Conectar-se
Os membros mais ativos do mês
3 Mensagens - 75%
1 Mensagem - 25%
Votação
Qual a técnica que você utiliza para ficar lúcido?
Teste de Realidade
45% / 15
Totem
15% / 5
Incubação
12% / 4
Gatilho
6% / 2
Gravador de Voz ou Sons Binaurais
6% / 2
Outros
15% / 5
Parceiros
 sonhos=
 sonhos=
 animes=

Compartilhe
Ver o tópico anteriorIr em baixoVer o tópico seguinte
avatar
Mensagens : 50
Pontos : 2031
Honra : 28
Data de inscrição : 25/07/2012
Idade : 34
Localização : Melbourne, Austrália
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuáriohttp://www.sealifedreams.com

Diário dos Sonhos Lúcidos de Madrugada

em Qua Jul 25, 2012 5:41 am
Reputação da mensagem: 100% (2 votos)
Este é um sonho que eu tive quase um ano atrás, quando eu estava começando a aprender português...

Provavelmente minha tradução tem alguns problemas: pode ler a versão original aqui:
sealifedreams . com/en/dreams/madrugada/madrugada


MADRUGADA
Eu começo moderatamente lúcido, mudando de um sonho lúcido até o próximo, quase nadando entre sonhos.

Em algum momento estou andando por um tipo de trilha de mata. É de noite. Vejo que tem um homem aqui - mais velho, armado com uma pistola ou faca. É um momento de confrontação. Ele parece louco e no primeiro momento estou intimidado mas a cena, de uma forma ou outra, passa.

Agora, estou descendo uma colina. E tal como as coisas acontecem, é a colina que fica atrás de minha casa familiar. A única diferência é que os árvores são muito mais densas neste caso. En fato, eu tenho que lutar pelas árvores para mudar na direção da casa, e a mais familiar parte do terreno abaixo. Enquanto eu continuo em frente, minha boca começa a ficar muito seca e minha pele cortada pelo trabalho. Estou surpreso que meus sentidos estão funcionando ainda, enquanto estou sonhando.

Estou pensando em tudo isso, e o razão que estou aqui, quando escuto a voz de um companheiro me acompanhar.  

"Não te lembre daquele sonho que você escreveu sobre o amanhecer dourado?"

De alguma forma, estas palavras trazem uma memória para mim, uma memória que eu não sabia que eu tinha. Uma memória de um leão.

Minha visão expandir para alcançar o fundo da colina abaixo. Agora eu vejo o mesmo leão, avançando para nos, andando de um lado para outro, cheio de orgulho, subindo a entrada de casa. Neste momento, estamos alguma distância do leão, mas eu pareço saber o que vai acontecer.

Vou encontrar o leão.

Tento imaginar os melhores pensamentos, o uso da palavra 'dourado' botou um lado positivo no encontro, mas estou nervoso ainda. Eu posso perceber o tamanho, a coragem, a coração desse criatura como ele aproxima-se.
Eu tento mostrar coragem, encontrá-lo com o respeito/majestade ele merece, mas é um pouco difícil enfrentar ele com os olhos, em vez disso eu manter meu rosto nervosamente dando face para o chão. Por um momento, eu acho que passei ele, que eu posso respirar aliviado de nov, mas o leão claramente, não é estranho ao meu medo. Ele vira ao contrário, passando por meu lado. Como o caçador que ele é, ele parece farejar meu medo, testando-me.

Eu me vejo dividir, tornando duas personagems. Por um lado tem o eu 'sonhador' - meu espírito, bravo e e compreensivo deste animal, mas me prendende, mais atrasado é o outro eu - meu ser corporal, agarrado a um medo desconhecido.

O leão olha para mim e eu vejo uma sequência de imagens, como se fossem dirigidos à minha mente do olho do leão. As imagens falam de compartamentos que preferia soltar, aspetos de mim, como adolescente. Inmediatemente eu sei o que é que tenho que mudar sobre minha vida, que vai soltar este medo. Eu sinto mais aberto, por causa da honestidade/claridade do leão, e agora ela fica mais homem do que animal. Eu dou um abraço, grato como eu sou por esta mensagem.

Agora estamos no base de entrada de casa. O leão tem a forma de um homem, falando comigo em inglês. Por alguma razão ele tem a aparência de uma personagem de um filme brasileiro que eu vi alguns mêses atrás, então eu sinto-me tentado a responder em português.

"Obrigado"

Por um moment, pergunto-me se ele vai entender, e mesmo ele entende, ofereçendo com fluência uma resposta como 'tudo obrigado", que de alguma forma sugere que o encontro é algo que beneficia tudo mundo.

Estou começando a sentir que eu deveria acordar agora, e tomando conhecimento disso, meu outro companheiro agora fala para mim...

"Temos algumas outras coisas para fazer agora, mas se você quiser falar falar com ele de novo você deveria saber seu nome".

"Madrugada"

Eu acordo do sonho.


Última edição por Madrugada em Qua Jul 25, 2012 6:41 pm, editado 1 vez(es)
Convidad
Convidado

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos de Madrugada

em Qua Jul 25, 2012 10:55 am
Eu achei um pouco estranho de já no começo estar lucido, mas foi um bom sonho.
avatar
Mensagens : 50
Pontos : 2031
Honra : 28
Data de inscrição : 25/07/2012
Idade : 34
Localização : Melbourne, Austrália
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuáriohttp://www.sealifedreams.com

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos de Madrugada

em Qua Jul 25, 2012 7:04 pm
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
showeidek escreveu:Eu achei um pouco estranho de já no começo estar lucido, mas foi um bom sonho.

Oi Showeidek... Obrigado. É que o sonho teve partes diferentes. Antes dessa parte eu já tinha ganhado conscência mas também acordado de uma forma falsa (nunca de verdade) .. esta parte lúcida foi a última parte do sonho feliz.

Na minha experiência o nível de consciência varia assim às vezes, até durante o mesmo sonho...

Reizen Endler escreveu:Ele disse seu nome? Madrugada! muito sinistro eu tentaria encontrá-lo novamente. Sonho intrigante continue postando : D

Ele disse sim, mas uma coisa que eu esqueci botar antes de sonho é que este sonho me deu o nome que uso agora.

Antes deste sonho eu quase não sabia o significado de 'Madrugada', mas queria usar este nome para honrar o leão. Madrugada parece um bom nome para alguém que adora de sonhar.

Algumas semana atrás eu tive outro sonho com um leão que lembrou-me de 'Madrugada'. Ainda que este sonho não foi lúcido, eu tive um bom nível de consciência no sonho. No sonho, eu estou no terreno de minha casa de novo, mas esta vez alguém está me ameaçando com uma faca. Eu não quero ficar, eu tenho medo demais e ainda que alguém quer que eu lute eu sei que não tenho a coragem para esta luta.

No próximo momento, eu sinto o abraço do leão, seu pele fofo (fluffy), e a cor de branco. Ele me ajuda sair de um buraco na vedação/cerca de metal...
avatar
Mensagens : 190
Pontos : 2426
Honra : 87
Data de inscrição : 31/03/2012
Idade : 42
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuáriohttp://www.sonhoslucidos.com

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos de Madrugada

em Qua Jul 25, 2012 10:51 pm
:cheers: muito bom heim!! Gostei muito do site e já vou colocar ele também no blog. Tu é o Nick?

Abs e bons sonhos brother!


Não pense se vai ficar consciente num sonho... saiba que vai.
avatar
Mensagens : 50
Pontos : 2031
Honra : 28
Data de inscrição : 25/07/2012
Idade : 34
Localização : Melbourne, Austrália
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuáriohttp://www.sealifedreams.com

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos de Madrugada

em Qua Jul 25, 2012 11:21 pm
Ótimo Coruja! Meu nome é Nick, sim feliz

Estou lendo seu blog faz alguns meses. É muito legal! Parabéns.

Obrigado - vou botar um link para seu blog/forum também.
avatar
Mensagens : 1191
Pontos : 4032
Honra : 670
Data de inscrição : 25/03/2013
Idade : 23
Localização : Morretes/ PR
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuáriohttp://naturezaevolutiva.blogspot.com.br/

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos de Madrugada

em Sab Jun 22, 2013 12:14 pm
Que incrível Madrugada li seu sonho, confesso, com um pouco de vislumbre. Talvez esse seja o nome dum amigo interior seu. No xamanismo cada pessoa tem um animal interior e quem sabe leão seja o seu, assim como é o meu. Não sei se acontece contigo, mas depois que se descobre o leão você acaba ficando mais amoroso, mais caridoso?
avatar
Mensagens : 1989
Pontos : 5702
Honra : 575
Data de inscrição : 10/03/2013
Idade : 17
Localização : Nippon, Namimori.
Sonhos Lúcidos :
50 / 99950 / 999
Sonhos Comuns :
300 / 999300 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos de Madrugada

em Sab Jun 22, 2013 2:47 pm
Emerson, essas mensagens é do dia 25 de julho de 2012, São MUITO velhas. O madrugada parece que nunca mais vai voltar aqui. :naosei: kkkkkk.
avatar
Mensagens : 50
Pontos : 2031
Honra : 28
Data de inscrição : 25/07/2012
Idade : 34
Localização : Melbourne, Austrália
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuáriohttp://www.sealifedreams.com

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos de Madrugada

em Sab Jun 22, 2013 11:33 pm
Oi!

The Master - tá certo. Faz tempo que passei por aqui, mas não quer dizer que não quis voltar feliz Fiquei feliz em ver uma resposta aqui.

Emerson - também tenho muito interessante em xamanismo. Eu acredito que o leão é um animal guia meu. Desde aquele sonho lá pra cima eu tive mais dois sonhos lúcidos em que encontrei Madrugada. Vou botá-los aqui também.

Antes tive uma parte no meu site para botar sonhos em português, mas tirei porque o site demorou para carregar com dois idiomas. Agora, vou começar um jornal aqui, e botar sonhos em português de vez em quando.
avatar
Mensagens : 1989
Pontos : 5702
Honra : 575
Data de inscrição : 10/03/2013
Idade : 17
Localização : Nippon, Namimori.
Sonhos Lúcidos :
50 / 99950 / 999
Sonhos Comuns :
300 / 999300 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos de Madrugada

em Sab Jun 22, 2013 11:57 pm
Kkkkk, me desculpe. Kkkkkk, o pior disso tudo, é que enquanto escrevia a mensagem, Eu ja tava pensando; "Put* vou acabar quebrando a cara XD" Kkkkkk, e foi isso que aconteceu. Kkkkkkk, Eu tinha quase certeza mesmo. XD.
------------------------------------

 Bem vindo de volta, madrugada. o/ Que fique mais ativo. lolo/
avatar
Mensagens : 50
Pontos : 2031
Honra : 28
Data de inscrição : 25/07/2012
Idade : 34
Localização : Melbourne, Austrália
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuáriohttp://www.sealifedreams.com

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos de Madrugada

em Dom Jun 23, 2013 12:04 am
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
Mais uma vez: Peço desculpas e ajuda se eu deixar algo confuso. Português não é meu idioma nátivo.

O mesmo sonho em inglês:
http://sealifedreams.com/en/dreams/madrugada/madrugadas-heat 


O CALOR DE MADRUGADA (ABR 23, 2013)
Estou na orla de uma praia linda. Estou me vendo de perspetiva de uma terceira pessoa. É um vídeo incrível. Eu me vejo saltando de ondas. O estilo de capturar a escena é incrível. Eu começo a refletir em tudo isso. Meu deus. Como alguém criou esse vídeo. Minhas aventuras parecem bem mais maravilhosas do que minhas próprias concepções/perspetivas.

Eu olho, por exemplo, o jeito em que o camera faz zoom, mostrando a espuma da onda, e ainda me mostrando um pouco em frente da espuma. Eu penso para mim mesmo que esse tipo de vídeo seria bem díficil gravar. Estou ainda pensando em como foi feito. Parece para mim, que não é só uma coisa de tecnologia mas também o conhecimento artístico que deixa a pessoa gravar um vídeo que estimula a imaginação assim. 

Depois disso, eu encontro a professora de arte da minha escola. Eu penso em como ela tá muito agradável/simpática. Estamos conversando perto da praia, é uma conversa direta com foco. Eu me lembro de olhar para ela enquanto fala, avisando me ir para um penhasco* que (no sonho) parece familiar.

Eu começo em buscar do penhasco*, e fico surprendido para chegar em um lugar que parece uma aldeia indígena - pequena e simples - talvez na Ásia. À minha esquerda tem várias cabanas e crianças brincando, fazendo barulho, e divertindo-se das companhias de elas mesmas*. Ainda mais perto, diretamente em frente de mim, eu vejo um leão.
Sim, isso mesmo, um leão gigante, esperando no meia da rua. 

Minha primeira reação é uma de shock. Eu começo a acordar lucidamente dentro do sonho. Ele é um besta gigante e para ser absolutamente honesto fico com medo. Parece que ele está acordado, mas também que está esperando-me. Tem um grande intensidade na escena. Eu sei que estou com medo, mas também quero encontrá-lo, não sucumbir ao meu medo.

Eu continuo andando, pensando em meu primeiro encontro com o leão Madrugada. Quero mostrar que vou continuar até se eu tenho medo. 

Eu continuo, mas é como minha mente está tão preocupada com o objetivo de não ficar com medo, que eu passo por ele, e pedir a oportunidade de interagir. Eu fico decepcionado. Começo voltar, mas não posso ver ele mais. 

Eu faço uma volta e de repente sinto um calor INTENSO. É o quente, ardente* brilho do leão. É intenso mas quero chegar ao fundo. Eu sinto que Madrugada está ai, nas sombras da escena, mas agora parece achá-lo. 

Em vez de achá-lo, eu começo a jogar um brinquedo como 'Memória'. Um jogo antigo de 'Memória', no que cada carta está marcada com um glifo ou símbolo, e palavras pequenas (de influência asiática) como "Di". Tem tapetes bem grandes - mais do que suficiente em que ficar em pé - que são usados como um base para o jogo. A coisa estranha é que em qualquer lugar que eu fico em pé, eu sempre acho uma partida.

Comentários. Foi um sonho bem interessante. Este é o primeiro sonho que tive do Madrugada desde que o vi pela primeira vez no meu sonho lúcido. 
Estou feliz que ignorei meu medo - mas a próxima vez quero prestar mais atenção ao que ele fala/faz. 
avatar
Mensagens : 50
Pontos : 2031
Honra : 28
Data de inscrição : 25/07/2012
Idade : 34
Localização : Melbourne, Austrália
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuáriohttp://www.sealifedreams.com

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos de Madrugada

em Dom Jun 23, 2013 12:24 am
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
UM PASSEIO COM MADRUGADA (JUN 20, 2013)
Estou assistindo um trêm, elegante e antiquado. Enquanto eu olho, tenho um senso de familiaridade que me leva mais ao passado (mas primeiramente na mente). Eu imagino como teria sido para ver esses trêns passando, ou até viajar em eles. Eu penso nos positivos e os negativos - ainda que eles estão lindos, deve ter sido um viagem bem lenta e com muita potencial para problemas acontecerem.

A escena gradualmente muda e percebo que estou num lugar como Inglaterra, olhando um palácio gigante. Parece um dessas destinações bem populares, mas olhando para o prédio de novo - localizado em uma colina de gramíneas verdes - eu fico mais interessado. A arquitetura me interessa.

Neste momento, o sonho começa a transformar. Eu começo a ficar consciente que estou sonhando. Eu percebo a presença de uma mulher conversando sobre o porque ela está aqui. Ela fala algo sobre observar um prisoneiro. Eu tenho a sensação de alguém que está aqui para observer as condições nas pessoas que habitam a terra e só em pensando nisso, eu fico consciente que estou sonhando. Eu nunca vejo ela - só percebo que ela está aqui.

Logo depois, tenho um momento de inspiração. Olhando para uma beira or trilha, eu me lembro do leão que eu encontro nos sonhos - Madrugada. Decido que quero vê-lo.

Não precisa de muito trabalho. É quase automático. Estou aliviado que essa vez, eu não tenho medo nenhum em invocar o leão. Agora vejo Madrugada, chegando até mim. Fico envolvido no momento, Madrugada aparece em frente de mim, e deixe sua costas para mim. Eu subo e agora estou na pele dele enquanto ela continua avançando. A pele dele é de várias bandas de cores - como partes de uma pintura fracturada. 

Enquanto eu continuo, eu percebo que para correr com o leão requere trabalho. Eu me sinto, respirando profundamente, para manter a velocidade dele. Eu sei que meu corpo físico vai acordar, e não consigo continuar mais.

Comentários: Esse sonho me deixou com muita energia. Foi legal ter mais uma experência em que Madrugada jogou um papel. Geralmente eu tenho problems em ter sonhos lúcidos se eu tivesse mais do que dois cafés durante o dia e nesse caso foi bem assim. Eu aponto a culpa de acordar com o café piscar
avatar
Mensagens : 2531
Pontos : 5703
Honra : 1044
Data de inscrição : 12/06/2013
Localização : Bahia
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos de Madrugada

em Dom Jun 23, 2013 12:58 am
Olá Madrugada!

Aqui no Brasil todo mundo toma café todos os dias. É tradição dos brasileiros. Será que a culpa de você acordar é do café?perplexo

Se for do café. Então, eu vou parar de tomar café também.:lol:

Achei muito legal seu sonho lúcido. E o mais legal é a sua amizade com um leão onírico, chamado Madrugada. Gostei da idéia de conhecer um guia espiritual do bem para invocá-lo nos sonhos lúcidos. Muito interessante.

Parabéns pelo sonho.certo
avatar
Mensagens : 50
Pontos : 2031
Honra : 28
Data de inscrição : 25/07/2012
Idade : 34
Localização : Melbourne, Austrália
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuáriohttp://www.sealifedreams.com

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos de Madrugada

em Dom Jun 23, 2013 1:17 am
Heheh, verdade, os brasileiros também tem um habito de tomar café. Pode ser que eu estou mais sensível aos efeitos de café então piscar

Obrigado pelo comentário!
avatar
Mensagens : 89
Pontos : 2139
Honra : 49
Data de inscrição : 08/07/2012
Idade : 18
Localização : São Paulo
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuáriohttp://www.johntitorworld.com/

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos de Madrugada

em Seg Jun 24, 2013 3:12 am
Nossa ótimo seu português, ta sabendo falar bem =)

Bom achei fantástico o seu sonho, o subconsiente é incrivel mesmo, adoro explorar isso nos sonhos, são tão fantásticos e misteriosos.


Sonhos Lúcidos ! Cada Noite Uma  Aventura !
Sonhar é uma coisa fantástica, um dom magnifico que temos e temos que aproveitar ao máximo.
avatar
Mensagens : 1191
Pontos : 4032
Honra : 670
Data de inscrição : 25/03/2013
Idade : 23
Localização : Morretes/ PR
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuáriohttp://naturezaevolutiva.blogspot.com.br/

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos de Madrugada

em Ter Jun 25, 2013 7:08 pm
Sinto muito Madrugada pela demora. 
Realmente seu português é ótimo. Mas não nos sonhos. Na vida real, sentes algo relacionado com a simbologia do leão? Eu sinto impulsos, vislumbres, iluminações repentinas, como se algo quisesse pegar fogo dentro de mim. Eu nunca consegui falar com meu totem, só tive contato quando o vi e enfrentei dois monstros num sonho lúcido. Eu estava montado no leão e de nós emanava um calor imenso.
Agora por esses últimos dias sonho com frequência com gorilas, mas não é. Quando fiz o ritual xamanico com os quatros objetos (lâmina que imita vento, galho de arvore que imita fogo, copo que imita água e pedra que imita terra) e fiz uma viagem a meu interior apareceu um leão quieto, bem tranquilo mesmo. Não era grandioso como Madrugada, é como se o meu leão fosse calmo, eu senti nele uma força e luz de alta potencia mas só consegui sentir isso ao me aproximar dele e nossa primeira experiencia foi bem interessante. Eu abri uma porta num sonho esperando encontrar meu animal e lá estava ele. Quando abri a porta ele pulou em mim e mordeu minha jugular, mas não doeu foi bom eu senti uma energia entrando em mim e não foi um mordida agressiva era como cães quando estão a brincar.

Postarei aqui meus encontros com ele.
avatar
Mensagens : 1191
Pontos : 4032
Honra : 670
Data de inscrição : 25/03/2013
Idade : 23
Localização : Morretes/ PR
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuáriohttp://naturezaevolutiva.blogspot.com.br/

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos de Madrugada

em Ter Jun 25, 2013 7:22 pm
A primeira vez que o vi:

Eu e meu primo curtimos muito xamanismo e eu comprei o livro Descubra seu Espírito Animal. Vimos o ritual e era tranquilo, não tinha nada de evocação de nada até porque se tivesse não faríamos. Brincar com espíritos é a pior bobeira que alguém pode fazer, enfim... Coloquei-me sentado no chão e em minha frente coloquei o galho de arvore, em minha esquerda o copo de água, atrás a pedra e na direita a faca. A ideia de representar os elementos serve para ajudar a fazer as orações xamanicas as entidades protetoras da natureza e pedir a elas o vislumbre do animal. Para isso era necessário estar em transe e descobrimos que para entrar em transe tínhamos de ouvir batuque a 150 batimentos por minuto. Não tínhamos tambor então batemos no chão  mesmo e funcionou.
Tive uma visão, sem planejar, duma praia a noite. Num lugar havia uma caverna que ia da areia até o subsolo. Entrei na caverna e vi que era feita de cristal. Uma raposa apareceu e disse-me que eu veria meu animal. Desci para baixo da terra até um poço de água azulada e no outro lado havia a continuação da caverna. Para continuar eu tinha de atravessar o poço, mas a raposa disse para eu esperar ali. Esperei e apareceu o leão, não acreditei primeiramente para mim leões eram brabos e sanguinários que totem horrível seria esse e quis ver outro. Ai veio uma águia voando e me levou para fora da caverna e me jogou no mar. Ela descreveu no ar um desenho que até agora não sei o que era. Sai do transe... Pelo que entendi aí  chefe era o leão mesmo. Ele deve ter dito a raposa para me chamar e para águia tirar-me dali já que eu comecei não gostando dele. Mas cara ele não falou nada nem se moveu, muito sereno eu acho porque eu estava ofendendo-o.

Confirmação do totem via sonho:

Deitei as 23:00 e deixei o celular para despertar 3:00. Acordei fiquei ativo por quase uma hora e voltei a dormir (WBTB). Para ter certeza que conseguiria, usei o WILD. (eu queria mesmo ter o sonho). 

O sonho: Acordo em meu quarto, está tudo apagado e eu estou comendo chocolate, que não sei daonde mas roubei e tinha que comer escondido. (acho que foi nessa hora que o pseudo rem dreamer foi ativado) De repente estou numa praça, conversando com duas meninas gemeas, e uma delas dá em cima de mim. Eu percebo que é um sonho e fico brabo com ela, porque eu sou um cara meio que mais espiritual e não queria perder um sonho lucido com algo carnal. Empurro-a e digo: não me corrompa. Saio voando e vejo no alto de um prédio, na cobertura, uma festa a fantasia. E havia um cara lá fantasiado de fantasma. Só que ele tinha duas cabeças. Nessa hora o céu começou a piscar e eu pensei aff vou acordar. Lembro do desafio e e crio uma porta no céu. Abro-a e aparece um leão rugindo. <---- é nesse que sou mordido.

O sonho 2: Não acordei, olha que surpresa. Acho que o rem dreamer projeta a consciencia de um lado para outro, só pode. Estou num balão dirigivel de ferro e que tem forma meio circular. Há um monte de cabos nele. Estou sendo perseguido por algumas pessoas que pensam que sou o Zero, de Code Geass, (http://pt.wikipedia.org/wiki/Code_Geass:_Lelouch_of_the_Rebellion) pulo do movel e nas nuvens procuro ver o animal. Vejo o rosro duma aguia que vira o rosto de um leão e depois de um lobo. Caio no chão e vou me escondendo em arvores e muros até chegar em casa. Ao lado de minha casa há uma tenda e uma cartomante está nela. Penso ai eu terei certeza do animal. Ela diz que ve o animal através do polegar. Há um cara na minha frente sendo atendido e ela risca o dedo dele e vê um urso. Chega minha vez e ela risca meio dedo e minhas digitais mostram um leão. Depois ela me dá uma carta, ou eu compro não lembro, em que há um leão com tres espadas fincadas na cabeça por baixo. Acho que de hoje em diante usarei esse simbolo.


Sempre quis saber o nome. Tens alguma dica de como descobrir o nome do meu?
avatar
Mensagens : 50
Pontos : 2031
Honra : 28
Data de inscrição : 25/07/2012
Idade : 34
Localização : Melbourne, Austrália
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuáriohttp://www.sealifedreams.com

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos de Madrugada

em Sab Jun 29, 2013 4:53 am
Oi Emerson!

Tudo bem. Como você pode ver, eu também demoro em responder.

Gostei muito de seus sonhos/suas experiências. Você tem uma abilidade natural. Gostei de sua viagem xamanica. Eu concordo que parece que o leão seja um guia-animal seu também.

Quero ver o símbolo sobre que você falou. Parece bem legal!

Olha, em referência a esse negócio de descobrir o nome, acho que não tem um jeito só, que ajuda. Pode ser uma coisa de tempo. Eu me lembro que quando eu comecei a tomar interesse em animais espíritos, eu concentrei muito em meu objetivo - e demorou muito para ter um sonho conclusivo (o leão não é único animal com quem eu sonho). Às vezes essas coisas acontecem quando você menos imagina vai acontecer - quando esse sonho sobre Madrugada aconteceu nem estava pensando nessas coisas.
avatar
Mensagens : 50
Pontos : 2031
Honra : 28
Data de inscrição : 25/07/2012
Idade : 34
Localização : Melbourne, Austrália
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuáriohttp://www.sealifedreams.com

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos de Madrugada

em Sab Jul 19, 2014 6:51 am
Reputação da mensagem: 100% (2 votos)
Decidí tentar a escrever meus sonhos em português de novo. Se tiver erros no português, por favor corrija-me piscar

Postei o sonho original aqui:
http://www.sealifedreams.com/pt-br/sonhos/madrugada/mergulhando-de-um-despenhadeiro

MERGULHANDO DE UM DESPENHADEIRO
Estou subindo um despenhadeiro. Estou com outra pessoa e enquanto continuamos subir, tem momentos em que parece perigroso e que as rochas vão cair.

Nesse momento frágil, eu aperto minhas mãos na superfície. Eu sinto que já fiz isso antes, e fico com um pouco de orgulho em chegar a esse mesmo ponto. É perigoso e tudo está no jogo, mas também estou ficando mais consciente que estou num sonho.

Agora, olhando para atrás, vejo o mar embaixo de mim. Deve ser a alguns 100m de distância. Ainda que estou lúcido, não estou completamente livre de medo. Será que eu posso soltar e megulhar ao mar lá embaixo. Tenho que me convencer tomar o risco, mas quando eu faço, é uma viagem com muita emoção.

Eu me deixo entrar na água, como mergulhador, com as mãos primeiro. Há um grande 'splash', e o sonho muda, virando uma escena em que a única coisa que eu lembro, é que outros estão me ajudando construir algo lá na terra embaixo.
avatar
Mensagens : 50
Pontos : 2031
Honra : 28
Data de inscrição : 25/07/2012
Idade : 34
Localização : Melbourne, Austrália
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuáriohttp://www.sealifedreams.com

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos de Madrugada

em Sab Jul 19, 2014 6:53 am
Reputação da mensagem: 100% (2 votos)
http://www.sealifedreams.com/pt-br/sonhos/madrugada/um-museu-jardim-de-culturas-diferentes

UM MUSÉU-JARDIM DE CULTURAS DIFERENTES
Estou andando e eu vejo uma mulher que parece ser de um lugar como afeghanistão. Ela está usando um véu que esconde o rosto dela. Olhando ela andar, eu sinto o mundo em que ela viva. Ela anda, um pouco apressada, o rosto para o chão. Tem algo escuro e sério sobre o jeito dela.

O mistério da cultura me interessa, mas o que me interesse até mais é esse sentido que quando vive dentro de uma cultura, sua perspetiva fica fixo dentro dos olhos da cultura também. Eu sinto que ela não pode imaginar outro jeito de viver.

Eu continuo andando e agora percebo que estou num lugar que é um jardim especial. Não é só jardim - é também muséu - os dois integrados. Parece que cada cultura é organizado e separado por cercas altas, feitas de metal. Isso não é algo ruim - cada parte é espaçosa e essa separação parece servir o motivo principal de diferenciar. Vejo que também tem portas entre as áreas diferentes (as culturas diferentes).

Algumas dessas portas são naturais, construidas como partes da cerca. Outras são mais parecidas com túneis, que correm caminhos mais sinuosos. Eu penso nisso é no motivo em construir.

Um cara de japão aproxima e encontra com outro homem chinês. Vejo que eles estão lutando e penso no história dos países - será que é por isso que eles estão lutando?
avatar
Mensagens : 2531
Pontos : 5703
Honra : 1044
Data de inscrição : 12/06/2013
Localização : Bahia
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos de Madrugada

em Sab Jul 19, 2014 8:21 am
Madrugada escreveu:

Madrugada escreveu:Decidí tentar a escrever meus sonhos em português de novo. Se tiver erros no português, por favor corrija-me piscar

Postei o sonho original aqui:
http://www.sealifedreams.com/pt-br/sonhos/madrugada/mergulhando-de-um-despenhadeiro

MERGULHANDO DE UM DESPENHADEIRO
Estou subindo um despenhadeiro. Estou com outra pessoa e enquanto continuamos subir, tem  momentos em que parece perigroso e que as rochas vão cair.

Nesse momento frágil, eu aperto minhas mãos na superfície. Eu sinto que já fiz isso antes, e fico com um pouco de orgulho em chegar a esse mesmo ponto. É perigoso e tudo está no jogo, mas também estou ficando mais consciente que estou num sonho.

Agora, olhando para atrás, vejo o mar embaixo de mim. Deve ser a alguns 100m de distância. Ainda que estou lúcido, não estou completamente livre de medo. Será que eu posso soltar e megulhar ao mar lá embaixo. Tenho que me convencer tomar o risco, mas quando eu faço, é uma viagem com muita emoção.

Eu me deixo entrar na água, como mergulhador, com as mãos primeiro. Há um grande 'splash', e o sonho muda, virando uma escena em que a única coisa que eu lembro, é que outros estão me ajudando construir algo lá na terra embaixo.
Olá, Madrugada. Seja muito bem-vindo de volta ao fórum. viva 

Muito interessante seu sonho. Deve ter sido uma experiência muito boa se jogar do alto e mergulhar no oceano. E mais incrível foi que o sonho mudou. Deve ter sido muito emocionante essa parte. certo 

Madrugada escreveu:

Madrugada escreveu:http://www.sealifedreams.com/pt-br/sonhos/madrugada/um-museu-jardim-de-culturas-diferentes

UM MUSÉU-JARDIM DE CULTURAS DIFERENTES
Estou andando e eu vejo uma mulher que parece ser de um lugar como afeghanistão. Ela está usando um véu que esconde o rosto dela. Olhando ela andar, eu sinto o mundo em que ela viva. Ela anda, um pouco apressada, o rosto para o chão. Tem algo escuro e sério sobre o jeito dela.

O mistério da cultura me interessa, mas o que me interesse até mais é esse sentido que quando vive dentro de uma cultura, sua perspetiva fica fixo dentro dos olhos da cultura também. Eu sinto que ela não pode imaginar outro jeito de viver.

Eu continuo andando e agora percebo que estou num lugar que é um jardim especial. Não é só jardim - é também muséu - os dois integrados. Parece que cada cultura é organizado e separado por cercas altas, feitas de metal. Isso não é algo ruim - cada parte é espaçosa e essa separação parece servir o motivo principal de diferenciar. Vejo que também tem portas entre as áreas diferentes (as culturas diferentes).

Algumas dessas portas são naturais, construidas como partes da cerca. Outras são mais parecidas com túneis, que correm caminhos mais sinuosos. Eu penso nisso é no motivo em construir.

Um cara de japão aproxima e encontra com outro homem chinês. Vejo que eles estão lutando e penso no história dos países - será que é por isso que eles estão lutando?
Seu português está muito bom, Madrugada. Tem poucos erros de português, mas, sua tradução está muito boa. Parabéns. certo

É curioso sonhar com culturas diferentes. Já sonhei com culturas diferente. Mas, não é um sonho muito comum pra mim.

Adoraria sonhar que fui pra Austrália conhecer a cultura do seu país. E conhecer a fauna e a flora de lá. Queria ter esse tipo de sonho. Mas, até no sonho meu inglês é péssimo. gargalhada

Continua trazendo novos sonhos para compartilhar aqui no fórum. certo 
avatar
Mensagens : 1989
Pontos : 5702
Honra : 575
Data de inscrição : 10/03/2013
Idade : 17
Localização : Nippon, Namimori.
Sonhos Lúcidos :
50 / 99950 / 999
Sonhos Comuns :
300 / 999300 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos de Madrugada

em Sab Jul 19, 2014 11:02 am
Madrugada escreveu:
Spoiler:
Decidí tentar a escrever meus sonhos em português de novo. Se tiver erros no português, por favor corrija-me piscar

Postei o sonho original aqui:
http://www.sealifedreams.com/pt-br/sonhos/madrugada/mergulhando-de-um-despenhadeiro

MERGULHANDO DE UM DESPENHADEIRO
Estou subindo um despenhadeiro. Estou com outra pessoa e enquanto continuamos subir, tem  momentos em que parece perigroso e que as rochas vão cair.

Nesse momento frágil, eu aperto minhas mãos na superfície. Eu sinto que já fiz isso antes, e fico com um pouco de orgulho em chegar a esse mesmo ponto. É perigoso e tudo está no jogo, mas também estou ficando mais consciente que estou num sonho.

Agora, olhando para atrás, vejo o mar embaixo de mim. Deve ser a alguns 100m de distância. Ainda que estou lúcido, não estou completamente livre de medo. Será que eu posso soltar e megulhar ao mar lá embaixo. Tenho que me convencer tomar o risco, mas quando eu faço, é uma viagem com muita emoção.

Eu me deixo entrar na água, como mergulhador, com as mãos primeiro. Há um grande 'splash', e o sonho muda, virando uma escena em que a única coisa que eu lembro, é que outros estão me ajudando construir algo lá na terra embaixo.

Madrugada! viva Seja muito bem vindo de volta ao forum.  59 O engraçado era que eu estava pensando em postar algo lá no SeaLifeDreams. xD

Concordo com o Ramon, sua ortografia está muito boa sim. certo Sim, geralmente agente sente medo de fazer certas coisas, mesmo sendo um sonho. xD

Ainda mais quando o sonho é muito vívido e nítido, faz agente se perguntar se não estamos acordados. KKKKKKKKKKK Já acontece comigo. gargalhada
avatar
Mensagens : 50
Pontos : 2031
Honra : 28
Data de inscrição : 25/07/2012
Idade : 34
Localização : Melbourne, Austrália
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuáriohttp://www.sealifedreams.com

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos de Madrugada

em Sab Jul 19, 2014 7:46 pm
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
@Ramon - Obrigado! É bom voltar e reencontrar pessoas conhecidas.

Gostei dessa experiência, sim. É interessante que até em saber que foi sonho lúcido, a sensação foi ainda tão real que fiquei com medo de mergulhar do despenhadeiro.

Com certeza - a flore e fauna aqui é diferente.

@TheMaster - Oiiii. Seja bem-vindo ao Sea Life também, acabei de lançar a parte do site em português de novo.

Concordo com sua perspetiva sobre os sonhos vívidos. Obrigado pelo comentário.
avatar
Mensagens : 50
Pontos : 2031
Honra : 28
Data de inscrição : 25/07/2012
Idade : 34
Localização : Melbourne, Austrália
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuáriohttp://www.sealifedreams.com

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos de Madrugada

em Sab Jul 19, 2014 9:03 pm
Reputação da mensagem: 100% (2 votos)
http://www.sealifedreams.com/pt-br/sonhos/madrugada/hospital-astral

HOSPITAL ASTRAL
Estou em um túnel subterráneo, andando com muita velocidade de um veículo que parece um trêm no primeiro lugar. Não é só um trem. Agora esse veículo vira mais parecido com um montaha-russa. Estou muito surpreso com a pura velocidade com que eu tô andando!

Eu aproximo-me uma parede (no túnel), chegando bem na frente da parede, e depois vira dramaticamente à esquerda. Depois da primeira ou segunda vez, minhas pensamentos estão mudando. Onde eu estou? Não pode ser um trêm de verdade. É nesse momento que começar sonhar lúcidamente.

Eu saio do túnel e emirjo numa sala. Olhando para a esquerda, vejo que tem pessoas deitadas na camas ao lado da parede. Tem uma aroma/energia no ar. Parece como dor, sofrimento, pessoas ficando conscientes das próprias doenças delas. Eu sei que essas pessoas estão aqui para recuperar.

As coisas estão escuras aqui, as luzes diminuidas. Continuo andando pelo corridor, tentando não interrompir o trabalho que está acontecendo. Chego em um lugar com mais luz, onde a energia parece diferente. Tem uma mulher africana aqui de alguns 50 anos, vestida de roupa colorida. Ela está trabalhando com alguém. No momento que eu passo, eu sinto o poder e fortaleza dela.

Vou para ela, segura a mão em minha, e falo: "You are very powerful" (Você é muito poderosa). São palavras simples mas na hora parece importante falar. Vejo que ela quer falar comigo mas ela fala "I'm sorry, I just need to finish here" (eu sinto muito, mas preciso acabar aqui).

Eu entendo e continuando andando por essa área. Tem outras pessoas aqui - jovens e velhas. Minha atenção fica em meus dedos. Eu percebo que em concentrar nas extremidades do dedos, posso perceber as energias fortes perto de mim. Todavia, não chego a ver outra pessoa com essa mesma força que a mulher africana tinha.

Eu continuo explorando esse lugar. Quero saber o quê é. Tem escados que vão para o próximo andar. Ainda que tenho que soltar algum obstáculo para chegar, quando eu entro, vejo que tem outras pessoas sentadas a várias mesas pequenas, tomando algumas cervejas ou bebidas num bar.

É como se eles tivessem acabado um dia de trabalho, e estavam simplesmente descansando. Eu penso a mim mesmo sobre a situação - pode ser que significa algo mais símbolico sobre minha vida? Nesse momento, começo a acordar.

Quando eu 'acordo', eu estou olhando um cartão de memória - um desse que você bota num camera digital, so que nesse caso o cartão tem uma aperência distinto. E quase da mesma espessura como papel, e tem um perfíl de ouro. Eu estou consciente que esse 'chip' pode levá-me para o mesmo sonho do que acabei de acordar.

Comentários: Esse sonho lembra-me de um filme que assisti, que se chama 'Nosso Lar'. Eu senti que entrei algum tipo de hospital astral.
avatar
Mensagens : 2531
Pontos : 5703
Honra : 1044
Data de inscrição : 12/06/2013
Localização : Bahia
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos de Madrugada

em Dom Jul 20, 2014 12:08 am
Madrugada escreveu:
@Ramon - Obrigado! É bom voltar e reencontrar pessoas conhecidas.

Gostei dessa experiência, sim. É interessante que até em saber que foi sonho lúcido, a sensação foi ainda tão real que fiquei com medo de mergulhar do despenhadeiro.

Com certeza - a flore e fauna aqui é diferente.
Pela forma que você falou, o sonho deve ter sido uma experiência muito emocionante?

Sim, a fauna e a flora da Austrália é bem diferente do Brasil. E bem bonita também. certo 
Madrugada escreveu:
Madrugada escreveu:http://www.sealifedreams.com/pt-br/sonhos/madrugada/hospital-astral

HOSPITAL ASTRAL
Estou em um túnel subterráneo, andando com muita velocidade de um veículo que parece um trêm no primeiro lugar. Não é só um trem. Agora esse veículo vira mais parecido com um montaha-russa. Estou muito surpreso com a pura velocidade com que eu tô andando!

Eu aproximo-me uma parede (no túnel), chegando bem na frente da parede, e depois vira dramaticamente à esquerda. Depois da primeira ou segunda vez, minhas pensamentos estão mudando. Onde eu estou? Não pode ser um trêm de verdade. É nesse momento que começar sonhar lúcidamente.

Eu saio do túnel e emirjo numa sala. Olhando para a esquerda, vejo que tem pessoas deitadas na camas ao lado da parede. Tem uma aroma/energia no ar. Parece como dor, sofrimento,  pessoas ficando conscientes das próprias doenças delas. Eu sei que essas pessoas estão aqui para recuperar.

As coisas estão escuras aqui, as luzes diminuidas. Continuo andando pelo corridor, tentando não interrompir o trabalho que está acontecendo. Chego em um lugar com mais luz, onde a energia parece diferente. Tem uma mulher africana aqui de alguns 50 anos, vestida de roupa colorida. Ela está trabalhando com alguém. No momento que eu passo, eu sinto o poder e fortaleza dela.

Vou para ela, segura a mão em minha, e falo: "You are very powerful" (Você é muito poderosa). São palavras simples mas na hora parece importante falar. Vejo que ela quer falar comigo mas ela fala "I'm sorry, I just need to finish here" (eu sinto muito, mas preciso acabar aqui).

Eu entendo e continuando andando por essa área. Tem outras pessoas aqui - jovens e velhas. Minha atenção fica em meus dedos. Eu percebo que em concentrar nas extremidades do dedos, posso perceber as energias fortes perto de mim. Todavia, não chego a ver outra pessoa com essa mesma força que a mulher africana tinha.

Eu continuo explorando esse lugar. Quero saber o quê é. Tem escados que vão para o próximo andar. Ainda que tenho que soltar algum obstáculo para chegar, quando eu entro, vejo que tem outras pessoas sentadas a várias mesas pequenas, tomando algumas cervejas ou bebidas num bar.

É como se eles tivessem acabado um dia de trabalho, e estavam simplesmente descansando. Eu penso a mim mesmo sobre a situação - pode ser que significa algo mais símbolico sobre minha vida? Nesse momento, começo a acordar.

Quando eu 'acordo', eu estou olhando um cartão de memória - um desse que você bota num camera digital, so que nesse caso o cartão tem uma aperência distinto. E quase da mesma espessura como papel, e tem um perfíl de ouro. Eu estou consciente que esse 'chip' pode levá-me para o mesmo sonho do que acabei de acordar.

Comentários: Esse sonho lembra-me de um filme que assisti, que se chama 'Nosso Lar'. Eu senti que entrei algum tipo de hospital astral.
Teve uma parte que lembrou muito as cenas do filme "Nosso Lar" mesmo. Pareceu que você esteve numa espécie de colônia espiritual no sonho.

Muito interessantes seus relatos, Madrugada.  certo 
avatar
Mensagens : 30
Pontos : 1280
Honra : 15
Data de inscrição : 04/07/2014
Idade : 18
Localização : BRASIL RJ
Sonhos Lúcidos :
100 / 999100 / 999
Sonhos Comuns :
400 / 999400 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos de Madrugada

em Seg Jul 21, 2014 1:07 pm
Nossa parecia bem interessante e angustiante tbm o hospital astral, gostei dos seus sonhos principalmente os com madrugada, você notou diferenças em relação a personalidade assim como o emerson citou?
Conteúdo patrocinado

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos de Madrugada

Ver o tópico anteriorVoltar ao TopoVer o tópico seguinte
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum