Conectar-se
Os membros mais ativos do mês
1 Mensagem - 50%
1 Mensagem - 50%
Votação
Qual a técnica que você utiliza para ficar lúcido?
Teste de Realidade
45% / 15
Totem
15% / 5
Incubação
12% / 4
Gatilho
6% / 2
Gravador de Voz ou Sons Binaurais
6% / 2
Outros
15% / 5
Parceiros
 sonhos=
 sonhos=
 animes=

Compartilhe
Ver o tópico anteriorIr em baixoVer o tópico seguinte
avatar
Mensagens : 220
Pontos : 1100
Honra : 90
Data de inscrição : 08/10/2015
Idade : 41
Localização : Brasil
Sonhos Lúcidos :
3 / 9993 / 999
Sonhos Comuns :
999 / 999999 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos da Carolina

em Seg Nov 02, 2015 3:55 pm
Não acredito em viajem astral Carol. Pelo material que tenho pesquisado e pelas minhas próprias experiências acredito que tudo se passa, se passa dentro de nossa própria mente e nem um milímetro fora dela. Mas é só minha opinião hehe. certo


Uma força misteriosa que funciona apenas com gatos:
avatar
Mensagens : 235
Pontos : 1651
Honra : 91
Data de inscrição : 02/06/2014
Idade : 27
Localização : Pouso Alegre, mg
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos da Carolina

em Seg Nov 02, 2015 7:47 pm
Lynx, tem hora q eu acredito, tem hora que não. estou tentando ter pa ou va, pra ver se acontece msm.
Mas, procuro separar sl desses fenômenos, sl pra mim é criação do nosso subconsciente.
avatar
Mensagens : 235
Pontos : 1651
Honra : 91
Data de inscrição : 02/06/2014
Idade : 27
Localização : Pouso Alegre, mg
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos da Carolina

em Ter Nov 03, 2015 3:25 pm
Boa tarde, este sonho é de 23/03/2015.
Sem dúvidas foi um dos sonhos mais espirituosos que eu tive e guardo este relato com muito carinho e por isso vou compartilhar com vcs.

Céu em degradê.

Antes de dormir eu costumo meditar, me imagino em uma praia que eu gosto muito e acabei tendo um sonho complexo e intenso. Segue o sonho: Eu havia me mudado para Peruíbe-sp, junto com duas primas, nós arrumamos os quartos que por sua vez eram lilás, até que eu resolvi caminha na praia. Meu pai foi comigo, neste momento o sonho fico estupidamente real, a areia estava branquinha e macia eu sentia com perfeição a sua textura em meus pés, o mar estava calmo praticamente sem ondas eu sentia a brisa e apreciava o entardecer, meu pai então pediu que eu refletisse sobre td aquilo e foi embora. Eu continuei caminhando enquanto refletia, o Sol começou a se esconder atras da montanha, o céu ficou em um degradê de vermelho, lindo. Fui caminhando até que eu cheguei na linha no horizonte, que por sua vez funcionou como um portal e eu sai em Pouso Alegre -mg, onde moro. Aqui o Sol estava nascendo, as flores e gramados estavam com orvalho, meu pai reapareceu e caminhamos juntos. Até que em determinado ponto havia uma plantinha, nessa plantinha tinha duas joaninhas ambas vermelhas com bolinhas pretas. Uma subia o caule e a outra descia. Meu pai pediu para que eu refletisse sobre aquilo, foi então que eu acordei.
avatar
Mensagens : 220
Pontos : 1100
Honra : 90
Data de inscrição : 08/10/2015
Idade : 41
Localização : Brasil
Sonhos Lúcidos :
3 / 9993 / 999
Sonhos Comuns :
999 / 999999 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos da Carolina

em Ter Nov 03, 2015 4:00 pm
caroleete escreveu: Lynx, tem hora q eu acredito, tem hora que não. estou tentando ter pa ou va, pra ver se acontece msm.
Mas, procuro separar sl desses fenômenos, sl pra mim é criação do nosso subconsciente.

Desculpe carol, o que é "PA"? Um teste simples e eficaz para comprovar a projeção da mente para fora do corpo seria pedir a alguém que escrevesse uma palavra ou deixasse um objeto qualquer em algum lugar da casa sem que vc saiba o que é ou o que esteja escrito. Então vc teria que projetar sua mente para fora do corpo, ir até o objeto ou bilhete, identificá-lo e quando acordasse verificar se coincide. Conhece alguém que tenha feito alguma experiência similar a essa?

Algo em que acredito ser possível é algum tipo de "expansão da consciência", de alguma forma vc conseguir se aperceber de acontecimentos alheios a percepção dos receptores sensoriais comuns (visão, audição, olfato, paladar e tato). Isso já aconteceu comigo, vou relatar resumidamente a experiência que tive:

Trabalhei como guarda em um depósito e ficava dentro de uma guarita. Uma certa noite estava lá na madrugada lendo um livro e quase cochilando quando escutei uma voz me chamar pelo vidro da guarita: "Leonardo!" Arregalei os olhos na direção da voz mas não havia nada, saí da guarita e não havia ninguém ali, tudo no silêncio. Voltei para a guarita e enquanto estava considerando sobre o que poderia ser essa voz (sim, poderia ter sido uma alucinação de sonolência) passado alguns minutos aconteceu de eu escutar um vidro estourando. Saí da guarita e vi do outro lado da rua um cara entrando em uma loja para saqueá-la.

Dessa experiência podemos supor que de alguma forma minha percepção se expandiu além da percepção comum e meu subconsciente me atentou para um perigo próximo. É claro que pode ter sido uma alucinação do sono e o cara ter quebrado o vidro da loja logo a seguir ter sido coincidência. Mas é algo para pensar a respeito.

Carol, não estou querendo dizer que tenho a razão sobre a realidade aqui. Afinal o que é a realidade, vivemos apegados aquilo que julgamos como real e verdadeiro (crenças, ideologias, convicções) e assim definimos a realidade. Apoiados em conceitos próprios e subjetivos.

EDIT: Ah sim... "PA" = Projeção Astral! Desculpe a falta de atenção haha


Uma força misteriosa que funciona apenas com gatos:
avatar
Mensagens : 220
Pontos : 1100
Honra : 90
Data de inscrição : 08/10/2015
Idade : 41
Localização : Brasil
Sonhos Lúcidos :
3 / 9993 / 999
Sonhos Comuns :
999 / 999999 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos da Carolina

em Ter Nov 03, 2015 4:05 pm
"Céu em degradê"
Seus sonhos parecem contos de fada, gosto de ler seus relatos! Mas vc poderia relatar algum pesadelo que teve Carol?!


Uma força misteriosa que funciona apenas com gatos:
avatar
Mensagens : 235
Pontos : 1651
Honra : 91
Data de inscrição : 02/06/2014
Idade : 27
Localização : Pouso Alegre, mg
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos da Carolina

em Ter Nov 03, 2015 5:33 pm
Lynx, então eu nunca consegui ter uma pa.
Mas, um dia eu fui dormir chorando, com um ursinho de pelucia branco, eu usava camisola branca na noite.
No outro dia um amigo virtual, que pratica pa, me chama no whats e me pergunta, carol vc dormiu com um ursinho branco? Eu respondo que sim. Ai ele diz, te vi dormindo essa noite, vc estava de camisola branca.

Outro relato que me deixa na dúvida entre pa ou um sl compartilhado.
Eu conversava com um colega por whats, que tbm faz pa, conversávamos sobre astrologia e teve um posicionamento que eu não entendi.
Passou uns dias, sonhei que ele me explicava o tal posicionamento e eu entendi td.
Em outra conversa, ele disse que iria ler tarot pra mim, eu não gosto dessas coisas e disse que não precisava. Na msm noite sonhei com ele, ele estava em meu quarto lendo tarot pra mim. No outro dia, qnd eu o questiono perguntando o que ele havia sonhado, ele me responde: Sei qu o meu sonho teve haver com a nossa conversa de ontem, mas não me recordo direito.

Por isso, estou tentando a pa, pra ver até onde isso td seria possível ou se seria sl compartilhado ou apenas coincidência.

Sobre o fato que vc contou, eu ja passei por situações semelhantes. Mas, no meu caso foi assim, teve uma época que eu ouvia uma voz que me falava: " carol, acorda são 11:34." eu acordava e eram exatamente 11:34
E obrigada por contribuir com os seus conhecimentos, só assim podemos chegar em um consenso.

avatar
Mensagens : 2531
Pontos : 5675
Honra : 1044
Data de inscrição : 12/06/2013
Localização : Bahia
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos da Carolina

em Ter Nov 03, 2015 5:34 pm
caroleete escreveu:Ramon, a moça eu nunca vi, mas me lembra a irmã de um conhecido.
O moço, me deu a sensação de ser um amigo virtual, os cachos era idêntico aos das fotos que ja vi dele.
shuahsuhshu pai e mãe seguram forte msm. hsuahhusa
É verdade! Eles seguram forte mesmo. Kkkkk Mas, também se eles me deixassem solto naquela época, eu ia direto pra loja de brinquedos.kkkk Aí, eles iam ter um trabalhão pra me tirar de dentro da loja de brinquedos. gargalhada
avatar
Mensagens : 235
Pontos : 1651
Honra : 91
Data de inscrição : 02/06/2014
Idade : 27
Localização : Pouso Alegre, mg
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos da Carolina

em Ter Nov 03, 2015 5:48 pm
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
Raramente eu tenho pesadelos. Mas, teve um que eu tive ha uns 10 anos que foi o que eu tive mais medo.
Foi assim, eu me via entrando no centro espirita que a mãe de uma amiga frequenta, la havia uma mesa e um ser de capa preta, eu só consegui ver uma sombra.
Eu sentei na mesa e aquele ser, começou a jogar as cartas de tarot (deve ser por isso que eu não gosto dessas coisas kkk) Só que cada carta virada, era algo "bom", carro importado, fortuna, fama, pessoas famosas, beleza. Mas, pra eu te td aquilo eu teria que negar a Deus. Recusei a oferta de imediato. Foi qnd aquele ser tirou a capa e eu pude ve-lo era o capeta, ele triplicou de tamanho, seu corpo tinha textura de lava, seus olhos eram como de fogo, chifres escuros, exalava enxofre. Ele jogou aquela mesa e aquelas cartas em mim e com uma das mão me puxou pelo braço. Foi qnd fiquei lúcida e comecei a orar e repreender em nome de Jesus ( na época eu estava firme na igreja evangélica). Nisso o céu se abriu e desceu um anjo enorme que me soltou do demônio e ficou na minha frente lutando com o demônio com uma espada de ouro. Eu comecei a agradecer a Deus. E começou a descer "gloria" do céu, pareciam pequenas estrelas q caíam em cima do demônio e o queimava. O demônio começou a gritar, urrar, tentou me atacar pela última vez, o anjo me defendeu novamente e o demônio ordenou que eu acordasse e e acordei.
avatar
Mensagens : 235
Pontos : 1651
Honra : 91
Data de inscrição : 02/06/2014
Idade : 27
Localização : Pouso Alegre, mg
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos da Carolina

em Ter Nov 03, 2015 5:50 pm
Ramon, loja de brinquedo é muita tentação para uma criança, até hj as vezes eu não resisto. hsauhsauhs
avatar
Mensagens : 2531
Pontos : 5675
Honra : 1044
Data de inscrição : 12/06/2013
Localização : Bahia
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos da Carolina

em Ter Nov 03, 2015 5:59 pm
Caroleete escreveu:
caroleete escreveu:Boa tarde, este sonho é de 23/03/2015.
Sem dúvidas foi um dos sonhos mais espirituosos que eu tive e guardo este relato com muito carinho e por isso vou compartilhar com vcs.

Céu em degradê.


Antes de dormir eu costumo meditar, me imagino em uma praia que eu gosto muito e acabei tendo um sonho complexo e intenso. Segue o sonho: Eu havia me mudado para Peruíbe-sp, junto com duas primas, nós arrumamos os quartos que por sua vez eram lilás, até que eu resolvi caminha na praia. Meu pai foi comigo, neste momento o sonho fico estupidamente real, a areia estava branquinha e macia eu sentia com perfeição a sua textura em meus pés, o mar estava calmo praticamente sem ondas eu sentia a brisa e apreciava o entardecer, meu pai então pediu que eu refletisse sobre td aquilo e foi embora. Eu continuei caminhando enquanto refletia, o Sol começou a se esconder atras da montanha, o céu ficou em um degradê de vermelho, lindo. Fui caminhando até que eu cheguei na linha no horizonte, que por sua vez funcionou como um portal e eu sai em Pouso Alegre -mg, onde moro. Aqui o Sol estava nascendo, as flores e gramados estavam com orvalho, meu pai reapareceu e caminhamos juntos. Até que em determinado ponto havia uma plantinha, nessa plantinha tinha duas joaninhas ambas vermelhas com bolinhas pretas. Uma subia o caule e a outra descia. Meu pai pediu para que eu refletisse sobre aquilo, foi então que eu acordei.
Belíssimo sonho. Até fiquei imaginando a paisagem, o céu avermelhado, o mar calmo, a areia da praia... Já fiz muita caminhada sozinho na praia, quando morei no litoral baiano. Gostava de ver o sol nascer bem cedinho e também a lua cheia, que sempre me encanta. Caminhar na praia é um passeio muito agradável e terapêutico. Adoro! certo
avatar
Mensagens : 235
Pontos : 1651
Honra : 91
Data de inscrição : 02/06/2014
Idade : 27
Localização : Pouso Alegre, mg
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos da Carolina

em Ter Nov 03, 2015 9:33 pm
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
Ramon, eu amo caminhar na praia tbm, acho que isso interferiu no sonho =)
avatar
Mensagens : 646
Pontos : 2463
Honra : 310
Data de inscrição : 20/10/2013
Idade : 28
Sonhos Lúcidos :
38 / 99938 / 999
Sonhos Comuns :
999 / 999999 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos da Carolina

em Ter Nov 03, 2015 9:56 pm
Alguma associação deste sonho a sua vida de vigília?


CORES DOS MEUS RELATOS:

  • Analise ou pensamento/observação.
  • Dialogo, titulo
  • Descrição de um cenário/objeto/pessoa.
  • Realidade ou fato importante.

Orvalho do sonhar:
Fantasiar me conforta
Deslumbrado a imaginar
Sera que e so eu?
Ou alguem se importa?


para nao se desesperar
Sucumbir em expectativas
pois se nao suprir
Posso pelo menos sonhar

Sair desse lugar imundo
Fingir que nao e isso
Tornar tudo intenso
Criar o próprio mundo


Injetar alegria
Olhar fixo para o nada
Rir sozinho
Ate o final do dia


Sentir a liberdade ao voar
Observar o próprio reflexo
E fechar os olhos
Para voltar a sonhar

(Hiriu)
avatar
Mensagens : 235
Pontos : 1651
Honra : 91
Data de inscrição : 02/06/2014
Idade : 27
Localização : Pouso Alegre, mg
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos da Carolina

em Ter Nov 03, 2015 10:16 pm
Hiriu, sim.
Qnd estou em peruibe sempre caminho nessa praia e na minha cidade sempre caminho na avenida que eu sai no sonho.
E eu amo ver o nascer do sol e o por do sol. Meu subconsciente me agraciou em sonho com as coisas que eu mais gosto.
avatar
Mensagens : 235
Pontos : 1651
Honra : 91
Data de inscrição : 02/06/2014
Idade : 27
Localização : Pouso Alegre, mg
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos da Carolina

em Qua Nov 04, 2015 11:47 am
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
Sonhos de hoje, minha memória oniríca está muito ruim.

lembro de estar em um parque, me parecia o Ipirapuera em sp, estava de sol, ceu azul, porém fazia frio. Eu estava em um banco de madeira sozinha. Quando chegam o Tiago e o seu irmão, conversamos sobre os tempos de escola. O Tiago veio e me abraçou, com um carinho de amigo e sdd dos velhos tempos, eu podia sentir o calor do seu corpo.
Qnd me dou conta estou em sentada na minha cama, maxilar travado, estranhei. Foi qnd senti um dente mole e ao forçar para fechar a boca o dente caiu e começou a sair muito sangue ( na vida real eu desmaio qnd vejo sangue), minha visão ficou turva na hora e percebi que se tratava de um falso despertar, deitei e dormi acordando em outro sonho.
Neste sonho eu estava na praça principal da cidade de São pedro - sp, estava com uma prima e primo. A esposa do meu primo estava gravida de 8 meses, ele estava muito feliz. Ela teria um menino. Nisso, chega a minha mãe com um panfleto, nele havia instruções de como ter uma vida feliz. O panfleto era amarelo, td estava escrito em verde. Eu li duas vezes para não me esquecer, mas esqueci --'
Começo a sentir meu nariz entupido e começa a escorrer, pedi para minha mãe buscar papel higiênico no hotel que havia ali perto. Nisso o meu primo diz: Para de dar trabalho pra sua mãe, tem um rolo de papel atrás de vc. Assoou (não sei se escrevi certo kkk) o nariz q continua entupido. Acordei e meu nariz estava muito entupido e eu estava respirando pela boca.
avatar
Mensagens : 646
Pontos : 2463
Honra : 310
Data de inscrição : 20/10/2013
Idade : 28
Sonhos Lúcidos :
38 / 99938 / 999
Sonhos Comuns :
999 / 999999 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos da Carolina

em Qua Nov 04, 2015 12:03 pm
Quais eram as instruções do panfleto?


CORES DOS MEUS RELATOS:

  • Analise ou pensamento/observação.
  • Dialogo, titulo
  • Descrição de um cenário/objeto/pessoa.
  • Realidade ou fato importante.

Orvalho do sonhar:
Fantasiar me conforta
Deslumbrado a imaginar
Sera que e so eu?
Ou alguem se importa?


para nao se desesperar
Sucumbir em expectativas
pois se nao suprir
Posso pelo menos sonhar

Sair desse lugar imundo
Fingir que nao e isso
Tornar tudo intenso
Criar o próprio mundo


Injetar alegria
Olhar fixo para o nada
Rir sozinho
Ate o final do dia


Sentir a liberdade ao voar
Observar o próprio reflexo
E fechar os olhos
Para voltar a sonhar

(Hiriu)
avatar
Mensagens : 235
Pontos : 1651
Honra : 91
Data de inscrição : 02/06/2014
Idade : 27
Localização : Pouso Alegre, mg
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos da Carolina

em Qua Nov 04, 2015 12:21 pm
Hiriu, não me recordo direito, mas li algo do tipo, ser sensata, amada e agradável, cuidar da sua mãe.
Ter gratidão. Mas, haviam mais coisas...
avatar
Mensagens : 382
Pontos : 1973
Honra : 169
Data de inscrição : 08/01/2014
Idade : 21
Localização : RJ
Sonhos Lúcidos :
11 / 99911 / 999
Sonhos Comuns :
179 / 999179 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos da Carolina

em Qua Nov 04, 2015 10:28 pm
caroleete escreveu:
Spoiler:
Sonhos de hoje, minha memória oniríca está muito ruim.

lembro de estar em um parque, me parecia o Ipirapuera em sp, estava de sol, ceu azul, porém fazia frio. Eu estava em um banco de madeira sozinha. Quando chegam o Tiago e o seu irmão, conversamos sobre os tempos de escola. O Tiago veio e me abraçou, com um carinho de amigo e sdd dos velhos tempos, eu podia sentir o calor do seu corpo.
Qnd me dou conta estou em sentada na minha cama, maxilar travado, estranhei. Foi qnd senti um dente mole e ao forçar para fechar a boca o dente caiu e começou a sair muito sangue ( na vida real eu desmaio qnd vejo sangue), minha visão ficou turva na hora e percebi que se tratava de um falso despertar, deitei e dormi acordando em outro sonho.
Neste sonho eu estava na praça principal da cidade de São pedro - sp, estava com uma prima e primo. A esposa do meu primo estava gravida de 8 meses, ele estava muito feliz. Ela teria um  menino. Nisso, chega a minha mãe com um panfleto, nele havia instruções de como ter uma vida feliz. O panfleto era amarelo, td estava escrito em verde. Eu li duas vezes para não me esquecer, mas esqueci --'
Começo a sentir meu nariz entupido e começa a escorrer, pedi para minha mãe buscar papel higiênico no hotel que havia ali perto. Nisso o meu primo diz: Para de dar trabalho pra sua mãe, tem um rolo de papel atrás de vc. Assoou (não sei se escrevi certo kkk) o nariz q continua entupido. Acordei e meu nariz estava muito entupido e eu estava respirando pela boca.

É muito triste ficar sem lembrar direito dos sonhos, mesmo os não lúcidos. Morri de rir quando teu primo disse "Para de dar trabalho pra sua mãe, tem um rolo de papel atrás de vc." É típico dos sonhos precisar de algo, esse algo não estar no alcance da nossa visão, e a gente ir buscar e o tal algo ter estado sempre ali. Carol, se ainda estiver com o nariz entupido, melhoras, é horrível, dias atrás eu também estava, tava sobrevivendo a base de neosoro.


[...]
— E como eu posso te chamar?
— Bom, você pode me chamar de Daniel, que era o meu nome quando eu era totalmente humano, pode também me chamar de Lobo, que era meu nome quando eu era totalmente uma entidade cósmica. Mas você também pode me chamar de Pai.
— Pai?
— Sim, todos os lobos e lobisomens são meus filhos, todos vieram de mim.
[...]

avatar
Mensagens : 220
Pontos : 1100
Honra : 90
Data de inscrição : 08/10/2015
Idade : 41
Localização : Brasil
Sonhos Lúcidos :
3 / 9993 / 999
Sonhos Comuns :
999 / 999999 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos da Carolina

em Qui Nov 05, 2015 1:21 am
caroleete escreveu:um dia eu fui dormir chorando, com um ursinho de pelucia branco, eu usava camisola branca na noite.
No outro dia um amigo virtual, que pratica pa, me chama no whats e me pergunta, carol vc dormiu com um ursinho branco? Eu respondo que sim. Ai ele diz, te vi dormindo essa noite, vc estava de camisola branca.
Isso foi intrigante...

caroleete escreveu:Eu conversava com um colega por whats, que tbm faz pa, conversávamos sobre astrologia e teve um posicionamento que eu não entendi. Passou uns dias, sonhei que ele me explicava o tal posicionamento e eu entendi td.
Quem sabe, em seu subconsciente, vc tenha levado o assunto a reflexão? E por isso entendeu depois.

caroleete escreveu:teve uma época que eu ouvia uma voz que me falava: " carol, acorda são 11:34." eu acordava e eram exatamente 11:34
Extraordinário o mecanismo de relógio interno não?!

caroleete escreveu:E obrigada por contribuir com os seus conhecimentos, só assim podemos chegar em um consenso.
hahaha oq é isso acrol! Cheguei aqui ontem e sou iniciante nesse assunto, sou eu quem agradece os relatos de vcs! vergonha


Uma força misteriosa que funciona apenas com gatos:
avatar
Mensagens : 220
Pontos : 1100
Honra : 90
Data de inscrição : 08/10/2015
Idade : 41
Localização : Brasil
Sonhos Lúcidos :
3 / 9993 / 999
Sonhos Comuns :
999 / 999999 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos da Carolina

em Qui Nov 05, 2015 2:03 am
caroleete escreveu:Raramente eu tenho pesadelos. Mas, teve um que eu tive ha uns 10 anos que foi o que eu tive mais medo.
Foi assim, eu me via entrando no centro espirita que a mãe de uma amiga frequenta, la havia uma mesa e um ser de capa preta, eu só consegui ver uma sombra.
Eu sentei na mesa e aquele ser, começou a jogar as cartas de tarot (deve ser por isso que eu não gosto dessas coisas kkk) Só que cada carta virada, era algo "bom", carro importado, fortuna, fama, pessoas famosas, beleza. Mas, pra eu te td aquilo eu teria que negar a Deus. Recusei a oferta de imediato. Foi qnd aquele ser tirou a capa e eu pude ve-lo era o capeta, ele triplicou de tamanho, seu corpo tinha textura de lava, seus olhos eram como de fogo, chifres escuros, exalava enxofre. Ele jogou aquela mesa e aquelas cartas em mim e com uma das mão me puxou pelo braço. Foi qnd fiquei lúcida e comecei a orar e repreender em nome de Jesus ( na época eu estava firme na igreja evangélica). Nisso o céu se abriu e desceu um anjo enorme que me soltou do demônio e ficou na minha frente lutando com o demônio com uma espada de ouro. Eu comecei a agradecer a Deus. E começou a descer "gloria" do céu, pareciam pequenas estrelas q caíam em cima do demônio e o queimava. O demônio começou a gritar, urrar, tentou me atacar pela última vez, o anjo me defendeu novamente e o demônio ordenou que eu acordasse e e acordei.

Que sonho épico, fabuloso, esplêndido, magnífico! 43
Sem palavras carol! Não sei se vc já leu o livro de LaBerge, gostaria muito que lesse o trecho a seguir. Atente-se a provável interpretação (não estou encontrando o trecho aqui no livro então vou fazer uma citação do que escrevi em um outro tópico sobre esse mesmo assunto; conflitos):

Lynx escreveu:ele relata ter sonhado que estava em meio a uma briga generalizada em uma sala de aula. Havia um gigante repulsivo que o segurava e não o deixava escapar de jeito nenhum, por mais que ele tentasse. Nesse momento ele percebeu que estava sonhando e parou de lutar pois sabia que tudo aquilo não passava de um sonho. O gigante repulsivo talvez fosse a personificação de algo que ele queria negar e da qual queria ver-se separado, ou mesmo apenas a representação de alguém ou de algum aspecto de outra pessoa que ele não apreciava.

Seja lá o que fosse, aquele gigante o estava sensibilizando íntima e profundamente o suficiente para que ele tivesse aquele sonho. O caminho para a  harmonia interior estava em aceitar como parte dele qualquer coisa que pudesse encontrar em si mesmo, até mesmo esse gigante repulsivo.
Partindo desse entendimento ele começou a conversar e a entrar em harmonia com o gigante que foi se fundindo a ele e a briga acabou sem deixar vestígios. Ele relata que acordou sentindo-se extremamente calmo

Olha, agora é somente minha opinião de ameba aqui certo?!
Parece que seu subconsciente manifestou suas dúvidas, medos, convicções e idéias conflitantes em uma explêndida batalha sendo cada pensamento personificado em um personagem diferente onde venceu o personagem que representa a crença mais aceita por vc! Foi um sonho esplendoroso carol! Fiquei imaginando aqui esse duelo abstrato e glorioso que vc testemunhou! 38

Edit:
Bem, estamos no campo da subjeção... então tb é possível que possa ter sido um sonho sem essas manifestações de idéias. Mas foi um sonho de cair o queixo!


Uma força misteriosa que funciona apenas com gatos:
avatar
Mensagens : 235
Pontos : 1651
Honra : 91
Data de inscrição : 02/06/2014
Idade : 27
Localização : Pouso Alegre, mg
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos da Carolina

em Qui Nov 05, 2015 4:10 pm
Lynx escreveu:
caroleete escreveu:um dia eu fui dormir chorando, com um ursinho de pelucia branco, eu usava camisola branca na noite.
No outro dia um amigo virtual, que pratica pa, me chama no whats e me pergunta, carol vc dormiu com um ursinho branco? Eu respondo que sim. Ai ele diz, te vi dormindo essa noite, vc estava de camisola branca.
Isso foi intrigante...

Isso me deu muita dúvida sobre o tema.

caroleete escreveu:Eu conversava com um colega por whats, que tbm faz pa, conversávamos sobre astrologia e teve um posicionamento que eu não entendi. Passou uns dias, sonhei que ele me explicava o tal posicionamento e eu entendi td.
Quem sabe, em seu subconsciente, vc tenha levado o assunto a reflexão? E por isso entendeu depois.

Aqui era um assunto bem complexo e no sonho ele "desenhou" pra mim, mas sim uma reflexão poderia ter me feito entender e refletiu em sonho.

caroleete escreveu:teve uma época que eu ouvia uma voz que me falava: " carol, acorda são 11:34." eu acordava e eram exatamente 11:34
Extraordinário o mecanismo de relógio interno não?!

Aqui foi bem curioso, pq cada dia era uma hora quebrada diferente, sem falar nas vezes q no meu sonho aparece uma voz falando q meu pai não vai passar o fds em casa e eu acordo e logo ele telefona q não vem msm. Mas, foram fatos esporádicos.

caroleete escreveu:E obrigada por contribuir com os seus conhecimentos, só assim podemos chegar em um consenso.
hahaha oq é isso acrol! Cheguei aqui ontem e sou iniciante nesse assunto, sou eu quem agradece os relatos de vcs! vergonha

Se eu conseguir ter uma experiência relevante sobre o tema te conto.
avatar
Mensagens : 235
Pontos : 1651
Honra : 91
Data de inscrição : 02/06/2014
Idade : 27
Localização : Pouso Alegre, mg
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos da Carolina

em Qui Nov 05, 2015 4:30 pm
Lynx escreveu:
caroleete escreveu:Raramente eu tenho pesadelos. Mas, teve um que eu tive ha uns 10 anos que foi o que eu tive mais medo.
Foi assim, eu me via entrando no centro espirita que a mãe de uma amiga frequenta, la havia uma mesa e um ser de capa preta, eu só consegui ver uma sombra.
Eu sentei na mesa e aquele ser, começou a jogar as cartas de tarot (deve ser por isso que eu não gosto dessas coisas kkk) Só que cada carta virada, era algo "bom", carro importado, fortuna, fama, pessoas famosas, beleza. Mas, pra eu te td aquilo eu teria que negar a Deus. Recusei a oferta de imediato. Foi qnd aquele ser tirou a capa e eu pude ve-lo era o capeta, ele triplicou de tamanho, seu corpo tinha textura de lava, seus olhos eram como de fogo, chifres escuros, exalava enxofre. Ele jogou aquela mesa e aquelas cartas em mim e com uma das mão me puxou pelo braço. Foi qnd fiquei lúcida e comecei a orar e repreender em nome de Jesus ( na época eu estava firme na igreja evangélica). Nisso o céu se abriu e desceu um anjo enorme que me soltou do demônio e ficou na minha frente lutando com o demônio com uma espada de ouro. Eu comecei a agradecer a Deus. E começou a descer "gloria" do céu, pareciam pequenas estrelas q caíam em cima do demônio e o queimava. O demônio começou a gritar, urrar, tentou me atacar pela última vez, o anjo me defendeu novamente e o demônio ordenou que eu acordasse e e acordei.

Que sonho épico, fabuloso, esplêndido, magnífico! 43
Sem palavras carol! Não sei se vc já leu o livro de LaBerge, gostaria muito que lesse o trecho a seguir. Atente-se a provável interpretação (não estou encontrando o trecho aqui no livro então vou fazer uma citação do que escrevi em um outro tópico sobre esse mesmo assunto; conflitos):

Que bom que vc gostou do meu sonho/pesadelo. Ainda não li este livro.

Lynx escreveu:ele relata ter sonhado que estava em meio a uma briga generalizada em uma sala de aula. Havia um gigante repulsivo que o segurava e não o deixava escapar de jeito nenhum, por mais que ele tentasse. Nesse momento ele percebeu que estava sonhando e parou de lutar pois sabia que tudo aquilo não passava de um sonho. O gigante repulsivo talvez fosse a personificação de algo que ele queria negar e da qual queria ver-se separado, ou mesmo apenas a representação de alguém ou de algum aspecto de outra pessoa que ele não apreciava.

Seja lá o que fosse, aquele gigante o estava sensibilizando íntima e profundamente o suficiente para que ele tivesse aquele sonho. O caminho para a  harmonia interior estava em aceitar como parte dele qualquer coisa que pudesse encontrar em si mesmo, até mesmo esse gigante repulsivo.
Partindo desse entendimento ele começou a conversar e a entrar em harmonia com o gigante que foi se fundindo a ele e a briga acabou sem deixar vestígios. Ele relata que acordou sentindo-se extremamente calmo

Olha, agora é somente minha opinião de ameba aqui certo?!
Parece que seu subconsciente manifestou suas dúvidas, medos, convicções e idéias conflitantes em uma explêndida batalha sendo cada pensamento personificado em um personagem diferente onde venceu o personagem que representa a crença mais aceita por vc! Foi um sonho esplendoroso carol! Fiquei imaginando aqui esse duelo abstrato e glorioso que vc testemunhou! 38

Eu acordei muito nervosa, assustada e chorando shauhsuha, foi um sonho intenso. Mas, concordo com a sua interpretação, foi uma batalha sobre o que eu queria contra o que eu julgava certo na época. A crença mais aceita por mim venceu e os meus princípios também, por mais que eu estivesse desejando muitas coisas fúteis o "bem" falou mais alto. Sim foi uma batalha incrível, digna de cena de cinema, tanto que tem aos que eu tive este sonho e não esqueço nenhum detalhe, me marcou. E este anjo até hj aparece em meus sonhos.

Edit:
Bem, estamos no campo da subjeção... então tb é possível que possa ter sido um sonho sem essas manifestações de idéias. Mas foi um sonho de cair o queixo!

avatar
Mensagens : 235
Pontos : 1651
Honra : 91
Data de inscrição : 02/06/2014
Idade : 27
Localização : Pouso Alegre, mg
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos da Carolina

em Qui Nov 05, 2015 4:31 pm
Acho que não editei as "citações" corretamente, mas da pra entender. shuahsau
avatar
Mensagens : 235
Pontos : 1651
Honra : 91
Data de inscrição : 02/06/2014
Idade : 27
Localização : Pouso Alegre, mg
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos da Carolina

em Sex Nov 06, 2015 5:50 pm
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
O husky siberiano e a gatinha branca
Eu estava em um bairro perto do centro na cidade onde eu moro. Estavam eu, mamis, uma priminha de 1 ano e alguns personagens de sonho. Aguardávamos meu pai estacionar o carro. Quando ele chegou me trouxe de presente um husky siberiano branco e uma gatinha. Foi amor a primeira vista com os pets, aracei e beijei muito eles. Fiquei muito feliz. Descemos a avenida, íamos em um show sertanejo no hostel (uma balada rock da minha cidade). Chegando lá a festa era a fantasia, ví muitas garotas lindas, vulgo delicinhas kkkk com fantasias lindas, a maioria era ruiva e estava de minie. Nisso, meu irmão aparece e me diz: " pq vc não gosta de balada assim? Só gosta de rock?" Eu respondo, pq eu sou dark shauhsuahs. Ele se cala e eu resolvo buscar um copo d'água, sempre levando meu cachorro e minha gatinha. Na entrada encontro "g" uma amiga que só gosta de sertanejo, ela gritava: "É hj que eu vou ver e citava o nome da dupla que eu não me recordo qual era." E ela seguia cantando um "hit" da dupla. Ela também estava fantasiada de minie. Eu me escondi. Tomei a água e retornei para onde meus familiares estavam. Resolvemos ir embora, entramos numa rua cheia de artesanatos hippies, eu podia sentir o miticismo daquela rua. Foi qnd minha tia me deu uma varinha de codão. Ela me evou até um beco, de lá a gente via hogwarts ( escola do harry potter, não sei como escreve). Então, ela me disse: " Carol, agora vc já pode ser bruxa, tem seu cachorro e a sua gata." Abracei os animais novamente. Fomos para casa. Levei os pets para o meu quarto, meu pai não queria que eles subissem na cama, mas eu não resisti, queria dormir abraçadinha neles. *-*
E foi entre uma brincadeira e outra que sem querer o husky me machucou, fiquei com medo. Levei ele pra dormir com a minha mae. E a gatinha ficou na sala. Minha mãe ficou brincando com o husky eu vi que ele era manso e já cai de amores por ele de novo, parecia que ele era um guardião meu. Ouço miados, corro para sala. Minha priminha de um ano quer minha gata. Eu não queria dar ela. A gata arranhava minha prima, porque queria ficar comigo. Nisso surge uma personagem de sonho que pega a gata e diz que vai levar para minha prima. A gata ataca ela tbm, mas levam a gatinha msm assim. =/
Abraço o husky lindo siberiano e acordo.

É a segunda vez que sonho com este cachorro, acho que ele se tornou um personagem de sonho. *-*


avatar
Mensagens : 235
Pontos : 1651
Honra : 91
Data de inscrição : 02/06/2014
Idade : 27
Localização : Pouso Alegre, mg
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos da Carolina

em Seg Nov 16, 2015 3:03 pm
Reputação da mensagem: 100% (2 votos)
Essa noite fui agraciada por um belo sonho não lúcido. *-*

Abençoada

Eu estava em uma lagoa que tem perto da minha casa, era manhã, o sol tinha acabado de nascer, era possível sentir aquele frescor da manhã. O céu estava limpo e a água da lagoa também. Ali iria acontecer uma competição de triatlo a qual eu participaria. Mas, antes da competição acontecer, fui para a casa de uma missionária amiga da minha mãe.
Chegando lá, o filho dela e sua nora estavam se arrumando para participar da competição, eu era da mesma equipe que eles. Eu comecei a provoca-los. Quando a mãe dele chegou e perguntou se eu estava bem, eu disse que sim. Porém ela percebeu algo errado e perguntou se poderia orar por mim, eu respondo que sim. Fomos para o fundo da casa, ela orou pela minha mãe primeiro, depois veio até mim, ungiu minha testa e meu pescoço com óleo, impôs as mãos sobre a minha cabeça e iniciou a oração. Então ela disse: Deus manda te dizer que não é pra você se preocupar se és bonita ou não. Você é muito bonita, ainda mais de perto. E sobre seu futuro marido, o caminho de vocês ja esta ligado. Ele já se esbarrou em você, só não te percebeu. No momento vocês estão desencontrados, mas vai acontecer algo pra unir o caminho de vocês. Senti muita paz e conseguia sentir a gloria de Deus caindo em minha vida, tudo ficou mais iluminado. Vesti minha roupa de atleta e fomos para competição. Na entrada peguei meus acessórios e caminhei até a minha equipe. Percebo um moço se preparando ara competição, mostro para uma amiga de equipe, mas ela esta muito focada na competição e não se interessa. Percebo que conheço ele de algum lugar, mas não me lembro de onde. Começo a observa lo, ele percebe e começa a me observar. Nisso, alguém da equipe dele, pede para que ele se concentre, pois a largada está próxima. Ele termina sua sequencia de alongamentos, vem até perto de mim, me encara, com um sorriso e dá uma piscadinha. Foi questão de segundos mas, consegui gravar aquele rosto em minha memória. Pele clara, com algumas espinhas, olhos cor de mel, cílios grandes, uma sobrancelha expressiva, cabelos castanhos e lisos, jogado de lado. Donos de um sorriso e um olhar que eu não me esquecerei... assim ele seguiu para a largada. Uma menina da minha equipe, veio me falar pra eu guardar meu acessórios no guarda volumes, mas eu não sabia onde ficava o guarda volumes. Ela então, pediu para um amigo dela me levar até lá. Atravessamos a lagoa, os banheiros químicos e por fim chegamos no guarda volumes. Ele me disse que o nosso armário era o da primeira fileira, que ele tinha que voltar para a largada dele. Fui até a primeira fileira de armários. Todos eles marcavam no cadeado o número 16 em vermelho ( 16 era o número da nossa equipe). Logo abaixo do numero 16 haviam números referentes ao grau de intensidade de cada competição. O meu era de 0 a 180. O maior grau que encontrei foi o de 400. Encontrei o meu armário, mas era o mais alto eu não alcançava. Uma voluntária veio em minha ajuda. Com uma espécie de cigarro ela derrubou cinzas, fez a cinzas virarem brasa, pegou uma rolha de garrafa de vinho, a rolha pegou fogo. Mas, ela segurava em uma parte que ficou isenta de fogo e me disse pra u ter cuidado, pra eu não me queimar quando eu fosse buscar meus acessórios. Nisso, foi um pouco de fogo nas unhas da mulher, eu ameacei ir buscar água. Ela disse que não precisava. com aquela rolha em brasa ela queimou o cadeado e abriu meu armário, colocou meus acessórios lá dentro. Mas, o armário era pequeno pra tanta coisa. A mulher ajeitou tudo cuidadosamente. Conseguiu fechar o armário e selou o cadeado com o fogo. Eu acordei
avatar
Mensagens : 646
Pontos : 2463
Honra : 310
Data de inscrição : 20/10/2013
Idade : 28
Sonhos Lúcidos :
38 / 99938 / 999
Sonhos Comuns :
999 / 999999 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos da Carolina

em Seg Nov 16, 2015 4:44 pm
Você lembra de detalhes, como coisas que lê no sonho. Desafio a ler um livro e trazer o relato para nós, qualquer livro, revista, etc.
Parece que quando sonhamos com coisas boas acordamos felizes. Mudou algo quando acordou?


CORES DOS MEUS RELATOS:

  • Analise ou pensamento/observação.
  • Dialogo, titulo
  • Descrição de um cenário/objeto/pessoa.
  • Realidade ou fato importante.

Orvalho do sonhar:
Fantasiar me conforta
Deslumbrado a imaginar
Sera que e so eu?
Ou alguem se importa?


para nao se desesperar
Sucumbir em expectativas
pois se nao suprir
Posso pelo menos sonhar

Sair desse lugar imundo
Fingir que nao e isso
Tornar tudo intenso
Criar o próprio mundo


Injetar alegria
Olhar fixo para o nada
Rir sozinho
Ate o final do dia


Sentir a liberdade ao voar
Observar o próprio reflexo
E fechar os olhos
Para voltar a sonhar

(Hiriu)
Conteúdo patrocinado

Re: Diário dos Sonhos da Carolina

Ver o tópico anteriorVoltar ao TopoVer o tópico seguinte
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum