Conectar-se
Os membros mais ativos do mês
6 Mensagens - 21%
6 Mensagens - 21%
3 Mensagens - 11%
3 Mensagens - 11%
2 Mensagens - 7%
2 Mensagens - 7%
2 Mensagens - 7%
2 Mensagens - 7%
1 Mensagem - 4%
1 Mensagem - 4%
Votação
Qual a técnica que você utiliza para ficar lúcido?
Teste de Realidade
45% / 15
Totem
15% / 5
Incubação
12% / 4
Gatilho
6% / 2
Gravador de Voz ou Sons Binaurais
6% / 2
Outros
15% / 5
Parceiros
 sonhos=
 sonhos=
 animes=

Compartilhe
Ver o tópico anteriorIr em baixoVer o tópico seguinte
avatar
Mensagens : 1178
Pontos : 3869
Honra : 670
Data de inscrição : 25/03/2013
Idade : 22
Localização : Morretes/ PR
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuáriohttp://naturezaevolutiva.blogspot.com.br/

Re: Diário dos Sonho Lúcidos de Pyros

em Qua Mar 01, 2017 9:58 am
Que ótima ideia de pegar velocidade com eletricidade, isso que define um verdadeiro oritonauta (a capacidade de pensar diferente).
Esse negócio de água na cidade, também aconteceu em meu sonho de hoje, curioso...
avatar
Mensagens : 111
Pontos : 726
Honra : 48
Data de inscrição : 20/11/2015
Localização : Espírito Santo
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonho Lúcidos de Pyros

em Qua Mar 01, 2017 11:11 am
Interessante essa cena das ondas na rua, bem surreal. Não sei porque mas ultimamente eu ando vendo uma certa relação entre água e sonhos...
Mensagens : 1017
Pontos : 3326
Honra : 749
Data de inscrição : 06/08/2013
Idade : 27
Localização : São Paulo/Santo André
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonho Lúcidos de Pyros

em Qua Mar 01, 2017 6:52 pm
Muito bacana Pyros, relatório curioso, quando você mencionou o velho lembrei da Kon quando alguém tenta impedi-la de realizar uma determinada tarefa, chegou quase lá. O Emerson chegou perto também e só faltou a Quimera, mas esse é o caminho e ainda temos uma semana, vamos que vamos! viva
avatar
Mensagens : 1273
Pontos : 3187
Honra : 657
Data de inscrição : 06/07/2015
Localização : Alemanha
Sonhos Lúcidos :
222 / 999222 / 999
Sonhos Comuns :
999 / 999999 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonho Lúcidos de Pyros

em Qui Mar 02, 2017 8:14 am
Que sonho legal, Pyros. Imaginei o The Rock ajoelhado tentando barrar a onda. Hahaha! Eu acho que ele consegue. O cara é uma muralha. muito feliz
Muito legal a parte que você usa os fios dos postes impulsionar seus pulos e ainda mostrou talento para competir numa olimpíada.
Uma dica para você encontrar a cidade. Siga o curso de um rio. Paris é cortada pelo rio Sena e a catedral fica perto desse rio.
avatar
Mensagens : 386
Pontos : 1444
Honra : 199
Data de inscrição : 04/03/2016
Idade : 20
Localização : Brasil
Sonhos Lúcidos :
29 / 99929 / 999
Sonhos Comuns :
999 / 999999 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonho Lúcidos de Pyros

em Qui Mar 02, 2017 10:29 am
EmersonPawoski escreveu:Que ótima ideia de pegar velocidade com eletricidade, isso que define um verdadeiro oritonauta (a capacidade de pensar diferente).
Esse negócio de água na cidade, também aconteceu em meu sonho de hoje, curioso...

Rapaz, a princípio tenho de admitir que não era nem essa ideia, mas parece que no improviso até queeu consegui fazer algo lingua
avatar
Mensagens : 386
Pontos : 1444
Honra : 199
Data de inscrição : 04/03/2016
Idade : 20
Localização : Brasil
Sonhos Lúcidos :
29 / 99929 / 999
Sonhos Comuns :
999 / 999999 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonho Lúcidos de Pyros

em Qui Mar 02, 2017 10:30 am
daydreamer escreveu:Interessante essa cena das ondas na rua, bem surreal. Não sei porque mas ultimamente eu ando vendo uma certa relação entre água e sonhos...

Yo Day, foi uma cena legal de ver. Mas eu também notei ultimamente uma relação com água nos sonhos, em alguns dos meus pelo menos... estranho não ?
avatar
Mensagens : 386
Pontos : 1444
Honra : 199
Data de inscrição : 04/03/2016
Idade : 20
Localização : Brasil
Sonhos Lúcidos :
29 / 99929 / 999
Sonhos Comuns :
999 / 999999 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonho Lúcidos de Pyros

em Qui Mar 02, 2017 10:33 am
Reizen Endler escreveu:Muito bacana Pyros, relatório curioso, quando você mencionou o velho lembrei da Kon quando alguém tenta impedi-la de realizar uma determinada tarefa, chegou quase lá. O Emerson chegou perto também e só faltou a Quimera, mas esse é o caminho e ainda temos uma semana, vamos que vamos! viva

Yo Reizen ^^. É os desafios estão ficando cada vez melhores, vamos ver se eu também consigo chegar lá xD

Ah, queria perguntar um negócio a você. Os multi-citar não estão funcionando é? Eu queria responder todos juntos, mas pelo visto não ta dando para eu fazer isso, tive que responder cada um citando 1 por 1.

avatar
Mensagens : 386
Pontos : 1444
Honra : 199
Data de inscrição : 04/03/2016
Idade : 20
Localização : Brasil
Sonhos Lúcidos :
29 / 99929 / 999
Sonhos Comuns :
999 / 999999 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonho Lúcidos de Pyros

em Qui Mar 02, 2017 10:35 am
Königin escreveu:Que sonho legal, Pyros. Imaginei o The Rock ajoelhado tentando barrar a onda. Hahaha! Eu acho que ele consegue. O cara é uma muralha. muito feliz
Muito legal a parte que você usa os fios dos postes impulsionar seus pulos e ainda mostrou talento para competir numa olimpíada.
Uma dica para você encontrar a cidade. Siga o curso de um rio. Paris é cortada pelo rio Sena e a catedral fica perto desse rio.

Yo Koenigin!  Imaginou certíssimo, o cara é um muro humano mesmo, no sonho parecia maior ainda.
Ah valeu a dica!! Eu tentei novamente hoje mas parece que não deu totalmente certo. Vou tentar novamente assim que possível e usar sua dica xD.

Mas me diz uma coisa, eu te chamo de Koenigin, pq uma vez você falou que o Königin tem som de Koenigin. Mas nunca perguntei a tua preferência. e.e Chamar os outros pelo nome errado pode causar problemas. Uma vez uns conhecidos usavam meu nick me chamando de Piru enojado , pois diziam que o "Y" tinha som de "i", mesmo eu explicando a eles que a pronuncia seria "Pairos", a zoeira deles venceu... e eu não fiquei muito contente na época. Daí minha pergunta e.e
avatar
Mensagens : 386
Pontos : 1444
Honra : 199
Data de inscrição : 04/03/2016
Idade : 20
Localização : Brasil
Sonhos Lúcidos :
29 / 99929 / 999
Sonhos Comuns :
999 / 999999 / 999
Ver perfil do usuário

Visita ao Don Corleone

em Qui Mar 02, 2017 10:41 am
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
Sonho Nº 29 02 de Março de 2017

Vamos hoje para mais um sonho em que eu tentei fazer o desafio lúcido da Koenigin: " Desafio: Qual a história da Catedral de Notre Dame?"


Lembro de começa esse sonho não lúcido. Fui junto a algum conhecido meu, que não me recordo quem era, a uma rua que pessoalmente nunca vi na vida. Era uma rua larga no começo e ia se estreitando aos poucos, além disso era inclinada, uma ladeira, quanto mais descíamos a rua mais apertada ela se tornava. As ruas não eram divididos em quarterões, eram apenas um amontoado de casas, uma em cima de outras, que davam um aspecto de favela ao lugar.
Chegamos em frente de um prédio que era mais recuado. Uma escada de cimento levava até o primeiro andar da casa e nos colocamos a subir por ela. O cara que estava a meu lado parecia muito nervoso, suava como se estivesse em uma sauna.
- Ei cara, qual o problema? Dá para ficar mais calmo? - Falei para ele.
- E-eu vou chamar aqui em baixo para ver se alguém atende. - Ele respondeu meio nervoso.

A escada continuava por mais uns 5 degraus até uma um pátio fechado por grade. Porém, no meio dela havia um outro pátio ao lado e uma outra casa. Foi aí que eu percebi que ali era um amontoado de apartamentos. Meu "colega" parou no apartamento do meio e chamou alguém. Aos berros saiu uma empregada dizendo que estava ocupadíssima e não poderia atender ele.
Enquanto ele insistia em perguntar coisas a mulher, eu me pus a seguir até o pátio mais alto e me apoiando na grade gritei:
- Tem alguém aí!?
Nenhuma resposta.
Me preparei para chamar novamente até que sai uma mulher de uma porta que havia dentro do pátio. Ela era alta, morena, com os cabelos quase totalmente negros, também parecia ter no máximo uns 30 anos.
- O que você deseja? - Perguntou ela calmamente.
- Vim falar com o Don Corleone. Você sabe onde ele está?

Mal acabo de falar e sai um homem branco, quase careca, com os olhos azuis sai da porta e vem em direção a grade.
- Está me procurando filho? Eu sou o Don Corleone.
Sabe, aquele cara era bem diferente do que eu esperava do tal Don Corleone, ma respondi na mesma hora:
- Viemos buscar a sua filha. Onde ela está?
No mesmo estante, sai de dentro da sala uma terceira pessoa, que é praticamente uma cópia da mulher morena que havia saído antes, mas essa era nitidamente mais jovem. Pensando aqui ela parecia ter uns 15 anos, além de ser mais baixa que a anterior.
Ela estendeu a mão para eu beijar, mas eu peguei a mão dela e saí puxando escada a baixo, onde meu "colega" estava esperando. Ao encontrar ele, fomos em direção a um carro antigo, cor bege, que estava estacionado alguns metros rua acima.
Antes de ir, o Don Corleone desceu as escadas junto a mulher e me chamou.
- Minha mulher parece se interessar em você filho.
Enquanto ele falou isso, a mulher veio em minha direção. Notei que ela também parecia mais jovem do que antes, na real eu pensei que ela tinha menos de 20 anos nessa hora.
Ela veio em minha direção e me beijou. Sério, esse foi o beijo mais estranho que já dei na vida, seja lúcido ou no mundo real. Os lábios dela estavam quentes feito brasa, não foi nem um pouco legal.
Fiquei meio tonto e fui cambaleando em direção a um carro. Me segurei em frente a porta lateral e vi meu reflexo no vidro, e isso me fez ficar lúcido.

Após sentir a lucidez, olhei novamente meu reflexo e percebi que usava uma camisa amarela por baixo de uma outra quadriculada de alguma cor que não lembro. Já lúcido, lembrei na hora do desafio e saí correndo rua acima dando nenhuma importância a tudo que havia acontecido anteriormente.
Parei em frente de uma casa e pensei:
" Se eu tentar usar as portas para ir à Paris... deve funcionar."
Acontece que eu sou PÉSSIMO usando portas para mudar de cenário. Atravessei a porta e dentro havia uma casa normal, era um apartamento pequeno aliás. Abri a porta novamente a olhei a rua que continuava sendo a mesma. Resolvi então investigar a casa. Passei pela porta do quarto e em um lampejo já havia deduzido que quem morava ali era um motorista de ônibus.
Obs:Isso me acontece muito, tanto em sonhos quanto na vida real, em todo lugar onde eu vou, ou pessoas com quem falo, fico num jogo interno para descobrir mais sobre a própria pessoa baseado em deduções próprias. Fazer o que, meus heróis de livros na infância sempre foram Sherlock Holmes ou Poirot.  lingua
Entrei no quarto e havia uma sapato gasto no canto e uma calça meio social cinza jogada sobre a cama. Daí a dedução, é como alguns motoristas de ônibus se vestem onde eu moro. Abri o guarda roupas e havia realmente uma farda lá dentro, com o nome da empresa e tudo mais. Vendo que estava me distraindo voltei para a sala e comecei a ouvir tocar um sino. Pensei na hora que estava perto da igreja e me preparei para sair, mas acabei acordando.

Permaneci imóvel e voltei a sonhar, dessa vez eu estava em um lugar bem escuro, a única fonte de luz vinha da minha cabeça, porém não parei para ver se era uma chama como aparece no meu avatar ou em outros sonhos posteriores. Eu me encostei numa parede para tentar me equilibrar já que não conseguia ver o chão e percebi que a parede de pedra tinha um relevo diferente. Imaginei que deveria ser a catedral, mas quando fui andar caí no vazio e acordei novamente.
Fiquei imóvel mais uma vez e tentei me concentrar numa imagem da Catedral. Algo que estava me atrapalhando era que parte do meu corpo estava deitado sobre uma mão, eu estava deitado de lado, então comecei a sentir cãibra nela e isso me dificultou a contração. Porém, comecei a sentir um vento no rosto, velho que sensação esquisita e mágica ao mesmo tempo.
Quando abri os olhos, a brisa que batia em meu rosto revelou-se ser o forte vento que batia no lugar onde eu estava: Em cima de uma torre, agachado, na mesma posição que o avatar da Koenigin sobre um pequeno muro de proteção que havia. Quando olhei para o outro lado, em cima de outra torre em frente a minha, lá estava o maldito Don Corleone, agora usando um terno preto. Ao seu lado a sua esposa e cercando eles alguns caras de terno preto, além de um com uma folha de palmeira que o abanava.
- Você abandonou minua pobre filhinha. - Falou ele com aquele sotaque puxado.
- Aah dá um tempo né?
Estava semi-lúcido. A única coisa que pensava era sair daquela situação e quando eu fico assim, como vocês podem ver em sonhos anteriores, eu viro um poço de instintos, sem me importar com nada além de alcançar o objetivo.
Apontei meu dedo, como se fizesse uma posição de uma arma e atirei uma bola de fogo do meu dedo que acabou acertando a mulher e ela caiu da torre. Os guarda costas foram a loucura e o Don Corleone tentou se levantar da cadeira para ajudar a mulher.
Bati as mãos uma na outra como se fosse "rezar" e cruzei os dedos. Na mesma hora, na outra torre ao redor do Don Corleone, apareceu algo no formato de uma jaula, mas era feito de fogo. Foi incrível ver isso, a "jaula de fogo" ia se construindo enquanto queimava no ar e por fim se tornou algo sólido, porém de fogo.
Senti minha mão direita esquentar muito e acabei acordando com ela dormente, acho que por eu estar deitado por cima.

Decidi levantar e anotar no diário, a principio pensei que novamente não havia conseguido ir até Paris, mas quando procurei por imagens da Catedral agora pela manhã, notei que ela tem duas torres  bem parecidas com as do meu sonho. Fiquei me perguntando de onde que eu poderia ter tirado a imagem da Catedral, já que nunca pesquisei especificamente até hoje. Conclui que ou poderia ser do livro que eu li quando estava no fundamental ou do filme da disney que assisti quando era moleque. De qualquer forma, acho que pelo menos fiz algum progresso  e.e, espero que curtam.
avatar
Mensagens : 233
Pontos : 1301
Honra : 72
Data de inscrição : 26/12/2015
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonho Lúcidos de Pyros

em Sex Mar 03, 2017 3:42 pm
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
Gostei da parte do beijo da mulher do Corleone gargalhada Acho que se esse Don Corleone e a família dele não ficassem te atrapalhando você conseguiria cumprir o desafio.
avatar
Mensagens : 386
Pontos : 1444
Honra : 199
Data de inscrição : 04/03/2016
Idade : 20
Localização : Brasil
Sonhos Lúcidos :
29 / 99929 / 999
Sonhos Comuns :
999 / 999999 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonho Lúcidos de Pyros

em Sex Mar 03, 2017 6:30 pm
Érika escreveu:Gostei da parte do beijo da mulher do Corleone gargalhada Acho que se esse Don Corleone e a família dele não ficassem te atrapalhando você conseguiria cumprir o desafio.

Tu gostou logo dessa parte é? HAHAHAHAHAHA

Mas aí, eu não teria nenhum problema em dar um beijo na Sr.Corleone. Bastava a boca dela não dar a sensação que eu estava beijando um dragão cuspidor de fogo. _.

lingua Eu queria ter feito o desafio, mas foi legal ver a família Corleone aparecer no final. Parece que eles ficaram meio vingativos com o sonho anterior e resolveram dar as caras no fim.
Mensagens : 1017
Pontos : 3326
Honra : 749
Data de inscrição : 06/08/2013
Idade : 27
Localização : São Paulo/Santo André
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonho Lúcidos de Pyros

em Sex Mar 03, 2017 7:56 pm
Caramba, parece até um filme de ação e contém umas passagens bem enigmáticas.

E rapaz se não fosse o beijo quente feito brasa, talvez você não teria ganhado lucidez, desde já um pontinho para o subconsciente que conspirou ao seu favor. feliz

Já está na lista dos participantes dos desafios lúcidos, gostaria de aproveitar e deixar informado para qualquer um que conseguir realizar ao menos uma parte do objetivo será recompensado parcialmente com pontos. certo

Ressaltando que foi um sonho bem emocionante. piscar
avatar
Mensagens : 1178
Pontos : 3869
Honra : 670
Data de inscrição : 25/03/2013
Idade : 22
Localização : Morretes/ PR
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuáriohttp://naturezaevolutiva.blogspot.com.br/

Re: Diário dos Sonho Lúcidos de Pyros

em Dom Mar 05, 2017 12:01 pm
Sonho Nº 29 02 de Março de 2017

Esse Corleone viu, parece até uma pedra no sapato. Gostei da invenção da jaula de fogo e eu era assim também um poço de instintos (é só ir no começo do diário era fogo, raio, sangue a todo momento haha)
De onde será que saiu essas 2 torres da catedral?! 18
avatar
Mensagens : 111
Pontos : 726
Honra : 48
Data de inscrição : 20/11/2015
Localização : Espírito Santo
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonho Lúcidos de Pyros

em Dom Mar 05, 2017 4:55 pm
Sonho interessante, Pyros!
Curioso que você usava as mãos pra manipular fogo e sentiu uma delas ficar quente, que coincidência legal, ahahah
avatar
Mensagens : 386
Pontos : 1444
Honra : 199
Data de inscrição : 04/03/2016
Idade : 20
Localização : Brasil
Sonhos Lúcidos :
29 / 99929 / 999
Sonhos Comuns :
999 / 999999 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonho Lúcidos de Pyros

em Seg Mar 06, 2017 12:15 pm
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
Reizen valeu pelo comentário xD
Eu não curti muito a "boca quente" mais parece que ele me ajudou mesmo. Porém eu preferiria algo mais tranquilo, tipo ela vir em mim e falar: "ó, vc ta sonhando cara!" kkkkkk
Mas é bom participar dos desafios, eu espero cumprir ele. Eu tentei adiantar durante o começo, então tive logo 3 dias sonhando lúcido freneticamente. Até porque essa semana ia e está sendo bem complicada para mim e eu não estou tendo tempo nem para dormir direito. Mas se eu tirar um cochilo que seja, vou tentar completa-lo xD.

Emerson, cara a jaula de fogo foi algo que nem eu sabia, foi por puro instinto mesmo. Meu problema com isso é que eu tenho que me controlar muito. Se eu sigo o enredo do sonho normalmente dá para me manter lúcido. Agora se eu decido voar e passo muito tempo voando ou se eu faço várias reentradas, é como se minha personalidade fosse se esvaindo e só sobra o instinto de "missão dada é missão cumprida", quem tiver no caminho que se exploda pois eu vou passar. As vezes é legal, as vezes não, pois se eu recobro a lucidez total no decorrer do sonho, me bate uma pena por algumas coisas que eu fiz. Tipo nesse sonho não-lúcido meu --> Aqui

daydreamer foi bem louco mesmo a mão ficar quente, se eu não soubesse que era por estar dormindo em cima do braço, eu teria ficado mais tempo no sonho provavelmente, acho que fiquei com um pouco de receio no final. Mas a sensação foi bem loka mesmo: krizalid
avatar
Mensagens : 1273
Pontos : 3187
Honra : 657
Data de inscrição : 06/07/2015
Localização : Alemanha
Sonhos Lúcidos :
222 / 999222 / 999
Sonhos Comuns :
999 / 999999 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonho Lúcidos de Pyros

em Ter Mar 07, 2017 8:44 am
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
Muito legal o sonho, Pyros. Se o Corleone e família não pegassem tanto no seu pé, acho que você completaria o desafio. Pelo menos, na catedral você chegou. certo
avatar
Mensagens : 386
Pontos : 1444
Honra : 199
Data de inscrição : 04/03/2016
Idade : 20
Localização : Brasil
Sonhos Lúcidos :
29 / 99929 / 999
Sonhos Comuns :
999 / 999999 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonho Lúcidos de Pyros

em Seg Mar 13, 2017 7:26 pm
Königin escreveu:Muito legal o sonho, Pyros. Se o Corleone e família não pegassem tanto no seu pé, acho que você completaria o desafio. Pelo menos, na catedral você chegou.  certo
Opa, valeu Koenigin. Foi uma experiência bem legal de qualquer forma, agradeço pelo desafio, ele foi o uqe impulsionou muitos sonhos legais aqui no fórum. viva
avatar
Mensagens : 386
Pontos : 1444
Honra : 199
Data de inscrição : 04/03/2016
Idade : 20
Localização : Brasil
Sonhos Lúcidos :
29 / 99929 / 999
Sonhos Comuns :
999 / 999999 / 999
Ver perfil do usuário

O mago é implacável

em Seg Mar 13, 2017 8:52 pm
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
Galera, desculpas pelo tempo que passei fora. Essa semana está sendo muito agitada para mim e estou tendo muito pouco tempo para dormir, sonhar e lembrar dos sonhos. Por isso também nem deu para participar do desafio dessa semana.
Mas para não passar muito tempo, deixo com vocês aqui o meu relato do ultimo sonho lúcido que tive.
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------


Sonho Nº 29 13 de Março de 2017

O sonho começou sem forma, vazio, provavelmente um resquício do sonho anterior. Eu estava andando, porém não conseguia ver nada já tudo a minha frente era escuridão. Vou me guiando pela voz de um amigo e nossa conversa é bem descontraída até que chego e penso comigo mesmo:
"Será que estou sonhando?"
Quando comecei a me indagar sobre isso, algumas pessoas que estavam junto começaram a tentar me distrair e voltam a falar sobre o assunto anterior e dar risadas. Minha visão começa a melhorar, mas ainda não sou capaz de ver as coisas direito. Na realidade, o máximo que eu consigo ver são o contorno das coisas na escuridão, como se fossem desenhos num quadro negro.
Eu estava entretido de volta na conversa até que uma mulher de vestido cai do céu bem no meio de nosso grupo. Ela me pegou pelo braço e segurou o meu amigo pelo rosto, notei aí que ela era bem alto, pois só a mão dela já segurava todo o rosto de meu colega. Ela gritou:
- Vocês precisam se afastar!!! Se você continuar aqui não terá a lucidez completa.

Com um movimento rápido ela nos arremessa em direções opostas. Tento segurar ela, mas meu braço começa a esticar e eu continuo voando na direção em que fui arremessado até cair no chão e sair rolando. Até esse momento eu continuava a ver tudo como s fossem meras linhas num quadro negro, então não tenho uma descrição da mulher ou do cenário detalhadas. Porém, ela me jogou tão forte que depois de cair no chão e continuar me embolando acabei caindo em um precipício .
Não preciso nem dizer que tudo isso foi o bastante para eu ficar lúcido, assim, enquanto estava em queda livre começo a usar as chamas nas minhas mãos para me propulsionar para cima e parar a queda. Acontece que isso não deu muito certo. Todo meu corpo começa a pegar fogo e eu vou caindo cada vez mais rápido naquele abismo do vazio até que .... "-Bum!"

Acerto o chão com toda força.
Me levanto e agora já consigo ver tudo com boa nitidez. Estou numa espécie de cabana ou casa de madeira, a luz é apenas a que vem da janela passando por uma persiana e dá para ver claramente que o cômodo estava todo mobiliado, era uma espécie de cozinha americana.
Perto de onde eu caí, havia um grande armário branco que ia do chão até o teto, mas ele não me chamou atenção nessa hora. - Logo logo retornamos a história desse armário.
Bom, um grupo de jovens está sentados em volta de uma mesa jogando algum tipo de jogo estranho. Passei perto deles, mas eles não parecem me notar, ou se notaram, não fizeram questão de esboçar reação, talvez por alguns serem conhecidos meus.
Fui em direção ao próximo cômodo, que não tinha porta, apenas um espaço grande aberto na parede. O outro cômodo tinha alguns sofás, e um casal jovem fazia sexo em um deles. Esta cena me distraiu por alguns segundos até que começo a ouvir gritos da cozinha.
Vou andando em direção ao cômodo e paro na porta. Os jovens, eram três garotas e um garoto, estavam escondido atrás da mesa grande de madeira que haviam virado e colocado como barricada. De dentro do armário branco fortes pancadas ressoavam por todo o ambiente como se alguém estivesse ali dentro e estava arrombando a porta.
De repente as batidas param, as garotas saem correndo em minha direção e quando eu olho novamente percebo que o jovem que estava com elas havia sido "possuído". Ele começou a andar encurvado, com a cabeça torta, inclinada para o lado. Em meio aos gritos eu soltei uma gargalhada que fez todos pararem e olharam para minha cara.
- Haahahah, olha, se eu não estivesse sonhando, com certeza ia tá morrendo de medo. -Falei para elas.
O cara pulou em minha direção e eu fui mais rápido, segurando o rosto dele com a mão gritei:
- Purificar!!!
Um brilho branco tomou minha visão por alguns segundos e quando pude ver novamente, o cara estava normal novamente. O espirito ou sei lá o que não desistiu. Tomou posse de uma das garotas e eu novamente toquei ela e gritei: - Purificar!!!
Ele pegou outra, só que esta, estava muito distante de mim, assim ele fez com que ela se matasse girando o próprio pescoço contra o corpo.
Pensei comigo: "-Nem pensar que vou perder, o mago é implacável"
Fui até uma cômoda e abri a gaveta, dentro dele estava o colar que eu havia desejado fazer aparecer dentro dele: O olho de Agamotto.
Explicação sobre o Olho de Agamotto:
O olho de Agamotto é um artefato místico das histórias do Dr. Estranho, o mago supremo. Como hoje em dia a maioria das pessoas vê os filmes da marvel, então provavelmente vocês podem conhece-lo pelo filme, onde este mesmo artefato é uma joia que pode controlar o tempo.

Com o olho de Agamotto, fiz um circulo de magia em uma das mãos e fui rebobinando o tempo até o momento em que a garota ainda não havia se matado. Cara, foi uma visão incrível ver o que tinha acontecido alguns segundos antes acontecer novamente só que de trás para frente.
Voltei o tempo até o momento certo e soltei novamente. A garota começou a se contorcer de novo, só que dessa vez eu peguei ela e joguei dentro do armário branco, segurei a testa dela e gritei:
- Purificar!
O brilho dessa vez foi mais intenso e varias cenas começaram a passar em minha frente. Lembro de passar apenas mais uma cena rápida na minha em que eu estava na frente do meu note, digitando este mesmo sonho e pensando:
- Cara, acho que a galera do fórum vai curtir esse sonho!
Logo após isso eu acordei com o brilho do sol em meu rosto. Exatamente alguns segundo após eu ter acordado, coisa de no máximo 15 segundos, meus celular desperta e era a hora ceta de eu acordar.
Fiquei pensando então: - É eu acho que dessa vez eu controlei o tempo mesmo hahahahahah
avatar
Mensagens : 326
Pontos : 933
Honra : 106
Data de inscrição : 10/05/2016
Localização : RS
Sonhos Lúcidos :
7 / 9997 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonho Lúcidos de Pyros

em Seg Abr 03, 2017 7:56 pm
Ei pyros,cara,você teve um sonho muito legal.Controlar o tempo?Acho que vou tentar isso também,deve ter sido uma grande experiência!
avatar
Mensagens : 386
Pontos : 1444
Honra : 199
Data de inscrição : 04/03/2016
Idade : 20
Localização : Brasil
Sonhos Lúcidos :
29 / 99929 / 999
Sonhos Comuns :
999 / 999999 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonho Lúcidos de Pyros

em Qua Abr 12, 2017 9:57 am
Andrelp escreveu:Ei pyros,cara,você teve um sonho muito legal.Controlar o tempo?Acho que vou tentar isso também,deve ter sido uma grande experiência!

Yo André, valeu cara. Foi muito doido mesmo, mas valeu a pena hahaha.
avatar
Mensagens : 386
Pontos : 1444
Honra : 199
Data de inscrição : 04/03/2016
Idade : 20
Localização : Brasil
Sonhos Lúcidos :
29 / 99929 / 999
Sonhos Comuns :
999 / 999999 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonho Lúcidos de Pyros

em Qua Abr 12, 2017 9:59 am
Galera, estive fora por um tempo, mas tive alguns sonhos e resolvi voltar a ativa e relatar um deles que me pareceu bastante divertido. Enquanto eu descrevo o relato eu também coloco algumas impressões minhas que fui tendo ao decorrer do sonho, já que me parece que é nosso achismo que cria a maioria das coisas enquanto sonhamos, espero que curtam. Está logo no post a baixo.
avatar
Mensagens : 386
Pontos : 1444
Honra : 199
Data de inscrição : 04/03/2016
Idade : 20
Localização : Brasil
Sonhos Lúcidos :
29 / 99929 / 999
Sonhos Comuns :
999 / 999999 / 999
Ver perfil do usuário

Os sussurros na escuridão

em Qua Abr 12, 2017 10:31 am
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)


Sonho Nº (30-32) 12 de Abril de 2017



Nesta noite eu tive vários sonhos em que estive enrolado em uma trama de gato e rato atrás de um assassino que daremos o nome de “whispers”.
Dos sonhos que eu tive, lembro um pouco mais de 3 deles e serão estes que eu colocarei aqui, principalmente pois foram os que me ajudaram a ficar lúcido.

Sonho 1 – Cena do Crime:
 
 Era noite, eu estava dirigindo. Dentro do carro estava bem escuro e só era iluminado pelo display do painel do carro ou quando passava por algum poste de luz. As janelas estavam abertas e assim que virei a curva para descer uma longa ladeira, senti um vento forte vindo do mar bem ao longe. O lugar onde eu estava parecia ser um bairro periférico de Salvador, aquela mistura de casas umas encima das outras, como um formigueiro, iluminadas também por postes com uma luz amarela típica de algo antigo.
 
 Resolvi ligar o rádio então. Assim que girei o botão para sintonizar começo a ouvir:
- Vamos agora para as notícias sobre as mortes recorrentes na cidade.
Mais uma família é assassinada... nada de novo. - Pensei comigo.
- A família do Senador foi brutalmente assassinada neste final de semana...parece que o "Whispers" tem alguma ligação com este caso. – O rádio continuou a notícia falando algo do tipo.

Aquilo me deixou muito surpreso, então decidi que iria até a cena do crime. Parece que os tempos do “Investigador Pyros” como aconteceu em sonhos antigos desse diário estavam prestes a voltar. Porém, aqui tem um branco na história, não me lembro o que fiz em seguida, ou se fui transportado diretamente por uma mudança de cenário. O que importa é que alguns segundos depois estava eu entrando em uma casa chique de classe alta toda branca.
Era meio estranho ver aquele interior da casa, todo branco, mas isso era muito menos estranho e assustador do que a mancha de sangue, aliás, todo o sangue esparramado pintando a parede que ficava atrás da cama e nela própria. Aquela visão foi tão grotesca para mim que acabei tendo um falso despertar.

Sonho 2 – Antecedentes Criminais:

 Acordo assustado com a visão anterior, mas ao olhar ao redor percebo que não estou no meu quarto. O quarto em que estou tem as paredes desgastadas, não tem muitos móveis, só a cama velha e algum tipo de mesa. Nem mesmo tinha uma porta, era apenas um pano ou coberta, tentando imitar uma cortina pregada na parte de cima para dar uma impressão de privacidade.
Nesse ponto fiquei lúcido e decido sair desse lugar. Passo pelo pano e dou num corredor, reparo que as paredes são de blocos, mas nem mesmo passaram uma massa de cimento sobre eles. Passo a mão enquanto ando em direção a uma porta no fim do corredor e sinto a textura áspera que há na parede. Enquanto vou caminhando, vejo que haviam vários outros quartos como o que eu estava, o vento bate nas cortinas e eu consigo ver o que as pessoas fazem lá dentro. Era um bordel.

- Aí, sério?!! Mas o quê que eu to fazendo em um bordel?
Continuo em frente e atravesso a porta, dando em uma cozinha com várias crianças e adolescentes. Bom, eu tenho 19 e a maioria é mais nova que eu, acho que um ou dois se parecem ter a minha idade.
- Ora ora ora, o bom filho a casa torna!! – Fala um garoto de uns 17, meio despenteado que vamos dar o nome de Nº17.
- Ãh? ta falando comigo? - Respondo meio impaciente.
- Sabe... as tias nãos gostaram muito que você fugiu. – Continua falando, parecendo se referir ás prostitutas como "tias". – Você é bastante ingrato elas dizem. Criaram e treinaram você e você decide fugir para fazer as coisas por conta própria. Acha mesmo que ninguém ia saber que era você... “Whispers”.
Ao ouvir o garoto me chamar por esse nome eu fiquei assustado. Meu próprio cérebro estava me culpando de um assassinato que tinha acontecido no sonho anterior? Eu tinha sido criado por prostitutas? Isso não é nada bom.
- Seguinte moleque, sai da minha frente, eu não tenho tempo para ficar de papo com você.
O garoto se irrita e puxa uma faca grande do faqueiro ao lado. Os outros garotos me cercam e seguram meus braços.
- Olha cara, não podemos deixar você sair daqui, entende? AS tias não vão gostar nada de saber disso. - Resmunga o Nº17.
Eu tento me mexer, mas os garotos seguraram ainda mais forte, porém Nº17 se assustou e veio com tudo com a faca para finca-la em mim. Consigo me desviar, mas ele acerta minha mão esquerda de raspão que logo começa a sangrar. Saco uma faca do faqueiro, só que como eu sempre dou azar, era apenas uma faca de cortar pão... sem comentários.
O Nº17 volta a atacar mas dessa vez as coisas ficam em câmera lenta e eu consigo esquivar dos ataques com facilidade e acerto a faca no peito dele, porém no lado oposto ao do coração, isso eu faço de forma consciente, como se não quisesse matar ele. Os garotos pulam para cima de mim com toda a fúria, tentando me prender no chão e o tempo volta a velocidade normal. Olho para o outro lado da sala, perto de uma porta havia alguém, de capuz, não consigo discernir o rosto, nem se era homem ou mulher. Mas após um breve sorriso para mim a pessoa foge e se joga de uma janela.
Só consigo imaginar que aquele seria o “Whispers” e ele havia armado uma para mim, isso me faz perder a lucidez até que o peso dos garotos em cima de mim me faz atravessar o chão e tudo fica escuro.

Sonho 3 – Perseguição:

Estou em minha casa, não lembro muito sobre como estava um ambiente nessa parte, parece que era o fim do meu REM, então as lembranças começam a ficar bem fracas. Estava num tipo de sala de bate papo, como Skype. Várias pessoas conversavam sobre um tipo de jogo novo e como era deixar o personagem delas em um grupo legal de se jogar.
Não estou muito interessado nessa conversa, então pulo do telhado de minha casa até o telhado da casa vizinha e começo a fazer parkour pelas casas. Não percebi na hora, mas o meu bairro não parecia nada com a realidade. Parecia mais uma grande favela como os morros do Rio de Janeiro ou a periferia de Salvador.

Sou surpreendido por uma voz feminina vindo do fone, que diz:
- Gente, vou contar uma coisa estranha que ta rolando. A alguns dias eu tenho percebi que tem algum me seguindo. Acho que é um Stalker.
Os outros garotos que compartilhavam a ligação em que estávamos se acabam de rir e falam coisas como:
- Pega leve, deve ser coisa de sua cabeça!
- Você é engraçada, não isso aqui não é um filme hahaha!!!
- Não se preocupe, eu estou indo atrás de você.
Ao ouvir esse último, eu sinto toda a intenção de matar nas palavras, como um estalo na minha cabeça eu fico lúcido e grito no microfone do fone de ouvido:
- Desliguem a porcaria do telefone de vocês, é o Whispers!!!
Ouço um grito, mas não vem dos fones, vem de uma das casas perto de onde eu estava. Olho para frente e dá para ver um cara pulando pelos telhados, assim como eu. Começa então uma perseguição usando parkour, pulando de telhado em telhado em uma favela. Subo em uma casa um pouco mais alta de onde dá para ver quase tudo. Era uma vista impressionante, mas havia um barulho ensurdecedor, estava rolando uma festa bem ali em cima, na laje.
Uma garota de cabelos encaracolados tingidos de loiro se aproxima de mim e me aponta a direção. Estávamos na cobertura de um prédio de quatro andares, mas quando eu olhei para baixo, nas ruas escuras, pois era noite, consegui ver um vulto usando capuz passar correndo.  Pulo de lá de cima com tudo e me ponho a perseguir “Whisper”.
Enquanto atinjo o chão ouço a garota que me mostrou a direção falar de longe:
- Vamos meninas, não podemos deixar esse cara livre, se atacou uma atacou todas nós!!!

Continuo a perseguição, mas agora estou chegando perto dele.  Tentem imaginar, estamos correndo em linha reta, pulando de telhado em telhado, ele é menor que eu, então a cada passada dele eu vou me aproximando. Dá para ver que no final tem uma rua, então ele vai ter que parar, não tem como ele pular de uma casa para outra a ponto de atravessar uma rua inteira no pulo... bom pelo menos é isso que fico mentalizando. Que ele não vai dar o pulo final, ele vai parar.

Não deu certo, chegando no ultimo telhado ele pula em direção à rua e eu pulo junto segurando o moletom dele no ar, mas sinto um arrepio passar em todo o meu corpo, como se eu tivesse tomado um choque e começo a sentir a queda, acordo dando aquele salto da cama que acontece quando sonhamos que estamos caindo.
Fim das memórias.

Parece que o Whispers ainda está a livre por aí. Espero encontro-lo em breve, num próximo sonho lúcido.
Mensagens : 1017
Pontos : 3326
Honra : 749
Data de inscrição : 06/08/2013
Idade : 27
Localização : São Paulo/Santo André
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonho Lúcidos de Pyros

em Qua Abr 12, 2017 12:11 pm
Esse é um daqueles sonhos que agente até acorda animado para ir trabalhar, ou seja lá o que estiver planejado para o dia, já acorda com uma adrenalina a mil por hora gargalhada
Sonho alucinante Pyros, seria bacana dar continuidade no próximo enredo para desvendar os mistérios por trás desse personagem, pois pareceu não ser um sonho do acaso. lol
avatar
Mensagens : 386
Pontos : 1444
Honra : 199
Data de inscrição : 04/03/2016
Idade : 20
Localização : Brasil
Sonhos Lúcidos :
29 / 99929 / 999
Sonhos Comuns :
999 / 999999 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonho Lúcidos de Pyros

em Sex Abr 14, 2017 5:38 pm
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
Reizen Endler escreveu:Esse é um daqueles sonhos que agente até acorda animado para ir trabalhar, ou seja lá o que estiver planejado para o dia, já acorda com uma adrenalina a mil por hora gargalhada
Sonho alucinante Pyros, seria bacana dar continuidade no próximo enredo para desvendar os mistérios por trás desse personagem, pois pareceu não ser um sonho do acaso. lol

Foi um sonho daqueles mesmo. A atmosfera e tudo mais me fez acordar com um "q" de detetive HAHAHAHA.

Mas aí Reizen, poxa cara, e seus sonhos? Eu sei bem que você é um dos grandes onironautas daqui. Mandar uma experiência daquelas que você já tenha passado seria um ótimo aprendizado para mim xD.
Mensagens : 1017
Pontos : 3326
Honra : 749
Data de inscrição : 06/08/2013
Idade : 27
Localização : São Paulo/Santo André
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonho Lúcidos de Pyros

em Sex Abr 14, 2017 6:27 pm
Poxa vida eu estou passando por uma situação difícil atualmente, porque eu meio que apertei o "pause button" definitivamente, mas de vez em quando ainda tenho um sonho lúcido a se levar em consideração, mas eu sei que dizer isso parece meio desanimador ainda mais vindo de um administrador do fórum, mas o que eu quero dizer modestamente é que já fiz muita coisa insana nessa minha vida onírica e eu já não sei se consigo mais, acredito que tenha mencionado sobre isso antes em alguns comentários devido a quantidade de diários e experiências alcançadas.

A maior realização da minha vida onírica foi a de manter um relacionamento com um personagem onírico durante muitos anos consecutivos, mas essa atividade por sua vez causou-me também um grande impacto psicológico.

Pyros eu pretendo voltar em breve, digamos que estou fazendo os preparativos e quando isso acontecer será um prazer poder estar mais envolvido com o tema e ao lado de todos vocês. viva
Conteúdo patrocinado

Re: Diário dos Sonho Lúcidos de Pyros

Ver o tópico anteriorVoltar ao TopoVer o tópico seguinte
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum