Conectar-se
Últimos assuntos
Os membros mais ativos do mês
9 Mensagens - 60%
5 Mensagens - 33%
1 Mensagem - 7%
Votação
Qual a técnica que você utiliza para ficar lúcido?
Teste de Realidade
45% / 15
Totem
15% / 5
Incubação
12% / 4
Gatilho
6% / 2
Gravador de Voz ou Sons Binaurais
6% / 2
Outros
15% / 5
Parceiros
 sonhos=
 sonhos=
 animes=

Compartilhe
Ver o tópico anteriorIr em baixoVer o tópico seguinte
avatar
Mensagens : 130
Pontos : 1178
Honra : 45
Data de inscrição : 22/04/2015
Idade : 20
Localização : Belém
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
300 / 999300 / 999
Ver perfil do usuáriohttp://pensamentosemmente.blogspot.com.br

Re: Diário dos Sonhos do Hazai

em Qua Ago 05, 2015 9:09 am
U'sharg Hauch escreveu:Bom sonho Hazai. É bem interessante como o mundo onírico cria uma realidade e uma situação para nós. Os 2 cachorros que você viu era de que raça? Talvez os 2 eram criado juntos e foram abandonados ou perdido pelo seu dono. O que me deixou surpreendido era a luz verde, talvez o nosso sol tinha mudado de cor.

Obrigado, Hauch. Eu não faço a minima ideia de como achei esses cães, agora o que eu me intrigo é que por incrível que pareça eu já tinha até colocado coleira em um dos cães; também não sei te dizer a raça, mas eram diferentes de "vira-lata" digamos assim. Com relação a essa luz esverdeada, ela tem aparecido em recentes sonhos, como se a luz natural do sol tivesse mudado de cor, não faço a minima ideia de como isso tá ocorrendo e porque.


Hazai  certo
estrelaestrelaestrelaestrelaestrelaestrelaestrelaestrelaestrelaestrela   
"Podemos negar que nossos anjos existem, dizer a nós mesmos que eles não podem ser reais. Mas eles aparecem de qualquer maneira. Em lugares estranhos, em tempos estranhos, eles podem ser qualquer personagem que possamos imaginar. Serão verdadeiros demônios se precisarem, nos chamando, nos desafiando a lutar."

Sucker Punch | Mundo Surreal
avatar
Mensagens : 130
Pontos : 1178
Honra : 45
Data de inscrição : 22/04/2015
Idade : 20
Localização : Belém
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
300 / 999300 / 999
Ver perfil do usuáriohttp://pensamentosemmente.blogspot.com.br

Re: Diário dos Sonhos do Hazai

em Qua Ago 05, 2015 9:29 am
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
Ramon escreveu:
Hazai escreveu:

Hazai escreveu:
Faz algum tempo que não conto meu sonhos aqui, o que irei contar não é tão diferente dos outros, são de certo modo bem simples e as vezes com coisas que nem eu sei por que sonhar aquilo, pois bem. Há dois dias atrás eu sonhava que eu estava em minha casa, eu estava naquele momento conversando com a minha mãe, papo vai e papo vem ele recebe uma ligação de uma amiga de uma escola, eu claro fiquei no vácuo (adoram fazer isso), alguns minutos se passaram e finalmente ela parou de falar no telefone, então ela começou a me falar que uma amiga dela tinha ligado e tals e a amiga dela perguntou a minha mãe se eu poderia substituir um aluno que tinha se acidentado, essa substituição seria em uma apresentação de escolas, pelo o que eu me lembro era um espécie de prova de natação de várias escolas da minha cidade, minha cara de felicidade confuso nenhuma, bem não tinha outra escolha, pois minha mãe tinha prometido que eu iria a tal evento. Algum tempo depois, eu resolvi sair pelas ruas do meu bairro, no caminho eu encontro 2 cachorros não lembro muito as características deles, então eu comecei a andar com esses cachorros e na pior das hipóteses resolvi adotar um deles, o pior de tudo que eles só andavam juntos, andando ainda pelo meu bairro, porém já perto da minha casa, eu encontro uma amiga que já não falava fazia um bom tempo, conversamos um pouco e ela disse que gostou da minha atitude de querer adotar um dos cachorros, pois era ela que fazia isso antes em nosso bairro. O sonho finaliza comigo olhando fixamente os dois cães.


Pois é, o bendito sonho continuou essa madrugada, como se fosse já um outro dia. Era a chegada do dia do tal evento que eu tinha sido escolhido, acordei e tudo mais, fiz minhas coisas e fui me arrumar. Minha mãe ficou no meu pé para escolher uma roupa para uma coisa que nem eu mesmo sabia o que é, coloquei alguns roupa de banho em uma mochila e e outros tipo de roupa e fui andando para parada ônibus, o sonho se finaliza comigo olhando os ônibus na parada, agora um detalhe que lembrei agora foi que a luz do dia não estava em uma cor normal e como se estivesse meio esverdeada.
Ministrado: Hazai

Sonhos Não-Lúcidos - SNL    
palhaço
Se fosse na vida real, eu teria escolhido ficar com os dois cachorros. Porque eles eram muito apegados um com o outro. E também pra quê separar os bichinhos? Adotava os 2 cachorros e deixava eles ficarem juntos. certo


Obrigado, Ramon. Você atingiu em um ponto chave, por mim eu ficaria com os dois, a outra grande indagação é porque eu adotar esses dois se eu já tenho um cachorro e não tenho mais espaço nenhum, meus pais nunca deixariam eu ter outro cachorro. Realmente pra que separa-los? Eu também não sei o motivo, era algo que de modo algum eu faria ou não pegaria nenhum do dois.


Hazai  certo
estrelaestrelaestrelaestrelaestrelaestrelaestrelaestrelaestrelaestrela   
"Podemos negar que nossos anjos existem, dizer a nós mesmos que eles não podem ser reais. Mas eles aparecem de qualquer maneira. Em lugares estranhos, em tempos estranhos, eles podem ser qualquer personagem que possamos imaginar. Serão verdadeiros demônios se precisarem, nos chamando, nos desafiando a lutar."

Sucker Punch | Mundo Surreal
avatar
Mensagens : 2531
Pontos : 5726
Honra : 1044
Data de inscrição : 12/06/2013
Localização : Bahia
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos do Hazai

em Qua Ago 05, 2015 12:28 pm
Hazai escreveu :

Hazai escreveu:
Ramon escreveu:
Hazai escreveu:

Hazai escreveu:
Faz algum tempo que não conto meu sonhos aqui, o que irei contar não é tão diferente dos outros, são de certo modo bem simples e as vezes com coisas que nem eu sei por que sonhar aquilo, pois bem. Há dois dias atrás eu sonhava que eu estava em minha casa, eu estava naquele momento conversando com a minha mãe, papo vai e papo vem ele recebe uma ligação de uma amiga de uma escola, eu claro fiquei no vácuo (adoram fazer isso), alguns minutos se passaram e finalmente ela parou de falar no telefone, então ela começou a me falar que uma amiga dela tinha ligado e tals e a amiga dela perguntou a minha mãe se eu poderia substituir um aluno que tinha se acidentado, essa substituição seria em uma apresentação de escolas, pelo o que eu me lembro era um espécie de prova de natação de várias escolas da minha cidade, minha cara de felicidade confuso nenhuma, bem não tinha outra escolha, pois minha mãe tinha prometido que eu iria a tal evento. Algum tempo depois, eu resolvi sair pelas ruas do meu bairro, no caminho eu encontro 2 cachorros não lembro muito as características deles, então eu comecei a andar com esses cachorros e na pior das hipóteses resolvi adotar um deles, o pior de tudo que eles só andavam juntos, andando ainda pelo meu bairro, porém já perto da minha casa, eu encontro uma amiga que já não falava fazia um bom tempo, conversamos um pouco e ela disse que gostou da minha atitude de querer adotar um dos cachorros, pois era ela que fazia isso antes em nosso bairro. O sonho finaliza comigo olhando fixamente os dois cães.


Pois é, o bendito sonho continuou essa madrugada, como se fosse já um outro dia. Era a chegada do dia do tal evento que eu tinha sido escolhido, acordei e tudo mais, fiz minhas coisas e fui me arrumar. Minha mãe ficou no meu pé para escolher uma roupa para uma coisa que nem eu mesmo sabia o que é, coloquei alguns roupa de banho em uma mochila e e outros tipo de roupa e fui andando para parada ônibus, o sonho se finaliza comigo olhando os ônibus na parada, agora um detalhe que lembrei agora foi que a luz do dia não estava em uma cor normal e como se estivesse meio esverdeada.
Ministrado: Hazai

Sonhos Não-Lúcidos - SNL    
palhaço
Se fosse na vida real, eu teria escolhido ficar com os dois cachorros. Porque eles eram muito apegados um com o outro. E também pra quê separar os bichinhos? Adotava os 2 cachorros e deixava eles ficarem juntos. certo


Obrigado, Ramon. Você atingiu em um ponto chave, por mim eu ficaria com os dois, a outra grande indagação é porque eu adotar esses dois se eu já tenho um cachorro e não tenho mais espaço nenhum, meus pais nunca deixariam eu ter outro cachorro. Realmente pra que separa-los? Eu também não sei o motivo, era algo que de modo algum eu faria ou não pegaria nenhum do dois.  
Eentendi. Mas, não esquenta não, Hazai. Você não fez nada de errado, foi apenas um sonho. certo
avatar
Mensagens : 175
Pontos : 1591
Honra : 102
Data de inscrição : 03/08/2014
Idade : 18
Localização : mount ebott
Sonhos Lúcidos :
7 / 9997 / 999
Sonhos Comuns :
8 / 9998 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos do Hazai

em Qua Ago 05, 2015 3:55 pm
ohh qui fofooooooooo kkkkkkkk Tu realmente foi uma pessoa, em adotar um dos cachorros seria melhor der adotado os dois ;-;
 Foi um sonho interessante e meio maluco normal em sonhos


"se olhar para o abismo, o abismo ira olhar pra você"
Criado por algum inteligente

"se a vida de ta limões, troque por laranjas"
Criado por um gênio eu

[right]"o cubo não fala, mas se falar, ignore"
Criada por uma batata

[left]"o bolo é uma mentira"
Criado por... É serio, o bolo é uma mentira!
[/left]
[/right]
avatar
Mensagens : 848
Pontos : 3075
Honra : 347
Data de inscrição : 25/02/2013
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos do Hazai

em Qua Ago 05, 2015 7:37 pm
Curioso isso da luz verde... ela ocorre em todos os sonhos?
Sera que não da pra usar como reality check?


Wyrd bið ful aræd
avatar
Mensagens : 130
Pontos : 1178
Honra : 45
Data de inscrição : 22/04/2015
Idade : 20
Localização : Belém
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
300 / 999300 / 999
Ver perfil do usuáriohttp://pensamentosemmente.blogspot.com.br

Re: Diário dos Sonhos do Hazai

em Sex Ago 07, 2015 9:20 am
Sonic The Hedgehog escreveu:ohh qui fofooooooooo kkkkkkkk Tu realmente foi uma pessoa, em adotar um dos cachorros seria melhor der adotado os dois ;-;
 Foi um sonho interessante e meio maluco normal em sonhos

Palhaço, muito engraçado Sonic huahuahua'. Sonhos bem malucos, distantes da minha realidade, mas esses são o máximo que meu meus sonhos chegam. não triste ressalto Chega dar raiva, sabia? Vejo pessoal contando sonhos tão... fazer o que Crying or Very sad


Hazai  certo
estrelaestrelaestrelaestrelaestrelaestrelaestrelaestrelaestrelaestrela   
"Podemos negar que nossos anjos existem, dizer a nós mesmos que eles não podem ser reais. Mas eles aparecem de qualquer maneira. Em lugares estranhos, em tempos estranhos, eles podem ser qualquer personagem que possamos imaginar. Serão verdadeiros demônios se precisarem, nos chamando, nos desafiando a lutar."

Sucker Punch | Mundo Surreal
avatar
Mensagens : 130
Pontos : 1178
Honra : 45
Data de inscrição : 22/04/2015
Idade : 20
Localização : Belém
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
300 / 999300 / 999
Ver perfil do usuáriohttp://pensamentosemmente.blogspot.com.br

Re: Diário dos Sonhos do Hazai

em Sex Ago 07, 2015 9:31 am
Killer escreveu:Curioso isso da luz verde... ela ocorre em todos os sonhos?
Sera que não da pra usar como reality check?

Deixa eu dizer uma coisa, eu não se vocês estão me entendendo com relação a essa "luz verde" essa luz ver é a própria luz do ambiente, como esse o ambiente tivesse distorcido por causa da dita luz, explicando melhor, é como se o sol tivesse virado "verde" digamos assim. Hum, com relação a reality check, não sei te dizer, acredito que possa ser usada, afinal eu já consegui identifica-la no meu sonho, porém não consigo pegar lucidez de jeito nenhum e nunca tive sonhos lúcidos, nenhuma das técnicas funcionaram comigo.


Hazai  certo
estrelaestrelaestrelaestrelaestrelaestrelaestrelaestrelaestrelaestrela   
"Podemos negar que nossos anjos existem, dizer a nós mesmos que eles não podem ser reais. Mas eles aparecem de qualquer maneira. Em lugares estranhos, em tempos estranhos, eles podem ser qualquer personagem que possamos imaginar. Serão verdadeiros demônios se precisarem, nos chamando, nos desafiando a lutar."

Sucker Punch | Mundo Surreal
avatar
Mensagens : 646
Pontos : 2514
Honra : 310
Data de inscrição : 20/10/2013
Idade : 28
Sonhos Lúcidos :
38 / 99938 / 999
Sonhos Comuns :
999 / 999999 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos do Hazai

em Sex Ago 07, 2015 12:50 pm
Hazai escreveu:
Faz algum tempo que não conto meu sonhos aqui, o que irei contar não é tão diferente dos outros, são de certo modo bem simples e as vezes com coisas que nem eu sei por que sonhar aquilo, pois bem. Há dois dias atrás eu sonhava que eu estava em minha casa, eu estava naquele momento conversando com a minha mãe, papo vai e papo vem ele recebe uma ligação de uma amiga de uma escola, eu claro fiquei no vácuo (adoram fazer isso), alguns minutos se passaram e finalmente ela parou de falar no telefone, então ela começou a me falar que uma amiga dela tinha ligado e tals e a amiga dela perguntou a minha mãe se eu poderia substituir um aluno que tinha se acidentado, essa substituição seria em uma apresentação de escolas, pelo o que eu me lembro era um espécie de prova de natação de várias escolas da minha cidade, minha cara de felicidade confuso nenhuma, bem não tinha outra escolha, pois minha mãe tinha prometido que eu iria a tal evento. Algum tempo depois, eu resolvi sair pelas ruas do meu bairro, no caminho eu encontro 2 cachorros não lembro muito as características deles, então eu comecei a andar com esses cachorros e na pior das hipóteses resolvi adotar um deles, o pior de tudo que eles só andavam juntos, andando ainda pelo meu bairro, porém já perto da minha casa, eu encontro uma amiga que já não falava fazia um bom tempo, conversamos um pouco e ela disse que gostou da minha atitude de querer adotar um dos cachorros, pois era ela que fazia isso antes em nosso bairro. O sonho finaliza comigo olhando fixamente os dois cães.


Pois é, o bendito sonho continuou essa madrugada, como se fosse já um outro dia. Era a chegada do dia do tal evento que eu tinha sido escolhido, acordei e tudo mais, fiz minhas coisas e fui me arrumar. Minha mãe ficou no meu pé para escolher uma roupa para uma coisa que nem eu mesmo sabia o que é, coloquei alguns roupa de banho em uma mochila e e outros tipo de roupa e fui andando para parada ônibus, o sonho se finaliza comigo olhando os ônibus na parada, agora um detalhe que lembrei agora foi que a luz do dia não estava em uma cor normal e como se estivesse meio esverdeada.
Ministrado: Hazai

Sonhos Não-Lúcidos - SNL    
palhaço


CORES DOS MEUS RELATOS:

  • Analise ou pensamento/observação.
  • Dialogo, titulo
  • Descrição de um cenário/objeto/pessoa.
  • Realidade ou fato importante.

Orvalho do sonhar:
Fantasiar me conforta
Deslumbrado a imaginar
Sera que e so eu?
Ou alguem se importa?


para nao se desesperar
Sucumbir em expectativas
pois se nao suprir
Posso pelo menos sonhar

Sair desse lugar imundo
Fingir que nao e isso
Tornar tudo intenso
Criar o próprio mundo


Injetar alegria
Olhar fixo para o nada
Rir sozinho
Ate o final do dia


Sentir a liberdade ao voar
Observar o próprio reflexo
E fechar os olhos
Para voltar a sonhar

(Hiriu)
avatar
Mensagens : 130
Pontos : 1178
Honra : 45
Data de inscrição : 22/04/2015
Idade : 20
Localização : Belém
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
300 / 999300 / 999
Ver perfil do usuáriohttp://pensamentosemmente.blogspot.com.br

Re: Diário dos Sonhos do Hazai

em Ter Ago 11, 2015 10:29 am
A cada dia me surpreendo com meus sonhos, vou relatar mais um deles. Eu não lembro muito bem o inicio do sonho, foi bem longo por sinal, a a duração no mundo dos sonhos foi de 2 dias. O sonho se passava em um lugar que eu nunca tinha estado na minha vida, não sei fazer uma relação de comparação para dizer o que era realmente o local, vamos supor que fosse um espécie de escola ou um orfanato, complexo descrever, pois nunca tinha visto aquilo. Eu estava em um especie de corredor cheio de portas e janelas, pela janelas era possível ver um lugar esquisito e abandonado, no entanto moravam algumas pessoas lá, vi amigos meus lá e alguns primos, tentei entrar, mas todas as portas do corredor estavam trancadas pelo lado de "fora" e só poderiam ser abertas pelas pessoas que estavam nesse lugar abandonado, tentei de todas as formas chamar alguém para abrir, mas ninguém se quer me ouviu, fiquei desesperado, algo me dizia que eu deveria entrar ali de qualquer jeito, mas não consegui, pois ninguém me ouvia de jeito nenhum. Então resolvi sair dessa tal escola ou orfanato eu não sei o que era aquilo, eu sai e comecei a andar pelos cantos, era um lugar que nunca tinha estado, começou a anoitecer e voltei ao devido lugar, pois não tinha onde ficar e ali era o único lugar que tinha para dormir. No corredor onde eu estava, eu vi uma mulher loira, resolvi segui-la ela estava indo em direção ao banheiro, parecia que ela tinha vindo de uma academia, estava com roupa apropriada e estava toda suada, fui atrás dela, porém ela nem se quer falou comigo e foi embora. Então a noite passou e no corredor eu fiquei, e finalmente amanheceu acordei, olhei pela janela e avistei outras pessoas no lugar abandonado, chamei, gritei, mas ninguém me ouvia, andava de um lado para o outro sem saber o que fazer e resolvi sair daquele lugar novamente, sem rumo, sem ninguém. Começou a anoitecer novamente, revolvi voltar para o devido lugar, repeti os mesmos gestos, gritei, tentei chamar alguém para abrir a porta, depois de um certo tempo, veio um cara em direção ao portão onde acredito que saiam carros, então a cara veio perguntei se ele poderia abrir a porta para mim ele me disse que sim, com ele vinha uma amiga minha de escola que não veja a algum tempo, ela ria de mim. No momento em que o cara iria abrir o portão e eu estava entrando o devido sonho finaliza e me acordo espantado.

Anexo: O lugar abandonado pelo qual eu via através do vidro, parecia ser um lugar que fica em um cidade aqui no meu estado, o bairro onde fica tal lugar se chama aeroporto, pois ali antes era um ponto de monomotores, hoje é um lugar abandonado e é cordado por uma estrada. Com relação ao ambiente, não sei descrever direito, lembram da tal luz verde? Dessa vez ela estava mais fraca.  


Hazai  certo
estrelaestrelaestrelaestrelaestrelaestrelaestrelaestrelaestrelaestrela   
"Podemos negar que nossos anjos existem, dizer a nós mesmos que eles não podem ser reais. Mas eles aparecem de qualquer maneira. Em lugares estranhos, em tempos estranhos, eles podem ser qualquer personagem que possamos imaginar. Serão verdadeiros demônios se precisarem, nos chamando, nos desafiando a lutar."

Sucker Punch | Mundo Surreal
avatar
Mensagens : 646
Pontos : 2514
Honra : 310
Data de inscrição : 20/10/2013
Idade : 28
Sonhos Lúcidos :
38 / 99938 / 999
Sonhos Comuns :
999 / 999999 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos do Hazai

em Ter Ago 11, 2015 11:53 am
Hazai:
Hazai escreveu:
A cada dia me surpreendo com meus sonhos, vou relatar mais um deles. Eu não lembro muito bem o inicio do sonho, foi bem longo por sinal, a a duração no mundo dos sonhos foi de 2 dias. O sonho se passava em um lugar que eu nunca tinha estado na minha vida, não sei fazer uma relação de comparação para dizer o que era realmente o local, vamos supor que fosse um espécie de escola ou um orfanato, complexo descrever, pois nunca tinha visto aquilo. Eu estava em um especie de corredor cheio de portas e janelas, pela janelas era possível ver um lugar esquisito e abandonado, no entanto moravam algumas pessoas lá, vi amigos meus lá e alguns primos, tentei entrar, mas todas as portas do corredor estavam trancadas pelo lado de "fora" e só poderiam ser abertas pelas pessoas que estavam nesse lugar abandonado, tentei de todas as formas chamar alguém para abrir, mas ninguém se quer me ouviu, fiquei desesperado, algo me dizia que eu deveria entrar ali de qualquer jeito, mas não consegui, pois ninguém me ouvia de jeito nenhum. Então resolvi sair dessa tal escola ou orfanato eu não sei o que era aquilo, eu sai e comecei a andar pelos cantos, era um lugar que nunca tinha estado, começou a anoitecer e voltei ao devido lugar, pois não tinha onde ficar e ali era o único lugar que tinha para dormir. No corredor onde eu estava, eu vi uma mulher loira, resolvi segui-la ela estava indo em direção ao banheiro, parecia que ela tinha vindo de uma academia, estava com roupa apropriada e estava toda suada, fui atrás dela, porém ela nem se quer falou comigo e foi embora. Então a noite passou e no corredor eu fiquei, e finalmente amanheceu acordei, olhei pela janela e avistei outras pessoas no lugar abandonado, chamei, gritei, mas ninguém me ouvia, andava de um lado para o outro sem saber o que fazer e resolvi sair daquele lugar novamente, sem rumo, sem ninguém. Começou a anoitecer novamente, revolvi voltar para o devido lugar, repeti os mesmos gestos, gritei, tentei chamar alguém para abrir a porta, depois de um certo tempo, veio um cara em direção ao portão onde acredito que saiam carros, então a cara veio perguntei se ele poderia abrir a porta para mim ele me disse que sim, com ele vinha uma amiga minha de escola que não veja a algum tempo, ela ria de mim. No momento em que o cara iria abrir o portão e eu estava entrando o devido sonho finaliza e me acordo espantado.

Anexo: O lugar abandonado pelo qual eu via através do vidro, parecia ser um lugar que fica em um cidade aqui no meu estado, o bairro onde fica tal lugar se chama aeroporto, pois ali antes era um ponto de monomotores, hoje é um lugar abandonado e é cordado por uma estrada. Com relação ao ambiente, não sei descrever direito, lembram da tal luz verde? Dessa vez ela estava mais fraca.  

Ola Hazai, o que busca nos sonhos? se não e muita curiosidade minha perguntar.


CORES DOS MEUS RELATOS:

  • Analise ou pensamento/observação.
  • Dialogo, titulo
  • Descrição de um cenário/objeto/pessoa.
  • Realidade ou fato importante.

Orvalho do sonhar:
Fantasiar me conforta
Deslumbrado a imaginar
Sera que e so eu?
Ou alguem se importa?


para nao se desesperar
Sucumbir em expectativas
pois se nao suprir
Posso pelo menos sonhar

Sair desse lugar imundo
Fingir que nao e isso
Tornar tudo intenso
Criar o próprio mundo


Injetar alegria
Olhar fixo para o nada
Rir sozinho
Ate o final do dia


Sentir a liberdade ao voar
Observar o próprio reflexo
E fechar os olhos
Para voltar a sonhar

(Hiriu)
avatar
Mensagens : 130
Pontos : 1178
Honra : 45
Data de inscrição : 22/04/2015
Idade : 20
Localização : Belém
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
300 / 999300 / 999
Ver perfil do usuáriohttp://pensamentosemmente.blogspot.com.br

Re: Diário dos Sonhos do Hazai

em Ter Ago 11, 2015 9:32 pm
Hiriu escreveu:
Hazai:

Hazai escreveu:
A cada dia me surpreendo com meus sonhos, vou relatar mais um deles. Eu não lembro muito bem o inicio do sonho, foi bem longo por sinal, a a duração no mundo dos sonhos foi de 2 dias. O sonho se passava em um lugar que eu nunca tinha estado na minha vida, não sei fazer uma relação de comparação para dizer o que era realmente o local, vamos supor que fosse um espécie de escola ou um orfanato, complexo descrever, pois nunca tinha visto aquilo. Eu estava em um especie de corredor cheio de portas e janelas, pela janelas era possível ver um lugar esquisito e abandonado, no entanto moravam algumas pessoas lá, vi amigos meus lá e alguns primos, tentei entrar, mas todas as portas do corredor estavam trancadas pelo lado de "fora" e só poderiam ser abertas pelas pessoas que estavam nesse lugar abandonado, tentei de todas as formas chamar alguém para abrir, mas ninguém se quer me ouviu, fiquei desesperado, algo me dizia que eu deveria entrar ali de qualquer jeito, mas não consegui, pois ninguém me ouvia de jeito nenhum. Então resolvi sair dessa tal escola ou orfanato eu não sei o que era aquilo, eu sai e comecei a andar pelos cantos, era um lugar que nunca tinha estado, começou a anoitecer e voltei ao devido lugar, pois não tinha onde ficar e ali era o único lugar que tinha para dormir. No corredor onde eu estava, eu vi uma mulher loira, resolvi segui-la ela estava indo em direção ao banheiro, parecia que ela tinha vindo de uma academia, estava com roupa apropriada e estava toda suada, fui atrás dela, porém ela nem se quer falou comigo e foi embora. Então a noite passou e no corredor eu fiquei, e finalmente amanheceu acordei, olhei pela janela e avistei outras pessoas no lugar abandonado, chamei, gritei, mas ninguém me ouvia, andava de um lado para o outro sem saber o que fazer e resolvi sair daquele lugar novamente, sem rumo, sem ninguém. Começou a anoitecer novamente, revolvi voltar para o devido lugar, repeti os mesmos gestos, gritei, tentei chamar alguém para abrir a porta, depois de um certo tempo, veio um cara em direção ao portão onde acredito que saiam carros, então a cara veio perguntei se ele poderia abrir a porta para mim ele me disse que sim, com ele vinha uma amiga minha de escola que não veja a algum tempo, ela ria de mim. No momento em que o cara iria abrir o portão e eu estava entrando o devido sonho finaliza e me acordo espantado.

Anexo: O lugar abandonado pelo qual eu via através do vidro, parecia ser um lugar que fica em um cidade aqui no meu estado, o bairro onde fica tal lugar se chama aeroporto, pois ali antes era um ponto de monomotores, hoje é um lugar abandonado e é cordado por uma estrada. Com relação ao ambiente, não sei descrever direito, lembram da tal luz verde? Dessa vez ela estava mais fraca.  

Ola Hazai, o que busca nos sonhos? se não e muita curiosidade minha perguntar.

Claro que não Hiriu! Procuro resposta sobre mim, o que verdadeiramente eu sou, parece patético, eu sei. Mas queria entender o me faz ser assim, por fora sou fácil, porém aqui é como se minha complexidade se tornasse expressa e porque isso acontece? Eu gostaria de testar várias coisas em sonhos, mas já viu eu sou falho.


Hazai  certo
estrelaestrelaestrelaestrelaestrelaestrelaestrelaestrelaestrelaestrela   
"Podemos negar que nossos anjos existem, dizer a nós mesmos que eles não podem ser reais. Mas eles aparecem de qualquer maneira. Em lugares estranhos, em tempos estranhos, eles podem ser qualquer personagem que possamos imaginar. Serão verdadeiros demônios se precisarem, nos chamando, nos desafiando a lutar."

Sucker Punch | Mundo Surreal
avatar
Mensagens : 2531
Pontos : 5726
Honra : 1044
Data de inscrição : 12/06/2013
Localização : Bahia
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos do Hazai

em Qua Ago 12, 2015 3:35 pm
Hazai escreveu :

Hazai escreveu:
A cada dia me surpreendo com meus sonhos, vou relatar mais um deles. Eu não lembro muito bem o inicio do sonho, foi bem longo por sinal, a a duração no mundo dos sonhos foi de 2 dias. O sonho se passava em um lugar que eu nunca tinha estado na minha vida, não sei fazer uma relação de comparação para dizer o que era realmente o local, vamos supor que fosse um espécie de escola ou um orfanato, complexo descrever, pois nunca tinha visto aquilo. Eu estava em um especie de corredor cheio de portas e janelas, pela janelas era possível ver um lugar esquisito e abandonado, no entanto moravam algumas pessoas lá, vi amigos meus lá e alguns primos, tentei entrar, mas todas as portas do corredor estavam trancadas pelo lado de "fora" e só poderiam ser abertas pelas pessoas que estavam nesse lugar abandonado, tentei de todas as formas chamar alguém para abrir, mas ninguém se quer me ouviu, fiquei desesperado, algo me dizia que eu deveria entrar ali de qualquer jeito, mas não consegui, pois ninguém me ouvia de jeito nenhum. Então resolvi sair dessa tal escola ou orfanato eu não sei o que era aquilo, eu sai e comecei a andar pelos cantos, era um lugar que nunca tinha estado, começou a anoitecer e voltei ao devido lugar, pois não tinha onde ficar e ali era o único lugar que tinha para dormir. No corredor onde eu estava, eu vi uma mulher loira, resolvi segui-la ela estava indo em direção ao banheiro, parecia que ela tinha vindo de uma academia, estava com roupa apropriada e estava toda suada, fui atrás dela, porém ela nem se quer falou comigo e foi embora. Então a noite passou e no corredor eu fiquei, e finalmente amanheceu acordei, olhei pela janela e avistei outras pessoas no lugar abandonado, chamei, gritei, mas ninguém me ouvia, andava de um lado para o outro sem saber o que fazer e resolvi sair daquele lugar novamente, sem rumo, sem ninguém. Começou a anoitecer novamente, revolvi voltar para o devido lugar, repeti os mesmos gestos, gritei, tentei chamar alguém para abrir a porta, depois de um certo tempo, veio um cara em direção ao portão onde acredito que saiam carros, então a cara veio perguntei se ele poderia abrir a porta para mim ele me disse que sim, com ele vinha uma amiga minha de escola que não veja a algum tempo, ela ria de mim. No momento em que o cara iria abrir o portão e eu estava entrando o devido sonho finaliza e me acordo espantado.

Anexo: O lugar abandonado pelo qual eu via através do vidro, parecia ser um lugar que fica em um cidade aqui no meu estado, o bairro onde fica tal lugar se chama aeroporto, pois ali antes era um ponto de monomotores, hoje é um lugar abandonado e é cordado por uma estrada. Com relação ao ambiente, não sei descrever direito, lembram da tal luz verde? Dessa vez ela estava mais fraca.  
Nossa que sonho angustiante. perplexo 

Realmente, é uma sensação horrível se sentir abandonado e excluído. 

Mas, graças a Deus, isso foi apenas um sonho. certo
avatar
Mensagens : 130
Pontos : 1178
Honra : 45
Data de inscrição : 22/04/2015
Idade : 20
Localização : Belém
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
300 / 999300 / 999
Ver perfil do usuáriohttp://pensamentosemmente.blogspot.com.br

Re: Diário dos Sonhos do Hazai

em Qua Ago 12, 2015 9:41 pm
Ramon escreveu:
Hazai escreveu :

Hazai escreveu:
A cada dia me surpreendo com meus sonhos, vou relatar mais um deles. Eu não lembro muito bem o inicio do sonho, foi bem longo por sinal, a a duração no mundo dos sonhos foi de 2 dias. O sonho se passava em um lugar que eu nunca tinha estado na minha vida, não sei fazer uma relação de comparação para dizer o que era realmente o local, vamos supor que fosse um espécie de escola ou um orfanato, complexo descrever, pois nunca tinha visto aquilo. Eu estava em um especie de corredor cheio de portas e janelas, pela janelas era possível ver um lugar esquisito e abandonado, no entanto moravam algumas pessoas lá, vi amigos meus lá e alguns primos, tentei entrar, mas todas as portas do corredor estavam trancadas pelo lado de "fora" e só poderiam ser abertas pelas pessoas que estavam nesse lugar abandonado, tentei de todas as formas chamar alguém para abrir, mas ninguém se quer me ouviu, fiquei desesperado, algo me dizia que eu deveria entrar ali de qualquer jeito, mas não consegui, pois ninguém me ouvia de jeito nenhum. Então resolvi sair dessa tal escola ou orfanato eu não sei o que era aquilo, eu sai e comecei a andar pelos cantos, era um lugar que nunca tinha estado, começou a anoitecer e voltei ao devido lugar, pois não tinha onde ficar e ali era o único lugar que tinha para dormir. No corredor onde eu estava, eu vi uma mulher loira, resolvi segui-la ela estava indo em direção ao banheiro, parecia que ela tinha vindo de uma academia, estava com roupa apropriada e estava toda suada, fui atrás dela, porém ela nem se quer falou comigo e foi embora. Então a noite passou e no corredor eu fiquei, e finalmente amanheceu acordei, olhei pela janela e avistei outras pessoas no lugar abandonado, chamei, gritei, mas ninguém me ouvia, andava de um lado para o outro sem saber o que fazer e resolvi sair daquele lugar novamente, sem rumo, sem ninguém. Começou a anoitecer novamente, revolvi voltar para o devido lugar, repeti os mesmos gestos, gritei, tentei chamar alguém para abrir a porta, depois de um certo tempo, veio um cara em direção ao portão onde acredito que saiam carros, então a cara veio perguntei se ele poderia abrir a porta para mim ele me disse que sim, com ele vinha uma amiga minha de escola que não veja a algum tempo, ela ria de mim. No momento em que o cara iria abrir o portão e eu estava entrando o devido sonho finaliza e me acordo espantado.

Anexo: O lugar abandonado pelo qual eu via através do vidro, parecia ser um lugar que fica em um cidade aqui no meu estado, o bairro onde fica tal lugar se chama aeroporto, pois ali antes era um ponto de monomotores, hoje é um lugar abandonado e é cordado por uma estrada. Com relação ao ambiente, não sei descrever direito, lembram da tal luz verde? Dessa vez ela estava mais fraca.  
Nossa que sonho angustiante. perplexo 

Realmente, é uma sensação horrível se sentir abandonado e excluído. 

Mas, graças a Deus, isso foi apenas um sonho. certo

Acho que não foi apenas um sonho, foi por isso que perguntei aquilo por MP. Desculpe-me Crying or Very sad


Hazai  certo
estrelaestrelaestrelaestrelaestrelaestrelaestrelaestrelaestrelaestrela   
"Podemos negar que nossos anjos existem, dizer a nós mesmos que eles não podem ser reais. Mas eles aparecem de qualquer maneira. Em lugares estranhos, em tempos estranhos, eles podem ser qualquer personagem que possamos imaginar. Serão verdadeiros demônios se precisarem, nos chamando, nos desafiando a lutar."

Sucker Punch | Mundo Surreal
avatar
Mensagens : 2531
Pontos : 5726
Honra : 1044
Data de inscrição : 12/06/2013
Localização : Bahia
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos do Hazai

em Qui Ago 13, 2015 12:40 am
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
Hazai escreveu:Acho que não foi apenas um sonho, foi por isso que perguntei aquilo por MP. Desculpe-me Crying or Very sad
Que é isso! Não precisa se desculpar. certo
avatar
Mensagens : 130
Pontos : 1178
Honra : 45
Data de inscrição : 22/04/2015
Idade : 20
Localização : Belém
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
300 / 999300 / 999
Ver perfil do usuáriohttp://pensamentosemmente.blogspot.com.br

Re: Diário dos Sonhos do Hazai

em Qui Ago 13, 2015 8:18 am
Ah.. Ramon Crying or Very sad Esse sou eu. Sempre assim, me desculpando.


Hazai  certo
estrelaestrelaestrelaestrelaestrelaestrelaestrelaestrelaestrelaestrela   
"Podemos negar que nossos anjos existem, dizer a nós mesmos que eles não podem ser reais. Mas eles aparecem de qualquer maneira. Em lugares estranhos, em tempos estranhos, eles podem ser qualquer personagem que possamos imaginar. Serão verdadeiros demônios se precisarem, nos chamando, nos desafiando a lutar."

Sucker Punch | Mundo Surreal
avatar
Mensagens : 2531
Pontos : 5726
Honra : 1044
Data de inscrição : 12/06/2013
Localização : Bahia
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos do Hazai

em Qui Ago 13, 2015 1:50 pm
Hazai escreveu:Ah.. Ramon Crying or Very sad Esse sou eu. Sempre assim, me desculpando.
Eu também era assim.  gargalhada
avatar
Mensagens : 130
Pontos : 1178
Honra : 45
Data de inscrição : 22/04/2015
Idade : 20
Localização : Belém
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
300 / 999300 / 999
Ver perfil do usuáriohttp://pensamentosemmente.blogspot.com.br

Re: Diário dos Sonhos do Hazai

em Sab Ago 15, 2015 2:29 pm
Ramon escreveu:
Hazai escreveu:Ah.. Ramon Crying or Very sad Esse sou eu. Sempre assim, me desculpando.
Eu também era assim.  gargalhada

Sério? Eu tinha um "amigo" que me brigava por ficar pedindo desculpas Crying or Very sad


Hazai  certo
estrelaestrelaestrelaestrelaestrelaestrelaestrelaestrelaestrelaestrela   
"Podemos negar que nossos anjos existem, dizer a nós mesmos que eles não podem ser reais. Mas eles aparecem de qualquer maneira. Em lugares estranhos, em tempos estranhos, eles podem ser qualquer personagem que possamos imaginar. Serão verdadeiros demônios se precisarem, nos chamando, nos desafiando a lutar."

Sucker Punch | Mundo Surreal
avatar
Mensagens : 2531
Pontos : 5726
Honra : 1044
Data de inscrição : 12/06/2013
Localização : Bahia
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos do Hazai

em Sex Ago 21, 2015 2:52 pm
É aí, Hazai. Já conseguiu um sonho lúcido esse mês? feliz

Continua buscando os sonhos lúcidos, que você consegue. Bote fé. certo
avatar
Mensagens : 130
Pontos : 1178
Honra : 45
Data de inscrição : 22/04/2015
Idade : 20
Localização : Belém
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
300 / 999300 / 999
Ver perfil do usuáriohttp://pensamentosemmente.blogspot.com.br

Re: Diário dos Sonhos do Hazai

em Dom Ago 23, 2015 5:13 pm
Ramon escreveu:É aí, Hazai. Já conseguiu um sonho lúcido esse mês? feliz

Continua buscando os sonhos lúcidos, que você consegue. Bote fé. certo

Tá tirando onda com a minha cara é, Ramon? não maligno
Brincadeira irmão, a resposta é não kkkkkk, eu não tive nenhum sonho lúcido, só tive alguns sonhos estranhos que eu não lembro, mas... consegui um pouco de lucidez em um sonho, percebi que eu estava em um sonho, e tinha algo na realidade mexendo no sonho e resolvi acordar, o pior de tudo era que nesse sonho seria regido 4 outros sonhos, fiquei bastante mordido. A outra novidade é que os sonhos me ajudam a identificar os sons de realidade ou conseguir ligar pensamentos reais e perceber a hora que realmente preciso acordar. Por exemplo ontem 22/08 eu precisava acordar ás 5:00 da manhã, mas eu não costumo colocar despertado, pois não serve, meu corpo se programa sozinho e sabe a hora de acordar, então eu precisava acordar nesse horário, minutos ou horas antes eu comecei a sonhar que eu não tinha acordado as 5:00 e sim 10:00 e tinha me atrasado completamente para o meu compromisso, apesar disso no sonho eu percebi que aquilo não poderia está acontecendo, eu resolvi checar a ultima visualização do whatsapp de uma amiga que ia comigo e a hora que estava era totalmente errada, estava umas 3:35 da madrugada, ai pensei não é possível, será que ela esqueceu também? Ai me dei conta que aquilo não estava acontecendo e precisava acordar, mas o sonho foi bem preciso, pois eu tava atrasado na hora já era 5:20 e corri para tomar banho, tomei "café", me arrumei e fui e deu tudo certo. Sabe a agarota que tinha se atrasado também? Ela se atrasou também com a hora e por incrível que pareça ela acordou as 5:20. É pura coincidência ou um mero acaso? hahahahaha' Achei incrível!!


Hazai  certo
estrelaestrelaestrelaestrelaestrelaestrelaestrelaestrelaestrelaestrela   
"Podemos negar que nossos anjos existem, dizer a nós mesmos que eles não podem ser reais. Mas eles aparecem de qualquer maneira. Em lugares estranhos, em tempos estranhos, eles podem ser qualquer personagem que possamos imaginar. Serão verdadeiros demônios se precisarem, nos chamando, nos desafiando a lutar."

Sucker Punch | Mundo Surreal
avatar
Mensagens : 130
Pontos : 1178
Honra : 45
Data de inscrição : 22/04/2015
Idade : 20
Localização : Belém
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
300 / 999300 / 999
Ver perfil do usuáriohttp://pensamentosemmente.blogspot.com.br

Re: Diário dos Sonhos do Hazai

em Seg Ago 24, 2015 9:05 am
Primeiramente, eu não deveria contar esse sonho aqui, pois remete uma coisa muito pessoal e mexe um pouco com o meu passado, o sonho não é nada de mais o único problema é que mexe com os meus sentimentos.
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Sonho 24/08/15 - A volta
Meu pai me levava para escola de moto, no caminho eu ia conversando com ele, nossa conversa não era nada de mais, se passando aproximadamente 8 minutos chegamos a minha escola, no entanto eu estava voltando para um lugar que nunca mais tinha pisado, aquela escola tinha sido minha segunda casa durante uma década. Entrando na escola, avistei amigos da igreja sentados em uma mesa no pátio, mas não fui cumprimenta-los, pois a diretora quando me viu veio ao meu encontro e me abraçou tão forte, como se eu estivesse desaparecido a muito tempo e estivesse voltando, chorando ela me disse:

Diretora: Fico muito feliz por você te voltado!
Eu:Também fico muito feliz.

Nesse momento cheguei a lagrimar um pouco, ai vei outra pessoa me abraçar, porém foi meio estranho pois eu nunca falei com ela nem nenhum momento da minha vida, ela se chama Juliana Flora, ela me abraçou e disse:

Flora: Eu nem acredito que você voltou!!! (Em um tom de felicidade inexplicável)
Eu: Eu também não acredito nisso, você poderia me levar até a nossa sala.
Flora: Claro! Hoje chegamos aqui bem cedo, não teve praticamente nenhuma aula.
Eu: Entendo.

Subindo as escadas, nos direcionamos até a nossa sala, nesse momento eu senti uma grande nostalgia no dentro de mim, sabe? Chegando até a porta da sala, eu abri. Avistei várias pessoas no chão descansando, porém o que eu achei estranho foi encontrar várias pessoas da minha antiga turma de Convênio (Revisão Ens. Médio + 3 Ano do Ens. Médio), pude ver que existia uma professora lá deitada também no chão, era minha professora de Literatura, ela se levantou como se se não tivesse acreditando no que estava vendo, ela me abraçou como se fosse a ultima vez e começou a chorar, eu também comecei a chorar e sonho começou a se esfarelar, no sonho fechei os olhos e acordei com eles fechados, tentei voltar mais já era tarde.

O modo pelo qual as pessoas estavam me tratando foi bem estranho, pois nunca tinha sido tratado com tanto amor, era impossível aquilo está acontecendo, parecia que todos me amavam, e parecia que eu havia ido embora de algum jeito e estava retornando, como se eu estivesse perdido por algum tempo. A felicidade que eu via no rosto das pessoas que estavam ao meu redor era inexplicável, foi bom e ao mesmo tempo triste. Passei 10 anos da minha vida naquele lugar (2004-2014), nossa sofri muito, sempre fui um cara sozinho, calado, essas coisas me permitiram ser uma pessoa diferente hoje, ao contrário de muitos eu não virei psicopata ou que possui distúrbios psicológicos, está tudo bem hoje. Sou um cara bem vivido, apesar da minha idade de 17 anos, sei de tanta coisa que as vezes fica difícil administrar.


Hazai  certo
estrelaestrelaestrelaestrelaestrelaestrelaestrelaestrelaestrelaestrela   
"Podemos negar que nossos anjos existem, dizer a nós mesmos que eles não podem ser reais. Mas eles aparecem de qualquer maneira. Em lugares estranhos, em tempos estranhos, eles podem ser qualquer personagem que possamos imaginar. Serão verdadeiros demônios se precisarem, nos chamando, nos desafiando a lutar."

Sucker Punch | Mundo Surreal
avatar
Mensagens : 2531
Pontos : 5726
Honra : 1044
Data de inscrição : 12/06/2013
Localização : Bahia
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos do Hazai

em Seg Ago 24, 2015 3:54 pm
Hazai escreveu :

Hazai escreveu:
Ramon escreveu:É aí, Hazai. Já conseguiu um sonho lúcido esse mês? feliz

Continua buscando os sonhos lúcidos, que você consegue. Bote fé. certo

Tá tirando onda com a minha cara é, Ramon? não maligno
Brincadeira irmão, a resposta é não kkkkkk, eu não tive nenhum sonho lúcido, só tive alguns sonhos estranhos que eu não lembro, mas... consegui um pouco de lucidez em um sonho, percebi que eu estava em um sonho, e tinha algo na realidade mexendo no sonho e resolvi acordar, o pior de tudo era que nesse sonho seria regido 4 outros sonhos, fiquei bastante mordido. A outra novidade é que os sonhos me ajudam a identificar os sons de realidade ou conseguir ligar pensamentos reais e perceber a hora que realmente preciso acordar. Por exemplo ontem 22/08 eu precisava acordar ás 5:00 da manhã, mas eu não costumo colocar despertado, pois não serve, meu corpo se programa sozinho e sabe a hora de acordar, então eu precisava acordar nesse horário, minutos ou horas antes eu comecei a sonhar que eu não tinha acordado as 5:00 e sim 10:00 e tinha me atrasado completamente para o meu compromisso, apesar disso no sonho eu percebi que aquilo não poderia está acontecendo, eu resolvi checar a ultima visualização do whatsapp de uma amiga que ia comigo e a hora que estava era totalmente errada, estava umas 3:35 da madrugada, ai pensei não é possível, será que ela esqueceu também? Ai me dei conta que aquilo não estava acontecendo e precisava acordar, mas o sonho foi bem preciso, pois eu tava atrasado na hora já era 5:20 e corri para tomar banho, tomei "café", me arrumei e fui e deu tudo certo. Sabe a agarota que tinha se atrasado também? Ela se atrasou também com a hora e por incrível que pareça ela acordou as 5:20. É pura coincidência ou um mero acaso? hahahahaha' Achei incrível!!
Engraçado isso que você falou. Já aconteceu isso comigo também. Quando eu trabalhei na prefeitura da minha cidade, eu ia almoçar em casa 11:30 da manhã e só retornava pro trabalha as 14:00 da tarde. E nesse intervalo, depois do almoço, eu sempre aproveitava pra tirar uma sonequinha no sofá da sala. Mas, meu medo de passar da hora de acordar pra ir pro trabalho era tanto, que eu sonhava que estava indo pro trabalho atrasado. Kkkk Daí me habituei a acordar sozinho antes do celular tocar o alarme. kkkkk


Hazai escreveu :

Hazai escreveu:Primeiramente, eu não deveria contar esse sonho aqui, pois remete uma coisa muito pessoal e mexe um pouco com o meu passado, o sonho não é nada de mais o único problema é que mexe com os meus sentimentos.
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Sonho 24/08/15 - A volta
Meu pai me levava para escola de moto, no caminho eu ia conversando com ele, nossa conversa não era nada de mais, se passando aproximadamente 8 minutos chegamos a minha escola, no entanto eu estava voltando para um lugar que nunca mais tinha pisado, aquela escola tinha sido minha segunda casa durante uma década. Entrando na escola, avistei amigos da igreja sentados em uma mesa no pátio, mas não fui cumprimenta-los, pois a diretora quando me viu veio ao meu encontro e me abraçou tão forte, como se eu estivesse desaparecido a muito tempo e estivesse voltando, chorando ela me disse:

Diretora: Fico muito feliz por você te voltado!
Eu:Também fico muito feliz.

Nesse momento cheguei a lagrimar um pouco, ai vei outra pessoa me abraçar, porém foi meio estranho pois eu nunca falei com ela nem nenhum momento da minha vida, ela se chama Juliana Flora, ela me abraçou e disse:

Flora: Eu nem acredito que você voltou!!! (Em um tom de felicidade inexplicável)
Eu: Eu também não acredito nisso, você poderia me levar até a nossa sala.
Flora: Claro! Hoje chegamos aqui bem cedo, não teve praticamente nenhuma aula.
Eu: Entendo.

Subindo as escadas, nos direcionamos até a nossa sala, nesse momento eu senti uma grande nostalgia no dentro de mim, sabe? Chegando até a porta da sala, eu abri. Avistei várias pessoas no chão descansando, porém o que eu achei estranho foi encontrar várias pessoas da minha antiga turma de Convênio (Revisão Ens. Médio + 3 Ano do Ens. Médio), pude ver que existia uma professora lá deitada também no chão, era minha professora de Literatura, ela se levantou como se se não tivesse acreditando no que estava vendo, ela me abraçou como se fosse a ultima vez e começou a chorar, eu também comecei a chorar e sonho começou a se esfarelar, no sonho fechei os olhos e acordei com eles fechados, tentei voltar mais já era tarde.

O modo pelo qual as pessoas estavam me tratando foi bem estranho, pois nunca tinha sido tratado com tanto amor, era impossível aquilo está acontecendo, parecia que todos me amavam, e parecia que eu havia ido embora de algum jeito e estava retornando, como se eu estivesse perdido por algum tempo. A felicidade que eu via no rosto das pessoas que estavam ao meu redor era inexplicável, foi bom e ao mesmo tempo triste. Passei 10 anos da minha vida naquele lugar (2004-2014), nossa sofri muito, sempre fui um cara sozinho, calado, essas coisas me permitiram ser uma pessoa diferente hoje, ao contrário de muitos eu não virei psicopata ou que possui distúrbios psicológicos, está tudo bem hoje. Sou um cara bem vivido, apesar da minha idade de 17 anos, sei de tanta coisa que as vezes fica difícil administrar.
Acho que seu subconsciente criou no sonho um clima amigável, amoroso e festivo na sua escola de infância, como um modo de te compensar pelas experiências ruins e traumáticas que você teve na escola real, na sua infância.

Esse sonho é um aprendizado importante pra sua vida, Hazai. No sonho seu subconsciente te mostrou, através daquelas pessoas oníricas, a atitude positiva delas no sonho que é atitude que você deve adotar pra sua vida.  certo
avatar
Mensagens : 130
Pontos : 1178
Honra : 45
Data de inscrição : 22/04/2015
Idade : 20
Localização : Belém
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
300 / 999300 / 999
Ver perfil do usuáriohttp://pensamentosemmente.blogspot.com.br

Re: Diário dos Sonhos do Hazai

em Ter Ago 25, 2015 8:22 am
Ramon escreveu:
Hazai escreveu :

Hazai escreveu:
Ramon escreveu:É aí, Hazai. Já conseguiu um sonho lúcido esse mês? feliz

Continua buscando os sonhos lúcidos, que você consegue. Bote fé. certo

Tá tirando onda com a minha cara é, Ramon? não maligno
Brincadeira irmão, a resposta é não kkkkkk, eu não tive nenhum sonho lúcido, só tive alguns sonhos estranhos que eu não lembro, mas... consegui um pouco de lucidez em um sonho, percebi que eu estava em um sonho, e tinha algo na realidade mexendo no sonho e resolvi acordar, o pior de tudo era que nesse sonho seria regido 4 outros sonhos, fiquei bastante mordido. A outra novidade é que os sonhos me ajudam a identificar os sons de realidade ou conseguir ligar pensamentos reais e perceber a hora que realmente preciso acordar. Por exemplo ontem 22/08 eu precisava acordar ás 5:00 da manhã, mas eu não costumo colocar despertado, pois não serve, meu corpo se programa sozinho e sabe a hora de acordar, então eu precisava acordar nesse horário, minutos ou horas antes eu comecei a sonhar que eu não tinha acordado as 5:00 e sim 10:00 e tinha me atrasado completamente para o meu compromisso, apesar disso no sonho eu percebi que aquilo não poderia está acontecendo, eu resolvi checar a ultima visualização do whatsapp de uma amiga que ia comigo e a hora que estava era totalmente errada, estava umas 3:35 da madrugada, ai pensei não é possível, será que ela esqueceu também? Ai me dei conta que aquilo não estava acontecendo e precisava acordar, mas o sonho foi bem preciso, pois eu tava atrasado na hora já era 5:20 e corri para tomar banho, tomei "café", me arrumei e fui e deu tudo certo. Sabe a agarota que tinha se atrasado também? Ela se atrasou também com a hora e por incrível que pareça ela acordou as 5:20. É pura coincidência ou um mero acaso? hahahahaha' Achei incrível!!
Engraçado isso que você falou. Já aconteceu isso comigo também. Quando eu trabalhei na prefeitura da minha cidade, eu ia almoçar em casa 11:30 da manhã e só retornava pro trabalha as 14:00 da tarde. E nesse intervalo, depois do almoço, eu sempre aproveitava pra tirar uma sonequinha no sofá da sala. Mas, meu medo de passar da hora de acordar pra ir pro trabalho era tanto, que eu sonhava que estava indo pro trabalho atrasado. Kkkk Daí me habituei a acordar sozinho antes do celular tocar o alarme. kkkkk


Hazai escreveu :

Hazai escreveu:Primeiramente, eu não deveria contar esse sonho aqui, pois remete uma coisa muito pessoal e mexe um pouco com o meu passado, o sonho não é nada de mais o único problema é que mexe com os meus sentimentos.
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Sonho 24/08/15 - A volta
Meu pai me levava para escola de moto, no caminho eu ia conversando com ele, nossa conversa não era nada de mais, se passando aproximadamente 8 minutos chegamos a minha escola, no entanto eu estava voltando para um lugar que nunca mais tinha pisado, aquela escola tinha sido minha segunda casa durante uma década. Entrando na escola, avistei amigos da igreja sentados em uma mesa no pátio, mas não fui cumprimenta-los, pois a diretora quando me viu veio ao meu encontro e me abraçou tão forte, como se eu estivesse desaparecido a muito tempo e estivesse voltando, chorando ela me disse:

Diretora: Fico muito feliz por você te voltado!
Eu:Também fico muito feliz.

Nesse momento cheguei a lagrimar um pouco, ai vei outra pessoa me abraçar, porém foi meio estranho pois eu nunca falei com ela nem nenhum momento da minha vida, ela se chama Juliana Flora, ela me abraçou e disse:

Flora: Eu nem acredito que você voltou!!! (Em um tom de felicidade inexplicável)
Eu: Eu também não acredito nisso, você poderia me levar até a nossa sala.
Flora: Claro! Hoje chegamos aqui bem cedo, não teve praticamente nenhuma aula.
Eu: Entendo.

Subindo as escadas, nos direcionamos até a nossa sala, nesse momento eu senti uma grande nostalgia no dentro de mim, sabe? Chegando até a porta da sala, eu abri. Avistei várias pessoas no chão descansando, porém o que eu achei estranho foi encontrar várias pessoas da minha antiga turma de Convênio (Revisão Ens. Médio + 3 Ano do Ens. Médio), pude ver que existia uma professora lá deitada também no chão, era minha professora de Literatura, ela se levantou como se se não tivesse acreditando no que estava vendo, ela me abraçou como se fosse a ultima vez e começou a chorar, eu também comecei a chorar e sonho começou a se esfarelar, no sonho fechei os olhos e acordei com eles fechados, tentei voltar mais já era tarde.

O modo pelo qual as pessoas estavam me tratando foi bem estranho, pois nunca tinha sido tratado com tanto amor, era impossível aquilo está acontecendo, parecia que todos me amavam, e parecia que eu havia ido embora de algum jeito e estava retornando, como se eu estivesse perdido por algum tempo. A felicidade que eu via no rosto das pessoas que estavam ao meu redor era inexplicável, foi bom e ao mesmo tempo triste. Passei 10 anos da minha vida naquele lugar (2004-2014), nossa sofri muito, sempre fui um cara sozinho, calado, essas coisas me permitiram ser uma pessoa diferente hoje, ao contrário de muitos eu não virei psicopata ou que possui distúrbios psicológicos, está tudo bem hoje. Sou um cara bem vivido, apesar da minha idade de 17 anos, sei de tanta coisa que as vezes fica difícil administrar.
Acho que seu subconsciente criou no sonho um clima amigável, amoroso e festivo na sua escola de infância, como um modo de te compensar pelas experiências ruins e traumáticas que você teve na escola real, na sua infância.

Esse sonho é um aprendizado importante pra sua vida, Hazai. No sonho seu subconsciente te mostrou, através daquelas pessoas oníricas, a atitude positiva delas no sonho que é atitude que você deve adotar pra sua vida.  certo

Muito louco quando isso acontece hahaha', isso acontece todo o tempo comigo. Para mim despertadores não servem, a não ser que eu os escute nos sonhos, nunca tentei isso.
Agora falando do meu sonho, você está certo quando disse que o sonho criou todo aquele clima amigável, nunca tinha tido um sonho tão... sabe... Nossa foi muito bom o sonho, pois eu vi pessoas na qual eu amo muito, foi feliz e ao mesmo tempo triste. Com relação ao aprendizado, bem, eu não sei se é bem assim, não estou te criticando, nada disso. O que estou querendo dizer é que a forma que o sonho aconteceu é a forma, na qual eu queria ver o mundo sabe? Cheio de amor, como eu te disse dias atrás, porém sinto que existia algo mais no sonho a ser feito. :(


Hazai  certo
estrelaestrelaestrelaestrelaestrelaestrelaestrelaestrelaestrelaestrela   
"Podemos negar que nossos anjos existem, dizer a nós mesmos que eles não podem ser reais. Mas eles aparecem de qualquer maneira. Em lugares estranhos, em tempos estranhos, eles podem ser qualquer personagem que possamos imaginar. Serão verdadeiros demônios se precisarem, nos chamando, nos desafiando a lutar."

Sucker Punch | Mundo Surreal
avatar
Mensagens : 130
Pontos : 1178
Honra : 45
Data de inscrição : 22/04/2015
Idade : 20
Localização : Belém
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
300 / 999300 / 999
Ver perfil do usuáriohttp://pensamentosemmente.blogspot.com.br

Re: Diário dos Sonhos do Hazai

em Sab Ago 29, 2015 9:53 am
Estranhos ao acaso.
Eu estava em casa, não estava fazendo nada naquele momento, só estava eu presencialmente dentro de minha casa, então resolvi procurar meus pais, procurei em todos os cômodos e nada encontrei. Minha casa possui "duas frente" quer dizer; ela possui saída para duas ruas onde eu moro. Eu me dirigi para a segunda frente, que seria a parte de trás da minha casa, lá me deparei com uma espécie de almoço, mas o que eu achei estranho era que a rua estava fechada, não fechada por está cheia de pessoas, mas está fechada por uma espécie de portão feito de tábuas. Eu ainda procurava meus pais, só vi alguns vizinho e um casal estranho que estavam sentados em uma mesa, o cara que tava sentado me chamou, eu fui numa boa falar com ele, ele me pediu para fazer um favor (não sei o que foi), mas eu fiz. Eu me lembro que ele me pediu uma ultima coisa, que foi um copo de água, porém se eu não fizesse o que ele estava me pedindo, eu sofreria consequência, só sei que eu estava com muito medo dele, e fiz o que ele me pediu. O sonho finaliza, comigo trazendo o copo de água e entregando para ele, com ele olhando para mim fixamente. Confesso que tive um pouco de medo, não é normal eu ter medo de um sonho.
------------------------------------------------------------------------------------------------------------


Hazai  certo
estrelaestrelaestrelaestrelaestrelaestrelaestrelaestrelaestrelaestrela   
"Podemos negar que nossos anjos existem, dizer a nós mesmos que eles não podem ser reais. Mas eles aparecem de qualquer maneira. Em lugares estranhos, em tempos estranhos, eles podem ser qualquer personagem que possamos imaginar. Serão verdadeiros demônios se precisarem, nos chamando, nos desafiando a lutar."

Sucker Punch | Mundo Surreal
avatar
Mensagens : 1191
Pontos : 4055
Honra : 670
Data de inscrição : 25/03/2013
Idade : 23
Localização : Morretes/ PR
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuáriohttp://naturezaevolutiva.blogspot.com.br/

Re: Diário dos Sonhos do Hazai

em Sab Ago 29, 2015 10:05 am
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
Bem curioso esse último sonho Italo, parece uma jornada pelo interior da mente, a rua fechada, pessoas estranhas, etc. O que você achou desse teu sonho? Abraços.
avatar
Mensagens : 2531
Pontos : 5726
Honra : 1044
Data de inscrição : 12/06/2013
Localização : Bahia
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos do Hazai

em Sab Ago 29, 2015 3:20 pm
Hazai escreveu :

Hazai escreveu:
Muito louco quando isso acontece hahaha', isso acontece todo o tempo comigo. Para mim despertadores não servem, a não ser que eu os escute nos sonhos, nunca tentei isso.
Agora falando do meu sonho, você está certo quando disse que o sonho criou todo aquele clima amigável, nunca tinha tido um sonho tão... sabe... Nossa foi muito bom o sonho, pois eu vi pessoas na qual eu amo muito, foi feliz e ao mesmo tempo triste. Com relação ao aprendizado, bem, eu não sei se é bem assim, não estou te criticando, nada disso. O que estou querendo dizer é que a forma que o sonho aconteceu é a forma, na qual eu queria ver o mundo sabe? Cheio de amor, como eu te disse dias atrás, porém sinto que existia algo mais no sonho a ser feito. :(
E aí, Hazai. Tudo bem?

Vim aqui pra te pedir desculpa, cara. Recebi sua mp, e você não precisa mais ficar se desculpando. Vamos deixar isso pra lá. Eu também te peço desculpa por eu ter sido muito rude com você lá no meu diário. Eu também errei. Me desculpa. vergonha

Saiba que, antes daquela confusão, eu gostei muito de conversar com você e demos boas risadas. Nao era pra nós destruirmos nossa amizade tão cedo, por causa de uma briga tola. vergonha 
Só peço que você me perdoe. brindar
Conteúdo patrocinado

Re: Diário dos Sonhos do Hazai

Ver o tópico anteriorVoltar ao TopoVer o tópico seguinte
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum