Conectar-se
Últimos assuntos
Os membros mais ativos do mês
8 Mensagens - 25%
6 Mensagens - 19%
4 Mensagens - 13%
3 Mensagens - 9%
3 Mensagens - 9%
2 Mensagens - 6%
2 Mensagens - 6%
2 Mensagens - 6%
1 Mensagem - 3%
1 Mensagem - 3%
Votação
Qual a técnica que você utiliza para ficar lúcido?
Teste de Realidade
45% / 15
Totem
15% / 5
Incubação
12% / 4
Gatilho
6% / 2
Gravador de Voz ou Sons Binaurais
6% / 2
Outros
15% / 5
Parceiros
 sonhos=
 sonhos=
 animes=

Compartilhe
Ver o tópico anteriorIr em baixoVer o tópico seguinte
avatar
Mensagens : 35
Pontos : 421
Honra : 21
Data de inscrição : 30/06/2016
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
600 / 999600 / 999
Ver perfil do usuário

Diário dos Sonhos de Rupigwara

em Seg Jul 11, 2016 6:58 pm
Reputação da mensagem: 100% (2 votos)
Data: 07/07/2016
o casal e os cães:
Estou na ponta de um beliche observando um casal conversando. Conheço a menina, ela trabalha comigo numa ouvidoria. Eles estão deitados debaixo das cobertas conversando sobre algo que não consigo ouvir. Eles parecem não me notar. Eu tento chamar atenção mas não consigo me mexer nem verbalizar nada pois não tenho corpo, e além disso têm um cachorro sentado sobre mim de forma que bloqueia parcialmente minha visão. Eu tento sair debaixo do cão mas sempre que eu começo a 'deslizar' para fora de seu 'domínio' ele coloca as garras para fora e me segura. É como se soubesse que eu estou ali e não deixasse manifestar minha presença. no chão existem mais 2 cães passeando. Todos tem uma pelagem marrom.
NDL: 15%

Data:08/07/2016
Beijo:
Estou no ambiente de trabalho com uma menina que eu vivo dando em cima. O local é bem iluminado e estamos nos beijando, é um beijo quente e cheio de paixão!
NDL:50%
avatar
Mensagens : 2531
Pontos : 5557
Honra : 1043
Data de inscrição : 12/06/2013
Localização : Bahia
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos de Rupigwara

em Dom Jul 17, 2016 3:18 pm
Olá, Rupigwara

O primeiro relato tinha tudo pra fazer você ficar lúcido. Porque foi um sonho bem inusitado, bem surreal.
avatar
Mensagens : 35
Pontos : 421
Honra : 21
Data de inscrição : 30/06/2016
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
600 / 999600 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos de Rupigwara

em Dom Jul 17, 2016 7:29 pm
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
Ramon escreveu:Olá, Rupigwara

O primeiro relato tinha tudo pra fazer você ficar lúcido. Porque foi um sonho bem inusitado, bem surreal.


Olá ramon!
estes são relatos de uma lembrança onírica.
Consegui me lembrar disso depois de sentar por uns 10 minutos e tentar lembrar de algum sonho!

Fiquei muito feliz de pelo menos ter lembrado de algum.
avatar
Mensagens : 2531
Pontos : 5557
Honra : 1043
Data de inscrição : 12/06/2013
Localização : Bahia
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos de Rupigwara

em Ter Jul 19, 2016 10:32 am
Rupigwara escreveu:
Ramon escreveu:Olá, Rupigwara

O primeiro relato tinha tudo pra fazer você ficar lúcido. Porque foi um sonho bem inusitado, bem surreal.


Olá ramon!
estes são relatos de uma lembrança onírica.
Consegui me lembrar disso depois de sentar por uns 10 minutos e tentar lembrar de algum sonho!

Fiquei muito feliz de pelo menos ter lembrado de algum.
Pra você exercitar a sua memória e conseguir lembrar dos sonhos é sempre bom você anotar, com certa regularidade, os sonhos num diário. Esse exercício diário fará com que você amplie a sua capacidade de recordar dos sonhos e também vai te manter focado, aumentando as chances de você conseguir sonhos lúcidos. piscar
avatar
Mensagens : 1273
Pontos : 3192
Honra : 657
Data de inscrição : 06/07/2015
Localização : Alemanha
Sonhos Lúcidos :
222 / 999222 / 999
Sonhos Comuns :
999 / 999999 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos de Rupigwara

em Qua Jul 20, 2016 5:55 pm
Olá, Rupigwara. Finalmente arrumei um tempo para ler seu diário. O sonho com o cão foi curioso. O cão agia como um guardião moral, não te permitindo ouvir o que sua amiga e o companheiro conversavam. Você estava livre (sem corpo) para fazer o que quisesse, mas seu subconsciente manteve um censor: o cão. feliz
avatar
Mensagens : 35
Pontos : 421
Honra : 21
Data de inscrição : 30/06/2016
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
600 / 999600 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos de Rupigwara

em Qua Ago 24, 2016 2:00 pm
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
Königin escreveu:
Olá, Rupigwara. Finalmente arrumei um tempo para ler seu diário. O sonho com o cão foi curioso. O cão agia como um guardião moral, não te permitindo ouvir o que sua amiga e o companheiro conversavam. Você estava livre (sem corpo) para fazer o que quisesse, mas seu subconsciente manteve um censor: o cão. feliz


Adorei sua observação Königin!
Será que esse cão representa uma parte primitiva do meu ser?
Esse tipo de censura apareceu em outros sonhos de outras formas.
Pode ser um sinal de que não tenho controle do meu lado primitivo e sim ele que tem controle sobre mim.
avatar
Mensagens : 35
Pontos : 421
Honra : 21
Data de inscrição : 30/06/2016
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
600 / 999600 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos de Rupigwara

em Qua Ago 24, 2016 4:22 pm
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
       Estou me sentindo cada vez mais relaxado e confiante durante as noites antes de dormir para ter experiências oníricas. O que tem me ajudado muito é a técnica de contagem La Berge com algumas modificações pessoais.

O método que utilizei foi simples, fiz uma contagem regressiva começando do 100 com uma frase curta e poderosa de forma imperativa. Acredito que para funcionar corretamente, essa frase tem que traduzir muito bem a intenção do sonhador, e por isso pode variar de pessoa pra pessoa. No meu caso foi: "100 estou libertando minha mente... 99 estou libertando minha mente" e antes mesmo de chegar no 80 eu já estava dormindo.

Quando acordei me lembrei do seguinte sonho:

Cidade Falsa:
20/08/2016

       Estou perambulando por uma cidade artificial no estilo hollywood. E de alguma forma sei que cada casa, e cada prédio, são cenários montados mesmo sem ter entrado em algum. Tento conversar com as pessoas para pedir orientação mas as pessoas me tratam de forma mesquinha, sem me dar muita atenção, como se eu fosse um incômodo. Estou procurando alguém que precise das minhas habilidades e pergunto para as pessoas na rua se elas conhecem alguém que precise de uma pessoa que fale inglês e que tenha afinidade com computadores, e com exceção de uma mulher, todos me ignoram.

Esta mulher é uma ascensorista de um elevador que fica na porta de entrada de um prédio pequeno nesta cidade. Entro no elevador apenas para conversar com ela, pois é a única que me dá atenção e permanecemos no térreo por algum tempo conversando. Conversamos também em inglês e ela diz que talvez exista alguém que possa me ajudar, e aponta para um homem de cabelos brancos até os ombros e um bigode extravagante branco que dá voltinhas para cima.

Ao me aproximar deste homem, e repitir minhas habilidades como havia feito com as outras pessoas, pergunto também se ele poderia me oferecer um trabalho com esse perfil. E ele responde que sim, pois estava precisando de alguém exatamente como eu, e diz que pode me oferecer um salário de R$8.000,00, mas que não podíamos falar sobre isso ali naquele momento. Então ele pede para que eu suba na garupa de um motociclista próximo e diz que quando chegasse no destino final deste motociclista, conversaríamos sobre essa oferta de trabalho.

Sinto-me muito empolgado com a possibilidade de ser útil e ainda ganhar um salário bom, e corro na direção do motociclista, porém ele parte sem mim. Começo a gritar por ele dizendo que ele não podia fazer isso comigo pois eu tinha um compromisso marcado, mas o motorista me trata como as demais pessoas, como se eu fosse um incomodo que não deveria estar ali, e acelera sua moto sem mim. Observo a moto se distanciar e olho para o velho novamente, então decido que não vou perder esta oportunidade por causa dos outros, e corro em perseguição do motociclista. Corto caminho por algumas vielas, me aproveito da direção do tráfego para acompanhar o motociclista, e em alguns momentos inclusive persigo o motorista pelo meio da rua.

Quando finalmente o motociclista para, percebo que chegamos em frente a um hotel que parecia ser de cinco estrelas, e tanto o motociclista quanto o porteiro do hotel me olham como se eu fosse um louco. E percebo que durante todo esse tempo havia sido enganado pelo velho. Tendo isso em mente eu volto correndo para o local onde nos encontramos pela primeira vez para ver se consigo conversar com esse velho, pois era o único que poderia me dizer o que estava acontecendo nesta cidade, mas quando chego no local não vejo nenhum sinal dele.
FIM
avatar
Mensagens : 43
Pontos : 374
Honra : 23
Data de inscrição : 24/08/2016
Sonhos Lúcidos :
2 / 9992 / 999
Sonhos Comuns :
12 / 99912 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos de Rupigwara

em Qua Ago 24, 2016 4:34 pm
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
Rupigwara escreveu:
       Estou me sentindo cada vez mais relaxado e confiante durante as noites antes de dormir para ter experiências oníricas. O que tem me ajudado muito é a técnica de contagem La Berge com algumas modificações pessoais.

O método que utilizei foi simples, fiz uma contagem regressiva começando do 100 com uma frase curta e poderosa de forma imperativa. Acredito que para funcionar corretamente, essa frase tem que traduzir muito bem a intenção do sonhador, e por isso pode variar de pessoa pra pessoa. No meu caso foi: "100 estou libertando minha mente... 99 estou libertando minha mente" e antes mesmo de chegar no 80 eu já estava dormindo.

Quando acordei me lembrei do seguinte sonho:

Cidade Falsa:
20/08/2016

       Estou perambulando por uma cidade artificial no estilo hollywood. E de alguma forma sei que cada casa, e cada prédio, são cenários montados mesmo sem ter entrado em algum. Tento conversar com as pessoas para pedir orientação mas as pessoas me tratam de forma mesquinha, sem me dar muita atenção, como se eu fosse um incômodo. Estou procurando alguém que precise das minhas habilidades e pergunto para as pessoas na rua se elas conhecem alguém que precise de uma pessoa que fale inglês e que tenha afinidade com computadores, e com exceção de uma mulher, todos me ignoram.

Esta mulher é uma ascensorista de um elevador que fica na porta de entrada de um prédio pequeno nesta cidade. Entro no elevador apenas para conversar com ela, pois é a única que me dá atenção e permanecemos no térreo por algum tempo conversando. Conversamos também em inglês e ela diz que talvez exista alguém que possa me ajudar, e aponta para um homem de cabelos brancos até os ombros e um bigode extravagante branco que dá voltinhas para cima.

Ao me aproximar deste homem, e repitir minhas habilidades como havia feito com as outras pessoas, pergunto também se ele poderia me oferecer um trabalho com esse perfil. E ele responde que sim, pois estava precisando de alguém exatamente como eu, e diz que pode me oferecer um salário de R$8.000,00, mas que não podíamos falar sobre isso ali naquele momento. Então ele pede para que eu suba na garupa de um motociclista próximo e diz que quando chegasse no destino final deste motociclista, conversaríamos sobre essa oferta de trabalho.

Sinto-me muito empolgado com a possibilidade de ser útil e ainda ganhar um salário bom, e corro na direção do motociclista, porém ele parte sem mim. Começo a gritar por ele dizendo que ele não podia fazer isso comigo pois eu tinha um compromisso marcado, mas o motorista me trata como as demais pessoas, como se eu fosse um incomodo que não deveria estar ali, e acelera sua moto sem mim. Observo a moto se distanciar e olho para o velho novamente, então decido que não vou perder esta oportunidade por causa dos outros, e corro em perseguição do motociclista. Corto caminho por algumas vielas, me aproveito da direção do tráfego para acompanhar o motociclista, e em alguns momentos inclusive persigo o motorista pelo meio da rua.

Quando finalmente o motociclista para, percebo que chegamos em frente a um hotel que parecia ser de cinco estrelas, e tanto o motociclista quanto o porteiro do hotel me olham como se eu fosse um louco. E percebo que durante todo esse tempo havia sido enganado pelo velho. Tendo isso em mente eu volto correndo para o local onde nos encontramos pela primeira vez para ver se consigo conversar com esse velho, pois era o único que poderia me dizer o que estava acontecendo nesta cidade, mas quando chego no local não vejo nenhum sinal dele.
FIM

Parabéns pelo sonho Rupigwara, ainda não tive oportunidade de ver se você tem um diário de sonhos lúcidos, mas com esse grau de detalhe do sonho será apenas questão de pouco tempo para ficar lúcido. Já que a qualidade aparenta ser excelente, recomendo optar por durante o dia praticar o questionamento da realidade, para que isso vire rotineiro e que diante de um sonho seu subconsciente de forma autônoma repita o mesmo questionamento que se faz em vigília. Para isso não basta apenas Reality Checks é recomendável questionar o por quê de não ser o sonho, como você foi parar ali, o que você fez antes daquilo, procurando imaginar estar em um sonho e focar nos detalhes ao seu redor, no seu corpo e em como tudo pode ser real. Logo logo esse mesmo pensamento estará em seus sonhos, espero ter ajudado e vamos juntos buscar esses sonhos lúcidos viva



Se o universo é incrível, maravilhoso e infinito e o infinito é algo sem barreiras e sem fim, imagina ter outro universo ao dormir, onde é você quem não tem barreiras, é poder ter seus dois próprios infinitos.
חוֹלֵם - Sonhador
avatar
Mensagens : 35
Pontos : 421
Honra : 21
Data de inscrição : 30/06/2016
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
600 / 999600 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos de Rupigwara

em Qua Ago 24, 2016 6:14 pm
Valeu חוֹלֵם! (seria Odin?)
Fico contente com seu otimismo, estava desde o inicio do ano fazendo RCs constantes durante o estado de vigília, e nesse tempo todo não tive um sonho lúcido, acredita? Entretanto sei que são possíveis por já tê-los experienciado durante a infância.

Durante esses últimos anos tive muita dificuldade de lembrar dos sonhos. Mas estou voltando a me lembrar deles ultimamente. E devo isso em grande parte a vocês do fórum. Tenho aprendido muito com os relatos que vejo por aqui.

Estou tão tarado sobre esse assunto de sonhos que tenho feito alguns experimentos com ajuda com meu caderno de sonhos e de um caderno especial que separei para meditação e experiências fora do comum.


avatar
Mensagens : 326
Pontos : 938
Honra : 106
Data de inscrição : 10/05/2016
Localização : RS
Sonhos Lúcidos :
7 / 9997 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos de Rupigwara

em Qua Ago 24, 2016 6:25 pm
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
Algo que tem me ajudado bastante é fazer rc quando acontece qualquer coisa estranha durante o dia,por mínima que seja.Nos sonhos acontecem muitas coisas estranhas,e o resultado é que ultimamente tenho tido mais sl e muitos outros que desconfiei,mas devido a um fator ou outro não fiquei lúcido,embora tenha chegado bem perto.
avatar
Mensagens : 43
Pontos : 374
Honra : 23
Data de inscrição : 24/08/2016
Sonhos Lúcidos :
2 / 9992 / 999
Sonhos Comuns :
12 / 99912 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos de Rupigwara

em Qua Ago 24, 2016 6:51 pm
Rupigwara escreveu:Valeu חוֹלֵם! (seria Odin?)
Fico contente com seu otimismo, estava desde o inicio do ano fazendo RCs constantes durante o estado de vigília, e nesse tempo todo não tive um sonho lúcido, acredita? Entretanto sei que são possíveis por já tê-los experienciado durante a infância.

Durante esses últimos anos tive muita dificuldade de lembrar dos sonhos. Mas estou voltando a me lembrar deles ultimamente. E devo isso em grande parte a vocês do fórum. Tenho aprendido muito com os relatos que vejo por aqui.

Estou tão tarado sobre esse assunto de sonhos que tenho feito alguns experimentos com ajuda com meu caderno de sonhos e de um caderno especial que separei para meditação e experiências fora do comum.



Meu nome significa Sonhador lingua . Voltei a praticar semana passada, estou começando do zero, Saí do estado de acordar todas as manhã sem recordar sonho algum para acordar e lembrar de sonhos escuros e incompletos, sei que aos poucos meu cérebro vai interpretando que necessito das memórias oníricas e assim vou acordar lembrando sempre um pouco mais.
Muito ruim você parar, perder tudo que já tinha conseguidos e voltar do zero de novo, é como ser piloto, ter certeira de piloto e só andar de bicicleta por não lembrar como pilotar. não maligno
Espero contribuir com algum conhecimento, aposto que logo teremos SLs dança
Se você dorme pelo menos 7 horas de sono e nao acorda tão exausto, eu recomendaria usar uma técnica mais abrupta, tenta WBTB, foi com ela que tive meu primeiro SL. Até breve brindar



Se o universo é incrível, maravilhoso e infinito e o infinito é algo sem barreiras e sem fim, imagina ter outro universo ao dormir, onde é você quem não tem barreiras, é poder ter seus dois próprios infinitos.
חוֹלֵם - Sonhador
avatar
Mensagens : 1273
Pontos : 3192
Honra : 657
Data de inscrição : 06/07/2015
Localização : Alemanha
Sonhos Lúcidos :
222 / 999222 / 999
Sonhos Comuns :
999 / 999999 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos de Rupigwara

em Dom Ago 28, 2016 5:18 pm
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
Rupigwara escreveu:
Königin escreveu:
Olá, Rupigwara. Finalmente arrumei um tempo para ler seu diário. O sonho com o cão foi curioso. O cão agia como um guardião moral, não te permitindo ouvir o que sua amiga e o companheiro conversavam. Você estava livre (sem corpo) para fazer o que quisesse, mas seu subconsciente manteve um censor: o cão. feliz


Adorei sua observação Königin!
Será que esse cão representa uma parte primitiva do meu ser?
Esse tipo de censura apareceu em outros sonhos de outras formas.
Pode ser um sinal de que não tenho controle do meu lado primitivo e sim ele que tem controle sobre mim.  

Se o cão representa a sua parte primitiva, eu nao sei responder. Seria legal você tentar desvendar esse mistério através dos sonhos lúcidos. muito feliz
Rupigwara:

Rupigwara escreveu:
       Estou me sentindo cada vez mais relaxado e confiante durante as noites antes de dormir para ter experiências oníricas. O que tem me ajudado muito é a técnica de contagem La Berge com algumas modificações pessoais.

O método que utilizei foi simples, fiz uma contagem regressiva começando do 100 com uma frase curta e poderosa de forma imperativa. Acredito que para funcionar corretamente, essa frase tem que traduzir muito bem a intenção do sonhador, e por isso pode variar de pessoa pra pessoa. No meu caso foi: "100 estou libertando minha mente... 99 estou libertando minha mente" e antes mesmo de chegar no 80 eu já estava dormindo.

Quando acordei me lembrei do seguinte sonho:

Cidade Falsa:
20/08/2016

      Estou perambulando por uma cidade artificial no estilo hollywood. E de alguma forma sei que cada casa, e cada prédio, são cenários montados mesmo sem ter entrado em algum. Tento conversar com as pessoas para pedir orientação mas as pessoas me tratam de forma mesquinha, sem me dar muita atenção, como se eu fosse um incômodo. Estou procurando alguém que precise das minhas habilidades e pergunto para as pessoas na rua se elas conhecem alguém que precise de uma pessoa que fale inglês e que tenha afinidade com computadores, e com exceção de uma mulher, todos me ignoram.

Esta mulher é uma ascensorista de um elevador que fica na porta de entrada de um prédio pequeno nesta cidade. Entro no elevador apenas para conversar com ela, pois é a única que me dá atenção e permanecemos no térreo por algum tempo conversando. Conversamos também em inglês e ela diz que talvez exista alguém que possa me ajudar, e aponta para um homem de cabelos brancos até os ombros e um bigode extravagante branco que dá voltinhas para cima.

Ao me aproximar deste homem, e repitir minhas habilidades como havia feito com as outras pessoas, pergunto também se ele poderia me oferecer um trabalho com esse perfil. E ele responde que sim, pois estava precisando de alguém exatamente como eu, e diz que pode me oferecer um salário de R$8.000,00, mas que não podíamos falar sobre isso ali naquele momento. Então ele pede para que eu suba na garupa de um motociclista próximo e diz que quando chegasse no destino final deste motociclista, conversaríamos sobre essa oferta de trabalho.

Sinto-me muito empolgado com a possibilidade de ser útil e ainda ganhar um salário bom, e corro na direção do motociclista, porém ele parte sem mim. Começo a gritar por ele dizendo que ele não podia fazer isso comigo pois eu tinha um compromisso marcado, mas o motorista me trata como as demais pessoas, como se eu fosse um incomodo que não deveria estar ali, e acelera sua moto sem mim. Observo a moto se distanciar e olho para o velho novamente, então decido que não vou perder esta oportunidade por causa dos outros, e corro em perseguição do motociclista. Corto caminho por algumas vielas, me aproveito da direção do tráfego para acompanhar o motociclista, e em alguns momentos inclusive persigo o motorista pelo meio da rua.

Quando finalmente o motociclista para, percebo que chegamos em frente a um hotel que parecia ser de cinco estrelas, e tanto o motociclista quanto o porteiro do hotel me olham como se eu fosse um louco. E percebo que durante todo esse tempo havia sido enganado pelo velho. Tendo isso em mente eu volto correndo para o local onde nos encontramos pela primeira vez para ver se consigo conversar com esse velho, pois era o único que poderia me dizer o que estava acontecendo nesta cidade, mas quando chego no local não vejo nenhum sinal dele.
FIM

Que sonho fantástico e ao mesmo tempo angustiante, Rupigwara. Apesar de todas as dificuldades que surgiram durante o sonho, você lutou até fim para conseguir aquilo que você tanto queria. Fiquei na esperança que você encontraria o velho para tirar uma satisfação.
Acho que se você usar a frase "eu estou sonhando ou vou ficar lúcido no sonho", durante a contagem regressiva será mais eficiente, porque a chance de você repeti-la no sonho será maior e ela poderá ser o seu gatilho para ganhar a lucidez.
avatar
Mensagens : 35
Pontos : 421
Honra : 21
Data de inscrição : 30/06/2016
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
600 / 999600 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos de Rupigwara

em Ter Ago 30, 2016 3:26 pm
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)

Königin escreveu:

Acho que se você usar a frase "eu estou sonhando ou vou ficar lúcido no sonho", durante a contagem regressiva será mais eficiente, porque a chance de você repeti-la no sonho será maior e ela poderá ser o seu gatilho para ganhar a lucidez.

Já tentei em algumas noites usar a frase: "Eu estou sonhando" mas só o que consegui foi ter dificuldade pra dormir, daí eu volto para a frase: "tô ficando com muito sono" pra pegar no sono rápido.

Porém ainda não tentei experimentar "vou ficar lúcido no sonho" vou experimentar esta noite, e volto aqui pra relatar a experiência. Esta noite não lembrei de ter tido sonho algum, fui dormir tarde e muito cansado.
avatar
Mensagens : 1273
Pontos : 3192
Honra : 657
Data de inscrição : 06/07/2015
Localização : Alemanha
Sonhos Lúcidos :
222 / 999222 / 999
Sonhos Comuns :
999 / 999999 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos de Rupigwara

em Ter Ago 30, 2016 5:49 pm
Rupigwara escreveu:
Königin escreveu:

Acho que se você usar a frase "eu estou sonhando ou vou ficar lúcido no sonho", durante a contagem regressiva será mais eficiente, porque a chance de você repeti-la no sonho será maior e ela poderá ser o seu gatilho para ganhar a lucidez.

Já tentei em algumas noites usar a frase: "Eu estou sonhando" mas só o que consegui foi ter dificuldade pra dormir, daí eu volto para a frase: "tô ficando com muito sono" pra pegar no sono rápido.

Porém ainda não tentei experimentar "vou ficar lúcido no sonho" vou experimentar esta noite, e volto aqui pra relatar a experiência. Esta noite não lembrei de ter tido sonho algum, fui dormir tarde e muito cansado.

Eu aprendi um exercício que me ajuda muito a relaxar os olhos e a pegar no sono mais rápido. É bem simples: deitado na cama e com os olhos fechados, você deve girar os os olhos 40 vezes para esquerda bem rápido e então, girar 40 vezes para direita. A seguir, gire para esquerda novamente 20 vezes, só que desta vez bem lentamente e por fim, 20 vezes para direita. Quando você terminar, vai sentir seus olhos bem relaxados e vai dormir mais rápido. sono

Perguntas: Qual técnica de sonhos lúcidos que você está praticando? Será que você poderia descrever como você faz para executá-la?
avatar
Mensagens : 35
Pontos : 421
Honra : 21
Data de inscrição : 30/06/2016
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
600 / 999600 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos de Rupigwara

em Qua Ago 31, 2016 5:51 pm
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
Königin escreveu:Perguntas: Qual técnica de sonhos lúcidos que você está praticando? Será que você poderia descrever como você faz para executá-la?

Como a minha dificuldade ainda é lembrar dos sonhos, tenho realizado um ritual em duas etapas pra tentar lembrar deles.

primeira etapa:
Toda noite após escovar os dentes, eu olho para meu reflexo no espelho e me desejo bons sonhos. Nesse momento me certifico de estar sempre usando um amuleto feito de cristal que separei pra ser meu totem, o problema é que eu não tenho um vínculo emocional com ele, e por ele ser um pouco chamativo não o uso para ir pro trabalho. Mas de qualquer forma é um momento que separei pra fazer um teste de realidade. Geralmente me deito na cama por volta da meia noite. (estou pensando em substituir esse totem por algo que eu possa usar com mais frequência como um relógio de pulso como disse no outro tópico, o que acha?)
segunda etapa
Ao acordar sempre por volta das 8h permaneço deitado sem me mexer por entre 5-10 minutos para tentar me lembrar dos sonhos, embora nem sempre eu lembre de ficar imóvel, e seja muito comum eu voltar a cochilar até as 10:30h. Quando me levanto escrevo no meu caderno de sonhos meus primeiros pensamentos da manhã, caso não recorde de sonho algum.

Obs: Ao me deitar, geralmente me posiciono de barriga para cima, mas não estou muito confortável nesta posição. Estou pensando seriamente em trocar meu colchão, pois ele é antigo.
avatar
Mensagens : 1273
Pontos : 3192
Honra : 657
Data de inscrição : 06/07/2015
Localização : Alemanha
Sonhos Lúcidos :
222 / 999222 / 999
Sonhos Comuns :
999 / 999999 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos de Rupigwara

em Qui Set 01, 2016 3:39 pm
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
Rupgwara:

Rupigwara escreveu:
Königin escreveu:Perguntas: Qual técnica de sonhos lúcidos que você está praticando? Será que você poderia descrever como você faz para executá-la?

Como a minha dificuldade ainda é lembrar dos sonhos, tenho realizado um ritual em duas etapas pra tentar lembrar deles.

primeira etapa:
Toda noite após escovar os dentes, eu olho para meu reflexo no espelho e me desejo bons sonhos. Nesse momento me certifico de estar sempre usando um amuleto feito de cristal que separei pra ser meu totem, o problema é que eu não tenho um vínculo emocional com ele, e por ele ser um pouco chamativo não o uso para ir pro trabalho. Mas de qualquer forma é um momento que separei pra fazer um teste de realidade. Geralmente me deito na cama por volta da meia noite. (estou pensando em substituir esse totem por algo que eu possa usar com mais frequência como um relógio de pulso como disse no outro tópico, o que acha?)
segunda etapa
Ao acordar sempre por volta das 8h permaneço deitado sem me mexer por entre 5-10 minutos para tentar me lembrar dos sonhos, embora nem sempre eu lembre de ficar imóvel, e seja muito comum eu voltar a cochilar até as 10:30h. Quando me levanto escrevo no meu caderno de sonhos meus primeiros pensamentos da manhã, caso não recorde de sonho algum.

Obs: Ao me deitar, geralmente me posiciono de barriga para cima, mas não estou muito confortável nesta posição. Estou pensando seriamente em trocar meu colchão, pois ele é antigo.


Trocar o seu totem cristal por um relógio é uma boa idéia. Você pode com ele fazer o RC das horas por exemplo, você olha que horas são, desvia o olhar por alguns segundo e olha as horas novamente. Se você estiver sonhando os números vão mudar totalmente.

Sobre a primeira etapa:
Quando você for ao banheiro para escovar os dentes, tomar banho, etc.., faca o RC do Interruptor. Ligue o interruptor veja se a luz acende. Se não acender, faca o rc do relógio ou das mãos para confirmar se está sonhando ou não.
Ao deitar eu sugiro que você faca o MILD ou auto-sugestão, diga algo parecido como "quando eu acordar, vou me lembrar do meu sonho". Não tente nessa etapa ter um sonho lúcido. As primeiras horas da noite, a fase REM são muito curtas. Deixe para tentar ganhar lucidez depois de dormir seis horas de sono. Para quem é iniciante, tentar ganhar a lucidez com pouco horas de sono é perca de tempo. (Claro, se ocorrer um sonho lucido espontâneo antes, aproveite!)

Sobre a segunda etapa:
Em vez de acordar às 8:00h, acorde às 6:00h (sim,você precisa sair da sua zona de conforto correr ). Levante da cama para anotar o seu sonho e então volte a dormir.
É partir deste momento, que você vai dar atenção à sua posição de dormir.
Se você estiver muito sono, deite numa posição menos confortável (de costas, por exemplo). Caso você estiver com pouco sono, deite na sua posição favorita.
Faça algum método da sua escolha (WILD, WBTB , a contagem de Laberge, etc..) e boa viagem ao mundo dos sonhos. sono
Outra coisa importante: Tenha paciência. Se não funcionar, continue tentando e tudo vai dar certo.
Conteúdo patrocinado

Re: Diário dos Sonhos de Rupigwara

Ver o tópico anteriorVoltar ao TopoVer o tópico seguinte
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum