Conectar-se
Os membros mais ativos do mês
9 Mensagens - 50%
4 Mensagens - 22%
2 Mensagens - 11%
1 Mensagem - 6%
1 Mensagem - 6%
1 Mensagem - 6%
Votação
Qual a técnica que você utiliza para ficar lúcido?
Teste de Realidade
45% / 15
Totem
15% / 5
Incubação
12% / 4
Gatilho
6% / 2
Gravador de Voz ou Sons Binaurais
6% / 2
Outros
15% / 5
Parceiros
 sonhos=
 sonhos=
 animes=

Compartilhe
Ver o tópico anteriorIr em baixoVer o tópico seguinte
avatar
Mensagens : 326
Pontos : 987
Honra : 106
Data de inscrição : 10/05/2016
Localização : RS
Sonhos Lúcidos :
7 / 9997 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonho Lúcidos de Pyros

em Dom Out 16, 2016 3:45 pm
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
Ei pyros,
Você tirou o doce do garoto?kkkk Comer nos sonhos realmente é algo interessante.Achei engraçada a parte da mulher se enterrando na areia,kkkk
avatar
Mensagens : 233
Pontos : 1355
Honra : 72
Data de inscrição : 26/12/2015
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonho Lúcidos de Pyros

em Dom Out 16, 2016 9:14 pm
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
Ri muito na parte em que você jogou o menino pro lado para comer o doce gargalhada Depois você tem que me ensinar essa técnica de como ser imperativo nos sonhos, os personagens ficaram com tanto medo que até o mudo conseguiu falar. perplexo
avatar
Mensagens : 386
Pontos : 1498
Honra : 199
Data de inscrição : 04/03/2016
Idade : 20
Localização : Brasil
Sonhos Lúcidos :
29 / 99929 / 999
Sonhos Comuns :
999 / 999999 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonho Lúcidos de Pyros

em Seg Out 17, 2016 5:08 pm
Andrelp escreveu:Ei pyros,
Você tirou o doce do garoto?kkkk Comer nos sonhos realmente é algo interessante.Achei engraçada a parte da mulher se enterrando na areia,kkkk

Érika escreveu:Ri muito na parte em que você jogou o menino pro lado para comer o doce gargalhada Depois você tem que me ensinar essa técnica de como ser imperativo nos sonhos, os personagens ficaram com tanto medo que até o mudo conseguiu falar. perplexo


Galera como é bom eu estar de volta e falar com vocês xD

Mas ae Andre, eu nem dei chance pro garotinho, joguei ele pro alto e fui logo pegando um brigadeiro. Coitado dele, ele deve ter ficado catando ficha HAHAHAHA. gargalhada A parte da mulher se enterrando na areia foi doideira também, parecia uma minhoca com a barriga inchada tentando cavar um buraco. u.u

To desatualizado com o seu diário, mas também você sonha um bocado e lembra de muitos dos seus sonhos, um dia quero estar assim também cara. brindar

Erika, a parte técnica de ser imperativo, foi uma ideia que eu peguei lendo o diário do The Master (recomendação do Ramon viva ). Eu não sei se tem algum efeito negativo, já que você ta sendo meio imperativo consigo mesmo, mas acho que o lance é não pensar muito em quem você está dando a ordem já que isso pode dar uma margem para o subconsciente se rebelar. medo

Se você tentar em um dos seus sonhos , conta aí, gosto muito dos seus relatos. xD
avatar
Mensagens : 1273
Pontos : 3241
Honra : 657
Data de inscrição : 06/07/2015
Localização : Alemanha
Sonhos Lúcidos :
222 / 999222 / 999
Sonhos Comuns :
999 / 999999 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonho Lúcidos de Pyros

em Seg Out 17, 2016 5:19 pm
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
Pyros:
Pyros escreveu:Tive um sonho meio bizarro e acabei por ficar lúcido enquanto eu fugia de algo na avenida principal do bairro onde moro. Decidi que seria melhor voar e ir para outro cenário, mas não conseguia subir. Eu pulava e pulava mas de nada adiantava. Para mudar de cenário resolvi pegar um porta e usar como um atalho.

Vi um portão de ferro e atravessei ele. Acabei por sair em um labirinto de pardes cinza, muito pouco iluminado que me rendeu alguns minutos de caminhada no sonho. Encontrei um outro portão e arrombei esse dando de cara com uma praia.

Não estava claro como o dia, na realidade parecia que aquilo se passava alguns minutos antes do nascer do sol. Varias pessoas estavam na praia esperando algo acontecer. A praia por si só era estranha, pois a areia não ia descendo até o mar, ela era plana e depois tinha uma declive vertical onde se encontrava com o mar como se fosse  uma borda de piscina. Já que o espaço era bem amplo tentei voar novamente mas não deu certo, quando eu pulava apontava as mãos para o chão para tentar fazer sair fogo e usar como propulsão, como já fiz em outro sonhos, mas só acontecia de causar um impacto no chão que me mantinha mais tempo no ar e nada mais.

Percebi que o sonho tava querendo se desfazer e comecei a procurar algo pra me entreter. Vi uma mulher na beira da praia e ela estava chorando, eu dei um "oi" e ia tentar ajudar ela. Mas quando acenei, ela tentou se enterrar na areia da praia como se fosse uma minhoca, pior ainda, ela era meio gordinha, então acabou por ficar a barriga para fora da areia. gargalhada

Nessa mesma hora um barco veio em minha direção e jogou um caixote de madeira que ficou boiando na água. O caixote estava trancado mas eu não tive dificuldade em arrancar a tampa e ver o que tinha dentro. Era um montão daqueles doces de festas. Todos bonitinhos hehehehe.

Chamei a moça que tinha se enterrado na areia e perguntei se ela não iria querer eles, ela parou de chorar, aceitou e ainda chamou os filhos para comer. Satisfeito eu comecei a procurar outra coisa para fazer, mas lembrei que nunca tinha comido nada nos sonhos e não podia perder essa oportunidade de ouro. Joguei o moleque que tava comendo pro lado e peguei um docinho e experimentei... era gostoso, mas tinha a consistência de um biscoito recheado, era uma sensação estranha que dava comer aquilo.

Saindo dali encontrei o mesmo portão que havia me deixado lá, passei por ele novamente e saí em uma sala de aula que tinha 4 estudantes. O primeiro era mudo, o segundo era gago e os outros dois falavam em outros idiomas. Decidi testar ser imperativo. Cheguei para um dos dois e falei "- Fala português!!!" e ele começou a falar em português hahahaha. Animado com isso fui pro próximo que tava gaguejando com a maior cara de medo.

Cheguei nele e gritei "- Fala certo homem!!!", e ele formulou uma frase direitinho. O mudo também começou a falar. O ultimo eu tentei transformar ele em outra pessoa mas o sonho começou a se desfazer e eu caí em um sonho não lúcido.

Você tem talento para ser fonoaudiólogo, Pyros. Curou uma gagueira e fez um mudo falar. hahahaha! Ri muito nessa parte.
avatar
Mensagens : 386
Pontos : 1498
Honra : 199
Data de inscrição : 04/03/2016
Idade : 20
Localização : Brasil
Sonhos Lúcidos :
29 / 99929 / 999
Sonhos Comuns :
999 / 999999 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonho Lúcidos de Pyros

em Seg Out 17, 2016 6:51 pm
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
Königin escreveu:
Pyros:

Pyros escreveu:Tive um sonho meio bizarro e acabei por ficar lúcido enquanto eu fugia de algo na avenida principal do bairro onde moro. Decidi que seria melhor voar e ir para outro cenário, mas não conseguia subir. Eu pulava e pulava mas de nada adiantava. Para mudar de cenário resolvi pegar um porta e usar como um atalho.

Vi um portão de ferro e atravessei ele. Acabei por sair em um labirinto de pardes cinza, muito pouco iluminado que me rendeu alguns minutos de caminhada no sonho. Encontrei um outro portão e arrombei esse dando de cara com uma praia.

Não estava claro como o dia, na realidade parecia que aquilo se passava alguns minutos antes do nascer do sol. Varias pessoas estavam na praia esperando algo acontecer. A praia por si só era estranha, pois a areia não ia descendo até o mar, ela era plana e depois tinha uma declive vertical onde se encontrava com o mar como se fosse  uma borda de piscina. Já que o espaço era bem amplo tentei voar novamente mas não deu certo, quando eu pulava apontava as mãos para o chão para tentar fazer sair fogo e usar como propulsão, como já fiz em outro sonhos, mas só acontecia de causar um impacto no chão que me mantinha mais tempo no ar e nada mais.

Percebi que o sonho tava querendo se desfazer e comecei a procurar algo pra me entreter. Vi uma mulher na beira da praia e ela estava chorando, eu dei um "oi" e ia tentar ajudar ela. Mas quando acenei, ela tentou se enterrar na areia da praia como se fosse uma minhoca, pior ainda, ela era meio gordinha, então acabou por ficar a barriga para fora da areia. gargalhada

Nessa mesma hora um barco veio em minha direção e jogou um caixote de madeira que ficou boiando na água. O caixote estava trancado mas eu não tive dificuldade em arrancar a tampa e ver o que tinha dentro. Era um montão daqueles doces de festas. Todos bonitinhos hehehehe.

Chamei a moça que tinha se enterrado na areia e perguntei se ela não iria querer eles, ela parou de chorar, aceitou e ainda chamou os filhos para comer. Satisfeito eu comecei a procurar outra coisa para fazer, mas lembrei que nunca tinha comido nada nos sonhos e não podia perder essa oportunidade de ouro. Joguei o moleque que tava comendo pro lado e peguei um docinho e experimentei... era gostoso, mas tinha a consistência de um biscoito recheado, era uma sensação estranha que dava comer aquilo.

Saindo dali encontrei o mesmo portão que havia me deixado lá, passei por ele novamente e saí em uma sala de aula que tinha 4 estudantes. O primeiro era mudo, o segundo era gago e os outros dois falavam em outros idiomas. Decidi testar ser imperativo. Cheguei para um dos dois e falei "- Fala português!!!" e ele começou a falar em português hahahaha. Animado com isso fui pro próximo que tava gaguejando com a maior cara de medo.

Cheguei nele e gritei "- Fala certo homem!!!", e ele formulou uma frase direitinho. O mudo também começou a falar. O ultimo eu tentei transformar ele em outra pessoa mas o sonho começou a se desfazer e eu caí em um sonho não lúcido.

Você tem talento para ser fonoaudiólogo, Pyros. Curou uma gagueira e fez um mudo falar. hahahaha! Ri muito nessa parte.

Boa ideia Konigin, o slogan vai ser: "Sua cura em 5 segundos ou seu dinheiro de volta!"

Será que cola? kkkkkkkkkkkkkkk lol
avatar
Mensagens : 386
Pontos : 1498
Honra : 199
Data de inscrição : 04/03/2016
Idade : 20
Localização : Brasil
Sonhos Lúcidos :
29 / 99929 / 999
Sonhos Comuns :
999 / 999999 / 999
Ver perfil do usuário

O vendedor de sonhos

em Qui Out 20, 2016 1:22 pm
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
Sonho Nº 15 - 20 de Outubro de 2016

Acordei hoje as lá pelas 5 fui ao banheiro e voltei a dormir tentando mentalizar uma ideia sobre ter sonhos lúcidos.

1º Sonho - Eu estava em um ônibus de excursão, não conhecia muito bem as pessoas neles, mas parecia ser uma excursão escolar pois havia muitos jovens. O ônibus resolveu subir uma ladeira e na hora de descer parecia uma montanha russa. As pessoas caindo para todos os lado e se dependurando pelas cadeiras do ônibus.
Eu estava lá na penúltima cadeira com um amigo e os caras de trás ficavam perturbando a gente. Ficavam com o celular colocando a lanterna em nossa cara.

Pedir a paciência e tentei pegar o celular dele, mas foi aí que algo bizarro aconteceu. Enquanto o celular continuou na mão dele, apareceu um também em minha mão!! Suspeitei de que estava sonhando e decidi testar algumas coisas com aqueles caras. Ergui a mão a uma certa distancia de um dele e fiz o celular vim para minha mão voando. Tipo controle da mente hahahaha. Deu muito certo e eles ficaram todos com cara de bobo olhando para mim, como eu não ia perder a oportunidade, peguei o celular e arremessei de volta na cabeça de um deles. ( sim maligno ) Puxei o celular e joguei novamente HOHOHOHO, era muito divertido, as acabei por cair em um sonho normal.

2º Sonho:  Me parece que  este foi o segundo sonho em que caí logo após a lucidez, pois eu já estava bem desperto e fiquei lúcido espontaneamente na sala de minha casa. Me olhei no espelho e parece que minha aparência onírica mudou de uns sonhos para cá, agora eu fico com uma labareda de fogo bem na minha testa e isso apareceu desde o sonho "Manejando o Elemento" que relatei em meu diário.

Bom só de vez isso eu já tinha certeza que estava sonhando, abri a porta de casa para sair voando e tinha um rapaz lá com roupa de operário, ele parecia estar reformando a escada. Cumprimentei ele e foi aí que percebi que ele foi um cara que do 4º semestre mecânica com quem cursei. Acenei com a cabeça e dei um salto que me ajudou a voar, lembrei do meu plano de voar até a lua. Na ideia era ótima mas eu não conseguia subir... peguei impulso em uma cobertura, mas assim que saltei os fios de energia me prendera. Me desenrosquei dos fios e corri sobre eles para pegar velocidade e voar, não rolou.

Vendo que tava gastando meu tempo, fui para a rua e fui ver o que ia rolar. Cheguei em uma casa que tinha a porta aberta e entrei. Lá fui recebido por duas mulheres e logo pensei:
"- É um sonho né.. então não tem problema 15 "
Beleza, fomos para uma área mais reservada e aí, como que num passe de mágica aparece uma mulher gritando e empurrou as outras duas longe. Acho que foi algo como um arremesso mesmo. A terceira mulher era ninguém menos que a Scarlett johansson!! Ela começou a gritar comigo que eu amaldiçoei ela e que agora eu estava tentando fugir.

Isso tudo acontecendo tão rápido que quebrou o clima de meu sonho, na verdade eu começava a sentir que o sonho se desfazia e eu logo tinha que controlar a situação. Resolvi fugir mesmo, voltei para a rua e saí voando na velocidade máxima. Dessa vez enquanto voava eu pude ver que lá bem baixo, no chão, havia um campo verde muito bonito e logo ele mudou completamente para um deserto, depois disso mudou uma terceira vez para um lugar rochoso e árido. Enquanto eu voava fui parado por um ser cinza, ele era alto e forte mas usava um smoking preto que contrastava bem com o tom da pele, além disso, ele tinha grandes chifre brancos curvados saindo da testa.

Esse cara era bem estranho, enquanto eu ficava levitando parado, ele andava sobre o nada como se estivesse pisando em algo sólido.Além disso, ele tinha um copo na mão com uma bebida esverdeada que parecia ser um tipo de chá, ficamos parados, eu levitando e ele apenas de pé no nada até que ele me perguntou:
"- Porque você está fugindo?"
"- Uma mulher louca apareceu lá atrás, não tava afim de ficar por lá", respondi.
"- Você vendeu o sonho errado para ela, agora a Jasmin irá segui-lo e não tem para onde fugir..."

O diálogo estava ficando interessante, então decidi continuar para entender a história, mas não lembro muito bem as palavras. Enquanto ele me falava, ele me mostrava imagens explicando o significado delas. Me contou que a tal Jasmin (que tinha o mesmo rosto que a Scarlett johansson), era uma rainha de um reino ao norte e que eu tinha vendido a ela um sonho que fez ela desgostar de todos os homens inclusive menos eu. Lembro que nessa hora eu falei:

"- Meio narcisista esse sonho não acha?Mas como que eu o vendi?"
"-Com esta máquina aqui. (Ele aponta para um rádio antigo que surgia do nada ao lado dele).
"Independente disso",continuou ,"- Rei não está nem um pouco feliz com a situação, acho que ele virá atrás de você."

Depois disso conversamos um pouco ainda inclusive ele me falou o nome do rei e me mostrou uma imagem dele, mas não consigo mais lembrar do que aconteceu além disso nem o nome falado, somente que depois de tudo eu caí em um sonho não lúcido em que estava no século 19 em uma fábrica de operários onde ocorriam reuniões secretas, depois meu celular despertou e acordei.


Última edição por Pyros em Sex Fev 10, 2017 1:44 pm, editado 2 vez(es)
avatar
Mensagens : 326
Pontos : 987
Honra : 106
Data de inscrição : 10/05/2016
Localização : RS
Sonhos Lúcidos :
7 / 9997 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonho Lúcidos de Pyros

em Qui Out 20, 2016 2:55 pm
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
Oi pyros,eu também já me enrolei em fios de poste ao tentar voar.
Será que essa mulher vai aparecer de novo?
avatar
Mensagens : 138
Pontos : 508
Honra : 44
Data de inscrição : 26/09/2016
Idade : 20
Localização : Franca-SP
Sonhos Lúcidos :
4 / 9994 / 999
Sonhos Comuns :
230 / 999230 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonho Lúcidos de Pyros

em Qui Out 20, 2016 2:56 pm
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
Caramba Pyros fantastico os dois sonhos parabens. Curti muito o dialogo seu com o cara de smoking parece que foi bem real. E sem duvida foi uma pena a ''Scarlett'' estragar seu lance com as outras duas garotas haha
avatar
Mensagens : 1273
Pontos : 3241
Honra : 657
Data de inscrição : 06/07/2015
Localização : Alemanha
Sonhos Lúcidos :
222 / 999222 / 999
Sonhos Comuns :
999 / 999999 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonho Lúcidos de Pyros

em Sex Out 21, 2016 7:13 pm
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
Pyros escreveu:Boa ideia Konigin, o slogan vai ser: "Sua cura em 5 segundos ou seu dinheiro de volta!"

Será que cola? kkkkkkkkkkkkkkk lol
Slogan perfeito, Pyros! Se quiser ainda pode acrescentar "tratamentos patenteados com resultados comprovados." lol

Pyros:
Pyros escreveu:Acordei hoje as lá pelas 5 fui ao banheiro e voltei a dormir tentando mentalizar uma ideia sobre ter sonhos lúcidos.

1º Sonho - Eu estava em um ônibus de excursão, não conhecia muito bem as pessoas neles, mas parecia ser uma excursão escolar pois havia muitos jovens. O ônibus resolveu subir uma ladeira e na hora de descer parecia uma montanha russa. As pessoas caindo para todos os lado e se dependurando pelas cadeiras do ônibus.
Eu estava lá na penúltima cadeira com um amigo e os caras de trás ficavam perturbando a gente. Ficavam com o celular colocando a lanterna em nossa cara.

Pedir a paciência e tentei pegar o celular dele, mas foi aí que algo bizarro aconteceu. Enquanto o celular continuou na mão dele, apareceu um também em minha mão!! Suspeitei de que estava sonhando e decidi testar algumas coisas com aqueles caras. Ergui a mão a uma certa distancia de um dele e fiz o celular vim para minha mão voando. Tipo controle da mente hahahaha. Deu muito certo e eles ficaram todos com cara de bobo olhando para mim, como eu não ia perder a oportunidade, peguei o celular e arremessei de volta na cabeça de um deles. ( sim maligno ) Puxei o celular e joguei novamente HOHOHOHO, era muito divertido, as acabei por cair em um sonho normal.

2º Sonho:  Me parece que  este foi o segundo sonho em que caí logo após a lucidez, pois eu já estava bem desperto e fiquei lúcido espontaneamente na sala de minha casa. Me olhei no espelho e parece que minha aparência onírica mudou de uns sonhos para cá, agora eu fico com uma labareda de fogo bem na minha testa e isso apareceu desde o sonho "Manejando o Elemento" que relatei em meu diário.

Bom só de vez isso eu já tinha certeza que estava sonhando, abri a porta de casa para sair voando e tinha um rapaz lá com roupa de operário, ele parecia estar reformando a escada. Cumprimentei ele e foi aí que percebi que ele foi um cara que do 4º semestre mecânica com quem cursei. Acenei com a cabeça e dei um salto que me ajudou a voar, lembrei do meu plano de voar até a lua. Na ideia era ótima mas eu não conseguia subir... peguei impulso em uma cobertura, mas assim que saltei os fios de energia me prendera. Me desenrosquei dos fios e corri sobre eles para pegar velocidade e voar, não rolou.

Vendo que tava gastando meu tempo, fui para a rua e fui ver o que ia rolar. Cheguei em uma casa que tinha a porta aberta e entrei. Lá fui recebido por duas mulheres e logo pensei:
"- É um sonho né.. então não tem problema 15 "
Beleza, fomos para uma área mais reservada e aí, como que num passe de mágica aparece uma mulher gritando e empurrou as outras duas longe. Acho que foi algo como um arremesso mesmo. A terceira mulher era ninguém menos que a Scarlett johansson!! Ela começou a gritar comigo que eu amaldiçoei ela e que agora eu estava tentando fugir.

Isso tudo acontecendo tão rápido que quebrou o clima de meu sonho, na verdade eu começava a sentir que o sonho se desfazia e eu logo tinha que controlar a situação. Resolvi fugir mesmo, voltei para a rua e saí voando na velocidade máxima. Dessa vez enquanto voava eu pude ver que lá bem baixo, no chão, havia um campo verde muito bonito e logo ele mudou completamente para um deserto, depois disso mudou uma terceira vez para um lugar rochoso e árido. Enquanto eu voava fui parado por um ser cinza, ele era alto e forte mas usava um smoking preto que contrastava bem com o tom da pele, além disso, ele tinha grandes chifre brancos curvados saindo da testa.

Esse cara era bem estranho, enquanto eu ficava levitando parado, ele andava sobre o nada como se estivesse pisando em algo sólido.Além disso, ele tinha um copo na mão com uma bebida esverdeada que parecia ser um tipo de chá, ficamos parados, eu levitando e ele apenas de pé no nada até que ele me perguntou:
"- Porque você está fugindo?"
"- Uma mulher louca apareceu lá atrás, não tava afim de ficar por lá", respondi.
"- Você vendeu o sonho errado para ela, agora a Jasmin irá segui-lo e não tem para onde fugir..."

O diálogo estava ficando interessante, então decidi continuar para entender a história, mas não lembro muito bem as palavras. Enquanto ele me falava, ele me mostrava imagens explicando o significado delas. Me contou que a tal Jasmin (que tinha o mesmo rosto que a Scarlett johansson), era uma rainha de um reino ao norte e que eu tinha vendido a ela um sonho que fez ela desgostar de todos os homens inclusive menos eu. Lembro que nessa hora eu falei:

"- Meio narcisista esse sonho não acha?Mas como que eu o vendi?"
"-Com esta máquina aqui. (Ele aponta para um rádio antigo que surgia do nada ao lado dele).
"Independente disso",continuou ,"- Rei não está nem um pouco feliz com a situação, acho que ele virá atrás de você."

Depois disso conversamos um pouco ainda inclusive ele me falou o nome do rei e me mostrou uma imagem dele, mas não consigo mais lembrar do que aconteceu além disso nem o nome falado, somente que depois de tudo eu caí em um sonho não lúcido em que estava no século 19 em uma fábrica de operários onde ocorriam reuniões secretas, depois meu celular despertou e acordei.
Dois sonhos muito legais, Pyros! Parece que a Jasmim e o rei retornarão num próximo sonho. Esteja preparado. lingua
avatar
Mensagens : 386
Pontos : 1498
Honra : 199
Data de inscrição : 04/03/2016
Idade : 20
Localização : Brasil
Sonhos Lúcidos :
29 / 99929 / 999
Sonhos Comuns :
999 / 999999 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonho Lúcidos de Pyros

em Qua Out 26, 2016 1:01 pm
Andrelp escreveu:Oi pyros,eu também já me enrolei em fios de poste ao tentar voar.
Será que essa mulher vai aparecer de novo?

Não sei... a princípio não fiquei muito empolgado para ir atrás dela não, mas se ela aparecer vamos ver o que o sonho nos prepara não é? Será que vai ter briga? romance? ou suspense? Só nos próximos capítulos heheheh
Além disso, o objetivo ainda é chegar na lua xD.

LucasDuarte escreveu:Caramba Pyros fantastico os dois sonhos parabens. Curti muito o dialogo seu com o cara de smoking parece que foi bem real. E sem duvida foi uma pena a ''Scarlett'' estragar seu lance com as outras duas garotas haha

Yo Lucas!!! Valeu cara, esse foi um dos primeiros diálogos  grandes e com uma história boa que eu me lembro, teve mais coisa nele, eu resumi e apenas contei os fatos. Mas foi muito divertido mesmo...pena que a Scarlett não é uma pessoa legal no mundo onírico. kkkkkk  suspeito

Königin escreveu:
Pyros escreveu:Boa ideia Konigin, o slogan vai ser: "Sua cura em 5 segundos ou seu dinheiro de volta!"

Será que cola? kkkkkkkkkkkkkkk lol
Slogan perfeito, Pyros! Se quiser ainda pode acrescentar "tratamentos patenteados com resultados comprovados."  lol

Pyros:

Pyros escreveu:Acordei hoje as lá pelas 5 fui ao banheiro e voltei a dormir tentando mentalizar uma ideia sobre ter sonhos lúcidos.

1º Sonho - Eu estava em um ônibus de excursão, não conhecia muito bem as pessoas neles, mas parecia ser uma excursão escolar pois havia muitos jovens. O ônibus resolveu subir uma ladeira e na hora de descer parecia uma montanha russa. As pessoas caindo para todos os lado e se dependurando pelas cadeiras do ônibus.
Eu estava lá na penúltima cadeira com um amigo e os caras de trás ficavam perturbando a gente. Ficavam com o celular colocando a lanterna em nossa cara.

Pedir a paciência e tentei pegar o celular dele, mas foi aí que algo bizarro aconteceu. Enquanto o celular continuou na mão dele, apareceu um também em minha mão!! Suspeitei de que estava sonhando e decidi testar algumas coisas com aqueles caras. Ergui a mão a uma certa distancia de um dele e fiz o celular vim para minha mão voando. Tipo controle da mente hahahaha. Deu muito certo e eles ficaram todos com cara de bobo olhando para mim, como eu não ia perder a oportunidade, peguei o celular e arremessei de volta na cabeça de um deles. ( sim maligno ) Puxei o celular e joguei novamente HOHOHOHO, era muito divertido, as acabei por cair em um sonho normal.

2º Sonho:  Me parece que  este foi o segundo sonho em que caí logo após a lucidez, pois eu já estava bem desperto e fiquei lúcido espontaneamente na sala de minha casa. Me olhei no espelho e parece que minha aparência onírica mudou de uns sonhos para cá, agora eu fico com uma labareda de fogo bem na minha testa e isso apareceu desde o sonho "Manejando o Elemento" que relatei em meu diário.

Bom só de vez isso eu já tinha certeza que estava sonhando, abri a porta de casa para sair voando e tinha um rapaz lá com roupa de operário, ele parecia estar reformando a escada. Cumprimentei ele e foi aí que percebi que ele foi um cara que do 4º semestre mecânica com quem cursei. Acenei com a cabeça e dei um salto que me ajudou a voar, lembrei do meu plano de voar até a lua. Na ideia era ótima mas eu não conseguia subir... peguei impulso em uma cobertura, mas assim que saltei os fios de energia me prendera. Me desenrosquei dos fios e corri sobre eles para pegar velocidade e voar, não rolou.

Vendo que tava gastando meu tempo, fui para a rua e fui ver o que ia rolar. Cheguei em uma casa que tinha a porta aberta e entrei. Lá fui recebido por duas mulheres e logo pensei:
"- É um sonho né.. então não tem problema 15 "
Beleza, fomos para uma área mais reservada e aí, como que num passe de mágica aparece uma mulher gritando e empurrou as outras duas longe. Acho que foi algo como um arremesso mesmo. A terceira mulher era ninguém menos que a Scarlett johansson!! Ela começou a gritar comigo que eu amaldiçoei ela e que agora eu estava tentando fugir.

Isso tudo acontecendo tão rápido que quebrou o clima de meu sonho, na verdade eu começava a sentir que o sonho se desfazia e eu logo tinha que controlar a situação. Resolvi fugir mesmo, voltei para a rua e saí voando na velocidade máxima. Dessa vez enquanto voava eu pude ver que lá bem baixo, no chão, havia um campo verde muito bonito e logo ele mudou completamente para um deserto, depois disso mudou uma terceira vez para um lugar rochoso e árido. Enquanto eu voava fui parado por um ser cinza, ele era alto e forte mas usava um smoking preto que contrastava bem com o tom da pele, além disso, ele tinha grandes chifre brancos curvados saindo da testa.

Esse cara era bem estranho, enquanto eu ficava levitando parado, ele andava sobre o nada como se estivesse pisando em algo sólido.Além disso, ele tinha um copo na mão com uma bebida esverdeada que parecia ser um tipo de chá, ficamos parados, eu levitando e ele apenas de pé no nada até que ele me perguntou:
"- Porque você está fugindo?"
"- Uma mulher louca apareceu lá atrás, não tava afim de ficar por lá", respondi.
"- Você vendeu o sonho errado para ela, agora a Jasmin irá segui-lo e não tem para onde fugir..."

O diálogo estava ficando interessante, então decidi continuar para entender a história, mas não lembro muito bem as palavras. Enquanto ele me falava, ele me mostrava imagens explicando o significado delas. Me contou que a tal Jasmin (que tinha o mesmo rosto que a Scarlett johansson), era uma rainha de um reino ao norte e que eu tinha vendido a ela um sonho que fez ela desgostar de todos os homens inclusive menos eu. Lembro que nessa hora eu falei:

"- Meio narcisista esse sonho não acha?Mas como que eu o vendi?"
"-Com esta máquina aqui. (Ele aponta para um rádio antigo que surgia do nada ao lado dele).
"Independente disso",continuou ,"- Rei não está nem um pouco feliz com a situação, acho que ele virá atrás de você."

Depois disso conversamos um pouco ainda inclusive ele me falou o nome do rei e me mostrou uma imagem dele, mas não consigo mais lembrar do que aconteceu além disso nem o nome falado, somente que depois de tudo eu caí em um sonho não lúcido em que estava no século 19 em uma fábrica de operários onde ocorriam reuniões secretas, depois meu celular despertou e acordei.
Dois sonhos muito legais, Pyros! Parece que a Jasmim e o rei retornarão num próximo sonho. Esteja preparado. lingua

Capaz de voltarem, mas eu não queria não viu, tava mais preocupado em encontra o cara chifrudo. Aliás uns dois dias depois do sonho eu estava parado e me veio o nome do Rei. Ele se chama Nébulo, o cara chifrudo chegou a me mostrar uma imagem dele, mas só tinha uma sombra de um cara alto e bem largo, tipo um armário mesmo.

Será que se ele aparecer vai rolar uma treta louca? jedi
avatar
Mensagens : 386
Pontos : 1498
Honra : 199
Data de inscrição : 04/03/2016
Idade : 20
Localização : Brasil
Sonhos Lúcidos :
29 / 99929 / 999
Sonhos Comuns :
999 / 999999 / 999
Ver perfil do usuário

Encontrando parte da minha família.

em Sex Out 28, 2016 9:57 am
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
Sonho Nº 16 - 28 de Outubro de 2016

Ps: Galera após reler o meu relato eu me lembrei de alguns pormenores que a principio eu não contei, mas achei bom colocar pois são partes interessantes para mim e que tiveram um profundo significado.

Hoje após acordar pela manhã bem cedo, eu continuei acordado por cerca de uns 40 minutos até que resolvi voltar a dormir. Em pouco tempo na cama parado já  comecei a ouvir a minha mãe andando pela casa e me chamando... logo depois ouvi o meu celular despertar. Também, lembro de ouvir uma trilha sonora de um anime que eu assistia quando mais novo, embora já faça mais de 1 ano que eu não vejo a trilha sonora ainda estava em minha mente. O legal dessa hora foi que eu fiquei imaginado: "Vamos passar para a próxima musica" e a musica mudava, foi uma parte bem divertida. Aqui vai duas das musicas orquestradas que eu escutei:



Esta segunda musica, tem o nome de "Pradarias Douradas" e para mim tem um profundo significado pois seria um lugar onde eu reencontraria com meu avô. Assim que ouvi ela da primeira vez me imaginei nela e por isso ela é um retrato vívido em minha mente.

Mas vamos lá ...não cheguei a me mexer pois as musicas estavam me ninando praticamente e sabia que tava perto de dormir, então comecei a suspeitar que eu poderia já estar sonhando este tempo todo ou ao menos estivesse dentro de uma paralisia.

Tentei levantar e notei que estava paralisado, da comecei a ouvir passos novamente e minha mãe veio em minha direção. Eu estava deitado de lado e ela se abaixou e ficou olhando para mim com o rosto inclinado para o lado. Aquilo foi assustador, mas eu ainda não conseguia me levantar, então comecei a imaginar que eu estivesse voando e de repente meu corpo começou a se mover e eu comecei a voar realmente, mas acontece que ainda sentia a cama em minha barriga.

Com o tempo a sensação da cama sumiu e eu consegui alçar voo realmente, embora eu não estivesse vendo nada a minha frente, eu estava voando bem rápido e até conseguia sentir algumas nuvens em meu caminho quando passava por elas. Só que acabei caindo em um sonho já lúcido e mais nítido.

Sonho 2: Nesse sonho e pelo que me lembro eu já estava lúcido, na cozinha de minha casa. Minha cozinha é retangular com pisos brancos em cada uma das pontas da cozinha tem uma porta, de um lado tem a que dá acesso ao resto da casa e do outro lado a porta que se usa para acessar a área de serviço. Mas havia algo diferente nessa ultima, a porta estava bem maior e era de madeira ao invés de metal, como se fosse a porta de um porão antigo. Fiquei impressionado olhando para aqui-lo, mas as coisas mudaram. Alguém começou a bater na porta muito forte, logo depois começaram a se jogar contra ela como se quisessem arromba-la!!!

A porta se abriu e haviam duas mulheres vestidas com trajes de época, acho que semelhante aos que as mulheres usavam na era medieval. Notei que uma delas era a minha mãe e a outra era uma tia minha uqe sempre tenta me matar nos meu sonhos. Logo que percebi as duas já gritei: "Lucidez!!!" Para eu não perder o foco ou a concentração, mas uma delas pulou em cima de mim e tentou me sufocar colocando o braço na minha garganta. Eu ainda conseguia respirar, mas era como se houvesse um peso sufocante em cima de mim. Joguei ela para o lado e corri para a sala, lá as duas ficaram correndo em volta de mim como loucas enquanto eu tentava desesperadamente criar algo para usar contra elas. Tentei fazer as mãos pegarem fogo como já fiz em outros sonho, mas não funcionou.

Pensei comigo:"- Ta na hora de ser imperativo com essas duas!!", parei por um segundo e gritei "Aí! Esse aqui é meu sonho, então vamos parar com essa patifaria toda aqui entenderam!?"
Nesse momento, minha tia parou de correr olhou diretamente para mim, agarrou minha cabeça e me arremessou contra a parede e ficou me pressionando contra ela me segurando pela cabeça ainda. Nessa hora eu também já tinha perdido a paciência, então assim que vi um pedaço de madeira que estava preso na parede, puxei ele e tratei de acertar ele na cabeça dela. O problema mesmo é que não lembro mais nada deste sonho depois disso.

Sonho 3: No meu terceiro sonho, começou não lúcido, eu estava com um garotinho em uma rua toda feita com paralelepípedos. As casas também eram feita com pedras em paralelepípedos e parecia ser uma cidade antiga. A rua estava iluminada por postes com lâmpadas amarelas e haviam vários restaurantes na rua em que estávamos, para ser sincero aquele lugar não me remete a nenhum lugar que eu tenha ido na vida real.  Era noite e eu e o garoto brincávamos juntos, esse garoto era loirinho e de olhos azuis e isso me lembrou um garotinho com quem sonhei a algum tempo chamado Halley. Enquanto brincávamos, eu vi um urso panda passar na rua, mas este não era qualquer urso panda, ele carregava nas costas dele um cogumelo vermelho venenoso gigante. Era como aquele pokemon o Bulbassauro, mas era um panda e ao invés de um broto era um cogumelo. O garotinho se apaixonou pelo panda e foi correndo brincar com ele, eu por algum motivo fiquei preocupado e fui atrás gritando para o garoto não tocar. Mas vocês sabem como são as crianças,não? O menino ficou passando a mão no cogumelo e a mão dele começou a ficar com uma coloração preta, como se estivesse apodrecendo ali mesmo.

Tirei as mãos do garotinho de lá, mas ao toca-las a minha também começou a ficar preta. Olhei para uma lojinha que tinha ao lado e pensei comigo: "- Melhor levar ele e lavar o ferimento no banheiro". Entrei com o garoto pela porta da lojinha e saí dentro do banheiro de minha casa. Coloquei o garoto na pia e comecei a limpar a mão dele, foi nessa hora que o meu dedo indicador caiu. Fiquei olhando para aqui-lo, virei pro garoto e falei sorrindo: "-Aí moleque, não precisamos mais ficar preocupados com nossas mãos, sabe por que? Porque isso é um sonho garoto, toca aqui"

Mais que depressa, saí correndo de dentro  de casa e tentei voar. Claro que deu errado , eu estou numa maré de azar estes tempos. Então lembrei sobre ir a lua, já que não podia voar com minha própria propulsão, então decidi criar uma. Pulei nos fios de energia e fiquei rodando nele para pegar impulso e me jogar na casa da vizinha. Chegando lá abri a porta e imaginei, lá dentro vai ter uma mochila a jato. Abri a porta e tinha uma mesmo!!! Ela era linda, vermelha e prateada. Fiquei um tempo admirando ela e quando coloquei-a nas costas para voar o sonho começou a se desfazer e caí em um não lúcido.


Última edição por Pyros em Sex Fev 10, 2017 1:44 pm, editado 4 vez(es)
avatar
Mensagens : 138
Pontos : 508
Honra : 44
Data de inscrição : 26/09/2016
Idade : 20
Localização : Franca-SP
Sonhos Lúcidos :
4 / 9994 / 999
Sonhos Comuns :
230 / 999230 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonho Lúcidos de Pyros

em Sex Out 28, 2016 11:29 am
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
E ae Pyros blz? Cara na vida real sua relação com sua tia é ruim? rsrs
avatar
Mensagens : 386
Pontos : 1498
Honra : 199
Data de inscrição : 04/03/2016
Idade : 20
Localização : Brasil
Sonhos Lúcidos :
29 / 99929 / 999
Sonhos Comuns :
999 / 999999 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonho Lúcidos de Pyros

em Sex Out 28, 2016 11:42 am
LucasDuarte escreveu:E ae Pyros blz? Cara na vida real sua relação com sua tia é ruim? rsrs

Então cara, na real não. Hoje em dia somos bem tranquilos e ela sempre me ajuda quando eu preciso e já me deu toneladas de conselhos. Acho que é mais um lance da infância, mas pelo menos é uma personagem recorrente em meus sonhos e eu me divirto com isso também xD
avatar
Mensagens : 326
Pontos : 987
Honra : 106
Data de inscrição : 10/05/2016
Localização : RS
Sonhos Lúcidos :
7 / 9997 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonho Lúcidos de Pyros

em Sex Out 28, 2016 11:57 am
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
Essa família é muito unida,e também muito ouriçada... gargalhada
avatar
Mensagens : 386
Pontos : 1498
Honra : 199
Data de inscrição : 04/03/2016
Idade : 20
Localização : Brasil
Sonhos Lúcidos :
29 / 99929 / 999
Sonhos Comuns :
999 / 999999 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonho Lúcidos de Pyros

em Sex Out 28, 2016 12:01 pm
Andrelp escreveu:Essa família é muito unida,e também muito ouriçada... gargalhada

Briga por  qualquer razão HAHAHAHAHAHA

Mas foram sonhos até divertidos. Eu pude ter a nostalgia de ouvir um dos meus favoritos sons de orquestra e lembrar com carinho do velhote. Também teve a treta de família que depois que acordei me rendeu umas boas risadas e ainda tive a alegria de criar uma mochila a jato. Vários sentimentos de vez, mas foi bem aproveitado.
avatar
Mensagens : 1273
Pontos : 3241
Honra : 657
Data de inscrição : 06/07/2015
Localização : Alemanha
Sonhos Lúcidos :
222 / 999222 / 999
Sonhos Comuns :
999 / 999999 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonho Lúcidos de Pyros

em Ter Nov 01, 2016 12:13 pm
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
As duas músicas são muito bonitas, Pyros. guitar
Seu método de persuasão não funcionou com a sua tia, mas a paulada deu um jeito. hehehe! lol
Pelo jeito, você será o próximo a completar uma viagem até a lua. muito feliz
avatar
Mensagens : 386
Pontos : 1498
Honra : 199
Data de inscrição : 04/03/2016
Idade : 20
Localização : Brasil
Sonhos Lúcidos :
29 / 99929 / 999
Sonhos Comuns :
999 / 999999 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonho Lúcidos de Pyros

em Ter Nov 01, 2016 10:07 pm
Königin escreveu:As duas músicas são muito bonitas, Pyros.   guitar
Seu método de persuasão não funcionou com a sua tia, mas a paulada deu um jeito. hehehe!  lol
Pelo jeito, você será o próximo a completar uma viagem até a lua.  muito feliz

Essas musicas...é tipo a trilha sonora da vida sabe? Aquela musica que passa na mente em determinado momento. Curto elas.

Mas aê, eu quero muito ir pro espaço, a lua é só um objetivo, mas eu queria mesmo é fazer o Desafio lúcido Rank A - Astronauta. Quem sabe eu consiga essa noite, vamos ver hehehe.
avatar
Mensagens : 386
Pontos : 1498
Honra : 199
Data de inscrição : 04/03/2016
Idade : 20
Localização : Brasil
Sonhos Lúcidos :
29 / 99929 / 999
Sonhos Comuns :
999 / 999999 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonho Lúcidos de Pyros

em Sab Nov 05, 2016 1:14 pm
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
Sonho Nº 17 - 02 de Outubro de 2016

Galera, existe algo que gostaria de compartilhar com vocês. Desde o meu ultimo sonho lúcido relatado aqui, eu comentei que gostaria de completar o desafio lúcido, astronauta - Rank A e que iria tenar naquela mesma noite. Pois bem, desde aquele dia eu tenho tido sonhos ou experiências de lucidez todas as noites até hoje. Até aí tudo ótimo, o problema mesmo é que consigo lembrar muito pouco sobre elas e até mesmo meus sonhos normais estão ficando cada vez mais difíceis de lembrar. Vou dar um exemplo abaixo.

Na madrugada de 02 de Novembro de 2016 tive o seguinte sonho lúcido:

Estava dentro de um meio de transporte o qual eu não me recordo e estava a fazer um tour por uma cidade do oriente médio que provavelmente não está localizada em nosso tempo pois todo o seu visual era antigo. Presumi que fosse a cidade do Cairo, pois em determinado momento ao descer do ônibus, me deparei com um grande rio que cortava a cidade.
Havia uma barraca em que estavam vendendo alguns objetos e eu decidi passar lá. Ao sair da barraca já não era mais dia e sim noite. Ao ver a lua, lembrei do meu desafio lúcido e acabei por ganhar a lucidez. Parei um pouco e fiquei olhando para a lua, ela estava toda escura e eu apenas conseguia ver seu contorno no céu, salvo o seu meio, onde havia um ponto brilhante. Ao abaixar a cabeça e olhar novamente, o ponto aumentava sua circunferência e ela começava a brilhar mais forte. Em de terminado momento, quando a olhei de volta, ao seu lado no céu, havia uma massa alaranjada que logo me remeteu aos pilares da criação.
Decidi que era hora de eu tentar ir lá para cima, mas quando comecei a voar o sonho se desfez e acordei. Fim do sonho.

O problema neste sonho, foi que muito mais coisas ocorreram e eu apenas lembro de flashs rápidos. Por exemplo, eu lembro de ter passado por uma sequencia de monumentos em forma de arcos parecidos com estes:


Isso entre outras coisas tem me fugido da memória. Hoje por exemplo eu percebi que sonhava e cheguei a me levantar da cama no sonho, mas por algum motivo decidi voltar a dormir. Então, gostaria de saber de vocês, além de anotar os sonhos, que outro hábito eu poderia usar para me ajudar a relembrar dos sonhos que tenho tido?


Última edição por Pyros em Sex Fev 10, 2017 1:45 pm, editado 2 vez(es)
avatar
Mensagens : 326
Pontos : 987
Honra : 106
Data de inscrição : 10/05/2016
Localização : RS
Sonhos Lúcidos :
7 / 9997 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonho Lúcidos de Pyros

em Sab Nov 05, 2016 4:39 pm
Uma coisa que tenho feito ultimamente foi falar enquanto estou adormecendo:"tudo que eu fizer nas próximas horas será no mundo dos sonhos","eu vou lembrar dos meus sonhos".Eu já tinha ouvido falar sobre isso e achava bobagem,mas ao fazer me ajudou bastante.Eu não tenho lembrado tantos sonhos quanto antes,porque tenho me dedicado mais as técnicas indiretas,então sempre que acordo no meio da noite eu não tento lembrar dos sonhos que acabei de ter,mas tento separar.Outra coisa também que faço é sempre que acordo mesmo pela manhã eu fico com os olhos fechados e começo a pensar nos temas recorrentes,assim que penso num com o qual sonhei a lembrança vem automático.
avatar
Mensagens : 1273
Pontos : 3241
Honra : 657
Data de inscrição : 06/07/2015
Localização : Alemanha
Sonhos Lúcidos :
222 / 999222 / 999
Sonhos Comuns :
999 / 999999 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonho Lúcidos de Pyros

em Dom Nov 06, 2016 7:26 pm
Pyros, estou passando pelo mesmo problema que você. Eu tenho vários sonhos lúcidos durante o sono e ao acordar, eu me esqueço de quase todos. Ficam apenas fragmentos. Eu desconfio que, no meu caso, pode ser efeito colateral de um medicamento. Desde que eu comecei a tomar medicamento para hipotireoidismo, passei a recordar menos dos meus sonhos. Seu caso, talvez seja estresse.

Acredito o que estamos passamos seja uma fase. Aconselho a anotar os fragmentos e não se preocupar muito. Logo tudo volta a normal.

avatar
Mensagens : 138
Pontos : 508
Honra : 44
Data de inscrição : 26/09/2016
Idade : 20
Localização : Franca-SP
Sonhos Lúcidos :
4 / 9994 / 999
Sonhos Comuns :
230 / 999230 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonho Lúcidos de Pyros

em Seg Nov 07, 2016 7:36 am
Pyros uma coisa que fasso: Se eu acordo de um sonho no meio da noite, eu tento repassar ele todo em minha mente antes de voltar a dormir. Eu não deixo pra tentar lembrá-lo no outro dia cedo
avatar
Mensagens : 386
Pontos : 1498
Honra : 199
Data de inscrição : 04/03/2016
Idade : 20
Localização : Brasil
Sonhos Lúcidos :
29 / 99929 / 999
Sonhos Comuns :
999 / 999999 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonho Lúcidos de Pyros

em Seg Nov 07, 2016 12:05 pm
Valeu pelas respostas galera. É legal ver que não sou o único que passa por isso xD.

Eu tento repassar meus sonhos depois que acordo de um deles, mas se isso acontece no meio da noite eu acabo por me esquecer na manhã seguinte.
Também preciso me acostumar a anotar os fragmentos, mesmo que eles não façam sentido. Acho que isso vai forçar minha mente a tentar se lembrar das coisas na próxima noite.

De qualquer forma, valeu mesmo a ajuda galera. Sonhar de forma lúcida é uma aventura, se eu não conseguir me lembar dela, pra mim vai ser como se ela nunca tivesse existido. Por isso preciso treinar hahahaha
avatar
Mensagens : 386
Pontos : 1498
Honra : 199
Data de inscrição : 04/03/2016
Idade : 20
Localização : Brasil
Sonhos Lúcidos :
29 / 99929 / 999
Sonhos Comuns :
999 / 999999 / 999
Ver perfil do usuário

As forças cósmicas do subconsciente

em Qua Nov 09, 2016 4:58 pm
Reputação da mensagem: 100% (2 votos)
Sonho Nº 18 - 09 de Novembro de 2016

Por onde começar em?
  Bom, se minha memória não falha, eu caminhava por uma rua de meu bairro em um final de tarde. Por algum motivo decido pular o muro e entrar em uma casa aleatória da rua e é lá que eu fico lúcido. A casa estava escura, mas como os raios de sol entravam pela porta que eu havia aberto dava para ver até a poeira que fica no ar.
  Estava investigando o local, até que uma garotinha negra veio em minha direção e me abraçou. Eu segurei ela pelas bochechas e procurei ver se reconhecia quem que era aquela menininha. Ela me abraçou novamente e dessa vez retribui e quando olhei-a novamente, a garotinha havia se transformado em uma mulher. Por acaso era alguém que eu conhecia. Era uma amiga minha, a mesma que apareceu em meu primeiro sonho lúcido deste diário. Ela desapareceu no ar junto com a poeira e eu fiquei pensando:
"- Vamos, vamos... estou perdendo meu tempo neste sonho lúcido. Está na hora de fazer alguma estripulia!!"

 Fui para fora da casa e lembrei do objetivo de voar até a lua. Não me relembro muito do que aconteceu neste momento, mas lembro de que já era noite e eu fiquei procurando em que direção estava a lua no céu. O céu estava cheio de nuvens, mas eu consegui ver algo por trás das nuvens que tinha um formato meio oval. Voei a toda velocidade em direção ao objeto, imaginando ser a lua. A massa de nuvens estava muito densa, para imaginar era como se estivesse assim:
Nuvens:
Dentro das nuvens havia se formado uma tempestade e dava para sentir as rajadas de vento por todo o lado, além disso, parecia que a própria gravidade do local estava afetada pois vários carros ficavam sendo jogados de um lado para o outro além de grandes placas de cimento, como se fossem pedaços de rodovias arrancados do chão. Muitos viam em minha direção e eu tinha que soca-los para que não me atingissem em cheio.
 Consegui chegar no objeto de formato oval e ele não era a lua(óbvio), na verdade era feito de ouro e era uma cadeira gigante ou um trono gigante, porém em um formato oval. Dei a volta para conseguir ver quem estava sentado nela. Era um homem gordo, gigantesco, vestindo uma armadura toda feita de ouro e segurando um grande cetro na mão, parecia muito ser um rei. Quando digo que ele era gigantesco não estou exagerando levando em conta o fato dele ser gordo, para se ter ideia, era como se a cabeça dele fosse 2x o meu tamanho. Ele era definitivamente um gigante. Usava um capacete que cobria a cabeça, mas deixava o rosto amostra, além de ter um par de chifres como se fosse um touro, tudo isso sendo de ouro. Vendo tudo isso talvez vocês pensem que tipo de pessoa onírica ele poderia ser ou o tipo de diálogo que poderia ser criado naquela situação. Porém, eu só conseguia pensa em o quão frustrante era eu não ter chegado na lua, a cara do gigante dourado também não era muito convidativa. Ele estava mais para um cara entediado com tudo ao seu redor.
 Não estava afim de perder tempo com aquilo, mas não dava para ver nada dentro daquela tempestade, as nuvens cobriam tudo em todas as direções. Decidi sair voando daquele lugar para tentar ver o céu limpo novamente e foi aí que os problemas começaram. Quando eu finalmente saí daquele turbilhão de nuvens que cobria o céu. Um prédio foi arremessado de lá de dentro das nuvens em minha direção, não sendo um prédio qualquer, era o Empire State vindo bem para cima de mim. Eu ainda estava voando, apertei a língua no céu da boca e estabilizei o sonho. Peguei o prédio no ar e arremessei de volta para dentro das nuvens. (É, não tem outra forma de explicar isso, aliás vai ficar pior daqui pra frente)
 Do céu, várias coisas gigantescas começaram a cair. Primeiro foi um navio cargueiro que fez um tremendo estrago varrendo as casas que estavam abaixo de mim. Logo depois me lembro de pelo menos dois aviões muito grandes, caíram rolando.
Aviões:
Após isso um meteoro gigante pegando fogo se chocou no chão e deixou tudo em chamas e embora eu tivesse plena certeza de que estava sonhando e fazia questão de esfregar as mãos para estabilizar eu não conseguia fazer mais nada, nos céus parecia haver uma guerra porque tinham coisas se movimentando para todos os lados. O próximo objeto que saiu das nuvens foi um planeta, mas não qualquer planete. Foi Saturno!!! Os anéis gigantes atravessaram as nuvens e logo depois veio o planeta, acontece que foi por aí que eu perdi parte da lucidez e pode-se dizer que quando estou semi-lúcido eu começo a fazer coisas que o medo me impediria. Bom, saltei em direção ao planeta e comecei a voar, segurei na borda dos anéis que pareciam ter a textura de ferro e eram maciços, e comecei a empurrar ele de volta para cima até joga-lo de volta nos céus. Isso me deixou muito exausto e não sei lembro muito mais que aconteceu depois disso.

 Ainda lúcido, mas agora o cenário havia mudado e eu estava voltando ao chão. Pousei ao lado de uma loja que parecia vender artigos de ouro. Isso me fez lembrar o que tinha rolado antes e voltei a ficar totalmente lúcido novamente. Também me questionei se já não fazia uns 20-25 minutos que eu estava sonhando e decidi esfregar as mãos para estabilizar mais o sonho e mante-lo por mais tempo. Fui andando até a frente do prédio e quando cheguei lá amanheceu instantaneamente, como se a um segundo atrás tudo fosse noite e agora o sol brilha claro no céu.
 Imaginei que talvez não havia conseguido chegar na lua pois eu não estava voando rápido o bastante, embora antes eu já estivesse bem rápido. Decidi então sair correndo e pegar impulso, quando eu saísse do chão tentaria usar as chamas nas mãos como propulsão, como já fiz em outros sonhos. Deu certo, mas ao invés de ir mais rápido eu  fiquei voando lentamente e pousei em frente a um supermercado. Isso me recorda o meu primeiro sonho, onde também fui a um supermercado  e eu decido entrar nele.
 Lá dentro, abaixo de uma prateleira vendendo salgadinhos, havia um buraco na parede em forma de coração. Enfiei a mão nele pensando: "- Imagina um easter egg num sonho, o que será?"
Uma garota saiu da fila e também colocou a mão lá para pegar o que tinha dentro, porém eu puxei primeiro. Eram lápis de colorir, uma caixa com vários de cera e outra de madeira. Saí de lá de dentro com ambos na mão e a garota ficou me olhando com uma cara de choro. Joguei uma caixa em direção a ela, o que fez ela sorrir, pegar uns papéis e vir em minha direção querendo desenhar. Começamos a desenhar e eu percebi que meu cérebro estava me distraindo novamente, dei um salto que me deixou na altura do topo dos prédio e de lá mesmo saí voando. O problema é que alguns desenhos da garota vieram junto comigo, um deles por sinal, mostrava o mar aberto e ao olhar enquanto voava fui transportado para àquele lugar.
 Era lindo, o mar e ao longe o por do sol.
Por do sol... tipo esse xD:
Eu estava cansado de tentar ir à lua e lá eu estava me sentindo em paz, decidi ficar voando de costas rente ao mar enquanto cantarolava uma musica que não lembro mais até acordar naturalmente. Tava tudo em paz, eu imaginando que ia acordar bem feliz de bem com a vida, até que alguém fez o "favor" de agarrar meu braço e me puxar até a água. Lá haviam várias pessoas, umas segurando as outras pelas mãos e me usando para se sustentarem fora d'água. Elas gritavam algo como :"- Agora sim estamos salvos!"
" - Calma, vou tirar vocês daqui." Falei enquanto começava a levitar para fora da água e me preparando para voar.
Só que foi aí que o pesadelo começou. As pessoas começaram a crescer e ficaram gigantescas, tão grandes que mesmo em mar aberto a água não chegava nem em seus tornozelos, além disso, umas começaram a subir as outras numa briga para ficar no topo e começaram a ficar brancas como uma folha de papel até que desapareceram e tudo ao meu redor ficou branco. Só sobrou o mar abaixo de mim que estava levitando, mas para onde eu olhasse era como se não existe-se nada além de mim e do mar.

Depois de tudo isso eu caí em um outro sonho lúcido, talvez  até ainda fosse esse, porém o cenário era diferente e como este sonho foi bem grande, acho melhor deixar para relata-lo outro dia.


Última edição por Pyros em Sex Fev 10, 2017 1:46 pm, editado 1 vez(es)
avatar
Mensagens : 326
Pontos : 987
Honra : 106
Data de inscrição : 10/05/2016
Localização : RS
Sonhos Lúcidos :
7 / 9997 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonho Lúcidos de Pyros

em Qua Nov 09, 2016 9:54 pm
Que que é isso pyros????Sua aventura foi demais.Muita coisa,muita doidera...Você acordou se sentindo como?
avatar
Mensagens : 2531
Pontos : 5606
Honra : 1043
Data de inscrição : 12/06/2013
Localização : Bahia
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonho Lúcidos de Pyros

em Qui Nov 10, 2016 1:39 am
Pyros escreveu:

Pyros escreveu:Sonho Nº 19 - 09 de Novembro de 2016

Por onde começar em?
  Bom, se minha memória não falha, eu caminhava por uma rua de meu bairro em um final de tarde. Por algum motivo decido pular o muro e entrar em uma casa aleatória da rua e é lá que eu fico lúcido. A casa estava escura, mas como os raios de sol entravam pela porta que eu havia aberto dava para ver até a poeira que fica no ar.
  Estava investigando o local, até que uma garotinha negra veio em minha direção e me abraçou. Eu segurei ela pelas bochechas e procurei ver se reconhecia quem que era aquela menininha. Ela me abraçou novamente e dessa vez retribui e quando olhei-a novamente, a garotinha havia se transformado em uma mulher. Por acaso era alguém que eu conhecia. Era uma amiga minha, a mesma que apareceu em meu primeiro sonho lúcido deste diário. Ela desapareceu no ar junto com a poeira e eu fiquei pensando:
"- Vamos, vamos... estou perdendo meu tempo neste sonho lúcido. Está na hora de fazer alguma estripulia!!"

 Fui para fora da casa e lembrei do objetivo de voar até a lua. Não me relembro muito do que aconteceu neste momento, mas lembro de que já era noite e eu fiquei procurando em que direção estava a lua no céu. O céu estava cheio de nuvens, mas eu consegui ver algo por trás das nuvens que tinha um formato meio oval. Voei a toda velocidade em direção ao objeto, imaginando ser a lua. A massa de nuvens estava muito densa, para imaginar era como se estivesse assim:
Nuvens:
Dentro das nuvens havia se formado uma tempestade e dava para sentir as rajadas de vento por todo o lado, além disso, parecia que a própria gravidade do local estava afetada pois vários carros ficavam sendo jogados de um lado para o outro além de grandes placas de cimento, como se fossem pedaços de rodovias arrancados do chão. Muitos viam em minha direção e eu tinha que soca-los para que não me atingissem em cheio.
 Consegui chegar no objeto de formato oval e ele não era a lua(óbvio), na verdade era feito de ouro e era uma cadeira gigante ou um trono gigante, porém em um formato oval. Dei a volta para conseguir ver quem estava sentado nela. Era um homem gordo, gigantesco, vestindo uma armadura toda feita de ouro e segurando um grande cetro na mão, parecia muito ser um rei. Quando digo que ele era gigantesco não estou exagerando levando em conta o fato dele ser gordo, para se ter ideia, era como se a cabeça dele fosse 2x o meu tamanho. Ele era definitivamente um gigante. Usava um capacete que cobria a cabeça, mas deixava o rosto amostra, além de ter um par de chifres como se fosse um touro, tudo isso sendo de ouro. Vendo tudo isso talvez vocês pensem que tipo de pessoa onírica ele poderia ser ou o tipo de diálogo que poderia ser criado naquela situação. Porém, eu só conseguia pensa em o quão frustrante era eu não ter chegado na lua, a cara do gigante dourado também não era muito convidativa. Ele estava mais para um cara entediado com tudo ao seu redor.
 Não estava afim de perder tempo com aquilo, mas não dava para ver nada dentro daquela tempestade, as nuvens cobriam tudo em todas as direções. Decidi sair voando daquele lugar para tentar ver o céu limpo novamente e foi aí que os problemas começaram. Quando eu finalmente saí daquele turbilhão de nuvens que cobria o céu. Um prédio foi arremessado de lá de dentro das nuvens em minha direção, não sendo um prédio qualquer, era o Empire State vindo bem para cima de mim. Eu ainda estava voando, apertei a língua no céu da boca e estabilizei o sonho. Peguei o prédio no ar e arremessei de volta para dentro das nuvens. (É, não tem outra forma de explicar isso, aliás vai ficar pior daqui pra frente)
 Do céu, várias coisas gigantescas começaram a cair. Primeiro foi um navio cargueiro que fez um tremendo estrago varrendo as casas que estavam abaixo de mim. Logo depois me lembro de pelo menos dois aviões muito grandes, caíram rolando.
Aviões:
Após isso um meteoro gigante pegando fogo se chocou no chão e deixou tudo em chamas e embora eu tivesse plena certeza de que estava sonhando e fazia questão de esfregar as mãos para estabilizar eu não conseguia fazer mais nada, nos céus parecia haver uma guerra porque tinham coisas se movimentando para todos os lados. O próximo objeto que saiu das nuvens foi um planeta, mas não qualquer planete. Foi Saturno!!! Os anéis gigantes atravessaram as nuvens e logo depois veio o planeta, acontece que foi por aí que eu perdi parte da lucidez e pode-se dizer que quando estou semi-lúcido eu começo a fazer coisas que o medo me impediria. Bom, saltei em direção ao planeta e comecei a voar, segurei na borda dos anéis que pareciam ter a textura de ferro e eram maciços, e comecei a empurrar ele de volta para cima até joga-lo de volta nos céus. Isso me deixou muito exausto e não sei lembro muito mais que aconteceu depois disso.

 Ainda lúcido, mas agora o cenário havia mudado e eu estava voltando ao chão. Pousei ao lado de uma loja que parecia vender artigos de ouro. Isso me fez lembrar o que tinha rolado antes e voltei a ficar totalmente lúcido novamente. Também me questionei se já não fazia uns 20-25 minutos que eu estava sonhando e decidi esfregar as mãos para estabilizar mais o sonho e mante-lo por mais tempo. Fui andando até a frente do prédio e quando cheguei lá amanheceu instantaneamente, como se a um segundo atrás tudo fosse noite e agora o sol brilha claro no céu.
 Imaginei que talvez não havia conseguido chegar na lua pois eu não estava voando rápido o bastante, embora antes eu já estivesse bem rápido. Decidi então sair correndo e pegar impulso, quando eu saísse do chão tentaria usar as chamas nas mãos como propulsão, como já fiz em outros sonhos. Deu certo, mas ao invés de ir mais rápido eu  fiquei voando lentamente e pousei em frente a um supermercado. Isso me recorda o meu primeiro sonho, onde também fui a um supermercado  e eu decido entrar nele.
 Lá dentro, abaixo de uma prateleira vendendo salgadinhos, havia um buraco na parede em forma de coração. Enfiei a mão nele pensando: "- Imagina um easter egg num sonho, o que será?"
Uma garota saiu da fila e também colocou a mão lá para pegar o que tinha dentro, porém eu puxei primeiro. Eram lápis de colorir, uma caixa com vários de cera e outra de madeira. Saí de lá de dentro com ambos na mão e a garota ficou me olhando com uma cara de choro. Joguei uma caixa em direção a ela, o que fez ela sorrir, pegar uns papéis e vir em minha direção querendo desenhar. Começamos a desenhar e eu percebi que meu cérebro estava me distraindo novamente, dei um salto que me deixou na altura do topo dos prédio e de lá mesmo saí voando. O problema é que alguns desenhos da garota vieram junto comigo, um deles por sinal, mostrava o mar aberto e ao olhar enquanto voava fui transportado para àquele lugar.
 Era lindo, o mar e ao longe o por do sol.
Por do sol... tipo esse xD:
Eu estava cansado de tentar ir à lua e lá eu estava me sentindo em paz, decidi ficar voando de costas rente ao mar enquanto cantarolava uma musica que não lembro mais até acordar naturalmente. Tava tudo em paz, eu imaginando que ia acordar bem feliz de bem com a vida, até que alguém fez o "favor" de agarrar meu braço e me puxar até a água. Lá haviam várias pessoas, umas segurando as outras pelas mãos e me usando para se sustentarem fora d'água. Elas gritavam algo como :"- Agora sim estamos salvos!"
" - Calma, vou tirar vocês daqui." Falei enquanto começava a levitar para fora da água e me preparando para voar.
Só que foi aí que o pesadelo começou. As pessoas começaram a crescer e ficaram gigantescas, tão grandes que mesmo em mar aberto a água não chegava nem em seus tornozelos, além disso, umas começaram a subir as outras numa briga para ficar no topo e começaram a ficar brancas como uma folha de papel até que desapareceram e tudo ao meu redor ficou branco. Só sobrou o mar abaixo de mim que estava levitando, mas para onde eu olhasse era como se não existe-se nada além de mim e do mar.

Depois de tudo isso eu caí em um outro sonho lúcido, talvez  até ainda fosse esse, porém o cenário era diferente e como este sonho foi bem grande, acho melhor deixar para relata-lo outro dia.
Pyros, esse seu sonho foi intenso viu. E você conseguiu driblar muito bem as distrações e manter a lucidez o máximo de tempo nesse sonho. Parabéns! certo
Conteúdo patrocinado

Re: Diário dos Sonho Lúcidos de Pyros

Ver o tópico anteriorVoltar ao TopoVer o tópico seguinte
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum