Conectar-se
Os membros mais ativos do mês
6 Mensagens - 21%
6 Mensagens - 21%
3 Mensagens - 11%
3 Mensagens - 11%
2 Mensagens - 7%
2 Mensagens - 7%
2 Mensagens - 7%
2 Mensagens - 7%
1 Mensagem - 4%
1 Mensagem - 4%
Votação
Qual a técnica que você utiliza para ficar lúcido?
Teste de Realidade
45% / 15
Totem
15% / 5
Incubação
12% / 4
Gatilho
6% / 2
Gravador de Voz ou Sons Binaurais
6% / 2
Outros
15% / 5
Parceiros
 sonhos=
 sonhos=
 animes=

Compartilhe
Ver o tópico anteriorIr em baixoVer o tópico seguinte
avatar
Mensagens : 386
Pontos : 1443
Honra : 199
Data de inscrição : 04/03/2016
Idade : 20
Localização : Brasil
Sonhos Lúcidos :
29 / 99929 / 999
Sonhos Comuns :
999 / 999999 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos do Pyros

em Dom Maio 22, 2016 10:23 am
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
Quando eu tive esse sonho fiquei o dia todo chateado por ter acordado hehehe. Em outras situações eu já conseguir ficar mais calmo, mas dessa vez eu me deixei levar mesmo. Tenho que treinar mais, mas valeu a dica Mestre Ramon certo

Aos poucos eu vou melhorando, mas esses dias eu comecei a ficar com muita insônia e isso esta me atrapalhando nos meus sonhos normais e lúcidos.
avatar
Mensagens : 386
Pontos : 1443
Honra : 199
Data de inscrição : 04/03/2016
Idade : 20
Localização : Brasil
Sonhos Lúcidos :
29 / 99929 / 999
Sonhos Comuns :
999 / 999999 / 999
Ver perfil do usuário

A hora do Rush

em Dom Maio 22, 2016 10:47 am
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
Mais uma vez não lembro do ponto de partida deste sonho. Mas o momento que me recordo eu estava em uma perseguição de carro, nesse sonho acho que eu era algum detetive de polícia no estilo "A hora do Rush" lol , esses caras que estávamos perseguindo eram mafiosos e tinham sequestrado alguém. Estava noite e bem escuro sendo que a única iluminação eram as dos postes.
A perseguição seguia até que o carro que estávamos perseguindo se transformou em duas motos e a velocidade deles começou a aumentar, nesse mesmo momento eu também apareci em uma moto e fui seguindo eles enquanto meu parceiro ficou para traz.

Chegamos no lugar onde estava havendo o encontro deles. Era num local cheio de contêineres, me deparei então com um local cheio de crianças, a princípio pensei que eram reféns mas logo vi que eram os filhos daqueles mafiosos, que por sinal era a Yakusa. Os mafiosos apareceram e começou uma troca de tiros, eu fiquei irritado por aquilo está acontecendo perto das crianças e parti pra cima, mas vi que eles tinham fugido. Fui atrás deles e apareci em outro lugar.

Desta vez apareci em um barco antigo, tipo aqueles barcos de filmes de pirata, amarrado, olhei ao redor e tinham várias pessoas presas, em jaulas ou amarradas, também havia muita bebida por todo o canto juntamente com pólvora, ali parecia se localizar a parte interior da popa do barco. Havia um cara de terno com toda a pegada de James Bond, que estava reclamando com uma mulher que parecia ser a chefe daquele local. Após ele termina ela chegou para min e perguntou onde estava o meu parceiro, além disso ela falou:
"Não adianta mentir para nós, nós sempre sabemos a verdade"
Eu respondi:
"Acha mesmo que eu vou mentir!? Aquele maldito me abandonou na perseguição"
"e aliás eu não sei onde ele está, já procurei em todos os lugares ele sumiu, apenas me deixou essa arma e..."

Quando olhei pra arma, percebi que meu parceiro havia me deixado com ela, por que seria preso e iria exatamente pra esta sala, onde havia pólvora e várias bebidas. Sem pensar no porque que me amarraram e não procuraram uma arma que eu carregava, dei um tiro no barril que explodiu o fundo do navio por completo. As várias pessoas que estavam presas começaram a se jogar na água e eu fui junto, quando pulei na água aliás, consegui ver meu parceiro ele ainda estava lá no navio com a cara de felicidade estampada pela minha fuga. Gritei:
"Pula garoto, temos que nadar até a costa"

A partir daí não lembro bem o que aconteceu, mas enfrentamos uma tempestade no caminho e quando eu finalmente cheguei na costa eu acordei.
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Peço desculpas se os fatos não estão totalmente claros, mas é que nem para min todos ficaram claros desta vez, mas espero que todos possam ter uma boa leitura.
avatar
Mensagens : 2531
Pontos : 5551
Honra : 1043
Data de inscrição : 12/06/2013
Localização : Bahia
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos do Pyros

em Dom Maio 22, 2016 11:08 am
Pyros escreveu:Quando eu tive esse sonho fiquei o dia todo chateado por ter acordado hehehe. Em outras situações eu já conseguir ficar mais calmo, mas dessa vez eu me deixei levar mesmo. Tenho que treinar mais, mas valeu a dica Mestre Ramon certo

Aos poucos eu vou melhorando, mas esses dias eu comecei a ficar com muita insônia e isso esta me atrapalhando nos meus sonhos normais e lúcidos.
Que mestre o quê? Kkkk Ainda estou engatinhando na arte de sonhar lúcido e muito longe de merecer ser chamado de mestre. gargalhada

Voce está tendo problema de insônia é, Pyros? Então, antes de você ir dormir, pegue um livro ou revista pra ler. Deite-se bem confortável na sua cama e leia quantas páginas você conseguir ler. Aposto que em poucos minutos de leitura, você já estará sonolento e querendo dormir.  piscar
avatar
Mensagens : 386
Pontos : 1443
Honra : 199
Data de inscrição : 04/03/2016
Idade : 20
Localização : Brasil
Sonhos Lúcidos :
29 / 99929 / 999
Sonhos Comuns :
999 / 999999 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos do Pyros

em Dom Maio 22, 2016 3:57 pm
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
Ramon escreveu:
Pyros escreveu:Quando eu tive esse sonho fiquei o dia todo chateado por ter acordado hehehe. Em outras situações eu já conseguir ficar mais calmo, mas dessa vez eu me deixei levar mesmo. Tenho que treinar mais, mas valeu a dica Mestre Ramon certo

Aos poucos eu vou melhorando, mas esses dias eu comecei a ficar com muita insônia e isso esta me atrapalhando nos meus sonhos normais e lúcidos.
Que mestre o quê? Kkkk Ainda estou engatinhando na arte de sonhar lúcido e muito longe de merecer ser chamado de mestre. gargalhada

Voce está tendo problema de insônia é, Pyros? Então, antes de você ir dormir, pegue um livro ou revista pra ler. Deite-se bem confortável na sua cama e leia quantas páginas você conseguir ler. Aposto que em poucos minutos de leitura, você já estará sonolento e querendo dormir.  piscar

É rapaz, meu sono ta sendo um problema, eu deito na cama e fico na expectativa de dormir e acabo não dormindo e.e. Mas valeu por mais um conselho.

Mas tipo esse lance de mestre, mesmo na brincadeira é um forma de eu mostrar meu profundo agradecimento a você e também a Königin, porque graças ao diário e os conselhos de ambos eu estou engatinhando junto a vocês nos sonhos lúcidos e isso me deixa muito feliz. xD
avatar
Mensagens : 2531
Pontos : 5551
Honra : 1043
Data de inscrição : 12/06/2013
Localização : Bahia
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos do Pyros

em Dom Maio 22, 2016 4:32 pm
Pyros escreveu:

Pyros escreveu:
Ramon escreveu:
Pyros escreveu:Quando eu tive esse sonho fiquei o dia todo chateado por ter acordado hehehe. Em outras situações eu já conseguir ficar mais calmo, mas dessa vez eu me deixei levar mesmo. Tenho que treinar mais, mas valeu a dica Mestre Ramon certo

Aos poucos eu vou melhorando, mas esses dias eu comecei a ficar com muita insônia e isso esta me atrapalhando nos meus sonhos normais e lúcidos.
Que mestre o quê? Kkkk Ainda estou engatinhando na arte de sonhar lúcido e muito longe de merecer ser chamado de mestre. gargalhada

Voce está tendo problema de insônia é, Pyros? Então, antes de você ir dormir, pegue um livro ou revista pra ler. Deite-se bem confortável na sua cama e leia quantas páginas você conseguir ler. Aposto que em poucos minutos de leitura, você já estará sonolento e querendo dormir.  piscar

É rapaz, meu sono ta sendo um problema, eu deito na cama e fico na expectativa de dormir e acabo não dormindo e.e. Mas valeu por mais um conselho.

Mas tipo esse lance de mestre, mesmo na brincadeira é um forma de eu mostrar meu profundo agradecimento a você e também a Königin, porque graças ao diário e os conselhos de ambos eu estou engatinhando junto a vocês nos sonhos lúcidos e isso me deixa muito feliz. xD
Então, vamos que vamos. Estamos juntos! viva
avatar
Mensagens : 386
Pontos : 1443
Honra : 199
Data de inscrição : 04/03/2016
Idade : 20
Localização : Brasil
Sonhos Lúcidos :
29 / 99929 / 999
Sonhos Comuns :
999 / 999999 / 999
Ver perfil do usuário

Pacificador Escolar

em Seg Maio 23, 2016 2:24 am
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
Esta noite eu tive um outro sonho um tanto estranho que resolvi relatar a vocês. Meu sonho começou em uma instituição de ensino eu estava lecionando para crianças, brincávamos um pouco e pelo jeito elas me admiravam e falavam bem de min. Tudo estava tranquilo até que recebi um telefonema, acho que era minha mãe, ela falava algo sobre a minha antiga turma da escola estar se rebelando contra o país, eles sequestraram algumas pessoas e estavam reivindicando algumas coisas. Ela disse que a polícia desejava que eu fosse falar com eles, tentar ser o mediador entre eles e a polícia.
Resolvi ajudar já que o local ficava em frente ao prédio onde estava. Ao sair da escola onde eu ensinava vi várias pessoas na rua olhando os televisores algumas olhavam pro outro prédio, mas foi relativamente fácil passar por elas e adentrar o local, foi onde encontrei uma colega do meu curso no caminho, ela chegou e em tom irônico falou comigo:
“O grande Pyros vai ajudar os amigos...”
Eu ignorei o comentário e continuei andando procurando algum policial mas os que encontrei eram apenas guardas normais. Cheguei em uma escada e vi um amigo meu conversando com um guarda de camisa preta, resolvi ir falar com ele. Falei o seguinte:
“Bom dia senhor, eu me chamo Pyros, conheço esta turma e ach...” Fui interrompido pelo brutamontes que também falava em tom irônico;
“Aah, eu também conheço seu coleguiiinha Gabriel” “Parece que ele não está disposto a conversar”
Irritado pela forma como o cara estava falando puxei ele pela camisa pros degraus onde eu estava pra ele não tentar me intimidar estando mais alto e falei o seguinte:
“Escuta aqui meu amigo, ele não é meu “coleguinha” é um estudante deste lugar como qualquer outro” “e mais, estou vindo aqui salvar sua pele, então vê se tira essa banca e me ajuda a ajudar vocês!!”
O cara fez uma expressão de surpreso e respondeu:
“Beleza eu deixo você subir lá, mas não vai poder ir armado”
Na mesma hora eu respondi que não precisava de armas. Ele riu-se do que eu falei. Disse a ele que só precisava de 5 minutos, iria convence-los e depois voltar, caso desce certo ou errado não passaria disso. Ele fez que sim e comecei a segui-lo. Nesse momento dois amigos meus tentaram ir também, mas disse a eles que eu faria isso só, mas eles continuaram a me seguir.
Meu hype tava la em cima, eu não estava tão preocupado com o que iria encontrar, sinceramente nem fazia ideia. Quando cheguei perto de onde a turma estava vi um cara grande com o escudo preto em frente a um corredor. O policial falou algo com ele e ambos foram andando juntos em frente atrás do escudo. No fim do corredor estava esse meu colega Gabriel, ele segurava uma mulher com uma chave de braço e tinha uma arma na outra mão. Só dos caras se aproximarem já ouvi os tiros rebatendo no escudo. Perdi parte de minha coragem na hora, mas quando o cara chegou perto de min eu fui lá, com as mãos para fora do escudo para mostrar que estava desarmado, até que fiquei frente a frente com este Gabriel. Ele estava sujo, com os cabelos grandes, não me lembrava nada o cara que eu estudei. Enquanto fiquei frente a frente com ele, pensei em alguns argumentos para conversar com eles, mas não tive chance de usa-los pois acordei bem neste momento.
avatar
Mensagens : 1273
Pontos : 3186
Honra : 657
Data de inscrição : 06/07/2015
Localização : Alemanha
Sonhos Lúcidos :
222 / 999222 / 999
Sonhos Comuns :
999 / 999999 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos do Pyros

em Seg Maio 23, 2016 6:48 am
Pyros escreveu:Eu estou sonhando pouco ultimamente, na verdade acho que lembrando pouco do que sonho é o termo mais correto. Vou começar o método CAT esta noite, espero que daqui a 1 semana possa começar a experimentar os resultados.
Olá, Pyros.Como foi o seu experimento com o método CAT?
Eu experimentei o método CAT e ele me ajudou a ter muitos sonhos lúcidos. E para me ajudar , eu usei aquele aplicativo Avoken. Eu o programei para sinalizar a cada 2 ou 3 minutos e eu fazia um RC. Funcionou muito bem nos primeiros dias. Porém, o método foi muito desgastante e quando estava no quarto dia do experimento, passei a ter distúrbios do sono. Eu não conseguia dormir e consequentemente, ficava sonolenta o dia inteiro. Meu humor mudou. Fiquei muito mal-humorada e passei a ter dor estômago. Nao houve outra solução a nao ser abandonar o método e dormir durante uma semana sem pensar no tema sonho lúcido. Tudo voltou ao normal depois. sono

Pyros escreveu:Eu não sou muito bom em atravessar coisas nos sonhos. Percebi que não tenho dificuldade pra criar algo do nada, mas, se eu tento atravessar uma parede ou o teto é quase certo que vou ficar preso pela metade suspeito .

Mas eu fico animado para  testar essa técnica por isso mesmo. A técnica por facilitar o domínio do sonho e isso seria de muita ajuda pra muita gente principalmente os novos (que eu me incluo), então em que puder ajudar eu vou ver esforçar. Agora é só esperar o subconsciente cooperar comigo também hehehe.

Atravessar a parede de lado é mais fácil do que de frente. Você pode também riscar com o dedo na parede, criando uma fissura e então passar por ela. O mais importante: não demonstre receio na fora que for atravessar. Se você pensar que não vai dar certo, realmente não dará.
avatar
Mensagens : 386
Pontos : 1443
Honra : 199
Data de inscrição : 04/03/2016
Idade : 20
Localização : Brasil
Sonhos Lúcidos :
29 / 99929 / 999
Sonhos Comuns :
999 / 999999 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos do Pyros

em Seg Maio 23, 2016 7:16 am
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
Königin escreveu:
Pyros escreveu:Eu estou sonhando pouco ultimamente, na verdade acho que lembrando pouco do que sonho é o termo mais correto. Vou começar o método CAT esta noite, espero que daqui a 1 semana possa começar a experimentar os resultados.
Olá, Pyros.Como foi o seu experimento com o método CAT?
Eu experimentei o método CAT e ele me ajudou a ter muitos sonhos lúcidos. E para me ajudar , eu usei aquele aplicativo Avoken. Eu o programei para sinalizar a cada 2 ou 3 minutos e eu fazia um RC. Funcionou muito bem nos primeiros dias. Porém, o método foi muito desgastante e quando estava no quarto dia do experimento, passei a ter distúrbios do sono. Eu não conseguia dormir e consequentemente, ficava sonolenta o dia inteiro. Meu humor mudou. Fiquei muito mal-humorada e passei a ter dor estômago. Nao houve outra solução a nao ser abandonar o método e dormir durante uma semana sem pensar no tema sonho lúcido. Tudo voltou ao normal depois. sono

Pyros escreveu:Eu não sou muito bom em atravessar coisas nos sonhos. Percebi que não tenho dificuldade pra criar algo do nada, mas, se eu tento atravessar uma parede ou o teto é quase certo que vou ficar preso pela metade suspeito .

Mas eu fico animado para  testar essa técnica por isso mesmo. A técnica por facilitar o domínio do sonho e isso seria de muita ajuda pra muita gente principalmente os novos (que eu me incluo), então em que puder ajudar eu vou ver esforçar. Agora é só esperar o subconsciente cooperar comigo também hehehe.

Atravessar a parede de lado é mais fácil do que de frente. Você pode também riscar com o dedo na parede, criando uma fissura e então passar por ela. O mais importante: não demonstre receio na fora que for atravessar. Se você pensar que não vai dar certo, realmente não dará.

Yo Königin, realmente o Cat me trouxe algumas mudanças, eu consegui ter um sonho lúcido, mas também a minha insônia misturado ao fato de ter de acordar bem cedo acabou me deixando mais cansado pelo resto do dia e isso se seguiu por vários dias, talvez eu espere minhas férias chegar para tentar usar ele de novo, por enquanto vou estudar outra Técnica que me ajude também.

Aaa e valeu pelo conselho, vou tentar usar a fissura da próxima vez. Tem um relato no meu diário lúcido (eu acho, to falando sem nem conferir), em que eu tento atravessar o teto e fico preso. Isso já aconteceu em outros dos meus sonhos que eu fiquei lúcido e fiquei preso em algo, mas acho que é porque em certo momento eu não confiei que iria passar, por isso seu conselho já ajudou um bocadinho xD.
avatar
Mensagens : 1273
Pontos : 3186
Honra : 657
Data de inscrição : 06/07/2015
Localização : Alemanha
Sonhos Lúcidos :
222 / 999222 / 999
Sonhos Comuns :
999 / 999999 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos do Pyros

em Seg Maio 23, 2016 4:53 pm
Pyros:

Pyros escreveu:
Königin escreveu:
Pyros escreveu:Eu estou sonhando pouco ultimamente, na verdade acho que lembrando pouco do que sonho é o termo mais correto. Vou começar o método CAT esta noite, espero que daqui a 1 semana possa começar a experimentar os resultados.
Olá, Pyros.Como foi o seu experimento com o método CAT?
Eu experimentei o método CAT e ele me ajudou a ter muitos sonhos lúcidos. E para me ajudar , eu usei aquele aplicativo Avoken. Eu o programei para sinalizar a cada 2 ou 3 minutos e eu fazia um RC. Funcionou muito bem nos primeiros dias. Porém, o método foi muito desgastante e quando estava no quarto dia do experimento, passei a ter distúrbios do sono. Eu não conseguia dormir e consequentemente, ficava sonolenta o dia inteiro. Meu humor mudou. Fiquei muito mal-humorada e passei a ter dor estômago. Nao houve outra solução a nao ser abandonar o método e dormir durante uma semana sem pensar no tema sonho lúcido. Tudo voltou ao normal depois. sono

Pyros escreveu:Eu não sou muito bom em atravessar coisas nos sonhos. Percebi que não tenho dificuldade pra criar algo do nada, mas, se eu tento atravessar uma parede ou o teto é quase certo que vou ficar preso pela metade suspeito .

Mas eu fico animado para  testar essa técnica por isso mesmo. A técnica por facilitar o domínio do sonho e isso seria de muita ajuda pra muita gente principalmente os novos (que eu me incluo), então em que puder ajudar eu vou ver esforçar. Agora é só esperar o subconsciente cooperar comigo também hehehe.

Atravessar a parede de lado é mais fácil do que de frente. Você pode também riscar com o dedo na parede, criando uma fissura e então passar por ela. O mais importante: não demonstre receio na fora que for atravessar. Se você pensar que não vai dar certo, realmente não dará.

Yo Königin, realmente o Cat me trouxe algumas mudanças, eu consegui ter um sonho lúcido, mas também a minha insônia misturado ao fato de ter de acordar bem cedo acabou me deixando mais cansado pelo resto do dia e isso se seguiu por vários dias, talvez eu espere minhas férias chegar para tentar usar ele de novo, por enquanto vou estudar outra Técnica que me ajude também.

Aaa e valeu pelo conselho, vou tentar usar a fissura da próxima vez. Tem um relato no meu diário lúcido (eu acho, to falando sem nem conferir), em que eu tento atravessar o teto e fico preso. Isso já aconteceu em outros dos meus sonhos que eu fiquei lúcido e fiquei preso em algo, mas acho que é porque em certo momento eu não confiei que iria passar, por isso seu conselho já ajudou um bocadinho xD.

A insegurança atrapalha. Eu não tenho dificuldades para atravessar paredes, mas de vez em quando, falho. Já dei de cara na parede várias vezes, porque no momento que eu me aproximava da parede, eu ficava insegura e pensava "acho não vai dar certo". nao3  gargalhada
avatar
Mensagens : 386
Pontos : 1443
Honra : 199
Data de inscrição : 04/03/2016
Idade : 20
Localização : Brasil
Sonhos Lúcidos :
29 / 99929 / 999
Sonhos Comuns :
999 / 999999 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos do Pyros

em Seg Maio 23, 2016 6:01 pm
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
Königin escreveu:
Pyros:

Pyros escreveu:
Königin escreveu:
Pyros escreveu:Eu estou sonhando pouco ultimamente, na verdade acho que lembrando pouco do que sonho é o termo mais correto. Vou começar o método CAT esta noite, espero que daqui a 1 semana possa começar a experimentar os resultados.
Olá, Pyros.Como foi o seu experimento com o método CAT?
Eu experimentei o método CAT e ele me ajudou a ter muitos sonhos lúcidos. E para me ajudar , eu usei aquele aplicativo Avoken. Eu o programei para sinalizar a cada 2 ou 3 minutos e eu fazia um RC. Funcionou muito bem nos primeiros dias. Porém, o método foi muito desgastante e quando estava no quarto dia do experimento, passei a ter distúrbios do sono. Eu não conseguia dormir e consequentemente, ficava sonolenta o dia inteiro. Meu humor mudou. Fiquei muito mal-humorada e passei a ter dor estômago. Nao houve outra solução a nao ser abandonar o método e dormir durante uma semana sem pensar no tema sonho lúcido. Tudo voltou ao normal depois. sono

Pyros escreveu:Eu não sou muito bom em atravessar coisas nos sonhos. Percebi que não tenho dificuldade pra criar algo do nada, mas, se eu tento atravessar uma parede ou o teto é quase certo que vou ficar preso pela metade suspeito .

Mas eu fico animado para  testar essa técnica por isso mesmo. A técnica por facilitar o domínio do sonho e isso seria de muita ajuda pra muita gente principalmente os novos (que eu me incluo), então em que puder ajudar eu vou ver esforçar. Agora é só esperar o subconsciente cooperar comigo também hehehe.

Atravessar a parede de lado é mais fácil do que de frente. Você pode também riscar com o dedo na parede, criando uma fissura e então passar por ela. O mais importante: não demonstre receio na fora que for atravessar. Se você pensar que não vai dar certo, realmente não dará.

Yo Königin, realmente o Cat me trouxe algumas mudanças, eu consegui ter um sonho lúcido, mas também a minha insônia misturado ao fato de ter de acordar bem cedo acabou me deixando mais cansado pelo resto do dia e isso se seguiu por vários dias, talvez eu espere minhas férias chegar para tentar usar ele de novo, por enquanto vou estudar outra Técnica que me ajude também.

Aaa e valeu pelo conselho, vou tentar usar a fissura da próxima vez. Tem um relato no meu diário lúcido (eu acho, to falando sem nem conferir), em que eu tento atravessar o teto e fico preso. Isso já aconteceu em outros dos meus sonhos que eu fiquei lúcido e fiquei preso em algo, mas acho que é porque em certo momento eu não confiei que iria passar, por isso seu conselho já ajudou um bocadinho xD.

A insegurança atrapalha. Eu não tenho dificuldades para atravessar paredes, mas de vez em quando, falho. Já dei de cara na parede várias vezes, porque no momento que eu me aproximava da parede, eu ficava insegura e pensava "acho não vai dar certo". nao3  gargalhada

gargalhada É por isso que quando consigo uso o Rasengan pra derrubar a parede com tudo junto lol

avatar
Mensagens : 2531
Pontos : 5551
Honra : 1043
Data de inscrição : 12/06/2013
Localização : Bahia
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos do Pyros

em Seg Maio 23, 2016 11:13 pm
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
Königin, eu também já dei cara em muitas paredes nos meus sonhos. Até aprender a passar a mao na parede primeiro, antes de já enfiar a cara na parede. Kkkkk

Pyros, a técnica que eu uso pra atravessar paredes nos sonhos é a seguinte:

1 - Primeiro passo a mão na parede, pra ver se a minha mão atravessa
2 - Se minha mão atravessar, vou com tudo e atravesso meu corpo inteiro


Detalhe: Quando estou atravessando a parede, não penso na parede que estou atravessando. Eu só penso na cena que eu espero ver do outro lado da parede. Por exemplo: Se no sonho lúcido estou na cozinha da minha casa e sei o que tem atrás de cada parede da minha cozinha, já visualizo a cena que vou ver atrás da parede. Não penso muito na parede que estou atravessando, penso mais no que vou ver do outro lado da parede. Entendeu? Isso me ajuda a evitar que eu fique preso na parede ou vá parar em algum lugar aleátorio ou indesejado no sonho.

E se no sonho lúcido estou num ambiente totalmente desconhecido, aplico a técnica de passar a mao na parede. Se minha mão atravessar a parede, vou com tudo e atravesso a parede. E seja o que o meu subconsciente quiser. gargalhada
avatar
Mensagens : 386
Pontos : 1443
Honra : 199
Data de inscrição : 04/03/2016
Idade : 20
Localização : Brasil
Sonhos Lúcidos :
29 / 99929 / 999
Sonhos Comuns :
999 / 999999 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos do Pyros

em Ter Maio 24, 2016 8:37 am
Ramon escreveu:Königin, eu também já dei cara em muitas paredes nos meus sonhos. Até aprender a passar a mao na parede primeiro, antes de já enfiar a cara na parede. Kkkkk

Pyros, a técnica que eu uso pra atravessar paredes nos sonhos é a seguinte:

1 - Primeiro passo a mão na parede, pra ver se a minha mão atravessa
2 - Se minha mão atravessar, vou com tudo e atravesso meu corpo inteiro


Detalhe: Quando estou atravessando a parede, não penso na parede que estou atravessando. Eu só penso na cena que eu espero ver do outro lado da parede. Por exemplo: Se no sonho lúcido estou na cozinha da minha casa e sei o que tem atrás de cada parede da minha cozinha, já visualizo a cena que vou ver atrás da parede. Não penso muito na parede que estou atravessando, penso mais no que vou ver do outro lado da parede. Entendeu? Isso me ajuda a evitar que eu fique preso na parede ou vá parar em algum lugar aleátorio ou indesejado no sonho.

E se no sonho lúcido estou num ambiente totalmente desconhecido, aplico a técnica de passar a mao na parede. Se minha mão atravessar a parede, vou com tudo e atravesso a parede. E seja o que o meu subconsciente quiser. gargalhada

viva Vlwo o conselho Ramon, com vocês me ajudando não vou mais precisar derrubar paredes de minha casa onírica. Vai que ela fica pra sempre assim !? kkkkkk

Aliás ultimamente eu estou focando em conversar com os personagens de meus sonhos e descobrir o porque meu avô estava aparecendo em meus sonhos e do nada desapareceu. Mas no meu ultimo relato lúcido, parece que eles não estão muito afim de me ajudar não suspeito
avatar
Mensagens : 1273
Pontos : 3186
Honra : 657
Data de inscrição : 06/07/2015
Localização : Alemanha
Sonhos Lúcidos :
222 / 999222 / 999
Sonhos Comuns :
999 / 999999 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos do Pyros

em Ter Maio 24, 2016 5:37 pm
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
Pyros escreveu:gargalhada É por isso que quando consigo uso o Rasengan pra derrubar a parede com tudo junto lol

Eu preciso experimentar o Rasegan. A um tempo atrás, eu acompanhei a série One Punch Man e durante um sonho, eu me inspirei no Saitama e dei um soco numa parede. Derrubei a parede e o sonho... gargalhada

Ramon escreveu:Königin, eu também já dei cara em muitas paredes nos meus sonhos. Até aprender a passar a mao na parede primeiro, antes de já enfiar a cara na parede. Kkkkk

É Ramon, a experiência de cada um de nós demonstra que costumamos aprender muito mais pela dor do que pelo amor. gargalhada gargalhada
Vou seguir seu conselho. certo

avatar
Mensagens : 386
Pontos : 1443
Honra : 199
Data de inscrição : 04/03/2016
Idade : 20
Localização : Brasil
Sonhos Lúcidos :
29 / 99929 / 999
Sonhos Comuns :
999 / 999999 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos do Pyros

em Qui Maio 26, 2016 10:05 pm
Königin escreveu:
Pyros escreveu:gargalhada É por isso que quando consigo uso o Rasengan pra derrubar a parede com tudo junto lol

Eu preciso experimentar o Rasegan. A um tempo atrás, eu acompanhei a série One Punch Man e durante um sonho, eu me inspirei no Saitama e dei um soco numa parede. Derrubei a parede e o sonho...  gargalhada

Ramon escreveu:Königin, eu também já dei cara em muitas paredes nos meus sonhos. Até aprender a passar a mao na parede primeiro, antes de já enfiar a cara na parede. Kkkkk

É Ramon, a experiência de cada um de nós demonstra que costumamos aprender muito mais pela dor do que pelo amor.  gargalhada  gargalhada
Vou seguir seu conselho. certo


Experimente mesmo Königin, agora sabe de uma coisa? Eu percebi que ele também se modifica caso você não confie nele. Acho que já contei esse relato, mas uma vez tentei fazer ele pra perfurar o teto da minha casa, mas não acreditei que conseguiria e como resultado ele apenas ficou empurrando o teto de casa como se esse fosse feito de borracha, mas ele foi bem fraquinho comparado a outros que eu já fiz olhos girando
avatar
Mensagens : 2531
Pontos : 5551
Honra : 1043
Data de inscrição : 12/06/2013
Localização : Bahia
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos do Pyros

em Qui Maio 26, 2016 10:53 pm
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
Pyros escreveu:
viva Vlwo o conselho Ramon, com vocês me ajudando não vou mais precisar derrubar paredes de minha casa onírica. Vai que ela fica pra sempre assim !? kkkkkk

Aliás ultimamente eu estou focando em conversar com os personagens de meus sonhos e descobrir o porque meu avô estava aparecendo em meus sonhos e do nada desapareceu. Mas no meu ultimo relato lúcido, parece que eles não estão muito afim de me ajudar suspeito
Os personagens oníricos que povoam os sonhos, às vezes, tendem a ter comportamentos estranhos. Mas, se você tiver uma oportunidade de ficar lúcido e sonhar com o seu avô, converse com ele e observe como ele vai reagir. Aposto que ele vai te surpreender. certo

Königin escreveu:
Ramon, a experiência de cada um de nós demonstra que costumamos aprender muito mais pela dor do que pelo amor. gargalhada gargalhada
Vou seguir seu conselho. certo
É verdade, Königin. Kkkk Eu mesmo tenho aprendido muito mais pela dor. gargalhada


avatar
Mensagens : 386
Pontos : 1443
Honra : 199
Data de inscrição : 04/03/2016
Idade : 20
Localização : Brasil
Sonhos Lúcidos :
29 / 99929 / 999
Sonhos Comuns :
999 / 999999 / 999
Ver perfil do usuário

Perseguindo fantasmas e assassinos

em Seg Jun 06, 2016 4:17 pm
Reputação da mensagem: 100% (2 votos)
Eu não tive aula hoje, além disso estava com o sono "atrasado" então decidi dormir para ver no que ia dar.

Eu tive alguns sonhos antes, mas relatarei este aqui. Eu estava em uma ilha com várias pessoas, que por acaso eram incrivelmente brancas, tão brancas que nem pareciam ser humanas. Era noite e estávamos do lado de fora de uma casinha de madeira meio sinistra.



Bom, elas estavam falando sobre um assassino que estava atacando as redondezas e que ele tinha algum dom sobrenatural. Eu não sei por que motivo, peguei uma espada e tentei transpassar uma pessoa com ela, na tentativa de que ela fosse a assassina, mas na realidade a espada simplesmente passou por ela e nada aconteceu, como se a pessoa fosse feita de fumaça.
Eu fiquei surpreso e saí fazendo isso em todas as pessoas, mas o mesmo acontecia com todas elas. Nesse momento uma delas disse que todas estavam mortas, inclusive o assassino que as matou. Hora todas ficaram surpresas, mas eu fiquei com raiva... como poderia matar quem já estava morto? (o assassino) Foi aí, não sei porque motivo que alguém pegou um frasco de perfume assoprou nela e me deu, o frasco que tinha um formato de uma rosa acabou se transformando em uma flor de verdade. A pessoa que me deu que também não era uma pessoa "viva" disse que com aquilo eu poderia reviver o assassino e fazer justiça (!?).
Munido com o frasco me pus no encalço do maldito assassino que correu para uma floresta que havia sido incendiada. Essa parte foi estranha, a perseguição se transformou em um jogo de 8 bits (Tipo Super Mario Bros) e eu a via como se estivesse jogando o jogo. Movia o personagem atrás do assassino e quando cheguei até ele o matei com uma espada, como se fosse um jogo ainda.
No mesmo momento eu volto ao meu eu que estava no jogo, as coisas já não estavam mais em 8 bits, o visual ainda era o mesmo, a floresta pós-incendiada, mas havíamos chegado a um local perto do mar. O céu era escuro cheio de fumaça e o mar também parecia ter sua água toda intoxicada. Minha mãe e tia apareceram nesse momento e começaram a falar algumas coisas. Foi nesse momento que eu acordei.
avatar
Mensagens : 1273
Pontos : 3186
Honra : 657
Data de inscrição : 06/07/2015
Localização : Alemanha
Sonhos Lúcidos :
222 / 999222 / 999
Sonhos Comuns :
999 / 999999 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos do Pyros

em Sab Jun 11, 2016 4:09 pm
Pyro:

Pyros escreveu:Eu não tive aula hoje, além disso estava com o sono "atrasado" então decidi dormir para ver no que ia dar.

Eu tive alguns sonhos antes, mas relatarei este aqui. Eu estava em uma ilha com várias pessoas, que por acaso eram incrivelmente brancas, tão brancas que nem pareciam ser humanas. Era noite e estávamos do lado de fora de uma casinha de madeira meio sinistra.



Bom, elas estavam falando sobre um assassino que estava atacando as redondezas e que ele tinha algum dom sobrenatural. Eu não sei por que motivo, peguei uma espada e tentei transpassar uma pessoa com ela, na tentativa de que ela fosse a assassina, mas na realidade a espada simplesmente passou por ela e nada aconteceu, como se a pessoa fosse feita de fumaça.
Eu fiquei surpreso e saí fazendo isso em todas as pessoas, mas o mesmo acontecia com todas elas. Nesse momento uma delas disse que todas estavam mortas, inclusive o assassino que as matou. Hora todas ficaram surpresas, mas eu fiquei com raiva... como poderia matar quem já estava morto? (o assassino) Foi aí, não sei porque motivo que alguém pegou um frasco de perfume assoprou nela e me deu, o frasco que tinha um formato de uma rosa acabou se transformando em uma flor de verdade. A pessoa que me deu que também não era uma pessoa "viva" disse que com aquilo eu poderia reviver o assassino e fazer justiça (!?).
Munido com o frasco me pus no encalço do maldito assassino que correu para uma floresta que havia sido incendiada. Essa parte foi estranha, a perseguição se transformou em um jogo de 8 bits (Tipo Super Mario Bros) e eu a via como se estivesse jogando o jogo. Movia o personagem atrás do assassino e quando cheguei até ele o matei com uma espada, como se fosse um jogo ainda.
No mesmo momento eu volto ao meu eu que estava no jogo, as coisas já não estavam mais em 8 bits, o visual ainda era o mesmo, a floresta pós-incendiada, mas havíamos chegado a um local perto do mar. O céu era escuro cheio de fumaça e o mar também parecia ter sua água toda intoxicada. Minha mãe e tia apareceram nesse momento e começaram a falar algumas coisas. Foi nesse momento que eu acordei.
Gostei do frasco de perfume, que ressuscita pessoas mortas. Deram para você uma chance de ir atrás do fantasma do assassino e para trazê-lo de volta e fazer justiça. dança
avatar
Mensagens : 386
Pontos : 1443
Honra : 199
Data de inscrição : 04/03/2016
Idade : 20
Localização : Brasil
Sonhos Lúcidos :
29 / 99929 / 999
Sonhos Comuns :
999 / 999999 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos do Pyros

em Dom Jun 12, 2016 3:50 pm
Königin escreveu:
Pyro:

Pyros escreveu:Eu não tive aula hoje, além disso estava com o sono "atrasado" então decidi dormir para ver no que ia dar.

Eu tive alguns sonhos antes, mas relatarei este aqui. Eu estava em uma ilha com várias pessoas, que por acaso eram incrivelmente brancas, tão brancas que nem pareciam ser humanas. Era noite e estávamos do lado de fora de uma casinha de madeira meio sinistra.



Bom, elas estavam falando sobre um assassino que estava atacando as redondezas e que ele tinha algum dom sobrenatural. Eu não sei por que motivo, peguei uma espada e tentei transpassar uma pessoa com ela, na tentativa de que ela fosse a assassina, mas na realidade a espada simplesmente passou por ela e nada aconteceu, como se a pessoa fosse feita de fumaça.
Eu fiquei surpreso e saí fazendo isso em todas as pessoas, mas o mesmo acontecia com todas elas. Nesse momento uma delas disse que todas estavam mortas, inclusive o assassino que as matou. Hora todas ficaram surpresas, mas eu fiquei com raiva... como poderia matar quem já estava morto? (o assassino) Foi aí, não sei porque motivo que alguém pegou um frasco de perfume assoprou nela e me deu, o frasco que tinha um formato de uma rosa acabou se transformando em uma flor de verdade. A pessoa que me deu que também não era uma pessoa "viva" disse que com aquilo eu poderia reviver o assassino e fazer justiça (!?).
Munido com o frasco me pus no encalço do maldito assassino que correu para uma floresta que havia sido incendiada. Essa parte foi estranha, a perseguição se transformou em um jogo de 8 bits (Tipo Super Mario Bros) e eu a via como se estivesse jogando o jogo. Movia o personagem atrás do assassino e quando cheguei até ele o matei com uma espada, como se fosse um jogo ainda.
No mesmo momento eu volto ao meu eu que estava no jogo, as coisas já não estavam mais em 8 bits, o visual ainda era o mesmo, a floresta pós-incendiada, mas havíamos chegado a um local perto do mar. O céu era escuro cheio de fumaça e o mar também parecia ter sua água toda intoxicada. Minha mãe e tia apareceram nesse momento e começaram a falar algumas coisas. Foi nesse momento que eu acordei.
Gostei do frasco de perfume, que ressuscita pessoas mortas. Deram para você uma chance de ir atrás do fantasma do assassino e para trazê-lo de volta e fazer justiça. dança

Meio doido a ideia, mas eu gostei também. Talvez tente usar ele pra encontrar o meu avô onírico. Se ele não estiver por aí perdido, já sei que pelo menos meu subconsciente criou algo pra ressuscitar pessoas lol
avatar
Mensagens : 2531
Pontos : 5551
Honra : 1043
Data de inscrição : 12/06/2013
Localização : Bahia
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos do Pyros

em Dom Jun 12, 2016 9:26 pm
Pyros escreveu :
Pyros escreveu:Eu não tive aula hoje, além disso estava com o sono "atrasado" então decidi dormir para ver no que ia dar.

Eu tive alguns sonhos antes, mas relatarei este aqui. Eu estava em uma ilha com várias pessoas, que por acaso eram incrivelmente brancas, tão brancas que nem pareciam ser humanas. Era noite e estávamos do lado de fora de uma casinha de madeira meio sinistra.



Bom, elas estavam falando sobre um assassino que estava atacando as redondezas e que ele tinha algum dom sobrenatural. Eu não sei por que motivo, peguei uma espada e tentei transpassar uma pessoa com ela, na tentativa de que ela fosse a assassina, mas na realidade a espada simplesmente passou por ela e nada aconteceu, como se a pessoa fosse feita de fumaça.
Eu fiquei surpreso e saí fazendo isso em todas as pessoas, mas o mesmo acontecia com todas elas. Nesse momento uma delas disse que todas estavam mortas, inclusive o assassino que as matou. Hora todas ficaram surpresas, mas eu fiquei com raiva... como poderia matar quem já estava morto? (o assassino) Foi aí, não sei porque motivo que alguém pegou um frasco de perfume assoprou nela e me deu, o frasco que tinha um formato de uma rosa acabou se transformando em uma flor de verdade. A pessoa que me deu que também não era uma pessoa "viva" disse que com aquilo eu poderia reviver o assassino e fazer justiça (!?).
Munido com o frasco me pus no encalço do maldito assassino que correu para uma floresta que havia sido incendiada. Essa parte foi estranha, a perseguição se transformou em um jogo de 8 bits (Tipo Super Mario Bros) e eu a via como se estivesse jogando o jogo. Movia o personagem atrás do assassino e quando cheguei até ele o matei com uma espada, como se fosse um jogo ainda.
No mesmo momento eu volto ao meu eu que estava no jogo, as coisas já não estavam mais em 8 bits, o visual ainda era o mesmo, a floresta pós-incendiada, mas havíamos chegado a um local perto do mar. O céu era escuro cheio de fumaça e o mar também parecia ter sua água toda intoxicada. Minha mãe e tia apareceram nesse momento e começaram a falar algumas coisas. Foi nesse momento que eu acordei.
Oi, Pyros!

Tudo na paz?

Você não vai muito no meu diário. Mas, nem por isso vou deixar de vir aqui. Eu gosto de acompanhar seus relatos.  certo

Essa batalha no estilo de jogos de 8 bits no sonho, deve ter sido uma viagem psicodélica. Fiquei imaginando a cena. E teve aquelas musiquinhas de jogo como trilha sonora?  gargalhada
avatar
Mensagens : 386
Pontos : 1443
Honra : 199
Data de inscrição : 04/03/2016
Idade : 20
Localização : Brasil
Sonhos Lúcidos :
29 / 99929 / 999
Sonhos Comuns :
999 / 999999 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos do Pyros

em Ter Jun 14, 2016 8:52 am
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
Ramon escreveu:
Pyros escreveu :

Pyros escreveu:Eu não tive aula hoje, além disso estava com o sono "atrasado" então decidi dormir para ver no que ia dar.

Eu tive alguns sonhos antes, mas relatarei este aqui. Eu estava em uma ilha com várias pessoas, que por acaso eram incrivelmente brancas, tão brancas que nem pareciam ser humanas. Era noite e estávamos do lado de fora de uma casinha de madeira meio sinistra.



Bom, elas estavam falando sobre um assassino que estava atacando as redondezas e que ele tinha algum dom sobrenatural. Eu não sei por que motivo, peguei uma espada e tentei transpassar uma pessoa com ela, na tentativa de que ela fosse a assassina, mas na realidade a espada simplesmente passou por ela e nada aconteceu, como se a pessoa fosse feita de fumaça.
Eu fiquei surpreso e saí fazendo isso em todas as pessoas, mas o mesmo acontecia com todas elas. Nesse momento uma delas disse que todas estavam mortas, inclusive o assassino que as matou. Hora todas ficaram surpresas, mas eu fiquei com raiva... como poderia matar quem já estava morto? (o assassino) Foi aí, não sei porque motivo que alguém pegou um frasco de perfume assoprou nela e me deu, o frasco que tinha um formato de uma rosa acabou se transformando em uma flor de verdade. A pessoa que me deu que também não era uma pessoa "viva" disse que com aquilo eu poderia reviver o assassino e fazer justiça (!?).
Munido com o frasco me pus no encalço do maldito assassino que correu para uma floresta que havia sido incendiada. Essa parte foi estranha, a perseguição se transformou em um jogo de 8 bits (Tipo Super Mario Bros) e eu a via como se estivesse jogando o jogo. Movia o personagem atrás do assassino e quando cheguei até ele o matei com uma espada, como se fosse um jogo ainda.
No mesmo momento eu volto ao meu eu que estava no jogo, as coisas já não estavam mais em 8 bits, o visual ainda era o mesmo, a floresta pós-incendiada, mas havíamos chegado a um local perto do mar. O céu era escuro cheio de fumaça e o mar também parecia ter sua água toda intoxicada. Minha mãe e tia apareceram nesse momento e começaram a falar algumas coisas. Foi nesse momento que eu acordei.
Oi, Pyros!

Tudo na paz?

Você não vai muito no meu diário. Mas, nem por isso vou deixar de vir aqui. Eu gosto de acompanhar seus relatos.  certo

Essa batalha no estilo de jogos de 8 bits no sonho, deve ter sido uma viagem psicodélica. Fiquei imaginando a cena. E teve aquelas musiquinhas de jogo como trilha sonora?  gargalhada

Ramon, tudo em paz xD

Olha, eu realmente não fui muito no seu diário não-lúcido, embora no lúcido eu já li uma boa quantidade. Mas por favor, não pense que é descaso meu ou que eu não goste dele, é que esses tempos estão muito difíceis para min, estou no ultimo mês do meu curso, daí é aquela correria pra resolver projeto e tem as provas.... em suma, uma correria. Eu já sou um pouquiiiinho preguiçoso, então ficou um pouco difícil de ler os diários ultimamente. Por isso quando eu entro no fórum, eu olho só alí o que aparece em últimos assunto e leio a ultima mensagem mesmo.

Maaaas, depois que esse furdunço passar, com certeza quero visitar a maioria dos diários daqui por completo. Quando eu lia os relatos antigos e depois lia os mais novos eu via uma evolução interessante no onironauta, aliás que espero alcançar um dia viva

A propósito rapaz, sobre o sonho você disse bem, teve uma musica sim. Eu fiquei procurando pela internet pra ver se acho, foi a trilha sonora de um jogo que eu jogava a um tempão, aliás que a trilha sonora me cativou muito. Erra essa :
avatar
Mensagens : 2531
Pontos : 5551
Honra : 1043
Data de inscrição : 12/06/2013
Localização : Bahia
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos do Pyros

em Qui Jun 16, 2016 3:35 pm
Pyros escreveu:

Pyros escreveu:
Ramon escreveu:
Pyros escreveu :

Pyros escreveu:Eu não tive aula hoje, além disso estava com o sono "atrasado" então decidi dormir para ver no que ia dar.

Eu tive alguns sonhos antes, mas relatarei este aqui. Eu estava em uma ilha com várias pessoas, que por acaso eram incrivelmente brancas, tão brancas que nem pareciam ser humanas. Era noite e estávamos do lado de fora de uma casinha de madeira meio sinistra.



Bom, elas estavam falando sobre um assassino que estava atacando as redondezas e que ele tinha algum dom sobrenatural. Eu não sei por que motivo, peguei uma espada e tentei transpassar uma pessoa com ela, na tentativa de que ela fosse a assassina, mas na realidade a espada simplesmente passou por ela e nada aconteceu, como se a pessoa fosse feita de fumaça.
Eu fiquei surpreso e saí fazendo isso em todas as pessoas, mas o mesmo acontecia com todas elas. Nesse momento uma delas disse que todas estavam mortas, inclusive o assassino que as matou. Hora todas ficaram surpresas, mas eu fiquei com raiva... como poderia matar quem já estava morto? (o assassino) Foi aí, não sei porque motivo que alguém pegou um frasco de perfume assoprou nela e me deu, o frasco que tinha um formato de uma rosa acabou se transformando em uma flor de verdade. A pessoa que me deu que também não era uma pessoa "viva" disse que com aquilo eu poderia reviver o assassino e fazer justiça (!?).
Munido com o frasco me pus no encalço do maldito assassino que correu para uma floresta que havia sido incendiada. Essa parte foi estranha, a perseguição se transformou em um jogo de 8 bits (Tipo Super Mario Bros) e eu a via como se estivesse jogando o jogo. Movia o personagem atrás do assassino e quando cheguei até ele o matei com uma espada, como se fosse um jogo ainda.
No mesmo momento eu volto ao meu eu que estava no jogo, as coisas já não estavam mais em 8 bits, o visual ainda era o mesmo, a floresta pós-incendiada, mas havíamos chegado a um local perto do mar. O céu era escuro cheio de fumaça e o mar também parecia ter sua água toda intoxicada. Minha mãe e tia apareceram nesse momento e começaram a falar algumas coisas. Foi nesse momento que eu acordei.
Oi, Pyros!

Tudo na paz?

Você não vai muito no meu diário. Mas, nem por isso vou deixar de vir aqui. Eu gosto de acompanhar seus relatos.  certo

Essa batalha no estilo de jogos de 8 bits no sonho, deve ter sido uma viagem psicodélica. Fiquei imaginando a cena. E teve aquelas musiquinhas de jogo como trilha sonora?  gargalhada

Ramon, tudo em paz xD

Olha, eu realmente não fui muito no seu diário não-lúcido, embora no lúcido eu já li uma boa quantidade. Mas por favor, não pense que é descaso meu ou que eu não goste dele, é que esses tempos estão muito difíceis para min, estou no ultimo mês do meu curso, daí é aquela correria pra resolver projeto e tem as provas.... em suma, uma correria. Eu já sou um pouquiiiinho preguiçoso, então ficou um pouco difícil de ler os diários ultimamente. Por isso quando eu entro no fórum, eu olho só alí o que aparece em últimos assunto e leio a ultima mensagem mesmo.

Maaaas, depois que esse furdunço passar, com certeza quero visitar a maioria dos diários daqui por completo. Quando eu lia os relatos antigos e depois lia os mais novos eu via uma evolução interessante no onironauta, aliás que espero alcançar um dia viva

A propósito rapaz, sobre o sonho você disse bem, teve uma musica sim. Eu fiquei procurando pela internet pra ver se acho, foi a trilha sonora de um jogo que eu jogava a um tempão, aliás que a trilha sonora me cativou muito. Erra essa :
Essas musiquinhas de jogos são bem bonitinhas e cativantes mesmo. E essa música é a trilha sonora perfeita pro sonho que você teve.

Pyros, tem muita gente no fórum, que por causa da faculdade, nem participa mais do fórum. Você, pelo menos, está marcando presença no fórum. É isso é o que importa.  certo

Não tenho postado muitos relatos ultimamente. Mas, já te disse o volto a repetir, quando você quiser aparecer lá no meu diário, você é muito bem vindo.  brindar
avatar
Mensagens : 386
Pontos : 1443
Honra : 199
Data de inscrição : 04/03/2016
Idade : 20
Localização : Brasil
Sonhos Lúcidos :
29 / 99929 / 999
Sonhos Comuns :
999 / 999999 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos do Pyros

em Qui Jun 16, 2016 8:21 pm
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
Ramon escreveu:
Pyros escreveu:

Pyros escreveu:
Ramon escreveu:
Pyros escreveu :

Pyros escreveu:Eu não tive aula hoje, além disso estava com o sono "atrasado" então decidi dormir para ver no que ia dar.

Eu tive alguns sonhos antes, mas relatarei este aqui. Eu estava em uma ilha com várias pessoas, que por acaso eram incrivelmente brancas, tão brancas que nem pareciam ser humanas. Era noite e estávamos do lado de fora de uma casinha de madeira meio sinistra.



Bom, elas estavam falando sobre um assassino que estava atacando as redondezas e que ele tinha algum dom sobrenatural. Eu não sei por que motivo, peguei uma espada e tentei transpassar uma pessoa com ela, na tentativa de que ela fosse a assassina, mas na realidade a espada simplesmente passou por ela e nada aconteceu, como se a pessoa fosse feita de fumaça.
Eu fiquei surpreso e saí fazendo isso em todas as pessoas, mas o mesmo acontecia com todas elas. Nesse momento uma delas disse que todas estavam mortas, inclusive o assassino que as matou. Hora todas ficaram surpresas, mas eu fiquei com raiva... como poderia matar quem já estava morto? (o assassino) Foi aí, não sei porque motivo que alguém pegou um frasco de perfume assoprou nela e me deu, o frasco que tinha um formato de uma rosa acabou se transformando em uma flor de verdade. A pessoa que me deu que também não era uma pessoa "viva" disse que com aquilo eu poderia reviver o assassino e fazer justiça (!?).
Munido com o frasco me pus no encalço do maldito assassino que correu para uma floresta que havia sido incendiada. Essa parte foi estranha, a perseguição se transformou em um jogo de 8 bits (Tipo Super Mario Bros) e eu a via como se estivesse jogando o jogo. Movia o personagem atrás do assassino e quando cheguei até ele o matei com uma espada, como se fosse um jogo ainda.
No mesmo momento eu volto ao meu eu que estava no jogo, as coisas já não estavam mais em 8 bits, o visual ainda era o mesmo, a floresta pós-incendiada, mas havíamos chegado a um local perto do mar. O céu era escuro cheio de fumaça e o mar também parecia ter sua água toda intoxicada. Minha mãe e tia apareceram nesse momento e começaram a falar algumas coisas. Foi nesse momento que eu acordei.
Oi, Pyros!

Tudo na paz?

Você não vai muito no meu diário. Mas, nem por isso vou deixar de vir aqui. Eu gosto de acompanhar seus relatos.  certo

Essa batalha no estilo de jogos de 8 bits no sonho, deve ter sido uma viagem psicodélica. Fiquei imaginando a cena. E teve aquelas musiquinhas de jogo como trilha sonora?  gargalhada

Ramon, tudo em paz xD

Olha, eu realmente não fui muito no seu diário não-lúcido, embora no lúcido eu já li uma boa quantidade. Mas por favor, não pense que é descaso meu ou que eu não goste dele, é que esses tempos estão muito difíceis para min, estou no ultimo mês do meu curso, daí é aquela correria pra resolver projeto e tem as provas.... em suma, uma correria. Eu já sou um pouquiiiinho preguiçoso, então ficou um pouco difícil de ler os diários ultimamente. Por isso quando eu entro no fórum, eu olho só alí o que aparece em últimos assunto e leio a ultima mensagem mesmo.

Maaaas, depois que esse furdunço passar, com certeza quero visitar a maioria dos diários daqui por completo. Quando eu lia os relatos antigos e depois lia os mais novos eu via uma evolução interessante no onironauta, aliás que espero alcançar um dia viva

A propósito rapaz, sobre o sonho você disse bem, teve uma musica sim. Eu fiquei procurando pela internet pra ver se acho, foi a trilha sonora de um jogo que eu jogava a um tempão, aliás que a trilha sonora me cativou muito. Erra essa :
Essas musiquinhas de jogos são bem bonitinhas e cativantes mesmo. E essa música é a trilha sonora perfeita pro sonho que você teve.

Pyros, tem muita gente no fórum, que por causa da faculdade, nem participa mais do fórum. Você, pelo menos, está marcando presença no fórum. É isso é o que importa.  certo

Não tenho postado muitos relatos ultimamente. Mas, já te disse o volto a repetir, quando você quiser aparecer lá no meu diário, você é muito bem vindo.  brindar

Hahaha e sabe o engraçado. Tipo a trilha sonora não tem nada haver com uma pessoa perseguindo um assassino. Mas como o sonho parecia ser em 8bits a cena ficou tão leve que a espadada que dei no cara se resumiu só a eu bater na cabeça dele com a espada... bem como eram os jogos antigos, foi muito engraçado mesmo xD
avatar
Mensagens : 2531
Pontos : 5551
Honra : 1043
Data de inscrição : 12/06/2013
Localização : Bahia
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos do Pyros

em Sab Jun 18, 2016 11:39 pm
Pyros escreveu:
Pyros escreveu:
Ramon escreveu:
Pyros escreveu:

Pyros escreveu:
Ramon escreveu:
Pyros escreveu :

Pyros escreveu:Eu não tive aula hoje, além disso estava com o sono "atrasado" então decidi dormir para ver no que ia dar.

Eu tive alguns sonhos antes, mas relatarei este aqui. Eu estava em uma ilha com várias pessoas, que por acaso eram incrivelmente brancas, tão brancas que nem pareciam ser humanas. Era noite e estávamos do lado de fora de uma casinha de madeira meio sinistra.



Bom, elas estavam falando sobre um assassino que estava atacando as redondezas e que ele tinha algum dom sobrenatural. Eu não sei por que motivo, peguei uma espada e tentei transpassar uma pessoa com ela, na tentativa de que ela fosse a assassina, mas na realidade a espada simplesmente passou por ela e nada aconteceu, como se a pessoa fosse feita de fumaça.
Eu fiquei surpreso e saí fazendo isso em todas as pessoas, mas o mesmo acontecia com todas elas. Nesse momento uma delas disse que todas estavam mortas, inclusive o assassino que as matou. Hora todas ficaram surpresas, mas eu fiquei com raiva... como poderia matar quem já estava morto? (o assassino) Foi aí, não sei porque motivo que alguém pegou um frasco de perfume assoprou nela e me deu, o frasco que tinha um formato de uma rosa acabou se transformando em uma flor de verdade. A pessoa que me deu que também não era uma pessoa "viva" disse que com aquilo eu poderia reviver o assassino e fazer justiça (!?).
Munido com o frasco me pus no encalço do maldito assassino que correu para uma floresta que havia sido incendiada. Essa parte foi estranha, a perseguição se transformou em um jogo de 8 bits (Tipo Super Mario Bros) e eu a via como se estivesse jogando o jogo. Movia o personagem atrás do assassino e quando cheguei até ele o matei com uma espada, como se fosse um jogo ainda.
No mesmo momento eu volto ao meu eu que estava no jogo, as coisas já não estavam mais em 8 bits, o visual ainda era o mesmo, a floresta pós-incendiada, mas havíamos chegado a um local perto do mar. O céu era escuro cheio de fumaça e o mar também parecia ter sua água toda intoxicada. Minha mãe e tia apareceram nesse momento e começaram a falar algumas coisas. Foi nesse momento que eu acordei.
Oi, Pyros!

Tudo na paz?

Você não vai muito no meu diário. Mas, nem por isso vou deixar de vir aqui. Eu gosto de acompanhar seus relatos.  certo

Essa batalha no estilo de jogos de 8 bits no sonho, deve ter sido uma viagem psicodélica. Fiquei imaginando a cena. E teve aquelas musiquinhas de jogo como trilha sonora?  gargalhada

Ramon, tudo em paz xD

Olha, eu realmente não fui muito no seu diário não-lúcido, embora no lúcido eu já li uma boa quantidade. Mas por favor, não pense que é descaso meu ou que eu não goste dele, é que esses tempos estão muito difíceis para min, estou no ultimo mês do meu curso, daí é aquela correria pra resolver projeto e tem as provas.... em suma, uma correria. Eu já sou um pouquiiiinho preguiçoso, então ficou um pouco difícil de ler os diários ultimamente. Por isso quando eu entro no fórum, eu olho só alí o que aparece em últimos assunto e leio a ultima mensagem mesmo.

Maaaas, depois que esse furdunço passar, com certeza quero visitar a maioria dos diários daqui por completo. Quando eu lia os relatos antigos e depois lia os mais novos eu via uma evolução interessante no onironauta, aliás que espero alcançar um dia viva

A propósito rapaz, sobre o sonho você disse bem, teve uma musica sim. Eu fiquei procurando pela internet pra ver se acho, foi a trilha sonora de um jogo que eu jogava a um tempão, aliás que a trilha sonora me cativou muito. Erra essa :
Essas musiquinhas de jogos são bem bonitinhas e cativantes mesmo. E essa música é a trilha sonora perfeita pro sonho que você teve.

Pyros, tem muita gente no fórum, que por causa da faculdade, nem participa mais do fórum. Você, pelo menos, está marcando presença no fórum. É isso é o que importa.  certo

Não tenho postado muitos relatos ultimamente. Mas, já te disse o volto a repetir, quando você quiser aparecer lá no meu diário, você é muito bem vindo.  brindar

Hahaha e sabe o engraçado. Tipo a trilha sonora não tem nada haver com uma pessoa perseguindo um assassino. Mas como o sonho parecia ser em 8bits a cena ficou tão leve que a espadada que dei no cara se resumiu só a eu bater na cabeça dele com a espada... bem como eram os jogos antigos, foi muito engraçado mesmo xD
Quando eu li seu relato, fiquei imaginando dois bonequinhos pexelados e rechonchudos correndo um atrás do outro por um cenário bem colorido de jogo 8bits. E com a musiquinha do vídeo, ficou perfeito. Kkkkk
avatar
Mensagens : 386
Pontos : 1443
Honra : 199
Data de inscrição : 04/03/2016
Idade : 20
Localização : Brasil
Sonhos Lúcidos :
29 / 99929 / 999
Sonhos Comuns :
999 / 999999 / 999
Ver perfil do usuário

A hora dos Zumbis

em Seg Ago 01, 2016 12:53 pm
Galera, eu tinha um relato sobre um sonho em que encontrava uma cidade perdida, sim na maior pegada Indiana Jones. Acontece que por preguiça eu não anotei ele e acabei esquecendo alguns elementos fundamentais da história que faria a leitura de vocês ser mais prazerosa do que um monte de lembranças jogadas ao vento e.e.

Mas para exercitar ou re-exercitar o hábito de escrever meus sonhos, vou deixar aqui um relato de alguns dias atrás que eu anotei em meu diário, acredito que isso vai me ajudar a memorizar melhor meus sonhos novamente, espero que curtam xD
----------------------------------------------------------------------------------------------------------
Bom, eu estava caminhando junto a meu pai em um condomínio de luxo que parecia abandonado. Rodamos vários quarterões até que encontramos uma família colocando apressadamente as coisas que tinham dentro de um carro modelo sedan. Decidi falar com eles, mas quando levantei a mão num gesto de "oi" o marido começou a correr desesperado.

Meu pai olhou para min preocupado e logo percebemos que uma multidão de pessoas zumbis vinham em nossa direção, subimos em um morro e eu gritei bem alto "ACTIVATE!" . Os zumbis pararam de correr e ficaram imóveis, como se fosse uma estátua. Um velhinho magrelo veio andando em nossa direção e me passou um sabão por ficar brincando com de ligar e desligar os zumbis, além disso ele fez um comando e todos começaram a correr em minha direção.

Começamos a correr para um portão que havia no fim daquele condomínio, um zumbi que mais parecia o Usain Bolt chegou bem perto de nós e tentou empurrar meu pai, mas conseguimos passar pelo portão e tranca-lo. Estávamos dentro de um corredor escuro, mas uma luz forte brilhava no fim, fomos olhar o que havia lá e percebemos que estávamos no gramado de um estádio de beisebol. O gramado estava cheio de zumbis, mas todos eles estavam parados, imóveis e um grande cronometro em contagem regressiva estava exposto no telão.
Fomos andando sem tocar em nenhum dos zumbis até chegar no outro lado do estádio, onde havia um outro portão mas este estava fechado. Lá também tinha várias pessoas que não haviam sido infectadas, todas elas estavam na expectativa de quando o portão se abriria. Nos contaram que bastava que os zumbis tocassem em você e sua ele começaria a apodrecer, mas que eles ficavam parados e uma vez ou outra um se mexia.

O cara mau tinha acabado de falar e um maldito zumbi se bateu em meu cotovelo, meu braço começou a ficar branco pálido, e um amigo pegou o celular tirou várias fotos repetidas vezes. A princípio olhei com raiva para ele, mas percebi depois que o flash do celular reduzia a doença e depois de várias fotos meu braço havia voltado ao normal susto.

Uma sirene apitou e todos se voltaram ao portão que abriu de repente, as pessoas começaram a correr, mas os zumbis também, eram tantos que parecia um mar de gente correndo, aquela imagem me deu agonia e eu acordei assustado. lol
avatar
Mensagens : 326
Pontos : 932
Honra : 106
Data de inscrição : 10/05/2016
Localização : RS
Sonhos Lúcidos :
7 / 9997 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos do Pyros

em Ter Ago 02, 2016 10:01 am
Muito bom esse sonho pyros,não sei como estava o ambiente mas imaginei tudo meio escuro,talvez com um tipo de neblina verde.... Tive que fazer um rc enquanto lia seu sonho,eu sempre faço quando acontece uma coincidência e a pouco anotei um dos meu sonhos desta noite, e adivinha quem estava lá,usain bolt... Achei mesmo que minha mão iria estar com um dedo a menos lol
Conteúdo patrocinado

Re: Diário dos Sonhos do Pyros

Ver o tópico anteriorVoltar ao TopoVer o tópico seguinte
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum