Conectar-se
Os membros mais ativos do mês
3 Mensagens - 75%
1 Mensagem - 25%
Votação
Qual a técnica que você utiliza para ficar lúcido?
Teste de Realidade
45% / 15
Totem
15% / 5
Incubação
12% / 4
Gatilho
6% / 2
Gravador de Voz ou Sons Binaurais
6% / 2
Outros
15% / 5
Parceiros
 sonhos=
 sonhos=
 animes=

Compartilhe
Ver o tópico anteriorIr em baixoVer o tópico seguinte
avatar
Mensagens : 66
Pontos : 1341
Honra : 21
Data de inscrição : 03/07/2014
Localização : Nordeste
Sonhos Lúcidos :
6 / 9996 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Diário dos Sonhos Lúcidos do Prado M

em Sab Jul 05, 2014 1:05 am
Reputação da mensagem: 100% (2 votos)
Bem pessoal já tinha dito aqui que nunca tive uma experiência referente a sonhos lúcidos, estava enganado pois tive um durante uma paralisia e não o aproveitei porque estava com medo e depois porque eu não sabia o que era sonho lúcido pois nunca tinha ouvido falar.

(Não lembro a data exata do relato, mas foi no segundo semestre de 2013)

Ocorreu enquanto eu morava na minha antiga casa, eu havia acordado ás 6 da manhã pouco antes da minha mãe sair para trabalhar. Tinha dormido no sofá da sala e quando minha mãe saiu eu fiquei sozinho em casa, e como era de se esperar garrei no sono de novo. Sonhei com algo que não me lembro mais e depois tive um falso despertar, meu corpo estava paralisado e senti que tinha alguém em cima de mim. Logo conclui que era o pesadelo, o demônio que atormenta o sono. Sempre acreditei nisso pois era o que os meus familiares me falavam.

Eu orava pedindo ajuda a Jesus quando caia na paralisia, mas nesse dia não orei, acho que esqueci. Entrei em desespero tentando me mover, e aos poucos fui retomando os movimentos. Quando levantei do sofá que não era mais sofá porque já era uma cama de solteiro, mas o resto da sala pareceu normal. Essa cama era que ficava na sala da casa que eu morava antes dessa. Ou seja no sonho houve uma mistura de realidade com alucinação. Desde a paralisia eu estava ciente de que tudo isto não passava de um sonho.

O tal ser que eu pensava ser um demônio continuava me segurando e agarrei o pulso  dele para puxar o braço dele, e quando ele puxou o braço a mão dele deslizou pela minha mão. Senti aquela mão com uma sensação de se estivesse acordado, uma mão com dedos longos e arredondados no final, parecida com aquelas de alienígenas que vemos nos filmes. Quando me soltei e olhei diretamente para ele a imagem do sonho já estava embaçada, mas a silhueta também lembrou a de um alienígena. Então eu dei uma pesada no peito dele e no impulso me joguei pra cair de costas na cama onde eu estava deitado, e gritei ''Acorda !!!" e então despertei e já era umas 10 da manhã.

Se na época eu soubesse que o que aconteceu na paralisia não passa de alucinações eu teria aproveitado a oportunidade, já que no sonho eu consegui sai da paralisia e me mover normal.  13 Mas eu era refém do medo. Nessa mesma época tive um sonho em que consegui sai da paralisia, mas sempre que eu levantava da cama em que estava pra correr pra sala eu voltava pra cama de novo, é como se o sonho desse um reset. Fiquei nessa agonia durante um tempo no sonho até consegui acordar. Detalhe é que também sabia que era um sonho, porém o medo era tanto que eu tinha que sair daquele quarto de qualquer forma!

Essa semana mesmo tive uma paralisia que senti o ''pesadelo'' em cima de mim, comecei a orar e consegui me livrar do ''pesadelo''. Meu corpo continuava paralisado mas estranhamente não sentia mais nenhuma presença no quarto, era apenas eu. Diante disso fiquei calmo até acordar, mas depois pensei que daí poderia ter ido prum sonho lúcido 50 .

Bem jaja vou desligar o computador e tentar o método wild pra sonhar lucidamente. Se eu cair na paralisia e o tal pesadelo aparecer vou enfrentar meu medo, que era o que eu já devia ter feito a muito tempo.


''Tudo o que um sonho precisa para ser realizado é alguém que acredite que ele possa ser realizado.
avatar
Mensagens : 21
Pontos : 1297
Honra : 29
Data de inscrição : 29/06/2014
Idade : 18
Localização : São Paulo, SP
Sonhos Lúcidos :
1 / 9991 / 999
Sonhos Comuns :
78 / 99978 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos do Prado M

em Sab Jul 05, 2014 5:17 pm
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
Tenso aquele E.T. Demônio  perplexo Eu queria também ter essa facilidade para ter Paralisia do Sono  feliz 
Na próxima tenta ficar calmo, sem medo.


"Faze o que tu queres, será o todo da Lei". . .

avatar
Mensagens : 66
Pontos : 1341
Honra : 21
Data de inscrição : 03/07/2014
Localização : Nordeste
Sonhos Lúcidos :
6 / 9996 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos do Prado M

em Dom Jul 06, 2014 12:35 am
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
KKKkk Agora que já estudei sobre o tema manter a calma é mais fácil, afinal os pesadelos que tenho não são obras de terceiros, mas do meu próprio subconsciente. São meus sonhos e eu decido o que acontece neles feliz

A demora é só colocar o que se aprendeu em prática.


''Tudo o que um sonho precisa para ser realizado é alguém que acredite que ele possa ser realizado.
avatar
Mensagens : 1989
Pontos : 5707
Honra : 575
Data de inscrição : 10/03/2013
Idade : 17
Localização : Nippon, Namimori.
Sonhos Lúcidos :
50 / 99950 / 999
Sonhos Comuns :
300 / 999300 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos do Prado M

em Dom Jul 06, 2014 1:05 pm
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
Prado M. escreveu:
Spoiler:
Bem pessoal já tinha dito aqui que nunca tive uma experiência referente a sonhos lúcidos, estava enganado pois tive um durante uma paralisia e não o aproveitei porque estava com medo e depois porque eu não sabia o que era sonho lúcido pois nunca tinha ouvido falar.

(Não lembro a data exata do relato, mas foi no segundo semestre de 2013)

Ocorreu enquanto eu morava na minha antiga casa, eu havia acordado ás 6 da manhã pouco antes da minha mãe sair para trabalhar. Tinha dormido no sofá da sala e quando minha mãe saiu eu fiquei sozinho em casa, e como era de se esperar garrei no sono de novo. Sonhei com algo que não me lembro mais e depois tive um falso despertar, meu corpo estava paralisado e senti que tinha alguém em cima de mim. Logo conclui que era o pesadelo, o demônio que atormenta o sono. Sempre acreditei nisso pois era o que os meus familiares me falavam.

Eu orava pedindo ajuda a Jesus quando caia na paralisia, mas nesse dia não orei, acho que esqueci. Entrei em desespero tentando me mover, e aos poucos fui retomando os movimentos. Quando levantei do sofá que não era mais sofá porque já era uma cama de solteiro, mas o resto da sala pareceu normal. Essa cama era que ficava na sala da casa que eu morava antes dessa. Ou seja no sonho houve uma mistura de realidade com alucinação. Desde a paralisia eu estava ciente de que tudo isto não passava de um sonho.

O tal ser que eu pensava ser um demônio continuava me segurando e agarrei o pulso  dele para puxar o braço dele, e quando ele puxou o braço a mão dele deslizou pela minha mão. Senti aquela mão com uma sensação de se estivesse acordado, uma mão com dedos longos e arredondados no final, parecida com aquelas de alienígenas que vemos nos filmes. Quando me soltei e olhei diretamente para ele a imagem do sonho já estava embaçada, mas a silhueta também lembrou a de um alienígena. Então eu dei uma pesada no peito dele e no impulso me joguei pra cair de costas na cama onde eu estava deitado, e gritei ''Acorda !!!" e então despertei e já era umas 10 da manhã.

Se na época eu soubesse que o que aconteceu na paralisia não passa de alucinações eu teria aproveitado a oportunidade, já que no sonho eu consegui sai da paralisia e me mover normal.  13 Mas eu era refém do medo. Nessa mesma época tive um sonho em que consegui sai da paralisia, mas sempre que eu levantava da cama em que estava pra correr pra sala eu voltava pra cama de novo, é como se o sonho desse um reset. Fiquei nessa agonia durante um tempo no sonho até consegui acordar. Detalhe é que também sabia que era um sonho, porém o medo era tanto que eu tinha que sair daquele quarto de qualquer forma!

Essa semana mesmo tive uma paralisia que senti o ''pesadelo'' em cima de mim, comecei a orar e consegui me livrar do ''pesadelo''. Meu corpo continuava paralisado mas estranhamente não sentia mais nenhuma presença no quarto, era apenas eu. Diante disso fiquei calmo até acordar, mas depois pensei que daí poderia ter ido prum sonho lúcido 50 .

Bem jaja vou desligar o computador e tentar o método wild pra sonhar lucidamente. Se eu cair na paralisia e o tal pesadelo aparecer vou enfrentar meu medo, que era o que eu já devia ter feito a muito tempo.

Nossa! perplexo A parte em que você chuta o bicho, sério, foi muito épica.  43 Me fez lembrar cena de anime. :33

Sim, não imagino o quão horrível deve ser a paralisia. Mas Prado, estou esperando ver você sair dela e arrebentar esse demônio ou alienígena, oque for. iori Agora é a sua vez de deixa-lo com medo. :33

Gostei bastante do seu relato, Prado. certo
avatar
Mensagens : 66
Pontos : 1341
Honra : 21
Data de inscrição : 03/07/2014
Localização : Nordeste
Sonhos Lúcidos :
6 / 9996 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos do Prado M

em Dom Jul 06, 2014 3:51 pm
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
KKK com certeza Master.

Estranhamente não tenho paralisia a 4 dias. Acho que já to colocando medo no tal pesadelo. HUEHUEHUE


''Tudo o que um sonho precisa para ser realizado é alguém que acredite que ele possa ser realizado.
avatar
Mensagens : 66
Pontos : 1341
Honra : 21
Data de inscrição : 03/07/2014
Localização : Nordeste
Sonhos Lúcidos :
6 / 9996 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos do Prado M

em Ter Jul 08, 2014 3:26 pm
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
Hoje meu primeiro sonho lúcido em que pude brincar nele tranquilamente \o/

Sonho lúcido 08/07/2014

Não tinha conseguido dormir á noite e só fui garrar no sono umas 6 da manhã. Quando acordei já era 1 da tarde. Deitei novamente porque não tinha nada pra fazer e sentia sonolência e meu corpo adormecendo. Quando abri o olho percebi que se dormisse cairia na paralisia do sono, mas então pensei que pra ter um sonho lucido era mais fácil dormir de novo após acordar e que a paralisia me ajudaria na hora de empurrar a consciência.

Então fechei o olho de novo e fui no embalo. Quando percebi meu corpo estava paralisado e o tal pesadelo estava em cima de mim de novo. Mas ignorei ele e empurrei minha consciência para sonhar, como eu tinha feito ontem. A sensação de forçar sua consciência durante a paralisia é de estar arrombando uma porta pra entrar em algum lugar.

Quando percebi de novo meu corpo não estava mais paralisado, mas ainda tinha a leve impressão de que o tal pesadelo estava por perto. Levantei do quarto e quando encontrei minha tia na porta dele pensei em fazer um reality check. Também havia encontrado outras pessoas da família e alguns detalhes da casa estavam diferentes mas até aí tudo bem. Então olhei para as minha mãos e me questionei se aquilo era realidade ou sonho. Minhas minhas estavam normais porém eu simplesmente soube que estava sonhando. Então tive uma alegria imensa e corri pra rua e ao sair nela corri de braços abertos e tentei voar mas não consegui.

Fiquei frustrado com aquilo, eu estava sonhando mas não podia fazer nada do que queria? O cenário do meu bairro no sonho era o bairro do CJ no GTA San Andreas, onde você começa o jogo. Então fiz uma segunda tentativa de voar e comecei a levitar, mas cai logo em seguida. Parecia que teria de aprender a voar como na realidade eu aprendi a andar e correr de bicicleta. Fiz uma terceira tentativa e consegui voar porém os movimentos para se manter no céu eram difíceis. Eram como se eu nadasse no ar. Voei por um tempo pensando em voz alta ''Nada disso aqui é real, o cenário e as pessoas são projeções da minha mente.''

Depois por alguma razão eu cai, quando cai venho alguém atrás de mim querendo me bater, eu apesar de saber que era um sonho corri também e voei de novo, depois voei baixo sobre quem tava querendo me bater e fiquei zuando. HU3HU3HU3 BR. Durante o voo tomava cuidado pra que se fosse cair caisse numa rua. Imagina eu cai num quintal com cão brabo e não ter espaço suficiente pra pegar o embalo de voar?

Então cai novamente na rua e dessa vez outra pessoa veio querendo me bater e eu decolei novamente. Porém chegou uma hora que não dava mais pra ficar voando, minhas vistas ficaram embaças e eu pousei em cima de uma árvore. Então senti meu corpo adormecendo e então despenquei da árvore meio doidão já que minha vistas já estavam confusas também. Quando bate no chão acordei.

Apesar do sonho ter sido curto só a sensação de ter podido voar foi incrível. Como eu tenho paralisia do sono direto vai ser mais fácil de treinar nos sonhos lúcidos para fazer qualquer coisa e aos poucos me tornar muito experiente. O gozado é que no sonho de hoje apareceu alguns personagens como seu Madruga e seu Barriga, pois na tv a criançada tava assistindo Chaves e eu ouvi tudo. E acabou indo comigo pros meus sonhos. Diante disso vou fazer uma experiência de que quando eu for cair na paralisia vou colocar algum filme ou desenho pra escutar antes de induzir um sonho pra ver se tenho sonhos com aquilo.


''Tudo o que um sonho precisa para ser realizado é alguém que acredite que ele possa ser realizado.
avatar
Mensagens : 1989
Pontos : 5707
Honra : 575
Data de inscrição : 10/03/2013
Idade : 17
Localização : Nippon, Namimori.
Sonhos Lúcidos :
50 / 99950 / 999
Sonhos Comuns :
300 / 999300 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos do Prado M

em Qua Jul 09, 2014 12:50 am
Prado M. escreveu:
Spoiler:
Hoje meu primeiro sonho lúcido em que pude brincar nele tranquilamente \o/

Sonho lúcido 08/07/2014

Não tinha conseguido dormir á noite e só fui garrar no sono umas 6 da manhã. Quando acordei já era 1 da tarde. Deitei novamente porque não tinha nada pra fazer e sentia sonolência e meu corpo adormecendo. Quando abri o olho percebi que se dormisse cairia na paralisia do sono, mas então pensei que pra ter um sonho lucido era mais fácil dormir de novo após acordar e que a paralisia me ajudaria na hora de empurrar a consciência.

Então fechei o olho de novo e fui no embalo. Quando percebi meu corpo estava paralisado e o tal pesadelo estava em cima de mim de novo. Mas ignorei ele e empurrei minha consciência para sonhar, como eu tinha feito ontem. A sensação de forçar sua consciência durante a paralisia é de estar arrombando uma porta pra entrar em algum lugar.

Quando percebi de novo meu corpo não estava mais paralisado, mas ainda tinha a leve impressão de que o tal pesadelo estava por perto. Levantei do quarto e quando encontrei minha tia na porta dele pensei em fazer um reality check. Também havia encontrado outras pessoas da família e alguns detalhes da casa estavam diferentes mas até aí tudo bem. Então olhei para as minha mãos e me questionei se aquilo era realidade ou sonho. Minhas minhas estavam normais porém eu simplesmente soube que estava sonhando. Então tive uma alegria imensa e corri pra rua e ao sair nela corri de braços abertos e tentei voar mas não consegui.

Fiquei frustrado com aquilo, eu estava sonhando mas não podia fazer nada do que queria? O cenário do meu bairro no sonho era o bairro do CJ no GTA San Andreas, onde você começa o jogo. Então fiz uma segunda tentativa de voar e comecei a levitar, mas cai logo em seguida. Parecia que teria de aprender a voar como na realidade eu aprendi a andar e correr de bicicleta. Fiz uma terceira tentativa e consegui voar porém os movimentos para se manter no céu eram difíceis. Eram como se eu nadasse no ar. Voei por um tempo pensando em voz alta ''Nada disso aqui é real, o cenário e as pessoas são projeções da minha mente.''

Depois por alguma razão eu cai, quando cai venho alguém atrás de mim querendo me bater, eu apesar de saber que era um sonho corri também e voei de novo, depois voei baixo sobre quem tava querendo me bater e fiquei zuando. HU3HU3HU3 BR. Durante o voo tomava cuidado pra que se fosse cair caisse numa rua. Imagina eu cai num quintal com cão brabo e não ter espaço suficiente pra pegar o embalo de voar?

Então cai novamente na rua e dessa vez outra pessoa veio querendo me bater e eu decolei novamente. Porém chegou uma hora que não dava mais pra ficar voando, minhas vistas ficaram embaças e eu pousei em cima de uma árvore. Então senti meu corpo adormecendo e então despenquei da árvore meio doidão já que minha vistas já estavam confusas também. Quando bate no chão acordei.

Apesar do sonho ter sido curto só a sensação de ter podido voar foi incrível. Como eu tenho paralisia do sono direto vai ser mais fácil de treinar nos sonhos lúcidos para fazer qualquer coisa e aos poucos me tornar muito experiente. O gozado é que no sonho de hoje apareceu alguns personagens como seu Madruga e seu Barriga, pois na tv a criançada tava assistindo Chaves e eu ouvi tudo. E acabou indo comigo pros meus sonhos. Diante disso vou fazer uma experiência de que quando eu for cair na paralisia vou colocar algum filme ou desenho pra escutar antes de induzir um sonho pra ver se tenho sonhos com aquilo.

Kkkkkkkkkk. Parabéns pelo Sonho Lúcido, Prado! Eu rachei quando você disse que saiu correndo na rua todo feliz da vida. iori

Estava na Groove Street? O_O Mas e ao redor, era igual ao GTA? :3 Voar é mesmo uma sensação muito boa. Mas imagina se você cai mesmo em um lugar fechado com um cão bravo? iori

Curti a leitura e sim, fatores externos influenciam em nossos Sonhos. xD
avatar
Mensagens : 30
Pontos : 1285
Honra : 15
Data de inscrição : 04/07/2014
Idade : 18
Localização : BRASIL RJ
Sonhos Lúcidos :
100 / 999100 / 999
Sonhos Comuns :
400 / 999400 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos do Prado M

em Qui Jul 10, 2014 6:41 pm
Maneiro cara essa tua facilidade de ter paralisias acho que isso é realmente um bom campo pra se explorar muitas coisas engraçado o seu modo BR de ser com o carinha  iori iori mas bem estranho esse lance de se pensar que a paralisia é quase uma entidade e tipo acho que crenças sem sentido ou não também ajudam bem a fé é um fator(e eu to falando de mais porque quando se disse pra eu dar uma olhada aki eu me senti meio obrigado a comentar e to extrapolando)
avatar
Mensagens : 66
Pontos : 1341
Honra : 21
Data de inscrição : 03/07/2014
Localização : Nordeste
Sonhos Lúcidos :
6 / 9996 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos do Prado M

em Qui Jul 10, 2014 7:47 pm
Master era o Groove Street sim, igualzinho.  6 

Jota já acreditei que a paralisia era obra de entidades, mas hoje sei que é apenas coisa do meu cérebro. Se existir alguma entidade que influencie isto ela só se aproveita dos distúrbios que a própria pessoa tem para perturbar a pessoa.

e BR é BR. HU3HU3HU3


''Tudo o que um sonho precisa para ser realizado é alguém que acredite que ele possa ser realizado.
avatar
Mensagens : 66
Pontos : 1341
Honra : 21
Data de inscrição : 03/07/2014
Localização : Nordeste
Sonhos Lúcidos :
6 / 9996 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos do Prado M

em Dom Dez 28, 2014 6:55 pm
Reputação da mensagem: 100% (2 votos)
Voltando a escrever aqui, muito emocionado :')

SONHO LÚCIDO 27/12/2014


Fui dormir era umas 3 e meia da manhã, meu objetivo era dormir só de manhã mas a dor de cabeça não deixou. Tive um sonho comum e quando despertei dele estava na paralisia do sono.

Tentei me mover mas não consegui, e o tal pesadelo tava em cima da cama me segurando. Com muito esforço consegui arrastar minhas pernas até a beirada da minha cama e meio que sentei nela. Neste balancei a beliche(sim, durmo numa beliche) e ela virou, não lembro porque fiz isso, mas tinha algum obstáculo ou na beliche ou na porta do quarto. Comecei a me mover normalmente e pulei a cama caída e sai do quarto. Então me dei conta de que estava sonhando, e pensei AEHOOOO finalmente.

Mas dessa vez não fiquei tão alegre a ponto de sair correndo e pulando, fiquei de boa, fui andando pelo corredor e cheguei a cozinha e me deparei com duas primas. Uma delas estava virada de costas e pensei comigo que ela poderia estar com o rosto diferente por ser um sonho, mas para minha surpresa seu rosto estava normal. Então tive uma ideia digamos safadinha, pegar de jeito uma das minhas primas, era um sonho mesmo e eu não tinha o que temer. Agarrei a que estivera de costas e comecei a beijá-la, e ela meio que tentava se soltar de mim sem entender nada.

Mas não me dei bem, enquanto eu beijava minha prima acabei saindo do sonho e me vi de novo deitado na cama paralisado e o pesadelo me segurando de novo. Pensei 'Mas que droga!', tentei me mover novamente e não lembro se consegui.

Não sei explicar se meu sonho teve um 'reset' e ele voltou pra onde eu tava(na paralisia) ou se da paralisia eu comecei a sonhar lucidamente e acordei deste sonho. De qualquer forma foi muito louco. heuehuh


Última edição por Marco Prado em Qui Jan 01, 2015 3:10 pm, editado 1 vez(es)


''Tudo o que um sonho precisa para ser realizado é alguém que acredite que ele possa ser realizado.
avatar
Mensagens : 66
Pontos : 1341
Honra : 21
Data de inscrição : 03/07/2014
Localização : Nordeste
Sonhos Lúcidos :
6 / 9996 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos do Prado M

em Qui Jan 01, 2015 3:07 pm
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
SONHO LÚCIDO 01/01/2015

Bom pessoal tive um sonho comprido esta manhã, e só fui ter a consciência de que estava sonhando nele no finalzinho, mas achei valer a pena postar aqui. Fui dormir era 4 da manhã. Sonhei com bastante coisa antes de ficar lúcido mas isso não postarei aqui.

No fim do sonho estava viajando numa estrada de volta para minha cidade num carro, era eu e uma mulher, não me lembro do rosto dela e também não a conhecia pois tinha pego carona. Não conversamos nada durante a viagem e eu sempre observava o jeito como ela dirigia e o jeito como conduzia o volante. A estrada era asfaltada mas estreita e não tinha faixa ou placa de sinalização e também havia pedestres e ciclistas passando por ela. Tinha medo pois a motorista era barbeira.

Quando entramos em uma curva a motorista perdeu o controle da direção e o carro passou direto e caiu numa ribanceira, gelei e pensei que tinha chegado a hora da minha morte. Não houve gritos meu nem da mulher. Lá do alto o carro seguiu caindo sem triscar no chão, como se levitasse. Caiamos em direção a cidade onde eu moro.

De repente minha consciência despertou e eu percebi que estava sonhando, fiquei surpreso pois os sonhos lúcidos que eu tivera antes tinham sido induzidos a partir de paralisia do sono e fiquei muito, mas muito aliviado. Nisso o carro estava perto de cair e já era mar que tava em baixo e não mais chão. Tentei usar a força da mente pra fazer o carro subir, só que não consegui controla-lo ou não deu tempo dele subir, não lembro exatamente. O carro despencou na água e eu acordei numa paralisia do sono.

Agora paralisado senti uma presença no quarto e tentei me proteger e manter a calma. Quando acordei fui direto pro computador postar aqui o sonho lúcido que eu tivera. Então acordei novamente e vi que antes tinha tido um falso despertar.

Apesar de o sonho ter sido enorme e minha consciência só ter despertado no fim dele, fiquei contente pois foi a primeira vez minha consciência despertou assim. E antes de dormir não desejei sonhar lucidamente e nem usei nenhuma técnica de indução e nem acordei no meio do sono. Tinha resolvido dar um descanso a mente pois eu estava forçando ela demais ao SL. Por ironia quando eu resolvei não fazer nada para sonhar lucidamente foi que acabei sonhando.

O mais legal que essa manhã no começo do sonho eu atirava mísseis com um canhão no meu bairro, sendo que eu sempre quis sonhar com canhões e mísseis. Ainda tive um SL, uma paralisia e um falso despertar. Bem loco de novo heuehueh


''Tudo o que um sonho precisa para ser realizado é alguém que acredite que ele possa ser realizado.
Mensagens : 11
Pontos : 1076
Honra : 2
Data de inscrição : 01/01/2015
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos do Prado M

em Qui Jan 01, 2015 5:22 pm
Eai marco,caraca que sonho doido kkkkk essas paralisias que voce tem são espontanêas ou voce pratica indução?
avatar
Mensagens : 66
Pontos : 1341
Honra : 21
Data de inscrição : 03/07/2014
Localização : Nordeste
Sonhos Lúcidos :
6 / 9996 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos do Prado M

em Qui Jan 01, 2015 5:51 pm
São espontâneas, as tenho desde os 10 anos de idade. Antes só aconteciam se eu dormisse de barriga pra cima, mas passaram a acontecer eu estando em qualquer posição. Mas a boa notícia é que só acontecem quando meu sono é irregular, tipo quando vou dormir tarde(como hoje). Por exemplo durante as aulas não tenho paralisia pois tenho que ter um sono regular pra estudar, mas quando chega as férias chega também as paralisias.


''Tudo o que um sonho precisa para ser realizado é alguém que acredite que ele possa ser realizado.
Mensagens : 11
Pontos : 1076
Honra : 2
Data de inscrição : 01/01/2015
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos do Prado M

em Qui Jan 01, 2015 6:06 pm
Entendi,eu tinha trauma de paralisia do sono porque quando era criança eu tinha bastante e sempre apareciam coisas assustadoras kkkkk mas hoje eu ja sei lidar com isso. Parabens pelo sonho lucido feliz
avatar
Mensagens : 1989
Pontos : 5707
Honra : 575
Data de inscrição : 10/03/2013
Idade : 17
Localização : Nippon, Namimori.
Sonhos Lúcidos :
50 / 99950 / 999
Sonhos Comuns :
300 / 999300 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos do Prado M

em Qui Jan 01, 2015 7:37 pm
Marco Prado escreveu:
SONHO LÚCIDO:


SONHO LÚCIDO 27/12/2014


Fui dormir era umas 3 e meia da manhã, meu objetivo era dormir só de manhã mas a dor de cabeça não deixou. Tive um sonho comum e quando despertei dele estava na paralisia do sono.

Tentei me mover mas não consegui, e o tal pesadelo tava em cima da cama me segurando. Com muito esforço consegui arrastar minhas pernas até a beirada da minha cama e meio que sentei nela. Neste balancei a beliche(sim, durmo numa beliche) e ela virou, não lembro porque fiz isso, mas tinha algum obstáculo ou na beliche ou na porta do quarto. Comecei a me mover normalmente e pulei a cama caída e sai do quarto. Então me dei conta de que estava sonhando, e pensei AEHOOOO finalmente.

Mas dessa vez não fiquei tão alegre a ponto de sair correndo e pulando, fiquei de boa, fui andando pelo corredor e cheguei a cozinha e me deparei com duas primas. Uma delas estava virada de costas e pensei comigo que ela poderia estar com o rosto diferente por ser um sonho, mas para minha surpresa seu rosto estava normal. Então tive uma ideia digamos safadinha, pegar de jeito uma das minhas primas, era um sonho mesmo e eu não tinha o que temer. Agarrei a que estivera de costas e comecei a beijá-la, e ela meio que tentava se soltar de mim sem entender nada.

Mas não me dei bem, enquanto eu beijava minha prima acabei saindo do sonho e me vi de novo deitado na cama paralisado e o pesadelo me segurando de novo. Pensei 'Mas que droga!', tentei me mover novamente e não lembro se consegui.

Não sei explicar se meu sonho teve um 'reset' e ele voltou pra onde eu tava(na paralisia) ou se da paralisia eu comecei a sonhar lucidamente e acordei deste sonho. De qualquer forma foi muito louco. heuehuh

Não entendi muito bem esse inicio. Você virou a perna e meio que sentou nela? O_O É ninja? xD

Tinha algum obstáculo? Parece bug do GTA. Kkkkkk A famosa parede invisível.

Vai ver a sua prima não gostou de você ter beijado ela, daí te deixou paralisado. iori Você não sentiu medo não?
avatar
Mensagens : 66
Pontos : 1341
Honra : 21
Data de inscrição : 03/07/2014
Localização : Nordeste
Sonhos Lúcidos :
6 / 9996 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos do Prado M

em Qui Jan 01, 2015 9:16 pm
@Sun3535: Normal o medo no começo, ainda sinto de vez quando, mas graças aos sonhos lúcidos tou aprendendo a lidar com isso. E obrigado C:

@Master: KKKkkk não, eu virei as pernas e sentei na cama mesmo.
             
Sla podia ser uma parede invisivel ou quem sabe alguem tava bloqueando a passagem e eu derrubei a beliche em cima dele, vai saber neh heuehueh.

Pode ter sido isso Crying or Very sad; E não vou mentir fiquei com um pouco de medo sim, mas passa. lol


''Tudo o que um sonho precisa para ser realizado é alguém que acredite que ele possa ser realizado.
avatar
Mensagens : 66
Pontos : 1341
Honra : 21
Data de inscrição : 03/07/2014
Localização : Nordeste
Sonhos Lúcidos :
6 / 9996 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos do Prado M

em Seg Jan 05, 2015 6:29 pm
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
SONHO LÚCIDO 04/01/2014 - Nº 4

Bom não vou relatar o sonho em si, pois nele encontrei com parentes meus que já morreram, e o considero muito pessoal para relatar aqui. A situação de estar em um sonho normal conversando com uma pessoa e de repente vir a consciência daquilo ser um sonho e saber que a pessoa na sua frente vai estar morta quando você acordar é embaraçosa.

Tou postando aqui sobre este sonho para ficar registrado e porque no final dele aconteceu uma coisa no mínimo bizarra. Dormi era uma 7 e 30 da noite, antes tinha assistido um vídeo com mensagens subliminares para induzir ao sonhos lúcidos. O mesmo que eu assiste no dia 1. Apesar do vídeo estar em inglês parece que ele influência minha mente, pois quando o assisto minha consciência desperta no sonho.

Comecei tendo um sonho normal, aí veio a lucidez. O engraçado é que assim que eu fiquei lúcido perguntei a algumas pessoas ''Estou sonhando? Hein? Estou sonhando?'' e elas responderam ''Não''. Apesar de eu estar lúcido o sonho começou a ficar normal e fui perdendo a consciência. Mas ela voltou e foi de novo e ficou nesse vai e vem algum tempo. No final a estrutura do sonho se desfez e senti meu corpo acordando e esfreguei as mãos para tentar prolongar os sonhos, mas caí na paralisia do sono.

Apesar de eu ja estar habituado a paralisia essa me deixou encabulado. Estava deitado sem conseguir me mover(daaããã) no chão de um grande salão branco. Ele era cheio de símbolos, que não lembro direito como eram e tinha dois símbolos enormes que se destacavam dos outros. Então uma voz de narrador começou a falar que os dois símbolos maiores eram os símbolos do Bem e do Mal(No caso Deus e o diabo). E ficou enchendo meus ouvidos com um monte de frases estranhas, tipo falou sobre a rebelião que o diabo tinha feito no céu para tentar tomar o poder de Deus e o símbolo que ele(o diabo) tinha criado depois de ter caído do céu, que era o símbolo do mal que havia no salão. Mas eu não tava nem aí pra isso, só queria saber de acordar.

De repente o símbolo do mal que estava no salão começou a ficar maior, e mais alto. No salão ainda tinha uma porta enorme e esta estava entre aberta. E quando o símbolo do mal ficou maior que o do bem entrou no salão o diabo em pessoa(no caso do sonho é claro). Não lembro direito da aparência dele, acho que era homem e loiro e usava terno. Enfiam acordei muito assustado e não dormi mais a noite.

Uma coisa que tenho de me lembrar durante uma paralisia é que o sonho é meu, eu mando nele. Mas na hora me deixo levar pelo medo e deixo meu sonho me conduzir. Muito chato isso.

E o sonho que tive na paralisia pode ter sido influenciado pela TV, pois na hora passava o filme ''A Batalha de Riddick'' que tem inspiração no livro do apocalipse da Bíblia.


''Tudo o que um sonho precisa para ser realizado é alguém que acredite que ele possa ser realizado.
avatar
Mensagens : 2531
Pontos : 5708
Honra : 1044
Data de inscrição : 12/06/2013
Localização : Bahia
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos do Prado M

em Seg Jan 05, 2015 8:00 pm
A paralisia do sono pode influenciar positivamente ou negativamente no sonho. Isso vai depender do grau de conhecimento que o onironauta tem sobre ela. É por isso que é sempre bom acumular conhecimento sobre o assunto. Aprender técnicas para manter o controle da situação e vencer o medo e a ansiedade causada durante a experiência é fundamental para quem já passou e ou pretende passar por uma paralisia do sono.certo
avatar
Mensagens : 66
Pontos : 1341
Honra : 21
Data de inscrição : 03/07/2014
Localização : Nordeste
Sonhos Lúcidos :
6 / 9996 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos do Prado M

em Ter Jan 06, 2015 2:58 am
Desde que comecei a ter pesquiso sobre a paralisia do sono, na internet é claro e também com parentes. Inclusive os relatos dos meus parentes sobre paralisias são bem mais bizarros que os meus. De qualquer forma me falta sim ter técnicas e calma para reverter o quadro da paralisia a meu favor, mas como com certeza a paralisia vai voltar acho que ainda terei muitas oportunidades para praticar KKK


''Tudo o que um sonho precisa para ser realizado é alguém que acredite que ele possa ser realizado.
avatar
Mensagens : 2531
Pontos : 5708
Honra : 1044
Data de inscrição : 12/06/2013
Localização : Bahia
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos do Prado M

em Ter Jan 06, 2015 3:35 pm
Marco Prado escreveu:Desde que comecei a ter pesquiso sobre a paralisia do sono, na internet é claro e também com parentes. Inclusive os relatos dos meus parentes sobre paralisias são bem mais bizarros que os meus. De qualquer forma me falta sim ter técnicas e calma para reverter o quadro da paralisia a meu favor, mas como com certeza a paralisia vai voltar acho que ainda terei muitas oportunidades para praticar KKK
entao, quando você ter outra paralisia do sono, primeiramente, fique calmo. Depois, observe um ponto distante de você no seu quarto de dormir. Tipo, a fechadura da porta, por exemplo. Imagine que você esta tocando a fechadura com a sua mão, sentindo o volume é a textura e observando a fechadura bem de perto. Essa técnica vai te ajudar a sair da paralisia do sono e voltar a ter mobilidade dentro do sonho.

P.S.: Usei a fechadura como exemplo, mas você pode visualizar qualquer cena perto ou longe de você, e aplicar a mesma técnica de tocar com a mão e observar de perto.  certo
avatar
Mensagens : 66
Pontos : 1341
Honra : 21
Data de inscrição : 03/07/2014
Localização : Nordeste
Sonhos Lúcidos :
6 / 9996 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos do Prado M

em Dom Set 20, 2015 2:47 am
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
SONHO LÚCIDO 14/09/2015 - Nº 07

Acordei por volta das 8 da manhã e dormi novamente, e tive uma paralisia do sono. Quando despertei da paralisia adormeci novamente e tive outra paralisia, só que desta vez tive um falso despertar. O cenário do sonho estava perfeito, apesar de não totalmente igual ao cenário da minha casa. Para me certificar de que estava sonhando olhei para as mãos e elas estavam perfeitas, mas continuei a olhar e eis que surge 6 dedos na minha mão esquerda. Pensei comigo: ''Estou sonhando!".

Bom, o sonho em si foi longo, mas não dá para relatá-lo aqui porque sua maior parte é +18, hehehe. Sexo não era meu objetivo inicial no sonho lúcido, na verdade antes de dormir pensei que queria criar um lobo gigante para montá-lo e sair apavorando geral. Até que me lembrei dessa ideia no sonho, mas não a coloquei em prática.

Neste sonho lúcido comecei a aplicar pela primeira vez a técnica das portas, mas só funcionou nas primeiras. Como na porta em que abri e vi um céu azul, pulei nele e cai numa cidadezinha. Em uma parte do sonho estava em casa e sai falando para os meus parentes que aquilo era um sonho, e que tudo o que viam e tocavam, inclusive eles mesmos, eram projeções. Começaram a me chamar de maluco e eu tentei fazer aparecer umas portas para provarem a eles que eu estava certo, mas não rolou. 13

Este SL foi legal, o problema é que na maior parte do tempo fui conduzido por ele, em vez de eu o conduzir. E em vários momentos não pude controlá-lo, como quando quis matar um carinha com tiro de raio laser, heuehueh.


''Tudo o que um sonho precisa para ser realizado é alguém que acredite que ele possa ser realizado.
avatar
Mensagens : 220
Pontos : 1133
Honra : 90
Data de inscrição : 08/10/2015
Idade : 41
Localização : Brasil
Sonhos Lúcidos :
3 / 9993 / 999
Sonhos Comuns :
999 / 999999 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos do Prado M

em Dom Out 11, 2015 3:20 pm
kkkkkkkkkkkkkkk suas experiências são muito maneiras, estar no bairro de GTA! Concordo com o The Master, sua prima deve ter pensado "vou dar um jeito nesse safado!" e puf, te paralisou kkkk gargalhada

Faz muitos anos que tive meu último sonho lúcido (os 3 que tive foi sem nenhum tipo de indução) mas há uns dias, tentando induzir um SL tive uma paralisia do sono e escutei alguém me chamando lá da cozinha, foi tão real que consegui sair da paralisia na hora, sentei na cama e olhei assustado para o lado da cozinha, jurava que tinha alguém ali! perplexo Mas quando caiu a ficha já era tarde... eu estava desperto, droga! Perdi a oportunidade de começar um SL Crying or Very sad

Algo que acho curioso e ao mesmo tempo sinistro é que todos os relatos de paralisia do sono que já li são experiências muito desagradáveis e sempre com a sensação de uma presença maléfica medo


Uma força misteriosa que funciona apenas com gatos:
avatar
Mensagens : 167
Pontos : 1125
Honra : 80
Data de inscrição : 29/07/2015
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos do Prado M

em Dom Out 11, 2015 10:54 pm
Lynx , realmente , as paralisias do sono são muito desagradáveis
eu sempre fui de dormir tarde e andava de mãos dadas com elas...
ate que li sobre sonhos lúcidos e paralisia do sono
e li q a paralisia do sono é a chave pra um sl
e então até hoje eu utilizo da paralisia do sono para sonhar feliz


"O sonho é a porta de entrada para o universo interior que existe dentro de nós."
Ramon
avatar
Mensagens : 220
Pontos : 1133
Honra : 90
Data de inscrição : 08/10/2015
Idade : 41
Localização : Brasil
Sonhos Lúcidos :
3 / 9993 / 999
Sonhos Comuns :
999 / 999999 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos do Prado M

em Seg Out 12, 2015 2:14 am
InexperientDreamer fiquei tão assustado quando comecei a experimentar uma que meu corpo acordou na mesma hora! medo  E olha que não vi nada, apenas escutei chamar meu nome kkk Mas pelo que estou pesquisando é uma das melhores técnicas para começar um SL. Acho que terei que encarar essa kkkkkk medomedomedo


Uma força misteriosa que funciona apenas com gatos:
avatar
Mensagens : 167
Pontos : 1125
Honra : 80
Data de inscrição : 29/07/2015
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos do Prado M

em Seg Out 12, 2015 9:31 pm
Lynx , acho que voce sabe mas....
A partir do momento em que você "Descobre" que aquilo
e apenas seu cérebro te "enganando"
Você não ve mais coisas , demônios etcs...
a segunda vez q eu tive um SL foi por causa de uma paralisia do sono...
eu escutava pessoas rindo e conversando
Tem la no meu diário se no caso voce não viu...

e eh mesmo uma ótima técnica pra ter um SL
Gostaria de pedir pra alguém mais experiente tentar explicar (apesar de eu achar impossível)
o porque da paralisia do sono virar um Sonho Lucido piscar


"O sonho é a porta de entrada para o universo interior que existe dentro de nós."
Ramon
Conteúdo patrocinado

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos do Prado M

Ver o tópico anteriorVoltar ao TopoVer o tópico seguinte
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum