Conectar-se
Os membros mais ativos do mês
8 Mensagens - 35%
6 Mensagens - 26%
4 Mensagens - 17%
3 Mensagens - 13%
1 Mensagem - 4%
1 Mensagem - 4%
Votação
Qual a técnica que você utiliza para ficar lúcido?
Teste de Realidade
45% / 15
Totem
15% / 5
Incubação
12% / 4
Gatilho
6% / 2
Gravador de Voz ou Sons Binaurais
6% / 2
Outros
15% / 5
Parceiros
 sonhos=
 sonhos=
 animes=

Compartilhe
Ver o tópico anteriorIr em baixoVer o tópico seguinte
avatar
Mensagens : 18
Pontos : 1218
Honra : 11
Data de inscrição : 22/06/2014
Idade : 25
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Diário dos Sonhos Lúcidos da Serika

em Seg Jun 23, 2014 6:03 pm
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
Olá!

Já me prolonguei bastante no tópico de apresentações, então vou tomar mais cuidado aqui, hehe.

Vou registrar aqui meus sonhos lúcidos para compartilhar experiências com vocês e também para me incentivar a ter mais sonhos lúcidos e pesquisar cada vez mais sobre o assunto.

Então fiquem à vontade para comentar, contar se tiveram experiências parecidas ou se conhecem algum tipo de teoria por trás de possíveis coisas intrigantes.

É isso  flor
avatar
Mensagens : 286
Pontos : 1763
Honra : 102
Data de inscrição : 29/11/2013
Idade : 24
Sonhos Lúcidos :
999 / 999999 / 999
Sonhos Comuns :
999 / 999999 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos da Serika

em Seg Jun 23, 2014 7:32 pm
Estou esperando para ler seu primeiro relato Serika/Anna  feliz 


Se há silêncio, deixe-o aumentar...algo surgirá
Se há tempestade, deixe-a rugir, ela acalmara!
avatar
Mensagens : 18
Pontos : 1218
Honra : 11
Data de inscrição : 22/06/2014
Idade : 25
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos da Serika

em Seg Jun 23, 2014 8:23 pm
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
19/06/2014
Quinta-Feira

Como eu contei no tópico de apresentações, tive esse sonho lúcido quando eu menos esperava, depois de alguns dias que conheci o site, quando eu já tinha até desistido de esperar por um. Eu estava muito cansada e fui dormir cedo na quarta (umas 20h). Acabei acordando sozinha na quinta, que era feriado, às 5h da manhã. Dormi de novo e tive o sonho.

Começou com um sonho não-lúcido, então vou relata-lo primeiro. Vou usar parênteses para incluir minhas observações, já acordada.

Não-Lúcido
Eu estava andando dentro de um cenário de jogo de suspense(o que é estranho, pois não tenho o hábito de jogar). Estava dentro das propriedades de uma mansão e era noite. Eu estava do lado de fora da mansão, em frente à porta de entrada da casa (já tinha passado pelo portão de entrada da propriedade, era bem arborizado lá dentro). Eu ainda não sabia que estava sonhando, mas sabia que estava dentro de um jogo, como se eu mesma fosse a personagem, jogando em primeira pessoa. (Não sei porque isso não me causou estranhamento, talvez eu acreditasse que era algum tipo de realidade virtual?) Lembro de me sentir bastante animada, tipo "nossa, que louco, tô dentro de um jogo, que tipo de coisa será que posso fazer?"

Antes de entrar na mansão, resolvi dar a volta pelo lado direito e ver o que tinha lá atrás. Estava bem escuro. Avistei um homem de chapéu encostado em uma árvore, de costas para mim. Pensei algo do tipo "se isso é um jogo, ele deve estar guardando a mansão ou algo do tipo, pode ser perigoso". Ainda assim fui até ele, em silêncio. Ele se virou para mim e me apontou uma arma. Como continuei avançando, ele atirou e começou a me perseguir. Não senti dor, mas tive um flash vermelho na minha visão, como acontece quando levamos tiro em jogos de primeira pessoa. Saí correndo enquanto ouvia outros tiros e entrei na mansão pela porta da frente.  

Lá dentro, logo no saguão, encontrei duas garotas que aparentemente eram minhas aliadas. Uma delas fechou a porta e ambas me conduziram para dentro da mansão, me fazendo ter cuidado para não chamar a atenção de novos vigias. Fomos adentrando a mansão cada vez mais, subindo escadas e passando por corredores. Fomos até o último andar e entramos em um quarto. Foi então que percebi que estava sonhando.


Sonho Lúcido
Não sei exatamente o que me fez perceber que estava sonhando, já que não fiz nenhum reality check, mas desconfio que foi a percepção de que subitamente ficou dia (tinha uma janela bem ampla que dava em uma sacada, no quarto, e estava bem claro, sendo que quando estava do lado de fora da mansão estava super escuro). Esse foi meu primeiro sonho lúcido legítimo (tive outras experiências do tipo na infância, mas este foi o primeiro depois de eu conhecer a teoria), então senti algo bem único, uma animação forte, como se estivesse experimentando algum tipo de super poder na vida real. Lembro de ter dito em voz alta para mim mesma, no sonho "Estou tendo um sonho lúcido." O entusiasmo foi tanto que senti que estava acordando (como se eu sentisse minha consciência voltando). Resolvi então me acalmar e consegui ficar "estável", sentindo que não tinha riscos de acordar (Primeira vez que isso me acontece, até onde eu lembro. Sempre que me sentia acordando - geralmente de um sonho legal - acabava acordando mesmo, nunca consegui impedir o despertar).

Bom, então eu estava dentro deste quarto da mansão com as 2 meninas. Lá dentro estava bem claro e de alguma forma eu soube que não estávamos mais sendo perseguidas nem correndo riscos. Na verdade foi como se o sonho tivesse mudado, não estava mais dentro de um jogo de suspense e sim em um hotel com aquelas 2 amigas (que não conhecia). Fui até a sacada e dei uma olhada lá fora. A casa não estava mais dentro dos terrenos da mansão, mas em algum tipo de colina. A visão que eu tive da janela foi a de pradarias. Só que em vez de grama era como se fosse uma colcha de retalhos, com umas formas geométricas no meio, como se fosse um circuito de computador ou coisa parecida  perplexo Não era uma paisagem natural. Era a confirmação de que eu precisava de que era mesmo um sonho.

Nessa hora quis sair voando sobre aquela paisagem, mas novamente o entusiasmo foi muito grande e me senti acordando (também senti um pouco de receio, pois sempre que sonho com voos tem o momento da queda e frio na barriga desagradáveis que acaba me acordando) . Mais uma vez consegui "estabilizar" e a sensação de despertar passou. Decidi voltar para dentro do quarto e agora, além das 2 meninas, também tinha 3 meninos que eram amigos delas.

Já que podia fazer o que quisesse, resolvi que queria ter o cabelo rosa (ó azideia). Quando desejei isso, olhei para a cama e percebi que uma das meninas estava sentada segurando um espelho. Ela o entregou para mim. Eu estava igual sempre, com o penteado que costumo usar, e me concentrei em fazer meu cabelo ficar rosa, só que nada mudou. Então me lembrei daquela experiência de puxar seu "eu do espelho" para fora e fazer perguntas. Pensei em fazer, mas acabei desistindo, pois senti que se fizesse esse esforço poderia me acordar, já que tentar deixar meu cabelo rosa já tinha exigido bastante concentração.

Eu estava frustrada por não ter conseguido colorir o cabelo, então olhei para o lado e percebi que havia um banheiro anexo ao quarto (tipo suíte). Em cima da pia do banheiro havia um potinho com tinta rosa! Uma das meninas disse: Pode usar!

Passei a tinta no cabelo e até coloriu na hora, mas depois saiu. Lembro de ter pensado "na vida real tem que descolorir primeiro". Então percebi que do lado do pote de tinta rosa havia um pote com tinta branca! (Estava racional demais, pelo visto  Crying or Very sad) Passei a tinta branca e, em vez de deixar fazer efeito, como um descolorante, passei a tinta rosa por cima direto. Aquela mecha ficou rosa do jeito que eu queria, mas depois a cor desapareceu de novo, então acabei desistindo.

Voltei para o quarto e estava todo mundo me olhando, como que esperando eu acabar de me arrumar para fazermos alguma coisa. Fiquei pensando no que gostaria de fazer e 2 coisas vieram à minha cabeça: 1. Será que consigo manipular as outras pessoas do sonho? e 2. Será que sinto dor num sonho lúcido?
Então desejei que uma das garotas me batesse (ó azideia²). E, de fato, ela me deu um tapinha no rosto, mas não senti nada. Não contente, desejei que ela fizesse de novo. Então ela me deu um tapa mais forte e eu senti, doeu! Inclusive na hora pensei "mas que diabos estou fazendo?".

Então me lembrei de uma conversa sobre sonhos lúcidos que havia tido com minha amiga naquela semana em que ela me contou que percebeu que estava sonhando e tirou a roupa só pra ver a reação das pessoas - e as pessoas agiram normalmente. Resolvi fazer o mesmo e tirei a blusa. Só que no meu sonho eles acharam estranho! As meninas viraram o rosto e fizeram cara de "aff" e os meninos ficaram tipo "wtf?" e dando risadinhas. (Talvez tenha sido resultado do meu apego exagerado à realidade)

Mas como estava sonhando não me preocupei em vestir de volta e simplesmente saí do quarto porque queria explorar o resto do hotel (e um dos garotos ficou me seguindo). Saí num corredor. A porta à frente do quarto onde estávamos dava para um tipo de consultório médico bem precário. Havia uma mesa de metal no centro, uma escrivaninha com papelada e coisas de escritório, uma estante com medicamentos e uma estante com livros. Voltei para o corredor e resolvi abrir a porta fechada lateral à do quarto onde o sonho lúcido começou.

Em vez de sair em um quarto, saí no interior de um ônibus rodoviário.
" />


Fui entrando pelo corredor e, quando olhei pela janela do ônibus, tive a visão de um prédio bem alto com uma casa construída no topo do prédio (o terraço do prédio era bem mais largo que a casa e a casa era tipo um sobrado, de 2 andares). E não era como se eu estivesse vendo isso de baixo (como se o ônibus estivesse no chão), era do alto mesmo, já que estava no andar mais alto da mansão/hotel, afinal. Fui mais para o fundo do ônibus e quando olhei pela janela vi uma arquibancada (dessas de estádio de futebol) azul, bem pertinho da janela. Tinha um ou dois caras sentados lá e eles conseguiam enxergar dentro do ônibus. O garoto que estava me seguindo sentou na cadeira à minha frente e ficou apoiado de barriga no encosto para falar comigo (igual a gente fica em excursões de escola/faculdade pra falar com o colega de trás). Me sentei na cadeira e então acordei com meu despertador.

Fim do sonho

Eu sei, isso ficou enorme, mas realmente me empolgo nos detalhes e explicações. Pra um primeiro sonho lúcido, acho que fiz bastante coisa.

Aqui um resumo das coisas mais importantes, pra quem tiver preguiça de ler:

- senti que estava acordando 2 vezes (quando percebi que estava sonhando e me empolguei e quando tentei voar) e consegui não acordar
- tentei ter o cabelo rosa, mas não consegui
- quando não consegui tingir o cabelo por meios "naturais", apareceram potinhos de tinta rosa e descolorante no sonho pra eu usar (ainda assim não funcionou)
- consegui fazer uma garota no sonho me bater e senti dor (primeiro não senti, depois sim)
- tirei a blusa para ver a reação das pessoas (se não iam ligar, já que eu sabia que era um sonho), mas elas ficaram sem graça/tirando sarro
- enxerguei paisagens fora do comum de forma muito nítida todas as vezes em que olhei pela janela


Mas o que mais me marcou foi a sensação de "empoderamento" ao perceber que estava sonhando, depois de alguns dias tentando ter um sonho lúcido, sem sucesso. É realmente nítido, sem nenhuma diferença de quando estamos acordados (exceto as coisas absurdas que podem acontecer, em relação à percepção e sentidos é igualzinho mesmo). Mesmo depois de acordar fiquei me sentindo super motivada, como se graças ao sonho eu tivesse recuperado a confiança em colocar em prática meus planos e coisa e tal.

Fim do relato!
avatar
Mensagens : 1989
Pontos : 5641
Honra : 575
Data de inscrição : 10/03/2013
Idade : 17
Localização : Nippon, Namimori.
Sonhos Lúcidos :
50 / 99950 / 999
Sonhos Comuns :
300 / 999300 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos da Serika

em Ter Jun 24, 2014 11:36 am
Kkkkkkkkkkkkk. Eu ri na parte em que você pede pra garota te bater! iori Também já senti dor em um Sonho Lúcido, só que no meu caso, a dor foi muito intensa. O_O

  Parece que você teve um sonho bem nítido e real. ^^ É estranho isso, porque geralmente é meio raro eu ter Sonhos Lúcidos que se compare com a realidade. Na verdade, é raro também eu ler relatos assim. xD Mas pra um "primeiro" Sonho Lúcido, você fez muita coisa!  *-*

 Pareceu bem mágico ter abrido uma porta e ter parado em um ônibus. Bem coisa de sonho mesmo!  Olha, sobre ter tirado a roupa pras ver a reação das pessoas, acho que eles reagiriam assim mesmo. xD Porque tem gente aqui do forum que saiu voando perto das pessoas, e elas ficavam tipo assim: "perplexo Meu deus, ele está voando!"

Esse seu Sonho Lúcido foi muito legal, Serika-senpai. ^^ -Dando uma de Moe. iori
avatar
Mensagens : 646
Pontos : 2430
Honra : 310
Data de inscrição : 20/10/2013
Idade : 28
Sonhos Lúcidos :
38 / 99938 / 999
Sonhos Comuns :
999 / 999999 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos da Serika

em Ter Jun 24, 2014 3:11 pm
Serika escreveu:
19/06/2014
Quinta-Feira

[justify]Como eu contei no tópico de apresentações, tive esse sonho lúcido quando eu menos esperava, depois de alguns dias que conheci o site, quando eu já tinha até desistido de esperar por um. Eu estava muito cansada e fui dormir cedo na quarta (umas 20h). Acabei acordando sozinha na quinta, que era feriado, às 5h da manhã. Dormi de novo e tive o sonho.
[/center]

Não desista de esperar sonhos lúcidos não porque eles sempre vem. Tenha isso em mente  muito feliz 

Analisando seu sonho parece que os métodos que são feitos nas ultimas horas de sono são eficazes para você ter sonhos lúcidos, apesar desse ter sido a primeiro, usar métodos como DEILD ou WBTB podem trazer bons resultados.

Eu adorei o modo com que seu relato e organizado e formatado. O titulo em negrito com o fonte 18 diferente ficaria ótimo, mais isso e só opinião pessoal.
Ótimo relato... abracaum  leitura 


CORES DOS MEUS RELATOS:

  • Analise ou pensamento/observação.
  • Dialogo, titulo
  • Descrição de um cenário/objeto/pessoa.
  • Realidade ou fato importante.

Orvalho do sonhar:
Fantasiar me conforta
Deslumbrado a imaginar
Sera que e so eu?
Ou alguem se importa?


para nao se desesperar
Sucumbir em expectativas
pois se nao suprir
Posso pelo menos sonhar

Sair desse lugar imundo
Fingir que nao e isso
Tornar tudo intenso
Criar o próprio mundo


Injetar alegria
Olhar fixo para o nada
Rir sozinho
Ate o final do dia


Sentir a liberdade ao voar
Observar o próprio reflexo
E fechar os olhos
Para voltar a sonhar

(Hiriu)
avatar
Mensagens : 286
Pontos : 1763
Honra : 102
Data de inscrição : 29/11/2013
Idade : 24
Sonhos Lúcidos :
999 / 999999 / 999
Sonhos Comuns :
999 / 999999 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos da Serika

em Ter Jun 24, 2014 7:18 pm
Eu sempre Fujo da dor nos sonhos e você pedindo para alguém lhe bater kkkkkkkkkkkkkkk

"As meninas viraram o rosto e fizeram cara de "aff" e os meninos ficaram tipo "wtf?" e dando risadinhas." ASIDHIAUSDHUIASHDUIASD ficaram babando kkkkk

Gostei do seu sonho bem explicado, voce é uma garota bem Empolgada kk e interessada no assunto, aposto que tudo não foi tão frustante como não conseguir pintar o cabelo todo de Rosa kkkkkkkkkk


Se há silêncio, deixe-o aumentar...algo surgirá
Se há tempestade, deixe-a rugir, ela acalmara!
avatar
Mensagens : 6
Pontos : 1190
Honra : 1
Data de inscrição : 21/06/2014
Idade : 21
Localização : Angra dos Reis
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos da Serika

em Ter Jun 24, 2014 9:54 pm
Seu SL foi bem grande, queria que o meu primeiro fosse assim tmbm. Acho que não vou aguentar a emoção e vou acabar acordando kkkk suas experiencias foram mt engraçadas, deve ser bem divertido olhar a expressão no rosto das pessoas dos sonhos...  certo 
avatar
Mensagens : 18
Pontos : 1218
Honra : 11
Data de inscrição : 22/06/2014
Idade : 25
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos da Serika

em Ter Jun 24, 2014 11:57 pm
The Master, foi bem nítido mesmo! Acho que dentre os lúcidos que já tive foi o primeiro com essa nitidez toda, mas já tive outros sonhos não-lúcidos com uma nitidez parecida. A ponto de eu ficar muito surpresa ao acordar e perceber que era tudo sonho (e sempre acordo super cansada desse tipo de sonho).
Acho que as minhas partes favoritas foi quando olhei pelas janelas e pude ver aquelas paisagens bizarras como se estivesse acordada!

Hiriu, obrigada! Agora não vou desistir mesmo, só estou esperando alguns compromissos passarem para poder me dedicar realmente a estudar as técnicas e tal. Obrigada pelas dicas, vou estudar melhor esses métodos!
E que bom que você gostou da organização, eu também sou muito preocupada com formatação de textos haha. Vou fazer o título do jeito que você falou no próximo relato  feliz 

Metal Garurumon, que bom que você gostou! Eu realmente me empolgo demais com certas coisas  gargalhada Até onde me lembro, só senti dor em sonhos dessa vez e em uma outra. Mas já senti sensações táteis e gostos em não-lúcidos... Inclusive teve uma vez em que desconfiei que estava sonhando e, para testar, coloquei a mão sobre uma superfície de metal. Como senti o frio da superfície, achei que não era sonho (mas era!) e continuei agindo normalmente. Só depois fui descobrir que é possível ter sensações sim.

Sou novata em fóruns, então não sei quotar e usar todas as funções direitinho ainda, por isso sintam-se à vontade para dar dicas.

Vou relatar outro sonho lúcido que tive ontem, agora. (Fiquei super surpresa de ter tido outro tão cedo - e também foi "sem querer").
avatar
Mensagens : 18
Pontos : 1218
Honra : 11
Data de inscrição : 22/06/2014
Idade : 25
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos da Serika

em Qua Jun 25, 2014 12:47 am
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
23/06/2014
Segunda-Feira

Esse foi bem mais rápido do que o outro e lembro bem pouco da parte não-lúcida. Não usei nenhum método e desta vez foi durante a noite de sono normal mesmo.

Não-lúcido
Lembro poucas coisas, mas estava em um tipo de pousada com a minha família e outras pessoas desconhecidas. (Não sei por que estou sonhando tanto com pousadas/hotéis. Talvez precise de férias.) Eu estava procurando pela minha prima. Subi uma escadaria bem larga e lá em cima encontrei minha prima conversando com uma mulher gorda de meia idade. Quando cheguei mais perto percebi que a mulher estava falando de um jeito bravo com ela, como se estivesse dando uma bronca, mesmo. Minha prima me viu e fez um sinal com as mãos de "depois a gente conversa". Ok, desci as escadas e, como não tinha nada pra fazer, resolvi ir lá fora. Era noite e a pousada tinha um jardim muito bonito, cheio de plantas e tal, parecia uma pracinha cercada por muros. Aí começou o sonho lúcido.


Sonho lúcido
Novamente não sei o que me fez perceber que era um sonho lúcido. Tenho a impressão de que isso acontece quando consigo enxergar o lado de fora dos lugares, seja pela janela ou saindo deles. Enfim, percebi que estava sonhando e "digeri" essa informação mais rápido do que da outra vez. Não fiquei parada pensando nem me dei tempo de ficar muito entusiasmada e correr o risco de acordar. Saí andando mais para o meio do jardim, sem pensar muito. No meio dele tinha um... hm, não sei o nome daquilo... sabe uma "casinha" que costuma ter no meio de praças? Da última vez não consegui postar imagens, vamos ver se essa vai (eu desenhei, pois não sei o nome pra pesquisar no google)

" />

E ela era azul assim mesmo (se a imagem estiver aparecendo). Aí eu me lembrei do filme Frozen e resolvi dar uma de Elsa. Fiz um movimento pra cima com os dois braços e, para minha surpresa, a casinha ficou toda "espetada", como se fosse mesmo feita de gelo e os fractais tivessem subido com o meu movimento. (Ok, vou tentar desenhar de novo).
" />

(Meu deus) Enfim, como vocês podem ver, não sou nenhuma desenhista, mas acho que deu pra entender a ideia. O efeito foi bem parecido com o do filme mesmo, quando a Elsa ergue o castelo de gelo.

Aí eu olhei para o alto e vi que não havia nenhuma estrela no céu, nem lua. Era um céu noturno bem limpo. Então fiz novamente o mesmo movimento com os braços para o alto com a intenção de que surgissem fogos de artifício. E deu certo! O céu ficou todo coberto por fogos explodindo, bem pertinho. Mas no momento em que os fogos apareceram (não sei, talvez não estivesse muito confiante de que tudo daria certo tão fácil dessa vez, já que da outra não consegui fazer nada de primeira) meio que me arrependi e me encolhi, com medo de me assustar com o barulho. Só que não fez barulho nenhum! Então me recompus e fiz a mesma coisa, levantei os braços e o céu ficou cheio de fogos coloridos explodindo de novo (sem barulho). Fiz isso mais uma ou duas vezes.

Comecei a andar pelo jardim e fui até o muro. Percebi que estava dia (Não lembro se houve uma transição ou se ficou dia de repente. Na verdade é como se o sonho "cortasse" pra essa parte em que estou parada em frente ao muro e já é dia. Não sei se perdi a lucidez e voltou aí ou coisa parecida). Desejei escalar o muro para ver o que havia do outro lado, então apareceram alguns sulcos na parede para eu poder encaixar as mãos e os pés e escalar. Não era muito alto, então subi com facilidade até conseguir enxergar do outro lado. E a visão era a de uma rua "pobre", com umas construções inacabadas, umas pessoas sem camisa e descalças sentadas na calçada, em pé ou andando de bicicleta. Então acordei com meu despertador.

Fim do sonho.

E, ao contrário do outro sonho, acordei super disposta e descansada. Quero dizer, eu acordei bastante animada do outro sonho por ter tido um sonho lúcido, mas ao mesmo tempo estava me sentindo acabada, como se estivesse me esforçado muito. Dessa vez não, acordei me sentindo totalmente descansada, o que é super raro.

Resumo dos feitos no sonho:
- inspirada pela Elsa, de Frozen, moldei uma casinha de gelo
- fiz fogos de artifício explodirem no céu umas 4 vezes
- fiz aparecerem sulcos em um muro para que eu pudesse escala-lo
- do outro lado vi uma rua "pobre"

Fim do relato!
avatar
Mensagens : 18
Pontos : 1218
Honra : 11
Data de inscrição : 22/06/2014
Idade : 25
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos da Serika

em Qua Jun 25, 2014 1:06 am
Lucas MRR, não tinha visto o seu comentário. Ah, você nunca teve um sonho lúcido? Que interessante, aqui no fórum descobri que muitas pessoas nunca tiveram um sonho lúcido (achei que todas já tinham tido, mesmo não sabendo). Torço para que você tenha um logo, então!
Acho que as pessoas me intimidam um pouco nos sonhos-lúcidos. Sei lá, elas são tão imprevisíveis quanto as pessoas reais, pelo jeito  perplexo 
avatar
Mensagens : 1989
Pontos : 5641
Honra : 575
Data de inscrição : 10/03/2013
Idade : 17
Localização : Nippon, Namimori.
Sonhos Lúcidos :
50 / 99950 / 999
Sonhos Comuns :
300 / 999300 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos da Serika

em Qua Jun 25, 2014 8:24 am
Serika escreveu:
Sou novata em fóruns, então não sei quotar e usar todas as funções direitinho ainda, por isso sintam-se à vontade para dar dicas.

Vou relatar outro sonho lúcido que tive ontem, agora. (Fiquei super surpresa de ter tido outro tão cedo - e também foi "sem querer").

  Então Serika, vou tentar ensinar oque eu sei. iori Se quiser quotear alguma mensagem, você pode simplesmente clicar na barrinha escrita "Citar" no canto da mensagem postada.

Exemplo:

  Ou, você pode escrever o código pra quotear.

Exemplo 2:

 Resumindo: Entre as aspas, você coloca o nome da pessoa, e, ao lado do "]" você coloca oque ela escreveu. E no final, você fecha o quote com o [/quote]. ^^

 Daí vai ficar algo mais ou menos assim:
Fulano de Tal escreveu:Haha, eu achei muito engraçado.

 Se quiser colocar em spoiler, você faz assim:

Exemplo:
Agora, se quiser colocar um título no spoiler, você escreve:

Exemplo 2:
Lembrando que no Spoiler você pode colocar também vídeos e imagens. :3

  Se quiser colocar uma imagem, você faz assim:

Exemplo:
Aonde eu escrevi link, você coloca o link da imagem. xD  Também há um modo de renderizar a imagem pelo próprio forum. Você faz assim:

Exemplo 2:
Aonde eu coloquei os zeros, você coloca o número que deseja pra renderizar a imagem. ^^

  Se quiser colocar vídeos, você pode clicar na barrinha do YouTube e inserir a URL.

Exemplo 1:

 Ou você pode colocar o código também.

Exemplo 2:

 Espero que tenha intendido. xD Porque nem eu sei se expliquei direito. iori
avatar
Mensagens : 6
Pontos : 1190
Honra : 1
Data de inscrição : 21/06/2014
Idade : 21
Localização : Angra dos Reis
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos da Serika

em Qua Jun 25, 2014 4:34 pm
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
Na verdade jah tive, soh q muito curto e só de observação, nunca andei. Gostaria de saber se dá pra sentir os pés no chão em um SL? Ah,pelo visto vc eh boa nisso heim, vejo q jah pegou o ritmo ;D
avatar
Mensagens : 18
Pontos : 1218
Honra : 11
Data de inscrição : 22/06/2014
Idade : 25
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos da Serika

em Seg Jul 07, 2014 10:05 pm
Master, obrigada, ajudou sim! Bom, vou continuar respondendo vocês desse jeito porque acaba dando no mesmo...

Lucas, entendi! Se você voltar a atenção para seus pés, dá sim. Você sente tudo como na vida real (ou pelo menos muito parecido). Às vezes também é como se eu me sentisse dormindo em algum lugar, também. Digo, eu tenho a visão, o tato, etc, mas ao mesmo tempo sinto a "sensação" de estar deitada, mesmo estando andando no sonho.

Bom, vou relatar 2 sonhos lúcidos que eu tive nas últimas duas semanas, agora.
avatar
Mensagens : 18
Pontos : 1218
Honra : 11
Data de inscrição : 22/06/2014
Idade : 25
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos da Serika

em Seg Jul 07, 2014 11:28 pm
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
03/07/14
Quinta-Feira

Desde o último sonho lúcido eu tinha 2 "planos de ação": usar super poderes de algum desenho que eu goste e voar. Escolhi Card Captor Sakura, que é meu anime preferido, e decidi que iria fazer a transformação mágica dela, com chave e tudo. Até assisti no youtube como era para relembrar, pois não lembrava mais das palavras certas.

Eu tenho quase certeza de que tive um sonho não lúcido "normal" nesta noite, acordei de manhã, antes do horário, e dormi logo em seguida. Aí sim tive o sonho lúcido. Relatarei ambos a seguir:

Não-Lúcido
(Foi longo e como faz um pouco de tempo que eu o tive, não lembro mais de tantos detalhes, por isso vou narra-lo resumidamente).
Era noite e eu estava na escola onde estudei, só que era como se lá fosse a minha faculdade (ambientada nos terrenos da escola). Estava acontecendo algum tipo de work-shop de moda ou costura (eu curso biológicas, nada a ver com moda) e além de mim, várias pessoas da faculdade estavam lá. Um professor nos ensinava a costurar uma calça, eu acho. Havia várias mesas no corredor da escola com tecidos, artigos de costura, máquinas de costura e recortes em papelão (acho que eram os modelos de costura) e o povo estava fazendo umas calças meio bizarras (lembro de uma amarela toda felpuda, com tecido de toalha). Ok, eu e um grupo de amigos resolvemos ou tivemos que ir buscar alguma coisa em outro lugar da faculdade. Pra isso, precisávamos atravessar um enorme lago que tinha no meio da faculdade (esse lago de fato existe na minha faculdade, mas não na minha escola, que é onde estávamos) usando uma tirolesa. Apesar de até então ser noite, quando atravessamos o lago já era dia.

*Inclusive isso é algo que nunca tinha reparado nos meus sonhos até começar a transcreve-los: a mudança da noite para o dia sem eu perceber quando exatamente isso aconteceu. Alguns pedaços do sonho lembro de terem acontecido à noite e outros, de dia.

Também tenho a lembrança de existir uns sofás no meio do campo de futebol da escola/faculdade e que eu me sentei lá para conversar com um amigo, mas não lembro se isso foi antes ou depois da tirolesa (era dia). Acho que foi antes porque do outro lado do lago o cenário era outro.

Do outro lado do lago não estávamos mais na minha escola/faculdade, era um porto de barcos com alguns restaurantes e lojas à beira do mar. Havia um grande criador de porcos (os porcos ficavam dentro de baias de madeira suspensas acima do mar e os dejetos deles caíam diretamente na água). Acho que acordei um pouco depois de explorar esse lugar.

*Diferente dos outros relatos, não houve uma transição gradual do sonho não-lúcido para o lúcido. Acordei completamente após o sonho não-lúcido e voltei a dormir imediatamente, já começando no sonho lúcido.


Sonho Lúcido
Já começa no quintal da minha casa e desde o começo percebo que estou sonhando. Não tenho certeza se disse ou apenas pensei "ah, um sonho lúcido". Na mesma hora decido seguir com o planejado e desejo encontrar um pingente de chave pendurado no meu pescoço. Passo a mão e não encontro nada. Fico andando de um lado para o outro no quintal enquanto passo a mão pelo meu pescoço, esperando que o colar apareça. Quando procurei pelo pingente colocando a mão por dentro do colarinho da blusa, ele estava lá. Paro de caminhar, seguro o pingente na palma das mãos e começo a recitar as palavras (que eu já tinha me dado o trabalho de decorar com antecedência).

Para quem não conhece o anime (e se você não conhece, sério, assista, mesmo que não goste de mahou shoujo  jedi ):


Coloquei dublado porque era assim que eu assistia quando criança e foi assim que eu decorei rs

Não apareceu o círculo mágico nem ficou tudo escuro, eu recitei as palavras enquanto a chave se transformava no báculo (também não fiz os malabarismos porque não faço a mínima ideia de como se faz isso ahuahua). Decidi voar, mas voar ainda usando os poderes da Sakura, já que estava em posse do báculo e tal. Estiquei uma mão pra frente e falei "Alada!" esperando que a carta aparecesse e ela apareceu mesmo! (sempre me impressiono quando as coisas que decido no improviso funcionam de primeira) Segurei o bastão com as duas mãos e apontei para a carta, que estava parada no ar. Só que aí rolou um pequeno momento de hesitação, pois percebi que não lembrava o que a Sakura dizia para usar os poderes da carta ( nao3 ). Mas eu improvisei e saiu algo como "Carta que guarda o poder das trevas... ahn... voe!" e funcionou, apareceram asas no meu báculo, eu montei nele e já começamos a flutuar, meio cambaleantes. Desejei subir mais pra poder ver além do muro do meu quintal e subi bem alto. Só que o que vi do outro lado não foi a casa dos meus vizinhos e sim o cenário dos portos do sonho não-lúcido! Do mesmo jeitinho, com o mar, os barcos atracados, as lojas, etc, e onde era a casa do meu vizinho estava aquela criação de porcos que eu falei. Sobrevoei a construção onde estavam os porcos de um jeito bem rápido, a ponto de ficar com medo de cair do báculo. Nessa hora acordei (simplesmente acordei, não teve a sensação de queda que costumo ter quando sonho com vôos).

Fim do sonho.

Resumo dos feitos realizados no sonho lúcido:
- Fiz aparecer um colar com pingente de chave no meu pescoço (depois de um pouco de concentração)
- Fiz a transformação da chave em báculo mágico de Card Captor Sakura
- Usei a carta alada para voar
- Sobrevoei o cenário do sonho não-lúcido que tinha acabado de sonhar antes de acordar e dormir de novo (e então ter o sl)

Fim do relato!
avatar
Mensagens : 1989
Pontos : 5641
Honra : 575
Data de inscrição : 10/03/2013
Idade : 17
Localização : Nippon, Namimori.
Sonhos Lúcidos :
50 / 99950 / 999
Sonhos Comuns :
300 / 999300 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos da Serika

em Ter Jul 08, 2014 12:41 am
Serika escreveu:
Spoiler:
23/06/2014
Segunda-Feira

Esse foi bem mais rápido do que o outro e lembro bem pouco da parte não-lúcida. Não usei nenhum método e desta vez foi durante a noite de sono normal mesmo.

Não-lúcido
Lembro poucas coisas, mas estava em um tipo de pousada com a minha família e outras pessoas desconhecidas. (Não sei por que estou sonhando tanto com pousadas/hotéis. Talvez precise de férias.) Eu estava procurando pela minha prima. Subi uma escadaria bem larga e lá em cima encontrei minha prima conversando com uma mulher gorda de meia idade. Quando cheguei mais perto percebi que a mulher estava falando de um jeito bravo com ela, como se estivesse dando uma bronca, mesmo. Minha prima me viu e fez um sinal com as mãos de "depois a gente conversa". Ok, desci as escadas e, como não tinha nada pra fazer, resolvi ir lá fora. Era noite e a pousada tinha um jardim muito bonito, cheio de plantas e tal, parecia uma pracinha cercada por muros. Aí começou o sonho lúcido.


Sonho lúcido
Novamente não sei o que me fez perceber que era um sonho lúcido. Tenho a impressão de que isso acontece quando consigo enxergar o lado de fora dos lugares, seja pela janela ou saindo deles. Enfim, percebi que estava sonhando e "digeri" essa informação mais rápido do que da outra vez. Não fiquei parada pensando nem me dei tempo de ficar muito entusiasmada e correr o risco de acordar. Saí andando mais para o meio do jardim, sem pensar muito. No meio dele tinha um... hm, não sei o nome daquilo... sabe uma "casinha" que costuma ter no meio de praças? Da última vez não consegui postar imagens, vamos ver se essa vai (eu desenhei, pois não sei o nome pra pesquisar no google)

" />

E ela era azul assim mesmo (se a imagem estiver aparecendo). Aí eu me lembrei do filme Frozen e resolvi dar uma de Elsa. Fiz um movimento pra cima com os dois braços e, para minha surpresa, a casinha ficou toda "espetada", como se fosse mesmo feita de gelo e os fractais tivessem subido com o meu movimento. (Ok, vou tentar desenhar de novo).
" />

(Meu deus) Enfim, como vocês podem ver, não sou nenhuma desenhista, mas acho que deu pra entender a ideia. O efeito foi bem parecido com o do filme mesmo, quando a Elsa ergue o castelo de gelo.

Aí eu olhei para o alto e vi que não havia nenhuma estrela no céu, nem lua. Era um céu noturno bem limpo. Então fiz novamente o mesmo movimento com os braços para o alto com a intenção de que surgissem fogos de artifício. E deu certo! O céu ficou todo coberto por fogos explodindo, bem pertinho. Mas no momento em que os fogos apareceram (não sei, talvez não estivesse muito confiante de que tudo daria certo tão fácil dessa vez, já que da outra não consegui fazer nada de primeira) meio que me arrependi e me encolhi, com medo de me assustar com o barulho. Só que não fez barulho nenhum! Então me recompus e fiz a mesma coisa, levantei os braços e o céu ficou cheio de fogos coloridos explodindo de novo (sem barulho). Fiz isso mais uma ou duas vezes.

Comecei a andar pelo jardim e fui até o muro. Percebi que estava dia (Não lembro se houve uma transição ou se ficou dia de repente. Na verdade é como se o sonho "cortasse" pra essa parte em que estou parada em frente ao muro e já é dia. Não sei se perdi a lucidez e voltou aí ou coisa parecida). Desejei escalar o muro para ver o que havia do outro lado, então apareceram alguns sulcos na parede para eu poder encaixar as mãos e os pés e escalar. Não era muito alto, então subi com facilidade até conseguir enxergar do outro lado. E a visão era a de uma rua "pobre", com umas construções inacabadas, umas pessoas sem camisa e descalças sentadas na calçada, em pé ou andando de bicicleta. Então acordei com meu despertador.

Fim do sonho.

E, ao contrário do outro sonho, acordei super disposta e descansada. Quero dizer, eu acordei bastante animada do outro sonho por ter tido um sonho lúcido, mas ao mesmo tempo estava me sentindo acabada, como se estivesse me esforçado muito. Dessa vez não, acordei me sentindo totalmente descansada, o que é super raro.

Resumo dos feitos no sonho:
- inspirada pela Elsa, de Frozen, moldei uma casinha de gelo
- fiz fogos de artifício explodirem no céu umas 4 vezes
- fiz aparecerem sulcos em um muro para que eu pudesse escala-lo
- do outro lado vi uma rua "pobre"

Fim do relato!

Esse sonho deve ter sido bem mágico, Serika!  43  Algo que me chama muita atenção em ver, é um céu limpo sem estrelas. Parece ser bem coisa de sonho!
 35 

Quando você fez uma casa de gelo, tipo a Elsa, sério, achei muito legal. Tinha lido um relato do Emerson aqui no forum, que ele havia feito tipo uma "Ponte" de gelo pra passar por um lugar inspirado no filme Frozen. *-* No momento em que você vê a rua, imagino como deve ter sido a visão. Pareceu ser um lugar bem destruído, como um fim de uma guerra.

Fogos de artifício é algo que eu ainda quero fazer em um Sonho Lúcido. :33

PS: As imagens não apareceram não, Serika. xD

Serika escreveu:Master, obrigada, ajudou sim! Bom, vou continuar respondendo vocês desse jeito porque acaba dando no mesmo...

Se deu no mesmo então não precisava agradecer. xD

Serika escreveu:
Spoiler:
03/07/14
Quinta-Feira

Desde o último sonho lúcido eu tinha 2 "planos de ação": usar super poderes de algum desenho que eu goste e voar. Escolhi Card Captor Sakura, que é meu anime preferido, e decidi que iria fazer a transformação mágica dela, com chave e tudo. Até assisti no youtube como era para relembrar, pois não lembrava mais das palavras certas.

Eu tenho quase certeza de que tive um sonho não lúcido "normal" nesta noite, acordei de manhã, antes do horário, e dormi logo em seguida. Aí sim tive o sonho lúcido. Relatarei ambos a seguir:

Não-Lúcido
(Foi longo e como faz um pouco de tempo que eu o tive, não lembro mais de tantos detalhes, por isso vou narra-lo resumidamente).
Era noite e eu estava na escola onde estudei, só que era como se lá fosse a minha faculdade (ambientada nos terrenos da escola). Estava acontecendo algum tipo de work-shop de moda ou costura (eu curso biológicas, nada a ver com moda) e além de mim, várias pessoas da faculdade estavam lá. Um professor nos ensinava a costurar uma calça, eu acho. Havia várias mesas no corredor da escola com tecidos, artigos de costura, máquinas de costura e recortes em papelão (acho que eram os modelos de costura) e o povo estava fazendo umas calças meio bizarras (lembro de uma amarela toda felpuda, com tecido de toalha). Ok, eu e um grupo de amigos resolvemos ou tivemos que ir buscar alguma coisa em outro lugar da faculdade. Pra isso, precisávamos atravessar um enorme lago que tinha no meio da faculdade (esse lago de fato existe na minha faculdade, mas não na minha escola, que é onde estávamos) usando uma tirolesa. Apesar de até então ser noite, quando atravessamos o lago já era dia.

*Inclusive isso é algo que nunca tinha reparado nos meus sonhos até começar a transcreve-los: a mudança da noite para o dia sem eu perceber quando exatamente isso aconteceu. Alguns pedaços do sonho lembro de terem acontecido à noite e outros, de dia.

Também tenho a lembrança de existir uns sofás no meio do campo de futebol da escola/faculdade e que eu me sentei lá para conversar com um amigo, mas não lembro se isso foi antes ou depois da tirolesa (era dia). Acho que foi antes porque do outro lado do lago o cenário era outro.

Do outro lado do lago não estávamos mais na minha escola/faculdade, era um porto de barcos com alguns restaurantes e lojas à beira do mar. Havia um grande criador de porcos (os porcos ficavam dentro de baias de madeira suspensas acima do mar e os dejetos deles caíam diretamente na água). Acho que acordei um pouco depois de explorar esse lugar.

*Diferente dos outros relatos, não houve uma transição gradual do sonho não-lúcido para o lúcido. Acordei completamente após o sonho não-lúcido e voltei a dormir imediatamente, já começando no sonho lúcido.


Sonho Lúcido
Já começa no quintal da minha casa e desde o começo percebo que estou sonhando. Não tenho certeza se disse ou apenas pensei "ah, um sonho lúcido". Na mesma hora decido seguir com o planejado e desejo encontrar um pingente de chave pendurado no meu pescoço. Passo a mão e não encontro nada. Fico andando de um lado para o outro no quintal enquanto passo a mão pelo meu pescoço, esperando que o colar apareça. Quando procurei pelo pingente colocando a mão por dentro do colarinho da blusa, ele estava lá. Paro de caminhar, seguro o pingente na palma das mãos e começo a recitar as palavras (que eu já tinha me dado o trabalho de decorar com antecedência).

Para quem não conhece o anime (e se você não conhece, sério, assista, mesmo que não goste de mahou shoujo jedi ):


Coloquei dublado porque era assim que eu assistia quando criança e foi assim que eu decorei rs

Não apareceu o círculo mágico nem ficou tudo escuro, eu recitei as palavras enquanto a chave se transformava no báculo (também não fiz os malabarismos porque não faço a mínima ideia de como se faz isso ahuahua). Decidi voar, mas voar ainda usando os poderes da Sakura, já que estava em posse do báculo e tal. Estiquei uma mão pra frente e falei "Alada!" esperando que a carta aparecesse e ela apareceu mesmo! (sempre me impressiono quando as coisas que decido no improviso funcionam de primeira) Segurei o bastão com as duas mãos e apontei para a carta, que estava parada no ar. Só que aí rolou um pequeno momento de hesitação, pois percebi que não lembrava o que a Sakura dizia para usar os poderes da carta ( nao3 ). Mas eu improvisei e saiu algo como "Carta que guarda o poder das trevas... ahn... voe!" e funcionou, apareceram asas no meu báculo, eu montei nele e já começamos a flutuar, meio cambaleantes. Desejei subir mais pra poder ver além do muro do meu quintal e subi bem alto. Só que o que vi do outro lado não foi a casa dos meus vizinhos e sim o cenário dos portos do sonho não-lúcido! Do mesmo jeitinho, com o mar, os barcos atracados, as lojas, etc, e onde era a casa do meu vizinho estava aquela criação de porcos que eu falei. Sobrevoei a construção onde estavam os porcos de um jeito bem rápido, a ponto de ficar com medo de cair do báculo. Nessa hora acordei (simplesmente acordei, não teve a sensação de queda que costumo ter quando sonho com vôos).

Fim do sonho.

Resumo dos feitos realizados no sonho lúcido:
- Fiz aparecer um colar com pingente de chave no meu pescoço (depois de um pouco de concentração)
- Fiz a transformação da chave em báculo mágico de Card Captor Sakura
- Usei a carta alada para voar
- Sobrevoei o cenário do sonho não-lúcido que tinha acabado de sonhar antes de acordar e dormir de novo (e então ter o sl)

Fim do relato!

Não cheguei a assistir Sakura Card Captor. T^T Mas Mahou Shoujo eu curto bastante.  35  Pra mim um dos melhores que já assisti do gênero foi Puella Magi Madoka Magica

Você conseguiu realizar o plano de ação. viva Foi engraçado a parte do improviso. iori

Muito legais os seus relatos, Serika! Continue postando para agente. certo
avatar
Mensagens : 646
Pontos : 2430
Honra : 310
Data de inscrição : 20/10/2013
Idade : 28
Sonhos Lúcidos :
38 / 99938 / 999
Sonhos Comuns :
999 / 999999 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos da Serika

em Ter Jul 08, 2014 1:18 am
Serika escreveu:
23/06/2014
Segunda-Feira
sabe uma "casinha" que costuma ter no meio de praças?

você quer dizer: Quiosque?

Serika escreveu:Só que o que vi do outro lado não foi a casa dos meus vizinhos e sim o cenário dos portos do sonho não-lúcido! Do mesmo jeitinho, com o mar, os barcos atracados, as lojas, etc, e onde era a casa do meu vizinho estava aquela criação de porcos que eu falei.

Uma coisa que percebi Serika, e que assim como os sonhos sao restos mnemônicos (Lembranças de coisas que fizemos quando estávamos acordados) nossos sonhos também pode representar um outro sonho, desde que também fiquem na memoria assim como as coisas que fazemos quando estamos acordados. O que coloca ele nos sonhos e a importância que damos ou pensamos naquilo, e ter acordado logo após o sonho tenha lhe colocado dentro daquele cenário novamente.  enojado Minha nossa, como sou ruim para explicar as cosias.

Ficaram ótimos seus relatos, vou roubar a ideia de colocar o resumo, já que você não registrou em cartório kkkkkkkkkkkk



CORES DOS MEUS RELATOS:

  • Analise ou pensamento/observação.
  • Dialogo, titulo
  • Descrição de um cenário/objeto/pessoa.
  • Realidade ou fato importante.

Orvalho do sonhar:
Fantasiar me conforta
Deslumbrado a imaginar
Sera que e so eu?
Ou alguem se importa?


para nao se desesperar
Sucumbir em expectativas
pois se nao suprir
Posso pelo menos sonhar

Sair desse lugar imundo
Fingir que nao e isso
Tornar tudo intenso
Criar o próprio mundo


Injetar alegria
Olhar fixo para o nada
Rir sozinho
Ate o final do dia


Sentir a liberdade ao voar
Observar o próprio reflexo
E fechar os olhos
Para voltar a sonhar

(Hiriu)
avatar
Mensagens : 18
Pontos : 1218
Honra : 11
Data de inscrição : 22/06/2014
Idade : 25
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos da Serika

em Ter Jul 08, 2014 1:23 am
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
05/07/14
Sábado


Esse sonho lúcido me pegou totalmente de surpresa. Eu não esperava ter outro tão cedo (por isso a narração de 2 sonhos lúcidos seguidos) e nem preparei nada para ele. Nem estava pensando no assunto, porque de quinta para sexta alguns assuntos desagradáveis ocuparam minha cabeça. Esse foi bem curto, não lembro do sonho que tive antes nem depois, só desse pequeno trecho lúcido (Logo que acordei, sabia que tinha sonhado com algo mais, mas logo esqueci. Continuei lembrando perfeitamente do pedaço lúcido, mas esqueci do que veio depois).

Sonho Não-Lúcido
Não lembro de nada, mas sei que tive um, pois logo que acordei ainda me lembrava. Inclusive, antes de eu perceber que estava sonhando e o sonho lúcido começar, eu estava sonhando com algo. Não lembro de onde eu estava vindo, mas atravessei uma porta e entrei em um quarto. Foi aí que percebi que estava sonhando.


Sonho Lúcido
Passei por uma porta e entrei em um quarto pequeno e vazio. Percebi que estava sonhando neste momento e disse em voz alta: Estou sonhando. Estou tendo um sonho lúcido.

O quarto era todo azul, porém não consegui definir se as paredes eram azuis ou se a iluminação é que era (ou os dois). A iluminação era bem branda e não havia nada no quarto além de duas portas, uma pela qual eu entrei e outra na parede oposta. Não entrava claridade por nenhuma das duas, era como se elas dessem para algum cômodo ou corredor escuro.

Eu não tinha planejado nada, então decidi fazer a primeira coisa que me veio à mente: repetir a transformação da Sakura Card Captors do último sl (Criei esse hábito de logo que percebo estar sonhando já sair fazendo alguma coisa, em vez de ficar parada pensando. É meio que um medo de ficar "consciente" demais e acabar acordando, como quase aconteceu no primeiro relato. Acho que é um mau hábito, vou me lembrar de não fazer isso da próxima vez. Vou tentar dar um tempo e uma refletida para ver se isso realmente me acordaria).

Eu procurei a chave no meu pescoço e ela já estava lá. Quando segurei ela nas mãos e comecei a tentar lembrar as palavras mágicas, a chave logo se transformou no báculo antes mesmo de eu dize-las (fiquei meio decepcionada, poxa, eu queria falar as palavras neutro). Já que só a intenção bastou, resolvi resumir o próximo passo e simplesmente estiquei o báculo para frente (não "conjurei" a carta antes) e disse "Alada!". A carta apareceu por um breve momento na ponta do báculo e logo em seguida ele criou asas. Subi em cima e voei um pouco acima do chão (o teto do quarto era relativamente baixo). Como não tinha muito para onde voar, pensei "Nossa, e se eu tentasse me transformar em outra heroína? Será que eu consigo passar de uma transformação pra outra no mesmo sonho?" Aí quis fazer a transformação da Sailor Moon (desculpem, eu adoro mahou shoujo olhos girando), ainda voando em cima do báculo. Não me preocupei em fazer certinho dessa vez. Estiquei os braços e disse "Moon prism power!" (sim, eu me sinto bastante ridícula narrando isso, mas é o que eu fiz, ué, não vou mentir). Só que não deu muito certo, digo, o báculo desapareceu e eu continuei flutuando sozinha, saíram uns brilhos e faíscas de mim e foi só, depois parou e eu continuei flutuando. Decepcionada, desci pro chão.

Então pensei "ok, chega de brincar, quero tentar aquela coisa do espelho de novo". Olhei para a parede vazia que estava na minha frente e percebi que, olhando bem, ela na verdade era um grande espelho. Só então, tendo uma visão do quarto todo pelo espelho, percebi que havia algo de macabro ali. Digo, eu estava sozinha dentro de um quarto vazio que aparentemente ficava no meio de uma construção que eu não fazia ideia de onde era, e estava escuro do lado de fora do quarto. Decidi fechar as portas, sem maiores motivos, apenas porque achei que me sentiria mais segura. Fui até cada uma das portas e as fechei. Voltei para frente do espelho, decidida a fazer aquilo de puxar a minha "eu" para fora e fazer perguntas a ela, para tentar falar com meu subconsciente e tal. Então as coisas começaram a ficar meio assustadoras.

Eu estava um pouco receosa de olhar diretamente para o espelho e ver "alguma coisa" dentro do quarto. Então em nenhum momento eu encarei meu reflexo diretamente, preferindo voltar meu olhar pra baixo. Quando eu subi os olhos para o meu reflexo, eu não estava lá (era como se fosse um vidro comum). Precisei me esforçar um pouco para o meu reflexo aparecer e ele aparecia e sumia. Então imaginei meu reflexo saindo do espelho, mesmo ele estando meio instável, pensando que fora do espelho seria mais fácil "me visualizar". Eu fazia movimentos de "venha" com os braços, bem perto do espelho. Então meu reflexo começou a sair, mas a imagem estava mudando, ficando mais assustadora, meu rosto ficando "demoníaco", olhos vermelhos, boca enorme, etc. Me afastei para perto da porta por onde tinha entrado, mas a imagem continuou saindo. Eu não tentei fazer a imagem voltar porque, apesar do medo, eu acreditava que ela não podia me fazer mal e que daria para conversar mesmo assim (se meu subconsciente queria se apresentar assim, ok). Mas daí entrou uma menina pela porta que eu tinha fechado (a mais perto de mim) e ela começou a atacar a "eu" macabra que saiu do espelho. Eu tentei fazer ela parar, mas já tinha perdido o controle da situação. Foi meio estranho, eu fiquei com medo e senti que não tinha mais poder sobre aquele sonho. Foi como se o sonho tivesse voltado a ser não-lúcido.

Depois disso, a última coisa que lembro é que saí pela porta e sei que o sonho continuou, pois me lembrava vagamente dele quando acordei, só que logo depois esqueci. Quando acordei, eu lembrava nitidamente que havia tido um sonho lúcido e que o sonho tinha mais um pedaço a mais (e eu achava que não estava lúcida nessa outra parte). Mas aí aconteceu aquilo de, um momento depois, não lembrar mais.

Fim do sonho.

Bom, esse sl me rendeu algumas reflexões:

1) Pra começar: a "eu" do espelho, o meu subconsciente, ser um monstro. Isso faz muito sentido, uma vez que ultimamente tenho refletido muito sobre autossabotagem, tinha até lido alguns textos sobre. Inclusive, uma das coisas que eu queria perguntar para a minha "eu" era "O que posso fazer para parar de me impedir de fazer as coisas que eu quero?" ou "Como superar as minhas próprias barreiras psicológicas?" Aí chamo meu subconsciente pra uma conversa e PAM, ele é um monstro. Ou seja, eu mesma tenho sido minha principal inimiga!

Sério, isso foi punk.

2) Outra coisa que venho percebendo com os relatos é que eu sou muito mais medrosa nos sonhos do que na "vida real". Digo, acordada eu não tenho medo nenhum dessas coisas que as pessoas costumam ter medo, como espíritos, escuro, ficar sozinha, altura, etc. Mas nos sonhos lúcidos tudo o que eu faço me assusta um pouco (o barulho dos fogos, voar e cair, olhar para o espelho, etc). Acho que é porque, na vida real, eu posso ser racional e dizer "isso não existe" ou "isso não vai acontecer". Nos sonhos, não! Tudo pode acontecer e tudo é bastante imprevisível. Vocês também sentem algo parecido?  

3) Quando a garota desconhecida apareceu para "me salvar", na hora eu lembrei da Mal, de A Origem. Digo, eu não queria ser salva, eu estava disposta a conversar com meu subconsciente monstro, mas ela apareceu e me impediu, e eu não pude fazer nada. E tenho a impressão de que essa pessoa continuou comigo no resto do sonho que eu não lembro.

4) Isso do sonho deixar de ser lúcido e se tornar um sonho "normal". Já aconteceu com vocês? De em vez de acordarem, simplesmente perderem a lucidez? Lembro que na hora que isso estava acontecendo, quando a garota entrou no quarto e eu senti que perdi o controle do sonho, eu me senti deitada dormindo, apesar de não me desligar do sonho. Vocês já sentiram isso? Tipo, ao mesmo tempo em que você sente os sentidos no sonho lúcido, você também sente o conforto da cama, a sonolência (aquele sono de quando a gente acaba de acordar), etc?

4.1) Algo parecido aconteceu em um sonho que tive ainda este ano, alguns meses antes do meu "primeiro" sonho lúcido. Foi um sonho que foi quase lúcido. Eu ainda não sabia nada sobre sonhos lúcidos, apesar de já ter tido alguns, e tive esse sonho super realista. No meio do sonho, lembro de ter pensado "hm, acho que estou sonhando..." e resolvi testar. Coloquei a mão sobre uma superfície de metal e como senti ela normal, dura, gelada, etc, me convenci de que não estava sonhando (eu ainda não sabia que nos sonhos lúcidos a gente também tem tato) e o sonho voltou a ser "não-lúcido", apesar de muito realista.

Fim do relato!

*Desculpem 2 relatos gigantescos seguidos, mas vocês já devem ter se acostumado com a minha empolgação exagerada  guitar E eu também não esperava ter 2 sl tão perto e acabei enrolando para transcreve-los.....
avatar
Mensagens : 18
Pontos : 1218
Honra : 11
Data de inscrição : 22/06/2014
Idade : 25
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos da Serika

em Ter Jul 08, 2014 3:09 am
Ah, sim, esqueci de dizer que no sonho do dia 03/07/14, quando estava tendo um sonho lúcido no quintal da minha casa, fiz meu primeiro reality check. Eu nunca precisei fazer um reality check para saber que estou sonhando, mas desta vez resolvi fazer um, mesmo tendo certeza de já estar em um sl, pois tinha algumas dúvidas sobre sua eficiência. Resolvi fazer o de contar os dedos. Olhei para minha mão imaginando se veria 6 dedos (achava que não, pois a gente pode mimetizar os sentidos e coisas da realidade nos sonhos) e vi mesmo! Minha mão estava embaçada e com 6 dedos.

Agora que estão acontecendo com maior frequência (confesso que não esperava por isso já que a única coisa que fiz foi começar a pensar em sonhos lúcidos, pois ainda não tive tempo de estudar os métodos e me dedicar realmente) e estou de férias, vou parar de brincar e começar a estudar de verdade, fazer os exercícios que o pessoal recomenda nos tópicos, etc.

A primeira coisa que vou fazer é uma lista de planos de ação "sério"

PLANOS DE AÇÃO
1. Encontrar um computador e acessar minhas memórias de infância (acho que foi em algum relato do The Master que eu vi isso e achei super legal!)
2. Inclinar a cabeça para trás e pedir para meu subconsciente me mostrar uma coisa hilária.
3. Inclinar a cabeça para trás e pedir para meu subconsciente para ver minha vida passada (eu não tenho certeza se acredito em reencarnações, sou bastante cética, mas VAI QUE)


Por enquanto serão só esses 3, para eu poder focar.

Também vou começar a anotar minhas tentativas, objetivos e avanços para a semana no que diz respeito ao que eu faço na vida real. ressalto 

METAS DA SEMANA
1. Fazer pelo menos 5 reality checks diários enquanto me imagino dentro de um sonho.
Isso inclui perguntar se estou sonhando, olhar para as mãos e contar os dedos e tentar me lembrar como eu cheguei aonde cheguei (Método de Tholey).
2. Perguntar "Estou sonhando?" toda vez que me encontrar em situações estranhas.
3. Tentar a técnica de incubação antes de dormir pelo menos 3 vezes e desejar que meu amigo Duca apareça no sonho.


*Para ficar organizado:
- relatos de sonhos serão precedidos de data e terão partes destacadas na cor rosa
- relatos sobre aplicação de métodos, estudos, etc (como esse) terão partes destacadas na cor azul
- resposta a comentários terão partes destacadas na cor amarela
avatar
Mensagens : 18
Pontos : 1218
Honra : 11
Data de inscrição : 22/06/2014
Idade : 25
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos da Serika

em Ter Jul 08, 2014 3:28 am
The Master
"Se deu no mesmo então não precisava agradecer. xD"
Não, as suas dicas foram bem úteis! É que, nesse caso, achei mais prático continuar "quotando" assim, mas quando surgir oportunidade vou tentar usar os outros artifícios hehe.

"Não cheguei a assistir Sakura Card Captor."
Melhor. Mahou-shoujo. Muito melhor do que Sailor Moon, na minha humilde opinião. Só gosto de Sailor Moon porque foi o pioneiro dos mahou-shoujo e por causa de todo o feminismo da série (apesar de ainda ter alguns conceitos machistas que me incomodam, completamente justificável pela época em que foi lançado e tal).

"Pra mim um dos melhores que já assisti do gênero foi Puella Magi Madoka Magica"
Amo/sou. Segundo melhor anime do gênero (porque o primeiro é Sakura Card Captor, obviamente, cof cof). Madoka é a revolução do mahou-shoujo <3

"Muito legais os seus relatos, Serika! Continue postando para agente."
Muito obrigada! Quero dar uma lida nos seus assim que puder!

Hiriu
"você quer dizer: Quiosque?"
Sim, quiosque é mais próximo. Vou tentar postar os desenhos DE NOVO ahuahua dessa vez usando as dicas do Master.


Quiosque antes da alteração (ele era azul assim mesmo)


Quiosque depois da alteração "Elsa" (ahuahuahua que ridículo, mas foi bem assim mesmo)

"Uma coisa que percebi Serika, e que assim como os sonhos sao restos mnemônicos nossos sonhos também pode representar um outro sonho, desde que também fiquem na memoria assim como as coisas que fazemos quando estamos acordados."
Sim, faz bastante sentido! Não é ruim pra explicar, não, deu pra entender.

"Ficaram ótimos seus relatos, vou roubar a ideia de colocar o resumo, já que você não registrou em cartório kkkkkkkkkkkk"
Pode roubar! Sou a maníaca da padronização ahuahuahua

Geral
Tenho algumas perguntas pra vocês (quem estiver lendo esse tópico, pode cair de para-quedas à vontade, rs)
- Qual a melhor coisa que vocês já fizeram num sonho lúcido?
- Qual a coisa mais assustadora que já aconteceu em um sl?
- Qual o melhor diário de sonhos lúcidos, na sua opinião, pra eu ler?
avatar
Mensagens : 1989
Pontos : 5641
Honra : 575
Data de inscrição : 10/03/2013
Idade : 17
Localização : Nippon, Namimori.
Sonhos Lúcidos :
50 / 99950 / 999
Sonhos Comuns :
300 / 999300 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos da Serika

em Qui Jul 10, 2014 2:08 am
Serika escreveu:
Spoiler:

05/07/14
Sábado


Esse sonho lúcido me pegou totalmente de surpresa. Eu não esperava ter outro tão cedo (por isso a narração de 2 sonhos lúcidos seguidos) e nem preparei nada para ele. Nem estava pensando no assunto, porque de quinta para sexta alguns assuntos desagradáveis ocuparam minha cabeça. Esse foi bem curto, não lembro do sonho que tive antes nem depois, só desse pequeno trecho lúcido (Logo que acordei, sabia que tinha sonhado com algo mais, mas logo esqueci. Continuei lembrando perfeitamente do pedaço lúcido, mas esqueci do que veio depois).

Sonho Não-Lúcido
Não lembro de nada, mas sei que tive um, pois logo que acordei ainda me lembrava. Inclusive, antes de eu perceber que estava sonhando e o sonho lúcido começar, eu estava sonhando com algo. Não lembro de onde eu estava vindo, mas atravessei uma porta e entrei em um quarto. Foi aí que percebi que estava sonhando.


Sonho Lúcido
Passei por uma porta e entrei em um quarto pequeno e vazio. Percebi que estava sonhando neste momento e disse em voz alta: Estou sonhando. Estou tendo um sonho lúcido.

O quarto era todo azul, porém não consegui definir se as paredes eram azuis ou se a iluminação é que era (ou os dois). A iluminação era bem branda e não havia nada no quarto além de duas portas, uma pela qual eu entrei e outra na parede oposta. Não entrava claridade por nenhuma das duas, era como se elas dessem para algum cômodo ou corredor escuro.

Eu não tinha planejado nada, então decidi fazer a primeira coisa que me veio à mente: repetir a transformação da Sakura Card Captors do último sl (Criei esse hábito de logo que percebo estar sonhando já sair fazendo alguma coisa, em vez de ficar parada pensando. É meio que um medo de ficar "consciente" demais e acabar acordando, como quase aconteceu no primeiro relato. Acho que é um mau hábito, vou me lembrar de não fazer isso da próxima vez. Vou tentar dar um tempo e uma refletida para ver se isso realmente me acordaria).

Eu procurei a chave no meu pescoço e ela já estava lá. Quando segurei ela nas mãos e comecei a tentar lembrar as palavras mágicas, a chave logo se transformou no báculo antes mesmo de eu dize-las (fiquei meio decepcionada, poxa, eu queria falar as palavras neutro). Já que só a intenção bastou, resolvi resumir o próximo passo e simplesmente estiquei o báculo para frente (não "conjurei" a carta antes) e disse "Alada!". A carta apareceu por um breve momento na ponta do báculo e logo em seguida ele criou asas. Subi em cima e voei um pouco acima do chão (o teto do quarto era relativamente baixo). Como não tinha muito para onde voar, pensei "Nossa, e se eu tentasse me transformar em outra heroína? Será que eu consigo passar de uma transformação pra outra no mesmo sonho?" Aí quis fazer a transformação da Sailor Moon (desculpem, eu adoro mahou shoujo olhos girando), ainda voando em cima do báculo. Não me preocupei em fazer certinho dessa vez. Estiquei os braços e disse "Moon prism power!" (sim, eu me sinto bastante ridícula narrando isso, mas é o que eu fiz, ué, não vou mentir). Só que não deu muito certo, digo, o báculo desapareceu e eu continuei flutuando sozinha, saíram uns brilhos e faíscas de mim e foi só, depois parou e eu continuei flutuando. Decepcionada, desci pro chão.

Então pensei "ok, chega de brincar, quero tentar aquela coisa do espelho de novo". Olhei para a parede vazia que estava na minha frente e percebi que, olhando bem, ela na verdade era um grande espelho. Só então, tendo uma visão do quarto todo pelo espelho, percebi que havia algo de macabro ali. Digo, eu estava sozinha dentro de um quarto vazio que aparentemente ficava no meio de uma construção que eu não fazia ideia de onde era, e estava escuro do lado de fora do quarto. Decidi fechar as portas, sem maiores motivos, apenas porque achei que me sentiria mais segura. Fui até cada uma das portas e as fechei. Voltei para frente do espelho, decidida a fazer aquilo de puxar a minha "eu" para fora e fazer perguntas a ela, para tentar falar com meu subconsciente e tal. Então as coisas começaram a ficar meio assustadoras.

Eu estava um pouco receosa de olhar diretamente para o espelho e ver "alguma coisa" dentro do quarto. Então em nenhum momento eu encarei meu reflexo diretamente, preferindo voltar meu olhar pra baixo. Quando eu subi os olhos para o meu reflexo, eu não estava lá (era como se fosse um vidro comum). Precisei me esforçar um pouco para o meu reflexo aparecer e ele aparecia e sumia. Então imaginei meu reflexo saindo do espelho, mesmo ele estando meio instável, pensando que fora do espelho seria mais fácil "me visualizar". Eu fazia movimentos de "venha" com os braços, bem perto do espelho. Então meu reflexo começou a sair, mas a imagem estava mudando, ficando mais assustadora, meu rosto ficando "demoníaco", olhos vermelhos, boca enorme, etc. Me afastei para perto da porta por onde tinha entrado, mas a imagem continuou saindo. Eu não tentei fazer a imagem voltar porque, apesar do medo, eu acreditava que ela não podia me fazer mal e que daria para conversar mesmo assim (se meu subconsciente queria se apresentar assim, ok). Mas daí entrou uma menina pela porta que eu tinha fechado (a mais perto de mim) e ela começou a atacar a "eu" macabra que saiu do espelho. Eu tentei fazer ela parar, mas já tinha perdido o controle da situação. Foi meio estranho, eu fiquei com medo e senti que não tinha mais poder sobre aquele sonho. Foi como se o sonho tivesse voltado a ser não-lúcido.

Depois disso, a última coisa que lembro é que saí pela porta e sei que o sonho continuou, pois me lembrava vagamente dele quando acordei, só que logo depois esqueci. Quando acordei, eu lembrava nitidamente que havia tido um sonho lúcido e que o sonho tinha mais um pedaço a mais (e eu achava que não estava lúcida nessa outra parte). Mas aí aconteceu aquilo de, um momento depois, não lembrar mais.

Fim do sonho.

Bom, esse sl me rendeu algumas reflexões:

1) Pra começar: a "eu" do espelho, o meu subconsciente, ser um monstro. Isso faz muito sentido, uma vez que ultimamente tenho refletido muito sobre autossabotagem, tinha até lido alguns textos sobre. Inclusive, uma das coisas que eu queria perguntar para a minha "eu" era "O que posso fazer para parar de me impedir de fazer as coisas que eu quero?" ou "Como superar as minhas próprias barreiras psicológicas?" Aí chamo meu subconsciente pra uma conversa e PAM, ele é um monstro. Ou seja, eu mesma tenho sido minha principal inimiga!

Sério, isso foi punk.

2) Outra coisa que venho percebendo com os relatos é que eu sou muito mais medrosa nos sonhos do que na "vida real". Digo, acordada eu não tenho medo nenhum dessas coisas que as pessoas costumam ter medo, como espíritos, escuro, ficar sozinha, altura, etc. Mas nos sonhos lúcidos tudo o que eu faço me assusta um pouco (o barulho dos fogos, voar e cair, olhar para o espelho, etc). Acho que é porque, na vida real, eu posso ser racional e dizer "isso não existe" ou "isso não vai acontecer". Nos sonhos, não! Tudo pode acontecer e tudo é bastante imprevisível. Vocês também sentem algo parecido?  

3) Quando a garota desconhecida apareceu para "me salvar", na hora eu lembrei da Mal, de A Origem. Digo, eu não queria ser salva, eu estava disposta a conversar com meu subconsciente monstro, mas ela apareceu e me impediu, e eu não pude fazer nada. E tenho a impressão de que essa pessoa continuou comigo no resto do sonho que eu não lembro.

4) Isso do sonho deixar de ser lúcido e se tornar um sonho "normal". Já aconteceu com vocês? De em vez de acordarem, simplesmente perderem a lucidez? Lembro que na hora que isso estava acontecendo, quando a garota entrou no quarto e eu senti que perdi o controle do sonho, eu me senti deitada dormindo, apesar de não me desligar do sonho. Vocês já sentiram isso? Tipo, ao mesmo tempo em que você sente os sentidos no sonho lúcido, você também sente o conforto da cama, a sonolência (aquele sono de quando a gente acaba de acordar), etc?

4.1) Algo parecido aconteceu em um sonho que tive ainda este ano, alguns meses antes do meu "primeiro" sonho lúcido. Foi um sonho que foi quase lúcido. Eu ainda não sabia nada sobre sonhos lúcidos, apesar de já ter tido alguns, e tive esse sonho super realista. No meio do sonho, lembro de ter pensado "hm, acho que estou sonhando..." e resolvi testar. Coloquei a mão sobre uma superfície de metal e como senti ela normal, dura, gelada, etc, me convenci de que não estava sonhando (eu ainda não sabia que nos sonhos lúcidos a gente também tem tato) e o sonho voltou a ser "não-lúcido", apesar de muito realista.

Fim do relato!

*Desculpem 2 relatos gigantescos seguidos, mas vocês já devem ter se acostumado com a minha empolgação exagerada  guitar E eu também não esperava ter 2 sl tão perto e acabei enrolando para transcreve-los.....

 Caramba Serika! iori Tá difícil acompanhar os seus relatos. xD Marcando presença aqui e desculpe pela demora. certo

  Engraçado isso, as vezes acontece no Sonho Lúcido de nós não sabermos oque fazer nele. Tipo, as possibilidades são tantas que é até estranho isso acontecer. xD Há tanta coisa para fazer, que acabamos por pensar noque fazer primeiro, e no final, não fazemos nada. Meio que um Paradoxo. Huehuehue

 Nossa! perplexo Eu mesmo fiquei com medo lendo esse seu relato. Pra ser sincero, no momento em que você disse que ia tentar puxar o seu reflexo do espelho, eu pensei: "Isso não vai dar certo lingua" E não deu mesmo. xD Acho que era natural isso acontecer partindo do momento em que você sentiu medo daquilo. Mas não sei né. Kkkk

   Pra falar a verdade, se fosse eu já teria desistido desse sonho pelo medo e tentaria acordar. 56

Serika escreveu:Isso do sonho deixar de ser lúcido e se tornar um sonho "normal". Já aconteceu com vocês? De em vez de acordarem, simplesmente perderem a lucidez?

 Sim, já aconteceu. E é normal. certo As vezes o sonho dá essa reviravolta de eventos e acaba acontecendo isso de alguma forma. iori Houve uma vez, por exemplo, que eu estava Lúcido em um sonho muito nítido real. Então eu decidi pular do meu prédio, só que quando subi na janela, eu fiz um RC pra ter certeza de não estar acordado, vi meus dedos normais e simplesmente perdi a Lucidez do sonho. iori Não sei por quê acontece isso, mas já vi outras pessoas aqui do Forum relatarem a mesma experiência de o sonho perder a Lucidez. :33
 
Serika escreveu:
Spoiler:

Ah, sim, esqueci de dizer que no sonho do dia 03/07/14, quando estava tendo um sonho lúcido no quintal da minha casa, fiz meu primeiro reality check. Eu nunca precisei fazer um reality check para saber que estou sonhando, mas desta vez resolvi fazer um, mesmo tendo certeza de já estar em um sl, pois tinha algumas dúvidas sobre sua eficiência. Resolvi fazer o de contar os dedos. Olhei para minha mão imaginando se veria 6 dedos (achava que não, pois a gente pode mimetizar os sentidos e coisas da realidade nos sonhos) e vi mesmo! Minha mão estava embaçada e com 6 dedos.

Agora que estão acontecendo com maior frequência (confesso que não esperava por isso já que a única coisa que fiz foi começar a pensar em sonhos lúcidos, pois ainda não tive tempo de estudar os métodos e me dedicar realmente) e estou de férias, vou parar de brincar e começar a estudar de verdade, fazer os exercícios que o pessoal recomenda nos tópicos, etc.

A primeira coisa que vou fazer é uma lista de planos de ação "sério"

PLANOS DE AÇÃO
1. Encontrar um computador e acessar minhas memórias de infância (acho que foi em algum relato do The Master que eu vi isso e achei super legal!)
2. Inclinar a cabeça para trás e pedir para meu subconsciente me mostrar uma coisa hilária.
3. Inclinar a cabeça para trás e pedir para meu subconsciente para ver minha vida passada (eu não tenho certeza se acredito em reencarnações, sou bastante cética, mas VAI QUE)


Por enquanto serão só esses 3, para eu poder focar.

Também vou começar a anotar minhas tentativas, objetivos e avanços para a semana no que diz respeito ao que eu faço na vida real. ressalto 

METAS DA SEMANA
1. Fazer pelo menos 5 reality checks diários enquanto me imagino dentro de um sonho.
Isso inclui perguntar se estou sonhando, olhar para as mãos e contar os dedos e tentar me lembrar como eu cheguei aonde cheguei (Método de Tholey).
2. Perguntar "Estou sonhando?" toda vez que me encontrar em situações estranhas.
3. Tentar a técnica de incubação antes de dormir pelo menos 3 vezes e desejar que meu amigo Duca apareça no sonho.


*Para ficar organizado:
- relatos de sonhos serão precedidos de data e terão partes destacadas na cor rosa
- relatos sobre aplicação de métodos, estudos, etc (como esse) terão partes destacadas na cor azul
- resposta a comentários terão partes destacadas na cor amarela
"Encontrar um computador e acessar minhas memórias de infância (acho que foi em algum relato do The Master que eu vi isso e achei super legal!)"

  Fico feliz que tenha gostado do relato, Serika! \O/ O problema é que os relatos antigos do meu diário são mal escritos e hoje até sinto um pouco de vergonha deles. iori
   Obrigado e que você seja bem vinda. viva

 Curti e achei uma ótima idéia você colocar metas sobre os seus Sonhos Lúcidos!  35 Eu acho que serve como estímulo.

 
Serika escreveu:
Spoiler:
The Master
"Se deu no mesmo então não precisava agradecer. xD"Não, as suas dicas foram bem úteis! É que, nesse caso, achei mais prático continuar "quotando" assim, mas quando surgir oportunidade vou tentar usar os outros artifícios hehe.

"Não cheguei a assistir Sakura Card Captor."
Melhor. Mahou-shoujo. Muito melhor do que Sailor Moon, na minha humilde opinião. Só gosto de Sailor Moon porque foi o pioneiro dos mahou-shoujo e por causa de todo o feminismo da série (apesar de ainda ter alguns conceitos machistas que me incomodam, completamente justificável pela época em que foi lançado e tal).

"Pra mim um dos melhores que já assisti do gênero foi Puella Magi Madoka Magica"
Amo/sou. Segundo melhor anime do gênero (porque o primeiro é Sakura Card Captor, obviamente, cof cof). Madoka é a revolução do mahou-shoujo <3

"Muito legais os seus relatos, Serika! Continue postando para agente."
Muito obrigada! Quero dar uma lida nos seus assim que puder!
 
MEU DEUS!  35 Finalmente alguém que tenha assistido Madoka além do Kei-chan aqui do forum. iori Falando em Mahou Shoujo, tava pensando em assistir AKB0048! Parece ser bem legal.  4 

Serika escreveu:Geral
Tenho algumas perguntas pra vocês (quem estiver lendo esse tópico, pode cair de para-quedas à vontade, rs)
- Qual a melhor coisa que vocês já fizeram num sonho lúcido?
- Qual a coisa mais assustadora que já aconteceu em um sl?
- Qual o melhor diário de sonhos lúcidos, na sua opinião, pra eu ler?

"Qual a melhor coisa que vocês já fizeram num sonho lúcido?"

  Acho que a melhor coisa que já fiz em um Sonho Lúcido, foi conseguir um DIÁRIO de uma pessoa que aparece nos sonhos de uma OUTRA pessoa aqui do próprio forum! O engraçado é que quando abri o diário dela, haviam desenhos estranhos (Tipo aqueles desenhos de criança), e algumas páginas haviam coisas estranhas escritas, como: "Você viu o vídeo que eu postei no YouTUbe?" Bem esquisito. iori

"Qual a coisa mais assustadora que já aconteceu em um sl?"
 A coisa mais assustadora que aconteceu comigo em um Sonho Lúcido, foi ver uma HORDA GIGANTE de milhares e milhares de Zumbis correndo na direção do prédio aonde eu estava. Sério, foi um desespero absurdo quando vi essa cena pela janela. O mas estranho, era que as pessoas desse sonho não eram bem humanas, pareciam estátuas ou manequins andando aleatoriamente. Bem bizarro. O pior era que o próprio sonho não tinha nada haver com zumbis, aquela horda simplesmente aconteceu.

"Qual o melhor diário de sonhos lúcidos, na sua opinião, pra eu ler?"
 
  Essa é uma pergunta difícil. iori Pra mim os melhores diários aqui do forum são: O diário do Emerson, o diário do Reizen, o diário do Ramon  e o diário do Niro.

 Mas se fosse para mim escolher, acho que ficaria com o do Emerson. certo
_____________________

 Bem, falei PRA CARAMBA! iori Serika, gostei bastante dos seus Sonhos Lúcidos e da organização do seu diário. certo

PS: Peço desculpas pelos meus erros de Português em alguns momentos, eu mesmo acabei de ver eles quando eu reli oque escrevi. Mas por preguiça, só estou reeditando pra avisar isso. Kkkkkkkkk
Mensagens : 1017
Pontos : 3415
Honra : 749
Data de inscrição : 06/08/2013
Idade : 27
Localização : São Paulo/Santo André
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos da Serika

em Qua Jul 16, 2014 12:46 pm
19/06/2014
Quinta-Feira

Huum.. muito bom você escreve muito bem e com perfeição, bom eu já tinha lido alguns sonhos seus semana passada só não tinha tido a oportunidade de comentar a respeito, mas o que posso dizer é que quando li o seu primeiro sonho já tive uma experiência de sonho lúcido no dia seguinte lembrando das suas experiências com as mudanças nos tons do cabelo, como foi uma experiência muito pessoal da minha parte durante certa parte do sonho então não deu para postar por aqui, mas foi a mesma coisa que aconteceu contigo onde ao alterar a cor do seu cabelo em um tom rosado, logo ele foi desvanecendo e voltando o tom original. Eu tentei o loiro também e aconteceu a mesma coisa. Só não usei tinta, apenas materialização.

23/06/2014
Segunda-Feira

Essa segunda experiência foi muito bacana também, quanto as imagens experimente usar outro servidor TinyPic só não recomendo o ImageShack, pois é pago e depois de um tempo todas suas imagens ficam bloqueadas. Apesar de que ao visualizar/editar sua mensagem vi que não havia link algum dos web sites então veja se está fazendo corretamente, há uma guia de inserir o link da imagem (o ícone é de uma corrente) e outra de inserir uma imagem (o icone é de uma foto com o sinal verde de +). Qualquer dúvida envie-me uma mp.
No começo é muito bom praticar coisas novas para pegar experiência, recomendo fazer uma lista do que pretende fazer em sonhos e ir aplicando sonho após sonho, assim terá um planejamento de ação mais amplo e maior controle dos seus sonhos.

03/07/14
Quinta-Feira

Sobre o tempo nos sonhos esse é um assunto interessante, com o tempo e observação verá que as vezes os sonhos passam por alterações climáticas/tempo sem ao menos notarmos, é recomendável observar sempre o cenário/iluminação ambiente dos sonhos, pois mesmo quando estamos em casa pode haver transição entre dia e noite através da iluminação.

Por não haver transição ou consciência natural nesse sonho acredito que você induziu um sonho lúcido diretamente através de WILD, mas de certa forma incondicionalmente.
HAHAHA esse desfecho da experiência ficou bom e o improviso as vezes funciona melhor do que a afirmação, pois quando nos damos conta de que falhamos temos a tendência de perder a confiança já os improvisos funcionam com um porcentagem de pelo menos 50% de eficácia e mesmo que falhe não levamos tanto para o lado pessoal.

05/07/14
Sábado

Com certeza! Se você pegar para ler alguns livros sobre sonhadores lúcidos vai perceber que o segredo de um sonho lúcido longo e duradouro é estar sempre ativo realizando alguma ação, o ato de ficar parado/pensar demais pode desmanchar o sonho lúcido definitivamente. Então esteja em movimento e se quiser aprofundar-se pensando fica ao seu critério, particularmente eu evito pensar demasiado em meus sonhos lúcidos, pois os pensamentos tem influencias também.

ahsuHSUHAUSHUsa iori seu senso de humor melhorou desde os últimos relatórios e não sinta-se constrangida por isso piscar Enquanto você tenta Sailor Moon o pessoal aqui tenta Superman, Spiderman etc.

Huum... agora seu sonho ficou muitíssimo interessante e chegou a outro nível!

Quando você começou a levar mais a sério e explorar seu subconsciente começou a deslumbrar novos eventos, infelizmente ninguém aqui pode ter a chave/(as)respostas que procura e de fato a mente/consciente/inconsciente pode se comportar de várias formas, as vezes com sentido, as vezes sem sentido algum mesmo que busquemos respostas.

1. Sua primeira pergunta acredito que ter maior controle dos seus sonhos e de suas ações oníricas será algo que terá que trabalhar com o tempo, já que lucidez e controle é algo um pouco irrelevante as vezes. Não há limites nos sonhos de fato, mas agora realizar quaisquer proezas também estará ligado ao seu psicológico e como você irá se comportar a respeito.
Ninguém está te impedindo quando eu li o finalzinho do sonho, lembrei de alguns pesadelos lúcidos que já tive em vida, muitos deles registros enormes (Alias, eu apaguei meus últimos diários para exatamente extinguir essas lembranças). A garota que aparece sem sua permissão pode ser um "ponto limite" do próprio subconsciente tentando te proteger do que poderia vir a seguir mesmo sabendo que você ainda estava estável, as conseqüências de um choque onírico poderiam ser tão reais quanto no estado desperto.

2. Sim, felizmente e infelizmente no sonho tudo pode acontecer seja com sua ou sem sua permissão e é isso que torna as passagens dos sonhos mais interessantes, pois mesmo que você tenha um plano de ação para realizar em um sonho, seu subconsciente pode intervir facilmente colocando algum amigo/familiar conhecido nele. Outros eventos mais macabros podem acontecer também, mas tudo varia de enredo de sonho e estados psicológicos.

3. Sobre a garota deixei um ponto de vista já na primeira questão.

4. Completamente normal, vou citar aqui alguns exemplos: Esta sonhando não lúcido e ganha lucidez aí realiza sua tarefas e perde a lucidez no meio do sonho, volta a sonhar lúcido e em seguida perde lucidez outra vez! Isso é normal depende muito de como você está realizando os exercícios de sonhos etc, comigo mesmo quando estou no auge dos meus exercícios acontece, mas é raro eu ficar nessa transição de perder a lucidez e voltar a ficar lúcido. Pra mim é mais fácil eu ter um sonho muito longo com WILD/Consciência Natural e acordar de vez ou ter várias entradas consecutivas com DEILD.

Outros exemplos seriam induzir um sonho lúcido de inicio com WILD ou voltar a um mesmo enredo de sonho com DEILD, também poderia voltar mais de 10 vezes ao mesmo sonho com DEILD eu já fiz isso, mas depende da capacidade de aplicação das técnicas em cada pessoa, alias nesse processo vale ressaltar que a recordação das primeiras reentradas ficam bem comprometidas.

Ter um sonho lúcido não significa ter controle sobre o mesmo, podemos ter sonhos enormes conscientes seguindo o enredo sem controle algum, particularmente não acredito que seja possível induzir esse tipo de experiência, acredito que seja algo natural induzido pelo sonho. O que da pra fazer é seguir consciente o enredo de um sonho com controle fazendo decisões/reflexões sobre suas passagens.

Consciência dividida, Meditação e Induções, Experiências fora do Corpo etc são outras experiências que podem ser interessantes também.

5. Quanto aos sentidos nos sonhos todos podem ser sentidos normalmente desde que você tenha os seus 5 sentidos funcionando normalmente na realidade, digo se você for cega de nascença então será ausente do seu sentido de visão certamente. Mas também não quer dizer que terá sempre facilidade em sentir todos os seus sentidos em sonho, certas vezes perceberá que alguns sentidos falham e então terá que descobrir qual é o sentido que você tem maior facilidade.

No tópico abaixo você mencionou fazer 5 testes de realidade diários, huum... de inicio só sua ambição de sonhar lúcido já é o suficiente para lhe render bons sonhos lúcidos, mas com o tempo vai precisar de no mínimo 50 testes de realidade por dia mais os métodos/técnicas. A tendência assim como o grande Laberge diz é sonharmos menos lúcidos cada vez mais, ou seja o nível de dificuldade aumenta cada vez que você tem um sonho lúcido.

Parabéns seu diário está sensacional, você escreve muito bem e é um prazer em ler suas experiências. certo
Desculpe a ausência pessoal andei muito ocupado essa semana, mas logo estarei acompanhando os outros diários.
Mensagens : 23
Pontos : 1187
Honra : 7
Data de inscrição : 25/07/2014
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos da Serika

em Sab Jul 26, 2014 9:02 pm
Muito legal seus relatos! piscar
avatar
Mensagens : 18
Pontos : 1218
Honra : 11
Data de inscrição : 22/06/2014
Idade : 25
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos da Serika

em Qui Jul 31, 2014 1:31 am
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
Pessoal, desculpe a demora em responder. Decidi só atualizar o tópico quando tiver experiências para relatar, por isso a demora.

The Master
Spoiler:
"MEU DEUS!  35 Finalmente alguém que tenha assistido Madoka além do Kei-chan aqui do forum. iori Falando em Mahou Shoujo, tava pensando em assistir AKB0048! Parece ser bem legal."


Eu nunca tinha ouvido falar, dei uma pesquisada e parece legal mesmo! Principalmente porque foi baseado num grupo de meninas real. Eu comecei a assistir Precure. Eu sempre tive o maior preconceito e a maior preguiça com esse anime, mas como garotas mágicas estão em alta, resolvi dar uma chance. Comecei pelo último e até que gostei. Agora to pensando em assistir os outros arcos (mas provavelmente não vou porque são muitos rs)

Spoiler:
"Acho que a melhor coisa que já fiz em um Sonho Lúcido, foi conseguir um DIÁRIO de uma pessoa que aparece nos sonhos de uma OUTRA pessoa aqui do próprio forum!"

Nossa, eu vi vocês falando sobre isso! Acho que uma das coisas mais legais desse fórum é que acontecem essas trocas que podem ser levadas até para os sonhos!

Spoiler:
"A coisa mais assustadora que aconteceu comigo em um Sonho Lúcido, foi ver uma HORDA GIGANTE de milhares e milhares de Zumbis correndo na direção do prédio aonde eu estava. Sério, foi um desespero absurdo quando vi essa cena pela janela."

Nossa, deve ter sido muito louco! Adoro essas visões "panorâmicas" em sonhos lúcidos em que a gente enxerga alguma coisa bem extensa (mesmo que seja uma horda de zumbis ashuashuahs)

Obrigada pelas dicas de diário, li um pouco do Emerson e logo lerei os outros muito feliz
Quanto aos erros, relaxa, você escreve bem e, dando pra entender, pra mim tá bom!

Reizen Endler
Spoiler:
"ao alterar a cor do seu cabelo em um tom rosado, logo ele foi desvanecendo e voltando o tom original. Eu tentei o loiro também e aconteceu a mesma coisa."

Olha só! Eu não esperava por isso, qual será a explicação? Será que é algum padrão ou você acabou induzindo, sem querer, para que acontecesse a mesma coisa?

Spoiler:
"quanto as imagens experimente usar outro servidor TinyPic só não recomendo o ImageShack, pois é pago e depois de um tempo todas suas imagens ficam bloqueadas. Apesar de que ao visualizar/editar sua mensagem vi que não havia link algum dos web sites então veja se está fazendo corretamente, há uma guia de inserir o link da imagem (o ícone é de uma corrente) e outra de inserir uma imagem (o icone é de uma foto com o sinal verde de +). Qualquer dúvida envie-me uma mp."

Muito obrigada! Agora parece que está dando certo. Hospedei as imagens no TinyPic e postei aqui com os códigos de imagem que o Master tinha falado.

Spoiler:
"No começo é muito bom praticar coisas novas para pegar experiência, recomendo fazer uma lista do que pretende fazer em sonhos e ir aplicando sonho após sonho, assim terá um planejamento de ação mais amplo e maior controle dos seus sonhos."

Sim, fiz uma lista das coisas mais legais ou interessantes que vi vocês comentando por aqui para tentar! Aqueles tópicos dos desafios serviram bastante de inspiração muito feliz

Poxa, muito obrigada por suas observações, achei suas explicações muito interessantes! Principalmente sobre esse mecanismo do nosso subconsciente para nos proteger, mesmo quando agimos de forma meio inconsequente o.o

Spoiler:
"Ter um sonho lúcido não significa ter controle sobre o mesmo, podemos ter sonhos enormes conscientes seguindo o enredo sem controle algum, particularmente não acredito que seja possível induzir esse tipo de experiência, acredito que seja algo natural induzido pelo sonho. O que da pra fazer é seguir consciente o enredo de um sonho com controle fazendo decisões/reflexões sobre suas passagens."

Isso foi bom para me fazer refletir. Muitas vezes nos preocupamos tanto em ter o controle da situação que acabamos nos limitando e limitando o desenvolvimento de nossos próprios sonhos...

Spoiler:
"Consciência dividida, Meditação e Induções, Experiências fora do Corpo etc são outras experiências que podem ser interessantes também."

Sim, este fórum tem me ajudado muito a aprender sobre várias coisas, não só sobre sonhos lúcidos. Vou dar uma pesquisada nesses assuntos que você citou muito feliz

Spoiler:
"No tópico abaixo você mencionou fazer 5 testes de realidade diários, huum... de inicio só sua ambição de sonhar lúcido já é o suficiente para lhe render bons sonhos lúcidos, mas com o tempo vai precisar de no mínimo 50 testes de realidade por dia mais os métodos/técnicas. A tendência assim como o grande Laberge diz é sonharmos menos lúcidos cada vez mais, ou seja o nível de dificuldade aumenta cada vez que você tem um sonho lúcido."

Poxa, que "censurado" isso! Realmente não fazia ideia de que o nível de dificuldade aumentava com o tempo. E, realmente, foi só depois desse meu último relato que comecei a testar algumas técnicas e não consegui ter mais nenhum sonho lúcido satisfatório. Tive essas 2 experiências bem curtas que vou relatar a seguir.

Muito obrigada por todas as observações, explicaçõs e dicas, me ajudou muito e me fez refletir bastante! Fico feliz que eu esteja conseguindo passar meus relatos de forma interessante para vocês, espero continuar assim e contribuindo de alguma forma!

Smile
Muito obrigada!
avatar
Mensagens : 18
Pontos : 1218
Honra : 11
Data de inscrição : 22/06/2014
Idade : 25
Sonhos Lúcidos :
0 / 9990 / 999
Sonhos Comuns :
0 / 9990 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos da Serika

em Sex Ago 01, 2014 8:14 pm
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
Antes de relatar minha última experiência de sonho lúcido, vou falar sobre uma experiência bem rápida que tive antes desse último sonho, que nem tenho certeza se foi mesmo um sonho lúcido. Queria saber a opinião de vocês D:
23/07/14
Quarta-Feira

Eu não lembro de mais nada desse sonho, além desse rápido diálogo. Não sei onde estava, mas havia um grupo de pessoas observando alguma coisa. Eu estava atrás de uma delas. De repente, um homem se vira para mim e diz "Você está sonhando."  Só que eu não me sentia lúcida nem nada. Na verdade, acho que nem acreditei, tão envolvida no sonho que estava. Nem passava pela minha cabeça que aquilo podia não ser a realidade. Fiquei meio confusa e lembro que algo no sentido de "Será?" passou pela minha cabeça, mas depois nem fiquei lúcida nem nada e o sonho seguiu normalmente. Quando acordei só lembrava dessa parte mesmo.

Não tenho certeza se posso dizer que isso foi um sonho lúcido. Digo, teoricamente, eu sabia que estava sonhando, mas só porque fui alertada por uma pessoa do sonho, mas talvez nem tenha chegado a acreditar.
avatar
Mensagens : 41
Pontos : 1733
Honra : 19
Data de inscrição : 18/07/2014
Idade : 22
Localização : Rio de Janeiro/São Gonçalo
Sonhos Lúcidos :
2 / 9992 / 999
Sonhos Comuns :
20 / 99920 / 999
Ver perfil do usuário

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos da Serika

em Sex Ago 01, 2014 8:26 pm
Nossa interessante, acho (que o meu ACHO fique bem ressaltado) que talvez o seu subconsiente queria que você soubesse que esta sonhando, nos meus sonhos é bem comum as janelas quebrarem ou as pessoas olharem para mim constantemente, talvez o seu subconsiente é mais direto...
Conteúdo patrocinado

Re: Diário dos Sonhos Lúcidos da Serika

Ver o tópico anteriorVoltar ao TopoVer o tópico seguinte
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum