Conectar-se
Os membros mais ativos do mês
1 Mensagem - 50%
1 Mensagem - 50%
Votação
Qual a técnica que você utiliza para ficar lúcido?
Teste de Realidade
45% / 15
Totem
15% / 5
Incubação
12% / 4
Gatilho
6% / 2
Gravador de Voz ou Sons Binaurais
6% / 2
Outros
15% / 5
Parceiros
 sonhos=
 sonhos=
 animes=

Compartilhe
Ver o tópico anteriorIr em baixoVer o tópico seguinte
avatar
Mensagens : 17
Pontos : 1554
Honra : 4
Data de inscrição : 13/08/2013
Idade : 22
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Diário dos Sonhos de Koakh

em Dom Out 25, 2015 10:29 am
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)

A caça às chaves

Estou em um shopping seguindo para o cinema com mais três pessoas: Meu irmão, um colega e uma garota. Aparentemente os ingressos eram oriundos de uma promoção, não foram comprados.
Chegando na sala, percebo que as poltronas são todas diferentes. A disposição delas é mais ou menos assim: No canto esquerdo e direito há fileiras de quatro. No centro a disposição era diferenciada, geralmente em pares, com um pequeno espaço no meio (duas - espaço - duas), mas havia uma quebra de padrão em alguns pontos, onde ficavam poltronas individuais. Alguns pares eram bem característicos de ambiente onírico... Com aparência de foguetes e carrinhos de pelúcia com assentos. A maioria era como aquelas poltronas de ônibus de viagem: Azul e com detalhes coloridos*.
Meu irmão e o colega seguem até a segunda fileira central e sentam em poltronas vizinhas. Eu percebo que elas estão muito próximas da tela e procuro a garota que nos acompanhava para ver se ela estava em um lugar melhor. Ela sentava em uma fileira mais distante, ainda no centro da sala. Vou subindo pela sala desnivelada por degraus, típica de cinema, mas outras pessoas já estavam entrando... E um rapaz senta ao seu lado.
Antes que eu possa me dirigir a outra poltrona, dois homens se dirigem ao palco que ficava um pouco antes da tela cinematográfica. Eles anunciam uma competição: A caça às chaves.
Haviam várias chaves, de vários tipos, espalhadas pela sala. Aquele que apresentasse o maior número a eles ao fim da sessão seria o vencedor. Não me lembro o prêmio ou mesmo se havia algum... Decido não mais assistir ao filme (que já estava para começar) e procurar as chaves. Vou descendo pelos degraus sem ver nenhuma. Até que, ao chegar mais próximo da tela vejo duas pequeninas chaves, como aquelas dos antigos diários infantis com cadeado* no chão, que agora não é mais feito de carpete escuro, mas sim de areia da praia.
Vou subindo novamente os degraus pelo canto direito e pego todas as chaves que encontro pelo chão. Enquanto isso, outras pessoas também estão procurando...
Ao descer novamente para a areia (seguindo pelo centro agora), vou procurar nas raízes de uma planta e encontro várias chaves que, no sonho, eram falsas e não serviriam para apresentar. Assim que olho para as chaves na minha mão, elas estão com cordões dourados e prateados, como se fossem vários colares com pingentes de chave. Decidi, então, segurá-las pelos cordões. Acontece que nem todas estavam penduradas em cordões e várias caem no chão sem que eu perceba.
Sigo para subir pelo canto esquerdo da sala. Um homem que estava assistindo ao filme me oferece o seu celular com lanterna para procurar as chaves, pois o lado esquerdo era mais escuro que o restante da sala. Eu recuso, alegando que isso atrapalharia as pessoas que estão assistindo ao filme.
Neste momento percebo que estou com bem menos chaves na mão. Olho para trás, mas não há mais nada lá. Provavelmente alguém viu e pegou todas para si.

* Para visualização:
Poltronas:
Chaves de diário:

O sonho não acabou ali, mas não consigo me lembrar do restante. Ao acordar, acabei pegando o celular para olhar a hora e isso fez com que parte da memória se perdesse.


avatar
Mensagens : 122
Pontos : 1782
Honra : 40
Data de inscrição : 29/08/2013
Idade : 22
Localização : belem - Para
Sonhos Lúcidos :
999 / 999999 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos de Koakh

em Dom Out 25, 2015 10:49 am
Nossa que sonho, curto bastante quando nosso subconsciente faz esse joguinhos, eu mesmo já participei de vários e esse da chave parece ser bem legal.
Você costuma ter muitos sonhos assim?


"Sonhar é a maior sensação de liberdade"

link do grupo de sonhos lúcidos no WhatsApp https://goo.gl/bWfvtc
avatar
Mensagens : 17
Pontos : 1554
Honra : 4
Data de inscrição : 13/08/2013
Idade : 22
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos de Koakh

em Dom Out 25, 2015 11:03 am
Não, ou pelo menos não ultimamente.
Foi um tema bem diferenciado e que se eu tivesse prestado mais atenção ao ambiente e mudanças do sonho e menos na competição, provavelmente poderia ter me levado à lucidez facilmente huahuah.
Mas como não estou seguindo nenhuma técnica e também nunca costumei registrar as experiências... Acho que o relato está bem satisfatório. certo


avatar
Mensagens : 220
Pontos : 1100
Honra : 90
Data de inscrição : 08/10/2015
Idade : 41
Localização : Brasil
Sonhos Lúcidos :
3 / 9993 / 999
Sonhos Comuns :
999 / 999999 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos de Koakh

em Dom Out 25, 2015 3:40 pm
Koakh escreveu:no chão, que agora não é mais feito de carpete escuro, mas sim de areia da praia.
Koakh escreveu:vou procurar nas raízes de uma planta e encontro várias chaves
Interessante como o subconsciente distorce e transforma o lugar onde estamos, ás vezes aos poucos e ás vezes de forma súbita, parece que vc estava em uma sala de cinema que começou a se transformar em uma praia!
Koakh escreveu:Ao acordar, acabei pegando o celular para olhar a hora e isso fez com que parte da memória se perdesse.
Odeio quando isso acontece, ás vezes acordo e a primeira coisa que me vem a cabeça é olhar a hora para não perder algum compromisso e isso faz a parte do que nos lembramos do sonho se perder!


Uma força misteriosa que funciona apenas com gatos:
avatar
Mensagens : 382
Pontos : 1973
Honra : 169
Data de inscrição : 08/01/2014
Idade : 21
Localização : RJ
Sonhos Lúcidos :
11 / 99911 / 999
Sonhos Comuns :
179 / 999179 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos de Koakh

em Qui Out 29, 2015 1:48 pm
Koakh escreveu:
Spoiler:

A caça às chaves

Estou em um shopping seguindo para o cinema com mais três pessoas: Meu irmão, um colega e uma garota. Aparentemente os ingressos eram oriundos de uma promoção, não foram comprados.
Chegando na sala, percebo que as poltronas são todas diferentes. A disposição delas é mais ou menos assim: No canto esquerdo e direito há fileiras de quatro. No centro a disposição era diferenciada, geralmente em pares, com um pequeno espaço no meio (duas - espaço - duas), mas havia uma quebra de padrão em alguns pontos, onde ficavam poltronas individuais. Alguns pares eram bem característicos de ambiente onírico... Com aparência de foguetes e carrinhos de pelúcia com assentos. A maioria era como aquelas poltronas de ônibus de viagem: Azul e com detalhes coloridos*.
Meu irmão e o colega seguem até a segunda fileira central e sentam em poltronas vizinhas. Eu percebo que elas estão muito próximas da tela e procuro a garota que nos acompanhava para ver se ela estava em um lugar melhor. Ela sentava em uma fileira mais distante, ainda no centro da sala. Vou subindo pela sala desnivelada por degraus, típica de cinema, mas outras pessoas já estavam entrando... E um rapaz senta ao seu lado.
Antes que eu possa me dirigir a outra poltrona, dois homens se dirigem ao palco que ficava um pouco antes da tela cinematográfica. Eles anunciam uma competição: A caça às chaves.
Haviam várias chaves, de vários tipos, espalhadas pela sala. Aquele que apresentasse o maior número a eles ao fim da sessão seria o vencedor. Não me lembro o prêmio ou mesmo se havia algum... Decido não mais assistir ao filme (que já estava para começar) e procurar as chaves. Vou descendo pelos degraus sem ver nenhuma. Até que, ao chegar mais próximo da tela vejo duas pequeninas chaves, como aquelas dos antigos diários infantis com cadeado* no chão, que agora não é mais feito de carpete escuro, mas sim de areia da praia.
Vou subindo novamente os degraus pelo canto direito e pego todas as chaves que encontro pelo chão. Enquanto isso, outras pessoas também estão procurando...
Ao descer novamente para a areia (seguindo pelo centro agora), vou procurar nas raízes de uma planta e encontro várias chaves que, no sonho, eram falsas e não serviriam para apresentar. Assim que olho para as chaves na minha mão, elas estão com cordões dourados e prateados, como se fossem vários colares com pingentes de chave. Decidi, então, segurá-las pelos cordões. Acontece que nem todas estavam penduradas em cordões e várias caem no chão sem que eu perceba.
Sigo para subir pelo canto esquerdo da sala. Um homem que estava assistindo ao filme me oferece o seu celular com lanterna para procurar as chaves, pois o lado esquerdo era mais escuro que o restante da sala. Eu recuso, alegando que isso atrapalharia as pessoas que estão assistindo ao filme.
Neste momento percebo que estou com bem menos chaves na mão. Olho para trás, mas não há mais nada lá. Provavelmente alguém viu e pegou todas para si.

* Para visualização:
Poltronas:
Chaves de diário:

O sonho não acabou ali, mas não consigo me lembrar do restante. Ao acordar, acabei pegando o celular para olhar a hora e isso fez com que parte da memória se perdesse.

Nossa, que sonho legal, ao mesmo tempo em que ele tem algumas coisa bem doidas, como a mudança de cenário, e caça às chaves enquanto está se passando um filme, ele é bem leve e gostoso de ler. Mas é uma sacanagem alguém catar as chaves que tu perdeu.
Quanto a perder partes da lembrança do sonho, é ruim demais quando isso acontece. Eu, como estou vagabundeando, quando acabo de acordar, eu tenho rememorar tudo o que eu lembro do sonho e montar o quebra cabeças que minha mente me dá, tudo antes de fazer qualquer coisa. Se você tiver tempo ao acordar, talvez pudesse fazer isso.


[...]
— E como eu posso te chamar?
— Bom, você pode me chamar de Daniel, que era o meu nome quando eu era totalmente humano, pode também me chamar de Lobo, que era meu nome quando eu era totalmente uma entidade cósmica. Mas você também pode me chamar de Pai.
— Pai?
— Sim, todos os lobos e lobisomens são meus filhos, todos vieram de mim.
[...]

Conteúdo patrocinado

Re: Diário dos Sonhos de Koakh

Ver o tópico anteriorVoltar ao TopoVer o tópico seguinte
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum