Conectar-se
Os membros mais ativos do mês
9 Mensagens - 38%
4 Mensagens - 17%
3 Mensagens - 13%
3 Mensagens - 13%
2 Mensagens - 8%
1 Mensagem - 4%
1 Mensagem - 4%
1 Mensagem - 4%
Votação
Qual a técnica que você utiliza para ficar lúcido?
Teste de Realidade
45% / 15
Totem
15% / 5
Incubação
12% / 4
Gatilho
6% / 2
Gravador de Voz ou Sons Binaurais
6% / 2
Outros
15% / 5
Parceiros
 sonhos=
 sonhos=
 animes=

Compartilhe
Ver o tópico anteriorIr em baixoVer o tópico seguinte
avatar
Mensagens : 41
Pontos : 978
Honra : 24
Data de inscrição : 23/02/2015
Idade : 26
Localização : Mogi Guaçu/SP
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
9 / 9999 / 999
Ver perfil do usuário

Diário dos Sonhos de Daniel PP

em Ter Fev 24, 2015 12:01 am
Reputação da mensagem: 100% (2 votos)
Boa noite onironautas!
     Com o intento de estimular esta atividade importantíssima de escrever os sonhos, inscrevi-me no fórum, visto que é mais divertido do que simplesmente escrever numa fria e solitária folha de caderno.
     Possivelmente amanhã escreverei meu primeiro relato!
     Um abraço a todos!


“Não me encerro nos limites de uma cidade: onde quer que me encontre, sou um estrangeiro”.
                                                                                   - Aristipo de Cirene
avatar
Mensagens : 2531
Pontos : 5611
Honra : 1043
Data de inscrição : 12/06/2013
Localização : Bahia
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos de Daniel PP

em Ter Fev 24, 2015 12:08 am
Olá, Daniel. Seja muito bem vindo ao fórum. certo
avatar
Mensagens : 16
Pontos : 963
Honra : 5
Data de inscrição : 23/02/2015
Idade : 20
Sonhos Lúcidos :
1 / 9991 / 999
Sonhos Comuns :
2 / 9992 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos de Daniel PP

em Ter Fev 24, 2015 11:13 am
Seja bem vindo daniel e estaremos ansioso para ler seus sonhos.
avatar
Mensagens : 1178
Pontos : 3928
Honra : 670
Data de inscrição : 25/03/2013
Idade : 22
Localização : Morretes/ PR
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuáriohttp://naturezaevolutiva.blogspot.com.br/

Re: Diário dos Sonhos de Daniel PP

em Ter Fev 24, 2015 11:41 am
Bem vindo Daniel, será um prazer ler teus relatos e é sim bem mais interativo e vivo compartilhar experiências. Abraços.
avatar
Mensagens : 41
Pontos : 978
Honra : 24
Data de inscrição : 23/02/2015
Idade : 26
Localização : Mogi Guaçu/SP
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
9 / 9999 / 999
Ver perfil do usuário

25/02/2015 - Reunião de apoio a deficientes e Salão de festa móvel

em Qua Fev 25, 2015 8:27 am
Reputação da mensagem: 100% (2 votos)
Primeiramente, obrigado pelas boas vindas! viva

25/02/2015 - Reunião de apoio a deficientes e Salão de festa móvel

   Inicialmente eu estava em um belo local, o qual eu nunca estive no "mundo físico", havia uma espécie de campus em volta de belas construções que pareciam ter saído de algum lugar da Europa, Séculos XVII, XVIII.
   Conversei com algumas pessoas e lembro-me vagamente se ser algo relacionado ao apoio a deficientes físicos, uma espécie de reunião que aconteceria no local.

   Num salto rápido de cenas, lembro-me de estar em um bar de minha cidade, várias pessoas bebendo em mesinhas na calçada do estabelecimento. Procurava minha noiva (WTF! Eu fazendo boas ações e ela no bar!? kkk). Encontrei-me com alguns parentes dela que me informaram que estava em Campinas - SP (Cidade próxima a minha) em uma festa de fim de ano ( o.O) na casa da namorada de um primo dela. De toda forma fiquei "puto" no momento (apego = característica a ser trabalhada).
   Novamente uma mudança de cenas me levou a um grande salão de festas, que parecia ser dividido em pista e camarote, ambos lotados de pessoas. O ambiente parecia muito divertido. A iluminação era típica do tipo do lugar, geralmente escura com alguns canhõezinhos de efeitos de luz espalhados por toda área.
    Estando neste local não parecia estar especificamente no camarote ou na pista, mas via a situação como se fosse uma câmera de filmes, focando diversos acontecimentos isolados da festa, até que fui informando por uma espécie de "voz mental" que o salão se mudaria para virar uma piscina! E de repente os mecanismos por debaixo da pista foram acionados e esta fora dividida em diversas plataformas que se desencaixavam para abrir lugar para piscina.


“Não me encerro nos limites de uma cidade: onde quer que me encontre, sou um estrangeiro”.
                                                                                   - Aristipo de Cirene
avatar
Mensagens : 2531
Pontos : 5611
Honra : 1043
Data de inscrição : 12/06/2013
Localização : Bahia
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos de Daniel PP

em Qui Fev 26, 2015 4:17 am
Daniel PP escreveu:

Daniel PP escreveu:Primeiramente, obrigado pelas boas vindas! viva

25/02/2015 - Reunião de apoio a deficientes e Salão de festa móvel

   Inicialmente eu estava em um belo local, o qual eu nunca estive no "mundo físico", havia uma espécie de campus em volta de belas construções que pareciam ter saído de algum lugar da Europa, Séculos XVII, XVIII.
   Conversei com algumas pessoas e lembro-me vagamente se ser algo relacionado ao apoio a deficientes físicos, uma espécie de reunião que aconteceria no local.

   Num salto rápido de cenas, lembro-me de estar em um bar de minha cidade, várias pessoas bebendo em mesinhas na calçada do estabelecimento. Procurava minha noiva (WTF! Eu fazendo boas ações e ela no bar!? kkk). Encontrei-me com alguns parentes dela que me informaram que estava em Campinas - SP (Cidade próxima a minha) em uma festa de fim de ano ( o.O) na casa da namorada de um primo dela. De toda forma fiquei "puto" no momento (apego = característica a ser trabalhada).
   Novamente uma mudança de cenas me levou a um grande salão de festas, que parecia ser dividido em pista e camarote, ambos lotados de pessoas. O ambiente parecia muito divertido. A iluminação era típica do tipo do lugar, geralmente escura com alguns canhõezinhos de efeitos de luz espalhados por toda área.
    Estando neste local não parecia estar especificamente no camarote ou na pista, mas via a situação como se fosse uma câmera de filmes, focando diversos acontecimentos isolados da festa, até que fui informando por uma espécie de "voz mental" que o salão se mudaria para virar uma piscina! E de repente os mecanismos por debaixo da pista foram acionados e esta fora dividida em diversas plataformas que se desencaixavam para abrir lugar para piscina.
Nossa! Quantas mudanças de cenários. Kkkk Será que esse relato foi um único sonho ou foram três fragmentos de sonhos?

A parte da voz mental foi bem interessante. Pois seu subconsciente enviou um mensagem antecipada e você captou a mensagem no ar e já ficou sabendo que o salão iria virar uma piscina. 

Essa técnica de visualizar cenas futuras, é muito boa para se usar na paralisia do sono. Na paralisia do sono você imagina uma cena nova e se imagina dentro da cena, deixando a paralisia do sono totalmente de lado para mergulhar em outro sonho.
avatar
Mensagens : 41
Pontos : 978
Honra : 24
Data de inscrição : 23/02/2015
Idade : 26
Localização : Mogi Guaçu/SP
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
9 / 9999 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos de Daniel PP

em Qui Fev 26, 2015 8:43 pm
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
Então Ramon! Não sei lhe explicar se foram diversos sonhos ou um só, isso tudo ocorreu num período que foi das seis horas da manhã até mais ou menos umas sete e meia. Mas essa mudança de cenas é bem comum nos meus sonhos mesmo! Quero testar essa técnica! Obrigado!


“Não me encerro nos limites de uma cidade: onde quer que me encontre, sou um estrangeiro”.
                                                                                   - Aristipo de Cirene
avatar
Mensagens : 41
Pontos : 978
Honra : 24
Data de inscrição : 23/02/2015
Idade : 26
Localização : Mogi Guaçu/SP
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
9 / 9999 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos de Daniel PP

em Dom Mar 01, 2015 9:36 am
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
Dia 01/03/2015 - A reencarnação de Budha e troca de tiros no lava-rápido

Bom dia, boa tarde,boa noite onironautas

   A lembrança do sonho de hoje se inicia no quarto de minha mãe, eu, ela, minha noiva e mais alguém, que não lembro em volta desta coisinha fofa:


Ele é filho de uma prima minha, tem seis meses mas no sonhos tinha somente quatro.
   Enquanto brincávamos com ele, ele começou a resmungar: "Ai meu braço está doendo", frase demasiadamente complexa para uma criança com essa idade.
   Nos entreolhamos impressionados, enquanto o bebê continuava falando até por fim revelar-se como uma reencarnação em sã consciência de um ser iluminado, com um propósito importante nesta esfera de existência.


     Num salto de cena, ou já noutro sonho estou ensinando minha noiva a dirigir. É noite e estamos numa rua da cidade, com um carro conversível " viva viva" que eu nunca vi na vida.
     Natty está no volante e eu ao seu lado, até que paramos em um lava rápido bem peculiar. Nós dois descemos do carro, enquanto este é lavado e uns sujeitinhos do local começam a me encarar de forma estranha.
    Sem camiseta, tatuagens de palhaço, shorts verde e cabelo de duas cores, pintado de loiro no punhado superior da cabeça.
    Lembro-me de num salto rápido pular do estabelecimento, e fora deste, usando como proteção a parede esquerda ao lado da porta do local, miro a pistola que carregava no sujeito. Ele saca uma arma (não me lembro qual) e trocamos alguns tiros. Por fim eu acerto alguns nele e ele tomba.
    No meio da confusão surgiram mais algumas pessoas armadas mas antes que pudessem fazer algo eu aciono uma espécie de dispositivo que tranca o lava rápido por fora (UFAAA!! viva2).


Última edição por Daniel PP em Dom Mar 01, 2015 9:38 am, editado 1 vez(es)


“Não me encerro nos limites de uma cidade: onde quer que me encontre, sou um estrangeiro”.
                                                                                   - Aristipo de Cirene
avatar
Mensagens : 1178
Pontos : 3928
Honra : 670
Data de inscrição : 25/03/2013
Idade : 22
Localização : Morretes/ PR
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuáriohttp://naturezaevolutiva.blogspot.com.br/

Re: Diário dos Sonhos de Daniel PP

em Dom Mar 01, 2015 5:31 pm
Realmente é um lindo bebê, espero que vire um futuro sonhador quando crescer, é tua tarefa Daniel, instruí-lo nessa área viu... É possível Daniel, muitos espíritos que estão reencarnando agora, já estão sendo preparados para um mundo de regeneração, o que indica que são mesmo melhores que nós. Não sei se seria o caso de ser Budha e tem que ter cuidado para alguns sonhos não virarem em obsessões, mas, nada tira a hipótese que esse menino seja um espírito missionário, só esperando para saber.

O loco, que coisa compulsiva esse segundo sonho, aposto que acordou eletrizado.

Abraços.
avatar
Mensagens : 41
Pontos : 978
Honra : 24
Data de inscrição : 23/02/2015
Idade : 26
Localização : Mogi Guaçu/SP
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
9 / 9999 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos de Daniel PP

em Seg Mar 02, 2015 8:21 am
Obrigado Emerson!

Então, quanto a história do ser iluminado, acho que desenvolvi essa fixação por Jonas, por ele ser um bebê sereno, sempre sorridente, com um olhar de compaixão, inclusive comentei algumas vezes com minha noiva sobre isso. O subconsciente teve ter trabalhado com essa "fixação".
E sim, concordo contigo sobre uma época de regeneração estar por vir e se assim desejar o universo, que eu possa instruir essa criança, sendo ela iluminada ou não, será um prazer pra mim!
Abraço a todos e bons sonhos!


“Não me encerro nos limites de uma cidade: onde quer que me encontre, sou um estrangeiro”.
                                                                                   - Aristipo de Cirene
avatar
Mensagens : 137
Pontos : 1415
Honra : 34
Data de inscrição : 01/05/2014
Idade : 15
Localização : Mundo dos sonhos
Sonhos Lúcidos :
200 / 999200 / 999
Sonhos Comuns :
890 / 999890 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos de Daniel PP

em Seg Mar 02, 2015 6:42 pm
ola daniel,prazer sou lucid muito feliz
sobre a criança,bem,se trata de uma dinvindade,mas nao entedi muito bem o signifacado,agora,quando sua mulher esta dirigindo,melhor coloca o capacete por que mulheres sao um desastre no volante kkk


Diário de sonhos lúcidos
Diário de sonhos não lúcidos
Anime das fotos

Os sonhos,um universo cheio de aventuras...
avatar
Mensagens : 41
Pontos : 978
Honra : 24
Data de inscrição : 23/02/2015
Idade : 26
Localização : Mogi Guaçu/SP
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
9 / 9999 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos de Daniel PP

em Sab Mar 07, 2015 2:00 pm
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
Olá Lucid Hunter! Obrigado pelos comentários!
Pode deixar! Vou por o capacete nela sim! hehe!

Reagindo com maestria a um assalto - 07/03/2015

Primeiramente, não aconselho ninguém a reagir a assaltos.

  Estava no que parecia ser a praça municipal daqui, era noite, estava acompanhado de dois amigos, mas não consigo lembrar quem eram. Fomos abordados por três indivíduos, eu sabia que eles tinham intenção de nos assaltar.
    Os indivíduos vinham pela calçada, um do lado do outro, bem como eu e meus amigos. Quando se aproximaram o suficiente do nosso grupo, o sujeito do meio, sem dizer uma palavra, levou a mão na cintura para sacar uma arma, num movimento rápido, empurrei seu ombro esquerdo e puxei o direito, fazendo ele ficar de costas pra mim, impedindo de sacar a arma.
    Saquei a arma da cintura dele e apontei na cabeça dele ameaçando atirar se os outros dois se aproximassem.



“Não me encerro nos limites de uma cidade: onde quer que me encontre, sou um estrangeiro”.
                                                                                   - Aristipo de Cirene
avatar
Mensagens : 1178
Pontos : 3928
Honra : 670
Data de inscrição : 25/03/2013
Idade : 22
Localização : Morretes/ PR
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuáriohttp://naturezaevolutiva.blogspot.com.br/

Re: Diário dos Sonhos de Daniel PP

em Dom Mar 08, 2015 11:27 am
Realmente nunca se deve reagir num assalto, só espero que nunca aconteça na realidade. E olha , você bem rápido ein... Abraços.
avatar
Mensagens : 41
Pontos : 978
Honra : 24
Data de inscrição : 23/02/2015
Idade : 26
Localização : Mogi Guaçu/SP
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
9 / 9999 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos de Daniel PP

em Qui Mar 12, 2015 8:59 am
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
Bom dia onironautas!

Em busca do vale encantado: A destruição & Vivendo no animalismo humano - 12/03/2015

   Eu fazia parte de uma animação em que todos os personagens eram dinossauros, inclusive eu! Lembro-me vagamente mas a animação dizia respeito a uma catástrofe em proporções mundias, parecia um tsunami gigante.
     Um narrador mental, falava sobre a necessidade do acontecimento e que estava relacionado a revolução espiritual e que os dinossauros tinham que lidar com a tristeza, algo assim.
     Foi bem incômoda a tristeza, lembro-me de um recife, o céu de um cinza-azulado anunciava uma tempestade indômita.




   No outro sonho eu era humano de novo! Estava em minha cidade, mas esta parecia ter sido tomada pelo caos. Era noite e eu me sentia como se não houvesse mais ordem em parte alguma. Havia multidões pelas ruas, parecia que muitos estavam embriagados ou sob efeitos de drogas.
   Fui parar em um beco onde cachorros dividiam o espaço com pessoas. Havia badulaques presos as paredes, lixo espalhado, um dos cachorros avançou em mim e eu o expulsei com um pontapé, seguido de um pisão na barriga. Lembro de ter ficado arrependido e com dó ao ouvir o chorinho do cachorro, que saiu com o rabinho entre as pernas.
    Depois do beco, estava num lugar que parecia uma festa enorme, uma multidão imersa num ritmo frenético parecia ter esquecido do caos que se passava lá fora.



“Não me encerro nos limites de uma cidade: onde quer que me encontre, sou um estrangeiro”.
                                                                                   - Aristipo de Cirene
avatar
Mensagens : 1178
Pontos : 3928
Honra : 670
Data de inscrição : 25/03/2013
Idade : 22
Localização : Morretes/ PR
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuáriohttp://naturezaevolutiva.blogspot.com.br/

Re: Diário dos Sonhos de Daniel PP

em Sab Mar 14, 2015 9:20 am
Um é o complemento do outro. Penso que os dinossauros seriam nosso lado mais primitivo e fato de fazerem referência a uma catástrofe que os poria em risco, é uma representação dum fenômeno que ameaça velhas estruturas mentais, essas que não queremos perder, mostrando-se aí através da tristeza. O segundo sonho mostra quais estruturas mentais essas, que serão varridas pela onda do progresso, o lixão sendo a podridão humana, os cães como impulsos agressivos e as pessoas em festa como a ignorância quanto aos problemas alheios. Pode ser que a mensagem do sonho seja algo que você possa usar numa futura situação para ajudar alguém numa conversa. Abraços.
avatar
Mensagens : 382
Pontos : 1910
Honra : 169
Data de inscrição : 08/01/2014
Idade : 21
Localização : RJ
Sonhos Lúcidos :
11 / 99911 / 999
Sonhos Comuns :
179 / 999179 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos de Daniel PP

em Sab Mar 21, 2015 6:21 pm
Daniel, meu xará, seus sonhos são muito legais de ler. Esse seu sonho do assalto, me lembrou de uma vez a uns 3 anos atrás (na vida real mesmo) em que eu reagi a um assalto e acabei levando 2 tiros.
Quanto ao sonho do bebê prodígio, eu fico meio assustado quando sonho com crianças muito novas com um vocabulário complexo.
Bem vindo ao fórum (mesmo eu estando quase 1 mês atrasado para dar boas vindas) e continue postando seus sonhos.


[...]
— E como eu posso te chamar?
— Bom, você pode me chamar de Daniel, que era o meu nome quando eu era totalmente humano, pode também me chamar de Lobo, que era meu nome quando eu era totalmente uma entidade cósmica. Mas você também pode me chamar de Pai.
— Pai?
— Sim, todos os lobos e lobisomens são meus filhos, todos vieram de mim.
[...]

avatar
Mensagens : 41
Pontos : 978
Honra : 24
Data de inscrição : 23/02/2015
Idade : 26
Localização : Mogi Guaçu/SP
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
9 / 9999 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos de Daniel PP

em Seg Mar 30, 2015 11:25 pm
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
Obrigado Licantropo! Caraca muleke tomou dois tiros? Tu é casca grossa ein!

Eu sou policial civil, convivo diariamente com pensamentos do gênero, apesar de nunca ter trocado tiros com a bandidagem, pois trampo numa área mais administrativa.

Hei de dar uma lida nos teus sonhos agora que resgatou seus tópicos.

30/03/2015 - Filme terrível e trio elétrico maluco

  Estávamos reunidos na sala de minha casa, eu, minha mãe, meu pai, minha noiva e mais algumas pessoas. Estava pra levar minha noiva até sua casa, quando ao sair para o quintal, percebi alguns indivíduos estranhos defronte ao portão, pareciam estar observando algo.
   Meu pai saiu pro quintal para me ajudar com a cachorra provavelmente (quando estou saindo com o carro a cadela sempre escapa, então alguém a segura para que eu possa sair), foi quando uma arma foi disparada.
   Um projétil penetrara o peito do meu velho, foi terrível! Eu o vi caindo com uma cara de dor e senti uma tristeza terrível tomando conta de mim. Enfiei os braços em suas axilas e o arrastei pra sala. Impetuosamente saí correndo em direção aos bandidos e tomei o que parecia ser uma FAL de um deles, consegui pegar dois deles, disparando com a arma, inclusive o que atirara no meu pai.
    Os outros escaparam correndo e eram muitos, pareciam mais de oito. Agarrei o maldito pelo corpo e decidi que levaria para casa pra mostrar pro meu pai que eu havia abatido seu agressor.
    Ocorre que misteriosamente o corpo dele encolheu até ficar do tamanho de um gato! perplexo  perplexo perplexo perplexo, Mesmo assim decidi levar a figurazinha esquálida. Ao chegar meu pai estava no colo de alguém, acho que era da minha mãe e eu fiquei muito puto por ninguém ainda ter ligado para o hospital ou SAMU que seja!
   Mas o mais bizarro ainda estava pra ocorrer: Na sala, conosco, havia um senhor oriental, com traços chineses, cabelo escorrido, magérrimo usando terno e uma maleta preta na mão, bem estilo corporativo. Ele ficara revoltado com situação e decidiu treinar kung- fu para caçar os fugitivos.
    De repente a "câmera" some de mim e foca esse senhor treinando em uma cachoeira, no estilo daqueles filmes de luta em que passa um tempo e o cara evolui, ele fazia movimentos e a água da cachoeira tomava forma de dragão. A compleição física do senhorzinho passou a ser musculosa e finalmente ele estava pronto! susto susto

   Tudo isso era um filme que estava vendo no cinema com minha noiva (AFFE/UFA!), e eu estava ansioso pra ver o senhorzinho pegando os moleques! Porém minha mina me arrastou pra fora do cinema pra ver um trio elétrico que tava rolando na cidade! Fiquei meio puto, mas enfim, comemos uns doces numa lojinha e ... num lembro de mais nada!


“Não me encerro nos limites de uma cidade: onde quer que me encontre, sou um estrangeiro”.
                                                                                   - Aristipo de Cirene
avatar
Mensagens : 2531
Pontos : 5611
Honra : 1043
Data de inscrição : 12/06/2013
Localização : Bahia
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos de Daniel PP

em Ter Mar 31, 2015 12:39 am
Licantropo escreveu:Daniel, meu xará, seus sonhos são muito legais de ler. Esse seu sonho do assalto, me lembrou de uma vez a uns 3 anos atrás (na vida real mesmo) em que eu reagi a um assalto e acabei levando 2 tiros.
Quanto ao sonho do bebê prodígio, eu fico meio assustado quando sonho com crianças muito novas com um vocabulário complexo.
Bem vindo ao fórum (mesmo eu estando quase 1 mês atrasado para dar boas vindas) e continue postando seus sonhos.
Caramba! Eu não tinha visto esse comentário, Licantropo. Você levou 2 tiros, depois de ser assaltado? Mas, graças a Deus que você sobreviveu. viva
avatar
Mensagens : 2531
Pontos : 5611
Honra : 1043
Data de inscrição : 12/06/2013
Localização : Bahia
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos de Daniel PP

em Ter Mar 31, 2015 12:52 am
Daniel PP escreveu:
Obrigado Licantropo! Caraca muleke tomou dois tiros? Tu é casca grossa ein!

Eu sou policial civil, convivo diariamente com pensamentos do gênero, apesar de nunca ter trocado tiros com a bandidagem, pois trampo numa área mais administrativa.

Hei de dar uma lida nos teus sonhos agora que resgatou seus tópicos.

30/03/2015 - Filme terrível e trio elétrico maluco

  Estávamos reunidos na sala de minha casa, eu, minha mãe, meu pai, minha noiva e mais algumas pessoas. Estava pra levar minha noiva até sua casa, quando ao sair para o quintal, percebi alguns indivíduos estranhos defronte ao portão, pareciam estar observando algo.
   Meu pai saiu pro quintal para me ajudar com a cachorra provavelmente (quando estou saindo com o carro a cadela sempre escapa, então alguém a segura para que eu possa sair), foi quando uma arma foi disparada.
   Um projétil penetrara o peito do meu velho, foi terrível! Eu o vi caindo com uma cara de dor e senti uma tristeza terrível tomando conta de mim. Enfiei os braços em suas axilas e o arrastei pra sala. Impetuosamente saí correndo em direção aos bandidos e tomei o que parecia ser uma FAL de um deles, consegui pegar dois deles, disparando com a arma, inclusive o que atirara no meu pai.
    Os outros escaparam correndo e eram muitos, pareciam mais de oito. Agarrei o maldito pelo corpo e decidi que levaria para casa pra mostrar pro meu pai que eu havia abatido seu agressor.
    Ocorre que misteriosamente o corpo dele encolheu até ficar do tamanho de um gato! perplexo  perplexo perplexo perplexo, Mesmo assim decidi levar a figurazinha esquálida. Ao chegar meu pai estava no colo de alguém, acho que era da minha mãe e eu fiquei muito puto por ninguém ainda ter ligado para o hospital ou SAMU que seja!
   Mas o mais bizarro ainda estava pra ocorrer: Na sala, conosco, havia um senhor oriental, com traços chineses, cabelo escorrido, magérrimo usando terno e uma maleta preta na mão, bem estilo corporativo. Ele ficara revoltado com situação e decidiu treinar kung- fu para caçar os fugitivos.
    De repente a "câmera" some de mim e foca esse senhor treinando em uma cachoeira, no estilo daqueles filmes de luta em que passa um tempo e o cara evolui, ele fazia movimentos e a água da cachoeira tomava forma de dragão. A compleição física do senhorzinho passou a ser musculosa e finalmente ele estava pronto! susto susto

   Tudo isso era um filme que estava vendo no cinema com minha noiva (AFFE/UFA!), e eu estava ansioso pra ver o senhorzinho pegando os moleques! Porém minha mina me arrastou pra fora do cinema pra ver um trio elétrico que tava rolando na cidade! Fiquei meio puto, mas enfim, comemos uns doces numa lojinha e ... num lembro de mais nada!
Será que o chinês não era o Bruce Lee? Kkkk

Agora a parte que seu pai leva um tiro no sonho, deve ter sido horrível. Mas, graças a Deus que tudo não passou de um sonho ruim.
avatar
Mensagens : 382
Pontos : 1910
Honra : 169
Data de inscrição : 08/01/2014
Idade : 21
Localização : RJ
Sonhos Lúcidos :
11 / 99911 / 999
Sonhos Comuns :
179 / 999179 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos de Daniel PP

em Ter Mar 31, 2015 1:05 am
Eu estava com 16 anos, tava voltando do senai, ele queria meu celular e o da minha prima, como eu não vi a arma, eu falei que não ia entregar (sim, eu era meio dodói), aí ele deu um tiro na minha perna e um na minha barriga e fugiu sem levar nada. Mas graças a Deus, tô aqui firme e forte 3 anos depois.

-

30/03/2015 - Filme terrível e trio elétrico maluco:
Estávamos reunidos na sala de minha casa, eu, minha mãe, meu pai, minha noiva e mais algumas pessoas. Estava pra levar minha noiva até sua casa, quando ao sair para o quintal, percebi alguns indivíduos estranhos defronte ao portão, pareciam estar observando algo.
Meu pai saiu pro quintal para me ajudar com a cachorra provavelmente (quando estou saindo com o carro a cadela sempre escapa, então alguém a segura para que eu possa sair), foi quando uma arma foi disparada.
Um projétil penetrara o peito do meu velho, foi terrível! Eu o vi caindo com uma cara de dor e senti uma tristeza terrível tomando conta de mim. Enfiei os braços em suas axilas e o arrastei pra sala. Impetuosamente saí correndo em direção aos bandidos e tomei o que parecia ser uma FAL de um deles, consegui pegar dois deles, disparando com a arma, inclusive o que atirara no meu pai.
Os outros escaparam correndo e eram muitos, pareciam mais de oito. Agarrei o maldito pelo corpo e decidi que levaria para casa pra mostrar pro meu pai que eu havia abatido seu agressor.
Ocorre que misteriosamente o corpo dele encolheu até ficar do tamanho de um gato! perplexo perplexo perplexo perplexo, Mesmo assim decidi levar a figurazinha esquálida. Ao chegar meu pai estava no colo de alguém, acho que era da minha mãe e eu fiquei muito puto por ninguém ainda ter ligado para o hospital ou SAMU que seja!
Mas o mais bizarro ainda estava pra ocorrer: Na sala, conosco, havia um senhor oriental, com traços chineses, cabelo escorrido, magérrimo usando terno e uma maleta preta na mão, bem estilo corporativo. Ele ficara revoltado com situação e decidiu treinar kung- fu para caçar os fugitivos.
De repente a "câmera" some de mim e foca esse senhor treinando em uma cachoeira, no estilo daqueles filmes de luta em que passa um tempo e o cara evolui, ele fazia movimentos e a água da cachoeira tomava forma de dragão. A compleição física do senhorzinho passou a ser musculosa e finalmente ele estava pronto! susto susto

Tudo isso era um filme que estava vendo no cinema com minha noiva (AFFE/UFA!), e eu estava ansioso pra ver o senhorzinho pegando os moleques! Porém minha mina me arrastou pra fora do cinema pra ver um trio elétrico que tava rolando na cidade! Fiquei meio puto, mas enfim, comemos uns doces numa lojinha e ... num lembro de mais nada!

Essa mudança abrupta no final do sonho foi 10, ainda mais tendo doce (essa minha personalidade de gordo). Mas bandido atirando em quem a gente ama é pra fazer o sangue subir pra cabeça mesmo. Que viagem essa do velhinho crescer na cachoeira e depois tudo virar um filme.


[...]
— E como eu posso te chamar?
— Bom, você pode me chamar de Daniel, que era o meu nome quando eu era totalmente humano, pode também me chamar de Lobo, que era meu nome quando eu era totalmente uma entidade cósmica. Mas você também pode me chamar de Pai.
— Pai?
— Sim, todos os lobos e lobisomens são meus filhos, todos vieram de mim.
[...]

avatar
Mensagens : 2531
Pontos : 5611
Honra : 1043
Data de inscrição : 12/06/2013
Localização : Bahia
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos de Daniel PP

em Ter Mar 31, 2015 2:01 am
Licantropo escreveu:Eu estava com 16 anos, tava voltando do senai, ele queria meu celular e o da minha prima, como eu não vi a arma, eu falei que não ia entregar (sim, eu era meio dodói), aí ele deu um tiro na minha perna e um na minha barriga e fugiu sem levar nada. Mas graças a Deus, tô aqui firme e forte 3 anos depois.
Na barriga foi perigoso. Porque poderia atingir algum orgão vital e ser fatal. Mas, na perna, se pegasse naquela veia aorta seria perigoso também. Porque você poderia se esvair em sangue. Mas, graças a Deus você conseguiu sobreviver. Acho que você pode dizer que tem dois aniversário. A data do seu nascimento e a data que Deus te salvou daquelas balas.
avatar
Mensagens : 1178
Pontos : 3928
Honra : 670
Data de inscrição : 25/03/2013
Idade : 22
Localização : Morretes/ PR
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuáriohttp://naturezaevolutiva.blogspot.com.br/

Re: Diário dos Sonhos de Daniel PP

em Ter Mar 31, 2015 12:51 pm
Nossa que choque Daniel, ver isso acontecer, espero que tenha acordado tranquilo. E olha, bem, soldado você ein...
E que bom que se revirou em filme, deu até vontade de comer algum doce em algum lugar. Abraços.
avatar
Mensagens : 41
Pontos : 978
Honra : 24
Data de inscrição : 23/02/2015
Idade : 26
Localização : Mogi Guaçu/SP
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
9 / 9999 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos de Daniel PP

em Ter Abr 07, 2015 11:44 pm
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
04/04/2015 - TRANSFERIDO PARA SETOR PARANORMAL E QUEDAS DE AVIÕES

Lembro-me que passara a fazer parte de espécie de setor da polícia civil responsável por assuntos paranormais. Estava morando em outra casa, era belíssima. Sabia que havia um tipo de entidade ali e ela se comunicava comigo por uma das paredes da casa.
De repente estamos, eu e minha família, em uma varanda da casa supramencionada e observamos alguns aviões no céu. Alguma coisa dera errado, relacionado com a entidade e magnetismo, três aviões, um a um foram atraídos para o chão com força violenta.



Um dos aviões era parecido com este.


“Não me encerro nos limites de uma cidade: onde quer que me encontre, sou um estrangeiro”.
                                                                                   - Aristipo de Cirene
avatar
Mensagens : 2531
Pontos : 5611
Honra : 1043
Data de inscrição : 12/06/2013
Localização : Bahia
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos de Daniel PP

em Qua Abr 08, 2015 2:34 am
Você disse uma coisa curiosa, Daniel PP. Na vida real, existe mesmo um setor da polícia civil responsável por assuntos paranormais ou isso foi só no sonho mesmo?

avatar
Mensagens : 41
Pontos : 978
Honra : 24
Data de inscrição : 23/02/2015
Idade : 26
Localização : Mogi Guaçu/SP
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
9 / 9999 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos de Daniel PP

em Qua Abr 08, 2015 9:10 am
Ramon eu soube de uma época em que foram contratados "médiuns" para auxiliarem em investigações, localizações de corpos, mas é mera especulação. Não tenho ciência de nada do tipo.



“Não me encerro nos limites de uma cidade: onde quer que me encontre, sou um estrangeiro”.
                                                                                   - Aristipo de Cirene
Conteúdo patrocinado

Re: Diário dos Sonhos de Daniel PP

Ver o tópico anteriorVoltar ao TopoVer o tópico seguinte
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum