Conectar-se
Últimos assuntos
Os membros mais ativos do mês
9 Mensagens - 60%
5 Mensagens - 33%
1 Mensagem - 7%
Votação
Qual a técnica que você utiliza para ficar lúcido?
Teste de Realidade
45% / 15
Totem
15% / 5
Incubação
12% / 4
Gatilho
6% / 2
Gravador de Voz ou Sons Binaurais
6% / 2
Outros
15% / 5
Parceiros
 sonhos=
 sonhos=
 animes=

Compartilhe
Ver o tópico anteriorIr em baixoVer o tópico seguinte
avatar
Mensagens : 386
Pontos : 1615
Honra : 199
Data de inscrição : 04/03/2016
Idade : 20
Localização : Brasil
Sonhos Lúcidos :
29 / 99929 / 999
Sonhos Comuns :
999 / 999999 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonho Lúcidos de Pyros

em Sex Set 09, 2016 8:18 am
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
Ramon escreveu:
Pyros escreveu:

Pyros escreveu:Galera, tive esse sonho lúcido essa manhã, acontece que voltei ontem de madrugada de uma festa, então acho que devido ao sono não tão bom e a algumas caipiroskas eu tive algumas dificuldades para lembrar muitos detalhes do sonho. Só para não ter duvidas eu estava ciente por todo o sonho de que estava sonhando, mas algumas vezes me deixava levar pelo sonho ou pelos sentimentos do momento o que fazia minha lucidez ficar lá pelos 20%, em contrapartida houve momentos de que estava 100% lúcido.

Comecei esse sonho em um local que parecia uma fazenda, andava por uma estradinha de terra no meio de dois milharais. De onde eu estava eu conseguia ver no alto de uma árvore uma Galinha gigante abraçada a três homens que eram iguais, sendo que o que diferenciava os três eram as roupas que eles usavam.
A galinha falava com eles que um representava o inverno, o outro o outono e o ultimo a primavera. Nesse momento reparei que um usava gorro e casaco de frio, o outro um agasalho simples e o ultimo roupas normais. Quando a galinha me viu ela gritou : " Lá está o verão!!!"
Fiquei preocupado que fossem atrás de mim e saí correndo pela estrada até encontrar um alçapão que abri, dentro dele havia uma escada que dava em um corredor feito de cimento. O corredor já era um ambiente bem diferente, parecia uma estação de trem, mas era bem mais apertado. As pessoas passavam de um lugar para o outro, vindo e voltando. Eu continuei seguindo o corredor até que parei em frente a um estande com várias revistas, eu parei para olhar algumas e uma me chamou atenção, pois na sua capa tinha um desenho de uma galinha abraçada com três mulheres. Lembrei do que tinha rolado e voltei a lucidez, me adiantei a seguir em frente no corredor onde terminava numa porta. Atravessei a porta e vim parar numa cidade.
(Falha nas memórias)
Beleza, agora eu lembro de estar na mesma cidade que cheguei, mas dessa vez estava em cima de um arranha-céu. Parecia ser o mais alto da cidade, pois, embora ela fosse cheia de prédios altos, neste que eu estava eu conseguia ver toda a extensão dela até a orla e o mar lá no horizonte onde o sol estava se pondo. Algo me chamou atenção enquanto eu admirava a vista. Uma sombra negra com asas, estava na frente do sol, a luz-do-por do sol atrás dele destacava-o ainda mais. Decidi ir até lá, mas não estava lúcido o suficiente para tentar voar, olhei para o lado e vi cabos de aço de um teleférico. Me pendurei neles e fui me impulsionando para frente até chegar perto do local onde eu vi a criatura de asas negras. Lá já não havia mais ninguém, olhei os prédios ao redor e pulei para a cobertura do prédio mais próximo onde vi dois homens brigando. Um deles era conhecido para mim, por isso agarrei o outro pelas costas e arremessei ele do prédio. Aqui eu estava meio lúcido, ciente de que era um sonho, mas não fazia nenhuma alteração nele.
(Falha nas memórias)
Lembro agora que eu havia decido do prédio depois de um diálogo com o cara que eu salvei lá em cima, ele havia me falado que aquilo era uma briga das gangues rivais da cidade e que aquele prédio era o da gangue rival a sua e ele tinha ido ali para invadir o local ou algo assim. Eu já havia decido, mas como não estava muito lúcido, fiquei preocupado com ele e decidi voltar lá para tira-lo daquele lugar. Não estava confiante para voar, então decidi que ia subir escalando. Olhei para traz e no meio da cidade havia uma escadaria gigantesca no meio de dois grandes muros.
Subi alguns degraus da escadaria e pensei comigo: "- Subconsicente, me ajude dessa vez" e depois comecei a escalar o muro na mão, eu estava escalando tão rápido que em só na metade do muro percebi que minhas unhas tinham aumentado e eu tava correndo como um felino... só que na vertical!!! As unhas cravavam na parede e eu me impulsionava para cima. Quando cheguei próximo ao topo, dei um mortal de costas e acabei por cair de volta lá na cobertura do bendito prédio da gangue lá, só que dessa vez lá estava cheio de mulheres vestidas de terno com máscaras de Anubis. Todas vieram para cima e como eu já estava empolgado com minha transformação comecei a joga-las para fora do prédio, algumas eu desviava e outras eu arremessava contra elas mesmas. Peguei uma delas e fiz de refém, entramos numa porta da cobertura que dava em uma sala cinza. Perguntei onde que estava o cara que eu procurava e me apontaram uma sala com uma placa escrita "adultério". Abri a porta da sala e lá havia umas 4 mulheres nuas, seus rostos estavam castigados e elas pareciam ter sido exploradas além de ter usado muitas drogas. Pedir a lucidez por um momento em que me subiu uma ira terrível ao ver essa cena e retomei-a logo, mas o sonho começou a se desfazer mesmo, tentei segurar no braço da mulher que havia feito refém para me manter no sonho mas ela se soltou e fugiu com medo, tive um falso despertar.

Pensei que havia acordado, me sentei na cama e tentei ficar repassando o que tinha acontecido no sonho anterior para anotar no meu diário, mas fui tomado por um sono forte e voltei a deitar. Quando fechei os olhos no sonho e comecei a dormir, acordei na minha cama e dessa vez fiz um RC para saber se estava sonhando, estava acordado e.e
Que viagem essa sala chamada "adultério". Só tinha 4 mulheres? Era pra ter mulheres, homens, gays e lésbicas. Pois existe adultério em todos os sexos. gargalhada

Pyros, o sol que você viu se pondo no horizonte marítimo do sonho, era no oceano atlântico?

Aquela sala me deu muita raiva, até agora não gosto muito de lembrar dela. não maligno

A sim, era o oceano sim... o céu estava meio alaranjado e as águas douradas. Foi uma cena incrível ver tudo isso de cima de um arranha céu, parecia que o mundo todo era pequeno naquele momento. Acho que eu viajo demais nessas vistas lol , e eu não me controlar perco a lucidez rapidinho viva
avatar
Mensagens : 386
Pontos : 1615
Honra : 199
Data de inscrição : 04/03/2016
Idade : 20
Localização : Brasil
Sonhos Lúcidos :
29 / 99929 / 999
Sonhos Comuns :
999 / 999999 / 999
Ver perfil do usuário

Segunda camada

em Sex Set 09, 2016 10:51 am
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
Sonho Nº 12 - 09 de Setembro de 2016

Esse sonho aconteceu ontem a tarde, enquanto eu tirava um cochilo numa rede.

Eu estava na frente da casa de um senhor aqui do bairro que é conhecido pela "rabugentiçe" dele. Por algum motivo, decidi subir  na grade da casa dele e fiquei me equilibrando enquanto andava para um lado e para o outro nela. Acontece que a grade caiu e eu caí junto, pensei : "-Tapoxa, derrubei a grade e o portão da casa de Seu Araújo, ele vai ficar fulo da vida quando ver isso... tenho que concertar." nao3

Daí, fiquei tentando equilibrar a grade novamente, mas sempre que eu punha ela de pé ela pendia para o outro lado e caía novamente. Vi que ficar ali ia acabar mau pra mim e dei no pé, enquanto saía correndo da rua, me veio a mente que aquilo só podia ser um sonho e fiquei lúcido instantaneamente. viva

Cheguei perto de um posto de gasolina e por algum motivo tava rolando o maior festão lá, o povo tocando pagode, gente dançando pra tudo quanto é lado. Decidi me meter lá no meio pra vê se achava algo interessante : ( ͡° ͜ʖ ͡°)
No meio daquela bagunça tomei um susto quando olhei para o lado e vi um cara urinando na minha perna, o susto foi tão grande que eu acordei num pulo do SOFÁ e olhei para a perna e ela estava molhada realmente. susto

Eu saí correndo para ir no banheiro e foi aí que percebi que minha visão estava estava escura no olho esquerdo, eu também estava andando me arrastando praticamente e minha casa estava muito cheia. Tive que ir me esquivando das pessoas até chegar no banheiro e ver o que tinha rolado. Quando cheguei lá que fui olhar o que tava rolando de frente para o espelho, não vejo meu reflexo.
Tomei um outro susto e acordei na rede, olhei as mãos e estava tudo normal, eu tinha tido um sonho dentro de outro sonho. Que loucura isso, fiquei meio zonzo o resto da tarde, até porque não é todo dia que você depois de crescer pensa que urinou enquanto dormia HAHAHAHAHAHA lol


Última edição por Pyros em Sex Fev 10, 2017 1:42 pm, editado 2 vez(es)
avatar
Mensagens : 111
Pontos : 897
Honra : 48
Data de inscrição : 20/11/2015
Localização : Espírito Santo
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonho Lúcidos de Pyros

em Sex Set 09, 2016 11:04 am
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
KKKK que louco esse sonho, tu dorme numa rede e acorda num sofá, e com a perna molhada ainda! kkk
avatar
Mensagens : 386
Pontos : 1615
Honra : 199
Data de inscrição : 04/03/2016
Idade : 20
Localização : Brasil
Sonhos Lúcidos :
29 / 99929 / 999
Sonhos Comuns :
999 / 999999 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonho Lúcidos de Pyros

em Sab Set 10, 2016 12:32 pm
daydreamer escreveu:KKKK que louco esse sonho, tu dorme numa rede e acorda num sofá, e com a perna molhada ainda! kkk

Foi bizarro mesmo HAHAHA, fica uma sensação da perna visgando suspeito
avatar
Mensagens : 331
Pontos : 1109
Honra : 106
Data de inscrição : 10/05/2016
Localização : RS
Sonhos Lúcidos :
7 / 9997 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonho Lúcidos de Pyros

em Sab Set 10, 2016 6:23 pm
Um cara urinado na sua perna?kkkkk
Pensei,acho queneu iria urinar na dele de volta
avatar
Mensagens : 386
Pontos : 1615
Honra : 199
Data de inscrição : 04/03/2016
Idade : 20
Localização : Brasil
Sonhos Lúcidos :
29 / 99929 / 999
Sonhos Comuns :
999 / 999999 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonho Lúcidos de Pyros

em Ter Set 13, 2016 11:20 am
Andrelp escreveu:Um cara urinado na sua perna?kkkkk
Pensei,acho queneu iria urinar na dele de volta

Foi tenso, o cara com o negócio pra fora mijando em mim, era para eu dar um soco ou queimar ele vivo sim maligno sim maligno sim maligno sim maligno sim maligno sim maligno sim maligno sim maligno sim maligno sim maligno sim maligno
avatar
Mensagens : 386
Pontos : 1615
Honra : 199
Data de inscrição : 04/03/2016
Idade : 20
Localização : Brasil
Sonhos Lúcidos :
29 / 99929 / 999
Sonhos Comuns :
999 / 999999 / 999
Ver perfil do usuário

O grande sonho

em Ter Set 13, 2016 12:24 pm
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
Sonho Nº 13 - 13 de Setembro de 2016

Galera, essa noite de 12-13 eu tive 3 sonhos lúcidos.  Infelizmente eu só lembro de 2 deles por completo, pois o primeiro só me vem umas imagem na cabeça em que eu estava montado em um tipo de submarino que colidia em uma caravela. (harley louco não? harley)

Mas vamos ao terceiro sonho que tive, depois de dois sonhos lúcidos eu acordei e eram umas 2 horas da manhã, escrevi o que me lembrava e voltei para a cama e adormeci. O sonho começou não lúcido, eu estava com a irmã de meu amigo voltando de uma festa. Nós entramos em uma casa que parecia ser uma república, subimos até o segundo andar onde havia uma sala  que dava para os quartos. Nessa sala a televisão estava ligada e  a irmã de meu amigo resolveu parar para ver . Eu disse a ela que iria procurar  o nosso quarto e segui o corredor até que olhei para uma porta meio aberta oe vi várias pessoas dormindo onde seria o nosso quarto. Fui no quarto ao lado (que era o quarto daquelas pessoas que invadiram o meu quarto), ele estava todo bagunçado, sujo e havia até um pouco de cimento jogado pelo chão. Voltei revoltado e disse a irmã de meu amigo que não dava pra dormir naquele quarto. Ela falou que tava tudo "de boa" e que era pra irmos na dispensa pegar algo para comer, depois resolvíamos o problema dos quartos trocados. Cheguei a ir na dispensa mas não tinha nada lá e resolvi sair da casa e por algum motivo saí correndo na chuva e comecei a me pendurar e escalar uma casa de uns 3 andares que tinha ali perto.

Enquanto escalava reparei que o telhado da casa era como um grande guarda-chuva, só que feito de madeira e palha. As hastes e o cabo dele eram feitos de troncos de madeira, e o resto era coberto de palha e esse era o telhado daquela casa. Quando eu fui me segurar em um dos troncos, ele se desprendeu do centro e eu fiquei me segurando com uma mão só em um telhado de palha enquanto na outra mão  segurava um tronco de 3 metros de comprimento mais ou menos e tentava coloca-lo de volta no lugar , isso foi ão absurdo que logo pensei: "-Só pode ser um sonho kkkkkkk". viva2

Me joguei para dentro da cobertura com tronco e tudo, logo apareceu minha tia que começou a reclamar comigo sobre eu ficar escalando as casas da vizinhança e que não era pra eu fazer isso, ainda mais na chuva. Não prestei atenção e ela logo foi embora, e fiquei pensando no que fazer. Vi uma bola de assoprar voando e pensei em testar se podia mover as coisas com a mente, daí, estendi a mão para o balão e ele veio para mim, soltei ele de volta para ele tomar uma distancia maior e depois trazia ele só de erguer a mão. Like a Jedi jedi . Nisso o sonho começou a se desfazer e eu agarrei bem o balão para estabilizar, deu certo. dança

Vi que ficar parado ia me fazer acordar, então pulei para o terraço da vizinha que não era coberto, só que na metade do pulo eu comecei a cair e me agarrei na parede e comecei a escalar. Pensei em tentar fazer as unhas crescerem, mas como já estava perto do topo decidi que seria melhor eu voar. Na mesma hora lembrei  que algo que eu quero muito fazer é ir pro espaço, então mãos a obra. Me ajoelhei no chão e peguei força nas pernas para dar um impulso e dali mesmo sair voando mas não deu muito certo... eu dei um pulo alto, só que comecei a cair, enquanto caía eu bati os braços como se fossem asas e nisso comecei a levitar normalmente.

Olhei para o céu procurando a lua e vi algo fantástico. O céu estava claro como o dia, mas a luta dava para ser vista como se fosse noite, isso porque pelo menos ao redor dela dava para ver as coisas como se fosse a noite mesmo, algo mais ou menos assim :


Olhando para a lua, pensei que precisaria voar mais rápido para chegar lá, daí pensei : "-Como que o The Master fazia para voar que nem o Tsuna(meu avatar)?" Lembrei que no diário dele ele se posicionou da mesma forma e deixou o resto com o subconciente. Daí eu dobrei o joelho, estiquei uma perna para traz e coloquei as mãos para traz. Na mesma hora fui impulsionado para frente e comecei a voar numa velocidade absurda, das minhas mãos saíam as chamas para a propulsão e kkkkkkkkkkkkkk vocês tem que experimentar voar nessa velocidade, é muito divertido e a adrenalina sobe na hora. Eu voava e ficava tido "- Cara isso é muito iradooo, a galera do fórum tem que "ver" para "sentir"  vivagrupo "


Acontece que me empolguei tanto que acabei perdendo a lucidez, ao invés de ir em direção ao espaço eu fui até um grande galpão que havia em frente a uma ponte, e entrei arrombando a parede com um chute.


Lá dentro tinha uns caras com máscara de gaz fazendo drogas e produtos alucinógenos. Eu parei um deles e falei : "-Seguinte, eu sou o Investigador Pyros, se não quiser que eu incendei esse lugar por completo é bom colocar as drogas no chão e a mão no alto!!!"  legal  legal  legal

O cara obedeceu na hora e os reforços da polícia chegaram e prenderam os caras, o inspetor vei falar comigo e disse que eu deveria tomar cuidado, entrar naquele lugar sem máscara faz muito mau e que os produtos iriam causas alucinações. Eu respondi a ele que meu organismo metabolizava o veneno e que ele poderia ficar tranquilo. Depois voltei voando para casa.  lol

Quando pisei em casa fiquei lúcido novamente e me lembrei que tinha voado mas não fui para o espaço. Resolvi tentar novamente e dei um pulo para voar, só que cai no telhado da vizinha e quebrei umas telhas. Olhei para minha mão e pensei : "-Tomara que seja sonho porque se não for a vizinha vai me matar por ter quebrado o telhado dela kkkkkk".  lingua  lingua  lingua Minha mão tava com 7 dedos e eu fiquei mais tranquilo, fui pulando pelos telhados das casas tentando pegar impulso para voar ,mas não deu certo, na realidade eu acabei voltando para a ponte que ficava em frente ao galpão das drogas.

Lá o inspetor tava caído junto com uma mulher ao lado, quando toquei nele comecei a ver as alucinações que ele estava vendo. Era tenso, a mulher ao lado estava coberta de baratas e o inspetor tinha olhos vermelhos e seu rosto estava em carna viva com chifres. medo  medo

Isso tudo acabou me acordando e tive até sonhos depois com o inspetor mas não foram lúcidos.


Última edição por Pyros em Sex Fev 10, 2017 1:43 pm, editado 2 vez(es)
avatar
Mensagens : 331
Pontos : 1109
Honra : 106
Data de inscrição : 10/05/2016
Localização : RS
Sonhos Lúcidos :
7 / 9997 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonho Lúcidos de Pyros

em Ter Set 13, 2016 12:36 pm
Investigador pyros,kkkk,que marrento!!!!kkk
Espero que consiga chegar logo no espaço,como sabe eu também estou tentando,se você conseguir vou copiar o seu método,kkk
avatar
Mensagens : 386
Pontos : 1615
Honra : 199
Data de inscrição : 04/03/2016
Idade : 20
Localização : Brasil
Sonhos Lúcidos :
29 / 99929 / 999
Sonhos Comuns :
999 / 999999 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonho Lúcidos de Pyros

em Ter Set 13, 2016 1:02 pm
Andrelp escreveu:Investigador pyros,kkkk,que marrento!!!!kkk
Espero que consiga chegar logo no espaço,como sabe eu também estou tentando,se você conseguir vou copiar o seu método,kkk

hahaha foi muito divertido esse sonho.Legal mesmo é que ao invés de apontar uma arma para o cara eu tava apontando minha mão pegando fogo krizalid HAHAHAHAHA

Eu acordei querendo voltar a dormir para ter outro e ao mesmo tempo queria ficar acordado para lembrar desse . gargalhada gargalhada gargalhada gargalhada gargalhada
avatar
Mensagens : 233
Pontos : 1472
Honra : 72
Data de inscrição : 26/12/2015
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonho Lúcidos de Pyros

em Qua Set 14, 2016 4:35 pm
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
Muito legal o relato Pyros, mas ainda bem que seu organismo metabolizava o veneno, porque essas alucinações do final não foram muito agradáveis medo
avatar
Mensagens : 386
Pontos : 1615
Honra : 199
Data de inscrição : 04/03/2016
Idade : 20
Localização : Brasil
Sonhos Lúcidos :
29 / 99929 / 999
Sonhos Comuns :
999 / 999999 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonho Lúcidos de Pyros

em Qua Set 14, 2016 5:11 pm
Érika escreveu:Muito legal o relato Pyros, mas ainda bem que seu organismo metabolizava o veneno, porque essas alucinações do final não foram muito agradáveis medo

Ainda bem mesmo viva

Se bem que eu só fiquei "like a boss" assim quando não estava lúcido. .-. Se bem que foi bem divertido a sensação, mas aí, anda tendo sonhos lúcidos? Eu sempre me divirto e fico pensativo lendo teus relatos xD
avatar
Mensagens : 233
Pontos : 1472
Honra : 72
Data de inscrição : 26/12/2015
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonho Lúcidos de Pyros

em Qua Set 14, 2016 5:24 pm
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
Pyros escreveu:
Érika escreveu:Muito legal o relato Pyros, mas ainda bem que seu organismo metabolizava o veneno, porque essas alucinações do final não foram muito agradáveis medo

Ainda bem mesmo viva

Se bem que eu só fiquei "like a boss" assim quando não estava lúcido. .-. Se bem que foi bem divertido a sensação, mas aí, anda tendo sonhos lúcidos? Eu sempre me divirto e fico pensativo lendo teus relatos xD

Essa semana eu estou dormindo pouco, e acho que por isso estou tendo muita dificuldade para lembrar dos meus sonhos. Eu tive alguns sonhos lúcidos, mas foram todos muito curtos e não teve muita coisa interessante.  Assim que eu conseguir me lembrar de um sonho legal posto aqui piscar
avatar
Mensagens : 386
Pontos : 1615
Honra : 199
Data de inscrição : 04/03/2016
Idade : 20
Localização : Brasil
Sonhos Lúcidos :
29 / 99929 / 999
Sonhos Comuns :
999 / 999999 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonho Lúcidos de Pyros

em Qua Set 14, 2016 5:30 pm
Érika escreveu:
Pyros escreveu:
Érika escreveu:Muito legal o relato Pyros, mas ainda bem que seu organismo metabolizava o veneno, porque essas alucinações do final não foram muito agradáveis medo

Ainda bem mesmo viva

Se bem que eu só fiquei "like a boss" assim quando não estava lúcido. .-. Se bem que foi bem divertido a sensação, mas aí, anda tendo sonhos lúcidos? Eu sempre me divirto e fico pensativo lendo teus relatos xD

Essa semana eu estou dormindo pouco, e acho que por isso estou tendo muita dificuldade para lembrar dos meus sonhos. Eu tive alguns sonhos lúcidos, mas foram todos muito curtos e não teve muita coisa interessante.  Assim que eu conseguir me lembrar de um sonho legal posto aqui piscar

O tempo de sono sempre é um grande inimigo dos onironautas mesmo, eu também preciso colocar um horário fixo para dormir. sono sono sono sono Eu dei sorte que tive 3 em uma só noite, então ainda tenho alguns relatos para postar, o negócio é tirar tempo para digitar e.e.

Mas aí Érika, aguardo aí seu relatos.^^
avatar
Mensagens : 386
Pontos : 1615
Honra : 199
Data de inscrição : 04/03/2016
Idade : 20
Localização : Brasil
Sonhos Lúcidos :
29 / 99929 / 999
Sonhos Comuns :
999 / 999999 / 999
Ver perfil do usuário

Halley

em Sex Set 16, 2016 10:30 am
Reputação da mensagem: 100% (2 votos)
Sonho Nº 14 - 14 de Setembro de 2016


Acordei em uma casa que era bem diferente da minha, mas ao olhar pela janela percebi que ela ficava no mesmo local que a minha casa do mundo real. Eu estava lúcido já, porém minha lucidez estava lá pelos 70%.

Andando por um corredor, encontrei um garotinho, ele aparentava ter uns 7 anos, estava todo vestido com uma roupa social e tinha cabelos loiros. O pai dele estava em pé, meio encurvado sobre uma mesa a qual escrevia algo, então não cheguei a ver o seu rosto. Perguntei ao garotinho:
"-Qual o seu nome?" Ele não olhava direto no meu rosto e sempre ficava com o olhar perdido para frente.
Mas me respondeu: "-Ninguém"
Fiquei surpreso, mas decidi agir naturalmente e disse: "-Ta bom ninguém, você quer brincar um pouco?"

Ele abriu um sorriso e começamos a "brincar", eu coloco isso em aspas pois quando olhei o garotinho tinha feito uma posição de kung fu e começou a executar vários golpes. Eu achei engraçado aquilo e decidi tentar também, então ergui um braço e ficava segurando os chutes do garotinho. Ele era bem rápido, dava um pulo e chutava umas 3 vezes no ar, sim... tipo os filmes de ação japoneses/chineses.naruto

Decidi testar uma ideia, cerrei o punho e gritei: "-SOCO FLAMEJANTE". Na mesma hora minha mão começou a pegar fogo, enquanto o resto do meu braço saía uma fumaça branca. (Cá entre nós, é muito estranho anunciar o nome do golpe que você vai dar kkkkk)lol lol

De qualquer forma, não acertei o garoto, eu mirei no chão bem em frente dele. O garoto que estava sorrindo, na mesma hora voltou a ficar com o rosto sério e o olhar perdido, virou de costas e saiu andando de volta para onde estava a mesa do pai. Eu fiquei meio preocupado, pois como era a primeira vez que estava tendo um contato prolongado com um personagem onírico eu não queria que tudo terminasse mau. Então perguntei a ele porque que ele tinha ficado chateado.
Ele me respondeu: "-Halley""-Meu nome... é Halley" e saiu andando para perto da janela.
Eu cheguei perto dele e para anima-lo apontei para o céu e disse que ia mostrar algo legal para ele. Apertei a língua contra o céu da boca e pedi para que um cometa caísse bem ali na vista da janela, coisa que aconteceu mesmo, alguns segundos depois. Um cometa azul desceu dos céus nublados e atingiu o chão iluminando tudo ao redor.

O garoto pulou pela janela quando o cometa se chocou no chão e eu pulei atrás dele. Acontece que eu caí flutuando em câmera lenta e o garoto ficou me olhando de baixo com uma cara meio surpresa e disse:
"-É legal pular."ressalto
Eu sorri pra ele só que nesse momento algo me prendeu pelas costas e eu comecei a tentar me soltar, quando olhei de volta, no chão não estava mais o garoto, agora estava uma tia minha e ela me encarava com uma cara muito estranha, seus olhos estavam todos negros.

Encarei ela de volta e ela ficou brava e me mandou ir dormir e deixar ela em paz. Acordei suspeito


Última edição por Pyros em Sex Out 28, 2016 3:37 pm, editado 1 vez(es)
avatar
Mensagens : 331
Pontos : 1109
Honra : 106
Data de inscrição : 10/05/2016
Localização : RS
Sonhos Lúcidos :
7 / 9997 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonho Lúcidos de Pyros

em Sex Set 16, 2016 10:41 am
Na hora que li o nome do garoto pensei no cometa,e que talvez seu subconsciente estivesse mesmo fazendo referência a isso por causa do seu "soco flamejante".Depois você mesmo falou sobre isso!Acho que a ideia era essa mesma.
avatar
Mensagens : 233
Pontos : 1472
Honra : 72
Data de inscrição : 26/12/2015
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonho Lúcidos de Pyros

em Dom Set 18, 2016 5:01 pm
Pyros:
Este sonho foi o segundo sonho lúcido que eu tive na madrugada do dia 14/09.
Acordei em uma casa que era bem diferente da minha, mas ao olhar pela janela percebi que ela ficava no mesmo local que a minha casa do mundo real. Eu estava lúcido já, porém minha lucidez estava lá pelos 70%.

Andando por um corredor, encontrei um garotinho, ele aparentava ter uns 7 anos, estava todo vestido com uma roupa social e tinha cabelos loiros. O pai dele estava em pé, meio encurvado sobre uma mesa a qual escrevia algo, então não cheguei a ver o seu rosto. Perguntei ao garotinho:
"-Qual o seu nome?" Ele não olhava direto no meu rosto e sempre ficava com o olhar perdido para frente.
Mas me respondeu: "-Ninguém"
Fiquei surpreso, mas decidi agir naturalmente e disse: "-Ta bom ninguém, você quer brincar um pouco?"

Ele abriu um sorriso e começamos a "brincar", eu coloco isso em aspas pois quando olhei o garotinho tinha feito uma posição de kung fu e começou a executar vários golpes. Eu achei engraçado aquilo e decidi tentar também, então ergui um braço e ficava segurando os chutes do garotinho. Ele era bem rápido, dava um pulo e chutava umas 3 vezes no ar, sim... tipo os filmes de ação japoneses/chineses.naruto

Decidi testar uma ideia, cerrei o punho e gritei: "-SOCO FLAMEJANTE". Na mesma hora minha mão começou a pegar fogo, enquanto o resto do meu braço saía uma fumaça branca. (Cá entre nós, é muito estranho anunciar o nome do golpe que você vai dar kkkkk)lol lol

De qualquer forma, não acertei o garoto, eu mirei no chão bem em frente dele. O garoto que estava sorrindo, na mesma hora voltou a ficar com o rosto sério e o olhar perdido, virou de costas e saiu andando de volta para onde estava a mesa do pai. Eu fiquei meio preocupado, pois como era a primeira vez que estava tendo um contato prolongado com um personagem onírico eu não queria que tudo terminasse mau. Então perguntei a ele porque que ele tinha ficado chateado.
Ele me respondeu: "-Halley""-Meu nome... é Halley" e saiu andando para perto da janela.
Eu cheguei perto dele e para anima-lo apontei para o céu e disse que ia mostrar algo legal para ele. Apertei a língua contra o céu da boca e pedi para que um cometa caísse bem ali na vista da janela, coisa que aconteceu mesmo, alguns segundos depois. Um cometa azul desceu dos céus nublados e atingiu o chão iluminando tudo ao redor.

O garoto pulou pela janela quando o cometa se chocou no chão e eu pulei atrás dele. Acontece que eu caí flutuando em câmera lenta e o garoto ficou me olhando de baixo com uma cara meio surpresa e disse:
"-É legal pular."ressalto
Eu sorri pra ele só que nesse momento algo me prendeu pelas costas e eu comecei a tentar me soltar, quando olhei de volta, no chão não estava mais o garoto, agora estava uma tia minha e ela me encarava com uma cara muito estranha, seus olhos estavam todos negros.

Encarei ela de volta e ela ficou brava e me mandou ir dormir e deixar ela em paz. Acordei suspeito

Ri muito na parte do "-Ta bom ninguém, você quer brincar um pouco?" gargalhada  Acho que essa foto da parte dos olhos negros vai me fazer ter pesadelos hoje à noite susto
avatar
Mensagens : 386
Pontos : 1615
Honra : 199
Data de inscrição : 04/03/2016
Idade : 20
Localização : Brasil
Sonhos Lúcidos :
29 / 99929 / 999
Sonhos Comuns :
999 / 999999 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonho Lúcidos de Pyros

em Dom Set 18, 2016 9:26 pm
Andrelp escreveu:Na hora que li o nome do garoto pensei no cometa,e que talvez seu subconsciente estivesse mesmo fazendo referência a isso por causa do seu "soco flamejante".Depois você mesmo falou sobre isso!Acho que a ideia era essa mesma.

Será, na real esse sonho foi meio confuso mesmo. Quando eu mostrei o cometa a ele, eu mesmo desejei que o cometa aparecesse, mas por algum motivo me senti impelido a isso. Meio que uma indução da própria mente.

Érika escreveu:
Pyros:
Este sonho foi o segundo sonho lúcido que eu tive na madrugada do dia 14/09.
Acordei em uma casa que era bem diferente da minha, mas ao olhar pela janela percebi que ela ficava no mesmo local que a minha casa do mundo real. Eu estava lúcido já, porém minha lucidez estava lá pelos 70%.

Andando por um corredor, encontrei um garotinho, ele aparentava ter uns 7 anos, estava todo vestido com uma roupa social e tinha cabelos loiros. O pai dele estava em pé, meio encurvado sobre uma mesa a qual escrevia algo, então não cheguei a ver o seu rosto. Perguntei ao garotinho:
"-Qual o seu nome?" Ele não olhava direto no meu rosto e sempre ficava com o olhar perdido para frente.
Mas me respondeu: "-Ninguém"
Fiquei surpreso, mas decidi agir naturalmente e disse: "-Ta bom ninguém, você quer brincar um pouco?"

Ele abriu um sorriso e começamos a "brincar", eu coloco isso em aspas pois quando olhei o garotinho tinha feito uma posição de kung fu e começou a executar vários golpes. Eu achei engraçado aquilo e decidi tentar também, então ergui um braço e ficava segurando os chutes do garotinho. Ele era bem rápido, dava um pulo e chutava umas 3 vezes no ar, sim... tipo os filmes de ação japoneses/chineses.naruto

Decidi testar uma ideia, cerrei o punho e gritei: "-SOCO FLAMEJANTE". Na mesma hora minha mão começou a pegar fogo, enquanto o resto do meu braço saía uma fumaça branca. (Cá entre nós, é muito estranho anunciar o nome do golpe que você vai dar kkkkk)lol lol

De qualquer forma, não acertei o garoto, eu mirei no chão bem em frente dele. O garoto que estava sorrindo, na mesma hora voltou a ficar com o rosto sério e o olhar perdido, virou de costas e saiu andando de volta para onde estava a mesa do pai. Eu fiquei meio preocupado, pois como era a primeira vez que estava tendo um contato prolongado com um personagem onírico eu não queria que tudo terminasse mau. Então perguntei a ele porque que ele tinha ficado chateado.
Ele me respondeu: "-Halley""-Meu nome... é Halley" e saiu andando para perto da janela.
Eu cheguei perto dele e para anima-lo apontei para o céu e disse que ia mostrar algo legal para ele. Apertei a língua contra o céu da boca e pedi para que um cometa caísse bem ali na vista da janela, coisa que aconteceu mesmo, alguns segundos depois. Um cometa azul desceu dos céus nublados e atingiu o chão iluminando tudo ao redor.

O garoto pulou pela janela quando o cometa se chocou no chão e eu pulei atrás dele. Acontece que eu caí flutuando em câmera lenta e o garoto ficou me olhando de baixo com uma cara meio surpresa e disse:
"-É legal pular."ressalto
Eu sorri pra ele só que nesse momento algo me prendeu pelas costas e eu comecei a tentar me soltar, quando olhei de volta, no chão não estava mais o garoto, agora estava uma tia minha e ela me encarava com uma cara muito estranha, seus olhos estavam todos negros.

Encarei ela de volta e ela ficou brava e me mandou ir dormir e deixar ela em paz. Acordei suspeito

Ri muito na parte do "-Ta bom ninguém, você quer brincar um pouco?" gargalhada  Acho que essa foto da parte dos olhos negros vai me fazer ter pesadelos hoje à noite susto

HAHAHAHA, tentei improvisar, não sou lá muito bom no quesito "conversas com personagens oníricos". Essa foto no final é meio tenebrosa mesmo, mas os olhos de minha tia eram os mesmos. É muito tenso ver alguém assim.
avatar
Mensagens : 1282
Pontos : 3367
Honra : 657
Data de inscrição : 06/07/2015
Localização : Alemanha
Sonhos Lúcidos :
224 / 999224 / 999
Sonhos Comuns :
999 / 999999 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonho Lúcidos de Pyros

em Ter Set 20, 2016 5:59 pm
Pyros:
Esse sonho aconteceu ontem a tarde, enquanto eu tirava um cochilo numa rede.

Eu estava na frente da casa de um senhor aqui do bairro que é conhecido pela "rabugentiçe" dele. Por algum motivo, decidi subir  na grade da casa dele e fiquei me equilibrando enquanto andava para um lado e para o outro nela. Acontece que a grade caiu e eu caí junto, pensei : "-Tapoxa, derrubei a grade e o portão da casa de Seu Araújo, ele vai ficar fulo da vida quando ver isso... tenho que concertar." nao3

Daí, fiquei tentando equilibrar a grade novamente, mas sempre que eu punha ela de pé ela pendia para o outro lado e caía novamente. Vi que ficar ali ia acabar mau pra mim e dei no pé, enquanto saía correndo da rua, me veio a mente que aquilo só podia ser um sonho e fiquei lúcido instantaneamente. viva

Cheguei perto de um posto de gasolina e por algum motivo tava rolando o maior festão lá, o povo tocando pagode, gente dançando pra tudo quanto é lado. Decidi me meter lá no meio pra vê se achava algo interessante : ( ͡° ͜ʖ ͡°)
No meio daquela bagunça tomei um susto quando olhei para o lado e vi um cara urinando na minha perna, o susto foi tão grande que eu acordei num pulo do SOFÁ e olhei para a perna e ela estava molhada realmente. susto

Eu saí correndo para ir no banheiro e foi aí que percebi que minha visão estava estava escura no olho esquerdo, eu também estava andando me arrastando praticamente e minha casa estava muito cheia. Tive que ir me esquivando das pessoas até chegar no banheiro e ver o que tinha rolado. Quando cheguei lá que fui olhar o que tava rolando de frente para o espelho, não vejo meu reflexo.
Tomei um outro susto e acordei na rede, olhei as mãos e estava tudo normal, eu tinha tido um sonho dentro de outro sonho. Que loucura isso, fiquei meio zonzo o resto da tarde, até porque não é todo dia que você depois de crescer pensa que urinou enquanto dormia HAHAHAHAHAHA lol
Achei que você tinha feito pipi na calça ao acordar, mas ainda bem, você acordou do sonho em um sonho. iori

Pyros:
Galera, essa noite de 12-13 eu tive 3 sonhos lúcidos.  Infelizmente eu só lembro de 2 deles por completo, pois o primeiro só me vem umas imagem na cabeça em que eu estava montado em um tipo de submarino que colidia em uma caravela. (harley louco não? harley)

Mas vamos ao terceiro sonho que tive, depois de dois sonhos lúcidos eu acordei e eram umas 2 horas da manhã, escrevi o que me lembrava e voltei para a cama e adormeci. O sonho começou não lúcido, eu estava com a irmã de meu amigo voltando de uma festa. Nós entramos em uma casa que parecia ser uma república, subimos até o segundo andar onde havia uma sala  que dava para os quartos. Nessa sala a televisão estava ligada e  a irmã de meu amigo resolveu parar para ver . Eu disse a ela que iria procurar  o nosso quarto e segui o corredor até que olhei para uma porta meio aberta oe vi várias pessoas dormindo onde seria o nosso quarto. Fui no quarto ao lado (que era o quarto daquelas pessoas que invadiram o meu quarto), ele estava todo bagunçado, sujo e havia até um pouco de cimento jogado pelo chão. Voltei revoltado e disse a irmã de meu amigo que não dava pra dormir naquele quarto. Ela falou que tava tudo "de boa" e que era pra irmos na dispensa pegar algo para comer, depois resolvíamos o problema dos quartos trocados. Cheguei a ir na dispensa mas não tinha nada lá e resolvi sair da casa e por algum motivo saí correndo na chuva e comecei a me pendurar e escalar uma casa de uns 3 andares que tinha ali perto.

Enquanto escalava reparei que o telhado da casa era como um grande guarda-chuva, só que feito de madeira e palha. As hastes e o cabo dele eram feitos de troncos de madeira, e o resto era coberto de palha e esse era o telhado daquela casa. Quando eu fui me segurar em um dos troncos, ele se desprendeu do centro e eu fiquei me segurando com uma mão só em um telhado de palha enquanto na outra mão  segurava um tronco de 3 metros de comprimento mais ou menos e tentava coloca-lo de volta no lugar , isso foi ão absurdo que logo pensei: "-Só pode ser um sonho kkkkkkk". viva2

Me joguei para dentro da cobertura com tronco e tudo, logo apareceu minha tia que começou a reclamar comigo sobre eu ficar escalando as casas da vizinhança e que não era pra eu fazer isso, ainda mais na chuva. Não prestei atenção e ela logo foi embora, e fiquei pensando no que fazer. Vi uma bola de assoprar voando e pensei em testar se podia mover as coisas com a mente, daí, estendi a mão para o balão e ele veio para mim, soltei ele de volta para ele tomar uma distancia maior e depois trazia ele só de erguer a mão. Like a Jedi jedi . Nisso o sonho começou a se desfazer e eu agarrei bem o balão para estabilizar, deu certo. dança

Vi que ficar parado ia me fazer acordar, então pulei para o terraço da vizinha que não era coberto, só que na metade do pulo eu comecei a cair e me agarrei na parede e comecei a escalar. Pensei em tentar fazer as unhas crescerem, mas como já estava perto do topo decidi que seria melhor eu voar. Na mesma hora lembrei  que algo que eu quero muito fazer é ir pro espaço, então mãos a obra. Me ajoelhei no chão e peguei força nas pernas para dar um impulso e dali mesmo sair voando mas não deu muito certo... eu dei um pulo alto, só que comecei a cair, enquanto caía eu bati os braços como se fossem asas e nisso comecei a levitar normalmente.

Olhei para o céu procurando a lua e vi algo fantástico. O céu estava claro como o dia, mas a luta dava para ser vista como se fosse noite, isso porque pelo menos ao redor dela dava para ver as coisas como se fosse a noite mesmo, algo mais ou menos assim :


Olhando para a lua, pensei que precisaria voar mais rápido para chegar lá, daí pensei : "-Como que o The Master fazia para voar que nem o Tsuna(meu avatar)?" Lembrei que no diário dele ele se posicionou da mesma forma e deixou o resto com o subconciente. Daí eu dobrei o joelho, estiquei uma perna para traz e coloquei as mãos para traz. Na mesma hora fui impulsionado para frente e comecei a voar numa velocidade absurda, das minhas mãos saíam as chamas para a propulsão e kkkkkkkkkkkkkk vocês tem que experimentar voar nessa velocidade, é muito divertido e a adrenalina sobe na hora. Eu voava e ficava tido "- Cara isso é muito iradooo, a galera do fórum tem que "ver" para "sentir"  vivagrupo "


Acontece que me empolguei tanto que acabei perdendo a lucidez, ao invés de ir em direção ao espaço eu fui até um grande galpão que havia em frente a uma ponte, e entrei arrombando a parede com um chute.


Lá dentro tinha uns caras com máscara de gaz fazendo drogas e produtos alucinógenos. Eu parei um deles e falei : "-Seguinte, eu sou o Investigador Pyros, se não quiser que eu incendei esse lugar por completo é bom colocar as drogas no chão e a mão no alto!!!"  legal  legal  legal

O cara obedeceu na hora e os reforços da polícia chegaram e prenderam os caras, o inspetor vei falar comigo e disse que eu deveria tomar cuidado, entrar naquele lugar sem máscara faz muito mau e que os produtos iriam causas alucinações. Eu respondi a ele que meu organismo metabolizava o veneno e que ele poderia ficar tranquilo. Depois voltei voando para casa.  lol

Quando pisei em casa fiquei lúcido novamente e me lembrei que tinha voado mas não fui para o espaço. Resolvi tentar novamente e dei um pulo para voar, só que cai no telhado da vizinha e quebrei umas telhas. Olhei para minha mão e pensei : "-Tomara que seja sonho porque se não for a vizinha vai me matar por ter quebrado o telhado dela kkkkkk".  lingua  lingua  lingua Minha mão tava com 7 dedos e eu fiquei mais tranquilo, fui pulando pelos telhados das casas tentando pegar impulso para voar ,mas não deu certo, na realidade eu acabei voltando para a ponte que ficava em frente ao galpão das drogas.

Lá o inspetor tava caído junto com uma mulher ao lado, quando toquei nele comecei a ver as alucinações que ele estava vendo. Era tenso, a mulher ao lado estava coberta de baratas e o inspetor tinha olhos vermelhos e seu rosto estava em carna viva com chifres. medo  medo

Isso tudo acabou me acordando e tive até sonhos depois com o inspetor mas não foram lúcidos.
O sonho com submarino deve ter sido uma aventura!!
Eu já voei em alta velocidade e realmente é muito legal. Você perdeu a lucidez, mas foi parar num sonho com enredo muito divertido. Investigador Pyros
Pyros:
Este sonho foi o segundo sonho lúcido que eu tive na madrugada do dia 14/09.
Acordei em uma casa que era bem diferente da minha, mas ao olhar pela janela percebi que ela ficava no mesmo local que a minha casa do mundo real. Eu estava lúcido já, porém minha lucidez estava lá pelos 70%.

Andando por um corredor, encontrei um garotinho, ele aparentava ter uns 7 anos, estava todo vestido com uma roupa social e tinha cabelos loiros. O pai dele estava em pé, meio encurvado sobre uma mesa a qual escrevia algo, então não cheguei a ver o seu rosto. Perguntei ao garotinho:
"-Qual o seu nome?" Ele não olhava direto no meu rosto e sempre ficava com o olhar perdido para frente.
Mas me respondeu: "-Ninguém"
Fiquei surpreso, mas decidi agir naturalmente e disse: "-Ta bom ninguém, você quer brincar um pouco?"

Ele abriu um sorriso e começamos a "brincar", eu coloco isso em aspas pois quando olhei o garotinho tinha feito uma posição de kung fu e começou a executar vários golpes. Eu achei engraçado aquilo e decidi tentar também, então ergui um braço e ficava segurando os chutes do garotinho. Ele era bem rápido, dava um pulo e chutava umas 3 vezes no ar, sim... tipo os filmes de ação japoneses/chineses.naruto

Decidi testar uma ideia, cerrei o punho e gritei: "-SOCO FLAMEJANTE". Na mesma hora minha mão começou a pegar fogo, enquanto o resto do meu braço saía uma fumaça branca. (Cá entre nós, é muito estranho anunciar o nome do golpe que você vai dar kkkkk)lol lol

De qualquer forma, não acertei o garoto, eu mirei no chão bem em frente dele. O garoto que estava sorrindo, na mesma hora voltou a ficar com o rosto sério e o olhar perdido, virou de costas e saiu andando de volta para onde estava a mesa do pai. Eu fiquei meio preocupado, pois como era a primeira vez que estava tendo um contato prolongado com um personagem onírico eu não queria que tudo terminasse mau. Então perguntei a ele porque que ele tinha ficado chateado.
Ele me respondeu: "-Halley""-Meu nome... é Halley" e saiu andando para perto da janela.
Eu cheguei perto dele e para anima-lo apontei para o céu e disse que ia mostrar algo legal para ele. Apertei a língua contra o céu da boca e pedi para que um cometa caísse bem ali na vista da janela, coisa que aconteceu mesmo, alguns segundos depois. Um cometa azul desceu dos céus nublados e atingiu o chão iluminando tudo ao redor.

O garoto pulou pela janela quando o cometa se chocou no chão e eu pulei atrás dele. Acontece que eu caí flutuando em câmera lenta e o garoto ficou me olhando de baixo com uma cara meio surpresa e disse:
"-É legal pular."ressalto
Eu sorri pra ele só que nesse momento algo me prendeu pelas costas e eu comecei a tentar me soltar, quando olhei de volta, no chão não estava mais o garoto, agora estava uma tia minha e ela me encarava com uma cara muito estranha, seus olhos estavam todos negros.

Encarei ela de volta e ela ficou brava e me mandou ir dormir e deixar ela em paz. Acordei suspeito

"-SOCO FLAMEJANTE". ... hahahaha! Falar o nome do soco antes de golpear é realmente muito esquisito. Me lembrei do desenho do Yu-Gi-Oh que o protagonista grita os nomes esquistos das cartas que ele puxa para jogar no duelo. iori
avatar
Mensagens : 386
Pontos : 1615
Honra : 199
Data de inscrição : 04/03/2016
Idade : 20
Localização : Brasil
Sonhos Lúcidos :
29 / 99929 / 999
Sonhos Comuns :
999 / 999999 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonho Lúcidos de Pyros

em Sab Set 24, 2016 8:50 am
Königin escreveu:
Pyros:
Esse sonho aconteceu ontem a tarde, enquanto eu tirava um cochilo numa rede.

Eu estava na frente da casa de um senhor aqui do bairro que é conhecido pela "rabugentiçe" dele. Por algum motivo, decidi subir  na grade da casa dele e fiquei me equilibrando enquanto andava para um lado e para o outro nela. Acontece que a grade caiu e eu caí junto, pensei : "-Tapoxa, derrubei a grade e o portão da casa de Seu Araújo, ele vai ficar fulo da vida quando ver isso... tenho que concertar." nao3

Daí, fiquei tentando equilibrar a grade novamente, mas sempre que eu punha ela de pé ela pendia para o outro lado e caía novamente. Vi que ficar ali ia acabar mau pra mim e dei no pé, enquanto saía correndo da rua, me veio a mente que aquilo só podia ser um sonho e fiquei lúcido instantaneamente. viva

Cheguei perto de um posto de gasolina e por algum motivo tava rolando o maior festão lá, o povo tocando pagode, gente dançando pra tudo quanto é lado. Decidi me meter lá no meio pra vê se achava algo interessante : ( ͡° ͜ʖ ͡°)
No meio daquela bagunça tomei um susto quando olhei para o lado e vi um cara urinando na minha perna, o susto foi tão grande que eu acordei num pulo do SOFÁ e olhei para a perna e ela estava molhada realmente. susto

Eu saí correndo para ir no banheiro e foi aí que percebi que minha visão estava estava escura no olho esquerdo, eu também estava andando me arrastando praticamente e minha casa estava muito cheia. Tive que ir me esquivando das pessoas até chegar no banheiro e ver o que tinha rolado. Quando cheguei lá que fui olhar o que tava rolando de frente para o espelho, não vejo meu reflexo.
Tomei um outro susto e acordei na rede, olhei as mãos e estava tudo normal, eu tinha tido um sonho dentro de outro sonho. Que loucura isso, fiquei meio zonzo o resto da tarde, até porque não é todo dia que você depois de crescer pensa que urinou enquanto dormia HAHAHAHAHAHA lol
Achei que você tinha feito pipi na calça ao acordar, mas ainda bem, você acordou do sonho em um sonho. iori

Pyros:
Galera, essa noite de 12-13 eu tive 3 sonhos lúcidos.  Infelizmente eu só lembro de 2 deles por completo, pois o primeiro só me vem umas imagem na cabeça em que eu estava montado em um tipo de submarino que colidia em uma caravela. (harley louco não? harley)

Mas vamos ao terceiro sonho que tive, depois de dois sonhos lúcidos eu acordei e eram umas 2 horas da manhã, escrevi o que me lembrava e voltei para a cama e adormeci. O sonho começou não lúcido, eu estava com a irmã de meu amigo voltando de uma festa. Nós entramos em uma casa que parecia ser uma república, subimos até o segundo andar onde havia uma sala  que dava para os quartos. Nessa sala a televisão estava ligada e  a irmã de meu amigo resolveu parar para ver . Eu disse a ela que iria procurar  o nosso quarto e segui o corredor até que olhei para uma porta meio aberta oe vi várias pessoas dormindo onde seria o nosso quarto. Fui no quarto ao lado (que era o quarto daquelas pessoas que invadiram o meu quarto), ele estava todo bagunçado, sujo e havia até um pouco de cimento jogado pelo chão. Voltei revoltado e disse a irmã de meu amigo que não dava pra dormir naquele quarto. Ela falou que tava tudo "de boa" e que era pra irmos na dispensa pegar algo para comer, depois resolvíamos o problema dos quartos trocados. Cheguei a ir na dispensa mas não tinha nada lá e resolvi sair da casa e por algum motivo saí correndo na chuva e comecei a me pendurar e escalar uma casa de uns 3 andares que tinha ali perto.

Enquanto escalava reparei que o telhado da casa era como um grande guarda-chuva, só que feito de madeira e palha. As hastes e o cabo dele eram feitos de troncos de madeira, e o resto era coberto de palha e esse era o telhado daquela casa. Quando eu fui me segurar em um dos troncos, ele se desprendeu do centro e eu fiquei me segurando com uma mão só em um telhado de palha enquanto na outra mão  segurava um tronco de 3 metros de comprimento mais ou menos e tentava coloca-lo de volta no lugar , isso foi ão absurdo que logo pensei: "-Só pode ser um sonho kkkkkkk". viva2

Me joguei para dentro da cobertura com tronco e tudo, logo apareceu minha tia que começou a reclamar comigo sobre eu ficar escalando as casas da vizinhança e que não era pra eu fazer isso, ainda mais na chuva. Não prestei atenção e ela logo foi embora, e fiquei pensando no que fazer. Vi uma bola de assoprar voando e pensei em testar se podia mover as coisas com a mente, daí, estendi a mão para o balão e ele veio para mim, soltei ele de volta para ele tomar uma distancia maior e depois trazia ele só de erguer a mão. Like a Jedi jedi . Nisso o sonho começou a se desfazer e eu agarrei bem o balão para estabilizar, deu certo. dança

Vi que ficar parado ia me fazer acordar, então pulei para o terraço da vizinha que não era coberto, só que na metade do pulo eu comecei a cair e me agarrei na parede e comecei a escalar. Pensei em tentar fazer as unhas crescerem, mas como já estava perto do topo decidi que seria melhor eu voar. Na mesma hora lembrei  que algo que eu quero muito fazer é ir pro espaço, então mãos a obra. Me ajoelhei no chão e peguei força nas pernas para dar um impulso e dali mesmo sair voando mas não deu muito certo... eu dei um pulo alto, só que comecei a cair, enquanto caía eu bati os braços como se fossem asas e nisso comecei a levitar normalmente.

Olhei para o céu procurando a lua e vi algo fantástico. O céu estava claro como o dia, mas a luta dava para ser vista como se fosse noite, isso porque pelo menos ao redor dela dava para ver as coisas como se fosse a noite mesmo, algo mais ou menos assim :


Olhando para a lua, pensei que precisaria voar mais rápido para chegar lá, daí pensei : "-Como que o The Master fazia para voar que nem o Tsuna(meu avatar)?" Lembrei que no diário dele ele se posicionou da mesma forma e deixou o resto com o subconciente. Daí eu dobrei o joelho, estiquei uma perna para traz e coloquei as mãos para traz. Na mesma hora fui impulsionado para frente e comecei a voar numa velocidade absurda, das minhas mãos saíam as chamas para a propulsão e kkkkkkkkkkkkkk vocês tem que experimentar voar nessa velocidade, é muito divertido e a adrenalina sobe na hora. Eu voava e ficava tido "- Cara isso é muito iradooo, a galera do fórum tem que "ver" para "sentir"  vivagrupo "


Acontece que me empolguei tanto que acabei perdendo a lucidez, ao invés de ir em direção ao espaço eu fui até um grande galpão que havia em frente a uma ponte, e entrei arrombando a parede com um chute.


Lá dentro tinha uns caras com máscara de gaz fazendo drogas e produtos alucinógenos. Eu parei um deles e falei : "-Seguinte, eu sou o Investigador Pyros, se não quiser que eu incendei esse lugar por completo é bom colocar as drogas no chão e a mão no alto!!!"  legal  legal  legal

O cara obedeceu na hora e os reforços da polícia chegaram e prenderam os caras, o inspetor vei falar comigo e disse que eu deveria tomar cuidado, entrar naquele lugar sem máscara faz muito mau e que os produtos iriam causas alucinações. Eu respondi a ele que meu organismo metabolizava o veneno e que ele poderia ficar tranquilo. Depois voltei voando para casa.  lol

Quando pisei em casa fiquei lúcido novamente e me lembrei que tinha voado mas não fui para o espaço. Resolvi tentar novamente e dei um pulo para voar, só que cai no telhado da vizinha e quebrei umas telhas. Olhei para minha mão e pensei : "-Tomara que seja sonho porque se não for a vizinha vai me matar por ter quebrado o telhado dela kkkkkk".  lingua  lingua  lingua Minha mão tava com 7 dedos e eu fiquei mais tranquilo, fui pulando pelos telhados das casas tentando pegar impulso para voar ,mas não deu certo, na realidade eu acabei voltando para a ponte que ficava em frente ao galpão das drogas.

Lá o inspetor tava caído junto com uma mulher ao lado, quando toquei nele comecei a ver as alucinações que ele estava vendo. Era tenso, a mulher ao lado estava coberta de baratas e o inspetor tinha olhos vermelhos e seu rosto estava em carna viva com chifres. medo  medo

Isso tudo acabou me acordando e tive até sonhos depois com o inspetor mas não foram lúcidos.
O sonho com submarino deve ter sido uma aventura!!
Eu já voei em alta velocidade e realmente é muito legal. Você perdeu a lucidez, mas foi parar num sonho com enredo muito divertido. Investigador Pyros
Pyros:
Este sonho foi o segundo sonho lúcido que eu tive na madrugada do dia 14/09.
Acordei em uma casa que era bem diferente da minha, mas ao olhar pela janela percebi que ela ficava no mesmo local que a minha casa do mundo real. Eu estava lúcido já, porém minha lucidez estava lá pelos 70%.

Andando por um corredor, encontrei um garotinho, ele aparentava ter uns 7 anos, estava todo vestido com uma roupa social e tinha cabelos loiros. O pai dele estava em pé, meio encurvado sobre uma mesa a qual escrevia algo, então não cheguei a ver o seu rosto. Perguntei ao garotinho:
"-Qual o seu nome?" Ele não olhava direto no meu rosto e sempre ficava com o olhar perdido para frente.
Mas me respondeu: "-Ninguém"
Fiquei surpreso, mas decidi agir naturalmente e disse: "-Ta bom ninguém, você quer brincar um pouco?"

Ele abriu um sorriso e começamos a "brincar", eu coloco isso em aspas pois quando olhei o garotinho tinha feito uma posição de kung fu e começou a executar vários golpes. Eu achei engraçado aquilo e decidi tentar também, então ergui um braço e ficava segurando os chutes do garotinho. Ele era bem rápido, dava um pulo e chutava umas 3 vezes no ar, sim... tipo os filmes de ação japoneses/chineses.naruto

Decidi testar uma ideia, cerrei o punho e gritei: "-SOCO FLAMEJANTE". Na mesma hora minha mão começou a pegar fogo, enquanto o resto do meu braço saía uma fumaça branca. (Cá entre nós, é muito estranho anunciar o nome do golpe que você vai dar kkkkk)lol lol

De qualquer forma, não acertei o garoto, eu mirei no chão bem em frente dele. O garoto que estava sorrindo, na mesma hora voltou a ficar com o rosto sério e o olhar perdido, virou de costas e saiu andando de volta para onde estava a mesa do pai. Eu fiquei meio preocupado, pois como era a primeira vez que estava tendo um contato prolongado com um personagem onírico eu não queria que tudo terminasse mau. Então perguntei a ele porque que ele tinha ficado chateado.
Ele me respondeu: "-Halley""-Meu nome... é Halley" e saiu andando para perto da janela.
Eu cheguei perto dele e para anima-lo apontei para o céu e disse que ia mostrar algo legal para ele. Apertei a língua contra o céu da boca e pedi para que um cometa caísse bem ali na vista da janela, coisa que aconteceu mesmo, alguns segundos depois. Um cometa azul desceu dos céus nublados e atingiu o chão iluminando tudo ao redor.

O garoto pulou pela janela quando o cometa se chocou no chão e eu pulei atrás dele. Acontece que eu caí flutuando em câmera lenta e o garoto ficou me olhando de baixo com uma cara meio surpresa e disse:
"-É legal pular."ressalto
Eu sorri pra ele só que nesse momento algo me prendeu pelas costas e eu comecei a tentar me soltar, quando olhei de volta, no chão não estava mais o garoto, agora estava uma tia minha e ela me encarava com uma cara muito estranha, seus olhos estavam todos negros.

Encarei ela de volta e ela ficou brava e me mandou ir dormir e deixar ela em paz. Acordei suspeito

"-SOCO FLAMEJANTE". ... hahahaha! Falar o nome do soco antes de golpear é realmente muito esquisito. Me lembrei do desenho do Yu-Gi-Oh que o protagonista grita os nomes esquistos das cartas que ele puxa para jogar no duelo. iori

Eu também achei que tava sonhando muito, o legal foi que a casa tava cheia e eu meio lerdo e pensando: Eu aqui todo molhado e ainda minha mãe invente de convidar o bairro todo!!! Mancada!!!

Ainda bem que era apenas um sonho.  viva  viva  viva

O legal de cair em um sonho não lúcido no meio de um lúcido é que parece que você guarda mais informações do que aconteceu, e as coisas ficam bem nítidas. Agora então eu sou investigador  viva2

Não faz o menor sentido anunciar o golpe, coisa de desenho japonês mesmo, nem no sonho deixou de parecer estranho hahahahah.
avatar
Mensagens : 2531
Pontos : 5724
Honra : 1044
Data de inscrição : 12/06/2013
Localização : Bahia
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonho Lúcidos de Pyros

em Sab Set 24, 2016 2:55 pm
Pyros escreveu:
Pyros escreveu:Este sonho foi o segundo sonho lúcido que eu tive na madrugada do dia 14/09.
Acordei em uma casa que era bem diferente da minha, mas ao olhar pela janela percebi que ela ficava no mesmo local que a minha casa do mundo real. Eu estava lúcido já, porém minha lucidez estava lá pelos 70%.

Andando por um corredor, encontrei um garotinho, ele aparentava ter uns 7 anos, estava todo vestido com uma roupa social e tinha cabelos loiros. O pai dele estava em pé, meio encurvado sobre uma mesa a qual escrevia algo, então não cheguei a ver o seu rosto. Perguntei ao garotinho:
"-Qual o seu nome?" Ele não olhava direto no meu rosto e sempre ficava com o olhar perdido para frente.
Mas me respondeu: "-Ninguém"
Fiquei surpreso, mas decidi agir naturalmente e disse: "-Ta bom ninguém, você quer brincar um pouco?"

Ele abriu um sorriso e começamos a "brincar", eu coloco isso em aspas pois quando olhei o garotinho tinha feito uma posição de kung fu e começou a executar vários golpes. Eu achei engraçado aquilo e decidi tentar também, então ergui um braço e ficava segurando os chutes do garotinho. Ele era bem rápido, dava um pulo e chutava umas 3 vezes no ar, sim... tipo os filmes de ação japoneses/chineses.naruto

Decidi testar uma ideia, cerrei o punho e gritei: "-SOCO FLAMEJANTE". Na mesma hora minha mão começou a pegar fogo, enquanto o resto do meu braço saía uma fumaça branca. (Cá entre nós, é muito estranho anunciar o nome do golpe que você vai dar kkkkk)lol lol

De qualquer forma, não acertei o garoto, eu mirei no chão bem em frente dele. O garoto que estava sorrindo, na mesma hora voltou a ficar com o rosto sério e o olhar perdido, virou de costas e saiu andando de volta para onde estava a mesa do pai. Eu fiquei meio preocupado, pois como era a primeira vez que estava tendo um contato prolongado com um personagem onírico eu não queria que tudo terminasse mau. Então perguntei a ele porque que ele tinha ficado chateado.
Ele me respondeu: "-Halley""-Meu nome... é Halley" e saiu andando para perto da janela.
Eu cheguei perto dele e para anima-lo apontei para o céu e disse que ia mostrar algo legal para ele. Apertei a língua contra o céu da boca e pedi para que um cometa caísse bem ali na vista da janela, coisa que aconteceu mesmo, alguns segundos depois. Um cometa azul desceu dos céus nublados e atingiu o chão iluminando tudo ao redor.

O garoto pulou pela janela quando o cometa se chocou no chão e eu pulei atrás dele. Acontece que eu caí flutuando em câmera lenta e o garoto ficou me olhando de baixo com uma cara meio surpresa e disse:
"-É legal pular."ressalto
Eu sorri pra ele só que nesse momento algo me prendeu pelas costas e eu comecei a tentar me soltar, quando olhei de volta, no chão não estava mais o garoto, agora estava uma tia minha e ela me encarava com uma cara muito estranha, seus olhos estavam todos negros.

Encarei ela de volta e ela ficou brava e me mandou ir dormir e deixar ela em paz. Acordei suspeito
Oi, Pyros

Então, quer dizer que voce queria testar o seu super soco flamejante justamente no pobre do garotinho? Kkkk Coitadinho do garotinho, fiquei até com pena do bichinho agora. gargalhada

avatar
Mensagens : 386
Pontos : 1615
Honra : 199
Data de inscrição : 04/03/2016
Idade : 20
Localização : Brasil
Sonhos Lúcidos :
29 / 99929 / 999
Sonhos Comuns :
999 / 999999 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonho Lúcidos de Pyros

em Seg Set 26, 2016 11:21 am
Ramon escreveu:
Pyros escreveu:

Pyros escreveu:Este sonho foi o segundo sonho lúcido que eu tive na madrugada do dia 14/09.
Acordei em uma casa que era bem diferente da minha, mas ao olhar pela janela percebi que ela ficava no mesmo local que a minha casa do mundo real. Eu estava lúcido já, porém minha lucidez estava lá pelos 70%.

Andando por um corredor, encontrei um garotinho, ele aparentava ter uns 7 anos, estava todo vestido com uma roupa social e tinha cabelos loiros. O pai dele estava em pé, meio encurvado sobre uma mesa a qual escrevia algo, então não cheguei a ver o seu rosto. Perguntei ao garotinho:
"-Qual o seu nome?" Ele não olhava direto no meu rosto e sempre ficava com o olhar perdido para frente.
Mas me respondeu: "-Ninguém"
Fiquei surpreso, mas decidi agir naturalmente e disse: "-Ta bom ninguém, você quer brincar um pouco?"

Ele abriu um sorriso e começamos a "brincar", eu coloco isso em aspas pois quando olhei o garotinho tinha feito uma posição de kung fu e começou a executar vários golpes. Eu achei engraçado aquilo e decidi tentar também, então ergui um braço e ficava segurando os chutes do garotinho. Ele era bem rápido, dava um pulo e chutava umas 3 vezes no ar, sim... tipo os filmes de ação japoneses/chineses.naruto

Decidi testar uma ideia, cerrei o punho e gritei: "-SOCO FLAMEJANTE". Na mesma hora minha mão começou a pegar fogo, enquanto o resto do meu braço saía uma fumaça branca. (Cá entre nós, é muito estranho anunciar o nome do golpe que você vai dar kkkkk)lol lol

De qualquer forma, não acertei o garoto, eu mirei no chão bem em frente dele. O garoto que estava sorrindo, na mesma hora voltou a ficar com o rosto sério e o olhar perdido, virou de costas e saiu andando de volta para onde estava a mesa do pai. Eu fiquei meio preocupado, pois como era a primeira vez que estava tendo um contato prolongado com um personagem onírico eu não queria que tudo terminasse mau. Então perguntei a ele porque que ele tinha ficado chateado.
Ele me respondeu: "-Halley""-Meu nome... é Halley" e saiu andando para perto da janela.
Eu cheguei perto dele e para anima-lo apontei para o céu e disse que ia mostrar algo legal para ele. Apertei a língua contra o céu da boca e pedi para que um cometa caísse bem ali na vista da janela, coisa que aconteceu mesmo, alguns segundos depois. Um cometa azul desceu dos céus nublados e atingiu o chão iluminando tudo ao redor.

O garoto pulou pela janela quando o cometa se chocou no chão e eu pulei atrás dele. Acontece que eu caí flutuando em câmera lenta e o garoto ficou me olhando de baixo com uma cara meio surpresa e disse:
"-É legal pular."ressalto
Eu sorri pra ele só que nesse momento algo me prendeu pelas costas e eu comecei a tentar me soltar, quando olhei de volta, no chão não estava mais o garoto, agora estava uma tia minha e ela me encarava com uma cara muito estranha, seus olhos estavam todos negros.

Encarei ela de volta e ela ficou brava e me mandou ir dormir e deixar ela em paz. Acordei suspeito
Oi, Pyros

Então, quer dizer que voce queria testar o seu super soco flamejante justamente no pobre do garotinho? Kkkk Coitadinho do garotinho, fiquei até com pena do bichinho agora.  gargalhada


Eu sei eu sei, foi maldade da minha parte hehehehe.

Mas não pude evitar, estava ficando empolgado. Se bem que se eu tiver um outro sonho que tenha um contato grande com outro personagem onírico, vou tentar ser mais amigável. viva
avatar
Mensagens : 367
Pontos : 884
Honra : 47
Data de inscrição : 09/10/2016
Localização : SP,Brasil
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
2 / 9992 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonho Lúcidos de Pyros

em Qui Out 13, 2016 10:01 pm
KKKKKKKKKKK adorei o seu sonho lucido o primeiro, e o do rasengan achei bem divertido kkkkkk pelo visto voce anda assistindo bastante naruto em! vou acompanhar.
avatar
Mensagens : 386
Pontos : 1615
Honra : 199
Data de inscrição : 04/03/2016
Idade : 20
Localização : Brasil
Sonhos Lúcidos :
29 / 99929 / 999
Sonhos Comuns :
999 / 999999 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonho Lúcidos de Pyros

em Dom Out 16, 2016 11:39 am
Tabarisco escreveu:KKKKKKKKKKK adorei o seu sonho lucido o primeiro, e o do rasengan achei bem divertido kkkkkk pelo visto voce anda assistindo bastante naruto em! vou acompanhar.

Hahahaha, pior que foi coisa da infância, eu assistia na época que passava no sbt, depois dos 16 eu não tive mais tanto tempo pra assistir animes então foi como uma fase boa da minha vida que eu costumo visitar nos meu sonhos.

Maturidade tem a hora certa pra usar, na maior parte do tempo, agir e pensar como uma criança é sempre mais divertido, principalmente nos dias de hoje onde a vida não é tããão divertida assim. viva
avatar
Mensagens : 386
Pontos : 1615
Honra : 199
Data de inscrição : 04/03/2016
Idade : 20
Localização : Brasil
Sonhos Lúcidos :
29 / 99929 / 999
Sonhos Comuns :
999 / 999999 / 999
Ver perfil do usuário

Experimentando

em Dom Out 16, 2016 2:32 pm
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
Sonho Nº 14 - 16 de Outubro de 2016
Tive um sonho meio bizarro e acabei por ficar lúcido enquanto eu fugia de algo na avenida principal do bairro onde moro. Decidi que seria melhor voar e ir para outro cenário, mas não conseguia subir. Eu pulava e pulava mas de nada adiantava. Para mudar de cenário resolvi pegar um porta e usar como um atalho.

Vi um portão de ferro e atravessei ele. Acabei por sair em um labirinto de pardes cinza, muito pouco iluminado que me rendeu alguns minutos de caminhada no sonho. Encontrei um outro portão e arrombei esse dando de cara com uma praia.

Não estava claro como o dia, na realidade parecia que aquilo se passava alguns minutos antes do nascer do sol. Varias pessoas estavam na praia esperando algo acontecer. A praia por si só era estranha, pois a areia não ia descendo até o mar, ela era plana e depois tinha uma declive vertical onde se encontrava com o mar como se fosse  uma borda de piscina. Já que o espaço era bem amplo tentei voar novamente mas não deu certo, quando eu pulava apontava as mãos para o chão para tentar fazer sair fogo e usar como propulsão, como já fiz em outro sonhos, mas só acontecia de causar um impacto no chão que me mantinha mais tempo no ar e nada mais.

Percebi que o sonho tava querendo se desfazer e comecei a procurar algo pra me entreter. Vi uma mulher na beira da praia e ela estava chorando, eu dei um "oi" e ia tentar ajudar ela. Mas quando acenei, ela tentou se enterrar na areia da praia como se fosse uma minhoca, pior ainda, ela era meio gordinha, então acabou por ficar a barriga para fora da areia. gargalhada

Nessa mesma hora um barco veio em minha direção e jogou um caixote de madeira que ficou boiando na água. O caixote estava trancado mas eu não tive dificuldade em arrancar a tampa e ver o que tinha dentro. Era um montão daqueles doces de festas. Todos bonitinhos hehehehe.

Chamei a moça que tinha se enterrado na areia e perguntei se ela não iria querer eles, ela parou de chorar, aceitou e ainda chamou os filhos para comer. Satisfeito eu comecei a procurar outra coisa para fazer, mas lembrei que nunca tinha comido nada nos sonhos e não podia perder essa oportunidade de ouro. Joguei o moleque que tava comendo pro lado e peguei um docinho e experimentei... era gostoso, mas tinha a consistência de um biscoito recheado, era uma sensação estranha que dava comer aquilo.

Saindo dali encontrei o mesmo portão que havia me deixado lá, passei por ele novamente e saí em uma sala de aula que tinha 4 estudantes. O primeiro era mudo, o segundo era gago e os outros dois falavam em outros idiomas. Decidi testar ser imperativo. Cheguei para um dos dois e falei "- Fala português!!!" e ele começou a falar em português hahahaha. Animado com isso fui pro próximo que tava gaguejando com a maior cara de medo.

Cheguei nele e gritei "- Fala certo homem!!!", e ele formulou uma frase direitinho. O mudo também começou a falar. O ultimo eu tentei transformar ele em outra pessoa mas o sonho começou a se desfazer e eu caí em um sonho não lúcido.


Última edição por Pyros em Sex Fev 10, 2017 1:43 pm, editado 2 vez(es)
avatar
Mensagens : 331
Pontos : 1109
Honra : 106
Data de inscrição : 10/05/2016
Localização : RS
Sonhos Lúcidos :
7 / 9997 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonho Lúcidos de Pyros

em Dom Out 16, 2016 3:42 pm
Ei pyros,
Você tirou o doce do garoto?kkkk Comer nos sonhos realmente é algo interessante.Achei engraçada a parte da mulher se enterrando na areia,kkkk
Conteúdo patrocinado

Re: Diário dos Sonho Lúcidos de Pyros

Ver o tópico anteriorVoltar ao TopoVer o tópico seguinte
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum