguindo aumentar o tempo de duração dos meus sonhos lúcidos.
Conteúdo patrocinado

Re: Diário dos Sonhos do Sonhador

Ver o tópico anteriorVoltar ao TopoVer o tópico seguinte
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum