Conectar-se
Os membros mais ativos do mês
8 Mensagens - 35%
6 Mensagens - 26%
4 Mensagens - 17%
3 Mensagens - 13%
1 Mensagem - 4%
1 Mensagem - 4%
Votação
Qual a técnica que você utiliza para ficar lúcido?
Teste de Realidade
45% / 15
Totem
15% / 5
Incubação
12% / 4
Gatilho
6% / 2
Gravador de Voz ou Sons Binaurais
6% / 2
Outros
15% / 5
Parceiros
 sonhos=
 sonhos=
 animes=

Compartilhe
Ver o tópico anteriorIr em baixoVer o tópico seguinte
avatar
Mensagens : 326
Pontos : 1026
Honra : 106
Data de inscrição : 10/05/2016
Localização : RS
Sonhos Lúcidos :
7 / 9997 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos de Andrelp

em Seg Ago 01, 2016 11:17 am
Olá pyros.
Foi bem interessante ver ela atravessando a parede,quase como uma cena dessas comuns de filme,até porque meu subconsciente tinha que usar uma imagem baseada em algo que já vi,mesmo assim foi diferente porque foi ao vivo por assim dizer. Gostei bastante dessa experiência,e essa ideia surgiu na hora,não tinha planejado.A de atravessar a mão na parede e pegar algo pretendo fazer de novo.
avatar
Mensagens : 386
Pontos : 1537
Honra : 199
Data de inscrição : 04/03/2016
Idade : 20
Localização : Brasil
Sonhos Lúcidos :
29 / 99929 / 999
Sonhos Comuns :
999 / 999999 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos de Andrelp

em Seg Ago 01, 2016 11:28 am
A saquei, acho que no meu caso talvez eu ficasse um pouco nervoso em colocar a mão dentro da parede procurando algo, vai saber o que meu subconsciente vai tirar de lá. Mas vou testar também, acho que pode ser um meio legal de trazer coisas pro sonho.
avatar
Mensagens : 326
Pontos : 1026
Honra : 106
Data de inscrição : 10/05/2016
Localização : RS
Sonhos Lúcidos :
7 / 9997 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos de Andrelp

em Seg Ago 01, 2016 11:38 am
Eu fiquei nervoso,por um momento pensei que alguém poderia agarrar minha mão,mas tirei isso da cabeça e continuei
avatar
Mensagens : 326
Pontos : 1026
Honra : 106
Data de inscrição : 10/05/2016
Localização : RS
Sonhos Lúcidos :
7 / 9997 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

As 3 perguntas

em Qui Ago 04, 2016 11:57 am
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
Como mencionei no meu último sl postado,estou carregando comigo um frasco com um objeto dentro que faz barulho ao balançar. De início coloquei um comprimido pra que eu tomasse no sonho mas já fiz isso,depois pedi pra minha esposa colocar um objeto dentro dele e não me falar o que era,grande erro.Sonhei que peguei ele do bolso e ele estava com várias coisas escritas,levantei num susto(no sonho mesmo) mas deduzi que minha esposa tinha colocado aquilo ali,briguei com ela no sonho e disse que ela não devia ter feito isso.Assim que acordei pedi pra ela prometer que nunca mais tocaria no frasco.Depois tive outros sonhos em que fiz rc de olhar a mão e ela estava normal,decidi então bolar algo diferente.Escrevi num papel 3 perguntas, que são:onde estou?Está tudo em ordem?Como cheguei aqui? e colei no frasco. Sei que isso já é uma técnica comum,mas fiz a pergunta "como cheguei aqui?" num sonho há uns dias e lembrei de coisas que tinha feito a pouco no próprio sonho e não fiquei lúcido. Resultado dessa última mudança que fiz, sonhei essa noite que estava de bicicleta numa outra cidade e comecei a fazer as perguntas.Respondi onde estava,era numa vila onde minha tia mora.Se estava tudo em ordem,não sabia pois nunca tinha estado lá, mas antes de responder como cheguei ali a correia começou a dar problema e tirou minha atenção.Pretendo mudar a ordem das perguntas para: Onde estou?Como cheguei aqui?Está tudo em ordem?Depois das perguntas balanço um pouco o frasco pra ouvir o barulho.Enfim,é isso.O que acham? Aguardo suas opiniões.
avatar
Mensagens : 2531
Pontos : 5646
Honra : 1044
Data de inscrição : 12/06/2013
Localização : Bahia
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos de Andrelp

em Sex Ago 05, 2016 11:47 am
Andrelp, tem outra pergunta que você pode memorizar pra lembrar dela no sonho.

"Será que estou sonhando?"
avatar
Mensagens : 326
Pontos : 1026
Honra : 106
Data de inscrição : 10/05/2016
Localização : RS
Sonhos Lúcidos :
7 / 9997 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos de Andrelp

em Sex Ago 05, 2016 1:27 pm
Essa é a que me faz fazer as 3 perguntas
avatar
Mensagens : 1273
Pontos : 3280
Honra : 657
Data de inscrição : 06/07/2015
Localização : Alemanha
Sonhos Lúcidos :
222 / 999222 / 999
Sonhos Comuns :
999 / 999999 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos de Andrelp

em Sex Ago 05, 2016 2:36 pm
Eu escreveria apenas "Estou sonhando?" e em seguida faria um RC:- Ler a frase do frasco, desviar os olhos por alguns segundos e então voltar a ler a mesma frase e verificar se é a mesma. Se ainda eu continuasse em dúvida, então faria as três perguntas que você citou.
avatar
Mensagens : 326
Pontos : 1026
Honra : 106
Data de inscrição : 10/05/2016
Localização : RS
Sonhos Lúcidos :
7 / 9997 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos de Andrelp

em Sex Ago 05, 2016 5:27 pm
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
O motivo de eu estar usando esse método é que algumas vezes os rcs que faço não estão dando certo,principalmente o das mãos.
avatar
Mensagens : 326
Pontos : 1026
Honra : 106
Data de inscrição : 10/05/2016
Localização : RS
Sonhos Lúcidos :
7 / 9997 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos de Andrelp

em Seg Ago 08, 2016 10:38 am
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
Essa noite tentei mais uma vez a separação da qual fala o livro "escola de viagens fora do corpo",ainda não consegui executar,eu até acordo sem me mover e nem abrir os olhos e instantaneamente levanto sem pensar,mas está tudo normal.Esta noite aconteceu que acordei e movi os pés e comecei a tentar a separação,comecei a sentir um tipo de embalo,como numa rede,mas bem curto,e começaram a aparecer imagens nítidas de pessoas,tentei ficar calmo e entrar no sonho sem perder a consciência mas não consegui.Mais tarde sonhei que estava tentando entrar num sl sem perder a consciência e enquanto tentava apareceu uma imagem de um elevador e logo eu já estava dentro dele,entendi que tinha entrado,o estranho foi a decisão que tomei,decidi visitar uma senhora idosa conhecida nossa.Senti o movimento de elevador e analisei como era no sonho,assim que sai decidi bater na primeira porta,número 17,a senhora me atendeu e eu entrei,acionei o interruptor já imaginando que não acenderia e não acendeu,eu disse pra ela que isso é comum já que estávamos num sonho,tentei fazer a luz acender estalando os dedos,batendo palmas,mas não adiantou,daí na escuridão total tive um pouco de medo e do nada alguém me agarrou pelo braço e começou a me girar.Nisso tive um falso despertar e estava no mesmo lugar que iniciei o sonho,quando estava tentando dormir e entrar direto no sonho,minha esposa perguntou se eu tinha conseguido e eu disse que sim.
Acho que descreveria assim,foi um sonho lúcido dentro de um sonho não lúcido. Já aconteceu algo assim com vocês?
avatar
Mensagens : 1273
Pontos : 3280
Honra : 657
Data de inscrição : 06/07/2015
Localização : Alemanha
Sonhos Lúcidos :
222 / 999222 / 999
Sonhos Comuns :
999 / 999999 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos de Andrelp

em Seg Ago 08, 2016 4:13 pm
Você está se saindo bem na técnica indireta. O que você fez para tentar a separação? Quanto tempo você ficou tentando?

Já aconteceu algo parecido comigo. Eu sonhei um sonho lúcido. O sonho começou comum, e eu comecei a sonhar e fiquei lúcida. O mais interessante, foi que eu continuei lúcida depois que acordei do sonho dentro do sonho. Foi um sonho muito doido. maluco
avatar
Mensagens : 326
Pontos : 1026
Honra : 106
Data de inscrição : 10/05/2016
Localização : RS
Sonhos Lúcidos :
7 / 9997 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos de Andrelp

em Seg Ago 08, 2016 4:23 pm
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
Eu tento levantar,mas acabo levantando de verdade. Tentei bastante tempo nessa última noite
avatar
Mensagens : 1273
Pontos : 3280
Honra : 657
Data de inscrição : 06/07/2015
Localização : Alemanha
Sonhos Lúcidos :
222 / 999222 / 999
Sonhos Comuns :
999 / 999999 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos de Andrelp

em Seg Ago 08, 2016 4:47 pm
Para mim, as técnicas que funcionam bem são: rolar para lado e esfregar as mãos.
Rolar para lado: Eu não rolo de verdade. Eu imagino de modo mais realista possível, o meu corpo rolando. Funciona 99% das vezes.
Esfregar as mãos: imagino minhas mãos bem próximas no meu rosto e começo a esfregá-las até sentir o calor do atrito. Esse movimento, vai se tornando tão realista, que em um determinando momento, eu passo ver as minhas mãos bem nítidas e aí, rapidamente eu junto as mãos e levanto meu corpo, como se estivesse sendo puxada pelas mãos.

Dica: treine esses movimentos, quando estiver acordado. Feche os olhos e esfregue as mãos até sentir o calor do atrito. Ou role de lado na cama para sentir o movimento. O treino vai facilitar a lembrar como é movimento na hora da separação.

Não insista muito tempo em uma só técnica. No livro, o autor cita várias. Escolha duas ou três no máximo e alterne as técnicas a cada 3 segundos. Se depois de tentar várias rodadas, nao coseguir fazer a separacao, volte a dormir, mas com pensamento que vai acordar novamente em 10 minutos. Se acordar, comece tudo novamente.
avatar
Mensagens : 326
Pontos : 1026
Honra : 106
Data de inscrição : 10/05/2016
Localização : RS
Sonhos Lúcidos :
7 / 9997 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos de Andrelp

em Ter Ago 09, 2016 9:57 am
Ok königin,obrigado pelas dicas,vou tentar certo
avatar
Mensagens : 326
Pontos : 1026
Honra : 106
Data de inscrição : 10/05/2016
Localização : RS
Sonhos Lúcidos :
7 / 9997 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos de Andrelp

em Qui Ago 11, 2016 8:38 am
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
UM PEQUENO VÔO
Estou assistindo o jogo Brasil e Peru,o Peru faz um gol e eu comemoro muito.Num momento abaixo a cabeça e quando olho de volta tá começando outro jogo do nada,levanto na hora e digo pra minha esposa me deixar quieto,pego o tablet e baixo a tela de descanso e levanto,cada vez que faço isso a hora muda,sorrio e saio de casa.Na rua coloco um chinelo e minha mãe vem chegando,ela chega perto e eu pulo pro telhado pra ela e minha esposa não me atrapalharem.No telhado decido que vou correr e voar,enquanto corro lembro do comercial do brian que a königin compartilhou aqui no fórum e que ele trasformou um livro num volante,penso que eu tenho esse poder e que quero que meus braços se transformem em asas de pássaro.Chegando no fim do telhado balanço meus braços pra transforma-los e salto.Começo a mexer os braços como se fossem asas e vôo tranquilamente,estou voando sobre um lugar que não conheço,há várias casas bem perto umas das outras, dou uma leve olhada pro lado e vejo que meus braços viraram mesmo asas pois tem penas.Começo a perder altitude,quando estou perto do chão no pátio de uma casa bato as asas e levanto,mais adiante não consigo manter o vôo e caio,acordo.

O que tenho que lembrar nos meus sonhos é de estabilizar antes de fazer algo. Mas não tô preocupado demais também,tô curtindo certo
avatar
Mensagens : 326
Pontos : 1026
Honra : 106
Data de inscrição : 10/05/2016
Localização : RS
Sonhos Lúcidos :
7 / 9997 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos de Andrelp

em Dom Ago 14, 2016 9:00 pm
DRAGON BALL
Um conhecido corta o cabelo comigo e vai saindo dizendo que vai trocar o dinheiro no posto de gasolina,percebo que é conversa mas ele sai de moto meio rindo.Vejo dois que saíram da casa que ele entrou e vou atrás achando que um deles é o sujeito,chegando perto digo "e ai,esqueceu?",mas não era ele e o cara diz que confundi.Vejo ele agora numa garagem que fica mais abaixo numa casa,vou pra lá e espero ele sair,é uma casa espírita.Ele sai todo penteadinho e eu quero meu dinheiro.Agora estou numa esquina,eu,minha esposa uma amiga e um sobrinho,num momento eu dou uma dançadinha e meu sobrinho também,minha esposa diz pra parar e eu digo que é a dança da Califórnia.Agora dentro de uma casa por algum motivo que não lembro desconfio que é sonho,salto com as mãos no forro mas tá tudo normal,acho um papel no chão e decido fazer um rc com ele,leio desvio os olhos e olho de novo,mudou tudo,sei que é sonho então,olho de novo e consigo ler um pouco.Ainda meio desconfiado olho minha mão direita que tá muito perfeita a não ser por um pontinho vermelho que tenho num dedo e que não está ali,olho pra esquerda e ela está com os dedos menores,digo "todos nós estamos num sonho", e saio voando,sobrevôo uma cidade cheia de prédios,vôo bem alto e sinto muito bem o vento,estou muito feliz por estar voando.Percebo que vem alguém atrás,olho e é o meu sobrinho,ele tá todo sorridente porque tá num sonho,lembro do sonho do skatista voador que li no livro "sonhos lúcidos deDylan Tuccillo" e decido lutar com meu sobrinho,só finjo os golpes e ele entra na brincadeira,penso que estamos como dragon ball,fica tão legal que acabo esquecendo de novo de estabilizar e acordo.
avatar
Mensagens : 326
Pontos : 1026
Honra : 106
Data de inscrição : 10/05/2016
Localização : RS
Sonhos Lúcidos :
7 / 9997 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos de Andrelp

em Seg Ago 15, 2016 12:34 pm
QUASE ENCONTRO O OUTRO EU
Estou num ônibus ao lado do motorista,falo com ele e pergunto se quando o ônibus passa na camada de ozônio se ele sente alguma coisa,ele disse que só quando vão na serra.Descemos,ele estacionou num estacionamento fechado,vou saindo mas na portaria dizem que temos que fazer a credencial,entro num tipo de escritório e largam um papel meio dobrado pra eu assinar e depois largam outro,eu já tinha escrito no outro e dizem que fiz errado,eu rabisco e coloco uma rubrica ao lado,uma delas diz pra outra que aquilo é coisa de inexperiente e eu saio brabo.Subindo uma rua vejo o pereira coruja,minha escola da infância,ele está com o lado de outra cor,eu acho estranho e já desconfio que é sonho,olho a frente e ele tá meio rosa como a cor antiga,vou fazer o rc mas vem descendo um senhor aqui da cidade,cumprimento ele e assim que ele passa eu faço o rc e meus dedos então menores.Sorri e corro pra porta do pereira coruja com a intenção de executar meu plano de encontrar o eu mais jovem,lembro que tenho que estabilizar e me dirijo a coluna que segura a entrada e toco nela,embaixo tem uns parafusos,penso que talvez possa acordar e me preocupo,olho pro ambiente e vejo um carro saindo.Vou abrir a porta e como tá escuro penso que talvez seja fim de semana,giro a maçaneta e a porta abre,está completamente escuro,entro e tento acionar o interruptor mas a luz não acende,grito "clerear" e ouço um grito lá de dentro dizer "ação",me assusto e escurece tudo,começo a estalar os dedos tentando voltar,sinto meu corpo queimando por dentro,me assusto e tento acordar,tenho um falso despertarEstou num quarto onde entra a luz do sol,pego o tablet pra anotar palavras chave pra lembrar do sonho,anoto "matador ação".Acordo.
avatar
Mensagens : 2531
Pontos : 5646
Honra : 1044
Data de inscrição : 12/06/2013
Localização : Bahia
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos de Andrelp

em Ter Ago 16, 2016 2:09 pm
Andrelp escreveu:
Andrelp escreveu:UM PEQUENO VÔO
Estou assistindo o jogo Brasil e Peru,o Peru faz um gol e eu comemoro muito.Num momento abaixo a cabeça e quando olho de volta tá começando outro jogo do nada,levanto na hora e digo pra minha esposa me deixar quieto,pego o tablet e baixo a tela de descanso e levanto,cada vez que faço isso a hora muda,sorrio e saio de casa.Na rua coloco um chinelo e minha mãe vem chegando,ela chega perto e eu pulo pro telhado pra ela e minha esposa não me atrapalharem.No telhado decido que vou correr e voar,enquanto corro lembro do comercial do brian que a königin compartilhou aqui no fórum e que ele trasformou um livro num volante,penso que eu tenho esse poder e que quero que meus braços se transformem em asas de pássaro.Chegando no fim do telhado balanço meus braços pra transforma-los e salto.Começo a mexer os braços como se fossem asas e vôo tranquilamente,estou voando sobre um lugar que não conheço,há várias casas bem perto umas das outras, dou uma leve olhada pro lado e vejo que meus braços viraram mesmo asas pois tem penas.Começo a perder altitude,quando estou perto do chão no pátio de uma casa bato as asas e levanto,mais adiante não consigo manter o vôo e caio,acordo.

O que tenho que lembrar nos meus sonhos é de estabilizar antes de fazer algo. Mas não tô preocupado demais também,tô curtindo certo
É isso aí, Andrelp. Você está certo. O ideal é aproveitar pra curtir o sonho lúcido, sem se preocupar demais em querer fazer tudo em um único sonho lúcido. Deixe o sonho lúcido fluír naturalmente e divirta-se fazendo experiências naquele mundo estranho e fascinante que é o mundo dos sonhos. certo
avatar
Mensagens : 326
Pontos : 1026
Honra : 106
Data de inscrição : 10/05/2016
Localização : RS
Sonhos Lúcidos :
7 / 9997 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos de Andrelp

em Ter Ago 16, 2016 2:40 pm
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
Obrigado pela dica ramon,estou feliz com minhas experiências,sinto que estou evoluindo a cada noite.Tenho percebido mais facilmente quando acontece algo esquisito nos sonhos.Fez quatro meses que comecei com os exercícios,achava até que levava mais tempo.Com certeza as dicas que os colegas me deram aqui no fórum me ajudaram muito certo
avatar
Mensagens : 233
Pontos : 1394
Honra : 72
Data de inscrição : 26/12/2015
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos de Andrelp

em Ter Ago 16, 2016 9:06 pm
Andrelp:
UM PEQUENO VÔO
Estou assistindo o jogo Brasil e Peru,o Peru faz um gol e eu comemoro muito.Num momento abaixo a cabeça e quando olho de volta tá começando outro jogo do nada,levanto na hora e digo pra minha esposa me deixar quieto,pego o tablet e baixo a tela de descanso e levanto,cada vez que faço isso a hora muda,sorrio e saio de casa.Na rua coloco um chinelo e minha mãe vem chegando,ela chega perto e eu pulo pro telhado pra ela e minha esposa não me atrapalharem.No telhado decido que vou correr e voar,enquanto corro lembro do comercial do brian que a königin compartilhou aqui no fórum e que ele trasformou um livro num volante,penso que eu tenho esse poder e que quero que meus braços se transformem em asas de pássaro.Chegando no fim do telhado balanço meus braços pra transforma-los e salto.Começo a mexer os braços como se fossem asas e vôo tranquilamente,estou voando sobre um lugar que não conheço,há várias casas bem perto umas das outras, dou uma leve olhada pro lado e vejo que meus braços viraram mesmo asas pois tem penas.Começo a perder altitude,quando estou perto do chão no pátio de uma casa bato as asas e levanto,mais adiante não consigo manter o vôo e caio,acordo.

O que tenho que lembrar nos meus sonhos é de estabilizar antes de fazer algo. Mas não tô preocupado demais também,tô curtindo certo

Também estou perdendo muitos sonhos por não me lembrar de fazer a estabilização, mas com o tempo a gente acaba melhorando isso  feliz

Andrelp:
DRAGON BALL
Um conhecido corta o cabelo comigo e vai saindo dizendo que vai trocar o dinheiro no posto de gasolina,percebo que é conversa mas ele sai de moto meio rindo.Vejo dois que saíram da casa que ele entrou e vou atrás achando que um deles é o sujeito,chegando perto digo "e ai,esqueceu?",mas não era ele e o cara diz que confundi.Vejo ele agora numa garagem que fica mais abaixo numa casa,vou pra lá e espero ele sair,é uma casa espírita.Ele sai todo penteadinho e eu quero meu dinheiro.Agora estou numa esquina,eu,minha esposa uma amiga e um sobrinho,num momento eu dou uma dançadinha e meu sobrinho também,minha esposa diz pra parar e eu digo que é a dança da Califórnia.Agora dentro de uma casa por algum motivo que não lembro desconfio que é sonho,salto com as mãos no forro mas tá tudo normal,acho um papel no chão e decido fazer um rc com ele,leio desvio os olhos e olho de novo,mudou tudo,sei que é sonho então,olho de novo e consigo ler um pouco.Ainda meio desconfiado olho minha mão direita que tá muito perfeita a não ser por um pontinho vermelho que tenho num dedo e que não está ali,olho pra esquerda e ela está com os dedos menores,digo "todos nós estamos num sonho", e saio voando,sobrevôo uma cidade cheia de prédios,vôo bem alto e sinto muito bem o vento,estou muito feliz por estar voando.Percebo que vem alguém atrás,olho e é o meu sobrinho,ele tá todo sorridente porque tá num sonho,lembro do sonho do skatista voador que li no livro "sonhos lúcidos deDylan Tuccillo" e decido lutar com meu sobrinho,só finjo os golpes e ele entra na brincadeira,penso que estamos como dragon ball,fica tão legal que acabo esquecendo de novo de estabilizar e acordo.

Ri muito na parte da dança da Califórnia  gargalhada  pena que o sonho acabou bem na melhor parte.

Andrelp:
QUASE ENCONTRO O OUTRO EU
Estou num ônibus ao lado do motorista,falo com ele e pergunto se quando o ônibus passa na camada de ozônio se ele sente alguma coisa,ele disse que só quando vão na serra.Descemos,ele estacionou num estacionamento fechado,vou saindo mas na portaria dizem que temos que fazer a credencial,entro num tipo de escritório e largam um papel meio dobrado pra eu assinar e depois largam outro,eu já tinha escrito no outro e dizem que fiz errado,eu rabisco e coloco uma rubrica ao lado,uma delas diz pra outra que aquilo é coisa de inexperiente e eu saio brabo.Subindo uma rua vejo o pereira coruja,minha escola da infância,ele está com o lado de outra cor,eu acho estranho e já desconfio que é sonho,olho a frente e ele tá meio rosa como a cor antiga,vou fazer o rc mas vem descendo um senhor aqui da cidade,cumprimento ele e assim que ele passa eu faço o rc e meus dedos então menores.Sorri e corro pra porta do pereira coruja com a intenção de executar meu plano de encontrar o eu mais jovem,lembro que tenho que estabilizar e me dirijo a coluna que segura a entrada e toco nela,embaixo tem uns parafusos,penso que talvez possa acordar e me preocupo,olho pro ambiente e vejo um carro saindo.Vou abrir a porta e como tá escuro penso que talvez seja fim de semana,giro a maçaneta e a porta abre,está completamente escuro,entro e tento acionar o interruptor mas a luz não acende,grito "clerear" e ouço um grito lá de dentro dizer "ação",me assusto e escurece tudo,começo a estalar os dedos tentando voltar,sinto meu corpo queimando por dentro,me assusto e tento acordar,tenho um falso despertarEstou num quarto onde entra a luz do sol,pego o tablet pra anotar palavras chave pra lembrar do sonho,anoto "matador ação".Acordo.

Adorei a sua conversa com o motorista do ônibus gargalhada Você está evoluindo muito nos seus sonhos, creio que em breve vai conseguir alcançar o seu objetivo, hoje eu acabei lembrando da sua ideia da escola no meu sonho e tentei fazer algo parecido, porém não deu muito certo também. Você sabe por que anotou a palavra matador para se lembrar do sonho?
avatar
Mensagens : 326
Pontos : 1026
Honra : 106
Data de inscrição : 10/05/2016
Localização : RS
Sonhos Lúcidos :
7 / 9997 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos de Andrelp

em Qua Ago 17, 2016 9:46 am
Obrigado pelos comentários Érika,sinto também que estou evoluindo aos poucos,e sem pressa vou aproveitando enquanto isso.Sobre tua pergunta,não sei por que escrevi matador.
avatar
Mensagens : 326
Pontos : 1026
Honra : 106
Data de inscrição : 10/05/2016
Localização : RS
Sonhos Lúcidos :
7 / 9997 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos de Andrelp

em Qui Ago 18, 2016 1:41 pm
VÔO SOBRE O RIO
Não me lembro de todo o sonho nem de como fiquei lúcido,segue o que lembro:
Estou descendo uma lomba barrenta e não lembro por que mas fiquei com medo de ser atraído pra dentro de uma poça,acho que tinha alguma coisa a ver com o contexto que já não lembro.Lá embaixo dobro a rua e começo um vôo com as mãos pra frente,vejo a minha esquerda o rio da cidade,ele está bem cheio e com muita correnteza que vai um pouco pra cada lado,decido então voar sobre ele.Começo a sobrevoar o rio e resolvo colocar a mão na água para experimentar a sensação,foi como se estivesse acordado.Eu sobrevoava a cerca de mais ou menos um metro acima da água e minha mão passava por dentro do rio,foi demais.Percebo agora que estou chegando do outro lado,mas a margem não é como a do rio daqui,é como a de um lago da outra cidade onde morei,há uma pessoa parada no lugar pra onde estou indo,ela está ao lado de um poste pequeno de luz,desses postes que se tem em praças.Lembrei do que li antes de dormir,sobre técnicas de manutenção,e decidi girar,eu achava que o sonho estava bem estável mas no livro dizia que mesmo assim é bom fazer vez por outra pra manter o sonho,girei e começou a ficar tudo branco,tentei estalar os dedos para voltar mas não deu,acordo.

Como podem perceber ainda não resolvi o problema de o sonho durar pouco,mas o de voar parece que está ficando pra trás.  certo
avatar
Mensagens : 326
Pontos : 1026
Honra : 106
Data de inscrição : 10/05/2016
Localização : RS
Sonhos Lúcidos :
7 / 9997 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos de Andrelp

em Dom Ago 21, 2016 1:12 pm
FALSO DESPERTAR-TRILOGIA
Acho que acordei e levanto pra ir no banheiro,estou na casa da mãe e a casa é como antigamente mas não noto,aciono o interruptor do banheiro mas não funciona,testo outro e também não funciona, saio da casa está de noite,lembro do frasco e do meu plano de saber o que a minha esposa colocou dentro,eu ainda não sei, mas antes decido estabilizar,me agacho e tateio o chão,a estrada ainda é de paralelepípedo e lembro que tenho que olhar coisas que estão perto como o livro escola de viagens diz.Agora que sinto que o sonho está mais estável tiro o frasco do bolso,tem coisas escritas nele mas ignoro,abro e viro ele,cai uma pastilha rosa quebrada ao meio,uno as partes e vejo uma efígie e letras acima,está escrito "ourfo 18 13" e outra coisa que não lembro,desço pela rua e olho novamente a pastilha que gora não está mais quebrada,tento memorizar o que está escrito pra lembrar quando acordar,penso em anotar e lembro de um sonho do livro sonhos lúcidos onde o relato fala de um que escreveu suas experiências,claro que me dei conta que seria inútil.Na esquina da rua decido colocar em prática o próximo plano,estalar os dedos e fazer aparecer fogo,tento mas não consigo,tento materializar um óculos que imaginei,o "dream glass",algo que talvez aparecesse nos próximos sonhos,mas também não consegui.Sem outro plano vejo uma construção e decido pular nas tábuas de um andaime,pulo e as alcanço,sinto que o sonho começa a acabar e lembro do que li no livro escola de viagens,se segurar em algo no sonho e não largar pra voltar pra ele,me seguro nas tábuas e apaga tudo,sinto meu corpo na cama e minhas mãos segurando as tábuas,fico ali por uns segundos mas sem saber o que fazer largo,"acordo".Minha mãe está no quarto e nem noto que estou ainda na antiga casa,ela mexe em algumas coisas no quarto e na hora de sair cai uns lenços no chão,ela os pega e atira pra dentro do quarto,sai e deixa a luz acesa,eu vou apagar e o interruptor não funciona,percebo que ainda estou sonhando e saio da mesma forma que sai antes,agora a maçaneta está do lado oposto,do lado de fora percebo que a janela da casa da vizinha está aberta e a luz está acesa,tem uns guris encapusados passando na rua,saio pro lado de cima da rua e lembro de outro plano,fazer um raduken do street fighter,tento mas não consigo,continuo andando e lembro que nos sonhos o céu é sempre surpreendente,olho e vejo umas cinco luas e luzes passando como se fossem milhares vagalumes,era muito bonito,"acordo".Percebo que estou com a cabeça coberta com cobertores,tiro um e há outro,tiro e há outro,e outro e outro,percebo que ainda estou sonhando,tento mergulhar na cama mas ta tudo muito escuro,faço outras coisas que agora não lembro mais,até que acordo pra valer.
avatar
Mensagens : 220
Pontos : 1071
Honra : 90
Data de inscrição : 08/10/2015
Idade : 41
Localização : Brasil
Sonhos Lúcidos :
3 / 9993 / 999
Sonhos Comuns :
999 / 999999 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos de Andrelp

em Dom Ago 21, 2016 2:59 pm
Olá André! Estou voltando a tentar ter sonhos lúcidos e algo que me ajudou muito a conseguir as primeiras vezes foi interagir bastante aqui no fórum, estava lendo aqui os relatos do seu diário.
Andrelp escreveu:está escrito "ourfo 18 13"
Isso é algo que sempre me intrigou muito, tentar ler no sonho mas as letras sempre são todas embaralhadas e sem sentido, até pensei que poderiam ser anagramas mas pelo visto não são e se algo formar um anagrama creio que deva ser coincidência. Tentei formar algo com "ourfo" mas não sai nada harley


Uma força misteriosa que funciona apenas com gatos:
avatar
Mensagens : 326
Pontos : 1026
Honra : 106
Data de inscrição : 10/05/2016
Localização : RS
Sonhos Lúcidos :
7 / 9997 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos de Andrelp

em Seg Ago 22, 2016 1:25 pm
Oi lynx,sonho muito com números,é bem interesante eu acho.
Segue o dessa noite:
PROCURANDO MEU PAI
Estou eu a minha esposa andando numa rua perto de um prédio,longe vejo alguém agredindo a uma amiga,quando olho de volta já sumiram.Desconfio e olho a mão,minha esposa tá por perto mas não me atrapalha,a mão ta normal,dou um salto e sinto que caí mais devagar,vejo uma parede e corro até ela,corro por ela e fico perto do forro,daí já sei que é sonho,tento atravessar as mãos no forro mas não consigo,tá muito real,desço.Ando de volta pelo lado do prédio e minha esposa não ta mais,lembro de tocar nas coisas pra estabilizar,mas o sonho tá tão estável que deixo pra lá,chamo meu pai,este era meu plano,encontrar ele,ele já faleceu,mas ele não aparece.É noite e decido fazer ficar dia,levanto as mãos e começo a tentar mudar o tempo,até vejo uns raios de luz no céu mas o sonho começa a se desfazer,estico a mão direita pra cima e começo a estalar os dedos,tudo se apaga,sinto meu corpo na cama e minha mão direita como se tivesse ainda no sonho,enquanto continuo estalando os dedos sinto um dedo me cutucando na barriga,penso que é meu dedo do corpo dormindo e ignoro.O sonho se refaz,quase se torna não lúcido mas ainda estou consciente e é dia,quando vou comemorar anoitece na hora,então desisto.Vejo dois pokemons(não,não entrei na moda do pokemon go) passarem e caminho até onde estavam,acho uma esfera pokemon e abro sabendo de alguma forma que aquilo pode ajudar a encontrar meu pai,abro e sai uma luz de dentro e começo a ouvir uma voz falando coisas que agora não lembro,tinha chocolate dentro dela e eu virei,alguns cachorros por perto começaram a comer e pensei "não devia dar isso a eles,chocolate faz mal pra cachorros",do nada para a luz e a voz da esfera e deixo aquilo pra trás.Ouço ao longe uma música sendo tocada num violão é a música foto 3x4,meu pai tocava essa música enquanto vivo,percebo que vem de um bar,o pai gostava também,corro até lá na esperança de o encontrar.Quando chego há várias pessoas debaixo de uma cobertura e um homem que não era meu pai tocando,me escoro ali por perto pra ver se ele aparece.Nisso um homem se escora ao meu lado e fala algo,desconfio que ele está dando em cima de mim e me afasto um pouco.Uma pessoa que estava comigo se envolve com uma mulher dali e outra começa a complicar falando coisas pra ele e pra mim por isso vou embora.Saio por uma rua meio desconfiado que talvez não seja sonho e que depois vão me perguntar o que eu tava fazendo,diriam que sou esquizofrênico,visto que o sonho tava durando muito fiquei com essa desconfiança,passo por uma carro e vejo minha irmã dentro.Lembro da parede que subi e do sonho quase ter se perdido e fico mais seguro,arranco uma planta pra testar o que sentiria,embora não seja jardineiro sei que a sensação foi muito igual a que seria acordado,vejo um cano passando pelo chão e tento atravessar o dedo nele pra sentir a água mas não consgui,estava meio fora do meu controle as mudanças.Sigo por um parque e grito "pai",mas nada,começo a sentir o sonho se desfazer de novo,faço o mesmo que antes,estico a mão e estalo os dedos,e sinto o mesmo,braço no sonho e corpo na cama,e dedo cutucando minha barriga.Começo a me preocupar pois mexia minha mão esquerda pro lado e o dedo continuava me cutucando,pensei "mas que mão é essa?",decido acordar,mas tenho uma falso despertar."Acordo" dizendo uoooou e a minha esposa pergunta o que houve,eu pergunto se ela tava me cutucando mas ela diz que não,corro pra acender a luz mas ela não acende,percebo que estou sonhando ainda,acordo.
avatar
Mensagens : 386
Pontos : 1537
Honra : 199
Data de inscrição : 04/03/2016
Idade : 20
Localização : Brasil
Sonhos Lúcidos :
29 / 99929 / 999
Sonhos Comuns :
999 / 999999 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos de Andrelp

em Qua Ago 24, 2016 8:04 am
Que sonho massa esse em Andre? Você está com um domínio bem maior dos sonhos lúcidos agora. Eu achei interessante você tentar ir atras da versão de seu pai no mundo onírico. Também tento fazer isso com meu avô, mas parece que os personagens de meu subconsciente não querem me deixar fazer isso nem um pouco.

Você anda fazendo alguma técnica ou apenas anotando e fazendo reality checks?
Conteúdo patrocinado

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos de Andrelp

Ver o tópico anteriorVoltar ao TopoVer o tópico seguinte
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum