Conectar-se
Os membros mais ativos do mês
1 Mensagem - 50%
1 Mensagem - 50%
Votação
Qual a técnica que você utiliza para ficar lúcido?
Teste de Realidade
45% / 15
Totem
15% / 5
Incubação
12% / 4
Gatilho
6% / 2
Gravador de Voz ou Sons Binaurais
6% / 2
Outros
15% / 5
Parceiros
 sonhos=
 sonhos=
 animes=

Compartilhe
Ver o tópico anteriorIr em baixoVer o tópico seguinte
avatar
Mensagens : 1273
Pontos : 3304
Honra : 657
Data de inscrição : 06/07/2015
Localização : Alemanha
Sonhos Lúcidos :
222 / 999222 / 999
Sonhos Comuns :
999 / 999999 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos da Königin

em Qua Jan 11, 2017 5:26 pm
Tabarisco escreveu:eu nao iria ligar muito eu tentaria tocar nelas e.t.c dar soquinhos leves atormentar sabe pra elas pararem muito feliz ou simplesmente sairia sem ligar mas que deve ser estranho e assustador concerteza deve ser...
Faltou-me lucidez para interagir melhor com eles.
avatar
Mensagens : 1273
Pontos : 3304
Honra : 657
Data de inscrição : 06/07/2015
Localização : Alemanha
Sonhos Lúcidos :
222 / 999222 / 999
Sonhos Comuns :
999 / 999999 / 999
Ver perfil do usuário

10.01.2017 - O Passarinho

em Qua Jan 11, 2017 5:28 pm
Estava nevando e eu encontrei um passarinho caído no chão. Eu o peguei e levei para um galpão no fundo de uma casa que eu julgava ser minha. Por fora, o galpão parecia normal, mas por dentro, era como um túnel que se aprofundava para dentro da terra. O lugar era sinistro. Lembro-me que eu entrei e segui um caminho iluminado, cheio de curva e a cada curva, a luz ia ficando fraca, até chegar na escuridão. Comecei a ouvir uma respiração que vinha do breu e com medo, dei alguns passos para trás. Algo parecia estar se movimentar e apavorada larguei o passarinho e corri até sair do galpão e fechar a porta.
Bem depressa, entrei na casa e lá encontrei minha família reunida. Minha tia perguntou porque eu estava assustada e eu contei o que havia acontecido no galpão. Minha família me criticou muito, pelo fato, eu abandoar o passarinho no inferno. Disseram que eu era cruel, sem coração, desumana e etc. Um remorso cresceu dentro de mim. Fui até a janela da cozinha e olhava para aquele galpão sinistro. Eu tinha a impressão que algo muito ruim também me observava. Eu não conseguia parar de pensar no passarinho e resolvi voltar lá para buscá-lo.
A abrir a porta do galpão, não vi mais aquele túnel, só tinha coisas velhas espalhadas no chão e algumas ferramentas penduradas na parede. Procurei pelo passarinho e o achei sobre um pneu velho. Ele parecia estar bem e isso me deixou aliviada. Fui pegá-lo e ele voou para entrada do túnel que apareceu novamente.
Lá fui eu, morrendo de medo, descendo o túnel atras da ave. A cada curva meu medo aumentava e eu tremia como uma gelatina. Cheguei novamente próxima a escuridão e ouvi algo pesado correndo em minha direção.
Sai correndo novamente e acordei.
avatar
Mensagens : 138
Pontos : 572
Honra : 45
Data de inscrição : 26/09/2016
Idade : 21
Localização : Franca-SP
Sonhos Lúcidos :
4 / 9994 / 999
Sonhos Comuns :
230 / 999230 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos da Königin

em Qui Jan 12, 2017 8:34 am
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
Vapo que sonho sinistro... Sua tia tbm nao ajudou muito em kkk
avatar
Mensagens : 1273
Pontos : 3304
Honra : 657
Data de inscrição : 06/07/2015
Localização : Alemanha
Sonhos Lúcidos :
222 / 999222 / 999
Sonhos Comuns :
999 / 999999 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos da Königin

em Dom Jan 15, 2017 11:07 am
LucasDuarte escreveu:Vapo que sonho sinistro... Sua tia tbm nao ajudou muito em kkk
Pois é, Lucas. Ela e os outros só conseguiram me deixar com remoso.
avatar
Mensagens : 1273
Pontos : 3304
Honra : 657
Data de inscrição : 06/07/2015
Localização : Alemanha
Sonhos Lúcidos :
222 / 999222 / 999
Sonhos Comuns :
999 / 999999 / 999
Ver perfil do usuário

15.01.2017 - Sem Título

em Dom Jan 15, 2017 11:08 am

Sonho 1:
Sonhei que fui visitar a família no Brasil e eles estavam bravos comigo, porque eu havia abandonado meu marido (?), para casar com meu marido no exterior.
Decidi procurar o tal marido brasileiro que eu não sabia que eu tinha, e me deram um endereço "Rua Antonino de Souto, 13".
Saí para procurá-lo, mas desisti no meio do caminho. Achava algo de errado nessa história. Fui para aeroporto. Eu queria voltar para casa.
Acordo

Sonho 2:
Fui com um grupo de pessoas conhecer uma nova escola de natação. Lá um rapaz nos guiou no local e paramos na área onde havia duas piscinas cobertas. As duas piscinas eram de criança. Havia uma equipe de reportes gravando uma reportagem para TV local e a repórter falava que as piscinas era ideais para adultos que queriam aprender a nadar. Ela faz uma breve entrevista com o dono da academia e em seguida, larga o microfone e mergulha de cabeça naquela piscina rasa. Ouve-se um barulho e o professor mergulha para resgata-la. Ele também mergulha de cabeça, mas não se choca com o fundo da piscina.
Ele levanta a mulher e ela sagra pelo nariz. Chorando, ela lava o rosto e a piscina fica toda vermelha
As pessoas que estavam comigo, entram na piscina ensanguentada para nadar. Fico enojada e saio de perto. Vou até a outra piscina e depois saio por ma porta de vidro que dá acesso a um gramado e uma outra piscina. Começa a chover e eu volto para o local coberto. Todos haviam sumido e a piscina ensanguentada estava vazia. Sinto que alguém me observava, olho e vejo rapidamente um vulto num canto, ele se dirige para parede e some.
O rapaz que guiava o meu grupo apareceu e me levou para outro local
Acordo
avatar
Mensagens : 1273
Pontos : 3304
Honra : 657
Data de inscrição : 06/07/2015
Localização : Alemanha
Sonhos Lúcidos :
222 / 999222 / 999
Sonhos Comuns :
999 / 999999 / 999
Ver perfil do usuário

17.01.2017 - A Praia

em Ter Jan 17, 2017 1:12 pm
Sonhei que estava numa estrada, indo em direção à uma praia. Chegando lá descobri que a tal praia não passava de  poças de água espalhadas entre pedras e mato. Decidi ir embora e o problema começou. Não importava qual direção que eu andasse, eu nunca conseguia deixar essa "praia". Fui encontrando outras pessoas, que também estavam lá perdidas. Andamos todos juntos e ao ver uma árvore, eu subi nela para tentar ver por cima qual o tamanho real do local e descobrir onde estava a estrada que eu usei para chegar lá. Descobri que a praia era quadrada e não era maior que um quarteirão. Vi a estrada no lado esquerdo e fomos para lá. Andamos bastante e só encontramos mais poças de água. De repente, apareceu um reptil com cara de tubarão. Ele surgia de uma poça, corria entre as pedras e matos e mergulhava em outra poca. Aquele bicho começou a nos perseguir e atacou um rapaz, puxando-o para a poca para come-lo. Todo mundo saiu correndo. Nós nos separamos e o bicho apareceu novamente e agora estava atrás de mim. Corri apavorada.
Acordei.

Sonho 2:

Estou num ponto de ônibus lotado e aparece uma amiga. Na verdade, não conheço a mulher, mas conversávamos como se fôssemos grandes amigas.
Subo no ônibus e estou sozinha.
Sento próxima a janela e observo o trajeto. O ônibus passa na frente da Torre Eiffel e eu fico surpresa, pois eu não me recordava de viajar para Paris. Olho para minha mão esquerda e ela está cheia de dedos. Desço e vou até a torre e noto algo estava diferente nela. Entre as pernas da torre, havia uma estrutura de metal ligadas esferas de ferro que me lembrava o Atomium da Bélgica.
Uma pessoa me entrega um papel uma equação e me pergunta se o resultado da equação é o número 4. Eu respondo sim e ela me entrega um mapa do Atomium.
Dou uma olhada no mapa e penso em entrar no Atomium, mas o sonho acaba.
avatar
Mensagens : 1273
Pontos : 3304
Honra : 657
Data de inscrição : 06/07/2015
Localização : Alemanha
Sonhos Lúcidos :
222 / 999222 / 999
Sonhos Comuns :
999 / 999999 / 999
Ver perfil do usuário

18.01.2017 - Ching

em Qua Jan 18, 2017 6:46 pm
Sonho hiperrealista e com falso despertar, mas apesar disso, eu não ganhei lucidez.
Não me recordo do começo do sonho. Lembro-me que conversava com uma pessoa (não me lembro assunto) e depois da conversa eu fui dormir.
Acordei com um menino sentado do meu lado, bem próximo da minha cabeça. Quando eu perguntei quem era, ele saiu correndo. O menino era pequeno. Acho que tinha uns 30 cm de altura e ele era muito parecido com o anjinho Ching - um personagem do desenho "A princesa e o Cavaleiro - até a roupa era idêntica. Abaixo segue uma imagem do personagem:

Levantei e fui atrás dele. O menino ficava se escondendo e ria muito quando eu o encontrava. Perguntei de onde ele veio e ele disse que fui eu trouxe. Ele era minha imaginação.
O menino só queria brincar e quando eu não brincava com ele, ele começava a gritar e os gritos deles ecoavam na minha cabeça. Era horrível o som do grito dele.
Brinquei um pouco com ele e parei.
Ele não gostou muito. Chutou meu tornozelo e gritou mais alto ainda. Tentei pegá-lo e ele correu e se enfiou debaixo de um armário.
Abaixei para procurá-lo e o vi chorando sentado com as costas na parede. Perguntei porque chorava e ele respondeu que estava triste, pois ele não sabia se era uma pessoa boa ou ruim.
Eu disse que ele era uma boa pessoa, mas ele retrucou que eu era má e por isso ele era mau também, e saiu debaixo do móvel e me atacou.
Acordo.
Fui no banheiro. Lá encontro o menininho de novo. Ele chuta meu tornozelo e sai correndo. Vou atrás dele e ele começa a gritar. O grito insuportável dele me faz voltar para o quarto, onde encontro um senhor, que me diz que levará o menino para pescar. Eu concordo e os dois se vão.
Não demora muito os dois estão de volta. O velho todo machucado e eu pergunto o que aconteceu e o ele diz que eu fui eu que o agredi. O menino era criação minha e por isso tudo o que ele fazia era o que eu desejava fazer. O velho me xinga bastante e vai embora.
O moleque continua correndo e gritando. Eu me escondo dele, mas ele me encontra e me ataca.
Acordo.
Levanto e vejo o moleque no canto. Começo a pensar que eu estou louca. O menino não existe, mas eu o vejo em todo lugar.
Vou a cozinha e vejo minha família sentada a mesa tomando café da manha. Minha mãe me pergunta se eu estou doente e eu digo que sim. Digo que preciso procurar um psiquiatra, pois estou vendo coisas que não existe. Ninguém fala nada e eu começo a chorar. Sem querer, derrubo o café na mesa. Instantes depois, o café estava na xícara.
Fico olhando para xícara e penso: - Eu enlouqueci mesmo! O que está acontecendo comigo?
Acordo.
- Foi um sonho! - Falei.
Vou a cozinha e encontro meus familiares sentados a mesa. Eles eles tão todos parados olhando para mim com olhos arregalados.
Eu pergunto: - o que aconteceu?
Ninguém fala nada.
O despertador toca e eu acordo.
Mensagens : 14
Pontos : 294
Honra : 6
Data de inscrição : 18/01/2017
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Achei seu sonho bem interessante

em Qua Jan 18, 2017 7:40 pm
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
Königin escreveu:
Sonho hiperrealista e com falso despertar, mas apesar disso, eu não ganhei lucidez.
Não me recordo do começo do sonho. Lembro-me que conversava com uma pessoa (não me lembro assunto) e depois da conversa eu fui dormir.
Acordei com um menino sentado do meu lado, bem próximo da minha cabeça. Quando eu perguntei quem era, ele saiu correndo. O menino era pequeno. Acho que tinha uns 30 cm de altura e ele era muito parecido com o anjinho Ching - um personagem do desenho "A princesa e o Cavaleiro - até a roupa era idêntica. Abaixo segue uma imagem do personagem:

Levantei e fui atrás dele. O menino ficava se escondendo e ria muito quando eu o encontrava. Perguntei de onde ele veio e ele disse que fui eu trouxe. Ele era minha imaginação.
O menino só queria brincar e quando eu não brincava com ele, ele começava a gritar e os gritos deles ecoavam na minha cabeça. Era horrível o som do grito dele.
Brinquei um pouco com ele e parei.
Ele não gostou muito. Chutou meu tornozelo e gritou mais alto ainda. Tentei pegá-lo e ele correu e se enfiou debaixo de um armário.
Abaixei para procurá-lo e o vi chorando sentado com as costas na parede. Perguntei porque chorava e ele respondeu que estava triste, pois ele não sabia se era uma pessoa boa ou ruim.
Eu disse que ele era uma boa pessoa, mas ele retrucou que eu era má e por isso ele era mau também, e saiu debaixo do móvel e me atacou.
Acordo.
Fui no banheiro. Lá encontro o menininho de novo. Ele chuta meu tornozelo e sai correndo. Vou atrás dele e ele começa a gritar. O grito insuportável dele me faz voltar para o quarto, onde encontro um senhor, que me diz que levará o menino para pescar. Eu concordo e os dois se vão.
Não demora muito os dois estão de volta. O velho todo machucado e eu pergunto o que aconteceu e o ele diz que eu fui eu que o agredi. O menino era criação minha e por isso tudo o que ele fazia era o que eu desejava fazer. O velho me xinga bastante e vai embora.
O moleque continua correndo e gritando. Eu me escondo dele, mas ele me encontra e me ataca.
Acordo.
Levanto e vejo o moleque no canto. Começo a pensar que eu estou louca. O menino não existe, mas eu o vejo em todo lugar.
Vou a cozinha e vejo minha família sentada a mesa tomando café da manha. Minha mãe me pergunta se eu estou doente e eu digo que sim. Digo que preciso procurar um psiquiatra, pois estou vendo coisas que não existe. Ninguém fala nada e eu começo a chorar. Sem querer, derrubo o café na mesa. Instantes depois, o café estava na xícara.
Fico olhando para xícara e penso: - Eu enlouqueci mesmo! O que está acontecendo comigo?
Acordo.
- Foi um sonho! - Falei.
Vou a cozinha e encontro meus familiares sentados a mesa. Eles eles tão todos parados olhando para mim com olhos arregalados.
Eu pergunto: - o que aconteceu?
Ninguém fala nada.
O despertador toca e eu acordo.
Seu sonho foi muito interessante. Atualmente vc fez algo que possa ter justificado esse sonho? Como uma briga com um amigo(a) ou algo assim? Se sim, acho que seria bom refletir. Ah, vc poderia me dizer pq não posso participar do Chat ? Tem uma mensagem que diz que meu olugin não está ativado, mas que eu saiba não tem plugin pro meu celular, adobe não funcionou e se tiver não sei como usar. O que eu faço? certo
avatar
Mensagens : 1273
Pontos : 3304
Honra : 657
Data de inscrição : 06/07/2015
Localização : Alemanha
Sonhos Lúcidos :
222 / 999222 / 999
Sonhos Comuns :
999 / 999999 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos da Königin

em Qua Jan 18, 2017 9:09 pm
Antony de Jesus:

Antony de Jesus escreveu:
Königin escreveu:
Sonho hiperrealista e com falso despertar, mas apesar disso, eu não ganhei lucidez.
Não me recordo do começo do sonho. Lembro-me que conversava com uma pessoa (não me lembro assunto) e depois da conversa eu fui dormir.
Acordei com um menino sentado do meu lado, bem próximo da minha cabeça. Quando eu perguntei quem era, ele saiu correndo. O menino era pequeno. Acho que tinha uns 30 cm de altura e ele era muito parecido com o anjinho Ching - um personagem do desenho "A princesa e o Cavaleiro - até a roupa era idêntica. Abaixo segue uma imagem do personagem:

Levantei e fui atrás dele. O menino ficava se escondendo e ria muito quando eu o encontrava. Perguntei de onde ele veio e ele disse que fui eu trouxe. Ele era minha imaginação.
O menino só queria brincar e quando eu não brincava com ele, ele começava a gritar e os gritos deles ecoavam na minha cabeça. Era horrível o som do grito dele.
Brinquei um pouco com ele e parei.
Ele não gostou muito. Chutou meu tornozelo e gritou mais alto ainda. Tentei pegá-lo e ele correu e se enfiou debaixo de um armário.
Abaixei para procurá-lo e o vi chorando sentado com as costas na parede. Perguntei porque chorava e ele respondeu que estava triste, pois ele não sabia se era uma pessoa boa ou ruim.
Eu disse que ele era uma boa pessoa, mas ele retrucou que eu era má e por isso ele era mau também, e saiu debaixo do móvel e me atacou.
Acordo.
Fui no banheiro. Lá encontro o menininho de novo. Ele chuta meu tornozelo e sai correndo. Vou atrás dele e ele começa a gritar. O grito insuportável dele me faz voltar para o quarto, onde encontro um senhor, que me diz que levará o menino para pescar. Eu concordo e os dois se vão.
Não demora muito os dois estão de volta. O velho todo machucado e eu pergunto o que aconteceu e o ele diz que eu fui eu que o agredi. O menino era criação minha e por isso tudo o que ele fazia era o que eu desejava fazer. O velho me xinga bastante e vai embora.
O moleque continua correndo e gritando. Eu me escondo dele, mas ele me encontra e me ataca.
Acordo.
Levanto e vejo o moleque no canto. Começo a pensar que eu estou louca. O menino não existe, mas eu o vejo em todo lugar.
Vou a cozinha e vejo minha família sentada a mesa tomando café da manha. Minha mãe me pergunta se eu estou doente e eu digo que sim. Digo que preciso procurar um psiquiatra, pois estou vendo coisas que não existe. Ninguém fala nada e eu começo a chorar. Sem querer, derrubo o café na mesa. Instantes depois, o café estava na xícara.
Fico olhando para xícara e penso: - Eu enlouqueci mesmo! O que está acontecendo comigo?
Acordo.
- Foi um sonho! - Falei.
Vou a cozinha e encontro meus familiares sentados a mesa. Eles eles tão todos parados olhando para mim com olhos arregalados.
Eu pergunto: - o que aconteceu?
Ninguém fala nada.
O despertador toca e eu acordo.
Seu sonho foi muito interessante. Atualmente vc fez algo que possa ter justificado esse sonho? Como uma briga com um amigo(a) ou algo assim? Se sim, acho que seria bom refletir. Ah, vc poderia me dizer pq não posso participar do Chat ? Tem uma mensagem que diz que meu olugin não está ativado, mas que eu saiba não tem plugin pro meu celular, adobe não funcionou e se tiver não sei como usar. O que eu faço? certo
Olá, Antony. Bem-vindo ao meu diário. Eu não me recordo no momento de algo ter acontecido que possa ter inspirado esse sonho. Talvez com passar dos dias, eu me lembre de algum fato importante que esclareca alguma coisa sobre ele.
Sobre o chat, infelizmente não posso responder, porque eu nunca participei dele. Entre em contato com o Hiriu ou Reizen. Eles são os moderadores do fórum e com certeza, irão te ajudar.  certo
Mensagens : 14
Pontos : 294
Honra : 6
Data de inscrição : 18/01/2017
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos da Königin

em Qui Jan 19, 2017 12:02 am
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
Okay. Faço isso amanhã, pois agora tentarei ter meu primeiro sonho lúcido, que eu lembre. Uma excelente noite pra você, fica com Deus e ótimos sonhos lúcidos muito feliz ! Obrigado por me orientar!
avatar
Mensagens : 22
Pontos : 494
Honra : 18
Data de inscrição : 23/08/2016
Idade : 19
Localização : São Paulo
Sonhos Lúcidos :
120 / 999120 / 999
Sonhos Comuns :
999 / 999999 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos da Königin

em Qui Jan 19, 2017 1:55 am
Reputação da mensagem: 100% (2 votos)
Adoro ler seus sonhos!
Esses falsos despertar são perturbadores. Faz um tempo q não tenho mas acho interessante. Te aguardando no SL Compartilhado
avatar
Mensagens : 1273
Pontos : 3304
Honra : 657
Data de inscrição : 06/07/2015
Localização : Alemanha
Sonhos Lúcidos :
222 / 999222 / 999
Sonhos Comuns :
999 / 999999 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos da Königin

em Qui Jan 19, 2017 8:55 am
Antony de Jesus escreveu:Okay. Faço isso amanhã, pois agora tentarei ter meu primeiro sonho lúcido, que eu lembre. Uma excelente noite pra você, fica com Deus e ótimos sonhos lúcidos muito feliz ! Obrigado por me orientar!
Bons Sonhos, Antony! sono
avatar
Mensagens : 1273
Pontos : 3304
Honra : 657
Data de inscrição : 06/07/2015
Localização : Alemanha
Sonhos Lúcidos :
222 / 999222 / 999
Sonhos Comuns :
999 / 999999 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos da Königin

em Qui Jan 19, 2017 9:00 am
Lɑdy Lɑrɑ escreveu:Adoro ler seus sonhos!
Esses falsos despertar são perturbadores. Faz um tempo q não tenho mas acho interessante. Te aguardando no SL Compartilhado
Hoje tem sonho lúcido com um buraco negro. Vou colocá-lo assim que terminar de digitar. dança :
Mensagens : 14
Pontos : 294
Honra : 6
Data de inscrição : 18/01/2017
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos da Königin

em Qui Jan 19, 2017 11:49 am
Noite passada, mimha experiência foi, no mínimo frustrante. Mesmo ainda não tendo começado um Diário de Sonhos, nesses ultimos três dias, em que tenho dormido mais cedo e relaxado antes de dormir, tenho lembrado mais dos meus sonhos, o que não acontece há um bom tempo. A questão é: não lembro de ter ficado lúcido, nos 4 sonhos dessa noite eu olhei para as minha mãos por uns segundos, enquanto pegava um garfo de churrasco para me defender, e nesses curto espaço de tempo não lembro se vi dedos extras e se vi acho que não fiquei lúcido. Ainda teve um sonho que ACHO que tinha a ver com adolescentes drogados (hahhaha).
Bom, acho que não reforçei o sonho que queria ter muito bem, já que estou usando o método VILD, mas um dos sonhos se passou na escola com eu havia imaginado, porém a escola era diferente.
Mensagens : 14
Pontos : 294
Honra : 6
Data de inscrição : 18/01/2017
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos da Königin

em Qui Jan 19, 2017 11:54 am
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
Noite passada, minha experiência foi, no mínimo frustrante. Mesmo, ainda, não tendo começado um Diário de Sonhos, nesses ultimos três dias, em que tenho dormido mais cedo e relaxado antes de dormir, tenho lembrado mais dos meus sonhos, o que não acontece há um bom tempo. A questão é:  não lembro de ter ficado lúcido, nos 4 sonhos dessa noite eu olhei para as minha mãos por uns segundos, enquanto pegava um garfo de churrasco para me defender, e nesses curto espaço de tempo não lembro se vi dedos extras e se vi acho que não fiquei lúcido. Ainda teve um sonho que ACHO   que tinha a ver com adolescentes drogados (hahhaha).
Bom, acho que não reforçei o sonho que queria ter muito bem, já que estou usando o método VILD, mas um dos sonhos se passou na escola com eu havia imaginado, porém a escola era diferente. Outro fato que chamou minh atenção foi lembto de ter fucado acordado boa parte da noite, mas ao mesmo tempo sonhando e quando eu me mexia eu despertava completamente, e eu repetia "estou sonhando", mas não lembro de surtir efeito, acho que as vezes ainda me acordava. Não sei se foi real ou um sonho, estranho foi.
Cadê o seu sonho do buraco negro?
avatar
Mensagens : 1273
Pontos : 3304
Honra : 657
Data de inscrição : 06/07/2015
Localização : Alemanha
Sonhos Lúcidos :
222 / 999222 / 999
Sonhos Comuns :
999 / 999999 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos da Königin

em Qui Jan 19, 2017 2:22 pm
Antony de Jesus escreveu:Noite passada, minha experiência foi, no mínimo frustrante. Mesmo, ainda, não tendo começado um Diário de Sonhos, nesses ultimos três dias, em que tenho dormido mais cedo e relaxado antes de dormir, tenho lembrado mais dos meus sonhos, o que não acontece há um bom tempo. A questão é:  não lembro de ter ficado lúcido, nos 4 sonhos dessa noite eu olhei para as minha mãos por uns segundos, enquanto pegava um garfo de churrasco para me defender, e nesses curto espaço de tempo não lembro se vi dedos extras e se vi acho que não fiquei lúcido. Ainda teve um sonho que ACHO   que tinha a ver com adolescentes drogados (hahhaha).
Bom, acho que não reforçei o sonho que queria ter muito bem, já que estou usando o método VILD, mas um dos sonhos se passou na escola com eu havia imaginado, porém a escola era diferente. Outro fato que chamou minh atenção foi lembto de ter fucado acordado boa parte da noite, mas ao mesmo tempo sonhando e quando eu me mexia eu despertava completamente, e eu repetia "estou sonhando", mas não lembro de surtir efeito, acho que as vezes ainda me acordava. Não sei se foi real ou um sonho, estranho foi.
Cadê o seu sonho do buraco negro?
Antony, escrever um diário vai ajudar a melhorar a sua memória. Crie um diário aqui no fórum, ou então compre um caderno e anote seus sonhos nele, mesmo que você só se recorde de fragmentos. não se preocupe, com tempo, você irá se recordar de muitas coisas que sonhou.
Eu estou achando que você não ganhou lucidez nos seus sonhos, pois você olhou para suas mãos, viu dedos extras, mas não questionou a realidade. Procure praticar durante o dia três tipos de RCs e sempre na mesma sequência. Assim, quando você sonhar e o primeiro RC falhar, você ainda poderá testar mais dois, e a sua chance de ficar lúcido se possível. certo
O sonho do buraco negro está no meu diario de sonho lúcido. Link =>aqui
Mensagens : 14
Pontos : 294
Honra : 6
Data de inscrição : 18/01/2017
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos da Königin

em Qui Jan 19, 2017 2:25 pm
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
Okay, vou seguir se conselho
avatar
Mensagens : 1273
Pontos : 3304
Honra : 657
Data de inscrição : 06/07/2015
Localização : Alemanha
Sonhos Lúcidos :
222 / 999222 / 999
Sonhos Comuns :
999 / 999999 / 999
Ver perfil do usuário

21.01.2017 - Loja de Armarinhos

em Sab Jan 21, 2017 6:58 am

Era noite e eu estava na casa de um senhor e ele me contou que a irmã dele tinha uma loja que fica em frente da casa deles e como ela está viajando, ele me pediu para ir até a loja de armarinhos da irmã para dar comida para gato.
Peguei a tigelinha de comida do gato e a chave e fui lá na loja. Pela vitrina da loja, via-se como era antiga. Entrei na loja e a luz não acendeu, mas dava para ver alguma coisa, por causa da noite clara que estava lá fora. Andei na penumbra, chamando o gato e eis que aparece um gato que poderia ser de Edgar Allan Poe de tão estropiado que ele era. Parecia que ele tinha sido atropelado e estava de mal humor por causa disso.
O gato subiu no balcão e miou alto. Coloquei a comida em cima do balcão mesmo e Dei uma espiada nas coisas que tinha na loja. Tinha fitas, linhas e um monte de coisas para costura.
Quando o gato terminou de comer, ele parecia mais amigável. Fui numa pequena cozinha lavar a tigela e coloquei um pouco de água. Ele bebeu e parecia satisfeito. Fiz uns carinhos nele e sai.
De repente, já era dia e encontro o senhor na rua. Ele diz que a irmã está na loja e ela quer me ver.
Volto na loja e a senhora já estava na porta me esperando. Ela me agradece e me convida para tomar um café. Entro e a loja agora era a casa dela.
No sofá tinha um monte de bonecas de porcelanas horrorosas e pareciam que todas olhavam para mim.
Achei aquilo esquisito e inventei uma desculpa para ir embora e sair da loja ou casa da senhora bem depressa.
Caminhei bem rápido pela caçada e ao virar a esquina o sonho se desfez e eu acordei.
Mensagens : 14
Pontos : 294
Honra : 6
Data de inscrição : 18/01/2017
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos da Königin

em Sab Jan 21, 2017 1:02 pm
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
Bom dia! Eu vi seus experimentos. Gostaria de saber se a finalidade é saber um método que lhe proporcione mais sonhos lúcidos ou é pra saber quais funcionam com você?
avatar
Mensagens : 1273
Pontos : 3304
Honra : 657
Data de inscrição : 06/07/2015
Localização : Alemanha
Sonhos Lúcidos :
222 / 999222 / 999
Sonhos Comuns :
999 / 999999 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos da Königin

em Sab Jan 21, 2017 3:04 pm
Olá, Antony! gargalhada
Meus experimentos para saber quais métodos funcionam comigo. A quantidade de sonhos está relacionada com a prática. Quanto mais você domina um método, maior sua chance de ter sonhos lúcidos.
Mensagens : 14
Pontos : 294
Honra : 6
Data de inscrição : 18/01/2017
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos da Königin

em Seg Jan 23, 2017 3:29 am
Ah sim. Entendi
avatar
Mensagens : 1273
Pontos : 3304
Honra : 657
Data de inscrição : 06/07/2015
Localização : Alemanha
Sonhos Lúcidos :
222 / 999222 / 999
Sonhos Comuns :
999 / 999999 / 999
Ver perfil do usuário

03.02.2017 - Sem título

em Sex Fev 03, 2017 4:27 pm
Eu estava numa escola. Não sei o que eu estava fazendo ali, lembro-me que caminhava pelo corredor indo em direção a saída. O sinal tocou e os alunos saíram da sala com material na mão. Um grupo alunos foi para frente de um ponto de ônibus e eu fui também. O ônibus chegou e todos nós subimos. Sentei logo a frente, próximo do motorista. Durante a viagem descobri que havia subido no ônibus errado e eu não tinha a menor ideia para onde eu estava indo. Para piorar as coisas, os alunos faziam uma bagunça infernal e por algum motivo uma forte discussão começou. Dois alunos estavam armados e a confusão aumentou. Houve gritaria e empurra-empurra. Lembro que me joguei no chão e fui engatinhado até o motorista e pedi para descer. Ele disse que eu só poderia descer, quando chegássemos no próximo ponto. Fiquei agachada próxima a porta de saída e rezando para não acontecer um tiroteio. Finalmente o ônibus parou no ponto e eu desci. Todos desceram também. Fiquei parada ali no ponto, procurando do outro lado da rua, onde tivesse um outro ponto, para voltar para escola. Não encontrei e resolvi perguntar para um dos garotos. Ele falou que havia um ponto, no quarteirão seguinte, mas que não adiantava eu ir para lá, porque o último ônibus era o ônibus que nós descemos. Então, ele falou que a três quadras dali havia uma estação de metrô e disse que me acompanharia até lá. Fomos conversando e a medida que que chegávamos próximo a estação, o rapaz ia envelhecendo até se transformar num idoso. Quando chegamos na estação, descobrimos que ela estava fechada. Eu entrei em pânico, porque já havia escurecido e eu ainda não consegui voltar para casa. O idoso mostrou uma porta e disse para eu entrar por ela e ir para o subsolo. Lá haveria um trem me esperando para levar para casa.
Nos nos despedimos e eu passei pela porta. Fui parar num bar que estava lotado de homens vestidos com jaquetas de couro e cabelos espetados. Eles jogavam canecas de chope uns nos outros e uma briga começou. Para fugir da confusão, voltei para rua e decidi procurar um táxi. A rua estava um deserto e poucos postes haviam iluminação. Caminhava devagar, mas quando comecei a ouvir passos atras de mim, sai correndo sem olhar para trás. Um carro com farol alto veio em minha direção. Acordei.
avatar
Mensagens : 168
Pontos : 2266
Honra : 53
Data de inscrição : 02/02/2013
Idade : 17
Localização : Goiás uai
Sonhos Lúcidos :
50 / 99950 / 999
Sonhos Comuns :
850 / 999850 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos da Königin

em Sex Fev 03, 2017 4:43 pm
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
Nossa! Que sonho aterrorizante! medo

Você ainda continua com seus experimentos? Eu acompanhava e sempre adorei seus métodos muito feliz


'

Faça um reality check agora e me agradeça depois... piscar

Bons sonhos para você certo  

Diário de Sonhos Lúcidos
Diário de Sonhos não-lúcidos
avatar
Mensagens : 382
Pontos : 1968
Honra : 169
Data de inscrição : 08/01/2014
Idade : 21
Localização : RJ
Sonhos Lúcidos :
11 / 99911 / 999
Sonhos Comuns :
179 / 999179 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos da Königin

em Sex Fev 03, 2017 5:58 pm
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
Königin escreveu:
Spoiler:
Eu estava numa escola. Não sei o que eu estava fazendo ali, lembro-me que caminhava pelo corredor indo em direção a saída. O sinal tocou e os alunos saíram da sala com material na mão. Um grupo alunos foi para frente de um ponto de ônibus e eu fui também. O ônibus chegou e todos nós subimos. Sentei logo a frente, próximo do motorista. Durante a viagem descobri que havia subido no ônibus errado e eu não tinha a menor ideia para onde eu estava indo. Para piorar as coisas, os alunos faziam uma bagunça infernal e por algum motivo uma forte discussão começou. Dois alunos estavam armados e a confusão aumentou. Houve gritaria e empurra-empurra. Lembro que me joguei no chão e fui engatinhado até o motorista e pedi para descer. Ele disse que eu só poderia descer, quando chegássemos no próximo ponto. Fiquei agachada próxima a porta de saída e rezando para não acontecer um tiroteio. Finalmente o ônibus parou no ponto e eu desci. Todos desceram também. Fiquei parada ali no ponto, procurando do outro lado da rua, onde tivesse um outro ponto, para voltar para escola. Não encontrei e resolvi perguntar para um dos garotos. Ele falou que havia um ponto, no quarteirão seguinte, mas que não adiantava eu ir para lá, porque o último ônibus era o ônibus que nós descemos. Então, ele falou que a três quadras dali havia uma estação de metrô e disse que me acompanharia até lá. Fomos conversando e a medida que que chegávamos próximo a estação, o rapaz ia envelhecendo até se transformar num idoso. Quando chegamos na estação, descobrimos que ela estava fechada. Eu entrei em pânico, porque já havia escurecido e eu ainda não consegui voltar para casa. O idoso mostrou uma porta e disse para eu entrar por ela e ir para o subsolo. Lá haveria um trem me esperando para levar para casa.
Nos nos despedimos e eu passei pela porta. Fui parar num bar que estava lotado de homens vestidos com jaquetas de couro e cabelos espetados. Eles jogavam canecas de chope uns nos outros e uma briga começou. Para fugir da confusão, voltei para rua e decidi procurar um táxi. A rua estava um deserto e poucos postes haviam iluminação. Caminhava devagar, mas quando comecei a ouvir passos atras de mim, sai correndo sem olhar para trás. Um carro com farol alto veio em minha direção. Acordei.

Nossa Königin, que sonho aterrorizante. Sonho assim, pra mim é pesadelo. Teu subconsciente tava doido por uma briga hein, primeiro briga no ônibus, depois briga no bar. Já experimentei em sonhos também essa angústia de não ter como voltar pra casa, é horrível mesmo.


[...]
— E como eu posso te chamar?
— Bom, você pode me chamar de Daniel, que era o meu nome quando eu era totalmente humano, pode também me chamar de Lobo, que era meu nome quando eu era totalmente uma entidade cósmica. Mas você também pode me chamar de Pai.
— Pai?
— Sim, todos os lobos e lobisomens são meus filhos, todos vieram de mim.
[...]

avatar
Mensagens : 1273
Pontos : 3304
Honra : 657
Data de inscrição : 06/07/2015
Localização : Alemanha
Sonhos Lúcidos :
222 / 999222 / 999
Sonhos Comuns :
999 / 999999 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos da Königin

em Dom Fev 05, 2017 4:30 pm
Adrm escreveu:Nossa! Que sonho aterrorizante! medo

Você ainda continua com seus experimentos? Eu acompanhava e sempre adorei seus métodos muito feliz

Oi, Adrm, eu parei por algum tempo os meus experimentos, mas vou recomeçar em breve. Estou terminado de ler este livro sobre sonhos lúcidos e vou por em prática algumas técnicas descritas dele.
Conteúdo patrocinado

Re: Diário dos Sonhos da Königin

Ver o tópico anteriorVoltar ao TopoVer o tópico seguinte
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum